Notícias   terça-feira, 08 de agosto de 2017

Disney deve deixar Netflix para lançar serviço próprio de streaming em 2019

Serviço contará com todas as obras originais e aquisições do estúdio.

Disney deve deixar Netflix para lançar serviço próprio de streaming em 2019

Walt Disney anunciou hoje (08/08) que vai lançar um serviço de transmissão de esportes da ESPN no início de 2018. No ano seguinte, pretende iniciar seu próprio serviço de streaming com a marca da Disney, o que leva a crer que as obras do estúdio presentes no catálogo da Netflix devem ser retiradas da plataforma. A informação é do site Coming Soon.

Pela negociação anunciada hoje, a Disney vai pagar US$ 1,58 bilhão para adquirir uma participação de 42% na BAMTech – um líder global na tecnologia de transmissão direta ao consumidor e serviços de marketing, análise de dados e gerenciamento de comércio. Um acordo anterior já incluía a opção para adquirir uma participação maioritária ao longo de vários anos, e esse anúncio marca uma aceleração desse cronograma.

O novo serviço de streaming será inicialmente exclusivo para os EUA, possibilitando a visualização por demanda de live-actions e animações da Disney, começando pelos aguardados lançamentos de 2019: “Toy Story 4”, a continuação de “Frozen”, os próximos “Star Wars” e a versão live-action de “O Rei Leão”.

A empresa também realizará um investimento significativo em uma série anual de filmes originais, programas de TV, conteúdos curtos e outras exclusividades da marca para o serviço, que ainda contará com os programas de televisão da Disney Channel, Disney Junior e Disney XD.

Ainda não há informações sobre a chegada do serviço de streaming da Disney no Brasil, tampouco como ficará o catálogo da Netflix no país, que tem um contrato de distribuição diferente dos EUA.

Breno Damascena
@brenobueller

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas