sábado, 22 de junho de 2013

RapaduraCast 333
Além da Escuridão – Star Trek

Fique a vontade para participar do nosso debate, porque aqui você sabe: "Assistir é apenas o começo"!

Aperte o Play para começar o RapaduraCast Aperte o para começar o RapaduraCast

1x 1.5x 2x
0:00:00

Após quatro anos, Star Trek volta novamente para a escuridão dos cinemas. Esse novo filme é original ou um remake? Por que o título é invertido? Benedict Cumberbatch é o grande nome da obra? J.J. Abrams evoluiu como diretor?

Jurandir Filho (@jurandirfilho), Thiago Siqueira (@thiagosiqueiraf), Juliano Dangelo (@jucadangelo) e Fábio Barreto (@soshollywood) conversaram sobre Além da Escuridão – Star Trek. Quais os maiores acertos e erros do filme? Você ligaria para o seu eu do futuro para pedir ajuda? O fanático por Jornada nas Estrelas vai gostar do longa? Qual a sua nota?

ATENÇÃO: Esse programa tem SPOILERS sobre o filme.

Duração: 90 min

ASSINE O RAPADURACAST NO ITUNES
Acesse aqui: http://itunes.apple.com/br/podcast/rapaduracast/

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR DE RSS?
Adicione o nosso feed: feeds.feedburner.com/rapaduracast

SUGESTÕES, CR͍TICAS, DÚVIDAS E CHUTES NO SACO
Envie e-mails para: rapaduracast@cinemacomrapadura.com.br

Compartilhe

Participantes

Fabio Barreto
Fabio Barreto
@fabiombarreto
Juliano Dangelo
Juliano Dangelo
@jucadangelo
Jurandir Filho
Jurandir Filho
@jurandirfilho
Thiago Siqueira
Thiago Siqueira
@ThiagoSiQueiraF

Ouça Também


  • Muito massa. Benedict tá destruindo.

    • nivaldo

      até que enfim um vilão de verdade, depois da decepção do mandarim em Homem de Ferro, Beni prometeu e cumpriu!!

    • nivaldo

      vc ´também pode se considerar first?

    • Daniel Costa

      Digo logo, to adorando os trabalhos do J.J. Abrams.
      Desde MI 3 que presto atenção nesse cara, que produziu um dos melhores filmes que eu já vi, “Uma manhã Gloriosa” (também, com Rachel McAdams, Harrison Ford e Diane Keaton fica meio fácil de fazer um bom filme, mas o roteiro pega você pelos olhos e não te deixa desgrudar da TV – assisti em DVD), sem contar que criou Alias (que não pude acompanhar – o SBT botava a série em cada horário horrível) e o Super 8 (em que pede a benção ao seu padrinho Spilberg).
      Mas no Star Trek ele se supera, deixando os personagens fluírem de forma agradável e fazendo a conexão com as histórias anteriores (ou Canône como o Siqueira chamava).
      Mas no Star Trek 2 (é melhor que “Além da escuridão”) JJ faz um pipocão maravilhoso. O Zachary Quinto melhorou na sua versão do Spock tornando-o mais humano, sem contar que a sequencia final ele corre no estilo do Tom Cruze no MI e cai na porrada que nem Daniel Craig.
      Mas o maior destaque foi o Benedict Cumberbatch, um cara que eu já admirava pela série Sherlock (que é SHOW) mostrou que é bom de briga e que aguenta receber porrada.
      Agora to doido para ver a 3º temporada de Sherlock e o Star Wars VII.
      Uma vida Prospera e longa à J.J. Abrams.

      • Rodrigo

        d’cord

      • Márcio Filho

        Falou tudo.

  • MAICON CRISTIAN

    E A OPINIÃO DOS RAPADURIANOS SOBRE A REVOLTA? ACHAVA QUE O CAST SERIA SOBRE ISSO ?!

    • Adriel Francisco

      O próximo cast tem que ser sobre V de Vingança! Fica dica!

      • Aiade

        V seria uma boa mesmo.

  • Viuva Negra

    Ouvindo 🙂

  • Marco Tulio

    Vola Monóculo!!

