Tudo sobre » Michael Chernus

Crítica | A Mulher Mais Odiada dos Estados Unidos (2017): Estado laico já!

Ideologicamente, é passada uma noção do significado do Estado laico, do espaço para a fé alheia (e para o ateísmo) e da necessidade de lutar por um objetivo. Entretanto, na proposta de estudo de personagem, o filme é falho.

  quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Crítica | O Jantar (2017): sobre queijos e vermes

Com uma trama centrada num denso dilema moral e quatro protagonistas fortes e entrosados, o diretor israelense reforça sua presença em Hollywood como um investigador psicológico de seus personagens

  segunda-feira, 11 de setembro de 2017