segunda-feira, 11 de julho de 2011

RapaduraCast 243
Problemas nas Salas de Cinema

Fique a vontade para participar do nosso debate, porque aqui você sabe: "Assistir é apenas o começo"!

Aperte o Play para começar o RapaduraCast Aperte o para começar o RapaduraCast

1x 1.5x 2x
0:00:00

Entra ano, sai ano, passamos a identificar com maior facilidade alguns problemas nas salas de cinema. Não só isso, passamos a pegar abuso de alguns comportamentos do público nesse lugar sagrado para fãs da sétima arte. Nessa edição foram discutidos os maiores problemas dos exibidores (os cinemas) e do público. Soluções?

Jurandir Filho (Juras) e Maurício Saldanha (Mau) pegaram o e-mail do ouvinte Gustavo Dornas e usaram como roteiro para este programa. Qual a solução para as filas intermináveis e pouco organizadas? Por que algumas salas estão muito sujas? O que fazer quando acontecer um problema na projeção? Como o público deve se comportar? Tudo isso e muito mais.

Deixe o seu comentário sobre os problemas e possíveis soluções.
Gerentes de cinema estarão acompanhando os comentários.

ATENÇÃO OUVINTE
Envie o link do programa para a rede de cinema da sua cidade: http://bit.ly/oE2hMi
Pelo Twitter: @ucicinemas @cinemarkoficial @kinoplex @centerplex @moviecom @cinesystem @grupoplayarte @cinemasunibanco

PODCASTS RELACIONADOS
RapaduraCast 39 – Self-Service no Cinema
RapaduraCast 153 – Acessibilidade no Cinema

LINK RELACIONADO AO PROGRAMA
Mulher é expulsa do cinema por usar celular e vira propaganda

Duração: 45 min

ENDEREÇO DIRETO DO PODCAST
Acesse aqui: www.rapaduracast.com.br

SUGESTÕES, CRÍTICAS, DÚVIDAS E CHUTES NO SACO
Envie e-mails para: rapaduracast@cinemacomrapadura.com.br

RSS, FEED E ITUNES
Adicione o nosso feed: feeds.feedburner.com/rapaduracast

INFORMAÇÕES
Aperte o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como) o arquivo no formato MP3 na MELHOR QUALIDADE para o seu PC. Desfrute! 😉

Compartilhe

Participantes

Jurandir Filho
Jurandir Filho
@jurandirfilho

Ouça Também


  • Opa! BAIXANDO!

  • ouvindo 😉

  • Opa, baixando também! Excelente tema, me lembrou o Self-Service no cinema agora!

    Valeu pela Força!!!

    • E agora que eu acabei der ver o link do Self-Service nos relacionados… #burriceon

      Valeu pela Força!!!

  • Opa ja to ouvindo

  • Opa, esse cast tem tudo a ver com o cinema da minha cidade. Depois volto pra comentar 🙂

  • A patroa indignada com o lixo nos cinemas! Ouvirei!

  • Beeemmm-viiiiindooos aooooo mundoooo espetaculaaaar doooooo ciiiineeemaaaaaa!!! #maufeelings

  • Samuel Santos

    Pra mim o problema numero 1 é os ar-condicionados dos cinemas… tem hora que eles desligam ou diminuem e é o mesmo que assistir o filme dentro de uma caldeira..rss CINEMA FORNALHA NÃO! baixando o cast depois comento.

    • Rodrigo

      Sim, odeio quando entro na sala de cinema e está aquela fornalha. Quando fui assistir “O Grande Truque”, a sala tava um calor dos infernos. E o pior era que o dia tava muito frio, então fui de manga comprida e casaco. Cara, quase morri na sala! Mas teve outra vez que foi o contrário, quando assistir “O Dia depois de Amanhã” a sala tava muito fria, sério mesmo. Não sei se era psicológico, já que vai ficando frio no filme, ou se foi o FDP que controla o ar e queria trolar a galera.

    • Sabia que as vezes são os shoppings que desligam os ar`s depois das 22h?

  • Baixando já, tomara que falem sobre essas pegações no cinema pow, tem limite né??

    • Ri e concordo. .style

      Não que o povo precise parar de se pegar… não sou pai de ninguém para falar isso, mas garanta que tua pegação não incomode os vizinhos.

  • Jony Rendrex

    Vamos ouvir! 😉

  • Samuel

    Tema muito bom.
    Mas achei curto.
    Os de sexta não deveriam ser os curto e os de segunda os maiores?
    De qualquer maneira a qualidade do RC é sempre excelente.

    • Não não. Os dois seriam curtos.

      Só que os últimos de segunda não foram tão curtos quando queriamos. 😉

      Se fosse pra ser o de segunda grande, nem fariamos o cast de sexta, porque não daria tempo. Sorte que as coisas caminharam bem, e mesmo estando em tamanho grande, conseguimos lançar todos com regularidade, no dia…

      Mas a ideia mesmo é que ambos tenham 60 minutos.

      • Samuel

        Valeu pelo esclarecimento Juras.
        Eu pensava que o curto teria cerca de 40 min, enquanto o maior uns 50-60 min.
        Mas os dois terem a mesma minutagem fica melhor.

        Só mais uma dúvida, como ficarão os Duplex?

        • Filipe ADM

          boa pergunta,a questão dos duplex

        • Rafael CS

          Eu acho q eles vão lançar a primeira parte Sexta feira junto com as noticias da semana ou não , e a segunda parte eles vão lançar segunda . 😉

      • Eu to achando de bom tamanho! Pensava que seria menores pois dividiu! Bom assunto, cast ficou desabafo mas era necessário mesmo expressar esses problemas!
        Eu não piso no cinema desde de Indiana Jones e a ultima cruzado, e acho q vou ficar com as velhas lembranças do São Luiz mesmo!
        Bené

  • Não ouvi ainda, mas já deixo um problema que aconteceu já a algum tempo.
    Na segunda vez que fui ver HP e as relíquias da morte p1 (pelo menos era a segunda) o filme, que já é sombrio, estava com a imagem absurdamente escura.
    Isso aconteceu no UCI de Fortaleza, na famosa sala 8.
    Problemas com audio baixo também costumam ocorrer ainda hoje, sendo as vezes corrigido (quando corrigido), um tempo depois de iniciar o filme.
    Já ocorreu também de ver filmes no respectivo cinema citado e o audio de algumas caixas não estar ligado.
    Tem que ver isso aí viu. Quinta tem HP parte 2 e a ultima coisa que quero é ficar gritando com “lanterninha”, que não tem culpa de falha técnica, mas escuta coisa pra caramba.
    Nós espectadores e

  • Êêêêêêê…! Baixando!

  • Salve Seres Rapadurianos

    Olha so sou de BH, e conheço o cinema que é comentado no cast.
    O que ele fala é que nesta rede de cinema, vc tem as filas separadas, e tem ainda um auto atendimento para que quer comprar ingresso com cartão de credito. Ai como ele flw quando essa maquina não está funcionando é uma zona mesmo.

    Abraços escutando e comentando.

    • Galera gostaria de acrescentar assunto muito bom e polemico, pq concordo que todos os lados tem seus direitos.
      Aqui em BH gostaria de elogiar a rede cineart pelas salas no Boulevard salas fantastica e com opção de se comprar ingresso numerado, e gostaria de critica as salas do Shopping Cidade é uma zona na boa o que ele fazem de bom em um cinema no outro é uma merda, isso que encomoda pq são cinemas da mesma rede.

      Abraços

      • Comecei a ouvir o cast agora, sou aqui de BH também, ir no cinema do Shopping Del Rey é suicídio! Um dos piores de BH sem duvida nenhuma.
        Vou muito ao BH Shopping e ao Patio Savassi, pago um pouco mais caro mas a qualidade não se compara.

        • Cinemark Rules! Sou de BH mas moro em Curitiba. Aqui vou no Cinemark sempre (Apesar da sujeira que é, tanto no Mueller tanto no Barigui), mas quando vou em BH tento ir no Patio também por que as cadeiras e o audio são os melhores na minha opinião.

      • Phelipe Vieira

        Já visitei ao cinema do Shopping Cidade aí em BH e é realmente uma porcaria.

  • Melhor coisa q fizeram… 2 cast’s por semana.

    Baixando. ^^

  • Muito bom o cast. Um dos problemas sem dúvidas, é a falta de educação de algumas pessoas, por exemplo, estava assistindo “Transformers 3” 3D e um cara na poltrona da frente mexendo no celular, não sei o que ele estava fazendo, mas estava incomodando muito, estava quase saindo para chamar alguém para resolver aquele incomodo, se fosse apenas para olhar a hora, não tem problema, mas a pessoa pega o celular pra twitter ou olhar o facebook. PELO AMOR DE DEUS. Acho que é um dos principais problemas que me incomodam o resto é só alegria. 🙂

  • Cai perfeitamente numa história que o Maurício tava nos contando, onde mandaram virar os óculos 3D de cabeça pra baixo para funcionar melhor. E não é que funcionou? ahuahua

    Queria aproveitar o espaço pra divulgar o cast onde o Mau participou com a gente. Se não tiver problemas, é claro. Ôvam!

    http://www.pixelgeek.com.br/2011/07/pixelcast-geek-review-transformers-o-lado-oculto-da-lua/

    • gostei do cast hein. Ainda bem que postou aqui =)

      • Brigadão, cara. Que bom que gostou 😉

        Outra coisa escrota, foi numa sala Cinemark aqui em SP. Os óculos 3D deviam ser entregues no ato da compra do ingresso, porém, não me deram. Na entrada do cinema, o carinha que carimba os bilhetes ainda se negou a buscar um óculos pra mim. Acabei entrando em outra sala, porque teria que ver um filme 3D sem óculos. Ridículo.

  • Antonio Pedro

    Assunto MAMILOS! (polêmico), baixando, mas ja vou adiantando, o principal problema dos cinemas são as pessoas, seja os funcionários que muitas vezes não sabem informar, certa vez o funcionário não sabia quanto custava o ingresso, isso sem falar nos funcionarios da bomboniere até mesmo os projetistas (seria isso?) que as vezes nem sabem enquadrar um filme que passa até os expectadores que falam, gritam, ligam o celular, etc. Não sou contra conversas acho que muitas vezes comentar o filme com alguém melhora a experiência de ver o filme, mas por favor façam isso baixo .raiva

  • Aqui em São Luis, o problema é pequeno, do tamanho de um rato:
    http://migre.me/5enFm
    Sim meus amigos, um rato morto foi encontrado no Box Cinemas de São Luis, e não é a primeira reclamação de falta de higiene nesse cinema, muita gente já reclamou de baratas e eu mesmo já reclamei de um forte cheiro de mofo e até mesmo urina! Mandei e-mail, falei com o gerente, mas não volto lá tão cedo pra conferir se melhorou.

    • OMFG!

    • Puts, esse ai passou dos limites viu

    • Isso é o fim! É literalmente um lixão! .assustado

      • Arthur Stark

        Rapaz, há algum tempo não vou no Box Cinemas aqui de João Pessoa – PB. Mas das últimas vezes que fui estava limpo, a sessão começou pontualmente, o ar-condicionado estava ótimo, som nota 10.

        Mas um rato, realmente, foi o cúmulo. Imagino a insatisfação de uma pessoa entrando querendo se divertir, emocionar, com toda uma expectativa, para, no fim, acontecer isso. Lamentável.

        P.S.: Baixando o cast ^^

        • Phelipe Vieira

          Meu dels

    • Joao do Polo Norte

      Compre uma TV led e um Homi Titi e fica em casa.

      • Elton Ricardo

        Comprei uma TV de LED 42″, um Blu-ray e um Home Theater, mas o cinema ainda é o melhor lugar para se apreciar um filme.

        • Joao do Polo Norte

          Com certeza , um cinema sem ratos de preferencia.

    • Flávila

      Fiquei chocada com essa do rato. Primeiro porque é ABSURDO mesmo, e depois porque eu nunca tive problema nenhum no Box daqui de São Luís. Porém, no Cinesystem, já enfrentei todos, TODOS, absolutamente todos os problemas citados no cast acrescido de mais um: cortar os créditos. Rolava trinta segundos de créditos e acabou. Mas eu nunca me cansei de reclamar e o único problema agora é o barulho que o povo produz durante o filme, seja conversando, comendo ou falando ao celular.

      • Caramba, eu nunca tive problemas com o Cinesystem, pra mim sempre foi um ótimo cinema, principalmente pelo lugar marcado. No BOX eu não pretendo voltar tão cedo, o filme tem que ser MUITO bom pra aguentar uma sessão com aquele mal cheiro.

        • Flávila

          Double Standard! 😉

  • neto cardoso

    Ansioso para ouvir, após volto a comentar.

  • Evelyn

    Baixando =D

  • Já ouvindo e já comentando… Olha, em Salvador tem um número considerável de salas de cinema mas eu costumo frequentar apenas a do UCI e tenho poucas queixas a fazer. Gosto bastante do espaço físico, do preço, do atendimento e até da organização.
    A carteira de estudante é solicitada na hora da compra do ingresso, mas ñ na entrada da sala. O filme é rodado até o fim e a projeção só começa quando não tem mais ninguém na fila esperando pra entrar. Mas os retardatários realmente vão pegar o filme já começando (sem falar nas pessoas que erram de sala). A única coisa que realmente incomodou uma ou duas vezes (há muito tempo atrás) foi o sistema de som e a qualidade da projeção. Mas isso não aconteceu mais. Meu problema é com as pessoas que frequentam. Raramente alguém me incomoda, mas sempre tem um engraçadinho querendo chamar atenção e a desculpa é sempre a mesma “ahh, eu tow pagando”… Sem falar na galera que fica batendo papo ou falando no celular. Mas aqui em Salvador sempre que alguém atrapalha é logo esculachado pelo resto e o problema se resolve. sahsauhasusa

    Aí complica, né?

  • Mau e Juras! no IMAX funciona a cadeira numerada.

    • Flávio funciona mas UMA vez tive que chamar a “lanterninha” pra uma “boa senhora” e sua filhinha que estavam ocupando 2 dos 5 lugares que havia comprado no IMAX Pompéia. Sempre tem um….

    • Nas sessões de shows em 3D também funcionam.

  • Muito bom , cocoooordo muito !

  • Concordo, moro em BH e aqui há um grande desrespeito no cinema, inclusive o Shopping Del Rey citado pelo Gustavo Dornas é um dos cinemas que nunca vou.
    Os piores problemas,os que mais me incomodam, na minha opnião, são o barulho, pegações, a falta de respeito dos populares em geral.

  • O Mau tem razão, o grande problema também são as filas enormes no fim de semana e o pior é que, eles não aumentamo numero de caixas. ¬¬

  • luis fernando

    baixandooo!!!

  • Opa…

    Baixando o cast. Depois eu volto para comentar. Eu prometo!

    😀

  • Brant

    Já me preparando pra ver a zona que vai ser assistir o filme do bruxinho com a minha filhe esse finde…

  • Victor Moura

    baixando tbm….

    jurava que ia ser alguma coisa relacionada com harry potter, mas o tema eh bom tbm…

    • Sabia que ia ler alguem reclamando. Mas é 100% provavel que seja HP na proxima segunda, e até alguma coisa dele nesta mesma sexta.

      • Finalmente um ouvinte que conhece nosso sistema. Hehehe

      • Victor Moura

        LUNATIC

        não cara eu não to reclamando, longe disso…
        adorei esse tema do cast, só achava que poderia aparecer algum tipo de retrospectiva sobre HP, tipo isso…

        Vários problemas ja aconteceram cmgo no UCI do Iguatemi de Fortaleza tbm( isso msm Jurandir, tbm sou cearense)quando terminar de escutar o cast tbm vou postar essas minhas experiências desagradavéis

        Abraço!

    • Harry Potter estreia só na sexta, por que sairia um cast sobre HP hoje?

    • HP va ser só na sexta, mas tbm estou super ansiosa para ouvir esse cast!

      • HP seegunda ou comentário rápido na sexta?

  • Jorge Guilherme Lopes

    Como estou ouvindo um por um todos casts, por coincidência, ontem estava escutando a edição de número 39 em que o tema é relacionado com o dessa edição de número 247. Baixando. 😉

  • cada vez mais dificil chegar entre os primeiros pra comentar hasiofhiodsf

    baixando…

  • otimo tema !!!

    hoje fui v Transformers 3 e v um cara com um saco (juro por deus) que parecia um saco de papai noel das lojas americanas cheio de creca para comer na sala ( ta foda a coisa)

    • Uma vez vi entrando 5 caras com uma PIZZA e um refri de 2 litros… concordo que ninguém é obrigado a consumir os produtos da própria rede de cinema, mas daqui a pouco vão levar frango assado! 😀

  • Luucas Rocha

    Otimo cast,aqui no cinema q eu vou as poltronas são numeradas,e sempre deu bem certo,pois lembro que na época q não era numerada sempre havia algum conflito e discussão entre o público,mas depois que começaram a vender numerada,nunca mais vi acontecer,o público sempre respeitou.

    Concordo com o Juras,Pra mim a fila da pipoca e do ingresso tem q sempre ser diferente.

    Também acho que deveriam informar na compra do ingresso os filmes que contém cenas pós-creditos,póis a muita gente que assiste sem saber que há tais cenas.

    Há também muita falta de respeito nas sessões,pessoas que ficam conversando alto,que atendem o celular dentro do cinema e como vcs citaram,as vezes,a luz que acende do celular tira nossa atenção.

    Aqui também a um problema maior com a fila,Principalamente nos domingos,sabado a noite,e dias de promoção,acho que tanto os fúncionarios quanto o público deveriam ter um tanto mais de organização.

    Mas fora isso,no cinema que eu costumo ir,não há tantos problemas,sempre há verificação da carterinha do estudante,as sessões quase nunca atrasam,o filme,quase sempre começa quando a maioria das poltronas ja estão ocupadas (claro que com um limite de tempo),assim,diminuindo o número de pessoas que chegam quando o filme ja esta começando,as salas quaze sempre estão limpas,so quando há algúm imprevisto q é preciso ”agilizar” a sessão.Emfim há suas qualidades e defeitos,mas vou mandar um E-Mail para tal rede,que assim pode talvez,me escutar,e quem sabe trabalhar para tais melhorias :]

  • Slow

    Aqui em Brasília costumo frequentar o Kinoplex Park Shopping, o que vejo são problemas frequentes como os apresentados no Cast, filas gigantes nas estreias, falta de organização e é claro falta de educação… Já cheguei a ver gente brincando de pique esconde dentro do cinema daqui.

    Achei interessante a ideia do Jurandir de implementar um sistema de cartão pré-pago no cinema, e vou além, acho que seria legal se os cinemas implementassem uma espécie de clube de vantagens para os usuários que frequentam constantemente o cinema.

    • Arthur Stark

      acho que seria legal se os cinemas implementassem uma espécie de clube de vantagens para os usuários que frequentam constantemente o cinema.

      .
      .
      .

      Muito interessante a sua ideia, pois o preço do cinema está pela hora da morte. Antes que me julguem mal, reconheço a importância do cinema e também a influência que este exerce. Todavia, não anula o fato de que estamos pagando, e enquanto consumidores de um produto caro, poderíamos sim obter certas “vantagens”. 😉

    • Já sugeri essa idéia do “clube de vantagens” no site da rede Cinemark, q domina as salas dos shoppings aqui de SP… até agora, só tem descontos para bancos filiados…

  • Caio Andrey

    Baixando..

  • Gabriel Victor

    Fui ver Transformers 3 no Cinemark do Botafogo Praia Shopping (Sala3). Todas as projeções da cinade eram legendadas (sim, só tinha legendado). Cheguei até a comentar com o maurício no Twitter.

    Logo de cara duas funcionárias avisaram que “tinha um problema” e ia atrasar. 20 minutos depois, outros dois funcionários apareceram e disseram que houve um problema na transferência para o projetor, e o filme só poderia ser exibido DUBLADO (vejam vocês)! Ok, estava com os amigos, e a maioria (inclusive eu) preferia filme dublado.

    Só que com mais ou menos 2h de filme, a projeção TRAVOU! E entre recomeçar, passar do ponto e avançar tudo de novo, gritaria e xingamentos generalizados, e etc. o filme só foi começar novamente quase 30 minutos depois!

    Eu não reclamei pois tinha ido ver um filme pipoca com os amigos. Zoamos muito, acabei rindo pra caramba.

  • Antes do meu comentário completo quero dizer uma coisa: Quem deixa lixo no cinema é um Porco sem educação.

    • tentei com palavrões mais chulos mas não aceitou o comentário.

      • Arthur Stark

        Quem deixa lixo no cinema é o mesmo que deixa: na praia, joga no meio da rua. Ou seja, pessoa sem educação. Nunca deixei lixo em lugar nenhum, até mesmo quando não tem lixeira perto, guardo num saquinho depois jogo no lixo mais próximo ou em casa.

        As pessoas tem que perceber que educação vem de berço e como diz o velho ditado “costume de casa vai à praça”.

  • Murilo Herik

    Muito bom!! Sou projecionista, e entendo muito bem os pontos apontados por vocês. Acho que deveria ser de obrigação cada gerente de cinema ouvir esse cast, pois aponta muito bem os problemas tanto de responsabilidade do cinema quanto de responsabilidade dos usuarios.
    Acredito que um dos grandes problemas que um complexo pode enfrentar é a quantidade de responsaveis envolvidos, por exemplo: problemas de ar condicionado por vezes pode ser responsabilidade do shopping entrando em grande conflito entre ambos. Certos cinemas não orientam seus funcionarios sobre os lançamentos, e como sabemos em todos os lugares existe gente insatisfeita gerando um serviço de pessima qualidade a pessoas que não tem nada a ver com a situação.

    Espero mesmo que os cinemas ouçam e reflitam para que todos juntos possam melhorar a qualidade dos mesmos.

  • Otimo cast!!

    Tenho costume de ir ao mesmo cinema a alguns anos, e, a única queixa que tenho, é sobre as pessoas. A ultima que me deixou muito irritado, foi há uma semana. Assim que começou o filme, três garotos, da fileira da frente, tiraram da bolsa, pacotes de batatas, e na fileira de trás, alguma pessoa estava com uma sacola, que, as vezes, fazia um barulho irritante. União de cheiro e barulho. Não chamei atenção, por que o que eles estavam fazendo, já estava atrapalhando certas pessoas, e chamar a atenção ali na hora, só ia atrapalhar mais ainda. Infelizmente, os únicos que tem respeito na sala de cinema, são aqueles que se colocam no lugar dos outros, e essas pessoas, ainda são poucas. =/

  • Jurandir, praticamente um “Sheldon” do “Big Bang Theory” em relação ao lugar dele .lol

    • Samuel

      Só falta checar a acústica da sala.

    • Hahaha pensei a mesma coisa ao ouvir o Cast… Tenho que confessar que também sou um “Sheldon”, quando vou ao cinema geralmente sou o 1º a entrar e passo pelo menos 1 minuto para escolher um local estratégico para contemplar a película. 😀

    • Fabrício Carraro

      Quanto ao comentário “à la Sheldon” do Juras, achei que faltou aí um pouco do bom senso que ele prega pra outras coisas.

      Com certeza se fosse ele com sua namorada, e por um acaso (trânsito, banheiro, fila mal organizada) eles tivessem chegado atrasados, ele (e a namorada) com certeza íam gostar que o cara tivesse bom senso e sentasse 1 lugar pro lado.

      Quanto ao resto concordo em praticamente tudo com o Juras, mas nessa eu achei incoerente.

      • Se eu for chegar atrasado, eu simplesmente não assisto a sessão. Até os comerciais fazem parte da sessão, na minha opinião. Só entro no cinema com a luz acesa.

        Não estou dizendo que tem que seguir o que eu falo em relação a isso, apenas disse que eu já sento em um lugar especifico e não troco mais.

      • As pessoas tem o direito de tentar e o Juras o direito de dizer não. As vezes o atraso não foi programado. E com certeza chegar cedo é a melhor política (SEMPRE FAÇO ISSO – NUNCA PEDI PRA NINGUEM MUDAR DE LUGAR)mas não me ofendo se alguém pede. Acho que extremismos não são positivos. “Olho por olho e acabaremos todos cegos” – Ghandi

      • Fabrício e Flávio, dois caras de bom senso!

        • Fernando de Moraes

          Eu não acho que é falta de bom senso não ceder o lugar e sim chamar de extremismo é falta de bom senso, se você quiser ceder o seu, faça o que achar melhor, se cadeiras não são numerados pelo ingresso, quem chegou primeiro por bom senso deve ter o direito de sentar onde escolheu, às vezes pra alguém sentar uma cadeira ao lado pode ser tão inconveniente quanto sentar na primeira fileira, e por isso ele chega mais cedo e se por milhares de motivos possíveis chegar mais tarde não vai sentar onde queria. É a mesmo princípio de uma fila que até crianças entendem. Pra mim isso não tem a ver com benevolência, então se você não faz o que alguém quer, você não é bom e eu gostaria muito de entender que diabos tem a ver o aforismo de Ghandi com o caso aqui discutido. Soltar frases de efeito totalmente fora do contexto, ou será que o Juras além de ser um extremista não cededor de lugares no cinema tem matado ou sendo tão perverso pra insinuar que ele concorda com a citada passagem do Código de Hamurabi e com o deus genocida do Velho Testamento?

          • Não estou jogando frases de efeito sem sentido, estou discutindo uma atitude em específico.
            Não estou dizendo q vc tem q ceder seu lugar toda vez. Estou falando q há a necessidade de avaliar a questão.
            Extremismo é finjir q não há mais ninguém no mundo, qdo sabemos q podemos ser um pouco mais gentis.
            É o q eu estou dizendo nos comentários: HÁ CASOS E CASOS.
            Acho q a citação de Ghandi ilustra q não devemos tratar todos como inimigos. Temos q avaliar em q situações devemos aplicar a negativa de não mudra de lugar ou não.
            Não estou julgando a pessoa do Juras, estou julgando a atitude extrema em específico.
            Qdo eu falo de falta de bom senso é nisso. É ter senso de saber a hora de ser educado e hora em q os outros é q estão extrapolando.
            Eu não sou ninguém para julgar ninguém. E se eu não gostasse do Juras não ouviria o Rapaduracast, não comentaria, não divulgaria no meu facebook toda vez q sai um programa e não confiaria nas opiniões dele, q mtas vezes me levam a assistir ou não um filme.

            Só qria discutir um assunto, mas ninguém consegue ser racional e não levar pelo pessoal. A gent até perde a vontade de comentar no blog.

          • Luene, concordo com você, em todos os sentidos. O Juras se mostrou meio radical com esse lance de não sair do lugar escolhido. Eu também tenho um lugar preferido, no meio da sala, e procuro chegar cedo para não ter que sentar em outro lugar, mas nem por isso acharia ruim andar uma cadeira pro lado para ceder lugar a um casal, seja de namorados ou o que for. As pessoas que vão acompanhadas querem ficar juntas e não vejo mal algum nisso. Quando eu vou acompanhado espero que as outras pessoas tenham essa consideração. E quanto a comentar, é complicado discutir opiniões, principalmente na internet onde todo mundo é mais macho e mais malandro.

          • Perfeito, Lucas, falou tudo!

          • Fernando de Moraes

            Eu não levei pro pessoal, em nenhum momento falei da sua pessoa, acho q pessoal foi citar o Juras como extremista, há várias coisas que ele já falou q eu naum concordo, não sou um defensor incondicional dele até porque ele nem precisa disso. Eu adoro o rapaduracast e essa parte de comentarios, embora nem sempre comente. Eu não sou mais macho ou malandro na internet como o Lucas Fry insinou, não sei se sobre mim ou outro, eu nunca foi ao cinema sozinho embora queira ir e às vezes que fui, sempre acompanhado, lógico que queria sentar ao lado de quem foi comigo, mas sei que ninguém é obrigado a mudar de lugar pra isso, e não acho egoísmo a pessoa não o fazer, eu já mudei uma cadeira ao lado para outro, mas simplesmente acho que não sou obrigado e se não o fizer não sou um radical, é a mesma coisa q ceder um lugar na fila, se você quiser ceda, mas senão o fizer, isso não é radicalismo, você está neste lugar pelo simples motivo de ter chegado mais cedo. Não perca a vontade de comentar aqui, eu tenho o maior carinho pelo cast e pelos ouvintes, porque acho que o cinema é uma arte transformadora para quem se entrega a ela e o cast me fez enxergar muito além o cinema, não com os olhos deles, mas com os meus, assistir a um filme pode se comparar a conhecer uma pessoa nova, porque afinal, você acaba sempre se conhecendo mais e sobre o que a vida em si pode representar. Não quero criar conflitos aqui que não levarão a nada, mas nem por isso deixarei de ecrever o que penso, não leve para o pessoal, porque eu certamente não levei. Não fui irracional, não disse que você não gostava do Juras, você escreveu sobre “fingir que não há mais ninguém no mundo”, “atitude extrema”, “tratar todos como inimigos”, amanhã eu posso ir ao cinema com a minha namorada e pedir pra alguém sentar uma cadeira ao lado, mas acho que radical e irracional seria pensar dessa pessoa que eu nem conheço todas essas suas expressões que citei, porque sei que ninguém é obrigado a fazer o que eu quero e eu RESPEITO isso, mesmo que de algum modo me desfavoreça. Espero que você tenha entendido o que eu quis dizer.

          • Minha resposta à você englobou uma resposta geral há vários outros comentários q se sucederam À discussão.
            Em todos os momentos em q usei o termo “radical” e “extremista” foi qto a posição específica de não mudar de lugar em hipótese alguma, não importando a situação.
            Pedi em diversos Reply q todos tivessem o “bom senso” de analisar a questão, e não dizer simplesmente “não mudo nunca e pronto”.
            Minha discussão com o Juras foi q ele considerou todo mundo folgado por pedir para mudar de lugar e não quis refletir q há situações diversas.
            Não dá para considerar q todas as pessoas são “farinha do mesmo saco”, generalizar.
            O que estou pedindo todo o tempo é o bom senso para avaliar as situações, é só isso. Esse é o âmago da questão.

  • Caio Andrey

    Otimo cast, tema realmente muito bom,adorei o novo esquema de casts, 2 curtos ao invez de 1 longo, obrigado pelo exelente trabalho.

  • Rafael Souza

    Vou deixar aqui o meu causo:

    Fui assistir X-men First Class no UCI Kinoplex no Norte Shopping/RJ, quando numa das cenas mais críticas do Magneto, a melhor cena por sinal, se apaga a tela do cinema. Foi extremamente broxante. Depois de 10 minutos eles voltam o filme, sem som e ainda nem se deram ao trabalho de voltar um pouco pra retomar o clima. 1 minuto depois voltou o som, mas o clima já tinha ido embora.

    E a respeito de mal educados, quando assisti o HP pt1 tinha um grupo de filhas da p*** que ficaram gritando e zoando o filme INTEIRO. Eu nem sou fanático por HP, mas foi de uma sacanagem sem tamanho. Acabei não entrando no clima do filme e não gostando tanto assim da fita.

    • Isso é difícil de entender, né!
      Primeiro, o cinema que tem como produto vender um filme e a experiência de assisti-lo, não tem o menor respeito com o seu público, não se preocupa em fazer com que seu público se satisfaça com aquela experiência.
      Segundo, essas pessoas que vão ao filme para não assisti-lo, só zuar. Não entendo o pq de gastar 20 reais para fazer bagunça, sendo q podem fazer isso de graça por ai.
      Revoltante!!!

  • O que me aborrece são as pessoas que vão ao cinema conversar. As vezes vão conversar sobre assuntos que não são sobre o filme, tipo comprar um tênis após o término do filme. O MAIOR ABSURDO foi um bando de jovens que conversavam alto no cinema e fiz SHIIIIII durante quase todo o filme. Um deles ficou revoltado comigo e disse: “-Não tenho o direito de falar durante o filme…?” Este acontecimento foi no Moviecon do Shopping Anália Franco na Vila Formosa em São Paulo.
    Falta de respeito total e no Cinemark, nenhum gerente toma atitudes em nenhum momento.

  • No início da exibição sempre tem o aviso na tela: DESLIGUE SEU CELULAR, NÃO FALE DURANTE A SESSÃO… mas o que percebo é: SE NÃO DESLIGAR O CELULAR E QUISER CONVERSAR, FIQUEM A VONTADE: NINGUÉM VAI TE TIRAR DA SALA…

  • Cinemark Guarulhos = salas sujas, chão grudento, filas desorganizadas e sem indicação, poltronas quebradas, caixa de som estourada

    • Aliás, quero deixar minha revolta qto a isso: Pagamos caro para ver um filme e, qdo fui assistir H.Potter parte 1, tive q assistir com uma caixa chiando bem ao meu lado e no meio do filme acho q o rapaz esqueceu de trocar o rolo, sei lá, e interrompeu o filme. O cinema ofereceu q voltassemos outro dia ou aguardassemos 1hora até normalizar a situação. Metade da sala saiu, mas fiquei aguardando e tudo se normalizou em 5min. Demorou pouco, mas tudo isso acabou com a minha experiência, acabei odiando o filme de uma saga q eu amo. Tive q alugar e assistir com calma para gostar do filme, para ter uma verdadeira experiência cinematográfica, sem interrupções e defeitos no som.

    • Vou sempre nesse. Realmente péssimo. Fica perto de onde eu trabalho (1 minuto andando), a fila da pipoca é horrível até nos dias de pouco movimento, o chão realmente gruda e toda sessão tem uma pessoa que não cala a boca. Em todas as sessões de qualquer Cinemark, as pessoas NUNCA desligam o celular.

    • O chão do Cinemark de Natal também fica grudento às vezes. É tão estranho.

      • Dá a impressão q eles não limpam nunca!
        Não é possível sujar tanto em algumas sessões.
        Eu já fui na primeira sessão do dia naquela sala e o chão tava grudando. Um nojo!!!

  • wagner silva

    ótimo tema!!

    baixando agora!!
    e aguardando o cast de harry poter, vai ser demais

  • Ótimo cast como sempre!
    Aqui em Maceió tem um multiplex do Centerplex, outro do Kinoplex que vai abrir nessa sexta (15/07)que pedia uma reforma há décadas de suas duas únicas salas no maior shopping da cidade e o Lumière com duas salas.
    Já tive vários problemas com os complexos e com o seu público. Recentemente com o First Class na estréia no Centerplex, o projecionista deixou o filme rolando até uns 20 minutos iniciais no FULLSCREEN! Depois da sala inteira reclamar, o gerente chegou na sala dizendo que o projecionista estava tentando consertar o erro e que ele não sabia mexer no equipamento! ABSURDO! E a sessão inteira o enquadramento continuou torto!
    O Centerplex de Maceió oferece conforto e um atendimento razoável, mas esse cinema é alvo de grandes críticas por só trazer cópias dubladas e ignorar o apelo do público. Depois do acontecimento na sessão do X-men, não volto mais lá.
    Mas acho o que mais incomoda nas sessões são as pessoas mal educadas. Mudei de lugar várias vezes por causa de conversas e bagunças de maloqueiros. Vocês ressaltaram as pessoas que põem pé na poltrona da frente, na sessão de A Rede Social, o filho da puta atrás de mim botou as duas pernas em cada lado da minha poltrona! Eu particularmente prefiro sentar em lugares que não tenham muitas pessoas em sessões um pouco mais vazias, mas o que me irrita MUITO em sessões que tem umas 10 pessoas, chega um filho da puta E SENTA NA TUA FRENTE. PORRA, O CINEMA TÁ VAZIO! Eu sempre saio, tenho medo de ser um estuprador.
    O mal preparamento de atendentes nos cinemas é algo de causar convulsões. Acho que algumas soluções são óbvias e outras precisam de uma atenção maior, mas é óbvio que o tesão de ir ao cinema é cada vez menor.

    • Tive um problema parecido aqui no cinema de Guarulhos. Fui ver um “Todo mundo em pânico” da vida e a imagem estava descontrolada, cortada pela metade. no começo as pessoas até acharam q era zueira do filme, mas depois de uns 2 ou 3 min, o público teve que gritar para chamar a atenção do projecionista q arrumou o filme, mas não começou novamente, foi dali para frente. Ou seja, a maior parte das pessoas não prestou atenção no que ocorreu e perdeu o início da história.
      Esse filme pode não ter algo tão relevante, mas e se fosse um “Matrix” ou um “A Origem” em q cada detalhe conta?!

  • Outra situação: o espectador que chega atrasado na sala, além de estar entrando atrasado, acha q vai achar um lugar lá em cima na sala, sendo q já tem gente sentada ali colada na tela. Por favor, pessoas, raciocinem: se as pessoas estão sentadas num local tão desconfortável é porque não tem mais lugar na parte de cima do cinema e não adianta ficar passeando dentro da sala procurando por um lugar melhor e atrapalhando quem já está sentado tentando ver o filme.

    • kkkkkk… realmente eu falo pra minha namorada q é mta cara de pau desse pessoal q chega atrasado e acha q “por milagre” vão achar um lugar perfeito onde ja estão pessoas q chegaram 40 min antes de abrir a sala… e outra eu gosto de ficar no meio, pode sobrar um lugar pra cada lado q ñ saio de onde escolhi, na próxima eles chegam mais cedo ao invés de tentar contar com a sorte… se todos derem lugar pros atrasados eles nunca vão aprender e chegar mais cedo!…

  • Marco Tulio

    Cara, vou no Cinemark aqui de Natal desde que abriu, acho que uns 6 anos atrás.

    Nunca tive problema nenhum assistindo o filme. Seja de público, de sujeira, projeção ruim….nada nada. Claro que sempre vai ter alguem comendo e abrindo 300 pacotes de plástico…mas isso ai já “faz parte” da ida ao cinema.

    Gosto mto do cinema, só nessa época de férias é que se formam filas, essas filas são sempre pra comprar pq tem pouca bilheteria aberta, faz mto tempo que não vejo uma fila pra entrar. Estou mto curioso pra ver como será a estréia de Harry Potter.

    hehehehehe

  • Opa!!! Excelente assunto!! Ouvirei e dps comentarei.
    Juras, aguardo um duplex lanterna verde e capitao américa hein. heheheh 😉

  • Gostaria de entender pessoas que vão ao cinema e passam o filme inteirinho trocando mensagens no celular com alguém. Se não é para prestar atenção ao filme, não gaste seu dinheiro comprando ingresso!!

  • Fernando de Moraes

    Bom, lógico que isso não é chute no saco neh, é só constatação de um megafã, mas esse não é o terceiro de apenas vocês dois juntos, teve o 188 – Jukebox: 1 Ano sem Michael Jackson que vocês esqueceram na hora, mas de qualquer forma por mim pode vir milhares assim que vocês formam uma dupla foda. Abraços e parabéns por mais um cast com enorme e relevância e divertido. E como sempre eu e creio que muitos outros estamos esperando o Forever Magnólia, porque neh com certeza merece, o Mau com certeza concorda e o próximo do PTA está previsto para 2013, segundo o IMDB, e mesmo se o mundo não acabar, não dá pra passar por Magnólia num cast que não seja só para o filme. E o cast podia durar o tempo do filme, hauhaau, que o Mau acho que não se cansaria de falar, mas se tiver um feito por vocês será memorável de qualquer maneira.

    • Rodrigo

      Também tem o número 200 que só os dois fizeram, sobre os bastidores do rapaduracast

      • Putz, esquecemos… é verdade.
        Fora 4, 5 com esse então:

        DR
        Jurassic Park
        Michael Jackson 2
        200 sobre o RC
        Problemas nos cinemas

  • Cris Torres

    Eu acho que o maior prblemas dos cinemas são as pessoas que os frequentam,se vc não quer ver e ouvir o filme direito,então não vai,e deixa quem quer em paz,agora,sacanagem é vc não respeitar o direito do outro de curtir o filme.Quando fui assisitir HP e as relíquias da morte,
    tinha uma mãe com uma criançainha de no máximo 3 anos de idade,pra que levar uma criança dessa idade pra ver um filme tão longo?Resultado,a criança não parava de chorar,de reclamar,de pedir pra ir embora,mas a culpa é da criança?Claro que não,a culpa é da mãe sem noção.Sem falar do povo que come sem parar e não te deixa ouvir o filme,fora os celulares da vida,os imundos que jogam lixo no chão,isso quando não jogam em cima de vc…
    Quando fui assisitir 10.000 A/C(o filme já não ajudava muito),a projeção toda hora caia,o som tinha hora que não saia,a luz acendia do nada,cara,um caos!!!!Disse pra mim mesma que não voltava mais nesse cinema,mas resolvi dar uma segunda chance e fui assistir Tropa de elite 2,eu só assisti mesmo,pq ouvir mesmo,nada!!!Tive que esperar o filme sair em DVD pra conseguir entender a maioria das coisas.
    Perto da quantidade de filmes que eu já assisti no cinema,raramente aconteçe alguma coisa chata comigo,mas quando aconteçe,MEODEOS!!

  • Nesses temas o Mau costuma ficar muito estressado.
    Baixando tambem o antigo self service RC 39 para ouvir novamente …

  • Juras, esse negócio de não pular de cadeira é meio egoismo, né! Afinal de contas as pessoas tem q sentar no chão sendo q todo mundo senta pulando um lugar para as pessoas do lado, ai ficam 4 ou 5 lugares vazios na fileira e as pessoas q pagaram o ingresso e entraram antes de iniciar os trailers são obrigadas a sentar no chão ou no gargalo por um egoismo. Temos q ser mais soldários se queremos cobrar educação e limpeza dos outros.
    Apóio vcs na maioria dos pontos levantados, mas reflitam sobre o q estou falando.

    • Solideriedade não tem nada a ver com educação. Pular cadeira não é solidariedade. Não curto fazer isso de sair da cadeira que já estou para acomodar outros, sendo que o cinema tá vazio. Mas se o cinema realmente estiver cheio e eu estiver de bom humor, eu pulo a cadeira.

      Normalmente eu já sento onde eu quero, por isso entreo 15 minutos antes. Agora nego entra nos trailers e quer q eu saia DO MEU LUGAR? Só não mando tomar no cu, pq sim, eu sou educado 😉

      • Vc não entendeu o que estou dizendo.
        Qdo fui ver Homem Aranha 3, a fila dava 3 voltas no corredor do shopping, isso pq cheguei 2 horas antes do filme. Qdo entrei no cinema finalmente, ainda não tinha começado os créditos e já tava lotado. Tinham fileiras com 3, 4 lugares vazios pq todo mundo deixava uma poltrona vazia. Nesse caso estou dizendo q é egoísmo querer ficar “separado” da pessoa do lado por um lugar, sabendo q a sessão está lotada.
        Eu entendo seu ponto de vista, só estou falando de casos como esse que citei. Qdo as pessoas entram depois q começa o trailer eu tbm não saio de onde estou por nada, mas qdo a situação é de lotação extrema, é necessário ser menos egoístas para que todos tenham o direito de sentar como vc.

        • É o crédito para quem chega cedo, poder escolher onde sentar.

          • Concordo totalmente com vc! Digo isso pra todo mundo q questiona eu ñ sair do lugar q escolhi pra dar lugar pros atrasados. Se td vez q um atrasado arrumar um lugar bom pra se sentar eles nunca vão aprender q, principalmente em uma grande estréia, as pessoas ficam nas filas 1 hora antes da sala abrir, pelo menos em SP é assim.

          • “Olho por olho e acabaremos todos cegos” – Ghandi

          • Ótima citação do Flávio Miranda Marteleto para tudo isso:
            “Olho por olho e acabaremos todos cegos” – Ghandi

  • Cris Torres

    Ah,esqueçi de dizer,o cinema que eu costumava frequentar era do Grupo Severiano Ribeiro,não tenho reclamações,excelente cinema,mas depois que casei e me mudei,passei a frequentar o cinema da rede Multiplex,que apesar de ter um cartaz na entrada proibindo a entrada com alimentos,não segue a regra e o povo entra com o que quiser.
    E o cinema do Tropa que era uma porcaria,é um cinema que pertençe à uma Faculdade particular aqui do Centro de Duque de Caxias/RJ.

  • Tchê, nem ouvi ainda o podcast e já me deu vontade de falar sobre o assunto.
    Temos aqui na Região do Vale dos Sinos (36km de Porto Alegre) a sala de cinema no Bourbon de São Leopoldo (Rede Cinesystem).

    Além de me deixar entrar numa sessão com o filme todo borrado, quando reclamei não iriam devolver meu dinheiro: iriam me dar excelentes ingressos cortesia.
    Enfim, falei que ia quebrar aquela merda toda e… Sacanagem…
    Insisti com a Gerente que o cinema era uma merda e que era uma falta de respeito com o cliente exibir uma sessão em que o projetor estava (e eles sabiam da falha) com problemas.

    Hoje quando eu quero ver um filme, até pelo péssimo sistema de distribuição de filmes, tenho que rodar 40km até Porto Alegre para pegar um cinema decente.

    Ah, aqui também temos Filmes 3D com óculos arranhados e engordurados.
    Poltronas sujas e gente bonita elegante e sincera…
    Um dia vi um cara com um Mc dentro do cinema.

    Grande Abraço,

    Vítor Padilha, 27 anos, issodavaumpodcast.com.br

  • Ah, no fim devolveram minha grana.

    Abraço!

  • Só uma coisa a declarar:
    .point ESTE CAST DEVIA PASSAR EM REDE NACIONAL! NA VOZ DO BRASIL, NA GLOBO, TRANSMITIDO DIRETO PRO CÉREBRO DAS PESSOAS!

  • Z3hr0_C00l

    Problema do auto atendimento do UCI é que parece que só rola no débito.

  • Nataly

    Baixando pra ouvir! Tema incrivel!

  • Rodrigo

    Não gostei muito da nova sala “XD” (Extreme Digital) da rede Cinemark. Os caras colocam a tela na parede INTEIRA (sério, quando entrei até me surpreendi), mas quando começa o filme, a projeção só ocupa metade da parede, como se fossem as telas das outras salas. Do som não tem o que reclamar, realmente é muito bom.
    Semana passada fui assistir TF 3 legendado na pré-estréia no Cinemark Pier 21 em Brasília. Como era quarta-feira, o cinema nem estava cheio, mas a sessão demorou 10 minutos pra começar. Assim que começa aquela música “DESLIGUE O SEU CELULAR…”, a tela ficou roxa. Depois de 3 minutos, ficou totalmente verde. Passados 5 minutos de tela verde, o filme começa e de repende a tela toda apaga e a cortina da tela se fecha. Foram uns 5 minutos de breu total quando então a cortina abre, e começa o filme…DUBLADO. O pessoal do cinema começou a gritar pro cara da projeção. Foi o prólogo todo dublado. Então as luzes acendem, o filme para e recomeça pela 3 vez, mas esqueçem de apagar as luzes…aí gritam de novo pro projecionista desligar as luzes. Além disso, não passou nenhum trailer…eu fiquei incomodado porque sou viciado em trailer hahah
    Outra vez foi Carros 2, na mesma rede, quando estava passando o curta do Toy Story, a tela estava no formato fullscreen, tudo distorcido, as cabeças dos personagens estavam cortadas. O cara só ajeitou quando o filme começou.
    Esse Cinemark que frequento tem melhorado, mas existem salas onde as caixas de som da parte de trás não funcionam (fiquei puto quando aconteceu isso em STAR TREK), onde ar fica desligado e os funcionários decidem quando vão olhar a carteirinha. Sempre escolho as salas nas quais sei que não tem problema, mas tenho pensado em mudar de cinema. Sei que o cinema do Boulevard é muito bom, mas nunca testei.

    • Murilo Herik

      Amigo esse XD é enganação, não pague caro por isso, é mais conhecido tb como o falso IMAX. Parece que nem 4K o projetor é…

      • Phelipe Vieira

        abriu um por aqui. o pior é que as projeções em 3D são só nessas salas XD. Verei Hp7 lá só pra testar.

        • Murilo Herik

          O ingresso é mais caro? Não vi sair Hp7 em copias 3D, pelo menos la no cinema as salas digitais estao rodando em 2D.

  • sergio de sousa

    ola
    no dia que foi assistir thor
    colocaram uma central de ar.. dentro da sala.. isso tava fazendo um barulho gigante… olhar que sendei do outro lado tava sen centra de ar.
    aff

  • Phelipe Vieira

    Adorei o tema, mas aqui na região Barueri/Osasco não tenho muitos problemas com o cinema não. Cinemark é uma rede de cinemas excelente! Agora tem Cinépolis aqui, que achei até melhor que a Rede Cinemark. Mais confortável, audio num tom certo, sem filas, e chegam filmes não muito populares, mto bom mesmo!

    E nas salas VIP a coisa é ainda melhor, já q vc paga 50 reais num ingresso e pode mandar e desmandar lá dentro, pedir pra aumentar o som e etc :p

    Exceto a rede KINOPLEX, que não sei pq, MAL ACABA O FILME e já entram as mulheres pra limpar a sala. Totalmente desagradável ficar até o fim dos creditos com a galera já limpando.

    E tem sempre aqueles adolescentes engraçadinhos fazendo gracinha né? Um lixo.

    • Você tocou em outro ponto que eu acho bem chato.
      Eu sempre fico até o final dos créditos e é muito chato o povo da limpeza olhando pra tua cara pra que você saia. É bem desconfortável

      • Putz…. o “lanterninha” do Cinemark de Guarulhos veio nos créditos do First Class e disse: “ESSE FILME NÃO TEM CENA DEPOIS DOS CRÉDITOS”… respondi: eu só quero ver os créditos mesmo…. e fiquei até o fim de birra… 😉

  • Sessões 3D.
    Ao colocar os óculos perdemos um pouco do brilho da imagem, o problema é quando a lampada do projetor não está configurada adequadamente, e pra piorar mais ainda é quando o filme possui várias cenas escuras.

    Não sei se é ordem da gêrencia para poupar os aparelhos, mas eu pago para VER um filme, e as vezes fico sem ver =/

    O que me deixa puto tbm, é a qualidade dos óculos q ficam caindo, e que eu posso ver o meu olho refletido na lente.

  • Alexandre

    Desde que eu nasci, há 20 anos, eu pago meia entrada e aqui no interior de SP isso raramente passa dos 10 reais. Então não espero muito do cinema.

    Quando dá algum problema com a tela ou a projeção, eu vou lá e reclamo numa boa. Falo com meus amigos para levarem o lixo e desligarem os celulares. Sou conformado, mas faço a minha parte.

  • MLamirez

    Excelente tema, o meu último problema que tive nas salas de cinema foi quando eu estava vendo Piratas 4… Tinha uma familía lá, os meninos eram muito hiperativas, não conseguiam ficar paradas, um dos meninos pediu pro pai pra ir ao banheiro e o pai abriu a tampa daquele copo de Coca-cola e mandou ele urinar lá dentro, as crianças não sossegaram, depois disso um outro menino quis dormir daí deitou no colo das outras. .cry

    Não espero mais nada das salas de cinema, o negócio é ficar lá na frente fora da multidão.

    • MLamirez

      hiperativos*

    • MLamirez

      parados*

    • Rodrigo

      AHHAHAHAHA Desculpa, mas eu ri ;D
      Sério, nunca tinha ouvido falar disso, realmente foi algo único. Que pai mais cara de pau, se não queria cuidar dos meninos, porque levou? Urinar num copo de Coca foi fod*.
      Numa sala que eu estava, uma mãe levou seu filho para assistir HP-PT 1 e ficava o garoto ficava perguntando “Mãe, esse é do mal?”, “Mãe, esse daí vai morrer?”, enfim, num calava a boca.
      Mas pirralho é um saco. Quando fui assistir ao novo “A Hora do Pesadelo” entrou um bocado de criança de 12 anos, não acreditando que conseguiram “burlar” para entrar. Eles não ficaram quietos, gritavam o tempo todo. Não deu outra, entrou a “lanterninha” e mandou todo mundo pra fora. Daí começou um pega-pega entre os moleques e as funcionárias do cinema dentro da sala.
      Outra vez foi no Jogos Mortais 5, se não me engano. Um cara entrou na sala, foi até a saída de emergência e a abriu. Entraram quase 10 pessoas, nenhum tinha mais de 18, com certeza. Como a sala tava vazia e eles não ficaram fazendo baderna, ninguém foi enxer o saco deles.

  • Gustavo Ferreira

    Certo dia, estava eu , esperando pelo início da sessão de Tron Legacy , passou meia hora e a droga do filme não havia começado.

    Uma galera da fileira de cima foi lá reclamar , e eis que eles voltam e comentam com os amigos que O PROJECIONISTA ESTAVA DORMINDO! A mulher que recebia os ingresso teve de ir lá em cima na sala de projeção pra acordar o sujeito.

    O 3D deve estar deixando os projecionistas mal acostumados , afinal é só dar play e deixar uhsauhsuhsa.

    Achei um absurdo esse dia.

  • Muito bom esse episódio!

    Com relação a verificação de ingressos de estudantes, o Cinemark de Santo André-SP só verifica a carteirinha de estudante das pessoas que estão com as mãos cheias com pipoca e refrigerante. Se você está com as mãos livres, eles nem olham pra você. Em outras palavras, eles só verificam se eles forem atrapalhar os clientes. Parece que essa é a única forma de diversão que os atendentes tem na vida!

  • Dwight

    Muito bom esse cast, ouvindo pela segunda vez ja 🙂 Eu so tenho uma pergunta:
    Vcs sabem se tem alguma cena pos-creditos do filme X-men Primeira Classe?
    Abrass..

    • … ñ tem… o “lanterninha” da sala q eu fui fez questão de ir falar pra galera sair e eles limparem logo….rs… claro q eu fiquei pra confirmar.

      • Dwight

        Vlws kra, eu iria ficar na sala ate o final para saber tb caso ninguem respondesse, obrigado por responder

  • Poxa,
    Não é todo dia que um e-mail meu é transformado num rapaduracast inteiro. Valeu pessoal! Achei que seria lido, talvez, no quadro de e-mails, fiquei muito feliz.

    Gostei muito e vocês conseguiram traduzir bem praticamente tudo que queria falar. Só na parte do autoatendimento que omiti alguns detalhes e pareceu confuso. Aqui em BH é normal ter nas salas aqueles caixas eletrônicos pra comprar o ingresso, as filas geralmente são menores e andam mais rápido que a bilheteria normal. Porém algumas vezes eles estão desligados sem nenhuma explicação, o mais estranho é que eles ficam sem funcionar nos dias mais lotados.

    O Maurício foi muito feliz na analogia da engrenagem, a gente tem que fazer essa engrenagem andar, se nos teatros tudo corre muito bem, porque no cinema não haveria de funcionar? Tá bom que o cinema abrange praticamente todas as classes sociais, mas aquela desculpa de que pobre é mal educado não cola mais. Muito pelo contrário, vemos muitas vezes os mais abastados possuírem essa falha de caráter, talvez por acharem que pelo fato de estarem pagando, podem tudo.

    Sobre as exibições ou aviso das cenas pós créditos, o cinema tem obrigação de exibir o filme completo. Mesmo que tais cenas não existam, é sinal de respeito e reconhecimento com toda aquela gente que aparece nas letrinhas miúdas que sobem e pouca gente presta atenção. Felizmente isso ainda não aconteceu comigo, o filme sempre foi exibido até o fim em todas sessões que assisti. Vale lembrar que a duração de um filme já conta com aqueles 5 minutos de créditos.

    Amaduerecendo a idéia do Maurício sobre o cartão de cinema para evitar filas, podemos ir mais longe, poderia ter um cartão fidelidade que você compra os créditos e vai usando até acabar, como aquele cartãozinho que já tem nos fliperamas. A pessoa compra o crédito pela internet e evita pelo menos a fila da bilheteria.

    Comprar ingresso pela internet pode parecer uma boa, mas não é. A burrice é tanta que você imprime o voucher e troca pelo ingresso de verdade na bilheteria, enfrentando a fila de qualquer maneira. A úninca vantagem disso é garantir que a sessão não estará lotada quando chegar no cinema. Porque até isso já aconteceu comigo, havia uma fila gigante na bilheteria e o cinema não tinha um painel eletrônico que controla a quantidade de ingressos disponíveis, quando faltava 10 pessoas para minha vez, a funcionária escreveu num papel e colou na parede: “Sessão tal para tal filme esgotada”. Fiquei decepcionado e fui pra casa, já que era a útima sessão.

    Pra variar falei demais, é isso galera, mais uma vez obrigado Jurandir e Maurício por levantarem novamente essa bandeira e vamos lembrar: se cada um fizer a sua parte, o cinema pode se torne novamente aquele local sagrado que costumava ser, onde deixamos do lado de fora nossos problemas e entramos num universo mágico por duas horas.

    Abração!

    • Helder Ribas

      Vivo comprando ingresso pela internet e nunca precisei trocar o ingresso, sempre vou direto para a fila do cinema.

    • Murilo Herik

      Deveria haver um local só para esse tipo de ingresso de internet, um caixa bem expresso mesmo, ou um guichê.

  • Brazuna

    Pior que problema no cinema, é problema no Shopping inteiro ehehe.
    Na cidade de Guaratinguetá-SP quando o Shopping está com carga total (inclua o cinema), ¬¬ a luz simplesmente acaba, e demora por volta de uns 10 min para voltar.
    No dia que fui assistir ‘2012’, XD ficamos sem luz 5 vezes!! E pra piorar o que já estava ruim, uns pirralhos começaram a brincar com a luz do celular pela sala inteira…Inferno total.

  • Fabrício Carraro

    Meu MAIOR problema foi um não citado. Eu frequentemente (frequentemente MESMO) vou ao Cinemark do Shopping Central Plaza na divisa de São Caetano do Sul com São Paulo.

    O que acontece lá é que as salas que não são as da frente geralmente ficam com um som MUITO baixo. Não é deficiência do cinema, pois nem sempre é assim, mas é culpa do cinema por não ter ninguém lá pra verificar isso.

    Já aconteceu com o “Além da Vida” do Clint Eastwood, onde se podia ouvir a respiração das pessoas de TÃO baixo. Aconteceu no “Caça às Bruxas” do Nicolas Cage. Aconteceu no “Se Beber Não Case 2”. Aconteceu no “Kung Fu Panda 2”.

    Eu acho um absurdo isso, mas também não quero ter que levantar no meio do filme pra ir LÁ na bilheteria avisar ao gerente. Nisso eu já perco 10 minutos do meu filme. Ir ao cinema pra mim é sagrado, não saio nem pra ir ao banheiro, só acho um descaso não ter ninguém pra verificar isso. Nem precisa ser no filme inteiro, mas ficando 2 minutos em cada sala já dá pra entender.

  • Muito bom o tema!

    Minha única falha no cinema foi na pré-estréia de X-Men Origens: Wolverine, dormi logo no começo do filme e meus amigos disseram que eu roncava muito alto, eles me cutuvelavam mas cinco minutos depois eu voltava a dormir…
    Ao menos quem foi nessa sessão pôde dar a desculpa de que foi eu quem estragou o filme para eles.

    Abraços!

  • Ainda no inicio do cast, e já vou falando sobre alguns pontos.

    Sou do Rio de Janeiro, vou nas salas de cinema tanto na Zona Sul quanto na Baixada Fluminense. As cadeiras, dos 4 cinema que costumo ir, São numeradas e TODOS respeitam. Só uma vez teve um problema, que não foi comigo, mas foi resolvido em 3 ou 4 minutos. EU SÓ vou em cinemas com cadeira numerada. Acho idiota a cadeira NÂO ser numerada. Ficar na fila para entrar na sala 40 minutos ou 30 minutos antes da sessão, as vezes mais, para pegar um bom lugar é coisa de louco. Este tempo já passou, nas boas salas do Rio de janeiro.

    Sim, filas devem e tem que ser diferentes para ingresso e para “pipoca”. Pelos motivos que o Juras já comentou. Aqui no Rio de Janeiro, estes cinemas que freqüento, 3 possuem atendimento automático. Isso facilita MUITO e agiliza incrivelmente a compra das entradas. Claro que, ao menos aqui nos cinemas do Rio, muitas pessoas tem o costume de comprar entrada adiantada.
    Contudo mesmo quando as filas ficam gigantes, costumo ser atendido em não mais de 15 minutos.

    (vou enviar em e-mail para não me alongar muito aqui. Abraço)

  • Aqui em Fortaleza peguei 2 sessões “pé no saco” e faz pouco tempo.

    Uma no “Se beber não case 2” onde a sala tava LOTADA, tinha mais gente do que cadeira ( não sei como acontece isso, já que os ingressos são contatos, será que é o povo que sai de uma sessão e entra na outra sem comprar o outro ingresso ?! se for cade a fiscalização ? ), a escada cheia de gente sentada, atrapalhando MUITO a visão de que quem tava sentado nas pontas, sem falar na zuada que o povo fazia pq um grupo sentou na frente e ficou “conversando” com um grupo que ficou sentado no fundo do cinema

    Outra sessão foi a do “X-mem” onde a sessão começou com MUITO atraso, tipo na hora que a sessão tava marcada pra começar, a sala ainda não tava liberada pra entrar

    A soluão que eu encontrei pra não me aborrecer mais é evitar os dias de promoção, evitar os finais de semana e ir só durante a semana nos dias que não tem promoção ( perco a promoção, mas não me aborreço )

    Esqueceram de falar dos casais que vão pro cinema e ficam se agarrando o filme TODO ! Se é na sua frente ou do seu lado incomoda, atrapalha.

    E sobre jogar o lixo fora, o povo é porco e sem educação, não só no cinema, começa na praça de alimentação do shopping, terminam de comer e são incapazes de tirar a bandeja e levar pra lixeira que ta no maxino a 5, 6 passos da pessoa.

    Eu também não troco o meu lugar com ninguem, sempre sento no mesmo lugar, sempre chego 30 minutos antes da sessão começar.

    Fico é rindo de quem chega tarde e quer sentar junto, ta indo acompanhado ou em grupo, se programe pra chegar cedo ! Imprevistos acontecem, mas resolve pegando a proxima sessão, ou voltando no outro dia, mas não venha encher o saco de quem chegou cedo !

    • Rui, vc levantou um ponto q realmente me irrita: ninguém tem a capacidade de jogar o lixo nem na praça de alimentação. Meu, cm essa gent porca me irrita. Folgados até o fim.

  • Carlos

    Gostei das aberturas temática de cada cast.
    Fui ver X-Men: First Class, sala lotada, e ar desligado, nossa, um terror.
    Ouvindo…

  • fha

    Eu queria era saber por que os ingressos comprados pela internet são mais caros do que os comprados na bilheteria. São bem mais caros !!! Tem uma taxa de serviço que tira a vontade de comprar.

    Pela lógica deveriam ser mais baratos, pois não tem todo o operacional da venda para o cinema. Os cinemas e os sites que vendem deveriam entrar em um acordo para que preço ficasse pelo menos igual ao da bilheteria.

    Isso ajudaria bastante a diminuir as filas e problemas de atendimento.

    • Isso ocorre pq a senhora rede de cinema pensa assim “EU JAH TO EVITANDO DE VC PEGAR FILA”.

      Oq eh uma put-ria, mas acho q eh assim q eles pensam…

  • Ercy de Miranda

    Aqui em Natal/RN os cinemas são “bons”… principalmente o Cinemark. Minha reclamação é em relação ao público mesmo, que não respeita quem tá do lado. Mas isso é em qualquer lugar

  • Danny Maia

    Tomara que os gerentes e todos os responsáveis pelos cinemas escutem este cast e realmente entendam as nossas observações. E os frequentadores de cinema com modos de educação questionáveis, por favor, também fiquem atentos ao programa.
    Vamos ao cast…

    • Danny Maia

      O cast englobou bem os problemas que encontramos nas nossas idas ao cinema.
      Acredito que todo frequentador de cinema já teve contato com alguns dos problemas citados, se não com todos.
      Eu particularmente já presenciei a maioria. Filas quilométricas, com apenas dois guichês de seis operando.
      Socos na poltrona, celulares tocando, com a pessoa convidando a outra para ir assistir também e falando alto.
      Recentemente levei meus sobrinhos para assistir Carros 2 e durante a sessão comecei a sentir cheiro de álcool. Foi aí que percebi que o cidadão do meu lado estava com duas latas de cerveja. Pensei em chamar alguém, mas como o Mau disse, além de perder o filme, não quis estragar aquele momento dos meus sobrinhos. Afinal a gente nunca sabe o tipo de reação que a pessoa vai ter, e neste caso eu não sabia também qual era o nível etílico que a pessoa estava.
      Quando fui ver Padre a sessão começou totalmente desfocada. A princípio pensei que tinha me enganado e comprado ingresso para a sessão 3D. Mas logo verifiquei que não, até porque ninguém estava com os óculos 3D. Ficou assim até o início do filme, quando todo mundo da sala começou a gritar para a criatura que estava operando o projetor. Ele arrumou o foco, mas ainda assim mais duas vezes tivemos que nos manifestar porque a imagem voltou a ficar ruim. Sem contar a mancha na tela ou no vidro da janela do projetor, até hoje não descobrir. Era uma mancha amarela, de algo que escorreu, que nas cenas de fundo claro ficava totalmente nítida. Comuniquei os funcionários do cinema, mas como não assisti a mais nenhum filme daquela sala, não sei se resolveram este problema.
      Uma coisa que me incomoda muito é o fato de deixarem a porta das salas abertas após o início da sessão. Várias vezes me levantei para eu mesma fechar a porta. Esta semana mesmo vendo Meia Noite em Paris, a porta estava aberta. A sala do lado estava passando Transformers 3, então o barulho todo dos robôs acabava interferindo no clima calmo e magico do filme de Woody Allen. Quando estava para me levantar e fechar a porta, um funcionário do cinema fez o milagre de aparecer e fechá-la.
      Situações de “pegações” de casais das salas também incomoda. Nada contra um carinho feito do seu companheiro, mas já presenciei duas garotas quase se devorando em uma sessão do filme A Dona da História. Sem ser reclamona mas, além dos barulhos dos beijos e chupões, muitas pessoas ficam constrangidas.
      Não costumo consumir nada no cinema, mas se o faço levo meu lixo embora, é o mínimo. Não cai a mão de ninguém fazer este movimento e como foi dito no cast, isso ajuda o processo todo do cinema, e simplificando e sendo bem sincera, é educação básica!
      Preciso deixar aqui registrado que as programações das chamadas sessões do “cine cult” (pelo menos é assim que chamam aqui em São José as sessões de filmes não tão comercias) são decepcionantes. Os filmes desta propramação sempre tiveram uma unica sessão, as 14H00, que ficava em cartaz no máximo duas semanas. Agora a sessão é as 11H00. O que significa que se eu quiser assistir filmes como 127 Horas, Biutiful, tenho que me organizar toda para conseguir chegar até a esta única sessão.
      Entendo que filmes como este não rendem como um blockbuster, mas pelo menos mais opções de sessões deveriam constar na grade dos cinemas. Isso é muito frustante, já perdi a chance de assistir filmes que queriam muito ver na telona por causa deste horário.
      Gostei da maneira como vocês colocam os problemas e das possíveis soluções. Sobre as cenas após os créditos que alguns filmes tem, a gerência podeia colocar um aviso no pôster do filme que fica em exposicão na entrada da bilheteria. Ou mandar que os funcionários ao venderem o ingresso avisem os clientes, assim como eles avisam que o filme é legendado ou dublado.
      Muitas coisas precisam mudar, desde de funcionários mais preparados e melhor renumerados, até e principalmente um público mais consciente em saber usar o espaço do cinema.

  • Felipe Pereira

    É preciso mencionar o Centerplex Maracanaú.
    Aquilo não é um cinema, é uma falta de respeito.

  • alexandre

    Relatando algumas experiencias que tive em salas de cinema:
    – Pessoas comentando cena a cena do filme
    -Uma criatura (só posso usar esse nome) ligar um laptop durante o filme
    -Pessoas saindo na mão por discutirem se um filme turco é bom ou não
    -Ver um filme, aonde o silencio predomina na película e de repente, escutar a descarga do banheiro que fica ao lado da sala
    E para não dizer que só falei coisas ruins, aqui no Rio de Janeiro, ja vi em alguns cinemas (cadeia Cinemark Botafogo) avisarem a cada pessoa que entravam na sessão, que o filme teria cena pós-créditos

    • Ligar o laptop no meio do filme!! Caraca, o cara realmente tava achando q tava na casa dele!! Tenso!

      • alexandre

        o pior é que ligou e ficou assim a sessão quase toda, quando deixei de ser educado acertei-o com um copo vazio de refrigerante

      • Quando eu vi Transformers 3 um cara estava com o laptop ligado e assistindo Transfomers 2 minutos antes da sessão iniciar. Tem gente que tem cada uma!

        • Se o cara tava vendo antes de começar a sessão até vai, mas dpois q apaga as luzes é sacanagem.

  • A exibidora nunca foi um grande problema, eu só tive um problema sério com o cinema e depois de mta conversa o problema foi resolvido, para mim o pior ponto é sempre o publico. Não sei se acontece em outras cidades mais aqui onde eu moro, blumenau, as pessoas estão cada vez mais porcas e mal-educadas. elas fazem praticamentes chiqueirinhos no cinema, emporcalham tdo e fazem questão de não limpar. as pessoas fazem questão de passar dos limites. não respeitam mais o proximo.

    Cinema não é casa da mãe-joana. tem que ter respeito com os funcionários de cinema e com o proximo. e não sabe se comportar em publico, fica em casa.

  • Eu e minha namorada vamos TODA semana no cinema da rede Cinemark do Shopping Internacional de Guarulhos, que diga-se de passagem, vem passando por uma reforma meio que “antes tarde do que nunca”, que ja deveria ter sido feita.
    A primeira indignação é com o tempo para comprar pipoca e refrigerante… como pode uma coisa tão simples que é encher um saco de pipoca e apertar um botão para encher um copo de refrigerante demorar mais de 5 minutos por pessoa! Quando vamos ao cinema fica um na fila que normalmente nós mesmos começamos a formar e outro na fila da pipoca…
    Agora devo dizer que sou um cara muito calmo, pacífico, paciente… mas uma coisa que me deixa muito PUTO é qdo um FDP começa a dar COICE atras da minha poltrona… pqp… gosto de estar sempre entre os 10 primeiros da fila pra escolher o lugar que mais gosto (meio da sala, 5ª fileira de cima pra baixo), e sempre tem um espaçoso do #$%&@! q consegue “escorregar” na sua poltrona até encostar na da frente, no caso a minha, então não importa onde eu sente, sempre tem aquele corno q nasceu pra incomodar e vai sentar atras….rs… fora os que gostam de comentar o filme… enfim….

    • Seu comentário é perfeito. Vou exatamente neste mesmo cinema quase todas as semanas, pois trabalho perto do Shopping Internacional. Tudo que você escreveu aí, acontece comigo!

      • Isso pq gostamos de ir nas últimas sessões, aquelas que só tem as sextas e sabados, e mesmo assim a bagunça prevalece… vamos ver como fica depois da reforma né!

        • Concordo! As últimas sessões são as melhores principalmente quando o filme é liberado para todas as idades, pois no horário “comercial” tem muita criança e o bom senso dos pais é ZERO! A reforma é necessário, pois as vezes esse Cinemark “fede” um pouco, mas acredito que é devido a infiltrações de água ocasionadas pela chuva… mas isso fica pra outro cast! Abraço!

  • Marcelo
  • Já dizia isso aqui por Recife, mas depois desse cast deu pra ver que o problema é Nacional: tá difícil gostar de cinema no Brasil.

    Seja pela falta de respeito dos exibidores, seja pela falta de educação do público.

    Um cast que merece ser ouvido não só pelo público mas também pelos gerentes e donos de complexos Brasil a fora.

    São diversos problemas tanto físicos como morais que os fãs de cinema enfrentam. Falo pela minhas últimas experiências.

    É foda chegar num cinema, pagar ingresso, ficar super animado pra ver um filme e daí o som da sala estar abafado. Sabe por que? Porque o cinema tava usando somente os caixas de trás da tela. E não era problema do filme, pois fui assistir outro filme, em outra sala, no mesmo complexo, e o problema se repetia.

    Só pra detalhar mesmo: UCI Shopping Recife. Os filmes: Se beber não case parte II e Meia-noite em Paris.

    Nesse último ainda foi pior, pois a distribuidora vendeu o filme no Brasil como uma comédia romântica de verão. Sala cheia, mas boa parte do público esperando um filme pipoca americano cheio de piadas sobre peidos e traições.
    Me incomodou muito isso, pois a falta de respeito foi ENORME. Faltou maturidade do público de sair da sala já que não tava gostando. E ai bateu com a falta de educação. Quase que EU desistia de ver o filme por causa disso.

    Outro problema muito grande aqui é a questão dos filmes dublados. Eu acho massa ter essa opção porque faz com que muita gente vá ao cinema. Ótimo. Mas eu prefiro filme legendados. Cresci assim e boa parte do que sei do idioma norte-americano eu aprendi assim. Sem contar que prefiro as atuações originais. Acho foda a dublagem brasileira, muito boa, mas prefiro legendado.

    Só que aqui não existe mais a opção. Já aconteceu de filmes estarem passando em três salas no mesmo complexo e em todas as três ele ser exibido legendado. E não era nem um filme infantil!

  • Cadeira numerada? espero que isso chegue logo em Santos, pois aqui temos muita mulekada no cinema, são aqueles caras que vão em 15 pessoas pro cinema e ficam falando besteira, tocando aqueles toques estupidos de celular no meio do filme, e com certeza tanta gente junta não dá certo no cinema.
    Aqui em Santos temos o “sem parar” que é usado em pedágios e shoppings, é um aparelho que é usado para entrar sem filas nesses locais, acho que poderiamos ter um cartão que a pessoa passa numa catraca e no final do mês vem um boleto pra casa da pessoa com quantas vezes esse cartão foi usado no cinema com o valor a ser pago.

  • Rato de sebo

    Rodrigo Cesar Worms – 33 anos – Mafra-SC

    Po a idéia da cinemoça é boa!!!

    E o cara que chega tarde na sessão. Put@merd@ o cara entra tarde e é o cara que mais demora para achar o lugar para sentar, q M!!!

    Galera comprem ingresso antecipado, isso facilita para que não precise ficar na fila

    Gostei do formato short cast.
    Ate mais

  • Muito bom cast, fui no cinema poucas vezes pq chegou a pouco tempo aqui na minha cidade. Até então o pessoal foi muito educado e não desrespeitou nada. ainda bem, da próxima vez que eu for espero que que continue assim.

  • Jessica Alves

    O problema maior é de quem vai ao cinema!
    Muita gente sem educação!

    Odeio o povo que vai só comer no cinema! Gente, cinema não é o sofá de casa não!
    Que fome toda é essa que não passa em 15 min (lanchar na praça de alimentação) ou não pode esperar 1h30???
    voces já repararam que essas pessoas sempre compram fandangos, Ruffles, tudo para desconcentrar quem está perto e ainda fazer barulho com sacos plasticos!??
    Sem falar que fazem a maior lambança! E depois reclamam quando o cinema fica sujo ou caro!

    Outra coisa que lembrarm aqui nos comentarios: as pegações! O povo sem modos, pensam que estão encenando “American pie”( para não falar coisa pior né)!

    Certos filmes que sei tem publico jovem (não que eu seja velha) ou fãs, fujo das sessões que irào lotar!
    Tenho medo de ter briga e sair com pipoca no cabelo! Ou pior ficar surda com os gritos!

    Muitos problemas com o cinema podem ser resolvidos mais facilmente do que os causados pelo publico, basta a gente reclamar que algumas coisas melhoram, outras não!

    • Daniel de Souza

      Jéssica, me permita discordar de comer no cinema. Incluo o recado para o Maurício Saldanha, que já ouvi em um podcast que não gosta de gente comendo na sala.
      Mas gente, eu curto cinema, mas para mim, ir na sala em uma pipoca e um refri é como dirigir carro sem volante. Até é possível, mas fica muito estranho.
      Claro, cuido para não fazer barulho. Quando vou balançar o restinho da pipoca, aguardo um som alto. O refri, nem pensar fazer aquela suquição (é assim que escreve? Não sei, perdão se errei)quando acaba.
      Já teve vezes de não ir no cinema porque já tinha jantado e não teria fome para comer a pipoca.
      E veja, como eu, imagino que tem várias pessoas assim. Tipo, acho que eu gosto porque to satisfazendo o cabeça (com o filme) e a barriga (com a pipoca).
      É isso, abraço!

      • Concordo com vc Daniel, ja fui com minha namorada assistir filme sem comprar pipoca e refri pois tinhamos acabado de jantar e foi mto estranho mesmo, acho q é mais pelo habito de pegar a pipoca e comer do que por ficar com fome durante o filme…

    • Jessica Alves

      Mas pipoca é outra categoria!
      E pipoca não faz quase barulho!
      Mas tem muita gente que só vai comer no cinema!
      Entra com sacola cheias, parece que fez a feira para comer durante o filme INTEIRO!

  • Daniel de Souza

    Olá!
    Primeiro um abraço para o Jurandir e o Maurício, além do Siqueira, acompanho a 2 meses o cast e acho o máximo. Muito bom. É a primeira vez que comento, porque quando acabo de escutar, já tem uns dois novos programas para ouvir.
    O motivo é que gosto de ouvir com calma, relax, prestando atenção em cada informação. Mas saibam que tem um ouvinte acompanhando direto aqui em Florianópolis.
    Sobre o problema nos cinemas, quero rasgar elogios para o Cinesystem em Floripa, é perfeito.
    Já o cinemark daqui é muito ruim, e olha que conheço outras filiais da rede. Esses dias sai da sala e queria ir no banheiro, disseram que o cinema já tinha fechado e eu não podia mais ir no banheiro do cinema. Mas como, acabei de sair? E quando o banheiro está aberto, a maioria dos miquitórios está fechado, só um funcionando. Atendimento dos funcionários é outra coisa ruim, falam baixo, sem vontade e sem saber nada. Exemplo: Tem agora um balde grande de pipoca para comprar, eu queria saber a quantidade e qual seria mais vantagem, comprar duas pipocas grandes ou o balde. Quem disse q a funcionaria sabia! O pior, numa má vontade. Até mandei um e-mail para o cinemark, mas a resposta é daquelas bem vagas.
    É isso!

    • Cara, fui conhecer Floripa em novembro do ano passado e gostei mto do Cinemark daí, parecia ser novo e tal… e a vantagem q ele leva em relação aos de SP é que todas as salas são numeradas, aqui só as salas XD da rede são numeradas.

  • Ronaldo

    Concordo com tudo que foi discutido no cast , acho que o principal é a audiencia da sala , se eles souberem se portar dentro da sala vao ter razao ao solicitar algo para o cinema

    PS , Po JURAS falou tanto pro povo te educaçao mais quando alguem te pede pra pular uma cadeira pra ficar com a namorada voce nega pq sento primeiro ! Ve isso ai !

    • Já comentei mais acima, mas onde isso é falta de educação? Eu chego cedo para escolher o meu lugar. Se querem escolher lugar, cheguem cedo também.

      Mas não é sempre que faço isso…

      Porém, se as luzes já tiverem apagadas, UM ABRAÇO.

    • Bem vindo a nossa discussão, Ronaldo!

    • Murilo Herik

      O lugar é dele ele sentou primeiro, não existe educação para você ceder o seu lugar pq alguem pediu, sendo que esse alguem não tem direito ao mesmo.
      Falta de educação é voce sentar na cadeira de prioridade no onibus chegar o mesmo prioritario e querer sentar e você não ceder o lugar.
      Ja digo mais ainda, vai com a namoradinha idiota porque quer, ta na chuva é pra se molhar, se vai sair com alguem aguente as consequencias de nem sempre conseguir o que pretende.

      • Anderson Paranhos

        Com certeza vc deve andar sempre sozinho, que triste.

      • Ronaldo

        Concerteza voce nao teve namorada e nunca viveu uma situaçao dessas cara
        , Digo mais voce deve ser um dos caras que não é nem um pouco flexivel na sala de cinema o famoso “eu paguei e eu exigo “

        • É a questão do bom senso. Há situações em q realmente as pessoas folgam, sabem q estão erradas e ainda sim qrem ter o direito de sentar mais pra cima ou junto com os amigos.
          Chego cedo, entro na sala assim q liberam pra entrar. Mas não me incomodo de pular um lugar se eu sei q a sala está extremamente lotada.
          Acho q temos q saber julgar, avaliar.
          Eu evito estréias, dias de promoção e filmes dublados (mta criança e adolecente bobo).
          Infelizmente tenho q mudar meus hábitos pela falta de educação dos outros. Evito me incomodar e ter de mudar de lugar.

        • Murilo Herik

          “Concerteza” ?
          Ja fui com namorada ao cinema, é um saco, alias ir com qualquer companhia é chato. Assisti X-Men com uma turma de amigos e não foi uma experiencia muito legal, não aproveitei a experiencia por completo.
          Andar sozinho é uma dadiva para poucos.

          • Ronaldo

            FOREVER ALONE

          • Murilo Herik

            Sempre!

  • Daniel de Souza

    Jéssica, me permita discordar de comer no cinema. Incluo o recado para o Maurício Saldanha, que já ouvi em um podcast que não gosta de gente comendo na sala.

    Mas gente, eu curto cinema, mas para mim, ir na sala em uma pipoca e um refri é como dirigir carro sem volante. Até é possível, mas fica muito estranho.

    Claro, cuido para não fazer barulho. Quando vou balançar o restinho da pipoca, aguardo um som alto. O refri, nem pensar fazer aquela suquição (é assim que escreve? Não sei, perdão se errei)quando acaba.

    Já teve vezes de não ir no cinema porque já tinha jantado e não teria fome para comer a pipoca.

    E veja, como eu, imagino que tem várias pessoas assim. Tipo, acho que eu gosto porque to satisfazendo o cabeça (com o filme) e a barriga (com a pipoca).

    É isso, abraço!

    • Roy Mustang

      Daniel,

      Te apoio totalmente! Adoro a rede Cinemark, nunca tive nenhum problema com eles, mas principalmente, AMO a pipoca deles. 😀

      • Daniel de Souza

        A pipoca do Cinemark é muito bom. Sou fã. Mas quando conheci do Cinesystem, a melhor mudou de nome. É muito melhor.

        Sobre o cinemark, eu gosto em outras filiais. Mas a filial aqui de Florianópolis é péssima. Infelizmente.

    • Eu adoro cinema com pipoca. Acho q um está ligado ao outro, não tem jeito. Mas eu evito barulho com pacotes e jogo a sujeira no lixo após a sessão.
      Agora, acho q o pessoal exagera ao levar lanches do Mc, pacotes de salgadinho e refri em lata pra sala de cinema. São coisas q vc não consegue comer/abrir sem fazer barulho e sujeira.

  • Um dos podcasts mais útes q eu ja ouvi. Uma aula que da pra ser resumida em uma única lição. Respeite para ser respeitado.
    Parabéns

  • Roy Mustang

    A ideia de centralizar a venda de ingressos e comida em um ponto só é boa e ruim. É prático pra pessoa não ter que entrar em duas filas, o problema que é mais um motivo pro pessoal ficar enrolando na frente do caixa.

  • Luiz Henrique Alvares

    Sem dúvida, o maior problema por aqui onde eu moro quando se fala de cinema, é o próprio cinema. Já assisti vários filmes com a tela/imagem desfocada, caixas de som falhando ou então com o volume insanamente alto. Fora os atrasos para os filmes entrarem em exibição.

    O público por outro lado é bem tranquilo. Não há o que reclamar.

    • Daniel de Souza

      Oi, sugestão: procure o gerente e reclame. Se o cara for esperto, vai dar um gente de compensar essas falhas.

      Já aconteceu comigo. Pense, assistir THOR com som ruim! Aconteceu comigo. Reclamei e digo, o gerente me dobrou legal, foi bom integro.

      Outra vez eu assisti um filme que não lembro qual foi, em uma outra rede (que não é cinesystem e nem cinemark). O som tava pessimo. Reclamei. O gerente disse: “Foi na sala 1? Pois é, essa sala tem problema com som desde que inauguramos (fazia 1 ano). Infelizmente a central da rede ainda não mandou um tecnico”. Então porque deixam a sala ser usada!?!??!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?

      • Luiz Henrique Alvares

        Então, já mandei uma reclamação no site do cinema. Foi na época do Sucker Punch, fiquei tanto tempo esperando o filme e o caras erram bonito na projeção e no som.
        Os manolos nunca me responderam.
        .boring
        Já to vendo a possibilidade de começar a sair da cidade para assistir em outros cinemas da região.

  • saru

    esse cast foi um dos melhores sobre o assunto CINEMA (fisico) hehe.
    muito bom trabalho abraços galera! :p 😉

  • Anderson Paranhos

    -1 ponto para o Jurandir, passa o programa inteiro falando de bonsenso e perto do fim paga de escroto quando fala q não se muda 1 poltrona para o lado para “ajudar” um casal, mandou mal Jurandir.
    Cadê o bonsenso?

    • Eu chego cedo para escolher meu lugar.
      Se quer escolher o seu, chegue cedo também.
      Isso não é bom senso, é A COISA CERTA.

      Muita gente adora tirar vantagem. Chega atrasado e ainda quer fazer com que as pessoas pulem de cadeira só pra poder sentar junto? Okey hein.

      Eu sou metodico onde eu sento.

      Se eu chego tarde, e o cinema tá cheio, não vejo problema nenhum sentar na primeira fileira. Não vou é ficar incomodando os outros para pularem de cadeira. Eu já assisti filme na escada várias vezes. Mérito de escolher sua cadeira é para quem chega cedo. Quem chega tarde tem que se fuder mesmo.

      • Carlos

        Concordo, quem chega cedo deve escolher. Quem chega depois senta onde tá disponível.
        Várias vezes fui no cinema e não pude escolher o local e como sempre vou com minha esposa acabamos sentando mais à frente para não incomodar quem chegou mais cedo.

      • Daniel de Souza

        Juras (ptuz, te ouço tanto nos podcasts que me faço de amigo). Corrigindo então: Jurandir!

        Concordo com você, chegou cedo, pegou fila, as vezes planejou o dia para ter tempo de chegar. Aí um camarada e que um “jeitinho brasileiro”.

        Agora só um detalhe, em breve o Sindicato das Poltronas da Primeira Fila entrará com uma ação contra você por preconceito…hehehehehee

      • “Mérito de escolher sua cadeira é para quem chega cedo. Quem chega tarde tem que se fuder mesmo.”
        LIKE A BOSS

      • E viva as poltronas numeradas, mesmo. Eu e minha namorada já desistimos de pegar uma sessão de filme justamente por não ter dois lugares lado a lado em lugar nenhum da sala. Deixamos para pegar a sessão seguinte, voltamos outro dia ou então pegamos um segundo filme (já previamente escolhido, de reserva, para casos assim)

      • Roy Mustang

        Putz, a última vez que vi isso acontecer foi no filme “A Hora do Espanto”, o cinema tava tão cheio que o cinema interrompeu a projeção para o pessoal se organizar.

    • E outra, é uma falta de respeito absurda com quem chega 1 hora antes e pega fila gigantesca. Você, com sua cara de pau, chega faltando 1 minuto, sem fila nenhuma (já que todo mundo entrou), e ainda quer escolher O LUGAR. Poupe-me.

      • É por isso que agora eu só vou para cinema com lugar marcado!!

        Compro o meu ingresso, não fico esperando na fila para pegar lugar bom… porem se eu chego e tem alguem no meu lugar eu falo na hora para sair…

        É uma questão de educação… o lugar foi eu que escolhi 😛

        • Carlos

          Só fui em 1 cinema aqui em cwb que tem poltrona marcada, e é a melhor coisa que tem.

      • Pow ai é o foda, como diria meu pai: “chegou por ultimo e ainda quer beber água fresca”

        • Daniel de Souza

          Ou “chegou por último e ainda que janela”

      • Eu já cheguei DUAS HORAS ANTES e enfentei problemas com pessoas egoístas assim. Acho q vcs estão achando q estou falando de quem entra no meio do filme, mas eu estou falando de chegar ANTES dos trailers. Poxa gente, é por isso q estamos do jeito q estamos, cada um pensa apenas em si mesmo, em tirar proveito, em sentar onde eu quero e f***-** os outros. Pra mim é como vcs estão tratando a questão. Dpois q começam os trailers e o filme não me movo mais, mas eu estou falando de chegar antes. É por isso q tem q ter cinema com cadeira numerada, pra esse povo brasileiro q só pensa no seu próprio bem estar parar com esses egoismos. As vezes vc chegou 5minutos antes e tá se achando no direito de ser egoísta?!
        Jurandir, vc me decepcionou MTO!!!
        Se vc ler os outros comentários q fiz, vai ver q concordo com praticamente todos os pontos levantados, mas vc não está nem fazendo o mínimo esforço para ver meu ponto de vista.
        Entendo o seu ponto, é corretíssimo em alguns casos, mas não podemos ser extremistas. Afinal cada caso é um caso, e vc não dá brechas para ninguém nem nada.

        • Peraí, onde o que eu faço é tirar proveito? Quem quer tirar proveito é você e quem quer o meu lugar.

          • Não quero seu lugar, Juras, quero seu bom senso. Pena q vc não tem.

          • Quem é vc para julgar se eu tenho ou não?

          • Jessica Alves

            Juras, acho que as pessoas se exaltaram porque hoje não teve piada!

          • Pergunta, se o casal de atrasadinhos em questão forem seus amigos, vc dá o lugar ou não?
            Tenho quase certeza q todos aqui acabam cedendo, mas quando se trata de um estranho q se dane?
            Muitos aqui estão comentando os erros dos outros mas quando chega a hora de ser um pouco “legal” vem com esse papinho de “quer lugar chegue mais cedo” ou “eu cheguei mais cedo eu escolho”, parabéns pelo seu ótimo “bom senso”.

          • “Gentileza gera gentileza”

          • Joao do Polo Norte

            Chega cedo Luene 😉 , quem chega cedo escolhe mesmo.É a recompensa pelo sacrifício.

          • Eu chego cedo sim, não sou mal educada de entrar qdo começa trailers. Chego com, no mínimo, 1hora de antecedência. Isso só ocorreu uma vez comigo no caso já citado, se vc tiver lido, está acima. Só q eu cedo lugar a outros, não sou egoista. O mundo é bem melhor se as pessoas são gentis.
            Pessoas gentis e educadas não entram qdo o filme começou, desligam o celular no cinema, não falam durante filmes e são gentis qdo sabem q a sala vai lotar.
            Desculpe se só estou pedindo das pessoas mais gentileza.

          • Eu sou sua ouvinte, q dá audiencia para as suas opiniões e, por isso, penso q dá para julgar, obrigada pelas respostas, vou evitar comentar aqui novamente.
            Só uma última coisa, julgo sua falta de bom senso, pois sei cm é irritante as pessoas incomodando no cinema, e, por isso, enquanto os brasileiros continuarem cm são, egoístas, achando q só tem eles no cinema podendo falar alto, usra o celular durante o filme e não dar lugar para os outros qdo a sala está cheia, eu vou continuar frequentando os cinemas só qdo passou as estreias dos filmes. Evito pessoas sem bom senso para não me incomodar e ter uma boa experiência com o filme, só vou assitir qdo as massas burras pararam de ir ver o filme, qdo ele tá quase saindo de cartaz.

          • Mas isso não dá direito de você me julgar. Você pode discodar da minha opinião, mas não precisa me julgar.

          • Vc já tá levando pro pessoal há mto tempo e estou sendo racional: nçao estou te julgando, estou julgando sua opinião.
            E não foi vc msm q me julgou qdo disse “Quem quer tirar proveito é você e quem quer o meu lugar.”
            Não sou aproveitadora e não tiro o lugar de ninguém. Estou expressando minha opinião, desculpa se te ofende.
            vc expressa a sua opinião no seu podcast e eu expresso a minha em comentários. Vc cm mediador do site já veio atirando pedras. Desculpe, não te incomodarei mais.

        • Jessica Alves

          Luene, entendo perfeitamente a situação!

          Pode não ser falta de educação, mas que é uma falta de gentileza, isso é!

          Mas existem casos e casos, tem gente que chega exigindo um favorzinho, tem gente que é mala, e tem gente que só quer ficar perto do namorado, sem outras intenções!

          Mas existe tambem a situação de quem foi sozinho ao cinema! Imagine aí, ficar impressando entre a galera e um casal, arriscando a não prestar atenção em nada do filme porque o casal fica namorando ou o cara tá comendo fandangos do lado, ou não pode apoiar o braço na poltrona!?!?

          Pode ser egoismo, mas as vezes o cara que quer esse “conforto” pagou o preço de chegar bemmm mais cedo!

          Relaxa, ai Luene! Aposto que esses trolls são os mesmos que ficam bagunçando no cinema!

          • Finalmente uma pessoa q está entendendo.
            Acho q é chato ir sozinho e ficar entre pessoas desconhecidas ou um casal chato se beijando. Aliás, eu odeio isso! Mas qdo vc vai numa estreia de um filme q vc sabe q vai lotar deve entender q essas situações não podem ser evitadas.
            É o q estou dizendo, temos q ver a situação por todos os angulos e não jogar pedras nos outros dizendo q estão roubando o seu lugar.
            É pra evitar essas situações q evito estréias e vou em horários alternativos.
            Infelizmente somos obrigados a mudar nossos habitos para não sermos incomodados, sendo q os trolls é q tinham q mudar de atitude.
            Jessica, obrigada pela compreensão e gentileza.

          • “É pra evitar (…) q evito” essa foi péssima, rs.

          • Jessica Alves

            Nunca vi uma poltrona render tantos comentários!

            Sinceramente…
            não vi essa polêmica toda não!
            Vi muita gente que não soube interpretar o que leu e ficou colocando “lenha na fogueira” e outros que como sempre só ficam desrespeitando os outros e apenas mostrando o que são no dia-dia: sem educação.Jurandir, para mim, foi um daqueles que não entendeu direito a situação exposta!
            Klimiuc é um dos representantes do segundo exemplo… =/

            Como eu disse existem casos e casos, e para tudo tem um meio termo!

            Tambem não acho certo as pessoas ficarem incomodando os outros no cinema pedindo para tocar de lugar, principalmente se tiver outras tantas poltronas juntas e vazias, mas as vezes uma gentileza faz bem, a quem recebe e a quem faz, ainda mais no caso que foi citado por voce, Luene!

            O mais “engraçado” são os argumentos infundados e a falta de respeito nos comentarios, de alguns rapadurianos, usando até palavrões, sendo intolerantes!
            Gente contando os golpes que deu no cinema, gente que acha educado colocar pe na poltrona (no minimo já fizeram isso em restaurantes)! Esses são os verdaderios representantes dos seres rapadurianos??? Espero que não!

            As pessoas ultimamente parece que não tem muita noção do que é certo e do que é errado! Se fala tanto em liberdade de expressão, mas “ninguem” respeita a opnião do próximo ou pelo menos procura entendê-lo!

        • Roy Mustang

          Round One, FIGHT!!

      • Anderson Paranhos

        Já ví q não tem conversa, vc acha q sua falta de gentileza é “correto”, e ainda tem um monte de gente q pensa o mesmo q vc aqui. Fico triste, como falei em outro comentário reconheço q o q fiz com o “chato” foi errado, mas como já falei aqui, já cedi lugar para os outros mais de uma vez e vc não vai acreditar, não doeu. Agora se vc não cede lugar pq aquela poltrona específica oferece uma experiência cinematográfica melhor, confesso q sou um bosta no quesito cinema pois nunca percebi tal sutileza.
        Só acho estranho vc passar o programa todo pedindo educação e bom senso, mas na hora de simplesmente se levantar e sentar na poltrona ao lado vc vem com essa conversa de “cheguei primeiro”, puts por mais q a maioria aqui t apóia, isso pra mim é errado.
        Gostei do exemplo citado nos comentários mas q poucos responderam, quando o casal atrasadinho é seu amigo, vc cede o lugar? Se cede pq não ceder á um estranho?

    • é por isso que cinemas com lugar marcado é muito útil.

      • Artur

        Lugar marcado é muito útil mesmo. Normalmente compro o ingresso com um, dois dias de antecedência e chego no local e vou direto pro meu lugar. E é dose quando você vê alguém sentado, pede pra pessoa ir pro lado e ela olha com a cara mais deslavada como se eu que estivesse errado.

        E concordo com o Juras, se quer escolher lugar, que chegue cedo. Não sou obrigado a chegar cedo, escolher um lugar bom pra mim só pra alguém chegar e pedir pra eu ir pro lado.

        • Arthur Stark

          Concordo com o Juras, não tem nada a ver com educação. Quem chega tarde tem mais é que se f** mesmo!

          • Qual é o seu parãmetro de tarde?!
            Chegar qdo começou trailers ou o filme? Sim, merece se f****, mas chegou 5minutos depois e já tátudo ocupado.
            É isso q eu falo de bom senso, analisar caso a caso.
            Somos radicais para não mudar de lugar, mas não fazemos nada para mudar a situação como um todo.

        • Tiago Reis

          Em Portugal todos os cinemas têm lugar marcado. Pensei que no Brasil também já fosse assim!

          Abraços de Portugal

          • Depende da cidade e do cinema. As grandes redes aqui do Rio de Janeiro já estão todas operando 100% com lugar marcado. E só teve uma vez que cheguei na sala, com um primo, para vermos o X-Men e havia um casal nos nossos lugares. Ele não quis insistir muito, mas argumentou que aqueles não eram os lugadores deles e a mulher ainda teve a pachorra de “ahh, ninguém liga para lugar marcado, não”. Já ia chamar um funcionário para reclamar, quando ele insistiu para sentarmos na mesma fileira, mais para o lado mesmo. Mas se alguém chegasse para a gente cobrando os lugadores, eu já apontaria no ato o casal infrator dizendo “então pede para eles saírem dos nossos”

          • Tiago Reis

            hehehehehe 🙂

            Vejo que a cultura do lugar marcado ainda não está completamente vincada na cabeça dos espetadores… é algo que demora algum tempo! Cá por vezes existem pessoas sentadas nos lugares errados mas é por engano ou assim, facilmente trocam.

            Agora é só com o hábito mesmo! Eu acho que é bem melhor o sistema de lugares marcados porque não tens que estar na sala meia hora antes só para reservar um lugar bom!

            Outro problema que existe é o balconista escolher o lugar que ele ACHA que é melhor e não o que você realmente quer, mas isso é outra conversa hehehe.

            Abraços Márcio.

          • Essa foi mesmo a única vez, de tantas dezenas de sessões já com sistema de lugar marcado em que eu fui.
            Algumas poucas vezes pessoas estavam mesmo nos nossos lugares, mas ou erraram, ou tentaram a sorte do “vai que não reclama?”, e acabaram prontamente pulando para os seus devidos lugares

  • Anderson Paranhos

    Só pra completar já encontrei um cidadão q fez isso comigo, pedi pra ele pular uma poltrona pro lado para me sentar próximo ao meu irmão, ele negou, sentamos um de cada lado do “chato”,dividimos um “balde” de pipoca o filme todo, passávamos o “balde” na frente dele todo o tempo, se o mesmo reclamasse eu falaria: nós pedimos um favor, vc não quis fazer, agora aguenta (e eu estava disposto até trocar porrada se ele viesse pra cima).
    Acho q o “chato” ficou com medo e assistiu o filme inteiro quieto, quando as luzes mal acenderam ele saiu mais q depressa.

    • Eu sendo o chato, ainda pegaria a pipoca de vcs!! UHAUAHAUH

    • Carlos

      Isso é mais falta de educação ainda.
      PQP que existem pessoas assim.
      Basta chegar um pouco mais cedo

      • Anderson Paranhos

        Normalmente sou educado com todos, mas quando são mal educados comigo eu devolvo da mesma forma.
        É fácil cobrar mudanças quando elas não t afetam, agora quando vc tem q ceder é difícil né.

        • Carlos

          Não mudar de lugar, sendo que chegou primeiro, é ser mal educado??????? Essa é nova pra mim.

          • Anderson Paranhos

            Mais uma vez.
            É fácil cobrar mudanças quando elas não t afetam, agora quando vc tem q ceder é difícil né.

          • Carlos

            Eu tenho um lugar que eu gosto de sentar quando vou ao cinema, agora vou mudar porque um FDP chega atrasado e quer ficar o casalsinho junto, é isso? Tem que se f#### mesmo.

          • Anderson Paranhos

            Puts, vc deve ser aqueles caras q tem uma vaga no estacionamento em q vc gosta de estacionar, tb deve ser aqueles caras q tem um banheiro no trabalho em q vc gosta de cagar…
            Deve ser dificil, eu t entendo.

          • carlos

            Cara já sei o seu tipo “é o FOLGADO” e pra mim folgado tem que se ferrar mesmo.

          • Anderson Paranhos

            Não cara, eu só não sou aqueles metódicos idotas, escrotos, q geralmente andam sozinhos ou em um grupo de escrotos, só isso.

          • carlos

            Eita cara, já levou mijada desde o 1º comentário, vai com seu irmaozinho comer pipoca no cinema, que eu vou com minha esposa, seu folgado, haahahahahah.
            Não sou metódico, só não vou ficar mudando de lugar porque o folgado não pode sentar longe do irmãozinho, haahahahahh, só dou risada de uma pessoa como vc só se ferrou com os comentários de suas atitudes. hahahahahahah

          • Anderson Paranhos

            Quando sua esposa pede pra mudar de posição, vc reclama tb?

          • Carlos

            Eu troco, mas com a minha esposa, mas vc pelo visto anda de troca troca com seu irmão (amigo vc só se ferra no que fala/comentários, prefiro nem te responder mais um folgado com vc)
            1º vc misturou as coisas nos comentários e se ferrou, pois foi falado de quem chega tarde no cinema e quer escolher lugar, inclusive pedindo pra quem chegou cedo mudar de lugar. Vá e sente na frente que sempre tem lugar pra quem chega atrasado.

          • Anderson Paranhos

            Troca troca com o irmão, ui Carlinhos como vc é profundo, tadinha da sua esposa ter q conviver com um escroto metido a inteligente. Vc parece muito machão aposto q se continuar vc vai me ameaçar.

          • Caramba, se vc acha q o cara “se ferrou” por causa dos comentários dele, vc acha realmente q a vida dele é comentar em blog igual a sua.
            Realmente maturidade passou longe aqui.
            Ainda bem q não dependo do q as pessoas comentam para “me ferrar” ou não. Tenho vida social, diferente de vc.

          • Cheguei primeiro, cheguei primeiro! Q criancinha, hein!!!! Se vc tivesse bom senso de verdade não deixaria lugar vazio ao seu lado numa sessão q vc sabe q vai lotar!

          • Sem noção! Então se o caro foi o PRIMEIRO a entrar e a sentar, vai ter que ficar pulando de um lado para o outro das poltronas para evitar um lugar vazio ao seu lado? Mas que folga 😛

          • Anderson Paranhos

            Puts, tô percebendo q é perda de tempo expor algo pra esse povo, não sei a maioria não lê todos os comentários ou são todos mesmo egoístas e tem muita dificuldade em pular 1 poltrona pro lado e fazer um favor.

          • Carlos

            Concordo 100%, se a pessoa chega antes/cedo normalmente é porque quer escolher o lugar que gosta e não quer ficar incomodando as outras pessoas do cinema, agora tem grupos que chegam iniciando a sessão e querem sentar juntinhos e ainda nos melhores lugares.

    • Carlos

      Eu começaria tossir na pipoca só para acabar com a “brincadeira” do casal atrasadinho.

      • Fiz isso recentemente e confirmo, FUNCIONA!!!!

        Parabéns pelo cast, muito informativo e uma sensação de alma lavada, espero que o Gerentes e/ou responsáveis da Sala Cinemark Extra Anchieta – São Bernardo do Campo ouça essa cast.

        Abraços

    • Vc além de ter sido mal educado com o cara ainda foi um puta cara folgado hein! Eu dava um tapa nessa pipoca e nem me importava mais em ñ ver o filme, pqp….

      • Arthur Stark

        1. Você chegou atrasado
        2. Pediu um favor
        3. Foi extremamente mal educado

        Respondendo…

        1. Quando chegamos atrasados em algum lugar temos que ter em mente que não poderemos exigir muito de localização, conforto e etc.

        2. Você vai depender da “boa vontade” de alguma pessoa a qual muito provavelmente você não conhece. Logo, não sabe como foi o dia dessa pessoa, o que ela ta passando, porque tudo isso afeta nosso modo de agir. Dependendo disso podemos ser benevolentes ou “chatos” como você disse.

        Se você vai a um restaurante e gosta de sentar em determinado lugar, tem esse costume. Gostaria que chegasse um cidadão pedindo pra você sair do lugar que você chegou cedo e está lá bem acomodado?

        3. Como disse antes, você pediu um FAVOR e desta forma poderia esperar um sim ou um não. Então meu querido, entendo que você deu uma ordem ao rapaz e como ele não atendeu ficou hostilizando ele o filme todo. O qual ele também pagou. Quando pedimos um favor a alguém não podemos esperar apenas que essa pessoa cumpra, mas esperar também um não.
        Aprendemos isso desde pequenos com nossos pais.

        Entenda que o mundo seria um lugar muito melhor se as pessoas usassem do bom senso. Era pra você ter pensado “Certo, da próxima chego mais cedo e não passo por isso”.

        E antes que você me chame de hipócrita, já passei por situação semelhante e fiz exatamente o que falei NUNCA MAIS CHEGUEI ATRASADO.

        • Anderson Paranhos

          Vc fez uma boa explanação sobre o assunto, concordo q minha atitude não foi legal, mas como já falei em outro comentário abaixo, são tantos com suas manias q acabam estragando o ambiente, será q mundar uma poltrona pro lado muda a experiência do filme? Chega a parecer birra.
          Já fiz esse favor algumas vezes, não foi tão dificil.
          “Eu cheguei cedo, escolho meu lugar, que se fod@” pra mim é igual ao cara q fala alto no cinema ou chuta a poltrona da frente, pensa somente no seu bem estar e q se danem os outros.
          Mais uma vez falo, não fiz a coisa certa quando passei o filme atrapalhando o rapaz, isso reconheço.

        • Anderson Paranhos

          “Entenda que o mundo seria um lugar muito melhor se as pessoas usassem do bom senso. Era pra você ter pensado “Certo, da próxima chego mais cedo e não passo por isso”.

          Mas tb não seira “bom senso” se ele pudesse pular 1 poltrona pro lado?

          Sério não estou entendendo o pessoal, mudar para a poltrona do lado é tão absurdamente ruim assim?

          • Todo mundo fala de jeitinho brasileiro, mas é por isso q o nosso pais é assim, pessoas egoístas q não estão nem ai se a sala vai lotar e fazem questão de deixar lugares vazios entre eles. Egoistas são assim, crianças imaturas e ridículas!!!

          • Julia Chemie

            Luene, entendo seu ponto de vista. De verdade. Eu sou daquelas que sempre chega mega cedo para pegar o melhor lugar e se o cinema enche eu mudo de lugar. Mas, por outro lado, é questão de democracia. Quem chegou primeiro tem o direito de sentar onde quer. Se a pessoa chega depois, pode até sentar do seu lado, mas não necessariamente pode te pedir pra pular a cadeira para sentar junto com o acompanhante. Então, se a pessoa chega depois e o cinema tá cheio, o melhor é assumir que chegou tarde e sentar separado.

          • Arthur Stark

            Luene Petris,

            Uma pessoa fica uma hora na fila, outra chega atrasada. A pessoa que fica uma hora na fila está errada em simplesmente fazer valer um direito dela? O problema muitas vezes está no egoísmo mesmo, no egocentrismo, achar que o mundo é obrigado a se adaptar a sua vida e não o contrário.

          • Arthur Stark

            Anderson,

            Eu entendo você. Entendo mesmo, uma vez eu cheguei com um amigo para assistir Star Wars Episódio III. Foi um dos filmes que mais vi gente na vida. Chegamos atrasados e entramos depois, e o cara que pedi para fazer essa troca. Chegou muito cedo e não quis mudar de lugar. Confesso que fiquei puto sabe, mas depois pensei no lado do cara também e vi que eu estava errado. Ele poderia ter saído do lugar? Poderia! Era obrigado a isso? Não.

            Mas vamos deixar isso pra lá. Chegue mais cedo homi, deixe de aperreio. hehehe

            Fica na paz

          • Ótima citação do Flávio Miranda Marteleto lá em cima para tudo isso:
            “Olho por olho e acabaremos todos cegos” – Ghandi

          • Anderson Paranhos

            Arthur,

            O q estou expondo é simples, eu cedi lugar mais de uma vez mas é triste ver o tipo de argumento q as pessoas usam, parece q só o q as incomoda é errado, ceder um lugar é tão ruim assim? é tão dificil ser legal com quem vc não conhece?
            Gostei do exemplo acima, e se for um casal de amigos seus?

          • Arthur,
            se vc leu desde o começo o q eu escrevi, não percebeu q estou falando de situações de estreias em q o cinema lota em 2 segundos e as vezes uma pessoa q entrou na fila 5 minutos depois de vc acaba ficando sem lugar junto com os amigos pq todo mundo pula uma cadeira. Isso sim é egoismo.
            Leia todos os comentários antes, ok?

          • Arthur Stark

            Luene,

            Agora que percebi que vem de beeemmm antes essa discussão. Acho que já aconteceu comigo duas vezes de chegar um casal e pedir para eu pular uma cadeira. E pra minha sorte foram duas pessoas educadas e que foram extremamente gentis.

            Como eu pensei que a discussão tinha começado com o comentário do Anderson, achei que você tivesse falando apenas do caso dele. Quando entra todo mundo no “bolo” quando estavam todos na fila, sinceramente, não vejo problema em ceder o lugar. Claro que tudo isso depende de como a pessoa fala.

            “estou falando de situações de estreias em q o cinema lota em 2 segundos e as vezes uma pessoa q entrou na fila 5 minutos depois de vc acaba ficando sem lugar junto com os amigos”

            Nestes termos concordo. Concordo com você quando fala de estreias e tal. Mas acho meio precoce determinar que pessoa A tem bom senso e pessoa B não tem. Afinal, estamos em um ambiente virtual discutindo determinado tema que chegou nesse assunto. É apenas um recorte da personalidade do indivíduo que tem essa opinião, pra dizer que alguém tem bom senso ou não precisa mais que isso.

            Só reforçando que nunca tive problema quanto a isso, sempre procurei ser gentil com quem me trata com gentileza.

          • Arthur Stark

            O lado bom dos lugares marcados é isso né, como você sempre chega cedo, não iria enfrentar esses problemas.

            Eu gosto de ir no cinema em dias de pouco movimento, porque já passei por situações péssimas.

            Não só no cinema como no ônibus. Comprei o lugar numa cadeira nº “x” quando cheguei lá tinha uma mulher sentada. Disse que ali era o meu lugar e ela não quis sair. Sentei em outro, mas a medida que foi entrando gente me levantei de novo porque as pessoas que compraram o lugar “y” onde eu estava pediram pra sentar. Cheguei na mulher e quase que me alterava com ela porque ela não queria sair de jeito nenhum. no fim, ela saiu com raiva. O ônibus todo lotou e se eu nao tivesse ficado no lugar que comprei tinha ficado em pé sentando de cadeira em cadeira até ficar no pior lugar. Essa pessoa sim não tinha bom senso e gente assim eu não tenho o mínimo de pena, em ônibus eu não dou meu lugar nem a pau, porque sempre entra mais gente e a pessoa faz papel de palhaço pra lá e pra cá.

            Em cinema numerado pode acontecer isso eu acho.

          • Julia, eu chego cedo sempre, normalmente só tem umas 5 pessoas na minha frente se não sou a primeira da fila, mas não acho q eu vou morrer por mudar de lugar. Acho q acima dessa tão proclamada democracia está minha educação e gentileza. Não me incomodo de chegar pro lado se eu vejo q a sessão vai lotar e q as pessoas vão sentar lá na frente só pq eu fiquei c/ “medinho” de encostar na pessoa ao lado.
            Estão me julgando por atrasada, mas eu nunca perco nem as musiquinhas irritantes do Cinemark q tocam antes dos comerciais.
            Obrigada pela compreensão.

          • Arthur,
            qdo eu falei de bom senso foi disso mesmo, de usá-lo para julgar a situação. No caso ai do ônibus vc devia ter dado uns tiros nessa mulher, rs.
            Temos q ver o cenário como um todo, há diversas situações e o q me irritou é o extremismo do “não me levanto e pronto” como o Juras colocou. Minha discussão com ele foi essa, pois ele não abriu exceção, e a vida não é assim.
            Vc acha q eu pulo de cadeira qdo eu vejo q a pessoa simplesmente é um folgado q deixou pra entrar na sessão no último segundo?! De jeito nenhum. Até sento no canto do cinema, onde só tem 3 cadeiras junto com meu noivo para evitar q se sentem ao nosso lado. Mas se o cinema lota, cm nas estreias, fazer o q?! Fiquemos todos juntinhos para poder ver o filme.

          • Por isso q eu odeio estreias… To doida pra ver H.Potter nesse fim de semana, mas vai ser uma tarefa impossível, principalmente para evitar chatos e crianças… melhor aguardar umas semanas e pegar uma sessão mais vazia, certo?

          • Arthur Stark

            Eu acho muito massa a tal da estréia, o clima, a ansiedade. Mas parei de ir em estreias, apesar de gostar muito não dá mais, eu vou depois que os pirralhos todos já assistiram.

          • Nisso vc tem razão, mas é para evitar todos os problemas citados no cast q fica impossível curtir esse momento da estreia.
            Depois de 2horas na fila do “Homem Aranha 3” no meio de mais ou menos umas 500 pessoas (tinham 3 filas de 3 salas todas juntas dando voltas no shopping) isso tira o tesão de qlqr um. Ainda mais com a decepção q esse filme foi para mim.

    • Se o cara foi um chato, vocês dois foram ainda piores. Que coisa. Não deu lugar? Paciência, preço que se paga por não conseguir entrar antes na sala.

      Aliás, acho ainda pior e mais cara de pau que compra dois lugares numerados, mas separados, e ainda chegam na cara dura para quem ficou no meio pedindo para pular para o lado. Já vi isso acontecer, e o cara só faltou mandar a dupla tomar no C*

  • Ali

    fuck yea!

  • Ta gerando polêmica o comentário do Jurandir hein e olha que concordo TOTALMENTE com ele, porra a galera quer pegar o bonde andando e sentar na janela . Considero essa situação a mesma que você marcar o médico pra 13:30 e estar lá no horário marcado, dai chega a pessoa marcada pra 13:00, atrasada, e pede pra ser atendida na hora que chegou, pow tudo tem limite galera !

    • Anderson Paranhos

      Concordo, mas não estou falando de pessoas q chegam no meio do filme, falo de pessoas q chegaram antes do início da sessão e não acham lugar.
      A quantidade de pessoas com suas “manias” é q complica tudo, são muitos q sentam com uma poltrona de folga pra cada lado só pq querem “privacidade”, fora os casais q fazem o mesmo e não pulam 1 poltrona pro lado para ajudar outro casal, esquecem q na próxima sessão podem ser eles q tenham q sentar separados.
      E pior, tem pessoas q deixam as poltronas de folga dos lados e se vc sentar em uma delas (mesmo vc estando sozinho) elas acham ruim, tá loco.

      • O outro casal (como foi seu caso acima), q se fod@! Chegou atrasado e quer escolher lugar?! Vai pra escada ou pra fila da próxima sessão! Puta cara FORGADO!

        • Anderson Paranhos

          Vc é chato eim, só usa palavrões, consegue argumetar sem usar palavrões.
          O anonimato da internet faz muito gatinho virar Leão.

          • A palavra é “argumeNtar”, mas enfim… se cada um reclamar de um FOLGADO como vc, o mundo será melhor!

          • Anderson Paranhos

            Meu deus, ele nunca digitou errado.
            Reclamar de um forgado…
            O mundo será melhor…
            Temos um idealista.

          • Como diz o Jurandir nos últimos rapaduracasts, e o “FORGADO” da semana é……. .lol

          • Ai babaca, qdo vc viver essa situação de passar 2 horas na fila e entrar no cinema e sobrar lugares isolados por falta de bom senso, qro ver vc reclamar

          • Realmente é um babaca quem passa por essa situação, não acontece comigo.

          • Não acontece c/ vc pq pelos comentários e palavrões vc não deve ter idade pra entrar nas sessões, correto?! Só sessão livre. Não sei nem pq eu discuto com criança!

          • É por isso q eu evito estreias, só tem gente idiota indo ao cinema… deixo pra ir qdo todos os babacas, egoístas e pessoas sem bom senso vão. Ai pego cinemas sem filas, sem babacas falando alto e zuando no filme e sento onde quiser sem estragar a diversão dos outros.
            Então façam igual: quero sentar onde quiser, não vá nos primeiros fins de semana!
            Amo H.Potter, mas só vou ver em agosto, qdo acabaram as férias e os chatos.

  • Daniel de Souza

    Eu seria mais chato: “Acabo, alguem vai reabastecer” uahauhauhauahu

  • Sexta vou ver Harry Potter, vou prestar mais atenção nessas coisas e listar aqui depois.

  • Anderson Paranhos

    Tô achando legal a quantidade de machão aqui, tudo briguento, hahahahaha.

  • Daniel

    Não sei que cinema vcs andam frequentando, mas por favor, me avisem p/ eu nunca ir!! rs
    Tive o privilégio de morar em cidades onde tinham vários cinemas, Rio de Janeiro e agora Curitiba.
    O único problema que enfrentei dentro de um cinema foi a falta de educação do público, que isso é bem frequente! O povo brasileiro é demasiadamente mal educado e inconveniente, não sabe se portar em ambientes públicos, seja cinema, museus, ônibus, praças, até mesmo nas ruas.
    Como consumidor o que faço e proponho a todos, é boicotarem os cinemas onde ocorrem esses problemas.Nos lugares onde existem muitos cinemas como no Rio e Curitiba, é tranquilo pois vc terá várias opções, mas em cidades pequenas o que proponho é: vejam seus filmes em casa, e só gaste dinheiro mesmo com aqueles que realmente tem que ser vistos no cinema. Eles precisam de dinheiro, e se o público ñ vai, ñ tem dinheiro. Uma é eles melhorarem o serviço ou fecharem.
    Nosso dinheiro tem que ser gasto com coisas que valem a pena.

    • Tem alguma cidade no Brasil com mais salas de cinema do q em São Paulo?! Aqui a quantidade de salas não suportam a quantidade de pessoas e não podemos deixar q esses fdp´s ganhem mais espaço dos que realmente curtem o cinema.

    • Cara e pra quem, como eu, acha que todo filme deve ser visto no cinema… Acho que selecionar melhor o horário é mais vantajoso. Filme com apelo juveníl, foco da maioria dos problemas, costumo ver à noite.

      • Daniel

        Eu fazia isso tb!
        Costumava ir ao cinema dia de semana e tarde, onde as sessões costumam ser mais vazias, mas agora só tenho tempo de ir aos domingos, impraticável!

  • Júlio Neto

    Aqui em Recife já tenho o costume de só ir em sessões menos cheias, em dias que não tem promoção. Só assim pra ver o filme com alguma tranquilidade.

  • Ontem fui ao cinema com a minha patroa assistir CARROS 2, nós NUNCA passamos tanto FRIO em nossas VIDAS !!! NUNCA !!!!!!!

    As RAJADAS do vento congelante eram…congelantes o.O

    O SOM estava tão ALTO que era dificil de entender!

    DICA: CRIANÇAS são mais educadas que JOVENS e ADULTOS!

    O Cinema? CINE ARAUJO – MULTIPLEX – BAURU SP

    Abraços

  • Tem um ponto no cast que pra mim foi bastante polêmico. Dos chutes na poltrona da frente. Digo isso por quê tenho 1,94m e fico muito puto comigo mesmo quando acidentalmente chuto a poltrona da pessoa à minha frente, sei o quanto isso é chato, por que eu mesmo não fico muito satisfeito quando sou chutado. Tento sempre me mexer o menos possível durante o projeção para evitar acidentes, afinal o espaço entre as poltronas não é particularmente grande. Sempre tento sentar na ponta da fileira pra jogar as pernas quilométricas para o corredor, mas às vezes não dá. Sei que tem uns fdp com a perna nervosa, muitas vezes não tão altos assim, que poderia explicar os chutes constantes, que ficam incomodando na poltrona atrás. Por esses não posso responder. Mas aqui quero pedir desculpas pelas pessoas altas, ou não, que acidentalmente possam ter chutado a sua poltrona durante o filme. Sei que é chato e que incomoda, mas as vezes foi só um acidente.

    • Bruno Paschoalotti

      Putz cara, verdade
      tenho 1,88 e isso tb acontece comigo.

      • Netuh

        Eu tambem… tenho 1,86. e eh super complicado ficar parado o filme todo… voce acaba mexendo as pernas em algum momento.

        E se for pedir desculpas… soh piora a situação… =P

  • Bruno Paschoalotti

    Gosto de pegar uma pipoca no cinema, porem como eu chego cedo termino de comer ainda nos trailers. Sempre evitando fazer sujeira, apesar de jah ter acontecido o acidente de tropeçar e derrubar toda pipoca no chão.

    Quanto a questão do lixo, no cinema é igual na rua, o cara que joga lixo na rua tambem joga no cinema.

    Outro dia fui sabado de tarde em uma sessão com desconto, paguei 4 reais, e fui ver kung fu panda 2 em uma sala lotada de crianças, achei que ia ser um porre assistir o filme naquela sessão, mas fiquei surpreso, as crianças se corportaram e teve uma que soltou um “tadinho” em uma cena dramatica que o cinema estava todo quieto, o que levou todo mundo as gargalhadas.

  • q beleza, mal acabei de ouvir o de sexta-feira já tem um novinho para eu curtir 😀

  • Pra min o maior problema em um cinema são os animados com filme, semana passada eu fui assistir Transformers 3 3D, na segunda feira (sim no dia da promoção), não lembrei que era na segunda, a minha vontade inicial foi ir embora, já prevendo que não ia ser muito “divertido” assistir o filme com tanta gente no cinema.

    Dito e feito… logo nos treilers já vi que na fileira logo depois da minha tinham 3 crianças (acredito ter no maximo 12 anos) e pelo visto era o primeiro filme 3D deles, dai já viu…

    “EITAAAAA!! Bateu aqui em min!!”
    “QUE MEDO!!”
    “QUASE QUE BATEU NA MINHA CARA!!”
    e por ai vai….

    me virei para a dona patroa que estava comigo, não falei nada, só olhei para ela…

    “Tenha calma qnd começar o filme eles vão parar” Falou a patroa cheia de esperança

    Porem foi só o filme começar para notar que aquilo ia se repetir durante todo o filme…

    Agora com uma diferença….

    o pai, tio, tia, mãe tipo umas 10 pessoas da mesma familia das crianças resolveram comentar sobre o filme…

    Novamente olhei para a patroa…
    “Calma, fique calmo” By Patroa tentando melhorar a situação…

    Resumindo: Eu só fiquei pq não ia querer jogar R$50,00 fora.

    detalhe o “pessoal” não estava falando baixo, era berrando mesmo… tipo tinha gente nas primeiras filas reclamando com eles e quanto + o pessoal reclamava + alto eles falavam, nem o lanterninha resolveu.

    Eu só não sai na porrada pq a Dona patroa estava la!

    Eu fico tentando imaginar como deve ser a casa desse pessoal!!!

    Ps.: Ficou grande o comentario + e pq eu fiquei muito PUTO com esse pessoal, e prometi a min mesmo q NUNCA + EU VOU NOS DIAS DE PROMOÇÃO nas ferias escolares!!

    • Deve ser da família dos que chegam atrasados e pedem pra ir pro lado… tudo farinha do mesmo saco, ou melhor, q enche o saco! 🙂

  • Comentários particulares para cada problema: 1 – Problemas na fila de compra: Aqui em Salvador três redes são fortes em termos de cinema: Cinemark, UCI e Cinépolis. A cinemark é muiiito boa na questão do auto atendimento. Não me lembro de uma única vez de ter precisado ir num guinchê e comprar com uma pessoa o ingresso do cinema. Sempre usei com extrema efetividade o auto atendimento. é um horror comprar ingressos na rede UCI. Recentemente ela começou a implementar o auto atendimento e tem ajudado. Mas as máquinas são poucas e quase nunca funcionam. Já a Cinépolis, esta é perfeita! Além do balcão com vendas, existe o auto-atendimento e ainda com CADEIRAS MARCADAS que ELIMINA os aglomerados nas entradas das salas. Posso entrar com 1 min antes do filme começar e minha cadeira está lá vazia. Aqui hà esse respeito aos lugares marcados. Pelo menos nunca tive nenhum incidente de alguém sentar no meu lugar.

    Existe alguns cinemas do circuito cultural que possuem salas menores e mais aconchegantes (até 100 lugares). estes possuem bilheteria única (comidinhas e ingressos) mas como a quantidade de pessoas é pequena para estes, não gera problemas.

    Acho que a experiência cinematográfica, neste item, na minha cidade (Salvador) está nota 8.

  • Comentários particulares para cada problema:
    2 – Filas nas entradas das Salas. Ainda existem problemas para isso aqui em Salvador. Acho que a solução são as cadeiras marcadas. Aqui (falei num comentário antes) existe a rede Cinépolis que possuem este sistema. E não tem porque juntar filas na entrada, quando sua cadeira tá marcada!

    Nas outras redes e cinema. A fila é inevitável! Chegar com antecendencia de 20 ou 30 min é o ideal para não pegar a fila.

    Na minha opinião, cadeiras marcadas para TODAS as salas e funcionários dentro das salas para orientar os lugares.

  • Comentários particulares para cada problema:

    3 – Fiscalização da carteira de estudantes: O problema é NACIONAL. Existe a lei de incentivo. Existe aqueles que tentam burlar isso com documentos falsos ou com documentos de outros. Aqui não vejo regra de pedido de carteiras… uns pedem, outros não… Não há rigor nesta fiscalização. Sou um eterno estudante! Faz 32 anos (minha idade) que sou estudante, entre ensino fundamental, graduação e pós-graduação. E sempre usei algum tipo de documento, seja carteira ou comprovantes de matrícula para acesso a cinemas, teatros e shows… A Fiscalização é rara.

    Abro exceção para a rede Cinemark que fiscalizam as carteiras, nos guinchês a compra da meia entrada e na porta das salas, para as compras nos autoatendimentos.

    Nota: 7 (Já que nunca tive problemas com isso, mas poderiam inventar algo mais eficiente)

  • Comentários particulares para cada problema:

    4 – Liberação das salas com pouco tempo de início do filme: Né possível que no resto do país aconteça isso. ISSO NUNCA ACONTECEU COMIGO EM SALVADOR POR CULPA DO CINEMA. A diferença entre as seções é considerável em cada sala, quase 20 min. Já cheguei atrasado com pouquíssimos minutos depois de começado. Nas redes grandes (CINEMARK, UCI e Cinépolis) os ingressos não são mais vendidos depois de uns minutos do filme ter começado. Mas quem comprou antes, pode entrar a qualquer hora.

    Raramente vejo alguém entrar depois de uns 15 min de ter começado o filme. Algo que me incomoda é a luminosidade quando a porta se abre, mas até isso as salas são projetadas com corredores de entrada em “L” impedido que a luminosidade externa invada a sala quando alguém adentrar ou sair.

    Nesse Sentido a nota é 10!

  • Comentários particulares para cada problema:

    5 – Falar alto durante o filme: Cara! Isso é cultural! Eu me incomodo mesmo! Mas encontrei uma solução para isso. Assisto filmes nas seções durante a semana a tarde! Não tem quase ninguém nas salas… Tomara que meu chefe não veja isso, mas cansei de filar trabalho na sexta-feira para pegar estreia às 14h em pleno horário de expediente. kkk Mas quando não tem jeito! Peço mesmo pra fazer silêncio!!! É difícil mesmo lidar com o barulho de multidão.

    Quero ir ver Harry Potter 7-II na estréia! É a antítese do que acabei de falar! Mas, desta vez, quero participar desta experiência. Um evento desses tem de ser curtido dessa maneira. Depois vejo de novo numa seção de terça às 15h… Só vai ter eu mesmo na sala!

    NOTA para o problema: 4
    NOTA para mim quando vou nas seções vazias: 10

    • só vou ao cinema sexta/sabado/domingo se os amigos me chamam, geralmente sempre vou sozinho as segundas ou quartas de tarde.

      • Não tenho problemas em ver filmes sozinhos. Adoro ir com a namorada ou um amigo. Mas quanto mais pessoas, menor a experiência de imersão!

  • quando começou a ter cadeiras numeradas aqui em Kinoplex UCI Casa forte (recife) eu achava muito estranho e não sabia se ia ser bom, mas hoje agradeço por isso. ainda há filas enormes pra comprar o ingresso e definir o lugar, mas depois disso é só chegar tranquilamente na hora do filme(só em grandes filmes que a fila de entrada superlota) e sentar no lugar escolhido, e até hoje ainda não percebi ninguém desrespeitando a marcação.
    Mas aqui perto da minha casa a um completo descaso no cine Rosa e Silva. a única coisa que salva é que é bem barato, mas quando eu fui assistir tropa de elite 2 a projeção estava cortando boa parte da imagem e ficava praticamente Letterbox(4×3).depois desse dia desisti de ir lá…
    bom programa! só ainda espero o dia que esses problemas sejam resolvidos

  • Comentários particulares para cada problema:

    6 – Deixar o cel ligado: Não atendo! Silencioso ligado, dentro das pernas. Tenho um iphone com controle de luminosidade. Parece um ritual pra mim. Entro na sala, ligo o “vibra” e baixo a luminosidade do visor para twittar antes da seção… Se o tel tocar, não rola… Se é urgente, ligam 500 vezes. Nessa hora, peço pra mandar um sms.

    Mas o tel ligado não é o maior problema, é atender e bater papo dentro da sala é que é. As vezes esquecemos! Normal! Mas o carinha que atende e tenta fechar negócio dentro da sala do cinema… Isso é foda!

    NOTA para os celulares da galera: 5
    Pro carinha que fechou o negócio dele e estragou minha seção: -4

  • Comentários particulares para cada problema:

    7 – Por os pés nas poltronas: Seção de filme infantil é um desastre nesse sentido! Os guris que não alcançam o chão ficam balançando os pezinhos na poltrona da frente… kkkk… Evito as seções… Mas eu reclamo mesmo!!!! Falo a quem está atrás pra parar mesmo!!! Confesso que eu gosto de por os pés na frente. como as seções que pego são menos cheias, quando não tem ninguém na frente… ponho mesmo!

    Como resolvo sempre esses pepininhos, NOTA: 7

  • Comentários particulares para cada problema:

    8 – Comida nas salas de cinema: Mau, me desculpa! Como mesmo! Mas, normalmente quando levo lanches pra sala, não dá tempo nem pro filme começar. É claro que não dá pra levar uma pizza de alho e óleo pra sala… Mas um saquinho com cheddar e umas umas batatinhas (que não são crocantes) e um COPO DE 1L de COCA Zero… INDISPENSÁVEL!

    Nesse ponto, abomino a pipoca. Não pelo fato de ser comestível, mas pelo fato de ser barulhenta!!!! Tanto pra mim quanto para os demais na sala.

    NOTA para a Coca Zero: 10
    Nota para a Pipoca: 0

  • Comentários particulares para cada problema:

    8 – Guardar lugar para amigos: Sem lógica! Com as cadeiras marcadas não rola esse problema! Mas não tenho problemas com isso!!! Já fiz umas 500 pessoas sairem dos seus lugares só porque sentei nos lugares que haviam marcados… Adoro criar confusão por causa disso. Eu sento mesmo!

    NOTA: 6

    • ÔOO Jura! Também sou metódico nos lugares… Mas, como uma situação social, acho que vale a pena, numa sala cheia, ceder um lugarzinho do lado… Já fiz amigos assim. Além do mais, vc tá cultivando a educação no cinema. Vai que um dia vc precisa disso?!

  • Comentários particulares para cada problema:

    9 – Lixo: Sem comentários! O povo é sujo mesmo! Eu levo! Mas a maioria não leva mesmo!!!!!

    NOTA: 1

  • Comentários particulares para cada problema:

    10 – Assessibilidade para cadeirantes: Não consigo opinar sobre isso. Mas todas as pessoas que conheço que são cadeirantes (e são pouquíssimas) nunca tiveram problemas em ir até o cinema. As salas aqui são apropriadas para eles. E devo dizer, não é lá na frente não! São lugares mais ou menos no Meio ou próximo ao meio. E o acesso às salas são rampeados ou com elevador.

    Nesse sentido, os cinemas em Salvador são nota 10!

  • Depois de tantos comentários tenho de dizer que os problemas existem, mas se vc tem um pouquinho de criatividade, tudo se resolve. não podemos ficar exigindo que um “gado” desembestado de pessoas no dia da estréia de um blockbuster se comporte como borboletas no jardim. Assistam outro dia ou aguentem as consequências caladinhos!

  • neto cardoso, criciuma sc

    Aqui em minha cidade, eles adiantam as cenas finais e após passam os creditos.
    Refiro-me as cenas pós creditos.

  • Sou um frequentador assiduo de cinemas, estou em Londrina-PR, e muito do que o cast falou ainda nao acontece aqui, as vezes tem que dar uma puxada de orelha em algumas pessoas, chamar atenção e etc. Mas acho que os problemas são mais de pela falta de educação das pessoas. Acho que boa parte dos problemas seria resolvidas se um representante do cinema fosse pessoalmente apresentar as normas do cinema antes de iniciar a seção.

    • Acho q a solução seria uma melhor educação por parte das pessoas, pena q demoraria anos e anos para todos serem educados de forma a respeitar o outro.
      Um representante não funciona, ele vira as costas e já tá todo mundo fazendo “baderna” novamente.

      • Acho que funciona sim. Hoje as poltronas são numeradas entao nao há problemas de lugares, mas antigamente quando a sala estava muito cheia, o gerente do cinema ia na sala e pedia com educação para as pessoas nao deixarem espaços vagos entre elas e etc, e todo mundo se alterava para manter lugares duplos vagos na lateral. Acho que uma puxadinha de orelha funciona, algo pessoal, alguem olhando pra voce e pedindo que faça algo para o bem comum.

        • Sabe pq eu acho q já não funciona mais: numa sociedade em q temos adolecentes respondendo professores, questionando a autoridade e até batendo neles, um gerente não mete medo.
          Pode ajudar em algumas situações, mas o q falta é uma conscientização geral. Educação! E tem q vir da família.
          Bom, já tô entrando no papo de política, mas tudo isso é reflexo do povo q estamos criando.
          vc vê essa falta de educação não só no cinema, mas nos transportes públicos, por exemplo, em q o cara não consegue usar um fone de ouvido, tem q colocar a música alta no celular para obrigar todos a ouvir, entre outros problemas.

  • Aqui em Santa Maria-RS não dá pra ir no cinema em horários muito badalados. Ou alguém fica chutando a poltrona,
    contando o filme pro amigo ou conversando alto com sua “turminha do barulho” literalmente. São os “únicos” problemas.

  • John Felix Andrade

    RapaduraCast 247 – Problemas nas Salas de Cinema, muito bom mas o povo deveria ser mais educado em não deixar os restos de comida, sacolas nas poltronas.

  • luis fernando

    O pior nem é quando tem gente que inssiste em atender celular dentro da sala de cinema,ou o barulho infernal de gente comendo,até mesmo pórque,até eu de vez em quando compro uma pipoca.Sabe o que é o pior??

    é aquela pessoa chata que vai assistir o filme e no meio dele começa a reclamar que tá chato,faz barulho de romco,começa a fazer baderna na sala.

    uma vez bati boca com um casal por causa disso.

    fiquei até chateado com isso.quase brigar em lugar onde eu busco acima de tudo,so o entreterimento.

  • luis fernando

    Eu gosto de assistir filme em uma sessão nerd.principalmente na sessão de THOR.numca vi,além de min tantos nerds.

  • luis fernando

    até a minha namorada sabe a hora dos beijos.

    na parte das merchandasing,claro 😀

  • Kim Martins

    No Cinesystem aqui de Sao José dos Campos – SP, o maior problema é o frio. Os caras perdem a mão no ar condicionado!! Tenho que levar uma blusa de frio por mais que lá fora esteja 35º hahahha

  • Acho que no início do programa o Juras e o Mau não entenderam o que era um auto-atendimento. Aí nas redes das suas cidades vocês nunca viram guichês eletrônicos onde você mesmo escolhe o filme, os lugares e paga os ingressos com cartão?

    Não me levem a mal, não estou querendo dizer que vocês vivem num fim de mundo, pois aqui mesmo no RJ nem todas as salas possuem: só vi no UCI NYCC, no Downtown Botafogo e em algumas poucas salas do Kinoplex.

  • Anderson Paranhos

    Puts, tô percebendo q é perda de tempo expor algo pra esse povo, não sei a maioria não lê todos os comentários ou são todos mesmo egoístas e tem muita dificuldade em pular 1 poltrona pro lado e fazer um favor. É por isso q ir ao cinema está cada vez mais chato, todos pensam q estão no sofá de casa, uns falam alto, outros falam no cel, uns apoiam os pés na cadeira da frente e outros acham q ter “bom senso” é não ceder um lugar para alguém.
    Como já foi citado acima e se o casal atrasadinho forem seus amigos, com certeza todos cedem o lugar, mas, para um estranho q se dane cheguei primeiro…

    • Tudo isso se resolve de uma única forma: as pessoas precisam se colocar no lugar dos outros. Vc gosta q ajam assim c/ vc?! Então não faça.
      Desligo meu celular no cinema, pois detesto ser incomodada por isso. Evito conversas durante o filme para não perturbar e não ser perturbada. Cedo meu lugar para ir uma poltrona ao lado qdo vejo q é um pedido razoável, pois espero q façam o msm por mim. Faço pelos outros o q espero q façam por mim. Se todos agissem assim ir ao cinema seria mto agradável.

  • Wagner Armond

    Fala seres rapadurianos!

    Eu estou realmente muito incomodado com os Cinemas. Além do público sem educação, as salas estão com uma qualidade péssima (audio e vídeo). Depois de ver Thor e X-MEN Primeira Classe no cinema e sair decepcionado, tomei a decisão de só ir ver filmes em 3D, pois normalmente as salas são mehores. E olha que normalmente vou em cinemas da rede Cinemark! Lamentável!

    Pago caro (inteira) e quero pelo menos qualidade!

    Abraço Juras e Mau.

    • O único problema nesse caso são os 3D mal feitos, né! Tá difícil de engolir ultimamente. Já li q o 3D do “Lanterna Verde” é tão ruim qto o filme… ai fica difícil.

      • Wagner Armond

        Realmente. Só vale pagar pra ver os filmes em 3D que estão bem feitos. O próximo que quero ver em 3D é o Harry Potter.

        abs

        • Tava pensando em ver HP em 3D também, mas já ouvi q a conversão não está bem feita. A rede Cinemark nem vai ter a opção 3D por conta disso.

        • Vai com deus, e diga como foi o 3D na proxima semana ¬¬

  • Simplesmente adorei esse cast!

    Com o passar dos anos fui perdendo o tesão de ir ao cinema por conta desse conjunto de problemas. Se é um filme que eu estava esperando MUITO, tudo bem. Caso contrário, prefiro esperar o BD e assistir em casa.

    Concordo com o Mau: os problemas se resolveriam se nós nos colocássemos no lugar dos outros.

    Adorei o equilíbrio que foi retratado entre a culpa do espectador e do cinema! Parabéns pela qualidade que continua se mantendo!

  • Braz

    Muito bacana, realmente são problemas “fáceis” de se tomar ´providências, e claro com o botãozinho do bom senso ligado. Abraços, e esperando o proximo! ;D

  • Rodrigo Garcia

    Aqui em Belém-PA tive um sério problema com uma mulher que levou seu filho, de uns 4 anos de idade, para assistir “Piratas do Caribe 4”.
    A ignorante gritava (uns bons decibéis) para o filho toda vez que aparecia uma embarcação:
    – Gustavoooo, olha o baaarcooo!!!

    No terceiro ato do filme ela atendeu o celular e eu não aguentei mais: Disse que ia procurar a gerencia enquanto ela me chingava e dizia que ninguém iria tirá-la de lá porque era esposa de um dos seguranças do Shopping (pode um negócio desse?).

    No final me senti lesado. Pois fui assediado moralmente enquanto a gerencia não resolvia meu problema.
    Essa é a realidade do grupo “Moviecom” aqui em Belém.

    Grande abraço à você Jurandir, ao Maurício, ao Thiago, ao Juliano, ao Afonso e a todos os seus colaboradores.

    • “GUSTAVO, OLHA O BARCO!” KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • O Moviecom do Shopping Penha em São Paulo tem um som tão ruim que parece o carro da cândida passando…

        • Rodrigo Garcia

          Pois é, o Moviecom daqui também tem um sistema de áudio irritante. Quando assisti “GI Joe” e “Sucker Punch” pensei seriamente em sair da sala.

          a sensação é de levar um soco no “pé do ouvido”.

          Eu não sei qual é a posição (ou a desculpa) dada a respeito disso. Pois eu nunca consigo respostas por e-mail.

  • Lilyan

    O cinema da minha cidade e ridículo.

    Aqui vai uma das minhas reclamações:

    – 90% dos filmes são dublados.
    – Tela pequena e mal projetada
    – Som baixo
    – Horários bagunçados
    – Público insuportável.

    .cry

    • eduardo metello

      isso me lembra minha cidade, rondonopolis – MT

      e aqui tem outro problema, a projecçao aqui parece do seculo 18, de tao ruim é a qualidade da imagem, as cenas escuras, tipo a noite, parece que é cinza e totalmente embaçado e fosco…

      sempre quando eu vo no cinema na minha cidade, que nem vo mais pra nao passar raiva, parece que to vendo a tv la da fazenda, a qualidade da imagem é pior que a tv 20 polegadas da fazenda…

      esse é o cinema do interior de MT, é foda

    • Rodrigo Garcia

      Aproveitando o seu posicionamento, Lilyan, eu acrescento:

      No mês de julho é terrível pra conseguir acesso à cópias legendadas antes das 18 horas. Eles fazem isso pra facilitar a vida dos pais e não ter desculpa pra não levar a família toda ao cinema.

      Daí, os apreciadores de legendados ficam chupando o dedo.

      • Lilyan

        Exato.

        Principalmente se você mora em cidade pequena. Aqui em Jacareí é ruim até fora do período de férias. São apenas cinco salas e ainda invetam de colocar uma sala 3D que pra mim é pura roubação de dinheiro. .boring

        • Lilyan

          Ah outra coisa.

          Quando um filme tem cópia em 3D as chances de ter uma versão legendada 2D são menores… Por que cargas d’água isso acontece? Não sei se é assim nas cidades grandes, mas no interior isso acontece muito. Quer uma prova? Entra no site do Cinesystem e coloca para ver a programação de São José dos Campos. Tem Harry Potter 3D legendado, mas não em 2D. Se é para fazer isso, porque não deixa a cópia 2D leg, não seria melhor? Sei lá viu…

          De qualquer forma eu gosto do Cinsystem, minha bronca eterna mesmo é com o Cinemark…. .capetamau

  • Weverton

    Cara ouvindo esse rapaduracast lembro do que eu passo na bilheteria do cinemark nos finais de semana, que pra comprar um ingresso…!!!
    primeiro que eu tenho que chegar muito cedo pq passo quase uma hora na fila.
    Outra coisa que acho horrivel é q aqui na minha cidade(Natal/RN) o cinema tem 9 caixas e só 2 atendentes…isso é muito ruim,muitas veses quando eu entro na sala ja ta passando os trailers…eu sempre perco os primeiros trailers, fico muito puto.

  • Rodrigo Nefs

    Um cast que fala tanto sobre pensar no próximo e o Jurandir diz que não move uma poltrona pro lado pro cara sentar com a namorada? Nice.

    • Também fiquei meio chateado pela visão do Jurandir, foi meio que infeliz.

      Mas ai temos que ver a motivação dele ao não se movimentar. Se eu chego bem mais cedo para ver um filme e pegar um lugar bacana, lógico que quero que ninguém me perturbe pois aquele lugar é meu por direito (dentro daquela sessão).

      • ué, quase não existem mais problemas desses, com os lugares marcados.

      • Michael, se o cara chegou qdo o filme já começou também ne me mexo, os atrasados q se virem e bem longe de mim. Mas acho q há situações em q sabemos q há mtas pessoas atrás de nós numa fila.
        Fui uma das primeiras na fila de “300” e fiquei lá por quase 1hora, mas vi mtas pessoas entrando na fila 5, 10 minutos dpois dos meus amigos e eu. Qdo entramos na sala do cinema evitamos deixar lugares vazios entre nós e as pessoas ao lado, pois sabíamos q iria lotar e não custava nada evitar buracos.
        Isso não custou nada!
        Por isso torço para q todos os cinemas tenham lugar marcado, para não depender da gentileza dos outros.

      • Rodrigo Nefs

        Eu também compreendo perfeitamente ele se sentir no direito de manter-se no lugar. Fico chateado porque, cinéfilo como sabemos que ele é, não consigo imaginar que ele não pensa no cinema como experiência e se coloca no lugar daquelas pessoas. È uma visão meio egoísta da sala de cinema, não?

    • Eu não sou a Madre Tereza não.

      Eu chego cedo e escolho o lugar que vou sentar. Sorte que as cadeiras já estão numeradas, porque não tenho que ficar mais me preocupando com essa galerinha que pede pra “pular”. Se quer sentar onde bem entender, simples, chega cedo. Chegou tarde? Sentar separado. Como disse um colega mais abaixo, não é um divorcio. E pra evitar isso nas próximas, chega mais cedo…

      Essa mania de chegar atrasado e fazer tudo no jeitinho é que caga o nosso povo. Não é a falta de respeito eu querer sentar na minha poltrona POR DIREITO. Se quer sentar no meu lugar, chega cedo.

      É lógico que existem casos e casos, mas se as luzes se apagam, um abraço, amigo.

  • DSIan

    aki no total em porto naum deixam entrar depois q começa (ou pelo menos foi assim uma vez q eu tentei em dezembro)

  • Rodrigo Nefs

    Agora que vi que isso já gerou discussão lá atrás. Me desculpe Jurandir, você pode ser ‘metódico’ o quanto quiser, mas não pular uma cadeira é um ato tão simplório que simplesmente não consigo entender todo esse cinismo perante quem chega ‘atrasado’. Quer dizer, de verdade, que mesmo havendo dois lugares disponíveis você FORÇA o casal a se sentar na escada caso queiram assistir ao filme juntos? E ainda sente orgulho disso? Eu acho triste, mesmo. Gentileza tá morrendo.

    • Ser conivente com a folga dos outros é que é triste. Chegou atrasado vai apenas sentar separado, isso ñ é um divórcio!

      • Rodrigo Nefs

        Assistir um filme lado a lado com alguém que gosta, cochicar um comentário baixinho, descansar a cabeça no ombro, abraçar. Tudo isso faz parte da experiência que é ir ao cinema. Privar alguém disso por birrinha de lugar? Egoísmo puro.

    • É realmente a msm sensação do Rodrigo Nefs q eu tenho. Não vejo problema em ser gentil com os outros, acho q um lugar pro lado, não muda seu ponto de vista de ver a tela.
      Qto ao Klimiuc, ele não deve ter amigos e mto menos uma namorada para levar ao cinema. Espero q um dia vc passe por uma cituação semelhante para entender. Ficar com um cara sentado entre vc e sua namorada sendo q o mínimo de gentileza não custaria nada.
      Lembrando o q disse dsd o começo: começaram trailers e/ou o filme, eu concordo plenamente em não sair do lugar.
      Mas as pessoas estão sendo tão radicais q esquecem q podem ter um problema e acabar chegando atrasado na sala do cinema. Às vezes vc compra o ingresso antecipado e tem uma dor de barriga na hora de entrar, vai saber, a vida é assim.
      Por isso, apóio o Rodrigo. A gentileza está morrendo!

  • Edmilson

    òtimo tema, gostei da discussão, achei meio incompleta em alguns quesitos como quando chego e quero ver os filmes naquelas tvs eles ficam no maximo 5 segundos(!) na tela dos horários e passam váaarias propagandas deles até voltar, tem de concentrar e ir na linha certo bem rápido, isso me irrita profundamente. Devido à este problema eu já vejo em casa e imprimo todos os horários para que caso haja algum imprevisto eu possa ver os horários com calma.

    Alem disso tem os preços abusivos, da ultima vez que comprei agua no cinema, tem 1 Mês acho, comprei uma garrafinha de agua por R$ 3,20! o preço de uma coca cola! E não me venham falando de custo pois era uma agua sem gás comum sem nenhuma frescura e ao lado do cinema tem uma lanchonete, ou várias, a agua custa R$ 1,50, MC e outros custa acho que R$ 2,00. Porque no cinema os itens tem de ser sempre superfaturados?

    • Edmilson

      Só pra dar meu pitaco no quesito pular lugar. como gosto de deixar a perna esticada para exercitar e poder sair para ir ao banheiro ou comprar algo sem incomodar ninguém eu sempre prefiro as vagas da pontinha, coluna do centro do cinema, facilita bastante 🙂

  • Comecei a escutar agora e por hora…

    Tô curtindo demais estas entradas customizadas do Maurício….!!! Teria as cordas vocais dele desgastado-se?

  • Olá, eu também tive uma experiência do mau atendimento no cinema, fui assistir a Thor, estava tudo ok, quase 20 min de propagandas e dois trailer, ai tudo para a tela fica preta por uns 10 minutos, ai um bendito levanta e vai lá fora que depois de mais 5 minutos chega uma pessoa do cinema e diz no radio o filme da sala 5 não ta tocando… ai depois de mais uns minutos, começa o filme… Sera que o rapaz da projeção Dormiu… Espero que seja isso… é menos mau do que ter um projecinista para todo o cinema… ainda era em 3D, significa ingresso mais caro…

  • Me lembrei agora de uma mancada da rede Cinemark, foi na pré-estréia de Homem-Aranha. Eu comprei o ingresso com alguns dias de antecedência e foi cedo pra garantir um bom lugar, tipo 45 minutos antes e advinha? A sala destinada para quem comprou os ingressos na hora foi liberada ANTES daquela reservada para os que compraram adiantado. Cara, foi muito irritante ver o pessoal entrando e tu parado com a pipoca na mão olhando hehehehe.

  • eduardo metello

    esse assunto rende, no cinemark campo grande MS ja cansei de ver gente entrando com um mcdonalds escondido na bolsa pra comer o samduba no filme. kkkkk

    chega a ser engraçado de tao constrangedor

  • Como tem gente FOLGADA e CARA DE PAU… um dos tópicos abordados no cast foi o de pessoas que chegam atrasadas e ainda querem lugares bons, de pessoas que querem que você pule uma cadeira para ele se acomodar… chego sempre antes para escolher o lugar que bem entendo e não vou sair de la de jeito nenhum! Chegou atrasado, senta separado, isso não é um divórcio! Falta de educação não tem nada a ver com ser conivente com a folga dos outros, se todos fizerem esse “favor” para os atrasados folgados, eles nunca vão fazer como você que chega cedo faz e sempre vão sair contando vantagem: “cheguei atrasado e ainda arrumei um lugar bom! SOU SORTUDO! O MUNDO É DOS ESPERTOS!!!”…. Pode ser um casal em lua de mel, sentei, só saio quando o filme acabar e FODA-SE!

    • Rodrigo Nefs

      Que visão pessimista do mundo. Se ao invés de imaginar que estão contando vantagem, pensa no casal comentando, a caminho de casa, quão bom foi assistir ao filme lado ao lado,na diferença que fez um abraço na parte em que a menina ficou com medo, no quão bonito foi o olhar que eles trocaram naquela cena mais romãntica. E no quão agradecidos eles ficaram com aquele rapaz que fez o enorme gesto de pular uma cadeira e lhes proporcionou essa experiência.
      Gentileza gera abuso? Talvez. Eu prefiro acreditar que gera mais gentileza.

      • Se o mundo fosse perfeito do jeito q vc descreve, seria o caso, como não é q cheguem antes, se depender de mim ja sabe.

        • Klimiuc, o mundo não é do jeito como o Rodrigo Nefs falou graças a pessoas como vc. Parabéns, troféu troll virgem da semana, pq alguém cm vc não deve saber o q é ter alguém pra compartilhar um filme cm descrito pelo Rodrigo.
          Vc acha q está tão certo q só mostra mais e mais como é uma pessoa rancorosa e difícil de lidar, vai ver é por isso q está sozinho.

          Rodrigo, espero encontrar mais pessoas no mundo cm vc, qm sabe teremos um mundo mais perfeito.

          • Ta bom “tia”…..rs

          • Tá certo, “sobrinho”!
            Ainda bem q não me encomodo de ser chamada de tia, com 24 anos, tenho um sobrinho de 26anos, então sou “titia” desde q nasci.

          • *incomodo

          • Então “tia” 😉 , como disse abaixo, temos em comum apenas o gosto pelo cinema, mas discordamos TOTALMENTE em relação ao assunto em relação a pular uma cadeira para acomodar quem chega atrasado. Não vou mudar minha opinião e nem vc a sua.

          • Não estou pedindo para mudar de opinião.
            Não mudo de lugar qdo vejo q o cara é realmente um folgado, q só qr se aproveitar, mas eu há situações em q acho q não tem problema nenhum.
            Isso não vai mudar em nada o filme. Sento c/ meu noivo e meus amigos qdo vou no cine, pq os outros não podem fazer o msm se forem educados?

          • Então em tese vc ñ descorda totalmente do q faço, eu apenas sou mais radical qto a mudar de lugar.

          • É exatamente isso!
            Minha discussão toda é qto a ter bom senso, ou seja, julgar a situação conforme for.
            Há situações em q realmente a pessoa faz por pura folga, entra qdo já começou a sessão (trailers ou o até msm no filme). Ai não se deve dar lugar msm.
            Mas tem horas em q o cinema lota por ser estréia, ou por ser dia de promoção e a gent sabe q não custa nada dar espaço pra todos poderem se acomodar.
            E é claro q tudo depende de como a pessoa vai pedir. Tem q ter educação.
            Lê meus comentários mais pra cima q vc vai ver q eu tô falando disso dsd o começo.

        • Anderson Paranhos

          Dá pra ver nos seus comentários q vc realmente vai ao cinema sempre sozinho, experimenta só uma vez ir ao cinema com sua namorada (ou namorado, não sei de suas preferências) com certeza vai começar a pensar diferente.
          E nem adianta me responder falando q vc tem namorada, que vai ao cinema acompanhado, dá pra perceber pelos seus comentários rancorosos como vc costuma ir sozinho.
          Não adianta falar q vc vai acompanhado da Mamãe, Papai ou amiguinhos da escola, isso não vale.

          • kkkkkkkkk…. ñ que eu deva satisfação para quem se sentiu cutucado no cast e por mim por serem FOLGADOS… mas sou noivo sempre vou ao cinema com minha namorada, mas vou torcer para que um dos FOLGADOS frequentem o Cinemark de Guarulhos e que cheguem atrasados me pedindo para pular uma cadeira…. kkkkk… o mais foda é debater com pessoas querendo se mostrar “cult”, sendo que são aquelas MULAS q ficam empacando o entretenimento dos que chegam CEDO, e ESCOLHEM LUGAR… Abraço!