    • Marco Tulio

      Volta* .style

  • Marco Tulio

    Em TODA cena de ação desse filme eu pensava “J.J Abrams seu lindo! Imagina isso em Star Wars!”

    😉

    • Rodrigo

      Vi muito de starwars nesses startrek MUITO. O vilão daria um grande sith..

  • Augusto Ganzert

    Finalmente! 🙂 😀 😉

  • Marcus Maia

    louco para escutar!!! baixando!!
    Já vou aproveitar e fazer meu pedido, quero um cast ESPECIAL Super Man!!!
    Com Barretão, Thiago Siqueira , PH, Affonso e sem Izzy Nobre. .capetarindo …especial 4 horas e quero briga sobre o final!!!

  • Felipe Mendes

    Infelizmente na minha cidade só tem a versão dublada.Eu queria saber se está boa ou não,alguém que ja viu dublado pode me responder?

    • Viuva Negra

      É assistivel! 😉

    • Eu vi uma segunda vez e dublado, e curti.

      • Eu vi legendado e digo o seguinte: tem que saber ouvir em inglês, porque as legendas estão bem ruins.

        Altas vezes citaram “Kronos” (o planeta) no filme e a legenda disse “Klingon” (o povo), gerando pérolas tipo “ele está em Klingon”…

        quéu, quéu, quéééu…

  • Jose Couve

    Realmente tem spoiler nesse programa. Tem spoiler ate na descrição do programa! Qualquer uma que viu o filme anterior e leu a descrição ja matou que o Spock Novo fala com o Spock Velho, isso não aparece em nenhum trailer!

    • Não acho que “você ligaria para seu eu do futuro para pedir ajuda?” seja exatamente um SPOILER. Poderia ter rolado no podcast algo como “mas por que ele NÃO ligou pro Spock da outra linha do tempo?”.

      Enfim…

  • nivaldo

    eu sou trekker, Além da Escuridão é muito bom , eu gosto mais do primeiro (reboot),mas este também é show de bola!

  • Acabei de voltar do cinema. Timing perfeito desse rapaduracast! =)

  • Louise

    Ainda bem que eu já vi o filme e posso escutar esse rapaduracast sem medo. 😉

    E se eu pudesse definir o filme em uma frase, seria: Benedict Cumberbatch, case comigo, seu lindo!

    • Caroline Medeiros

      Eu ainda prefiro o Spock, mas… Ele é lindo também.

  • fui ver o primeiro para assistir este , vi o primeiro em vários dias ,como já disseram no cast ,”filme em série” ,achei uma excesso de cenas de ação , acho que uma nota 6/7-19 é valida ,o final é muito bom ,o começo tambem é legal ,o meio é mediano ,eu consigui ver uma lado bom em todos os filme então ,isso não quer dizer muito… .lol

  • Miguel Arcanjo

    Achei o filme sensacional, foi a minha primeira experiência em IMAX, vi mês passado em uma viagem para os EUA. Não pude deixar de derramar lágrimas depois de ver um filme desse em uma seção daquelas, simplesmente incrível e inesquecível.

  • King Lizzard

    Melhor extra pós credito de todos , TODOS os que já foram feitos , entendi até a treta que tem entre o Juca e o Sicas ,RATINHOOO !! .capetarindo

  • Luis Eduardo

    acabei de chegar do cinema, ouvindo agora pra saber se foram as mesmas impressoes que eu tive !!! Só uma coisa, que FILMAÇO!!! Extremamente excessivo na ação, mas muito bom, pra mim valeu cada centavo.

  • Primeiro Rapaduracast que ouço em algum tempo e, bem, não poderia deixar de ouvi-lo sendo fã de Jornada nas Estrelas (Star Trek). O programa foi muito interessante e mostrou percepções diferentes do filme; há fãs da antiga série e gente que chegou ao universo de Jornada por causa dos filmes. Eu, que não levava muita fé no primeiro filme, acabei me sentindo contemplada e decidi “abraçar a causa” dessa realidade alternativa. Compartilho algumas críticas feitas pelo Barreto, poucas das feitas pelo Siqueira, e detestei o prólogo com a Enterprise submersa. Acredito, realmente, que o vilão poderia ser melhor aproveitado. De resto, foi divertido e o final emocionante para mim, que amo a série original.

    É isso!

