Notícias

Clock quarta-feira, 22 de agosto, 2012 - às 14h30

Fernando Meirelles diz que José Padilha está sofrendo em Robocop

Padilha estaria com a maioria de suas ideias sendo vetadas na produção.

Para promover “360“, Fernando Meirelles deu uma série de entrevistas e comentou sobre como é produzir um filme nos EUA. Para a revista Trip, ele falou sobre a experiência do seu amigo, José Padilha, que está tendo a sua primeira experiência internacional ao dirigir um grande filme de estúdio como Robocop. Ele disse:

“Eu conversei com José Padilha há uma semana por telefone. Ele vai começar a filmar Robocop. Ele está dizendo que é a pior experiência dele. De cada 10 idéias que ele tem, 9 são cortadas. Qualquer coisa que ele quer, ele tem que brigar. ‘Isso aqui é um inferno’, disse ele pra mim. ‘O filme vai ficar bom, mas eu nunca sofri tanto e não quero fazer isso de novo’. Ele está amargurado, mas é um brigador”.

Sobre grandes produções, ele comentou:

“Eu nunca fiz um filme de estúdio americano propriamente dito. Todos os filmes que eu faço, inclusive o ‘360’, são filmes independentes nos quais eu sou co-produtor. Assim, minha relação com os outros produtores passa a ser de parceiro e não de funcionário. Isso muda tudo”, explicou. “Eu recebo convites e roteiros para filmar em estúdios americanos, mas eu nunca quis. A vida é curta demais e o processo deles é muito longo [risos].”

“Robocop” tem em seu elenco Joel Kinnaman (“Protegendo o Inimigo”) no papel de Alex Murphy/Robocop; Gary Oldman (“Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge”) como cientista criador do policial do futuro; Samuel L. Jackson (do ainda inédito,“Django Livre”) que será uma figura carismática da TV; Abbie Cornish (“Sem Limites”) será a esposa de Murphy; Michael Kenneth Williams (da série “Boardwalk Empire“) será o parceiro de Murphy; Hugh Laurie ( da série “House”) será o dono da Ominicorp; Jackie Earle Haley (“A Hora do Pesadelo”) será um militar responsável pelo treinamento de Murphy; e Jay Baruchel (“Trovão Tropical”) será o diretor de Marketing da Omnicorp. O roteiro foi escrito por Nick Schenk (“Gran Torino”).

A trama se passa em 2029, quando o poderoso conglomerado multinacional Omnicorp decide trazer a tecnologia bélica para o combate do crime nas ruas. O policial Alex Murphy, um bom pai e marido dedicado, luta para manter a cidade de Detroit limpa dos criminosos e da corrupção. Quando é gravemente ferido, Murphy é salvo pela tecnologia robótica da Omnicorp. Ele voltará às ruas com novas habilidades, tendo que enfrentar desafios que vão muito além das capacidades de um homem normal.

O longa deve chegar aos cinemas dos EUA em 9 de agosto de 2013.

Dica de matéria do leitor @matheusmoraes

Saiba mais sobre: , ,



Últimas sobre o assunto:

  • É Começo meus amigos, sem pressão nada funciona…

  • AJ

    Típico do cinema norte-americano. A diferença de fazer um filme aqui no Brasil e nos EUA é simplesmente o recur$o que lá é abundante.

  • jorge

    Cara que chato…

    Se as idéias do Padilha tã sendo vetadas assim, então não espero NADA do Robocop…

    Foda vei…Deixem o homem trabalhar em paz….

  • Viuva Negra

    Ele sabia que seria assim!

  • Ben Kenobi

    Se esses produtores desgraçados querem controle criativo então por que chamar grandes nomes?! Por que chamar diretores conceituados se eles não deixam os caras trabalharem?! Por que eles não contratam um Brett Ratner da vida de uma vez que faz o perfil que eles querem?!

  • Padilha tem que fazer este filme e voltar pro Brasil pra tentar fazer filmes bons aqui tb. Sua experiência é bem vinda!

  • Jota

    Triste

  • rodrigo Garcia

    Trágico! Trágico!

  • Dyprax

    Os caras não confiam na qualidade de José padilha, será que eles não viram tropa de elite???????

    • Isso já aconteceu com Paul Verhoeven (RoboCop original), Steven Spielberg (Tubarão e A Louca Escapada), Francis Coppola (O Poderoso Chefão), David Fincher (Alien 3), Tim Burton (Batman), Alfred Hitchcock (Rebecca), Jean-Pierre Jeunet (Alien A Ressurreição), Alejandro Amenabar (Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban) entre outros, inclusive grande parte dos filmes antigos como E o Vento Levou.

      • Pedro

        Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban foi o Alfonso Cuarón.

  • Kaio Cesar

    SACANAGEM! Putz, José Padilha tem tudo pra fazer um super filme do ROBOCOP, mas sem liberdade criativa, tenho minhas dúvidas sobre como esse filme vai ficar…=|

  • Incrível matéria CCR… Espero que de tudo certo com o Zé Padilha, ele é um puta diretor e sei que vai conseguir mostrar todo o seu talento em hollywood, pena que é assim mesmo, as idéias nunca são boas para essas grandes produtoras, é por isso que muito filmes são um fracasso.

  • WesleySerial

    Se brinca sai bomba, ou filme nota 7,5!!
    Termina isso ai e volta pra fazer Tropa 3 – O Inimigo agora é os Políticos em Brasilia!!

  • Rodrigo

    Posso estar falando besteira, mas ao meu ver o Padilha abraçou a primeira oferta que lhe ofereceram. Ele deveria esperar mais um pouco. Não sei se o filme ficará bom, como o próprio diretor afirmou ao Meirelles, mas acho bem difícil que ele faça outro por lá, se este ficar muito ruim.

    • Se eu fosse um diretor brasileiro chamado pra aceitar a primeira oferta, sendo que essa oferta, seria ROBOCOP, eu também aceitaria na hora. Um remake desse é uma chance imensa pra ele lá fora.

      Agora, tem o outro lado: eu lembro de ele ter falado que só aceitaria fazer o filme se tivesse total liberdade. Não duvido que ele ainda possa desistir dessa direção. Mas somente o tempo vai dizer se tô errado.

  • Kaique

    Bem semelhante ao que o Heitor Dhalia sofre em produções americanas…

  • Marco Tulio

    Padilha não é o primeiro e nem será o ultimo a passar por isso.

  • Marco

    O problema é simples. Possivelmente o Padilha está querendo usar uma superprodução americana, e um cult, para criticar a sociedade americana.
    Fazer um filme comunistóide com dinheiro americano não dá.

  • Tonino

    Eles querem retorno financeiro e vai ver que o Sé queria fazer algo mais cabeça e menos barulhento. Vai ver que é isso. Uma dúvida que eu tenho: o diretor é quem escolhe as locações do filme ou são os produtores? Agradeceria muito se alguém respondesse.

  • Guilherme Duarte

    Hey o cinema com rapadura esta ganhando fama internacional! Hoje o sorte ign fez uma matéria referenciado este artigo aqui! m.ign.com/articles/2012/08/27/robocop-director-struggling-with-production

    Keep it up!

    • daniel

      grande merda

  • Produtor é tipo cliente,quem trabalha com design sabe … é isso né,filme blockbuster serve pra dar dinheiro e esse é o foco dos produtores,eu seguiria outroa caminho se fosse ele,algo mais independente ou como o Fernando Meirelles está fazendo.