          • Anderson Paranhos

            Não acredito!!! vc tem uma noivinha, esta é com certeza a maior prova q qualquer um arranja alguém, se até vc q é um completo IDIOTA conseguiu qualquer um consegue, HAHAHAHAHAHA.
            Este casal deve ser LINDO, HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!! 😀 😀 😀 😀 😀

          • Ta bom “tio”… 😀 … pode me continuar com seu bla bla bla, mas se depender de mim ja sabe…rs 😉

          • Anderson Paranhos

            HAHAHAHAHAHAHA, imagino as vergonhas q ela deve ter passado com vc, HAHAHAHAHAHA, não deixa ela escapar PELO AMOR DE DEUS, vai ser muito dificil arranjar outra, HAHAHAHAHA 😀 😀 😀

          • Anderson Paranhos

            Deve até ser fácil de reconher vcs dois no cinema, vou começar a frequentar os cinemas de SP, tem q ver isso pessoalmente, HAHAHAHAHAHA 😀 😀 😀 😀 😀

          • Anderson Paranhos

            Fico imaginando o “naipe” da sua noiva, pra conviver com vc, HAHAHAHAHAHAHA, desculpe, é q é muito engraçado, HAHAHAHAHAHA, Klimiuczinho tb AMA, HAHAHAHAHA, vc deve ser um poço de romantismo, HAHAHAHAHAHAHA 😀 😀 😀 😀

          • Isso… sai da roça em vem pra SP conhecer o cinema da cidade grande! 😀

          • Anderson Paranhos

            Será q vc e ela terão q reprodusir em cativeiro?
            Vcs são protigidos pelo Ibama?
            HAHAHAHAHAHAHA 😀 😀 😀

          • Se sua mãe teve autorização do IBAMA pra criar vc, o q ñ pode ser feito então né?! kkkkkkkkkkk 😀

          • Anderson Paranhos

            HAHAHAHAHA, vc é muito engraçado Klimiuczinho, HAHAHAHAHA, Agora toda vez q eu ver um casal RIDICULO no cinema vou achar q é vc e sua amada, HAHAHAHAHAHA 😀 😀 😀
            Klimiuc com certeza vc é o maior ESCROTO q já encontrei pela internet, HAHAHAHAHAHA, vc acha q me convence q tem noiva, vc com certeza tem menos q 17 anos, HAHAHAHAHAHA 😀 😀 😀 .
            Só pelo jeito como vc comenta dá pra perceber a vc é cabaço.
            Chega, cansei de rir, vou para de t responder, HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA 😀 😀 😀

          • Isso, vai carpir… kkkkkkkkkkk, constantemente encontramos pessoas que tem em comum apenas o gosto, mas como nossas opiniões são TOTALMENTE diferentes, defenda seu lado, pq vc tem jeito de gordinho careca com uma namorada “fofinha” e q gosta de chegar atrasado no cinema pra encher o saco de quem chega cedo… um dia vc vem em SP conhecer a cidade, ver prédio alto! Olha q legal! Um monte de prédio!! kkkkkk

          • Anderson Paranhos

            Como vc é tonto, sou Guarulhense tb babaca.
            Pela sua educação vc deve ser um daqueles emos idiotas q ficam a noite toda no Extra da IV Centenário, é um dos funkeiros do Bosque Maia.

          • “Guarulhense tb” pq?! Quem disse q moro em Guarulhos?!…rs… nem conheço esses lugares aí, aliás, a única coisa q presta em Guarulhos é o Shopping e o pedaço da Dutra…rs

          • 😀 1980….. Anderson Paranhos! De novo atrasado menino!!!……. 2011….. Vamos chegar atrasado no cinema, mas sempre arrumo lugar! SOU ESPERTO!! MEU NOME É PARANHOS, ANDERSON PARANHOS!! KKKKKKKKKKKKKKKK

          • O problema é o seu conceito de atrasado!
            “Nossa cheguei às 13h51 e ele chegou as 13h53, problema é dele, vou ver o filme do Justin Biber onde quiser, q se dane os outros, sou mto esperto”
            Vc deve ser daqueles q senta no no metrô e não levanta qdo chega um idoso pq vc chegou primeiro.
            Vc não dá a vez pra uma grávida na fila pq chegou primeiro.
            Se tiver c/ tosse no hospital, não deixa atender um cara com parada cardíaca pq chegou primeiro.

          • kkkkkkkk… isso tudo vc deduziu pq ñ troco meu lugar no CINEMA? …rs… essa tia viu….rs

          • Deduzi pelo extremismo. “Não mudo nunca, fico aqui e pronto”.
            Se vc avalia a situação sabe q tem horas q vc deve ter atitudes extremas e outras q não custa ser um pouquinho gentil.

          • Então, Klimiuc, espero msm te encontrar aki em Guarulhos, assim qdo vc for ver Harry Potter, vou chegar com meu noivo e sentar cada um de um lado seu e ficar te enchendo o saco.

          • Faço questão de nem pedir pra mudar de lugar, vamos chegar e sentar bem do seu ladinho, ok?

          • Sem problemas… em vez de 1 casal sem assistir o filme em paz vão ser 2… vai ser divertido! 😉 kkkkk

          • Guilherme

            O papo de vocês rendeu tanto que até já estão marcando encontro…hahahahah

          • … no mínimo serviu de entretenimento pros outros…rs 😉

          • Cleyton R

            Com certeza! kkkkkkkkkkkkk

  • Nicole Frederic

    Oi! Quando vcs comentaram das pessoas que batem na cadeira da frente eu me lembrei das tantas vezes que fui ao cinema e tinha um garoto pequeno com os pais atrás de mim e o garoto ficava chutando a minha cadeira. As vezes parecia ser só acidente, mas quando acontece MUITAS vezes no meio do filme dá vontade de virar para a mãe e dizer “A senhora poderia fazer o favor de domar o seu filho? Porque esse animal está tentando abrir um buraco na minha cadeira com o pé!!”
    Mas, eu, minha família e vários amigos temos muitas vezes vergonha de reclamar e acabamos por aturar e bufar alto, como se isso pudesse resolver alguma coisa. Mas depois de ouvir esse cast eu vou tomar uma atitude da próxima vez que isso acontecer (não do jeito que escrevi hehe).

    • Isso aí Nicole! Abaixo os FOLGADOS!…rs 😀

  • Mauro

    Eu cada dia que passa eu sinto menos vontade de ir ao Cinema.

    E mais triste ainda fico porque as melhores lembranças que tenho com meu Pai, aconteceram em uma sala de cinema, então toda vez que entrava numa sala eu revivia aquelas boas lembranças com a mesma intensidade.

    Eu não consigo mais entrar no mesmo lugar em que há adolescentes, não os suporto e pretendo não deixar o filho que tenho se tornar um deles, são mal educados, não respeitam os outros, não se comportam de acordo, pior é ver pessoas com 30 anos ( minha idade )se comportando também como crianças de 15-16.

    Outra coisa também é a falta de opção, no cinema de minha cidade agora o SR. Severiano Ribeiro só exibe filmes dublados, nada contra a dublagem mas certos filmes eu quero ver no indioma original.

    Por isso me despedi do cinema e investi em um bom home Theater e TV, pelo menos na minha casa eu posso apreciar algo do jeito que não posso mais no cinema.

    Abraços.

  • Rennê Anderson

    Gostei muito desse rapadura, mas passando para um plantão urgente saiu o teaser trailer de “The Dark Knight Rises” vejam rápido:
    http://www.youtube.com/watch?v=UmwcQsy5d4o

  • Alguns problemas que são recorrentes nas salas onde eu fui e vou (UCI Ribeiro – Shpping Recife, São Luiz – RJ, Cinemark Botafogo):
    – O filme começa e a porta da sala permanece aberta, com a luz do corredor entrando.
    – O projecionista inicia a projeção, vai embora e não a apaga a luz da sala onde fica o projetor, de forma que esta fica iluminando a sala de cinema (tenho ódio disso, dá até para ver a sombra dele na parede quando ele entra na sala).
    – Projetor mal regulado, mostrando os microfones em cena (isso é um corta tesão danado…)

    • Essa da luz da sala do projecionista ficar ligada acontece direto no Cinemark Guarulhos.
      Não sento mais no meio por causa disso.

  • Rafael CS

    Aqui no Cine lapa em Salvador o cinema e horroroso eu fui assistir Tropa de Elite 2 e eu n estava conseguindo ouvir alguns diálogos que tinha no filme , e sem falar do chão que ficava prendendo o sapato parecendo q tinha algum tipo de cola sei la . .raiva

  • Bom, por se tratar do ATO de ir ao cinema, o Maurício nem falou tanta bobagem. A pior, para mim, foi achar que o cinema DEVE informar o espectador sobre cenas adicionais pós-créditos, o que é um absurdo. A pessoa que vai embora antes do final dos créditos, vai porque quer! Uma cena no final NÃO É MAIS IMPORTANTE que os nomes das pessoas responsáveis pela produção. Com esse tipo de raciocínio, a tendência é que os créditos finais realmente nunca sejam devidamente respeitados.

    E botar o pé no braço da cadeira da frente não configura falta de educação e respeito apenas quando há alguém sentado nela ou quando você pisou em cocô de cachorro. Mesmo se a cadeira estiver vazia, hoje você não se incomoda em colocar o pé ali, mas amanhã pode ser você sentado naquela cadeira, colocando o braço no apoio que VOCÊ MESMO SUJOU! Ou seja: uma tremenda burrice!

  • Em São Paulo, para quem não conhece, há o Shopping Jardin Sul…que fica em bairro nobre…fui assistir lá…um determinado filme porque imaginei: como é caro e só frequentam pessoas que supostamente tem educação…ledo engano…conversas…celular…e depois do filme: poderia encostar um caminhão de lixo que não daria para recolher toda a bagunça…desisto de ir ao cinema.

  • Alessandro

    Adorei o podcast. Realmente grande parte dos problema poderiam ser resolvidos com educação e amor ao próximo.

    Fui assistir Avatar no IMAX aqui em Sampa e os atrasados, mesmo fazendo fazendo silencio, ao entrar ficam praticamente no meio da tela – atrapalhando a experiencia de quem chegou no horário =/

  • E lembrei de um casinho que me deixou impressionado pela cara-de-pau e falta de caráter:

    Fila ENORME (muito grande mesmo) na bilheteria e eu sou o próximo a ser atendido. São 14h50 e eu irei na sessão de 15h (promocional, meia R$2 e inteira R$4) de Os Simpsons – O Filme. Vem um casal de 20 e poucos anos e pede licença para tirar uma dúvida com a atendente do guichê. Eu, gentilmente, permito. “Fulano de Tal comprou um ingresso pra mim de Os Simpsons e deixou aí para eu pegar. Vê se ele tá aí”. A atendente revirou teclado, mouse, gavetas e NADA. Depois de algum tempo, fazendo-se de vítima, ele vira e diz “Putz, não tá achando? Então vou ter que comprar outro ingresso” e começa a abrir a carteira. “Não vai não. Vai pro final da fila” eu disse quando notei o golpe que ele estava aplicando para poder furar a fila, a única saída para conseguir um ingresso a tempo (lembrem: a fila estava muito grande!). Mas a atendente já havia embarcado no golpe que, a esta altura, já havia tomado traços de extorsão: supondo que a empresa era responsável pelo “sumiço” do suposto ingresso, ela imprimiu um outro e entregou para o rapaz.

    Fiquei até com medo de contar isso aqui pra não dar ideia pra outros indignos!

    • Caraca, cúmulo da folga+safadeza+cara de pau.
      Pior é o fim, ele ainda levou o ingresso de graça, às custas da moça q vai ter um furo no caixa no fim do dia e vai ter q tirar do próprio bolso.

    • Boa ideia, outra boa é comprar duas meias com uma unica identidade e boleta, mas só funciona com duas filas meio afastadas uma da outra. Já fiz isso no UCI da Barra para conseguir meia entrada para uma mina ( tinha esquecido o dela em casa ), bem horrorshow. .style

  • Jurandir Filho e Mau Saldanha,

    também sou de BH e já fui no Shopping Del Rey, e acho que o cara do email se referiu ao auto atendimento como sendo uns monitores que ficam numa fila separada da fila de comprar o ingresso normalmente, onde a pessoa paga com o cartão.

    Eventualmente ela pode comprar a pipoca la também, mas é só o ticket. Em quase todos os shoppings daqui tem isso, hoje em dia só compro ingressos por la, pois a fila sempre está menor.

    Achei que isso tinha no Brasil inteiro, ai onde vocês moram não tem isso?

  • Luis

    Pow mt legal o site! Conheci vcs e o mauricio atraves do Pixelcast. Show de bola voltarei a ouvir!

  • Felipe

    Excelente tema.

    A respeito da fila pra comprar pipoca (BOMBONIERE) a rede de cinema “Moviecom” facilitou muito a vida de quem vai assistir filme e quer fazer umas compras pra comer dentro do cinema. Colocaram um carrinho, com várias guloseimas, refrigerante, e até pipoca DENTRO DA SALA DE CINEMA.

    (antes que falem, a pipoca é atualizada, a funcionária vem com outro carrinho de pipocas “novas”)

    É muita felicidade 😀 me poupa pegar uma fila gigantesca antes de entrar pra sala.

    Eu entro no cinema e seguindo o corredor, la está a abençoada mulher esperando. Como comprar pipoca é uma coisa rápida, a pessoa que está vindo atrás de mim não leva tempo pra esperar eu comprar, é muito rápido e prático .style

    • Aqui em Belo Horizonte tinha isso nas salas cinemark, mas dava muita bagunça e os mal educados contiuavam vendendo enquanto rolavam os trailers, talvez por reclamação, pararam de vender.

    • O pior é quando o carrinho de pipoca fica com a luz acesa quando os trailers já estão rolando… aí num dá, né?

  • Netuh

    Ola Juras e Mau,

    Eu moro na Belgica, e a rede Kinepolis faz umas coisas bem legais, por exemplo voce compra o ingresso num auto-atendimento desses, mas voce pode comprar no guiche tambem, sendo que voce tem que pagar uma taxa adicional. Outra coisa legal eh que a bomboniere eh no caminho pra as salas, mas eh um corredor a parte, ai so quem quer comprar pipoca que enfrenta a fila la. Alem disso, cada degrau das cadeiras tem os numeros da filas fluorescente, e no meio da poutrona tem o numero dela na fila. E aqui tem tambem um cartao que voce pode comprar que valem 10 entradas, inclusive, sai ate mais barato comprar assim (mas ele tem uma validade tambem =[).

    Abraço

  • Algo que me incomoda são as diferenças das telas. Não digo do tamanho e sim das proporções, em alguns cinemas aqui de porto alegre(Cinema novo, com menos de 1 ano) parece que estou vendo o filme no padrão 4:3!
    Não deveria ser tudo aquele super wide lá?

    E não suporto essa fila unica de Bonboniere e Ingresso!

  • vincent

    nao terminei de ouvir ainda mas só pra ressaltar, aqui em Jlle SC, nao q o cinema seja grande coisa, mas no unico multiplex com lugar marcado q tem na cidade, as cadeiras numeradas funcionam muito bem…

  • Victor Hugo

    Um problema que vi em algumas salas é que a porta da sala fica de frente para a platéia, do lado da tela. Quando alguém entra na sala no meio da projeção, a claridade é a primeira coisa que chama atenção, atrapalhando o filme. Além da sujeira, é claro, e da falta de educação de algumas pessoas. A figura do velho lanterninha tá fazendo muita falta hoje me dia.

  • Quando fui assistir Harry Potter e o Enigma do Príncipe tinha uma garota que parecia não conhecer nada da história e dos personagens, ficou quase o tempo todo perguntando pra colega do lado quem era tal pessoa, pq isso aconteceu? Pq aquilo? Meu Deus! Até hoje me pergunto pq essa garota foi assistir ao 6º filme da série sem ter visto os anteriores?

    Um problema maior foi quando a projeção parou no meio de ‘The Dark Knight’ .assustado as lâmpadas se acenderam, todo mundo se perguntando o que aconteceu? Depois de 10 minutos outros começaram a dizer que queriam o dinheiro de volta. E quando voltaram a rodar eu achei q tava em casa, pq tinha gente falando pra pra voltar mais um pouco, q não tinha parado ali e tal. Mas conseguimos assistir ao filme felizmente 😉

    Ah! Isso aconteceu no Cinemark aqui de Vitória. Abs.

  • Dwight

    Olá seres rapadurianos, eu acabei de sair de uma sala de cinema que estava passando o filme X-men e quero prestar uma queixa justamente sobre o assunto comentado nesse cast. 1° – Quando eu cheguei ao cinema eu tive que esperar 10 minutos de atraso. 2°- Quando eu cheguei à sala, ela estava literalmente imunda! Isso um dia antes da chegada do HP! Porra Cinemark! Espero não querer muito de vocês mas vocês decepcionam muito, me digam: quem vai querer ir no cinema desse jeito se podem simplesmente fazer o download do filme em casa, muitos já mudaram de ideia por isso, pensem nos que ainda não mudaram!

  • Eriko Lima

    Caras a cadeira numerada funciona SIM! ultimamente tenho dado preferência a ir num cinema bem mais distante do que o que existe próximo a minha casa devido o sistema de cadeiras numeradas pq este acaba com as filas na hora de entrar no cinema e AS PESSOAS RESPEITAM SIM, pelo menos é o que acontece na rede UCI do shopping Analia Franco na ZL de São Paulo, e aqueles q não respeitam tomam lanterna na cara (no sentido figurado por favor) sem falar na comodidade de não ter q ficar pirando com horário.

  • Bom.. esse é o primeiro cast que parei de ouvir na metade. Não que não tenha gostado. Acho legal a iniciativa e é bom pra mostrar aos cinemas o que acontece pelo Brasil.

    Sinceramente, não passo mais por esses problemas. Sabe por que? Porque todos eles são driblados pela inteligência. Veja bem: Sempre opto por comprar nos guichés, e pago com cartão de débito. Nas imensas filas, você vê que a maioria das pessoas também pagam com o cartão, e essa operação demora! Além do mais, correm o risco de pegar 20 minutos de fila e não ter mais lugares. Geralmente tem 6 atendentes para as filas e 3 totens eletrônicos. As filas no totem são infinitamente menores, e compro tudo com cadeira marcada em menos de 5 minutos.

    Com relação ao “respeito” a esses assentos marcados, é facil: Comprei as cadeiras i22 e i23. Se alguém estiver lá, peço educadamente que ceda o lugar. Se a pessoa insistir, chamo o segurança e tudo se resolve. Assim como uma vez sentei por engano na cadeira errada, a pessoa me questionou educadamente, vi que estava errado, me levantei, e pedí desculpas. O fato de não pegar fila pra entrar, me permite chegar cedo na sessão e evitar todos os problemas. Geralmente dá pra “perder tempo” procurando a numeração.

    Outra coisa: a cultura das pessoas de “chegar primeiro” se resolve com passos simples. Se não quer complicação, compre antecipado! Horas antes da sua sessão. E aproveite o tempo pra passear.

    O que sinceramente acho que falta, é cuidado na exibição. Alguns cinemas ficam tão “automatizados”, que esquecem de ver se o volume está bom e se a projeção está certa.

    Chega do monólogo! 🙂

  • Mateus

    O que mais me incomoda nos cinemas são pessoas tendo relações sexuais nas poltronas.
    Pessoas se beijando ok, mas quando uma ou um se joga sobre o outro e começam a gemer durante o filme, estraga totalmente minha concetração.
    Estou parando de ir ao cinema por causa disso.
    Se você lê e faz isso ao ir ao cinema shame on you! Vá para o motel e não para o cinema !

  • Anderson Paranhos

    Será q o Jurandir parou de responder comentários pq está meio sem jeito para lidar com a situação?
    Pelo q estou vendo as pessoas q o apoiam no quesito “cheguei primeiro e não cederei lugar a niguém” estão se mostrando sempre pessoas ponderadas e nem um poquinho extremitas.
    Gostaria muito de ouvir o q ele tem a dizer sobre toda essa discussão.
    Percebi q a maioria dos contrários sobre a sua opinião acham meio sem nexo ele pedir bom senso e agir dessa forma quando o mínimo q se pede é gentileza, será q educação, gentileza e bom senso não estão mais interligados do que ele e muitos aqui pensam?
    Não sou um exemplo de bom moço, de vez em quando sou até um pouco estúpido, mas por maior q seja o meu mal humor em um certo dia não consigo ser grosso com quem se dirige a mim com educação.

    • Nada, parei de responder porque estou trabalhando nas próximas edições. Hehehe. No próximo quadro de e-mails eu tenho uma resposta para a situação. Melhor do que ficar rebatendo de lá e cá, sem fim, e pessoas repetindo a mesmo pergunta.

      • Pelo menos a discussão rendeu uma boa participação da galera nos comentários.

  • atrasado em 3 casts, tenho que me cadaptar com o novo formato.

  • Não vou mais aos cinemas… Já conto nos dedos seis longos anos que me abstenho de ver um filme na tela grande… As razões podem ser lidas aqui, no meu blog: http://mkenobi.multiply.com/journal/item/80/80
    Cinema ERA a maior diversão… 🙁

  • Thaís

    Sobre o auto-atendimento citado, em praticamente todos os cinemas aqui de São Paulo as máquinas demoram tanto no processamento que muita gente acaba desistindo de comprar. E daí a intenção de diminuir as filas acaba não sendo alcançada, porque fica uma fila enorme na bilheteria normal e uma fila enorme no auto atendimento!
    Já sobre o lugar marcado. Eu frenquento muito os cinemas na paulista, inclusive da rede cinemark e nunca tive problemas. Isso poupa aquela chatisse de filas enormes pra entrar na sessão. Acredito que esse é o caminho para organizar a entrada, mas é necessário a presença de um funcionário principalmente nas sessões mais cheias porque sabemos que nem sempre é possível contar com a boa educação das pessoas.
    Agora a coisa que mais me incomoda é o filme já ter começado e as pessoas continuarem entrando. Quando fui assistir Thor, eu e meu namorado quase fomos esmagados por uma mulher e-n-o-r-m-e que não conseguiu acertar a cadeira com sua bunda porque já estava tudo escuro! E depois ficou falando alto para ensinar a mulher que estava com ela a usar o óculos do 3D. Toda a experiência do filme é comprometida porque é impossível não desviar sua atenção. Eu concordo que deveria ser como no teatro, onde depois do terceiro sinal acabou, ninguem mais entra. Afinal um ingresso inteiro de sessão, ainda mais 3D é um investimento muito alto e é irritante você pagar por algo e não conseguir aproveitar.

  • Infelizmente não vou muito ao cinema devido ao preço elevadíssimo dos ingressos, mas já passei por alguns problemas.
    O sistema de assentos marcados é uma maravilha, pois acabou com aquilo de você chegar um pouco atrasado e não achar nenhum lugar pra sentar, pois já está escuro. Quando fui ver o primeiro filme do Scooby Doo tive que sentar no chão.
    O problema é que o atendimento automático gera filas enormes, pois as pessoas demoram séculos pra escolherem seus assentos, sessões e etc, mesmo com a ajuda de um atendendo ao lado da máquina, que tenta agilizar o processo. Fiquei um bom tempo na fila para ver Toy Story 3 e acabei perdendo a sessão (e a minha pipoca, que ficou fria). Estava com meu irmãozinho de 7 anos e não foi nada legal ter que arranjar o que fazer pelo shopping até a próxima sessão (1h30min depois).
    Mesmo com um ou outro problema acredito que nada estraga por completo a experiência que é assistir a filmes no cinema.
    Falta educação, respeito e seriedade sim, mas compreensão e paciência também.

  • Evelyn

    Ótimo cast. E só pra destacar, é notável que uma boa parte dos problemas citados, podem facilmente ser minimizados com a colaboração do próprio público. Como a poluição do ambiente com embalagens e alimentos, barulhos indesejados causados por celulares e/ou conversas paralelas, tudo isso é falta de conscientização e bom senso. As pessoas precisam entender que aquele é um local compartilhado com muitas outras pessoas. O objetivo do cinema é entreter e as pessoas precisam saber respeitar aos outros que estão lá tendo o divertimento como objetivo.

  • Adorei o tema do podcast. muitas coisas faladas ja aconteceram cmg, como o exemplo do celular. axo isso ridiculo. Mas gostaria de parabenizar o Cine Multiplex do Tambiá Shopping em Joao Pessoa PB, pois no final da exibição de Thor em 3D, quando estavamos devolvendo o óculos, o cara la dizia: “existe uma cena depois dos créditos. quem quiser ficar…” so dizia isso, mas ja era o suficiente pra vc saber que tinha uma cena no final dos creditos e se quisesse ficar, tudo bem. 😉 E ainda, quando começou a cena, eles apagaram a luz. Respeito com o espectador. Parabens mais uma vez pelo o melhor podcast de cinema do Brasil.

  • òtimo cast pessoal, parabéns!!!

    Da para perceber que o principal fato que ocorreu com o público é sua falta de educação. Somo um país que não valoriza o pouco que tem. É por isso que tantos lugares são do jeito que “são” pelo descaso das pessoas.

    Em relação as salas de cinemas, dois fatos que ocorreram comigo, um ponto positivo e outro negativo.

    Negativo: por duas vezes em que fui em estréias (“Todo Poderoso” e “A Múmia 3”) as salas etavam super lotadas e acabei tendo que sentar nas escadas. Será que os cinemas não tem um controle de lotação para notar o limite das salas ou só estão preocupadas em lucrar?

    Positivo: Faz tempo, mas lembro que quando fui assistir O Chamado 2, tinha um grupo grande de garotos que estavam perturbando tanto, mais tanto que a gente reclamou com a gerência, que nos pediu desculpas e nos consederam novos ingressos para assistirmos a qualquer filme até o final daquele mês.

    Esperamos que a boa educação prevaleça sempre!!!

    Abraço,

    😀

  • duan

    Caras, o que mais me agride numa sala de cinema, são pessoas tirando foto (com flash) durante o filme… PQP fico muito P* da vida com isso!
    ——–//——–
    Certa vez fui ver Senhor dos Anéis 2 no dia da estréia.. Não lembro bem que dia o filme estreiou, mas se não me engano foi em dezembro de 2002 ou janeiro de 2003, eu atrasei uma viagem de familia para ir ver o filme, e foi uma das piores experiencias da minha vida… Sala LOTADA, uma gritaria inacreditavel, e ainda uma trupe de babacas umas filas acima chutando alguma coisa que imagino ser uma mochila.. Fiquei tão p* da vida, que passei alguns anos sem voltar em cinemas…
    Hoje em dia voltei a visitar as salas de cinema pelo menos uma vez por semana ^^

  • Jéssica

    Eu acho essencial ser informado do telespectador antes do filme se tem alguma cena adicional. Quando assisti Piratas do Caribe-No fim do mundo, assisti a cena adicional porque fiquei sabendo antes pela internet caso contrário não teria visto.

  • renata

    Gostei muito do cast, vcs deram muita ênfase em se colocar no lugar do próximo, ser mais compreensivo e tal o q é ótimo. Mas quando uma pessoa pede pra trocar de lugar vcs são totalmente inflexíveis…poxa não custa nada né?!! Tá certo q o cara chegou atrasado, mas vai saber o q aconteceu. Todos precisamos mudar hehe

    • eu tenho certeza que o pessoal cede sim,
      muitos aqui não tem o desprendimento de dizer NÃO à uma pessoa e gerar um mal-estar…

  • Muito bom o cast… Recentemente fui assistir um filme no Kinoplex do North Shopping e uma “fela da mãe” estava com os pés apoiados na minha cadeira e passou o filme todo incomodando!! foi

  • Marco Tulio

    Eu sempre sento tbm na primeira fileira.

