Notícias   sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018

Eletric Dreams | Bryan Cranston fala sobre seu papel em garantir presença feminina em série produzida por ele

Série antológica, inspirada em histórias de Philip K. Dick, chega à Amazon nesta sexta.

Eletric Dreams | Bryan Cranston fala sobre seu papel em garantir presença feminina em série produzida por ele

Bryan Cranston teve sua carreira impulsionada ao protagonizar a aclamada série “Breaking Bad“, e desde então já participou de vários filmes como “Conexão Escobar” e “Trumbo – A Lista Negra“, pelo qual foi indicado ao Oscar. Agora, Cranston atua no cargo de produtor na série da AmazonEletric Dreams“, antologia inspirada nas histórias de Philip K. Dick, autor de obras como “Minority Report” e “Androides Sonham Com Ovelhas Elétricas?” (inspiração para o filme “Blade Runner“). Em entrevista ao IndieWire, o ator e vencedor do Emmy falou sobre o que planeja ao trazer história como essas à TV:

“Estas histórias sci-fi futurísticas podem estar relacionadas ao que nós estamos lidando agora (no presente). Esse é o objetivo, apontar para aventuras e imaginações aproveitáveis. Talvez este seja um conto cauteloso, talvez isto seja apenas puro entretenimento, mas tudo isto é muito valioso.”

Quando chamado pela Sony e pela Amazon para estrelar um dos episódios da série, Cranston disse que toparia se “fosse útil e não comprometesse a história”. Ele participou do sexto episódio, chamado de “Human Is“, que narra a história de uma mulher (Essie Davis, de “Mindhorn“) que, sofrendo da falta de amor no casamento, passa por uma grande mudança quando seu marido (Cranston) retorna de uma missão espacial possivelmente sob influência de uma consciência alienígena.

Human Is” foi escrito por Jessica Mecklenburg (da série “Being Mary Jane“) e dirigido por Francesca Gregorini (“Os Segredos de Tanner Hall“), e a presença de mulheres no processo de criação do episódio foi algo que Cranston fez questão de ter:

“Eu queria ter uma mulher escrevendo, uma mulher dirigindo e uma mulher conduzindo, uma tríade que fosse responsável por mostrar uma história sobre o que é ser humano. Acredito que seria mais natural desta forma. Não significa que um homem não pudesse fazer algo do tipo, ou que não houvesse sensibilidade suficiente para tal. Eu apenas penso que seria bom envolvê-las. A indústria ainda é predominantemente comandada por homens, brancos e mais velhos. Eu me encaixo perfeitamente nessa categoria. É uma oportunidade para que haja mais integração das mulheres e de pessoas de cor.”

Por fim, o ator comentou sobre como espera que esta nova série antológica sirva para trazer mensagens de mudança:

“Se nós tivermos sorte o suficiente e uma segunda temporada de ‘Eletric Dreams’ seja aprovada, eu quero ver mais diversidade; quero ir mais fundo. Eu quero ouvir diferentes linguagens e diferentes culturas. Meu objetivo é mostrar ao mundo inteiro o quão conectados nós somos e o quão próximos nós somos uns dos outros e nem percebemos.” 

“Eletric Dreams” chega nesta sexta (12) ao Amazon Prime.

Fernando Gomes
@rapadura

Compartilhe


Notícias Relacionadas


  • Francisco Neto

    Ansioso para assistir Eletric Dreams, Amazon 🙁 será que não rola uma parceria com a NetFlix ? 😀