sábado, 16 de janeiro de 2016

RapaduraCast 451
Os Oitos Odiados, de Quentin Tarantino

Fique a vontade para participar do nosso debate, porque aqui você sabe: "Assistir é apenas o começo"!

Aperte o Play para começar o RapaduraCast Aperte o para começar o RapaduraCast

1x 1.5x 2x
0:00:00

Quentin Tarantino está de volta e com mais um faroeste. Após o sucesso de Django Livre, filme com a maior arrecadação em bilheteria de sua carreira, o diretor traz novamente personagens icônicos para discutir sobre um período de caçadores de recompensa, mercenários e gangues no velho oeste.

Jurandir Filho, Raphael SantosThiago Siqueira, Wilker Medeiros e Juliano D’Angelo se reuniram para bater um papo Os Oito Odiados. Quem são esses personagens? Qual a história? Por que muita gente fala que este novo filme se parece muito com Cães de Aluguel? Quais as discussões que o Tarantino nos trouxe?

|| TIMELINE DO PODCAST
BLOCO SEM SPOILERS | Até 53min45seg
BLOCO COM SPOILERS | A partir de 53min47seg

|| PODCAST RELACIONADO
RapaduraCast 315 – Biografia de Quentin Tarantino

|| ASSISTA AO TRAILER DO FILME

|| LINK RELACIONADO O PROGRAMA
[IMAGEM] Foto de outra câmera nos sets de filmagens de Os Oito Odiados

|| QUER SABER AS MÚSICAS TOCADAS?
Siga a playlist do RapaduraCast no Spotify

|| ASSINE O RAPADURACAST
iTunes: Tem iPhone/iPad/Mac? Adiciona aí!
Android/WindowsPhone: Esse link é o do feed/rss do sucesso!

|| NOSSOS CONTATOS
Youtube: RapaduraTV
Instagram
: @cinemacomrapadura
Twitter: @rapadura
Facebook: /cinemacomrapadura
E-mail: rapaduracast@cinemacomrapadura.com.br

Compartilhe

Participantes

Juliano Dangelo
Juliano Dangelo
@jucadangelo
Jurandir Filho
Jurandir Filho
@jurandirfilho
Raphael Santos
Raphael Santos
@phsantos
Thiago Siqueira
Thiago Siqueira
@ThiagoSiQueiraF
Wilker Medeiros
Wilker Medeiros
@willtage

Ouça Também


  • PsicoHélder Soúlima

    Na escuta!

  • gandralf

    Iêba!

  • Bunitinho mas Ordinário

    Já baixei o meu.

  • Bunitinho mas Ordinário

    Esse filme não me apetece como os anteriores do Quentin Tarantino , porém estou muito curioso pelo rapadura cast e as opiniões . Com certeza Tarantino é um gênio do dialogo e esse deve ser o ponto forte desse filme.

    • Guilherme Zalla

      Eu curti bastante Os Oitos Odiados, é o filme com mais dialogo dele e menos ação.

      • Moroni Machado

        Acho que Cães de Aluguel é mais diálogos e pouco ação também, Na verdade as pessoas acham que Tarantino é ação só por causa de Kill Bill.

        • Guilherme Zalla

          O Cães de Aluguel tbm tem bastante diálogos, mas ainda assim eu acho que possui mais ” ação ” ( se é que você me entende ) que Os Oito Odiados.

  • Bunitinho mas Ordinário

    E semana que vem Creed.

  • Marcos Filipe Vieira

    Alguém sabe qual é a música no final do cast? Se puder mande o link no spotify! Valeu

    • Lucas Vinicius
      • Marcos Filipe Vieira

        Po… nem é.. procurei na playlist do rapaduracast, mas é um cado diferente

    • Anderson Silva

      Também estou atrás dela.

    • Coloquei nas playlist do Spotify as músicas que tocam nesse programa 😉

      • Marcos Filipe Vieira

        Muito obrigado mesmo! Novamente, excelente trabalho Juras, realmente curto mt todo o rapadura, meu guia de entretenimento =D Esse podcast ta formidável! Me divirto e aprendo com vocês – E mais uma vez agradeço ao rapadura por ter me mostrado o mundo dos podcasts, foi um dos meus primeiros! TY guys =D

  • Robert

    Três horas de filme… quando acaba e você olha para o relógio fala: JÁ??????? Filmaço, espetáculo, show de direção, fotografia, imagens, SAMUEL L JACKSON… E Kurt Russell, o que houve com ele??? O cara tá muito bom, há muito tempo que não vemos ele atuando assim… Pena que nosso querido Tarantino não participou do elenco… Acho que por todos os seus personagens morrerem no filme, daria um spoiler do desenrolar da película.

  • Henrique Tavares

    Não senti tensão quando tocou Noite Feliz. Pra mim foi uma espécie de “Trégua de Natal”, os dois lados que se odiavam conversando em aparente paz, o negro e o racista, os dois lados de uma guerra civil, etc. Apenas para baixar a guarda, na verdade 🙁

    • Existe uma história contada em Cavalo de Guerra, durante da Segunda Guerra, com os dois exércitos fizeram uma trégua na noite de Natal, jogaram futebol juntos e etc. Apenas pra ter um momento de paz, mesmo defendendo bandeiras opostas. Se aplica bem nessa filme, mas o objetivo é também trazer tensão, pois o seu desfecho é foda.

      • Henrique Tavares

        Existiu uma trégua na noite de natal na primeira guerra também, tem um filme francês falando sobre isso.

      • Thiago Brandão Zardini

        “Cavalo de guerra”, na verdade, se passa durante a 1a guerra… e narra justamente essa história… que, exatamente, é representada no filme Francês, “Feliz NataL”!

  • Jax Teller

    O podcast está muito bom, mas fico espantado de ninguém nem citar o nome do Walton Goggins, ator que interpreta brilhantemente o Xerife Chris Mannix, que na minha opinião apresentou a melhor atuação do filme junto com a Jennifer Jason Leigh… No mais, parabéns pelo trabalho

    • San Ramon

      E ele faz um papel monstro em Justified. Achei subaproveitado.

      • Jax Teller

        Eu já assisti o trabalho dele em Justified, Sons of Anarchy, The Shield e alguns filmes e não achei ele subaproveitado de maneira alguma… Em Django Livre e em American Ultra eu concordo, mas nesse filme ele é dos principais personagens e tem bastante tempo de tela… Por que você achou ele subaproveitado?

        • San Ramon

          Exatamente o que eu disse. Achei subaproveitado (no filme).

        • San Ramon

          Achei que os seus diálogos não pediram dele nenhuma explosão, nenhuma reação mais forte, ele não foi o “centro” narrativo em nenhum momento – como do Samuel Jackson que teve vários momentos no filme.

          • Jax Teller

            É mais do que natural ele não ter tanto destaque quanto a Daisy ou o Samuel L Jackson, ele é um dos atores com menos “nome” dentro do elenco, quem não assiste FX nem nunca deve ter visto o cara atuando… E tirando o Samue e a Jennifer, ele foi o que mais roubou a cena

          • losk

            Poxa, subaproveitado? Olha o final do filme.
            Achei que Tarantino deu muito espaço p ele, e ele correspondeu bem.

    • Ele tá muito bem no filme mesmo. As vezes é um focarmos a atenção apenas nas carinhas carimbadas que já trabalharam com Tarantino várias vezes. Concordo contigo. Ele aparece em praticamente 90% do filme e manda bem. 😉

  • walter brilhante

    A idéia de dois blocos não me agrada muito, visto que quando eu quero saber a opinião do site, antes do filme,eu leio a critica. Outra interpretação que eu tive de algumas cenas: a cena inicial da cruz, além da interpretação de vocês, serviu para fixar aquele momento na nossa cabeça e perceber que (spoilers) aquela carroça era dos bandidos; outra cena foi a da narração, que além de atualizar as pessoas que viram em salas com intervalo, foi um modo de o Tarantino brincar com uma nova parcela do cinema que tende a explicar tudo.

  • Alexandre de Paula

    Os Oito Odiados é muito bom…mas na moral, ele é muito cansativo sim. Não precisava dessas 3 horas. A última parte com aquela conversa toda sobre a tal gangue dos 15 foi pura enrolação, pois se pensar direito, não levou a lugar nenhum e não desenvolveu nada na história.

    • Não, ela mostrou sim. Fez os telespectadores acharem que o ideal do xerife estava a xeque por causa dele jamais permitir que bandidos acabasse com a sua cidade. Foi esse o ingrediente que o diretor encontrou para que nós ficássemos em atrito se ele iria matar o seu parceiro por causa desse ideal.

      • Alexandre de Paula

        Nossa, mas precisava de uma cena tão longa pra isso?
        Esse é meu ponto de crítica quanto ao filme. Existem coisas que poderiam ser condensadas numa boa, dando o mesmo sentido, sem deixar o filme com 3 horas. Durante todo o filme tivemos casos assim, onde algo simples usada muito tempo em tela pra ser passado.

        Entenda, não tenho nada contra filmes longos. Mas o tempo precisa se bem utilizado. Django Livre, por exemplo, teve quase a mesma duração e contou-se muito mais coisas.

        • Mas a questão que não há ninguém de cabeça erguida que possa dizer isso para o Tarantino pessoalmente ou a grande maioria dos seus fãs, pois já “endeusamos” o cara. A mesma coisa da bilheteria do filme Avatar, todos assistiram por causa do criador, não pelo filme (que foi fraco).

    • LUNATIC

      Oh sim, ritmo horroroso.

    • Quando fui assistir o filme, juro que não sabia que eram 3 horas, me diverti e fui tão entretido que o tempo passou tão rápido que nem notei. A história e diálogos me prenderam aquele mundo. Não foi nem um pouco cansativo.

  • Diogo Maia

    Assisti na pré-estreia em BH, no dia primeiro de janeiro mesmo. Filmaço. O melhor dele desde Kill Bill Vol 1.

  • Diogo Maia

    O ranking dos filmes do Taranta pra mim:

    1º – Pulp Fiction (o meu favorito de todos os tempos inclusive)
    2º – Cães de Aluguel
    3º – Kill Bill Vol 1
    4º – Os Oito Odiados
    5º – Bastardos Inglórios
    6º – A Prova de Morte
    7º – Django
    8º – Kill Bill Vol 2
    9º – Jackie Brown

    • Também acho o quarto melhor do Tarantas, só que Bastardos fica pra mim em 3º. E como falei no cast, Jackie Brown precisa ser mais visto. heh

      • Diogo Maia

        Jackie não é um filme ruim, somente um filme ‘estranho’, pois não tem as características tão marcantes do Tarantino. Até o De Niro está estranho neste filme, meio deslocado.

  • Tarcizio

    Gostei do filme e fiquei feliz que não tenha sido uma mera continuação de Django. Pra mim o único erro do Tarantino até hoje atende pelo nome de Kill Bill (1 e 2).

    • Moroni Machado

      Na minha opinião a Prova da Morte é o pior

  • Alguem sabe no nome desse ost de west que toca depois que a galera se apresenta ? Antes do Cast do programa começar.

    • Klauber Vieira

      aproveita e assista esse filme. É foda = D

      https://www.youtube.com/watch?v=m6BQKFs3-VM

      • Putz Valeu mesmo man, adorei essa musica *__*
        E vou procurar assistir o filme tb brigado pela sugestão ( x

        • Rafael Soares

          Era uma vez no Oeste. Melhor Faroeste de todos os tempos!

          • Realmente, melhor faroeste e melhor personagem (o homem da gaita) e uma das cenas mais belas do cinema, se não a mais.
            Spoiler: (A trilha começa, o garoto corre para fora da casa e todos estão mortos, então os bandidos saem dentre o mato, de traz a câmera pega os 5 caminhando juntos indo até o menino e câmera vem e enquadra o rosto do Frank.) que cena linda!!!

            Começa a ver a partir de 1:40
            https://www.youtube.com/watch?v=z1QAWsHYDvk

      • Mestre Ennio Morricone trabalhando com o mestre Sergio Leone 😉

  • Chazão

    ESSE CLIMÃO DE COMERCIAL DE CIGARRO MARLBORO QUE O FILME TRAS JÁ DÁ UM PREPARO PARA O REGRESSO QUE SAI MES QUE VEM

  • Adriano Azevedo

    Um excelente filme e um dos melhores episódios do RapaduraCast. Parabéns ao Jurandir, ao Thiago Siqueira, ao Wilker e claro ao PH Santos. Todos muito precisos nos seus argumentos, coerentes e deram uma aula de como se faz um podcast sobre cinema: percebi que rolou muito trabalho antes de gravarem. Adoro quando vejo formadores de opinião e criadores de conteúdo respeitando o seu público…!! Valeu!

