Cinema com Rapadura

Colunas   terça-feira, 23 de abril de 2019

Guia para #VingadoresUltimato: Tudo que você precisa saber sobre o Universo Cinematográfico da Marvel

Fique por dentro de tudo que você precisa saber sobre o MCU, com essa coluna bem-humorada falando sobre todos os 21 filmes já lançados!

Em 2018, o Cinema Com Rapadura se preparou para o 19° filme do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) com o Guia Essencial & Definitivo para “Vingadores: Guerra Infinita”, com direito à opiniões, não, fatos!, nunca antes explicados sobre a maior franquia dos cinemas. Um ano depois, “Vingadores: Ultimato”, o 22° filme do MCU, está se aproximando, e nada mais justo do que uma atualização. Apresentamos: O Guia Essencial, Definitivo & Inquestionável para “Vingadores: Ultimato”.

O texto abaixo é em sua maioria parte do que já havia sido escrito em 2018, com algumas mudanças pertinentes, e as adições de “Guerra Infinita”, “Homem-Formiga e a Vespa” e “Capitã Marvel”. Aqui nós daremos uma ~breve~ sinopse (do nosso jeito) de todos os longas da Marvel, apresentando quais pontos são essenciais para que você esteja por dentro de tudo quando o último filme com os seis Vingadores originais chegar (é, você leu certo, pode começar a chorar).

Para você se preparar junto com a gente, aproveita que o Telecine Play tem 16 filmes do Universo Marvel lançados – e agora com 7 dias grátis para experimentar! “Capitã Marvel” ainda está nos cinemas, então se você ainda não viu, corre que dá tempo. Os Irmãos Russo estão fazendo uma contagem regressiva para o filme, indicando que a maratona seja feita em ordem cronológica, algo que só pode ser um dica para “Ultimato”, porque quem em sã consciência faria isso? O MCU foi feito para ser visto em ordem de lançamento, e é esta ordem que vamos respeitar.

Nem é preciso dizer que esta coluna está repleta de spoilers, mas aqui estamos dizendo mesmo assim.

Homem de Ferro (2008)

Sinopse: *insira aqui música do AC/DC* Tony Stark é um bilionário ~excêntrico~, herdeiro das indústrias Stark, mas que não está exatamente preocupado com o que acontece nos negócios, e prefere aproveitar a vida. Isso muda quando uma organização terrorista o captura, e ele se depara com o que suas armas causaram no mundo. Além disso, pedaços de uma bomba o atingiram no coração, e ele tem que manter um eletroímã em seu peito para impedir que os fragmentos o matem. Junto com o brother Yinsen, que também é um refém, ele constrói a primeira armadura para poder fugir. Stark consegue escapar, mas Yinsen morre – R.I.P. 🙁 – e ao voltar para casa, o bilionário percebe que tem que mudar algumas políticas em sua empresa, algo que Obadiah Stane (o clássico vilão disfarçado de amigo) não gosta nada. Lutinha. Stark vence. “Eu sou o Homem de Ferro”. TAN TAN TAN TAN TAAAN.

Pontos chaves para o MCU:

 – Somos apresentados a Jarvis, a inteligência artificial de Tony Stark que está praticamente em todo canto e é maravilhosamente carismático, além de dar uns cortes maneiros no Homem de Ferro

 – Pepper Potts (a atriz que roubou o Oscar da Fernanda Montene… quero dizer, Gwyneth Paltrow), assistente pessoal, futura presidente das Indústrias Stark, futura namorada do Tony, é apresentada.

 – Começo de um universo, com o agente Coulson aparecendo, requisitando uma reunião em nome da Strategic Homeland Intervention, Enforcement and Logistics Division… a SHIELD.

 – O escudo do Capitão América aparece brevemente em uma cena.

 – Na cena pós-créditos, Nick Fury, o diretor da S.H.I.E.L.D, aparece na casa de Tony Stark para discutir a Iniciativa Vingadores (fontes afirmam que todos que sabiam o que significava isso na época tiveram ataques no cinema).

P.S.:Um momento extra para apreciar Yinsen, o verdadeiro criador deste universo, ao dizer o que motivaria Tony Stark a mudar seu caminho: “Não desperdice sua vida”.

O Incrível Hulk (2008)

Sinopse: Fingindo que o Hulk de Ang Lee não existiu, Bruce Banner faz parte de um experimento com radiação gama, oriundo de um soro de um “super-soldado” *wink wink*, mas se você não é o Chris Evans, isso não vai dar certo. Aí ele fica com um probleminha: caso sua frequência cardíaca passe de 200, ele vira o Hulk, e então decide se esconder no Brasil. Isso mesmo que você leu, ele não pode se estressar e vai morar em uma favela do Rio de Janeiro (genius). Só que aí dá ruim, e ele começa a ser caçado pelo General Ross, o próprio homem que o meteu nessa cilada. Mas o Hulk é fortão, e só outro monstro para oferecer algum desafio pra ele. Assim surge o Abominável. Lutinha. Hulk ganha, mas tem que fugir novamente. Tchau, Edward Norton.

Pontos chaves para o MCU:

 – É estabelecida a conexão entre o experimento que transforma o Banner em Hulk com o soro do super-soldado que veremos em “Capitão América: O Primeiro Vingador” (que se passa muuuuito antes, provando que realmente só funciona no Chris Evans).

 – Símbolo da S.H.I.E.L.D. aparece em alguns monitores só pra dar um grau e dizer que a organização também tá lá em algum lugar.

 – O filme apresenta que Banner conseguiu manter o Hulk longe por vários meses ao praticar meditação. E ao fim do filme, ele aparece em uma cabana na floresta meditando, depois abrindo os olhos, mostrando eles verdes, como se ele fosse se transformar no Hulk apenas pela força da vontade. Isso estabelece que ele pode fazer isso, algo que vai ser necessário em “Os Vingadores” (mesmo que o ator mude). 

 – Filme se passa depois de “Homem de Ferro 2” na linha do tempo.

 – Na cena pós-créditos, Tony Stark aparece e encontra o General Ross para falar sobre a Iniciativa Vingadores. Isso foi criticado, pois, por que mandar alguém que acabou de entrar para a Iniciativa para apresentar o projeto, em vez de Fury, o próprio diretor de tudo? Esse probleminha eles explicam com o One Shot “The Consultant”.

Homem de Ferro 2 (2010)

Sinopse: Tony Stark é o Homem de Ferro, sua fama está ainda maior e isso atrai a inveja de Justin Hammer (um vilão), rival das indústrias Stark. Enquanto isso, Ivan Vanko (outro vilão) quer vingança, pois seu pai trabalhou com Howard Stark, pai de Tony, e segundo ele, foi traído pelo ricaço. Somado a isso tudo, o paládio dentro do reator arc no peito de Tony está o envenenando e ele precisa de um substituto urgente. E ainda tem a questão de que o governo quer a tecnologia do Homem de Ferro e ele não quer ceder. Problemas. Vilões se unem. Lutinhas. Tony cria um novo elemento químico (nada demais) e sobrevive. Tony vence os vilões. Yaay.

Pontos chaves para o MCU:

 – James Rhodes, que no primeiro filme é interpretado por Terrence Howard, é substituído por Don Cheadle. O personagem virá a se tornar o Máquina de Combate.