    • Volte a ouvir com frequência o/

      • Daniel Costa

        Eu entendo o Barreto, ele gosta de coisa nova, não curtindo um Reboot e nem uma continuação,afinal, são registrados mais de 50 mil roteiros novos por ano em Hollywood (de acordo com o próprio Barreto em algum cast anterior).
        Mas discordo dele quanto o Scott Pilgrim, é um dos melhores filme que já vi, só não consegui ler os quadrinhos ainda, mas eu adoro esse filme.

    • TOS rocks!
      Abraço a causa também! Agora fica a pergunta: o próximo filme será com o Mudd?

  • a trilha sonora ,principalmente a música do primeiro filme fica na cabeça …

  • Fabricio Bezerra da Guia

    Esse cast foi meio besta

  • Caroline Medeiros

    Gostei muito do podcast.

    Eu gostei demais dos novos filmes Star Trek. Mas não o suficiente para assistir os filmes clássicos.

    • LUNATIC

      O primeiro filme classico é meio parado, mas é o mais ficção cientifica dos classicos. Do 2 até o 4 os filmes tem certa sequencia. O segundo é o melhor filme de Star Trek já feito. O desfecho da historia do terceiro faz mais sentido do que o final desse Alem da Escuridão, não supera o segundo classico, mas ainda é muito bom. O quarto tem uma mensagem ambiental bem bacana e vale assistir pelo menos uma vez. O quinto nunca vi, mas parece o pior de todos, e a historia do sexto filme é mediana. Vale muito a pena ver os filmes classicos e há razão para Star Trek ser lembrado até hoje.

      • Cesar Adr

        O 1 é estilo 2001. FC hardcore. Goood.

        Os filmes 2, 3 e 4 formam uma trilogia.

        O 5 filme é terrivel, mas tem seus momentos.

        O 6 é um clássico porque é muito politico, usa a queda da União Soviética como base pra história e além do mais é a despedida da tripulação clássica com um final de chorar.

    • Daniel Costa

      Fiquei com muita vontade de assistir a Fúria de Khan.
      Vou buscar, em breve, na locadora mais próxima.
      Mas qualquer coisa escuta o Duplex do 1° filme que você vai ter ideia de como devem ser os clássicos.

      • Daniel Costa

        Só digo uma coisa. JJ é o cara .exclamation

  • Amanda

    Aaaah, quero ouvir, mas ainda preciso ver o filme!

  • Aiiiiiiiii……………..

    Muito bom ver esse povinho junto novamente!

  • Mila Albuquerque

    VOLTEEEEEEEM COM O PLUS POR FAVOOOOOOOOR!!!! :~

    • Armaria, a gente queria voltar, mas o tempo tá sinistro ;(

  • Aiade

    Ainda não pude ver o filme, mas não resisti ao desejo de ouvir o cast porque a mínima menção a Cumberbatch já me anima e eu precisava saber como estava Urban (que é um ator de que gosto muito fazendo papel do meu personagem preferido no universo Trekkie).

  • Julio Costa

    Adorei Star Trek – Além da Escuridão, que tem todas as características de um grande filme, estória envolvente, elenco afiado e um vilão foda pra cacete. Me emocionei em ver o Paul Weller e seu vozeirão, np papel do Almirante Marcus, parecia que a qualquer momento ele ia dizer “Murphy”!
    O que eu não curti foi esse novo visual dos Klingons, que pareciam versões alien do Xerxes de 300. Fora esse ponto fora da curva, o filme é muito bom!

  • Cesar Adr

    SPOILER

    Quanto a questão Spock liga pra Spock, achei totalmente normal. Numa batalha vale qualquer recurso e o Spock ligou pro Prime para ter um “aconselhamento”, muito válido num momento daquele.

    Spock ligou pra Nova Vulcano, na mesma linha temporal, onde o Prime vive e está ajudando a reconstruir Vulcano, portanto pelo jeito foi uma atitude normal, pois eles devem se manter em constante contato.

    • Rodrigo

      Qualquer um em sã consciência ligaria .lol

    • Concordo. Foi a decisão lógica. PRA QUÊ diabos ele não iria ligar?

      (Haha! Acho o termo “ligar” engraçado…)

  • Cesar Adr

    Filme nota 10.

    A única coisa negativa desse filme que consigo ver é que ele junto com o de 2009 dividiram os fãs. Já temos duas franquias de Star Trek, a clássica e a nova, pois alguns fãs mais antigos não conseguem aceitar os novos filmes. Pra eles “isso não é Star Trek”. Uma pena.

    Só quero ver como vai ser Star Wars.

    • Eu particularmente acho a nova franquia bem melhor do que a antiga.

    • Concordo com o Jurandir, pelo menos na questão dos filmes.

      Sobre Star Wars, não seria INCRÍVEL se o Abrams, de surpresa, dissesse “TAN-DAN! Eu fiz um REMAKE dos três primeiros episódios, mas agora do jeito certo!”?

  • Cesar Adr

    Ah, e pelos proprios comentários aqui podemos ver que já temos um grupo de fãs da nova franquia, mas que não querem saber da antiga. Isso não é critica, todo mundo é livre pra gostar do que quiser.

    • Rodrigo

      A antiga acabou. Não vai ter mais como seguir,,,

    • Pelos comentários, percebemos que não tem muitos fãs de ST. Hehehehhe

  • Alysson Lívio

    SPOILER

    Eu sou fã doente de Star Trek e gostei muito do filme, diferente do primeiro. Realmente doeu em mim ver a Enterprise voando em atmosfera, coisa que satélite também não faz porque foi feito pra ficar no espaço!

    Vi que você odiaram a cena comparativa com o “A Ira de Khan”, mas eu fiquei emocionado com ela. No começo do filme Kirk fala: “O que ele faria no meu lugar?”. E é essa a temática que é abordada! Spock dá a vida pelos amigos no filme antigo, será que Kirk faria o mesmo pelos amigos? Chorei muito nesse momento enquanto pensava “Você faria o mesmo por mim meu amigo?” enquanto lembrava das cenas do outro filme. E eu acho que vocês não viram isso no texto do filme.

    Abraço a todos.

    • Rodrigo

      Vão se arrepender futuramente .style

    • Eu vi e até falei 😛

    • Pô, cara, mas não tem a Enterprise voando na atmosfera terrestre naquele filme que termina com todos na água e o Spock se partindo de rir?

      Acho que tem um episódio da TOS, também, em que eles encontram uns caras tipo espiões do governo da Terra dos anos 1960, no qual a Enterprise dá umas voltas dentro da atmosfera.

      E minha mente tenta me dizer que tem ainda outra ocasião em que isso acontece.

      A meu ver: why not? Mostraram CLARAMENTE os propulsores verticais numa cena bem crível. Qual o grande problema de, no universo alternativo, alguém ter tido a brilhante idéia de instalá-los?

      E mais: lembram do primeiro filme, quando mostra o ESTALEIRO com uma nave quase completa e INTEIRA na terra? Como é que acham que aquela nave saiu dali? Mega-teleporte? Guincho?

    • Opa! Achei:

      ‘It can, although in normal operation, it doesn’t. The NX-01 Enterprise is seen to enter the Earth’s atmosphere in the ST:ENT episode “Storm Front”. Also, the Enterprise, NCC-1701, is seen in the Earth’s atmosphere in the ST:TOS episode “Tomorrow is Yesterday”. The Enterprise-D enters another planet’s atmosphere on at least three occasions: during the ST:TNG episode “Arsenal of Freedom”; during the “award-winning” ST:TNG episode “Deja Q”; and, during Star Trek Generations. Certainly, even without deflector shields or hull plating, the hulls would be able to withstand the frictional heat of atmospheric entry.’

      http://star-trek.answers.wikia.com/wiki/Why_can't_the_enterprise_enter_earth's_atmosphere

      • Alysson Lívio

        As naves da federação não são feitas pra voar dentro de atmosfera, mas suportam estar dentro de atmosfera. Pelo que eu me lembro, nos episódios em que ela entra em atmosfera ela está quase caindo. Essa naves não são feitas pra voar como as naves Klingons do filme “das baleias” que tem asas. Perceba que a interprise não tem asas! Ela tem um formato de um “8” deitado (infinito) que permite a nave ser englobada por um campo de dobra (que se forma como um oito deitado). Tanto é que a primeira nave da federação feita pra pousar é a USS-Voyager do seriado que começa na metade da nova geração.

        Claro que isso tudo é ficção científica e o importante mesmo é a história bem contada, usando as ferramentas da ficção científica.

        Um abraço a todos.

  • Leandro Crispim

    Ótimo cast.
    Parabéns.
    Fico feliz com a volta do Juca.

  • igor

    goooooooooostei muito!! gosto de falar que nesse filme, me peguei sentindo todas as emoçoes possiveis. sai do cinema muito feliz, dormi rindo nesse dia! Kirk,esta fodastico neste filme! otimo cast!

  • Julio Cesar

    Só de ver o Juca presente já fico com um pé atrás.

    • Diabo é isso mah? Ouve aí. O cast tá massa e o Juca dá um show o/

      • Julio Cesar

        Hahaha eu vou ouvir sim Juras, tu é demais..rsrsrs…já baixei mais eu vou ver o filme ainda e depois eu ouço, já esta aqui no pc…hahahaha

    • Como assim? O Juca é genial e tem muito bom gosto…

      • Julio Cesar

        Opinião sua!

  • Patty Castro

    Adorei o cast…amei o filme…
    Vi o filme ontem com meu sobrinho,estava chovendo ontem aqui em Mauá-SP, então minha seção estava vazia umas 20 pessoas no máximo..kkkk

  • EDINALDO OLIVEIRA FORTALEZA-CE

    Realmente as pessoas falam mal antes de (ver ou ouvir o produto)! O filme e ótimo e o cast e excelente o Juca da um show assim como todos os outros que participam!

  • Muito FODAAA!!! Ainda vou participar de um rapaduracast!!!! 😉 🙂

  • Marcos Leão

    O Spock ligar p/ outro justifica. Mesmo o Spock (Nimoy) foi e está comprometido emocionalmente como o outro. Eles viram o planeta deles ser destruído e a mãe morrendo. A carga emocional é absurda, afetando e determinando o comportamento de ambos, bem como da linha temporal, obviamente.

  • claudio gaspari

    O que me incomodou no filme foi a falta de coragem de manter o Kirk morto (de um filme para o outro, claro). O Deus ex machina do sangue do Khan, também. Isso significa que eles possuem a cura definitiva para a morte? Afinal eles tem um estoque possivelmente inesgotável. É so usar o Khan e sua tripulação como “vacas leiteiras” e mandar o sangue para os hospitais! E porque so curar o Kirk? Quantas pessoas morreram e poderiam ser trazidas de volta? Sangue não faltava! Mas no geral, eu gostei.

    • E teria um terceiro filme com o Kirk morto, sei.

      • claudio gaspari

        O terceiro filme se chamaria “A procura de Kirk”! Apos sua morte no segundo filme, fariam um ritual funebre jogando seu caixão no espaço sideral. No terceiro filme o doc descobriria o poder de cura do sangue e a enterprise sairia em busca do caixão para tentar, desesperadamente ressuscitar o Kirk. Mas o caixão estava em espaço klingon e os mesmos já teriam declarado guerra a federação. Salvar kirk seria uma provocação a mais. Sou um roteirisra foda!

    • Nem tinha pensado sobre esse fator “mágico” do sangue. Mas faz sentido, mesmo. Curou o moleque do começo do filme de uma doença maluca e curou o Kirk. Vão à falência as IURD da Federação, assim…

      E, SIM, KIRK MORTO até o fim seria DEMAIS, DEMAIS! Só o que acho que segurou os caras foi o seguinte:

      – Sem Abrams no próximo filme como diretor (motivo fraco, mas vá lá…);
      – Não quiseram criar obrigações para o roteiro do próximo filme.
      – Além disso, ia fazer o filme terminar muito tristonho…

  • claudio gaspari

    E o Spock velho virou o Mestre dos Magos da série. Ele não pode dizer nada e fica dando dicas genéricas.

    • uma escuridão profunda irá encontrar além dela mesma, uma coisa legal seria no momento que ele fala do Khan(AAAAAAANNnn) ele sumisse ,mas como ele é de outro universo nada vai acontecer com ele, então ele poderia ter contado tudo de primeira

  • Márcia Magalhães

    Vim na fome achando que esse cast seria sobre a Trilogia “Before Sunrise”.
    Poxa!

    =/

  • Juca meu querido que saudade de você!!

  • felipe

    queria um rapaduracast sobre os 6 filmes do velozes e furiosos

    o ultimno que vocês fizeram é muito antigo

    deveriam ter novos para tratar dos novos filmes

  • Eu amei esse filme, me emocionei, chorei, ví referência ao universo trekker e amei muito tudo isso. O Barreto estava mal humorado, ainda prefiro ouvir ele falar somente de Star Wars. O Siqueira foi uma contradição do início ao fim, mas o pior foi a nota deles que nada ficaram parecidas com as críticas acerca do filme por inteiro, quem mete o pau no roteiro e dá nota 8, realmente não entendo.
    Sou trekker desde molequinho, sempre ia na convenção da Frota Estelar Brasil que ocorria em São Paulo e adorei a nova roupagem. E quem é fã das antigas e torce o nariz para a nova franquia, saiba que é isso ou nada de novo no universo Star Trek, preferem ficar vivendo só das produções antigas? Valeu!!! XD

    • Haha! E daqui a dez anos, quando resolverem botar a TNG no reboot? Hehueiheuiheuiha! Vão tirar as “camisas que mostram a barriga e te obrigam a ficar puxando-as para baixo” e o povo vai reclamar…

    • Fabio Barreto

      Nem vem, Cosso! 😀

  • Olá, seres rapadurianos!

    Hoje, aqui no serviço, estava feliz da vida REOUVINDO esse episódio e parei para reparar nas coordenadas citadas pelo “KHAAAAAAANNN!!!”: 23 17 46 11.

    Dei uma pesquisada pela interwebs, como de costume, e vi algumas pessoas procurando no Google Maps por esses números. Resultado: nada de interessante. Alguém, num fórum, chegou a dizer “bom, qualquer combinação aleatória de números daria em ALGUM lugar do mapa…”. Faz sentido.

    Aí, me veio o insight: são 4 números, não? POR QUE não seria duas combinações de 2 números, como 23:17 e 46:11, da mesma forma que usamos na… BÍBLIA!

    E lá fui eu procurar. O que encontrei de interessante?

    Jó 23:17 – “Because I was not cut off before **the darkness**, neither hath he covered the darkness from my face.”

    (Porquanto não fui desarraigado por causa das trevas, e nem encobriu o meu rosto com a escuridão.)

    Isaías 46:11 – “Calling a ravenous bird from **the east**, the man that executeth my counsel from a far country: yea, I have spoken it, I will also bring it to pass; I have purposed it, I will also do it.”

    (Que chamo a ave de rapina desde o oriente, e de uma terra remota o homem do meu conselho; porque assim o disse, e assim o farei vir; eu o formei, e também o farei.)

    No primeiro versículo, uma citação à escuridão e sobre ela não prevalecer sobre o “eu lírico”! No segundo, um homem que é uma “ave de rapina”, com uma missão “divina”, vindo do leste (Índia)!

    BUM! Minha cabeça explodiu! Não parece ter sido puro acaso, né?

    Ademais, fiquei ouvindo a trilha, no fim do podcast, e fiquei arrepiado. Que música massa! Fui almoçar cantarolando ela, hehe!

    Abraço!

  • sergio castro

    Demorei mas eu tinha comentar como me emocionei no discurso final . Foi realmente de arrepiar. Grande filme.
    Parabens Juras pelo cast

  • Rafael Nascimento

    Não entendi a ligação do Spok novo p o no futuro.
    O Spok mais velho diz “sim, consegui derrotar Kan mas com muita dificuldade”
    Q dificuldade foi essa? Ele sentou a porrada no cara!

  • Bruno Mancini

    Bruno Mancini
    Empresário
    37 Belo Horizonte

    Juras, OBRIGADO, Thiago, OBRIGADO, juliano, OBRIGADO, Fábio, OBRIGADO.