    • Obrigado mermão 😉

      • Lucas Vinicius

        Jurandir aqui em casa pelo site o Chrome e nem o Firefox ta tendo como escutar rapaduracast da File not found no player online e não ta dando para baixar tbm.

      • Vinicius

        Vai sair o do O Regresso essa semana?

  • Gabriel Do Amaral C. de Souza

    1. Pulp Fiction
    2. Cães de Aluguel
    3. Os 8 Odiados
    4. Bastardos Inglórios
    5. Django
    6. À Prova de Morte
    7. Kill Bill 1
    8. Kill Bill 2
    9. Jackie Brown

    Taranta é foda! Cinema com Rapadura é foda!

    Um abraço e um tiro amigável na cara de todos.

    • Pao De queijo

      O tarantino conta o KIll Bill como um filme somente-

    • Legal Gabriel, mas porque diz que é o oitavo filme? Sera que não conta Jackie Brown por não ser uma ideia original dele?

      • Rafael Poggi

        Porque ele conta KILL BILL 1 e 2 como um filme só. Faça as contas

      • Vinicius

        Kill Bill foi dividido por causa dos produtores e da dificuldade de comercializar um filme de 4 horas, mas é um filme só.

  • Cast muito bom. Sobre a cena do Samuel Jackson narrando o que ele fez com o filho do general, foi comentado que aquilo aconteceu por ter sido mostrado o flashback. Minha namorada interpretou isso como a imaginação do general, pois o corte seco acontece quando Samuel Jackson olha com uma cara sacana e diz: “você tá imaginando isso né?”.

    • Moroni Machado

      Concordo

    • Pensei o mesmo…

    • Realmente Alex, faz todo o sentido o raciocínio da sua namorada, pensei a mesma coisa quando vi a cena, pois em Cães de Aluguel a uma cena muito parecida. O Mr. Orange começa a contar uma história para o pessoal no bar, la a história é mentira, mas é mostrada a cenas enquanto ele conta.

    • gandralf

      Eu achei que era conversa simplesmente porque era surreal demais para ser verdade.

  • Wesley Oliveira

    Seria ótimo assistir esse filme… se a merda do cinema daqui tivesse colocado ele na programação -.-‘

  • daniel wenderson

    cast foda como sempre, tarantino é o meu diretor favorito ever…parabens mesmo e tal…só uma correçãozinha, Tim Roth fez pullp fiction também, não só cães de aluguel.

    • Moroni Machado

      Ele vez Cães de Aluguel, Pulp Fiction e 4 quartos (com Tarantino)

      • Bunitinho mas Ordinário

        Fez Grande hotel que teve o episódio final dirigido pelo Tarantino.

  • Lucas Dias

    Falando sobre a questão do “CINEMA” arte, se for por questões da arte mesmo não importa se você vê na estreia ou não, então nada impede do cinema passar depois.

  • Artthur Pedro

    façam um biografia Paul Thomas Anderson por favor

  • Moroni Machado

    Estou apostando que Kill Bill 3 vai ser o filme 8 1/2 filme do tarantino.

    Spoiler:
    Não sei porque muitos críticos veem os flashbacks como uma fraqueza de roteiro. Já que o legal de Tarantino é fazer você se importa com os personagens mesmo você sabendo que eles morreram no futuro. (tipo: pulp fiction o John Travolta)

    Eu queria ver uma conversa sobre violência contra mulher, mas entendo que não queiram entre em polêmica. Tipo eu senti que no cinema as pessoas estavam com medo de rir das cenas de humor físico. Já eu achei meio forte demais o que fizeram Jennifer, me incomodou um pouco.

    Já achei o final meio moralista sem querer já que os dois tiveram que vencer o racismo para poder vencer.

  • Johnny_Gomes

    Amo vocês! Obrigado por manterem a inteligência no conteúdo da Internet-BR. Esse filme é foda!

  • Cleber Gio

    Baixando aqui, não tenho dúvidas de que o podcast está ótimo.
    Mas estou aguardando um podcast do Creeeeed, por favor rapadurianos, saga Rocky Balboa, sucesso nos cinemas, Stallone no Oscar… Precisa ehn Juras

  • andrecatapan

    Eu tenho uma máxima que se um filme está no rapaduracast ele, só por isso, já deve ser assistido. Mas aprovo totalmente a ideia de dividir em blocos com e sem spoiler, principalmente nesses filmes que dividem a crítica especializada, como está sendo Os Oito Odiados e como foi também Interestelar.

  • Ótimo cast! Confesso os 2 primeiros capitulos eu apenas observei, achei desprentencioso e com um ritmo lento, quando vem o capitulo do segredo uma lampada acendeu na minha mente e a a cada minuto eu ficava repassando os detalhes pra saber quem foi q envenenou o cafe
    foi no capitulo do segredo que o Tarantino me ganhou! sobre o flashback foi feito dessa maneira + pra chocar do q problema de montagem na minha opinião

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Opa, Rapaduracast sobre um filme do Tarantino e com PH Santos? Conte comigo sempre!!! 😀

  • Chico Limpurra

    Um bom filme mas não o melhor do diretor.

  • Rodrigo Basso

    Eu concordo com o Siqueira sobre o flashback, ele foi bem desnecessário. Após tudo que já tinha ocorrido, me pareceu que foi mais uma necessidade do Tarantino (no sentido de “meus filmes nunca são lineares”) do que da narrativa. Não importa como a gangue dominou o Armarinho da Minnie. Aproveitando as referências que esse filme tem com Cães de Aluguel, seria o mesmo que mostrar o assalta à joalheria: não tem importância nenhuma! Serviu apenas para explicar porque havia um homem escondido e as armas plantadas.

    Sobre o que o Wilker disse a respeito do flashback da história que o Samuel L Jackson conta sobre o filho do inimigo dele, vcs acham que foi um flashback ou estava mostrando o que estava passando na cabeça do velho? Porque eu acho mt bem q pode ser uma baita mentira tudo isso que ele contou!

    • Acredito que seja mentira a história do Jackson, pois em Cães de Aluguel a uma cena muito parecida. O Mr. Orange começa a contar uma história para o pessoal no bar, la a história é mentira, mas é mostrada a cenas enquanto ele conta.

  • Feco Porto

    Gostaria que tivesse pelo menos um não-fã boy para participar do cast.

  • Enderson Araújo

    Está TÃO RUIM para fazer os downloads dos casts, que se não forem mudar de servidor, seria melhor colocar via Torrent. Tá Complicado viu?

  • Opa, show de bola esse novo formato do Rapadura, tanto para quem assistiu o filme, como para quem não assistiu, agrada a todos!
    Parabéns!
    Agora Os 8 Odiados é um dos melhores filmes do Tarantino mesmo, foram quase 3 horas de filme que nem vi a hora passar.

  • Que cast maravilhoso, que filme sensacional, que gênio de diretor. Saindo de dentro da sala de cinema já coloquei o fone e comecei a ouvir o rapaducast, foi muito bom, sai do filme e fui para os bastidores!!!
    Apenas uma coisa me incomodou no filme, um minimo detalhe, o personagem Joe Gage. Não sei, mas não engoli o personagem, ele não parecia real a aquele cenário, me parecia um personagem fake.
    Deviam incluir o Bruno Costa a equipe e trazer também o Harold, sinto falta dele desde o cinecast.
    Abraço pessoal!!!

  • Mr.7

    Um podcast foda para um filme foda

  • Minha ordem dos melhores.

    1. Pulp Fiction
    2. Os 8 Odiados
    3. Django
    4. Cães de Aluguel
    5. Bastardos Inglórios
    6. À Prova de Morte
    7. Kill Bill 1
    8. Kill Bill 2
    9. Jackie Brown

  • Rafael Poggi

    Concordo plenamente que o capítulo do Flashback foi totalmente desnecessário. Tudo o que foi mostrado ali já havia sido entendido pelo público. Foram uns 20 minutos perdidos. Mas mesmo assim o filme é excelente! E merece ser revisto várias vezes!

  • João Lima

    Vei, qual cinema de recife que passa esse filme em 70mm? Preciso saber urgente para rever de forma épica!