    Gosto de assistir a vontade, esticando perna e tudo…como sou alto fica mto apertado se tiver uma cadeira na minha frente.

    xD

  • Fala seres rapadurianos!
    Cara concordo com quase tudo, só nao concordo com a parte do cara com a namorada, ou até com amigos mesmo pedir para alguem “saltar uma cadeira”…
    cara uma cadeira pra ca ou para lá nao faz tanta diferença assim, se fosse vc q tivesse que ficar longe da sua namorada no cinema, ou do seus amigos, voce nao ia gostar…
    A gente vive em sociedade, entao temos q abrir mao de certas coisas, para o bem do proximo!
    Otimo Cast galera!

    • Ih, Kaio, esse assunto já rendeu tanto nos comentários ai pra cima.

  • .raiva Aproveitando o tema, olha q bela notícia! O Cinemark de Guarulhos “SABE-SE LA PORQUE”, logo hoje que é a data oficial do HP 7 – PII, está vendendo ingressos para a sala XD (a única até então com assentos numerados), sem marcação de lugar! Absurdo! A única vantagem que tinha e eles tiram… num lugar em que se perde 40 min para comprar pipoca ñ poderia se esperar outra coisa, bando de BURROS!

  • Resenha do meu dia, Fui ver Harry Potter em IMAX e normal hoje.

    No IMAX por ser uma sessão exclusiva não tinha ainda pipoca e afins para vender na bombonier, logo foi bem tranquilo quanto a barulhos desagradáveis durante o filme e o público era mais “crescido” então não tiveram gritos nem nada do tipo.Os óculos fornecidos realmente eram de qualidade, tampavam toda a visão periférica e não escureciam o filme como aconteceu na sessão normal de 3D.Outra coisa que me chamou muita atenção foi a qualidade das poltronas e da resolução da imagem que diga-se de passagem estava perfeita!Nessa sessão passaram alguns trailers de filmes em 3D e logo depois começou o tão esperado filme.Como o filme foi convertido para o 3D não é de se esperar muito dele, a cena do Lord Voldemort é uma das poucas que você nota o 3D de verdade.No IMAX entretanto eu consegui uma experiência de 3D muito melhor do que na sessão normal, você tinha uma constante noção de profundidade que me deixava até tonto as vezes, o que eu senti falta na sessão 3D comum.

    Na sessão comum como era praticamente estreia, eu achei que a sala estaria cheia, mas isso não aconteceu!Tinham pessoas de todas as idades todas abastecidas de pipoca e refrigerante, o que eu não pude deixar de notar foi que o cinema antes de exibir trailers ele mesmo passa um video com instruções de comportamento em geral, porém no pós sessão a quantidade de copos e sacos de pipocas nas poltronas mesmo com o video pedindo para levar o lixo no seu devido lugar parece que passou despercebido por várias pessoas.

    Essa sessão foi mais animada em comparação ao do IMAX pois as pessoas gritavam, batiam palmas e etc.Quando Harry morreu, uma criança começou a gritar “nãaoo poodi, não poodi” quase chorando(não podia deixar de comentar 😀 ).A qualidade técnica, pelo menos do cinesystem cidade que eu fui não era das melhores, a tela estava fora de enquadramento, estava um pouco torta e o óculos 3D fornecido não oferecia uma experiencia tão boa quanto a do IMAX, como o filme é escuro o óculos escurecia ainda mais e fazia com que nós perdessemos alguns detalhes.

    E vai uma dica pra quem vai ver o filme ainda, veja sem ser 3D!Não vale a pena pagar pra ver em 3D pra ver uma cena ou outra que vc consegue notar o efeito realmente.Se for em IMAX entretanto eu recomendo pois gostei bastante, a qualidade é incomparável.

  • Eduardo Rodrigues

    fui assistir Harry Potter e as Reliquias da Morte parte II hoje e no meio da sessão em uma cena do Voldemort (não vou falar qual por causa de spoilers) começaram a rir (a cena não era engraçada), e não pararam até que alguém mandou calar a boca, foi um quebra clima do caralho.

  • Alessandro Shigematsu

    Hoje fui assistir Harry Potter no Multiplex de Bauru-SP, tava tudo perfeito assento confortável, telão retângulo grande e sem buraco :D, projeção 100%…
    PORÉM! CONTUDO! ENTRETANTO! TODAVIA!
    No banco ao lado esquerdo havia um terrível monstro, maquiavélico, sem coração, o mais temível que se pode encontrar em uma sala de cinema: O NARRADOR DE FILMES!!!!
    Ele não parava de falar, fazia contraste com as vozes dos personagens do filme e a dele… cara…vontade de mandar ir pra %$%%@#&*%&#*@
    As empresas sempre pensam nos consumidores e suas necessidades, mas ter um narrador de cinema já é demais!!!
    HAHAHAHA
    MALDITOS SEJAM OS NARRADORES

  • Rennê Anderson

    Ja que estamos falando de cinema, hj no Ceará em Juazeiro do Norte, lançamento do esperado ultimo filme do Harry Potter, lá só tem um cinema no município e dentro de um shopping e está em reforma e na fila de cinema, houve tumulto, e empurraram uma menina com a porta de vidro e ela desmaiou soube que até levaram para o hospital e muita gente até pisoteou, que triste, falta de estrutura, sabendo que esse filme ia dar muita gente e deu nisso!

  • DM

    Só vi o post do Cast agora e se encaixou como uma luva na situação que acabo de passar. . Comprei o ingresso de HP Pt 2 a mais de 1 mês, cadeira marcada, justamente por que sairia da faculdade pouco tempo antes da sessão e sem chance, poderia pegar a clássica fila. Pois então cheguei 5 minutos antes de começar as propagandas, cinema LOTADO, e o que tinha? Uma pessoa sentado no meu lugar, conversei com a pessoa e ela de forma arrogante disse que não ia sair do lugar. Fui lá no “lanterninha” e consegui me sentar, porém isso levou uns 10min, perdi o trailer do Lanterna. Então acredito que o problema é a falta de respeito e o bom senso das pessoas. Ouvirei o cast agora.

  • marciomct

    Noite de insonia e ouvindo o CAST…….reclamando do Cinemark Carioca Shopping aqui no Rio de Janeiro. Por duas vezes a dois meses atrás e semana passada, sala mijada.

  • Doug Barros

    Porra, os cinemas dai tao uma merda mesmo, né? Até to me sentindo melhor quanto aos cinemas daki de Floripa, quase nenhum desses problemas comentados

  • Gustavo Ferreira

    Num ia ter Rapaduracas toda sexta ??

    Vim seco pra ouvir… 🙁

    Bora esperar 😉

  • francis_davis

    Otimo cast assim como aquele cast 39. Mas ainda tem muito a se discutir sobre esse assunto tao importante e decisivo aos espectadores de cinema.

  • Monalisa

    Sempre vou no Cinemark aqui de Santo André, mas como todo mundo fala muito bem do Cine Araújo de Mauá, cidade vizinha à minha, fui ver Carros 2 lá pra testar o lugar.
    Passaram apenas um trailer do filme dos Smurfs, achei estranho mas até aí tudo bem. Então, de repente… começa o filme. SEM O CURTA DE TOY STORY. O filme já não é tão bom, somando esse estresse não teve mesmo como eu gostar. E ainda depois de uns 10 segundos de créditos a projeção foi cortada.
    Nunca mais volto, apesar da habitual má educação das outras pessoas nas salas, prefiro o Cinemark. Aliás, fui ver Harry Potter 7 lá hoje e as filas estavam muito bem organizadas, lembrei na hora do cast, rs.
    Obigada pelo cast!

  • Daniel de Souza

    O Rapaduracast eu sempre ouço no carro, por isso vou ouvindo aos poucos. Acabei de ouvir sobre diversos problemas nas salas de cinema que vocês comentaram, Jurandir e Maurício, e olha, aqui em Floripa não tem problema de não respeitarem cadeira numerada. Aqui é bem respeitado, já até tive a situação de chegar na cadeira que comprei e estar ocupada. Foi só afirmar que tinha conseguido aquela poltrona e o cara saiu sem problema.
    Sobre uma fila para bomboniere e compra de ingresso, não concordo. Serão mais prejuizos que beneficios.
    Sobre tela com problema, nunca vi isso, principalmente quando o Jurandir disse que muitas vezes já viu a tela mal enquadrada, me horrorizei…”caraca, que cinema mais ruim esse”.
    Depois vou ouvindo o resto…muito bom o cast.
    Esses dias vocês comentaram que a gente não comenta ou manda e-mail. Eu fazia isso, foi mal, vou dar mais retorno para vocês, mas me permitam discordar de vezes em quando.

    Só um detalhe, disseram também Carros serve para diversão. Mas pra mim o cinema serve para isso, diversão, e não uma analise profunda sobre uma situação do mundo. Eu quero me desligar dos problemas e me divertir dizendo: “caraca…que massa…rir”

    Abração gente!

  • minha maior crise no cinema é momentos antes de começar…pois o cinemark santo andré relaxa na projeção de alguns filmes.Fui ver se beber não case parte 2 e a parte de cima da tela estava cortada…affs perdi a vontade e não via a hora do filme acabar logo

  • Uma coisa que vcs esqueceram:

    E QUANDO DESLIGAM A LUZ E TÁ FALTANDO O LED DA ESCADA? FICA AQUELA ESCURIDAO INFERNAL E TEM QUE ESPERAR CENA CLARA NA TELA PRA SE LOCOMOVER?

    SIM CINEMARK, FALO COM O SENHOR!

  • Guilherme Parreira

    As reclamações se resumem em:
    1. Comportamento
    2. Instalações

    Com relação ao comportamento, é inadmissível. As pessoas tem que aprender a se comportar. Eu sou um pouco chato e minha esposa briga comigo por isso. Eu peço silêncio mesmo.

    Com relação às instalações, os problemas de filas, etc. Tudo isso já se resolveu com as cadeiras numeradas.

    Agora, o que ninguém falou aqui é quando o som não é digital 5.1. Aí é um absurdo. Já procurei o gerente do cinema e ele me disse: pra esse filme não temos o CD do 5.1. Absurdo.

  • Excelente cast, parabéns pelo trabalho.

    Já encarei muitos desses problemas em cinemas, tanto que me desanimei à ir ao cinema, prefiro assistir filmes em casa onde não tem nenhum dos empecilhos mencionados, pra eu ir ao cinema só quando é um filme eu tenho muita vontade de ver e não posso nem esperar ele sair em dvd, ou é em 3D.

    Na quarta-feira passada, por exemplo, fui assistir ao filme argentino “Ausente”, no Memorial da América Latina. Tinha não apenas uma, mas várias pessoas na minha frente fazendo não sei o que em seus celulares, e passando-os de mãos em mãos, como se não estivessem nem aí pro filme, nem pras pessoas que estavam assitindo. Falta de educação total.

    Fico tentado a dizer que se comportavam dessa maneira porque a entrada para o filme em questão era franca, e, infelizmente, não se dá muito valor ao que não custa dinheiro. Mas sei que isso ocorre muito em sessões comuns com ingresso pago.

    O pior caso que já vi na vida foi em 2005, quando fui assistir O Chamado 2. A algazarra na sala de cinema estava tão grande que o filme foi interrompido, e a gerente do cinema entrou para dar uma bronca coletiva no público, parecia uma professora enfurecida dando bronca na turma pelo mal-comportamento. Ainda me pergunto se aquilo foi inédito ou se já aconteceu outras vezes.

    Filas e falta de numeração nas cadeiras também são um problema frequente no (único) cinema aqui de Jundiaí, um moviecom. Quando fui assistir A Origem, tive que me contentar com uma cadeira na primeira fileira, praticamente embaixo da tela. Saí na metade do filme.

  • Louis

    Ontem fui assitir HP7.2.
    Fui com minha namorada mais na minha frente tinha uma turminha que não parava de encher o saco.No finalzinho do filme um imbecil lá em cima grita:”Sisuida”quem viu o filme sabe a cena que é…

  • RafaelPereira

    Queria ver Transformers 3, mais infelizmente vou acabar baixando e assistindo no conforto do meu lar. Vou explicar.

    Na semana passada fui com minha esposa assistir no unico dia que tinha disponivel que era quarta-feira a noite. Fomos no GNC do Garten de Joinville pra assistir 3D. Compramos o ingresso pro horario das 21:30, mais chegando pra entrar no cinema as 21:15 disseram que o filme foi cancelado porque deu problema na maquina. Pior que não tinha mais disponibilidade de assistir naquela semana e não teria mais 3D.

    Então vamos de 2D. Bem, fui hoje comprar o ingresso e falaram que não aceitavam mais carteirinha de estudadente da Une pra curso de idiomas. Mais como não aceitavam? até uma semana atras aceitavam e agora não aceitão mais? como assim? Claro que não fui assistir o filme. Fui embora, vou baixar e assistir em HD na minha TV.

  • Demorou mas consegui ouvir! Adoraria que todas as pessoas ouvissem isso. O público que escuta e gosta de cinema eu creio que zela pelo local (eu prefiro acreditar nisso); mas sempre tem o pessoal que não tem um pingo de cuidado com o espaço público.
    Excelente cast! Abraços

  • Fui assistir Harry Potter 7.2 com a sala com 90% de adolescentes e tinha uma dupla próxima a mim, dois meninos, e um deles ficou explicando e falando do filme para o outro O TEMPO TODO…Impressionante!!!Eu estava furioso…

  • Luís Felipe

    Só me lembrei desse qdo, bem na cena q Harry Potter e Voldemort finalizam O duelo… Silêncio. Aí um celular toca BEM NA HORA!!! Putz… Ferrou geral a atmosfera! Até o toque era igual ao do RapaduraCast!

  • Fala galera!

    Sou de BH tenho 29 anos, e cliente assíduo do Cineart Del Rey, e compartilho completamente da opinião da opinião do Jurandir e do Maurício e principalmente do Gustavo Dornas também de BH que enfrenta os mesmos problemas que eu ao utilizar o cinema do shopping del rey…

    Agora reclamar e não levar nossas insatisfações para quem gera essas insatisfações não adianta nada, por isso levei uma reclamação formal até o cinema shopping del rey e também a administração do shopping, indicando o podcast para que possam ler e ver que não é só um que vê problemas nas salas deles.

  • Difícil é achar cinema perfeito, todo mundo que vai ao cinema já passou por coisas horríveis.

    Aqui em Barueri tínhamos apenas a rede Cinemark, por muito tempo ela era interessante porém de dois anos pra cá ficou normal ter vazamento de som das salas ao lado, atendentes incompetentes e claro, um público mal educado.

    Agora temos no mesmo cinema as chamadas salas XD, melhores porém cheia de pessoas sem educação.

    A minha próxima busca será em torno da rede Cinépolis, vejo nela e nas suas salas VIP de 49reais por pessoa a salvação para uma experiência que desejo ter em filmes obrigatórios.

    PS: Não existe coisa mais desagradável do que ir ao cinema assistir um filme maravilhoso como AVATAR e quando as luzes se ascendem ver que estamos diante de uma piscina de lixo.

  • Só tive tempo hoje de ouvir esta edição e acho a discussão bastante relevante.
    Pros mais antigos aqui em Fortaleza fica a saudade do Cine São Luiz, que atualmente se encontra fechado e é um dos últimos cinemas de rua do país.
    O último filme que assisti lá foi Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, e foi triste ver o estado da sala. Ventilação deficiente, assentos mofados (com décadas de uso, até compreensível) e o absurdo maior: um funcionário abrindo a porta lateral no meio da projeção, com o sol entrando na sala em pleno filme. Foi uma triste despedida pra um lugar tão especial.

    Por ser mais perto da minha casa, costumo assistir nas salas da UCI no North Shopping. Não se compara ao conforto das UCI do Iguatemi (que apesar disso tbm têm seus problemas, mas nada que se compare).
    Na minha sessão de Pânico 4, a imagem da projeção simplesmente sumiu por duas vezes. Após muita reclamação, pelo menos a projeção foi retomada de onde parou.

    Outro problema grave dos cinemas do North é a falta de bilheterias separadas para quem compra antecipadamente pela Internet. Como não se pode imprimir o ingresso pelo site que realiza as vendas, é preciso pegar a enorme fila comum pra trocar o recibo do site pelo ingresso.

    Uma ideia que não existe, pelo menos por aqui, poderia ser útil: a de filas separadas por filme.

  • rockaguiar

    Já passei por um problema de interromper o filme nos créditos e não me deixaram assistir a cena pós-crédito (Iron-man). Acho que tinha aproximadamente 10 pessoas na sala. Mesmo reclamando com gerente o cara foi grosseiro conosco.
    Outra situação: Gosto de assistir os crédito pra ver quem são alguns produtores e compositores da trilha sonora e músicas, vire e mexe não deixam exibir os créditos.

    Pergunto a vocês: o que fazer? mesmo tentando conversar com o responsavel do cinema e mesmo se recusar.

    • Bruno

      Nunca passei por isso. Tente trocar de cinema.

  • Sou frequentadpr do cinemark no shoopinh paulista -SP. E la ja tive varios problemas como.. Pessoas sentadas no lugar reservado a outras (pois as cadeira sao marcadas) … Falta de enquadramento na tela (a legenda no chao); som muitas vezes estouramdo e as vezes baixissimo… Ar condicionado no maximo só faltando nevar dentro da sala entre outros ja citados no cast… Mais um probpema q nunca tinha acontecido comigo aconteceu ao ir assistir capitao america em 3D(legendado) o filme começou dublado… E depois de uns 15 minutos e varias pessoas saindo para reclamar… Trocaram o filme para o legendado.. Uma total falta de cuidado!

  • ArthurHLI

    Otimo Cast, concordo com tudo que vocês falaram, concordo com o Mau Saldanha em não comer pipoca na sala de de cinema.
    Tenho que comentar um evento que aconteceu comigo e com o meu irmão quando fomos assistir TROM: O LEGADO. Que é o fato de indicação de idade (que no caso do TROM é 10 anos eu acho!), mas não só nesse filme temo que isso já deve ter acontecido com algum de vocês em varios outros filmes. Mas voltando ao assunto, eu estava lá com o meu irmão esperando o filme começar quando vi um casal subindo os degrais da sala e entre les um garoto de uns 6 anos olhando para todos os lados, eu olhei aquilo e dei uma cutucadinha no meu irmão. Falei para ele que aquilo não iria dar certo, até ai tudo bem o filme começou e então cada cena que aperecia algo de incrivel o bendito garoto comentava, mas não baixinho, e pelo fato do filme ser em 3-D fez ele ficar falando muito mais.
    A sala estava lotada, acho eu, e niguem falava nada sorbe o garoto, algumas vezes no filme eu quase levantei para falar alguma coisa, já que o casal com a criança esta umas tres fileiras atraz de mim, mas o meu irmão me segurou e eu fiquei quieto.
    Entao…

    .exclamation .exclamation ATENÇÃO, SE VOCÊ NÃO VIU TROM O LEGADO E TEM VONTADE DE ASSISTIR NÃO CONTINUE LENDO POIS HAVERA SPOILER .exclamation .exclamation

    … quando o Sam Flynn e Quorra finalmente escapão da REDE e acontece aquela incrivel exposão de enregia e de luz, que cá entre nós em 3-D ficou incrivel, e logo em seguida em aquele silencio que para dar aquele tom framatico tipo, “FINALMENTE PAZ”, com a sala totalmente silenciosa o garoto me grita!
    – O QUE ACONTECEU? .capetarindo
    Ou seja toda a sala se cagou na risada, eu respirei fundo e segurie para não falar nada, tentei me concentrar no filme que estava pertinho do final equanto toda a sala se controlava da risada.
    Depois que o filme acabou esperi a sala esvaziar um pouco e sai com o meu irmão, quando estavamos do lado de fora do shopping com o meu irmão esperando os meus virem nos buscar eu ouvia todo mundo comentando sobre o pia ter flado aquilo no cinema, ta TROM não é o melhor filme que eu já vi, mas o garoto não tinha que ter falado, muito menos entrado.
    Gostaria que os cinemas ficasem mais de olho nas pessoas que entram na salas de cinema. Ta certo pode ter comprado o ingreso antes e não ter visto que haveria uma criança na sala, mas que fossem segurados na porta da sala.
    Ta dai os pais iriam reclamar, mas o filme deixou bem claro que a classificação é 10 anos, que alguem do casal vise o filme primeiro e depois o outro para que a criança não entrasce.
    Por isso que acho que a frase O CLIENTE TEM SEMPRE RAZÃO NÃO É TÃO VERDADEIRA ASSIM.
    Pois cá entre nós o cliente abusa desse dierito!!!!!
    PS: Vocês já fizeram um outro CAST sobre isso né, desculpe ter comentqado só aqui, mas é que achei que este CAST tambem seria interesante comentar isso que aconteceu comigo. Agora toda a vez que eu vou ao cinema com uma classificação e vejo alguma criança entrando eu me seguro e rezo para que não atrapalhe em nada no filme.
    PS.2: Parabens para vocês que trabalham nesse CAST, não só vocês Juras e Mau mas toda a equipe do saite que deve ralar muito para ter esse CAST toda a semanda com essa incrivel qualidade!!

    • ArthurHLI

      Desculpem por ter escrito TROM quando o certo e TRON, foi por pura distração, foi mal! 😉

    • Bruno

      Cara, se o menor estiver acompanhado de um responsável e este autorizar sua entrada, não a nada que proíba. Em um filme de censura 18 anos, se o responsável autorizar, este poderia levar até um bebê de colo. Nesse caso, vai o bom senso de cada um, pois levar uma criança que provavelmente irá fazer barulho e incomodar não é legal. Tente sempre ir em sessões legendadas e que sejam mais tarde, lá para as 20, 21h. Se possível evite os finais de semana. Segunda-fera é um ótimo dia para ir ao cinema, não lota e evita esses problemas desagradáveis!

  • Camila Mazetto

    Fui ao cinema assistir cilada.com ..
    Quando derrepente o casal da poltrona da frente começa a se beijar e fazer um barulho tremendo… um Sugando o outro e só dava pra ouvir os estralos do beijo.. e o pessoal em volta começou a se olhar neh!! Um pouco constrangido, até um rapaz que estava do meu lado começou a tossir e tals mais nada.. e o pior é que não foi uma vez só.. eles não se tocavam .. Fiquei muito irritada.. Uma Falta de respeito..

    • Bruno

      Então realmente como o filme, esse episódio no cinema foi uma “cilada” para você. rs

  • Gil Pandolfo

    Vocês apoiam e com razão a necessidade de ir ao cinema assistir um filme como forma de

    apoio a cultura e como forma de respeito as partes que trabalharam duro para que o filme

    chegue até as salas, até aí também concordo mas o que venho observado durante as

    minhas idas as salas, é um total desrespeito de ambas as partes, tanto dos responsáveis

    em passar o filme, quanto para com as pessoas que vão assistir.

    1º – É extremamente irritante e estressante, assistir um filme com pessoas que você já percebe de cara que estão lá só porque ouviram falar que o filme é bom, ou porque tem um monstro interessante ou uma mulher gostosona no meio que ficou quase nua ou mostrou os seios, e ficam o tempo todo falando dentro da sala.

    2º – É 2 vezes estressante ter que ouvir celular de pessoas tocando e pior de tudo é o cidadão atendendo, pra mim tinha que ter uma forma de barrar o celular, guardar ele em um local seguro e depois do fim do filme você pegá-lo novamente, pra mim sala de cinema é igual biblioteca, silêncio total com respeito as outras pessoas que também estão lá para assistir.

    3º – As telas de cinema (Telões) estão ficando cada vez mais velha(o)s, acho que deveria existir uma forma de fiscalização mais exigente em relação a isso, você paga as vezes caro para ver um filme exibidos em telões com falhas, ondulados, sujos, imagens escuras, áudio ruim, horrível e muitas vezes os créditos finais não são exibidos.

    Justamente por essas coisas, o desânimo é grande e por isso muitos baixam os filmes, pela facilidade de assistir em casa tranquilamente sem enfrentar filas e todo esses problemas que acontecem nos cinemas.

    Bom, vou parando por aqui para não me estender muito, mas fica aí o meu apelo que acredito ser um apelo da maioria, pois cinema também é arte e como todo arte, deve ser tratada com admiração e respeito sempre.

    PS: Gostaria sempre de ver o Maurício nos casts, sou fãzaço dele, parabéns e sucesso a todos, vocês vão longe, um grande abraço.

  • Louise

    Um problema que me deixa p*#@$ da vida e que sempre acontece no cinema da minha cidade é que eles começam a exibir o filme antes de todos os espectadores entrarem na sala de cinema. Isso já ocorreu comigo, e mesmo que sejam apenas alguns minutos de filme perdido, eu me enfureço porque paguei pra ver o filme inteiro. Além do mais, alguns filmes têm informações essenciais à história que aparecem no início.
    .capetamau

    • Juliano Oselame

      Da próxima vez chegue no horário da sessão.

  • victor omega

    muito firme

  • anderson

    O que vocês acham da cobrança de meia duas vezes no cinema do salvador norte shopping.
    Eu fui lá semana passada e pediram minha carteirinha de estudante quando eu comprei o imgresso e depois pediram novamente no momento em que eu ia entrar para assistir o filme.

    • Juliano Oselame

      Acho perfeitamente aceitável, pois isso garante que a pessoa que comprou a meia entrada com a carteira de estudante é a mesma que vai, de fato, utilizar o ingresso. Isso evita uma pessoa com uma carteira de estudante comprar meia entrada pra quem não tem direito à meia entrada.

  • Jonathan Kennedy

    cast muito importante, pois a gente tem que realmente saber como os cinemas vão lidar com isso futuramente! vamo au cast!

  • Gleyson Cardoso

    ÓTIMO CAST, PENA QUE AS PESSOAS NÃO APRENDEM, ESSE CAST É DE 2011 EU O OUVI HOJE EM 2015 E AS COISAS CONTINUAM DO MESMO JEITO OU PIOR.

  • Clayton Miranda

    Semana passada fui ver Perdido em marte e tive que mudar de lugar pois o casal que estava sentado ao meu lado não parava de conversar, até celular eles atenderam, fiquei ainda mais chateado pois era um casal que aparentava ter mais de 50 anos de idade, ou seja, já deveriam ter aprendido que que ficar de “blablablá” no cinema é deselegante.

  • JuniorOnline

    Sempre busco as primeiras seções do dia, menos gente, menos tumulto