Cinema com Rapadura

Tudo sobre » Clássicos [Crítica]

Crítica | Mulan (1998): na alma sempre uma chama acesa [CLÁSSICO]

Mais valioso do que apenas diversão, o musical da Disney adapta um poema chinês para entregar uma bela obra com canções soberbas numa história sobre honra, dever, respeito e igualdade.

  quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Crítica | Corra que a Polícia Vem Aí (1988): risadas nostálgicas com Leslie Nielsen [CLÁSSICO]

Mesmo completando trinta anos, comédia continua divertida e traz risadas fáceis com as loucuras do policial Frank Drebin tentando evitar um atentado contra a Rainha da Inglaterra.

  terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Crítica | O Show de Truman – O Show da Vida (1998): Jim Carrey contra o mundo [CLÁSSICO]

Excelente sátira sobre a distância entre o indivíduo e uma sociedade artificial controlada por uma grande instituição: a mídia.

  segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Crítica | A Bolha Assassina (1988): o trash divertido dos anos 1980 [CLÁSSICO]

A diversão descompromissada e despida de preocupações com o realismo ou com a seriedade é o maior desejo desse filme trash, no melhor sentido da palavra.

  domingo, 16 de dezembro de 2018

Crítica | Meu Amigo Totoro (1988): a imaginação que supera dores [CLÁSSICO]

Uma das obras que ajudou a consolidar o Studio Ghibli, "Meu Amigo Totoro" é uma animação simples que se preocupa apenas em lançar um olhar de empatia ao mundo infantil.

  sábado, 15 de dezembro de 2018

Crítica | Halloween – A Noite do Terror (1978): o poder da onipresença no horror

Um marco para a história do cinema, este filme foi responsável por consolidar e influenciar toda uma geração de obras que traziam em comum um assassino mascarado e imortal, além de um oferecer um novo caminho para o cinema de horror.

  segunda-feira, 22 de outubro de 2018