Cinema com Rapadura

Tudo sobre » Michelle Yeoh

Crítica | Uma Segunda Chance para Amar (2019): romântico na medida

Uma história de amor embalada pelas composições de George Michael e pela doce e cativante voz de Emilia Clarke, cada vez mais distante da persona fria da mãe dos dragões.

  quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Avatar | Michelle Yeoh entra para o elenco das sequências da franquia de James Cameron

Primeira das quatro sequências da franquia estreia em 18 de dezembro de 2020.

  segunda-feira, 15 de abril de 2019

Last Christmas | Michelle Yeoh se junta ao elenco de nova comédia romântica

Novo filme do diretor Paul Feig também contará com Emilia Clarke e Henry Golding.

  quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Crítica | Podres de Ricos (2018): um autêntico retrato romântico do poder ásio-americano

Um marco de representatividade no cinema, a produção comprova que um filme sem clichês sobre a cultura oriental contemporânea pode ser lucrativo e orgulhar espectadores pelo mundo.

  quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Everything Everywhere All at Once | Michelle Yeoh e Awkwafina estão no elenco do longa de ação

Produção será dirigida pela dupla Daniel Kwan e Daniel Scheinert, responsáveis por "Um Cadáver Para Sobreviver", e terá a produção dos irmãos Russo.

  domingo, 02 de setembro de 2018

Boss Level | Michelle Yeoh e Selina Lo entram para elenco de thriller de ação

Longa, que será protagonizado por Frank Grillo, também terá em seu elenco Mel Gibson e Naomi Watts.

  segunda-feira, 23 de abril de 2018

Além da Liberdade (2011): longa fala sobre perseverança e altruísmo

A interessante história de Aung San Suu Kyi é contada com precisão sem perder de vista a esfera pessoal dos personagens.

  quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Kung Fu Panda 2 (2011): ação ininterrupta faz continuação superar o original

A primeira das três grandes sequências de animação do ano tem ritmo acelerado e boa dose de drama e comédia que a fazem um prazer.

  domingo, 12 de junho de 2011

Memórias de uma Gueixa (2005): melodramático e clichê, mas é bom

Depois de seis indicações ao Oscar, seis ao BAFTA e vencedor do Globo de Ouro de melhor trilha sonora original, é normal esperar muito do filme; mas nesse período de Oscar é melhor você ir assisti-lo com o mínimo de expectativas para não se decepcionar, já que tanto confete é jogado nos indicados.

  quinta-feira, 26 de outubro de 2006