Notícias   sábado, 15 de setembro de 2018

O Predador | Shane Black pede novas desculpas por contratar agressor sexual para o elenco

Recentemente, a atriz Olivia Munn deu declarações sobre as acusações de crimes sexuais atribuídas ao ator Steven Wilder Striegel.

O Predador | Shane Black pede novas desculpas por contratar agressor sexual para o elenco

A Variety publicou novos pedidos de desculpas do diretor Shane Black (“Dois Caras Legais“) a respeito da escalação do ator Steven Wilder Striegel em “O Predador”. Em declarações recentes, a atriz Olivia Munn (“Oito Mulheres e um Segredo“) lembrou que há acusações de crimes sexuais contra Striegel. Black se desculpou, dessa vez, durante a estreia do filme, em Los Angeles:

“Eu cometi um erro de julgamento irresponsável… Eu era o capitão do navio. É meu dever garantir que essa coisas não aconteçam, e eu falhei. Eu assumo total responsabilidade. Eu sinto muito mesmo. Tenho pensado muito nisso. Espero aprender com isso, porque realmente me incomoda que esse filme tenha sido ofuscado de alguma forma por uma decisão idiota que eu tomei. Peço mil desculpas a todos.”

O diretor de outros sucessos, como “Homem de Ferro 3” e “Beijos e Tiros”, havia, inicialmente, defendido a contratação de Striegel, em entrevista ao Los Angeles Times. A dupla já havia trabalhado junto em “Dois Caras Legais“:

“Eu pessoalmente decidi ajudar um amigo. Entendo que alguém possa não aprovar, já que a acusação feita a ele é delicada e não deve ser encarada de forma branda.”

No entanto, após uma enxurrada de críticas, Black logo resolveu enviar um primeiro pedido de desculpas:

“Ao ler as últimas notícias esta manhã, ficou tristemente claro para mim que fui enganado por um amigo, que imaginei realmente estar me dizendo a verdade quando descreveu as circunstâncias de suas acusações. Eu acredito firmemente em dar segundas chances às pessoas, mas às vezes, você descobre que uma nova chance não é uma garantia, como você esperava.”

Shane Black não esteve presente no tapete vermelho durante a estreia do filme no Festival de Toronto. Olivia Munn pôde ser vista, mas não parou para dar entrevistas.

A cena em que Steven Wilder Striegel aparecia, que mostrava o ator batendo em Munn, foi cortada do filme. Geena Davis (“Don’t Talk to Irene”) e Boyd Holbrook (“Logan”) deram declarações em que apoiam a decisão de excluir a participação de Striegel da produção. Striegel se declarou culpado, em 2010, de dois crimes, depois de enfrentar alegações de que tentou atrair uma menina de 14 anos para um relacionamento sexual pela internet. Ele ficou seis meses na cadeia. Holbrook também faz parte do elenco de O Predador”.

Neste novo capítulo da saga, os caçadores mais letais do universo estão mais fortes, inteligentes e mortíferos do que nunca, tendo se aprimorado geneticamente com DNA de outras espécies. Quando um jovem garoto acidentalmente viabiliza o retorno deles à Terra, apenas um grupo maltrapilho de ex-soldados e um professor de Ciências descontente pode evitar o fim da raça humana.

O filme não é um reboot, e sim uma sequência de “Predador 2: A Caçada Continua”, filme de 1990 com Danny Glover (“Máquina Mortífera“). Jake Busey (da série “Um Drink no Inferno“), inclusive, interpretará o filho de Peter Keyes, personagem de “Predador 2” interpretado por seu pai, Gary Busey, com tal relação ajudando a fortalecer a conexão entre os filmes. Além disso, o longa teve cenas adicionadas para fazer homenagem a outras produções da franquia.

O elenco do longa conta ainda com  Jacob Tremblay (“Extraordinário”), Yvonne Strahovski (da série “The Handmaid’s Tale”), Sterling K. Brown (“Pantera Negra“) e Keegan-Michael Key (“A Estrela de Belém“).

“O Predador” estreou nos cinemas brasileiros em 13 de setembro.

Rafael Monteiro de Castro
@rapadura

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas