Críticas

A Série Divergente – Convergente (2016): uma franquia perdida

Esse terceiro capítulo da saga certamente é o mais fraco até aqui, com sua protagonista se mostrando descaracterizada em meio a uma história sem ação, drama ou rumo.

  sexta-feira, 18 de março de 2016

Little Boy – Além do Impossível (2015): a fé pode mover uma montanha?

É tudo tão doce e tão ameno no longa que ele passará despercebido. Melhor assim: analisando atentamente, as virtudes ficam bastante prejudicadas pelas falhas.

  sexta-feira, 18 de março de 2016

Presságios de um Crime (2015): quando quem deseja morrer é o espectador

Vazio em qualidades, a estreia de mais um brasileiro em Hollywood prova que estrangeiros na indústria têm um alto preço a pagar.

  sexta-feira, 18 de março de 2016

Como Ser Solteira (2016): um filme esquecível e descartável

Comédia apresenta roteiro e situações óbvias.

  quinta-feira, 10 de março de 2016

O Menino e o Mundo (2014): reflexões que muitos filmes adultos não têm coragem

Animação brasileira só estreou por aqui por causa da indicação ao Oscar.

  quinta-feira, 10 de março de 2016

Zoolander 2 (2016): comida requentada

Menos rebelde e bem menos inteligente que o de 2001, a continuação deixa a desejar ao atenuar o viés transgressor e as críticas ácidas ao mundo da moda.

  quinta-feira, 10 de março de 2016

50 Tons de Preto (2016): cinquenta tons de uma tragédia anunciada

Satirizando uma obra que simplesmente não tem força o suficiente para tal, basicamente nada se salva neste filme que parece ter sido feito já com a intenção de ser um dos piores dos últimos tempos.

  quinta-feira, 10 de março de 2016

Kung Fu Panda 3 (2016): amadurecimento de Po encerra bem a trilogia

O fechamento da trilogia "Kung-Fu Panda" traz Po finalmente descobrindo suas origens e encarando um novo vilão. Mesmo o roteiro sendo um arroz com feijão de "seja você mesmo", a produção consegue agradar, graças ao carisma dos personagens e seu belo visual.

  segunda-feira, 07 de março de 2016

Um Homem Entre Gigantes (2015): uma ótima história, um filme nem tanto

A vontade de Will Smith de permanecer nos holofotes tira o foco de uma excelente história.

  segunda-feira, 07 de março de 2016

A Bruxa (2016): soturno e incomodo

Livrando-se dos clichês do gênero, a nova joia do terror moderno aposta numa atmosfera mórbida e trabalha com temas espinhosos, deixando o público angustiado durante a sessão.

  sexta-feira, 04 de março de 2016

Deuses do Egito (2016): um filme capaz de fazer Faraós se revirarem em suas tumbas

O filme é um descalabro: o roteiro é abominável, a escolha do cast foi equivocada e a direção é péssima. Uma bomba de CGI carnavalesco que representa um lixo cinematográfico.

  quinta-feira, 03 de março de 2016

Orgulho e Preconceito e Zumbis (2016): diversão passageira e esquecível

Adaptação de livro baseado em clássico de Jane Austen não assusta, é um pouco divertido e só.

  quinta-feira, 03 de março de 2016

Horas Decisivas (2016): uma mistura indigeste de romance e desastre

Um sub-“Titanic” lançado quase 20 anos depois do longa de James Cameron, “Horas Decisivas” é uma mistura esdrúxula de filme-desastre com romance de Nicholas Sparks que tenta bravamente não afundar graças aos esforços de Casey Affleck.

  quinta-feira, 03 de março de 2016

Amy (2015): documentário sobre a artista para além da celebridade

Vencedor do Oscar de Melhor Documentário desse ano, o esforço de uma releitura histórica sobre a biografia da cantora é muito bem sucedido.

  quinta-feira, 03 de março de 2016

Ex_Machina: Instinto Artificial (2015): um franco convite à reflexão

Menos um entretenimento momentâneo e mais um impacto intelectual duradouro, o filme tem um roteiro extraordinariamente rico e inteligente, além de atuações impecáveis, mas o final quase compromete toda a obra.

  quinta-feira, 03 de março de 2016

45 Anos (2015): mínimo em acontecimentos, profundo em sentimentos

Dois veteranos na atuação ganham espaço necessário para brilhar em papéis bem construídos, numa história emocionalmente pesada.

  quarta-feira, 02 de março de 2016

O Lobo do Deserto (2014): miscelânea de western com road movie em terras jordanianas

Apesar das falhas pontuais, a direção promissora – aliada a outros elementos técnicos bem desenvolvidos – permite uma atmosfera tocante que compensa a cortina de fumaça feita pelo roteiro em relação ao contexto efervescente.

  quarta-feira, 02 de março de 2016

What Happened, Miss Simone? (2015): a vida prevaleceu sobre a obra

Documentário é tecnicamente bem feito e fiel à biografia de Nina Simone, porém, o melancólico roteiro reduz seu legado artístico para explorar suas polêmicas pessoais.

  quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Já Estou Com Saudades (2015): exagera no esforço de tentar nos emocionar

Atrizes carismáticas não dão conta de personagens desinteressantes, numa história recontada com mais êxito pelo menos uma dúzia de outras vezes.

  quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi (2016): ainda é possível levar fé em Michael Bay?

Cineasta comanda adaptação de história real e, apesar de muitos problemas, demonstra ainda ter algum potencial artístico.

  segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Boneco do Mal (2016): ambicioso na teoria, insignificante na prática

Com um roteiro que se esforça ao sair do óbvio, o terror não gera grandes sustos ao contar com uma direção básica, uma narrativa que se perde e má construção das personagens.

  segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

O Quarto de Jack (2015): Platão nunca esteve tão vivo

Apesar de enfraquecer ao final, o roteiro é inteligente e bem conduzido, trazendo cenas tocantes que tornam o filme arrebatador.

  quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Deadpool (2016): um insano e divertido esforço máximo da Fox

O mercenário tagarela do universo mutante finalmente ganha seu longa, depois de uma participação apagada no primeiro Wolverine, onde teve sua boca literalmente costurada. Ryan Reynolds finalmente pôde viver o personagem do jeito que queria, basicamente um Pernalonga sociopata e fortemente armado, em um filme anárquico, divertido e subversivo, mas que pode alienar os não-iniciados.

  terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Trumbo – Lista Negra (2015): tempos sombrios em Hollywood

Reconstrução eficiente e boas atuações sobre um período em que o moralismo nacionalista tentou capitular a criatividade do cinema.

  terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

A Garota Dinamarquesa (2015): um bom filme, apesar de Tom Hooper

Talento do casal de protagonistas e bons valores de produção se destacam em novo longa mediano do diretor Tom Hooper.

  terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Brooklyn (2015): como sabemos onde é nosso lar?

Produção caprichada oferece à jovem Saoirse Ronan a chance para brilhar num filme todo seu.

  sábado, 13 de fevereiro de 2016

Deadpool (2016): um filme para nerds… e cabeças adolescentes

Lotado de referências a quadrinhos e aos próprios filmes recentes de super-herói, "Deadpool" tem tudo para agradar seu público.

  quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Tirando o Atraso (2016): De Niro diverte-se, a audiência nem tanto

Mais uma comédia requentada que pretende ser politicamente incorreta, mas só consegue ser agressiva.

  quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Página 10 de 109« Primeira91011203040Última »