 – Presença maior da S.H.I.E.L.D. Natasha Romanoff, a Viúva Negra, é apresentada como Natalie Rushman, a nova secretária de Stark, que na verdade só está o vigiando a pedido de Nick Fury. Coulson também aparece, para alegrar nossos corações. Ao final do filme, Fury afirma que Stark não é recomendado para a Iniciativa Vingadores, mas Homem de Ferro sim. Então ele fica apenas como o “consultor” do projeto.

 – Howard Stark se mostra um personagem bem mais importante para a trama. Ele dá o pontapé inicial para que Tony crie o novo elemento, e será importante para história da criação da S.H.I.E.L.D. como veremos mais à frente. Além disso, podemos ver que Stark Pai estava estudando sobre o Cubo Cósmico, o Tesseract, quando Tony está passando pelas anotações dele, e o Projeto PEGASUS é citado como um dos trabalhos em que Howard estava envolvido. O Projeto GOLIAS também é mencionado.

O escudo do Capitão América aparece mais claramente.

– Supostamente, o menino que aparece com a máscara do Homem de Ferro na Stark Expo é o pequeno Peter Parker, mas honestamente, ele poderia ser qualquer um, foi mais um “noooossa mas eles pensam em tudo mesmo”.

– Na cena pós-créditos, Coulson vai para o Novo México, onde está o martelo do Thor (olha o universo tomando forma).

Tó (2011)

Sinopse: É com a história do deus nórdico que temos a introdução da magia no universo Marvel. Conhecemos Asgard, seu soberano Odin – o pai de todos -, seus dois filhos Thor e Loki, “ambos nascidos para ser rei” *cof cof* e aprendemos que magia e ciência podem ser a mesma coisa. Thor é todo poderoso e loirão dos olhos azuis, e como futuro rei ele tem que aprender sobre responsabilidades, só que ele prefere aproveitar a vida. Mas a ameaça dos Gigantes de Gelo faz com que ele aja contra as ordens de seu pai. Assim, Odin bane Thor de Asgard e joga fora o Miu-Miu, com ambos caindo sabe onde? Isso mesmo, na Terra. Aí ele vai atrás do martelo dele e encontra a Natalie Portman. No final das contas, tudo foi plano do Loki, porque, bom, ele é o deus da trapaça, e seu objetivo é tomar o trono de Asgard. Lutinha. Thor vence, mas devemos ressaltar que Odin ajudou. Loki “morre”. Todos choram porque ele é mais legal que o Thor. Mas wait for it…

Pontos chaves para o MCU:

– Loki. O precioso Tom Hiddleston faz com que esse personagem seja, querendo ou não, a melhor coisa dos filmes do Thor. Ele é considerado por muitos como o melhor vilão – anti-herói – do MCU. Agora me diz o que vamos fazer agora que ele morreu. ME DIZ!!!

– Son of Coul aparece novamente, com aquela serenidade na voz, mesmo de frente a um cara gigante que poderia derrubá-lo com o mindinho.

– Gavião Arqueiro aparece pela primeira vez (e é só isso mesmo).

– Thor explica para Natalie Portman o que é Yggdrasil, a Árvore da Vida (sem ser aquele filme do Terrence Malick), e os Nove Reinos.

– Ok, a fim de evitar confusões para quem seja novo no universo ou até para quem sempre achou isso confuso: a relíquia que os Gigantes de Gelo estão atrás no filme é a Caixa do Inverno Eterno, que quando aberta produz a fúria de mil invernos mortais. Não é o Tesseract.

– A suposta Manopla de Thanos aparece no cofre de Odin.

– O filme apresenta a Bifrost, o portal interdimensional que permite a viagem entre os Nove Reinos, e seu guardião, Heimdall. Ao fim do longa, a Bifrost é destruída, deixando Asgard isolada.

– A cena pós-créditos mostra que Nick Fury está em posse do Tesseract, e apresenta ele pra Selvig, que é um cientista e portanto deverá saber como descobrir qual o melhor uso daquilo (ou, na verdade verdadeira, como transformar aquilo em uma arma). No entanto, é mostrado que o Loki está “língua de cobrando” o Selvig.

Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)

Sinopse: Steve Rogers é um cidadão do Brooklyn, magro e asmático, que quer entrar para o exército durante a Segunda Guerra Mundial, mas não deixam, porque, bom, ele é magro e asmático. Enquanto isso, seu melhor amigo/amante secreto Bucky Barnes é enviado para lutar na guerra, e assim Steve fica solitário. É aí que o Dr. Stanley Tucci, um cientista que fugiu da Alemanha com um soro capaz de transformar um simples homem em um super-soldado, aparece, com a certeza de que Steve é a melhor opção para o experimento. Assim, injetam o soro em Steve e ele se transforma no Chris Evans em tamanho normal, pronto para lutar contra os nazistas e ir atrás do seu namorad… quer dizer, melhor amigo. Só que uma tragédia acontece, e Bucky cai de um precipício. É triste. Mas o que importa é que Steve derrota o Caveira Vermelha, que quer dominar o mundo (por que não?), mas acaba tendo que derrubar um avião no meio de um mar congelado, ficando lá até que achem seu corpo congelado (e perfeito) 70 anos depois (yeah, science!).

Pontos chaves para o MCU:

– O Tesseract é encontrado pelos homens do Caveira Vermelha na Noruega, em um lugar que também pode ser visto a Yggdrasil, citada por Thor em seu filme. Caveira deseja o objeto místico como fonte de energia em prol do seu objetivo de dominar o mundo. O que ele não sabe (e nem nós), no entanto, é que o Cubo contém a Joia do Infinito do Espaço.

– Johann Schmidt, o Caveira Vermelha, é o líder da organização terrorista Hidra. Ao fim do filme, ao entrar em contato com o Tesseract, seu corpo some, o que faz com que todos acreditem que ele morreu… Mas será?

– Howard Stark não só esteve envolvido diretamente com o Projeto Rebirth, que transformou o Steve em um super-soldado, como também foi instrumental para o Capitão resgatar soldados capturados pelos membros da Hidra. Não à toa Howard sempre mencionava Steve Rogers para Tony, que desde cedo já sente ciúmes de alguém que ele ainda nem havia conhecido.

– Peggy Carter é a agente britânica que faz parte do Projeto Rebirth, e ela e Steve acabam criando uma afeição um pelo outro, mas não se deixe enganar, o coração do Steve pertence ao Bucky. No futuro, Carter iria criar a S.H.I.E.L.D juntamente com Howard Stark.

O Tesseract fica com Peggy e Howard, e futuramente, na posse da S.H.I.E.L.D.

– É importante notar que o Capitão América é intitulado de “primeiro Vingador” porque sua história se passa em 1943, antes de todos os eventos do MCU.

– Na cena pós-créditos, Nick Fury aparece, nos tempos modernos, para explicar o que aconteceu com Steve. AVENGERS…ASSEMBLE!

Os Vingadores (2012)

Sinopse: Quando Loki caiu da Bifrost em “Tó”, ele acabou conhecendo outros mundos e encontrando os Chitauri, uma raça alienígena que deseja colocar as mãos no Tesseract. Em uma negociação, Loki promete entregar o Cubo em troca da ajuda dos Chitauri para dominar a Terra. KNEEL! Nick Fury e Coulson põem em prática a Iniciativa Vingadores para juntar os heróis. E tem o Thor, que vem de gaiato, porque Loki é o ~irmão~ dele. Mas Steve Rogers e Tony Stark ficam de birra um com outro, e é preciso o Coulson morrer para eles ficarem de boas. VIU O QUE VOCÊS FIZERAM? Lutinha, Loki perde fácil porque é um deus fraco. 

Um marco inquestionável da história do Cinema

Pontos chaves para o MCU:

– No início do filme, a instalação onde o Tesseract está sendo estudado é a casa do Projeto PEGASUS, que, até onde sabemos foi criado para estudar o Cubo Cósmico a fim de produzir armas que pudessem defender a Terra de ameaças alienígenas.

– O Dr. Selvig foi chamado para trabalhar no Projeto PEGASUS por Nick Fury, em “Tó”, e então Loki, que estava controlando o cientista, soube sobre o Tesseract. Assim, o deus da trapaça consegue abrir um portal pelo Cubo, e chega à Terra, e depois também consegue trazer os Chitauri para o planeta usando o poder da Joia.

– Loki tem em seu poder um cetro, que contém a Joia da Mente (apesar de não sabermos isso ainda). A relíquia foi entregue a Loki pelos Chitauri para ajudá-lo em sua missão. Ele a usa para controlar o Gavião Arqueiro e Selvig.

– Depois da luta, o Cetro fica sob posse da S.H.I.E.L.D., e Thor usa o Tesseract para se transportar de volta para Asgard juntamente com Loki. Assim, o Cubo será usado para reconstruir a Bifrost e é deixado no cofre de Asgard.

– As desavenças entre Tony e Steve começam.

– Destruição de Nova York (que não vai ter importância até ser conveniente).

– Na cena pós-créditos, o líder Chitauri aparece falando com uma presença superior: Thanos. A missão de resgatar o Tesseract foi dada por ele, que considerava enfrentar os humanos algo fácil.

P.S.: Até o lançamento desta coluna ainda não sabemos o que houve em Budapeste.

FASE 2

Homem de Ferro 3 (2013)

Sinopse: Já que não podemos pular nenhum filme neste guia especial, o terceiro longa do querido Homem de Ferro mostra um Tony Stark sofrendo de Estresse Pós-Traumático depois que ele levou um míssil nuclear até o espaço e quase morreu em “Os Vingadores” (somente). Por conta disso, ele está produzindo diversas armaduras e desenvolvendo uma ligação a nível biológico com elas. A tecnologia Extremis é apresentada, e o Mandarim é falso. É isto.

Pontos chaves para o MCU:

– Neste filme, Tony realmente está quebrado, algo que só vai piorar ao longo dos filmes seguintes.

– Ao fim do filme, Tony finalmente retira os fragmentos da bomba do seu coração.

– Ok, o Mandarim é horrível e, por conta disso, no One Shot “All Hail the King”, eles indicam que o Mandarim de verdade realmente existe, não que isso faça “Homem de Ferro 3” ser perdoado. Definitivamente não.

Tó: O Mundo Sombrio (2013)

Sinopse: Até o final deste parágrafo, você estará dormindo. É incrível como os piores filmes da Marvel foram lançados um atrás do outro. Enfim. Thor está em Asgard, triste, porque está com saudades da Natalie Portman (ele veio pra Terra, mas não quis visitá-la né, fazer o quê, prioridades). Jane (ah, esse é o nome dela no filme, by the way) também está triste, etc. Em meio a isso, está acontecendo o fenômeno da Convergência, um alinhamento dos Nove Reinos que permite a aparição de portais em todos eles. E desse jeito, Jane acha o Éter (que é a Joia da Realidade, apesar de…ah, vocês entenderam), que acaba ficando preso no corpo dela.

Então o Thor vai salvá-la, levando-a até Asgard. No entanto, os Elfos Negros estão atrás do Éter, e chegam lá atacando tudo atrás do elemento, causando a morte de Frigga (mulher de Odin). Enquanto isso, Loki está na prisão de Asgard, e Thor vai lá pedir ajuda do irmãozinho dele, porque ele está desesperado. A lutinha mais chata do mundo. Thor e companhia vencem. Loki finge que morre, mas na verdade toma posse do trono de Asgard. Ou seja, final feliz. Incrível como o vilão de “Os Vingadores” é a salvação desse filme né? Você quer o trono, @? Eu te dou.

Pontos chaves para o MCU:

– No filme, temos a primeira menção sutil das Joias do Infinito, quando Odin vai falar sobre o Éter.

– Esta será a última vez que vemos a Natalie Portman no MCU.

– Na cena pós-créditos, os amigos do Thor, que sinceramente ninguém sabe o nome (a não ser que você veja aquela série que nem o Kevin Feige gosta, aí você sabe o nome da Lady Sif), deixam o Éter na posse do Colecionador. Que ideia burra, hein?

Capitão América: Soldado Invernal (2014)

Sinopse: Finalmente chega este que é considerado por muitos o melhor filme da Marvel. Steve Rogers está tentando se acostumar com a vida no século XXI, mas sente bastante falta de seu camarada/amor eterno Bucky. Mas então ele conhece Sam, alguém divertido que pode ajudá-lo a esquecer seu ex. Quanto ao plot ~real~ do filme, Steve está trabalhando para a S.H.I.E.L.D., e depois de uma operação um tanto suspeita, decide confrontar Nick Fury, que o alerta para o projeto Insight, do qual Fury desconfia ser uma ameaça vinda de dentro da organização. Eis que surge o Soldado Invernal, identificado como um agente soviético, e que “mata” Fury.

Depois disso, Steve é declarado um fugitivo, por não querer divulgar o que Fury estava investigando, e, junto com Natasha Romanoff e Sam Wilson, descobre que a Hidra ainda existe, operando secretamente dentro da própria S.H.I.E.L.D, com o projeto Insight programado para eliminar pessoas que são consideradas ameaças. O Insight é impedido, e, a fim de destruir a Hidra, a S.H.I.E.L.D é desfeita. O Soldado Invernal é, na verdade, Bucky Barnes, o amor da vida de Steve, e que foi resgatado de sua queda pelos agentes da Hidra e submetido a uma lavagem cerebral. Os dois têm de lutar no final. Mas… 

Pontos chaves para o MCU:

– O filme mostra que Jasper Sitwell, agente da S.H.I.E.L.D que aparece na maioria dos One Shots, é na verdade um agente da Hidra.

– Peggy Carter aparece, agora já em idade bastante avançada, mas é bom saber que ao menos Steve pôde revê-la.

– Stephen Strange tem sua primeira menção no MCU, citado como alguém que pode se tornar uma ameaça futura no projeto Insight. Tony Stark também é uma dessas ameaças, com a torre dos Vingadores em Nova York aparecendo como um dos alvos dos porta-aviões aéreos.

– Na cena pós-créditos, vemos que o cetro de Loki, que ao fim de “Os Vingadores” ficou com a S.H.I.E.L.D, na verdade está com o Barão von Strucker, um dos agentes mais importantes da Hidra, que usou o poder da Joia da Mente para dar habilidades especiais aos gêmeos Maximoff (agora que a Disney comprou a Fox eles já podem ser chamados de mutantes, será?).

Guardiões da Galáxia (2014)

Sinopse: HEEEEEY! Os personagens mais desconhecidos da galáxia chegam aos cinemas provando que a Marvel pode fazer o que ela quiser. Peter Quill é um terráqueo que foi abduzido em 1988 pelos Ravagers, e 26 anos depois também é um saqueador dos vários cantos da galáxia. Com o Walkman recheado de músicas dos anos 70/80 como única lembrança de sua mãe, Quill rouba o orbe, uma esfera metálica que contém a Joia do Poder (embora ele ainda não saiba disso, enfim).

Em vez de levar de volta para seu grupo, Quill decide lucrar com o orbe, o problema é que não só os Ravagers vão caçá-lo, como também Gamora, às ordens do terrorista Kree Ronan, e os caçadores de recompensa Rocket e Groot, um guaxinim e uma árvore gigante. Sério, como é que eles conseguiram fazer isso dar certo? Pelas forças do universo, Quill, Gamora, Rocket, Groot, e Drax, que entra no meio também, juntam-se para impedir que a galáxia seja aniquilada. Não porque eles são heróis íntegros ou o que for, mas porque, bom, eles moram nela.

Pontos chaves para o MCU:

– Somos apresentados a raças alienígenas, como os Xandarianos e os Kree, estes que serão importantes para “Capitã Marvel” (e para aquela série também).

– O filme é o que mais tem referências a Thanos. Gamora é filha adotiva do titã e é enviada para ajudar Ronan no seu objetivo de destruir os xandarianos. Quando ela o trai, sua irmã, Nebulosa, é a escolhida para continuar a missão. Ronan está buscando o orbe para oferecer a Thanos em troca da ajuda do titã para aniquilar seus inimigos, mas acaba o desafiando e buscando o orbe (e a Joia) para si.

– As Joias do Infinito têm sua origem finalmente explicada através de uma apresentação de PowerPoint que o Colecionador faz.

– Peter Quill consegue segurar a Joia do Poder sem morrer, apesar de dito que isso não seria possível para meros mortais. Mas depois é explicado que sua mãe era humana, mas seu pai era um ser poderoso. Os Ravagers também dizem “ainda bem que não o devolvemos para o pai dele”, abrindo o gancho para o segundo filme.

– O orbe, com a Joia do Poder, fica em posse da Tropa Nova, a polícia intergalática de Xandar.

Vingadores: A Era de Ultron (2015)

Sinopse: Os Vingadores formam um time consagrado, e estão na missão de desmantelar a Hidra totalmente. Em Sokovia, eles estão em busca do cetro de Loki, onde encontram os mutantes, ou melhor, os aprimorados Pietro (com super-velocidade) e Wanda Maximoff (que manipula mentes e joga bola de fogo pelas mãos…?). Eis que Tony entra no posto da Hidra sozinho, consegue recuperar o cetro (e a Joia da Mente que está nele), mas então Wanda tem a oportunidade de jogar uma visão (sem trocadilhos por enquanto) para ele. O que Stark vê faz com que ele alimente um sentimento de insegurança que o levará a criar Ultron, uma inteligência avançada com a missão de trazer “paz no nosso tempo”. Claro que dá merda. E o pior de tudo, Jarvis morre 🙁

Ultron quer matar os Vingadores e também o mundo todo, e acaba se aliando aos gêmeos. Mas quando os aprimorados percebem que estão indo longe demais, decidem ir para o lado dos Vingadores, por que não? Ah, e nasce o Visão, que é criado pela Joia da Mente, e pelo resto do que tinha da memória do Jarvis. Ele pode levantar o Miu-Miu o quanto quiser, mas ele nunca dará umas respostas mal-criadas para o Tony Stark como Jarvis fazia. Como é que esse filme ficou de repente tão chato? Lutinhas, lutinhas, Vingadores vencem, mas a um alto custo. Also, Pietro morre, mas “Dias de um Futuro Esquecido” já havia sido lançado, e um Mercúrio melhor já fazia parte do cinema, não precisamos de dois. Ah, o que foi, “você não viu essa vindo?”. Patético.

Pontos chaves para o MCU:

– A visão que Tony Stark tem por conta da Feiticeira mostra todos seus companheiros dos Vingadores amontoados, mortos, e o Capitão fala “você poderia ter nos salvado, se tivesse tentado mais”. Isso é altamente importante para o futuro da equipe, visto que Tony já estava tendo problemas desde “Homem de Ferro 3”, e sua culpa vai aumentar ainda mais por conta de Ultron. Este arco deve ser importante para “Ultimato”. E o Doutor Estranho não foi a primeira pessoa a falar de Endgame

– As visões dos outros Vingadores também os afetam profundamente. Natasha vê seu passado e seu treinamento desumano na Rússia; Steve vê o que poderia ter sido se ele tivesse ficado em sua época, com Peggy; e Thor se vê em Asgard, com Heimdall o alertando sobre a destruição dos asgardianos, e é esta última visão que se mostra importante para o entendimento das Joias. Mais à frente no filme, Thor vai para uma caverna sei-lá-onde e explora mais sua visão, que mostra as quatro Joias do Infinito já apresentadas se juntando na manopla de Thanos.

– No filme, descobrimos que Clint Barton (o Gavião Arqueiro) na verdade é casado e tem três filhos. Também descobrimos que parte do treinamento de Natasha era se tornar estéril, informação dada na criação do romance desnecessário entre ela e Bruce Banner (Joss Whedon já não queria nem saber, né?).

– Em uma das melhores cenas do filme (mas que, assim como quase todas, foi mostrada nos trailers), os Vingadores tentam levantar o Mjölnir, e não conseguem. No entanto, Steve consegue dar uma balançada no martelo, algo que só Thor nota. A cena em si é construída para quando o Visão consegue o feito de levantar o Miu-Miu e se provar digno, mas é bem legal ver que Steve é o ser mais puro do universo. Esta é uma verdade absoluta, nada de opiniões aqui.

– A destruição de Sokovia vai ser um elemento chave para a futura Guerra Civil, e a quebra dos Vingadores como um time começa aqui.

– Ulysses Klaue, conhecido como Garra Sônica nos quadrinhos, surge como o detentor de vibranium, elemento roubado de Wakanda, e que será explorado futuramente.

– Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate, junta-se aos Vingadores depois de sofrer por 1 minuto pela morte do irmão.

– Ah, vale lembrar que a Joia da Mente que cria o Visão continua com ele, literalmente grudada em sua testa.

– Na cena pós-créditos, Thanos decide: “agora eu mesmo vou acabar com esses humanos”, e coloca sua manopla. E aí passam 3 anos de “ó o bixo vinu muleque”.

Homem-Formiga (2015)

Sinopse: Paul Rudd, ou melhor, Scott Lang sai da prisão, e está tentando se endireitar na vida. Só que seu dom (?) como um ladrão faz com que ele aceite um novo trabalho, que acaba sendo o de roubar a casa do cientista Hank Pym. Tudo havia sido planejado antes, e Pym queria testar as habilidades de Lang para confirmar se ele era a pessoa certa para usar o traje do Homem-Formiga, e impedir que a partícula Pym seja comercializada como arma. O cientista diz que Lang é a única opção para a missão (bom, ok né), o que deixa sua filha, Hope Van Dyne, bem furiosa, já que ela queria usar o traje. Pym não quer deixar ela fazer isso por medo de acontecer o mesmo que aconteceu com sua esposa, que em uma missão se encolheu a nível subatômico e ficou perdida para sempre.

Já Lang pergunta “por que não chamar os Vingadores?”. Faz sentido, não é mesmo? Mas não rola. Então Lang tem que aprender a dominar o traje, e a controlar um exército de formigas. Por sinal, fazer com que insetos como formigas sejam vistos de forma carinhosa parece algo difícil, mas você dá o nome a uma delas de Anthony, e o trabalho já está feito. Assim, o novo Homem-Formiga tem que impedir o vilão qualquer-coisa a destruir o mundo, ou sei lá. Ele vence, dá tudo certo, yay. Como teria sido a versão do Edgar Wright? Mais uma pergunta que irá nos atormentar para o resto de nossas vidas.

