Cinema com Rapadura

Notícias   sábado, 09 de fevereiro de 2019

O Legado de Júpiter | Série da Netflix que adapta HQ de Mark Millar define primeiros nomes do elenco

A obra é um épico multigeracional de super-heróis.

O Legado de Júpiter | Série da Netflix que adapta HQ de Mark Millar define primeiros nomes do elenco

Segundo o Collider, a série “O Legado de Júpiter”, adaptação dos quadrinhos de Mark Millar para a Netflix, escolheu os primeiros nomes de seu elenco. A série contratou Josh Duhamel (“Com Amor, Simon”) e Leslie Bibb (“Te Peguei!”) como o casal principal, Andrew Horton (“How to Talk to Girls at Parties”) e Elena Kampouris (“Antes que Eu Vá”) como os seus filhos, e Ben Daniels (da série “O Exorcista”) e Matt Lanter (da série “Timeless”) como o irmão e o melhor amigo do personagem de Duhamel, respectivamente. A Netflix ainda não confirmou os anúncios.

O site afirma que Duhamel vai interpretar Sheldon Sampson, o Utopian. Ele é um super-herói extremamente poderoso que também é o líder de longa data da equipe chamada Union of Justice. Bibb será a sua esposa, Grace Sampson, a Lady Liberty. Ela é uma deusa poderosa que luta contra o mal ao lado do marido, mas que se preocupa com a distância crescente entre ele e os seus dois filhos. Kampouris será Chloe, a filha superpoderosa do casal que também é uma modelo profissional que adora festas, e Horton será Brandon Sampson, o Paragon, um jovem super-herói iniciante que idolatra o pai mas sofre para honrar sua grandiosidade.

Por outro lado, Daniels vai interpretar Walter Sampson, o Brainwave, um solitário que pode criar ilusões psíquicas que ele usa em combate. Ele é um tio coruja para Chloe e Brandon, mas mantém uma relação tensa com seu obstinado irmão. Finalmente, Lanter fará o papel de George Hutchence, o Skyfox, que é o melhor amigo de Sheldon e colega fundador da Union of Justice.

A série faz parte da lista de produções que a plataforma de streaming anunciou em 2018 baseados nas obras da editora de Mark Millar, o Millarworld, e traz um épico multigeracional americano seguindo a primeira geração de super-heróis, que receberam seus poderes ainda na década de 1930. Nos dias atuais, eles mantêm seu respeito como velha guarda, mas seus filhos – também com superpoderes – sofrem para fazer jus ao seu legado.

O primeiro episódio será escrito e dirigido por Steven S. DeKnight (“Círculo de Fogo: A Revolta”), que será o showrunner e produtor executivo junto a Lorenzo di Bonaventura (“Maze Runner: A Cura Mortal”), Dan McDermott e Millar. Segundo fontes do Collider, a Netflix deve oficializar o elenco cedo na próxima semana.

“O Legado de Júpiter” ainda não tem previsão de lançamento.

Richard Molina
@richiemmolina

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas