Cinema com Rapadura

Críticas

Crítica | A Primeira Noite de Crime (2018): raízes de um futuro próximo?

O filme une suspense, terror e ação para contar a origem do Expurgo, com fortes pinceladas de crítica social sem perder a unidade da franquia "The Purge".

  quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Crítica | A Justiceira (2018): vingança sem profundidade

Filme acerta ao mostrar problemas sociais de Los Angeles, mas erra ao desenvolver histórias de maneira superficial, sem abordar motivações dos seus protagonistas.

  quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Crítica | Mulan (1998): na alma sempre uma chama acesa [CLÁSSICO]

Mais valioso do que apenas diversão, o musical da Disney adapta um poema chinês para entregar uma bela obra com canções soberbas numa história sobre honra, dever, respeito e igualdade.

  quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Crítica | Paraíso Perdido (2018): o mundo inteiro dentro de um clube

A cineasta Monique Gardenberg reúne um elenco de peso para contar sua mais nova história sobre amor e reconciliação embalada por clássicos da música brega.

  terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Crítica | Cam (Netflix, 2018): terror na era digital

Apesar de um terceiro ato problemático, o filme ainda é uma obra interessante que retrata um assunto polêmico sem julgamentos.

  terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Crítica | Mary Shelley (2017): a arte contra barreiras sociais

O drama romântico de época é uma verdadeira ode ao fazer artístico e um contundente retrato histórico. Em uma época cercada pelo machismo, a trajetória de Mary Shelley para a criação de Frankenstein se torna a luta contra barreiras sociais.

  terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Crítica | Corra que a Polícia Vem Aí (1988): risadas nostálgicas com Leslie Nielsen [CLÁSSICO]

Mesmo completando trinta anos, comédia continua divertida e traz risadas fáceis com as loucuras do policial Frank Drebin tentando evitar um atentado contra a Rainha da Inglaterra.

  terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Crítica | PéPequeno (2018): bonitinho e afinado, mas meio bagunçado

Animação oferece um olhar criativo e muito alegre sobre a lenda do Pé Grande, porém se perde na ambição de suas mensagens.

  segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Crítica | 22 Milhas (2018): indo de mal a pior

A primeira sequência é interessante, porém não consegue esconder por muito tempo o que é a obra: um rascunho mal feito de um filme de ação repleto de problemas de roteiro, direção, montagem e atuação.

  segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Crítica | Império de Memes (2018): o preço e o impacto da fama

O documentário sobre distintas personalidades da internet estuda seus passos e analisa as impressões deixadas tanto na sociedade da era digital quanto em suas próprias vidas.

  segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Crítica | O Show de Truman – O Show da Vida (1998): Jim Carrey contra o mundo [CLÁSSICO]

Excelente sátira sobre a distância entre o indivíduo e uma sociedade artificial controlada por uma grande instituição: a mídia.

  segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Crítica | Meu Jantar com Hervé (2018): qual o preço do sucesso?

Biografia de Hervé Villechaize mostra as consequências do vício na fama e a importância da maturidade emocional.

  domingo, 16 de dezembro de 2018

Crítica | A Pé Ele Não Vai Longe (2018): um esperançoso ensaio sobre superação

A parceria entre Gus Van Sant e Joaquin Phoenix traz para as telas a história real do cartunista que obteve êxito após encontrar ajuda para lidar com o alcoolismo e suas limitações.

  domingo, 16 de dezembro de 2018

Crítica | Cafarnaum (2018): poderosíssimo drama sobre excluídos

O relato libanês sobre o que levou um garoto ir a público processar os pais por ter nascido é um expressivo, tocante e enternecedor espelho de uma sociedade cruel para quem vive às margens.

  domingo, 16 de dezembro de 2018

Crítica | A Bolha Assassina (1988): o trash divertido dos anos 1980 [CLÁSSICO]

A diversão descompromissada e despida de preocupações com o realismo ou com a seriedade é o maior desejo desse filme trash, no melhor sentido da palavra.

  domingo, 16 de dezembro de 2018

Crítica | A Maldição da Freira (2018): como o marketing ajuda a piorar um filme

O filme de época irlandês faz novos usos do found footage, mas não atende às expectativas de um longa de terror original ao seguir fórmulas e rastros já consolidados.

  sábado, 15 de dezembro de 2018

Crítica | Era uma Vez um Deadpool (2018): versão para menores e fãs

O novo corte de “Deadpool 2” abandona parte da essência do personagem para atingir uma classificação indicativa mais abrangente, mas compensa com cenas novas e hilárias.

  sábado, 15 de dezembro de 2018

Crítica | Narcos: México (Netflix, 1ª Temporada): nova série sem nenhuma novidade [SÉRIE]

Sem Pedro Pascal e Wagner Moura, “spin-off” entrega uma versão piorada da série original.

  sábado, 15 de dezembro de 2018

Crítica | Meu Amigo Totoro (1988): a imaginação que supera dores [CLÁSSICO]

Uma das obras que ajudou a consolidar o Studio Ghibli, "Meu Amigo Totoro" é uma animação simples que se preocupa apenas em lançar um olhar de empatia ao mundo infantil.

  sábado, 15 de dezembro de 2018

Crítica | O Retorno de Mary Poppins (2018): nostálgico, mas nem tão divertido

Continuação direta do clássico de 1964, aqui está um belo exemplo de técnica e atuação que se perde em meio ao excesso de homenagens.

  sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Crítica | Rasga Coração (2018): conflitos e sentimentos de empatia que atravessam gerações

Uma obra atemporal que se renova sempre que houver pessoas dispostas a sair nas ruas e lutar pelo simples direito de ser quem elas querem ser.

  sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Crítica | Mogli: Entre Dois Mundos (2018): a lição fatal contida na fábula

Exuberante no visual e feroz na condução, a versão de Andy Serkis para O Livro da Selva carrega o gene da Warner em contraponto ao tom inocente do filme da Disney.

  sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Crítica | Intimidade Entre Estranhos (2018): retrato fiel do amor e da solidão

Em um cenário intimista, somos apresentados a diferentes versões do amor e da solidão através de personagens fortes, que conversam diretamente com o espectador.

  quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Crítica | Encantado (2018): o príncipe reimaginado à custa das princesas

Apesar do arranjo pop, a animação que propõe desconstruir o mito do príncipe faz isso mediante suas personagens femininas e o resultado não é carismático o suficiente para sustentar a diversão.

  quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Crítica | Aquaman (2018): o filme que a DC precisava?

O longa é uma mudança real nos paradigmas apresentados pelo estúdio até hoje. Mas o caminho que ele decidiu seguir será o correto?

  terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Crítica | O Artista do Desastre (2018): uma justa homenagem ao pior filme do mundo

Longa comandado por James Franco têm o mérito de combinar humor e drama na jornada de realização do "pior filme do mundo".

  quarta-feira, 05 de dezembro de 2018

Crítica | Feministas: O Que Elas Estavam Pensando? (2018): relatos da luta por igualdade

A obra mostra como um livro feito há 40 anos conseguiu registrar uma nova mulher e como as mulheres presentes nesse livro, e diversas outras, se relacionam com o feminismo.

  quarta-feira, 05 de dezembro de 2018

Crítica | Cadáver (2018): temendo mais os vivos do que os mortos

Gerando mais um sentimento de revolta do que qualquer forma de susto, este terror pode ser comparado aos inúmeros corpos sem vida que passam pela tela.

  quarta-feira, 05 de dezembro de 2018