Pontos chaves para o MCU:

– Em uma cena de flashback, em 1989, vemos que Hank Pym trabalhava na S.H.I.E.L.D juntamente com Peggy Carter e Howard Stark. Mas pelo fato deles estarem tentando duplicar a tecnologia de encolhimento de Pym, o cientista decide deixar a organização, e levar sua partícula junto, por saber que nas mãos erradas ela pode ser bastante perigosa.

– Pym explica que é possível encolher até um nível subatômico, onde não existe barreiras de tempo nem de espaço, informação que deve ser importante para “Ultimato”.

– Em uma cena, Scott invade a nova sede dos Vingadores, e acaba enfrentando Sam Wilson, o Falcão.

– O amigo de Lang, Luís, tem um jeito específico de contar histórias, um artifício bastante elogiado, e que foi até mesmo usado em um vídeo promocional durante a última San Diego Comic-Con, com o personagem contando toda a história do Universo Cinematográfico Marvel do seu jeitinho.

– “Um cara que escala paredes” – EU ENTENDI A REFERÊNCIA!

– Uma cena pós-créditos é uma cena de “Guerra Civil”, em que Sam diz a Steve que “conhece um cara”, o próprio Homem-Formiga.

– A outra cena pós-créditos mostra Pym dando a Hope um novo traje da Vespa, identidade usada por sua mãe, Janet Van Dyne, originalmente. Em “Homem-Formiga e a Vespa”, Lang e Hope trabalharão juntos e descobriremos mais sobre o que aconteceu com a Vespa original.

FASE 3

Vingadores 2.5 – Capitão América 3: Guerra Civil (2016)

Sinopse: Apesar da grande quantidade de membros dos Vingadores nesse filme, lembrem-se que esta é uma história do Capitão América. É aqui que a narrativa da história de amor entre Steve e Bucky se intensifica. Ao final de “Soldado Invernal”, Bucky consegue se libertar da lavagem cerebral e salva Steve, fugindo logo em seguida, afinal ele matou várias pessoas, apesar de não ter tido controle sobre suas decisões. Os Vingadores passam por um mal momento, pois agora (quando é conveniente, lembram?) eles têm de lidar com as consequências da destruição de Nova York, Sokovia, assim como um incidente na Nigéria.

Então, surge o tal do Acordo de Sokovia, que serviria como regulamentação para as ações do grupo. Isso tudo é realmente uma desculpa para usar o título de “Guerra Civil”, porque convenhamos, a história de verdade do filme é: Steve tenta proteger seu antigo namorado das acusações de algo que ele não fez  (apesar de, sim, ele ter cometido vários outros crimes), Tony fica mordido de ciúmes, ocasionando em uma briga calorosa entre os três. No final, Steve escolhe Bucky, porque bom, leia as sinopses dos dois primeiros filmes do Capitão, e o time dos Vingadores é oficialmente quebrado. Also, dois Ford Ka aparecem (esta talvez seja uma das informações mais estarrecedoras do seu dia de hoje, por isso, de nada).

A Guerra Civil é na verdade a briga entre essas três (03) pessoas

Pontos importantes para o MCU:

– Depois de sua participação em “O Incrível Hulk” como General Ross, o agora Secretário de Estado Ross é o responsável por apresentar o Acordo de Sokovia para os Vingadores.

– Pantera Negra é introduzido no universo. No incidente ocorrido na Nigéria, vários cidadãos de Wakanda foram atingidos, fazendo com que o rei da nação, T’Chaka, e seu filho T’Challa, participem da conferência nas Nações Unidas. T’Chaka é morto no atentado, e seu filho, com o manto do Pantera Negra, parte em busca de vingança.

– Peggy Carter morre 🙁

– Sharon Carter, personagem que surgiu em “Soldado Invernal”, como uma agente da S.H.I.E.L.D., é revelada como a sobrinha de Peggy Carter. E Steve beija ela, eca.

– O Homem-Aranha é finalmente integrado ao Universo Cinematográfico da Marvel, por meio de um acordo com a Sony. O herói é encontrado por Tony Stark, estabelecendo a relação de mentor que veremos futuramente em seu filme solo.

– Sem entrar no mérito do plano no mínimo duvidoso de Zemo, é mostrado que Bucky, agindo como o Soldado Invernal, foi o responsável pela morte dos pais de Tony Stark, algo que é o ponto decisivo para a luta entre ele, Bucky e Steve. Zemo, no final das contas, foi bem sucedido em seu objetivo de quebrar os Vingadores.

– Rhodes, o Máquina de Combate, sofre um ferimento que o deixa sem os movimentos das pernas, e ao fim do filme é mostrado que ele está sendo tratado para voltar ao normal. No entanto, Stark se afunda ainda mais em preocupação e culpa.

– Em um diálogo com a Feiticeira Escarlate, Visão menciona que talvez um dia consiga controlar a “coisa” que o dá vida, ou seja, a Joia da Mente.

– Na primeira cena pós-créditos, é mostrado que Steve deixou Bucky sob os cuidados dos médicos de Wakanda, através de T’Challa. Bucky é congelado novamente, a fim de não causar mais problemas e ser tratado.

Doutor Estranho (2016)

Sinopse: Com este filme, a Marvel tem o desafio de fazer com que as artes místicas não pareçam algo completamente deslocado dentro de um universo que, em sua maioria, é bem pé no chão. Trazer um ator que seja tão bom em interpretar um personagem cético como o Benedict Cumberbatch já é meio caminho andado. O (arrogante) neurocirurgião Stephen Strange sofre um acidente de carro e fica com suas mãos completamente afetadas, não podendo mais atuar no seu campo. Partindo em busca de uma cura, ele encontra o Kamar-Taj, no Nepal, e conhece a Anciã, que abre seus olhos para as artes místicas, plano astral e dimensões. Tudo bem psicodélico mesmo.

Enquanto isso, o vilão (Kaio…Kacio? Kacilío? Quase lá) quer trazer o Dormammu, da Dimensão Negra, pra engolir a Terra, o motivo só podemos assumir que seja porque ele odeia a própria vida. Então os magos do bem e os do mal lutam nos prédios, que estão virando à la “Inception”. Uma ótima alternativa para impedir a destruição nas cidades é a existência da Dimensão Espelhada, um lugar que você pode quebrar o que quiser, que não afeta o mundo real. APRENDE, Vingadores. “Dormammu, eu vim barganhar”. Fim.

Como ser arrogante e as pessoas ainda gostarem de mim? Me ensine, Tony Stark.

Pontos importantes para o MCU:

– Introduz a noção do multiverso, algo que deve ser importante nos futuros filmes. Além disso, as cenas que representam a viagem de Strange pelo mundo astral tem um visual bastante similar com o mundo subatômico em que Scott Lang fica temporariamente preso em “Homem-Formiga”.

– O Doutor Estranho tem em seu poder o Olho de Agamotto, artefato místico que carrega a Joia do Tempo (apesar de nã…), o qual pode manipular as diversas probabilidades do multiverso, assim como voltar o tempo.