    Eu sou um ouvinte do passado do Rapadura Cast, que ainda não terminei a minha maratona de ouvir todos os “RC” anteriores.
    Estou preso na fenda temporal do “RC” #144, mas sou fã incondicional de STAR TREK. E que o dizer novamente, obrigado, por darem a mim novante a emoção de ter assistido ST, no cinema.
    Adorei, o final com a trilha sonora, me arrepiei.
    Agora, o debate que vocês fizeram sobre o filme foi exemplar.
    Assisti o filme duas vezes e irei assistir quantas outras poder. Tenho a coleção de todos filmes e já assisti todas as séries.
    Ouvi, os debates dos podcast Cinema em Cena, Mantando Robôs Gigantes, mas nenhum teve o respeito e o nível e informação a qual vocês tiveram.
    Mesmo que no MRG, o Diogo Braga levou um “Sonia Braga”, e sua penalidade, junto com Roberto e Solano, foi hilária.
    Você, ouviu?
    Bom, abraços mas devo voltar o passado, no “RC #144”, pois tenho muitos ainda para ouvir.
    Obrigado,
    E Maurício Saúda há, você, é 10!

  • Muito bones, muito bones! Conhecendo pelo casts a competencia de Jurandir, tenho certeza que ele ta aprontando um presentão pro filme do superman!

  • Beatriz Tomas

    Juras, veja Sherlock, uma das melhores séries sem mais.
    ótimo programa, parabéns

  • claudio gaspari

    O terceiro filme se chamaria “A procura de Kirk”! Apos sua morte no segundo filme, fariam um ritual funebre jogando seu caixão no espaço sideral. No terceiro filme o doc descobriria o poder de cura do sangue e a enterprise sairia em busca do caixão para tentar, desesperadamente ressuscitar o Kirk. Mas o caixão estava em espaço klingon e os mesmos já teriam declarado guerra a federação. Salvar kirk seria uma provocação a mais. Sou um roteirisra foda!

  • Discordei da opinião de quem não gostou da releitura da irá de Khan. Eu sempre adorei o plot de universo paralelo. Quando lia X-men, por exemplo, e havia sagas nesse estilo o mais legal era ver uma situação recontada, mas com algo de diferente. Enfim, vibrei com a situação invertida de Kirk e Spock no grito de Khan!

  • Jonathan Kennedy

    Star Trek-Alem da Escuridão é excelente, grandes homenagens para a série. Nota: 9,5/10.

  • Jonathan Kennedy

    Com referências que vão da Série Clássica, para os antigos, ao filmes mais recentes, o filme traz uma trama que vem para definir a aliança entre Kirk e Spok, com extremos que o fazem rir, se emocionar, torcer, morrer de raiva e é claro, refletir, em frases tanto dos personagens principais quanto do tão estimado (ou não),vilão Khan. Além da Escuridão, traz mais uma vez a emoção das viagens espaciais com excelentes efeitos, trilha sonora que é marca registrada da saga, e um enredo que te prende na cadeira.

  • Amanda

    Achei o filme incrível, segue no mesmo nível de inicial e deixa a gnt preso na telinha. O que incomodou alguns fãs da antiga franquia, não me influenciaram porque não conhecia nada, ao contrário, só fez enriquecer a história do filme. Obrigada JJ por reapresentar a franquia para o mundo.

    ps: curti o que o barreto falou, de deixar o Jim voltar a vida só num próximo filme, seria mais épico! 😉

  • Amanda

    Estava ouvindo o Podcast de Star Trek (2009), e percebi o que o Siqueira disse sobre as coincidências dentro da trama, que seria a realidade tentando consertar/aproximar as mudanças sofridas pela alteração do tempo. Talvez o fato de repetirem a narração, mas com a morte do kirke em vez do Spock, foi o universo tentando compensar as mudanças da realidade alternativa.

  • Arthur

    É bem decente, nota 8/10.
    Nunca fui muito fã de Star Trek. Minha única referência eram as orelhas do Spock e vagamente o capitão Kirk. Daí não fazia idéia dessa relação forte com o filme antigo, e no final das contas o que vi me agradou.
    Não é lá um filme épico, mas um bom capítulo de uma série de exploração espacial.
    E sim, a cada vinte minutos imaginava como o J.J. tem um potencial fantástico pra criar um ótimo Star Wars. Deixei meus pré-conceitos de lado, e agora boto total fé no cara! Chega logo 2015!!!!!