  • gandralf

    Para quem curte: uma entrevista bem bacana do Tarantino e do Tim Roth pela Isabela Boscov
    https://www.youtube.com/watch?v=P-aUlapHL4o

  • El Luchador

    1. Kill Bill
    2. Pulp Fiction
    3. Cães de Alguel
    4. Bastardos Inglórios
    5. Os Oito Odiados
    6. Django
    7. Jackie Brown
    8. À Prova de Morte

    ¯_(ツ)_/¯

  • Thomas Soares

    Muito boa a ideia de dividir em 2 blocos o cast, coisa que ja ocorre no 42. Um abraço!

  • Por Onde Anda

    Ótimo podcast! só discordo com o Siqueira sobre os flashbacks. O do final é super importante pra contar a historia do filme e dos personagens do armarinho. E em momento nenhum o filme indica que o que o Warren fez com o filho do general foi realmente verdade. Tanto que o “Vocês estão imaginando isso” que ele dá olhando pra câmera foi dito para o general, para os personagens e também pode ter sido interpretado como uma quebrada na 4a parede.

    Quanto a pergunta Juras, a idéia de 2 blocos é excelente. Abraços!

  • Fabiano Novaes Ferreira

    Obrigado Sicas por ser mais um a citar as referências à Agatha Christie

  • Wagner CS

    Mais uma vez, depois de ouvir um excelente RC, terei que rever o filme com outro olhar.

  • Exumador e seus Paquitos

    Tarantino é um diretor super valorizado. Acho que o George Miller faz esse tipo de trabalho, algo desde seu primeiro Mad Max, com mais energia e não é cheio de mimimi como o sujeito Tarantino que sabe colecionar referências, um sujeito que parece mais um publicitário criando suas campanhas do q um cineasta com verdadeira visão e talento.

  • Vinicius

    O efeito que o Jurandir quis dizer é o Glow, do AE! ele aumenta a exposição das partes claras. Usaram sim, pq pra ter esse efeito direto na lente precisa subir a exposição da lente e abrir ainda mais o diafragma, o que iria provocar uma profundidade muito alta e iria atrapalhar a visualização do que acontece nos fundos.

  • Sergio

    Se eu não vi um filme ainda, não vou ouvir um podcast só pra saber a opinião das pessoas, mesmo que não tenha spoliers, aliás, só ouço podcasts porque quero ouvir uma discussão profunda de quem assistiu o filme, com detalhes da trama, e não algo raso sem spoilers pra não ferir o ouvinte desatento e não perder seu download. Recomendo que não continuem com esse formato, que façam os programas sem tanta preocupação com o número de ouvintes por edição, porque isso não faz diferença pro público, porque, se vou escutar o programa sobre um filme que ainda não assisti, é porque não me importo tanto com o conteúdo, apenas com a forma do podcast e com as pessoas que me divertem, como é o caso de alguns podcasts que ouço que, mesmo não sabendo direito do assunto, faço porque gosto.

    Por favor, não chamam mais o Wilker Medeiros, ele já está demais no cine alerta e o Siqueira e Ph Santos tem uma análise crítica e técnica o suficiente por podcast.

    E Siqueira, em Cães de Aluguel e Pulp Fiction há uma cena em cada um desses filmes que acontece quando alguém conta uma história ou espera algum acontecimento (como a cena do banheiro e os policiais, e a Bonnie vendo os caras retirarem um corpo da sala, respectivamente) e que não ocorre de verdade na trama, por essa razão, a cena em que o Major conta para o General o que se passou no deserto de gelo, aquele ainda diz “imagens vem a sua mente agora” fazendo referência à imersão a história sendo contada. Não importa se isso ocorreu ou não, mas cumpriu sua finalidade de irritar o General e fazê-lo pegar na arma.

    Nunca comentei antes, espero que leiam, ou que eu não me acostume.

  • Luciano Nobre Araujo

    Assisti o filme nesse ultimo final de semana e acabo de ouvir o podcast, ambos fantásticos!! Parabéns aos envolvidos.

  • Magno

    Pra quem quiser ouvir o episódio do podcast do nerdist com o Tim Roth, segue o link: http://nerdist.com/nerdist-podcast-tim-roth/

  • JuniorOnline

    Não é o melhor, mas um dos melhores filmes do Tarantino 🙂

  • Gustavo Calastro

    Ouvi o trilogia dos dolares e agora o dos oito odiados, só esperando o 7 homens e um destino.