– A cena pós-créditos é uma cena de “Top: Ragnarok”, onde Strange encontra Thor, e oferece sua ajuda para encontrar Odin.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 (2017)

Sinopse: Os Guardiões da Galáxia, um grupo reconhecido e famoso por seus feitos, estão em uma missão às ordens dos Soberanos (aquelas pessoas douradas) onde pretendem trocar umas baterias especiais por Nebulosa, a irmã de Gamora, que estava presa. A troca ocorre, mas Rocket rouba algumas baterias, e eles começam a ser caçados pelos Soberanos. Eis que surge um ser misterioso que os salva, revelando depois ser o pai de Peter Quill, Ego, um Celestial. Ele é um planeta vivo que pode tomar a forma de quem e do que ele quiser, e Quill também pode fazer isso, caso ele esteja ligado ao planeta.

É, loucura né? Toca uma música massa aí! Drax agora faz piadas, Groot é um bebê, Yondu está indo atrás de Quill novamente e aparentemente o nome Taserface é bem engraçado. Acaba que Ego tem um plano de dominação universal (que surpresa!), e tenta manipular Quill a se juntar a ele, pai e filho, juntos com o mesmo propósito. Mas Ego quebrou o Walkman do Peter, e isso não se faz. Pac-Man fight! Os Guardiões vencem mais uma vez! Infelizmente, Yondu morre  🙁 , deixando antes uma frase icônica de lembrança. Imagine estar apertada e não poder ir ao banheiro durante os créditos porque o James Gunn enfiou 5 cenas entre eles?

Pontos importantes para o MCU:

– É explicado que Peter Quill conseguiu segurar a Joia do Poder no primeiro filme, por ter ascendência Celestial. Ele não possuía nenhum poder, apenas essa resistência. Dentro do planeta Ego ele poderia ter os mesmos poderes que seu pai por estar acessando a fonte, mas com o planeta destruído, ele volta a ser alguém normal, apenas com sua resistência de antes.

– Gamora e Nebulosa acabam fazendo as pazes e se aliando. Ambas têm desejo de vingança contra o pai, Thanos.

– Na cena pós-créditos é mostrado que os Soberanos, com o propósito de destruir os Guardiões, criaram um ser chamado “Adam”, fazendo referência a Adam Warlock, um personagem dos quadrinhos que pode ser explorado futuramente no universo Marvel, provavelmente em “Guardiões 3”.

Homem Aranha: De Volta ao Lar (2017)

Sinopse: Se existe alguém com alguma dúvida sobre como Peter Parker adquiriu suas habilidades, sobre por que mora com sua tia e o que, afinal, vem com “grandes poderes”, assista os 5 filmes já lançados do Homem-Aranha. Aqui, Peter Parker ainda está na escola (e nós acreditamos nisso, diferente do caso de Tobey Maguire), lidando com problemas normais de adolescente, enquanto espera receber a ligação de seu mentor Tony Stark para convidá-lo a fazer parte dos Vingadores. Enquanto isso não acontece, ele tenta proteger a vizinhança dos bandidos, com a ajuda de seu traje super tecnologicamente demais.

Então, surge Michael Keaton, um fora da lei que fabrica e vende armas que contêm tecnologia Chitauri, encontradas nos destroços da Batalha de Nova York. Peter decide investigar a situação, apesar de Tony dizer para ele não o fazer, e nisso ele se dá mal diversas vezes. Dessa vez, o amigo dele não é um riquinho com um pai maligno, e sim o Ned, o “cara na cadeira”. E seu interesse amoroso não é uma menina popular-só-por-ser-popular, é Liz, uma menina popular e realmente legal! Mas o filme leva o “conhecer o pai da sua namorada” bem a sério, e é assustador. Apesar de apanhar tanto que, sinceramente, é um milagre Peter está vivo, ele vence e esnoba a oferta de Tony Stark para entrar para os Vingadores.

Pontos importantes para o MCU:

– Mesmo cinco anos depois de “Os Vingadores”, ainda somos (convenientemente) lembrados das consequências da destruição de Nova York. Com erro de passagem de tempo ou não, a tecnologia Chitauri recuperada por Michael Keaton alimenta os negócios de sua gangue por anos, e, levando em conta que ele vendeu armas para diversos criminosos, é seguro dizer que essa tecnologia ainda existe na Terra.

– Tony Stark é o mentor de Peter, e apesar da reclamação de muitos, é certo que os uniformes do Homem-Aranha terão a marca da tecnologia utilizada no Homem de Ferro. Além disso, em um momento de sermão, Stark diz para Peter: “Se você morresse, eu sentiria que isso seria culpa minha”. Isso vai doer muito em breve.

– O Homem-Aranha literalmente “volta ao lar”, entrando de vez no MCU. Se isso não é importante, o que é?

Top: Ragnarok (2017)

Sinopse:  AAAAAAAAAAAAAAAAA-A! O que fazer para seu terceiro filme quando os dois primeiros são super-chatos e nada memoráveis? Guardiãza ele! Cores! Humor! Música! Waititi! Sinto muito para os haters, mas é genial. Depois de enfrentar Surtur e começar o Ragnarok, ou o que for (isso sinceramente não faz a menor diferença no filme), Thor volta para Asgard e descobre que Loki tomou o trono. Pausa para a dramatização:

Loki: a

Thor:

  “Sem dúvida alguma, estou pronto para sofrer de novo”.

Juntos, eles partem atrás de Odin na Terra, e o encontram a tempo apenas de vê-lo morrer, ou ir para as estrelas, ou sei lá, descobrindo também que na verdade Thor que é o diferente na família, pois eles têm uma irmã gótica, Hela, a deusa da Morte, olha que fofo! Ela joga seus queridos irmãos direto para o planeta lixo de Sakaar, onde coincidentemente está Hulk, transformado já há 2 anos e capaz de falar frases curtas. Assim, Thor, Loki, Hulk e a Valquíria formam um grupo não-oficial chamado de Revengers, para impedir Hela de tomar Asgard, yay \o/ Então convocam Surtur para provocar o Ragnarok e destruir Hela (sério, não pergunte, só aproveite a jornada), e todos os asgardianos fogem juntos e felizes em uma nave. Pena que a felicidade não vai durar muito tempo…

Uma verdadeira pintura que deveria estar no Museu do Louvre

Pontos importantes para o MCU:

– A visão de Thor em “Vingadores: Era de Ultron” indicava o que viria a acontecer com Asgard nesse filme, e o que virá a acontecer em “Guerra Infinita” com os asgardianos.

– As Valquírias são apresentadas, um grupo de guerreiras asgardianas que foi dizimado quando entraram em combate com Hela. Brunnhilde foi a única Valquíria restante, tendo se exilado em Saakar. Thor e Loki a reconhecem como uma Valquíria, e esse acaba sendo o único nome de que ela é chamada.

– Em um cena no cofre de Odin, Hela passa pela suposta manopla de Thanos e diz que na verdade ela é falsa, consertando o furo de ela estar ao mesmo tempo com Thanos e no cofre de Odin.

– Quando Loki entra no cofre de Odin para convocar Surtur, ele passa pelo Tesseract, e pega a relíquia para si. Em breve, nosso deus da trapaça favorito vai ter um encontrinho nada amigável com o Titã Louco.

– Na cena pós-créditos, uma nave gigantesca aparece de frente à nave dos asgardianos. Thanos chegou.

Pantera Negra (2018)

Sinopse: Depois dos eventos de “Guerra Civil”, T’Challa tem que assumir o trono e volta para o seu aconchego (Wakanda Forever!), uma nação que mostra que quando você mente para o resto do mundo dizendo que é pobre, sendo na verdade super-tecnológica, suas chances de continuar se desenvolvendo e se mantendo longe de guerras é bem maior. Claro que as chances de um meteoro contendo um material único como o vibranium caírem em seu solo são minúsculas, mas enfim. O longa apresenta toda a tradição do país de forma muito eficiente, antes de mostrar T’Challa indo atrás de Ulysses Cló (vilão 1 interpretado por Andy Serkis que, pasme você, não é um personagem feito através de captura de movimentos), tentando corrigir uma falha de seu pai e tentando provar para – seuamigodeinfância – W’Kabi, que ele é um bom rei (apesar de só estar em poder há uns 3 dias).

Só que na verdade quem captura (e ~infelizmente~ mata) o Andy Serkis é Erik Killmonger (vilão 2 a.k.a. o maravilhoso Michael B. Jordan), alguém que supomos ser um capanga de Cló, mas que é na verdade um primo perdido de T’Challa, que volta para Wakanda a fim de tomar o trono. Olha, sinceramente, veja o filme e diga se você não acha mais do que justo ele ser o rei de Wakanda. I mean, ele tem toda a razão. Mas suas motivações causariam uma grande guerra mundial, e T’Challa tem que impedir isso. A fim de acontecer alguma luta final, W’Kabi esquece que é amigo de T’Challa e protetor do reino e ajuda o Killmonger. Lutinhas de exércitos de CGI. Lutona entre T’Challa e Killmonger. Marvel apresenta o vilão mais bem elaborado do MCU e o mata. Mas. Que. Cena.

Pontos importantes para o MCU:

– Wakanda é apresentada no Universo Marvel, e na primeira cena pós-créditos T’Challa anuncia à ONU a existência das tecnologias avançadas em seu país, e seu desejo de ajudar o mundo com elas. É certamente irônico que assim que assim que isso acontece, Thanos chega e evapora metade da população.

– A princesa Shuri é uma expert em tecnologia, podendo servir como uma futura substituta do cargo de tech-master quando Tony Stark morrer ou se aposentar (uma hora ele vai, senão a Marvel nunca vai conseguir lucrar tendo que pagar o salário do RDJ).

– Na segunda cena pós-créditos, Bucky finalmente aparece (também de barba, para combinar com o novo visual do amor da vida dele), totalmente curado e pronto para ação. A vida de crime promovida por lavagem cerebral realmente compensa! O vilão/herói vai até ganhar um braço feito de vibranium, e até o final de “Ultimato” apostamos que o Rocket Racoon consegue aquele braço.

Vingadores: Guerra Infinita (2018)

Sinopse: Apesar de ter “Vingadores” no nome, este filme é essencialmente do Thanos, e a sinopse será contada aqui em sua perspectiva. Em sua busca pelas Joias do Infinito, o Titã se depara com uma nave asgardiana, onde se encontra o Tesseract. Já tendo em sua posse a Joia do Poder, Thanos e sua Ordem Negra mata grande parte da população asgardiana, incluindo Heimdall e sim, Loki. Pausa para revolta:

– Como assim tu vai enfrentar um homem DESTE tamanho que tem já uma Joia em seu poder com duas faquinhas, meu amigo? Você é o deus da trapaça ou o deus das facas?????1!!1

Ok. Em posse de duas Joias, Thanos vai até Lugar Nenhum, onde se encontra a Joia da Realidade, com o Colecionador. Os Guardiões acham que estão o surpreendendo em momento oportuno, mas o Titã já havia adquirido a Joia e só estava simulando a realidade para capturar os Guardiões, mais especificamente Gamora, sua filha favorita. E há um motivo para isso, pois Gamora é a única que sabe a localização da Joia da Alma. Assim, pai e filha vão em busca do artefato. Mas há um preço a se pagar a fim de ter acesso à Joia, um sacrifício. RIP Gamora. Thanos havia enviado a Ordem Negra para encontrarem as Joias do Tempo e da Mente, mas estes personagens são virtualmente inúteis. O Titã, no entanto, consegue a Joia do Tempo quando o Doutor Estranho a troca pela vida de Tony Stark, ao saber que o bilionário gênio playboy e filantropo é a chave para a vitória dos heróis. Assim, Thanos segue para Terra, onde sem cerimônia alguma arranca a Joia da Mente da testa do Visão e completa sua missão com o estalo, dizimando metade da vida do universo. Mas os heróis não vão ser afetados por isso né? Caramba, mataram o Bucky de novo… pera, o Pantera Negra acabou de ganhar um filme…Não, o Groot não, cara…a maioria dos Guardiões??? Pera, o que tá acontecendo com o Homem-Aranha, não cara PERAÍ!!!!!!

Pontos importantes para o MCU:

– COMANSIIM MORREU METADE DOS HERÓIS????? QUER COISA MAIS IMPORTANTE DO QUE ISSO??????? AAAAAAAAAAAAA. (Comentários dizendo que não importa, porque eles vão todos voltar, serão bloqueados. Não aceitamos esse tipo de insensibilidade no nosso jardim).

– A Joia da Alma é finalmente apresentada.

– Reservamos o direito de nos abster de apontar mais detalhes sobre o filme aqui. Esse você tem que ver todo antes de “Ultimato”, sem falta (Telecine Play tá de bobeira aí, fikdik…).

– No final do filme, vemos o Titã tranquilo, na santa paz do Senhor em sua fazendinha, tomando seu sorvete de Napolithanos e dando um sorrisinho. Então, por certa perspectiva, ele conseguiu cumprir seu objetivo, está descansando e quem vai perturbar ele em “Ultimato” são os Vingadores.

P.S.: Steve Rogers e Bucky Barnes se ABRAÇAM e Bucky SORRI.

Homem-Formiga e a Vespa (2018)

Sinopse: Em sua jornada como um herói cuja relevância no MCU é apenas a de apresentar elementos narrativos necessários para filmes maiores, Scott Lang está de volta e é exatamente isso que ele faz, dessa vez com a ajuda de Hope Van Dyne, a nova Vespa, e Janet Van Dyne, a Vespa antiga (embora esse adjetivo não pareça fazer jus à Michelle Pfeiffer). A sequência explica que Janet, quando encolheu a nível subatômico, foi parar no Reino Quântico, e quando Scott fez o mesmo no primeiro filme, ela conseguiu implantar uma mensagem no cérebro do herói e estabelecer uma conexão com ele. Assim, Homem-Formiga, Vespas e Hank Pym trabalham em equações (?) e na criação de um aparelho (?) que possa trazer Janet de volta.

Enquanto isso, eles são perseguidos por três núcleos: um grupo mafioso bem aleatório cuja função no filme segue desconhecida; agentes do FBI que, por conta das aventuras de Scott Lang em “Guerra Civil”, buscam não só ele, como também Hope e Hank; e a jovem Ava, uma garota afetada por energia quântica que deixou seu corpo intangível, e acha que os esforços da trupe de heróis podem ajudá-la a se curar. É incrível o que um roteiro assinado por cinco pessoas diferentes pode fazer para tornar um filme tão absurdamente maçante. No final, tudo dá certo, Janet volta do Reino Quântico e descobre que absorveu energia quântica que pode curar Ava. Assim, Scott é mandado de volta para o nível subatômico para adquirir um pouco mais do suco quântico para Ava, mas neste momento Thanos estala os dedos e Hope, Janet e Hank viram poeira, deixando Lang sozinho lá dentro. Ou seria embaixo? Além? Quantas vezes a palavra “quântico” foi citada neste texto?

Pontos importantes para o MCU:

– A relevância do filme, ou melhor dizendo, do que é explicado sobre o Reino Quântico, parece ser gigante para “Vingadores: Ultimato”, como um elemento que pode ser chave para que os heróis consigam recuperar aqueles que foram “estalados”. Como explicado no primeiro filme, no Reino, não existem barreiras de tempo e espaço, e como apontado por Janet, lá existem vértices temporais.

– Janet consegue incorporar uma mensagem e uma memória sua em Scott. Levando em consideração que Scott estava no Reino enquanto acontecia o estalo, e o local pode ser para onde todas as almas perdidas estão indo, é possível que alguém coloque uma mensagem na mente de Scott antes dele voltar para o tamanho normal.

– Bill Foster, interpretado por Laurence Fishburne, é apresentado. O cientista trabalhava para a SHIELD e também trabalhou com Hank Pym no Projeto GOLIAS, conseguindo chegar a mais de 6 metros de altura. Os conhecedores dos quadrinhos devem ficar animados com a referência, e o personagem pode retornar em um futuro mais distante.

– O ponto mais importante do filme é desenvolver mais o personagem que muito provavelmente salvará todo o Universo Cinematográfico da Marvel ao encolher, adentrar no ** do Thanos e se expandir, explodindo o Titã Louco e recuperando a Manopla do Infinito. A gente tinha que isso citar isso aqui, ok? Sem julgamentos.

Capitã Marvel (2019)

Sinopse: No primeiro filme da Marvel protagonizado por uma mulher, Brie Larson traz à vida Carol Danvers, uma piloto da Força Aérea americana que acaba indo parar em Hala, capital da civilização alienígena Kree, e não sabe como foi parar lá. Sem memória sobre seu passado, Vers, como é chamada pelos Kree, faz parte da elite militar Starforce, liderada por Jude Law (ou Yon-Rogg, como preferir). Quando uma missão dá errado, Vers é capturada pelos Skrulls, outra raça alienígena, e quando ela consegue fugir, acaba indo parar na Terra, no ano de 1995. Lá ela é encontrada por um Nick Fury com dois olhos e um Phil Coulson jovem (e vivo), ambos agentes da SHIELD (olha aí a série ganhando seu espaço no MCU).

Fury, então, ajuda Vers a descobrir o segredo sobre seu passado, mas a situação é complicada e confusa demais, então resumindo: Carol Danvers, enquanto piloto da Força Aérea, era liderada pela Dra. Lawson, ou Mar-Vell, que na verdade era uma kree infiltrada que estava desenvolvendo uma tecnologia que permitiria a viagem na velocidade da luz a partir do Tesseract. Sim, a Joia do Espaço. O que Lawson queria era impedir que os Kree, especificamente o Jude Law, botasse as mãos na tecnologia, porque a guerra entre Kree e os Skrulls estava desbalanceada, e os Skrulls na verdade são refugiados. Sim, os transmorfos com o maior potencial vilanesco da Marvel na verdade são do bem (ou, pelo menos, foi o que pareceu). Assim, Carol descobre toda a situação, impede que o Jude Law consiga o que ele quer, e salva os Skrulls. Higher, Further, Faster, baby.

Pontos importantes para o MCU:

– O Projeto PEGASUS finalmente ganha uma explicação mais extensa. O estudo foi desenvolvido pela SHIELD, NASA e Força Aérea. Sabemos que Howard Stark recuperou o Tesseract e o estudou, e, na fundação do PEGASUS, Stark permitiu que as outras organizações também tivessem acesso ao Cubo. Nos anos 80, quando a Dra. Wendy Lawson se junta ao projeto, ela busca criar um motor movido à velocidade da luz a partir do Tesseract para salvar os Skrulls refugiados. Quando sua criação dá certo, ela esconde o Cubo em seu laboratório, e quando Jude Law a mata, e Carol destrói o motor, a Força Aérea esconde o incidente. O Tesseract só será recuperado ao fim do filme, ficando na posse de Fury, e futuramente do reinstalado Projeto PEGASUS.

– Carol Danvers, junto com a Dra. Lawson, parte em um voo teste com o motor à velocidade da luz. Mas as duas são atacadas pela equipe de Jude Law, que mata Lawson. A Kree, no entanto, pede para que Carol destrua o motor, e quando a piloto o faz, toda a energia do dispositivo é absorvida por ela, fornecendo-lhe seus poderes.

– Goose é apresentada, a gata que na verdade é um Flerken, (outra) raça alienígena que solta tentáculos pela boca e tem uma outra dimensão dentro de si, o que quer que isso signifique. Goose em certo momento engole o Tesseract, que é uma Joia do Infinito, vale lembrar, então Goose derrotará Thanos confirmado.

– “Capitã Marvel” estabelece diversas conexões com o MCU. Além do Projeto PEGASUS, o filme também mostra que Fury perdeu seu olho por causa de um ferimento causado por Goose, e revela que o futuro diretor da SHIELD teve a ideia do nome “Vingadores” por conta do nome do caça de Carol “Avenger” Danvers. Isso me lembra alguma coisa…

– Maria Rambeau e sua filha Monica são apresentadas. Maria é a melhor amiga de Carol, companheira de Força Aérea, e as duas praticamente criaram Monica juntas, como mostram as fotos de família no filme. Curiosamente, nos quadrinhos, Monica já foi uma Capitã Marvel, e pode ser que a garota assuma algum papel importante no futuro do MCU.

– O filme serve como uma introdução maior no universo cósmico, trazendo mais da civilização Kree (incluindo uma participação muito nadas a ver do Ronan), além de apresentar os Skrulls. Estes últimos são criaturas que podem assumir a forma de qualquer outro ser, e certamente eles serão usados no futuro do MCU, quer pro bem ou pro mal.

– Carol entrega um pager adaptado para Fury, para que ele a chame caso algum perigo surja e ela seja necessária. Mas só coisa grande, ameaça global, nada de ataque aos Estados Unidos, isso qualquer um pode resolver, viu?

– No fim do filme, Carol decide que irá levar os Skrulls refugiados para algum lugar seguro, o que justifica o sumiço da personagem durante todos os anos seguintes. Na cena pós-créditos, uma cena de “Vingadores: Ultimato” mostra que os heróis restantes encontraram o pager de Fury, e Carol Danvers retorna à Terra.

==

É isso! Tentamos fazer o melhor guia para que o maior número possível de pessoas possa aproveitar este evento cinematográfico que será “Vingadores: Ultimato”. Apontamos tudo que é essencial no Universo Marvel, mas se você quer rever todos os seus momentos favoritos do MCU, você tem que acessar a Playlist Invasão Marvel no Telecine Play Como você acha que a gente maratonou tudo e preparou esse Guia? E melhor, agora quem não é assinante Telecine pode experimentar por até 7 dias grátis!

E claro, TODO MUNDO que assina os canais Telecine tem direito ao Telecine Play, onde você tem mais de 1800 títulos para assistir quando e onde quiser, com o catálogo sempre se renovando com os grandes lançamentos de Hollywood e com os principais sucessos do cinema nacional. E todos estes filmes podem ser assistidos em vários dispositivos, como: Smart TV, Computador, Chromecast, Tablets e Smartphones. Seja diretamente no site ou no aplicativo do Telecine Play.

O canal do Cinema Com Rapadura também conta com vários vídeos que pode te ajudar a entender mais sobre o Universo Cinematográfico da Marvel. E se você ainda não é inscrito, este é o momento certo, porque depois que “Vingadores: Ultimato” for lançado, cobriremos todos os detalhes do filme.

Prontos para o Ultimato?

Ana Louise
@louisemtm

Compartilhe


Conteúdos Relacionados