sábado, 10 de junho de 2017

RapaduraCast 505
Mulher-Maravilha

Falamos sobre a personagem e sobre o novo filme do universo DC.

Aperte o Play para começar o RapaduraCast Aperte o para começar o RapaduraCast

1x 1.5x 2x
0:00:00

Após 75 anos, Diana de Themyscira ganhou um filme solo. As expectativas eram altas, principalmente por causa do Universo Estendido DC que estava cambaleando nos cinemas. Esse filme da Mulher-Maravilha era o fôlego que precisava para os projetos da Warner/DC engrenarem de vez? Qual a importância de Patty Jenkins e Geoff Johns nesse processo? Gal Gadot convenceu como princesa e embaixadora das Amazonas da Ilha Paraíso, filha da rainha Hipólita? Qual o papel de Steve Trevor na trama? Chris Pine mandou bem?

Além da importância do filme, o que a personagem representa para as mulheres e para a cultura pop? Seria esse o ponto de virada oficial para uma igualdade nas representações em Hollywood?

|| PARTICIPANTES
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Belle Felix e Adriana Melo

|| VEJA OS NOSSOS VÍDEOS
MULHER-MARAVILHA CHEGOU PARA FICAR | Crítica
SPOILERS de MULHER-MARAVILHA | E esse final?

|| CONHEÇA AGORA A UNINASSAU

|| ASSINE O RAPADURACAST
iTunes: Tem iPhone/iPad/Mac? Adiciona aí!
Android/WindowsPhone: Esse link é o do feed/rss do sucesso!

|| NOSSOS CONTATOS
WhatsApp: (85) 999 335 662
Youtube: RapaduraTV
Instagram
@cinemacomrapadura
Twitter: @rapadura
Facebook/cinemacomrapadura

Compartilhe

Participantes

Jurandir Filho
Jurandir Filho
@jurandirfilho
Thiago Siqueira
Thiago Siqueira
@ThiagoSiQueiraF


  • silas.

    Eu adoro o tema musical da Mulher-Maravilha. É um dos grandes acertos do universo cinematográfico da DC.

    • Diogo Maia

      Falando de trilha sonora, com certeza!

  • Marciano de outro mundo

    Fico imaginando se a cena da banheira fosse feita ao contrário o que diriam…

  • cledson

    acabei de ver, ótimo filme, Gal Gadot e Chris Pine fazem um par muito legau juntos, a cena na vila ao som do tema da mulher maravilha foi arrepiante

  • josé

    O filme é excelente mas senti a mão pesada do Jegue Snyder nos Slow
    Motions exagerados e efeitos especiais a lá Buttman vs Sperman. E o
    confronto entre Wonder Woman e Ares foi incrivel. A DC ainda é superior a
    Marvel no quesito vilões interessantes. Nota 9. Superior SIM a Cap.
    America 1Meu voto é pra que a Patty Jenkins comande o DCU

    https://www.youtube.com/channel/UCrzAyAuWZxVFwH1TRwQA9EQ

  • Alex Ferreira

    Muito bom cast.

    E Siqueira, Injustice é muito bom SIM. hahaha

  • Ricardo

    foda-se WW,DC .. Marvel .. Gal gadot podia fazer Piratas do Caribes Ft. Stranger Things que seria tipo um Lost merda, mas BOM …. Mulher linda . até Velozes ficou bom..

  • Joe

    Esse podcast foi bem divertido. Com certeza o acréscimo das meninas nesse episódio foi fundamental. Por favor, tem que haver mais participações! ❤

    Já sobre Mulher Maravilha, bem, eu gostei muito. Sem exagero, era minha última chance no DCEU, depois disso só veria de madrugada na TV aberta, mas felizmente a surpresa agradável veio e está aí pra quem quiser conferir como a DC/Warner ainda pode dar certo nesse universo expandido. A cena da Terra de Ninguém é a melhor, isso é inquestionável. Como que os executivos não queriam no filme? Felizmente a Patty Jenkins foi tão guerreira quanto a Diana e garantiu aquele momento espetacular. A Gal Gadot desde que foi anunciada pra ser a Mulher Maravilha eu achei um não fede e nem cheira. A aparição dela em BVS deu um up, mas aqui, meus amigos, é aqui que ela se firma como a atriz perfeita para a personagem.

    Acho que o ato final é meio consenso que houveram problemas, mas pra mim não comprometeu tudo que foi mostrado até ali. O que veio antes foi tudo tão bom que ficou fácil de relevar.

    Já tô no aguardo dela ter um destaque maior em JL depois disso, além é claro do segundo filme. Que mulherão da porra! ❤ https://uploads.disquscdn.com/images/06c390f1e6a98a54bbd22f2fdaa83c1f5e96c89c55e31231e9d3c89200c5599a.gif

  • silas.

    Fiquei emocionado ao ouvir o comentário no final do programa, principalmente por causa da interpretação (semelhante à minha ao assistir) dada à parte na Terra de Ninguém. Não poderia faltar esse comentário e nem aquela cena que, ainda bem, não saiu do filme.

    Hanna finalizou com perfeição uma edição excelente que teve convidadas. Ótimas convidadas!

    De arrepiar!

  • Lilian_Lili_Li

    Adorei o podcast !!! Convidadas excelentes. 🙂

  • Tarciso Sampson

    50 minutos de cast, e até agora quase não falaram sobre o FILME

    • Por isso o programa tem 2 HORAS e 15 MINUTOS. Para de reclamar, mah! Nunca fizemos nada sobre a personagem, como a gente não ia falar sobre ela e sua importância?

  • Ítalo Dos A. Santos

    Eu gostei do filme , não achei o melhor do ano ou o pior ( porque o filme e longe de ser ruim ) .. As únicas coisas que me incomodaram foi a quantidade de slow motion , exagerada ..a sequencia final de luta , naquela parte que ela da um rage…e sai correndo descendo o cassete.. De resto e um filme acima da media ( do que a dc produz )..e bonita.. os lugares, a ilha.. as atrizes. .cara o inicio na ilha , e simplesmente incrível.. elas lutando.. O humor achei bom , o chris pine mandou bem.. a gal godot incrível no papel..ela tem graça ao mesmo tempo uma doçura… ela e meio ingenua e aos poucos vai sendo afetada pela corrupção do nosso mundo.. No final acho que valeu o ingresso , um filme decente bem feito.. Mais a diretora precisa melhora a ação.. De resto 3,5/5

  • Tarciso Sampson

    Não lembro se a Belle ou a Adriana, disse que BvS e SS teve muito dedo do estúdio e acabou sendo fracasso de crítica, diferentemente de WW que deixaram a diretora “fazer o filme dela”. Análise totalmente equivocada :/ É justamente o contrário. Zack Snyder nitidamente teve muita liberdade pra fazer o filme que queria em BvS e gerou um filme no mínimo duvidoso. O que fez q SS tivesse refilmagens, e modificações já na reta final.. Mulher Maravilha tá longe de ser um filme ousado. Roteiro redondinho, que usa fórmulas antigas, sem se arriscar muito, além de ter muito dedo do Snyder, sobretudo nas cenas de ação.

  • Presidente Exumador

    Ainda não ouvi mas já gostei… A convidadas são de confiança.

  • LeeEdwards2 Reverso

    Que comentário mais babaca esse do Siqueira em relação ao Injustice. O game e a história do mesmo é EXCELENTE; concordo que desvirtuam muito o Superman e a Mulher Maravilha mas não deixa de ser bom ter algo diferente, um outro lado dos personagens, sem falar que o Injustice 2 tem um final sensacional pelo lado do Superman. Espero muito que lancem um terceiro jogo a partir do final dele. Enfim, dizer que Injustice é um lixo é muita babaquice e prepotência do Siqueira.

    • Bruno Gabriel Barros

      Concordo plenamente. Essa birra do Siqueira com relação ao Injustice chega a ser ridícula e infantil. Se tem uma coisa que pode ser explorado na DC são universos paralelos e versões alternativas dos personagens e isso não fere em nada o conceito dos personagens do universo regular. Porra, são Infinitas Terras, infinitas possibilidades, infinitas abordagens de um mesmo personagem. Isso torna a DC tão fantástica. O ataque de pelanca do Siqueira, sem dúvida, foi o ponto negativo do podcast pra mim. Injustice foi uma das coisas mais legais que a DC fez recentemente assim como a animação “Justice League: Gods and Monsters” que também aborda uma realidade alternativa, onde o Superman é filho do General Zod e as consequências disso.

    • Mano, mexeu no Superman, o cidadão fica maluco.

  • Filipe Bortoletto

    Um produto com muitas personagens femininas fortes e importantes é Naruto; temos Sakura, Tenten, Temari, Tsunade, Ino, Hinata. Apesar de achar que algumas ai (Sakura, Ino e Hinata) estão muito apoiadas a seus pares românticos para construírem uma história e isso não me agrada.

  • Don Ramon

    Não ouvi, mas sobre o filme: fiquei com a impressão que a Mulher-Maravilha vencia de boas o Apocalipse se o roteiro do outro filme deixasse.

    • Filipe Bortoletto

      Mas tem a coisa de que quanto mais forte se batia nele, mais resistente, mais forte ele ficava.

    • Filipe Bortoletto

      Se bem que ela já chegou cortando braço, amarrando ele e explodindo tudo com os braceletes.

      • Don Ramon

        Exato. E ela é mais experiente em combate. De longe.

    • Rafael Pereira

      Aquele não era o Apocalipse. Era um Cocô gigante.

      • Don Ramon

        Como é um filme visionário dada as diversas interpretações, concordo contigo.

    • Bruno Ochoa

      A não ser se ela tivesse braço de kryptonita.

      • Don Ramon

        Ué, o Super é invulnerável por causa da luz do sol amarelo. Até então aquele ser recebeu não luz solar direta para aprimorar a força.
        A ferramenta estava disponível (lança) e o Bruce ainda tinha um cartucho da pistola com Kryptonita.

        • Bruno Ochoa

          sim sim.. eu te entendi.
          Mas ficou claro q só kryptonita q mataria. ela tava em bad ass nos 2 filmes.

          • Don Ramon

            Pois é, chegou o dia em que prefiro Mulher-Maravilha que Super e Batman. 😀

      • Mulher Gavião Pistola

        Ela mata deuses….

    • Mário

      Ela venceria se o super entregasse a lança pra ela, simples assim, ele morreu de bobeira, pra fazer referência a morte do superman.

  • Presidente Exumador

    Quero mais participações das garotas no Rapadura. Que programa maravilhoso.

  • DS9/BSG

    História das primeiras publicações do gibi da MM no Brasil.

    https://www.youtube.com/watch?v=vVBC_IUNXFE

  • nerd natal

    Excelente cast! boas convidadas, debateram muito bem o tema junto com Siqueira e Juras. Seria interessante ter mais participação de mulheres no rapaduracast, a visão delas sempre é diferente e importante.
    Achei o filme excelente, não me incomodei com o final, nem com o romance, ri muito, e foi muito bom assistir um filme desse com minha namorada depois de tanto levar ela pra assistir filmes onde somente “homens” eram protagonistas. Foi muito bom ver o sorriso e os olhos dela brilhando ao assistir esse filme. Ela adorou.
    O filme atendeu a minha expectativa do que é o cinema pra mim: um momento de diversão.
    Eu não escolho um lado, Marvel ou DC, e acho até ridiculo quem fica comparando a todo momento um ao outro, mas nada contra quem faz. E que venha Homem aranha, liga da justiça, Thor, e etc… 2017 tá sendo excelente em relação a filmes de herois: Logan, Guardiões da galaxia, Mulher maravilha…

  • Diogo Maia

    O filme não é ruim, mas está longe de ser tão bom quanto andam dizendo. Acho que pela falta de filmes bons com heroínas e por causa das recentes bombas do Universo DC no cinema, houve uma espécie de comoção exagerada em torno de WW, que é apenas razoável. Comparando com outra obra recente da Warner, só para exemplificar, este aqui estaria no mesmo nível do terceiro Batman do Nolan. Para um estúdio que já produziu Dark Knight e Man of Steel ainda é muito pouco. Ainda tenho esperanças que boas obras sejam produzidas, mas ainda não vi nada espetacular nesse projeto da DC.

  • Rafael Pereira

    Levo minha filha de 4 anos pra ver o filme. Olho para lado e ela está imitando os movimentos da Mulher Maravilha. Pronto, me ganhou.

  • Don Ramon

    Eu gostei muito do filme, é estranho dizer, mas ele era previsível, explico: quando o Professor Lupin aparece em cena na primeira vez, há uma reverberação diferente em sua voz que dá a entender que ele não é o que parece ser. Ali percebi quem ele seria em potencial.
    E Trevor tava na cara que ia ter um fim daqueles.
    É um filme bom, sim. Melhor da nova safra da DC/Warner? Sem dúvida. E tem sua devida importância ao nos apresentar finalmente a Mulher-Maravilha.
    Gostei das cenas de lutas, exceto a batalha final. Era pra ser grandioso e tal mas mesmo num ambiente escuro, aí quando mostra a MM segurando o tanque de corpo inteiro, o efeito ficou muito falso. Ali não parecia que ela pisava no chão, nem na maneira quando ela solta o tanque. Nem sombra parecia ter, isso com aquele fogaréu por trás. .
    No mais, baixando o cast!

  • DS9/BSG

    Depois de assistir ao filme e vendo videos no youtube, passei a enxergar a Gal Gadot de uma forma diferente e pra mim acho que talvez seja pela constatação que ela é a MM e definitivamente entrou pra história. Fincou o pé no imaginário de uma geração e de vários fãs pra sempre.

    é estranho presenciar esses momentos históricos…

    Daqui 50 100 anos, vão lembrar desse momento, assim como lembramos da Linda Carter ou do Christopher Reeve…

  • Ricardo Andrade

    se o mundo fosse “dominado” por mulheres… seria uma merda igual.. homens e mulheres são bons e escrotos a sua maneira.. n existe isso, todos os seres humanos são imperfeitos.. basta você trabalhar num local onde a maioria dos empregados(a) são mulheres, elas vivem em pé de guerra disfarçada pqp..

    • Angriest_Kidy

      eita, um comentário sensato, que raro!!!! caramba, parabéns. =D

    • Presidente Exumador

      Orra… Nem tentou disfarçar seu machismo com um pitada de misoginia… Muito corajoso…

      • Mikhail Kuczuk

        Realmente, dizer que os 2 sexos tem qualidades e defeitos é de um preconceito sem limites em.
        Soldadinho.

        • Presidente Exumador

          Não tire só aquilo q te agrada, leia toda tentativa de argumento do sujeito, no final ele escancara todo machismo…

          • Saulorobert Duarte

            Eu já trabalhei em lugar onde só tinha mulher e elas viviam em pé de guerra mesmo e sabe o que elas me falavam que preferem ter amizades com homens porque são amigos de verdade.
            Eu acho que você deveria ter cuidado de não está sendo preconceituoso com os homens e também pare de ficar mudando o sentido da frase dos outros para poder defender a sua bandeira ideológica isso é de uma falta de caráter impressionante

          • Presidente Exumador

            Ixi… Mais um machistinha…

          • Mikhail Kuczuk

            Se opinião não tem valor numa discussão porque você está chamando os outros de machistinha ?

            Eu torço para algo mudar na sua vida… algo que te ajude a tirar a venda que colocaram em você, percebendo as coisas num ângulo mais sensato quem sabe não compreenderia quão besta você estás sendo agora.

          • Presidente Exumador

            A minha não é uma opinião é uma constatação o texto cara já mostra e o seu, idem.

          • Mikhail Kuczuk

            Cara, eu queria muito saber como te transformaram em escravo ideológico, olha as barbaridades que você escreve, vergonha alheia total.

          • Presidente Exumador

            Vc é um tanto limitado, não é mesmo? Vc vive atacando ideologias e etiquetando todos q discordam de vc e vem falar de escravo ideológico? Vc tem a sua ideologia e a segue como religião e ainda q dar uma “liberto de ideologias”… Se liga cara, oq vc tá fazendo é repetir discurso de um velho louco q todo mundo sabe quem é, não vou falar o nome pq não quero q ele apareça em meu monitor…

          • Mikhail Kuczuk

            A sua primeira reação ao adverso é atribuir a mim tudo que você sabe que vem de você, exatamente como a mulher ali em cima, me chamando de preconceituoso quando é ela quem chegou me atacando.

            Você é sim um escravo ideológico querido. Aqui o único que está em guerra é você, eu não tenho ódio de você ou sua ideologia, como já disse acima só gostaria de entender como chegamos a isso; uma cultura baseada em política onde todos se odeiam e querem subjugar uns aos outros.

          • Mikhail Kuczuk

            O que é ser um escravo ideológico ? É alguém que não consegue mais separar as situações do dia-a-dia de uma forma clara, perdeu totalmente a sensatez e apenas vê o mundo num preto e branco.

            Se eu concordo com sua opinião, por pior que eu haja no dia-a-dia, então sou um aliado e instantaneamente uma pessoa boa; se não partilho da sua opinião então sou um inimigo e mereço todo ódio e desprezo. Não sei quem você diz ter tanto ódio que nem o nome consegue escrever, mas este é um sintoma bem latente dos soldados ideológicos, tanta ojeriza pelo oposto que acabam enebriando o pensamento.

          • Presidente Exumador

            Vc consegue conversar sem usar um gerador de lero lero?

          • Mikhail Kuczuk

            Quando alguém jogar argumentos que eu não consigo responder vou usar essa também.

          • Presidente Exumador

            Argumento? ahahahhaha… Sério q vc acha q oq vc fez foi argumentar? Se liga… Vc ficou em um espiral de merda do primeiro ao último comentário e ainda acha q argumentou… -.-

          • Mikhail Kuczuk

            Você acha que me surpreendeu me criticando assim? Não esperava nada além de ignorância vindo de alguém que perdeu o senso do ridículo e se tornou um escravo acerebrado.

          • Presidente Exumador

            Ah, e fora q vc precisa parar de achar q suas experiências pessoais são a realidade total de todo um universo… E lembrando q sua opinião apenas não tem valor algum em um discussão… Opinião é apenas uma opinião e não um argumento.

          • Mikhail Kuczuk

            Sai desse mundinho minúsculo de luta de classes que você verá o mundo de outra forma, muito mais colorido.

          • Presidente Exumador

            É tão fácil dizer isso qdo se é o opressor…

          • Marcia

            Não é de lutas de classes, oh imbecil, é de desigualdade de gênero. E ninguém pensa que mulheres são seres perfeitos e iluminados (pera, os machistas pensam isso das ‘virgens’, mas deixa para lá), é de igualdade de oportunidades que se trata. E se você ainda acha que feminismo é fazer os homens se submeterem as mulheres, é por que esse é o único tipo de relação que você considera possível entre homens e mulheres e tá aqui, babando de medo do payback. Fica susso, mulher alguma quer ser essa porcaria de ser humano que você é.

          • Mikhail Kuczuk

            Belo texto. Tudo que você pressupõe sobre mim é baseado nas suas experiencias de vida com pessoas diferentes.

            Exitem lugares e oportunidades para se discutir esse tipo de assunto, principalmente quando alguém age de forma realmente machista, bem longe daqui onde NINGUÉM demonstrou tal atitude.

            O único machismo dentro dessa discussão é o que você trouxe consigo mesma.

          • Marcia

            Ah ótima resposta nada defensiva e muito madura – ironia tá!? Engraçado que para você serve o fato de que cada ser humano é diferente, mas lá no seu argumento (ainda odioso) está escrito que todos as mulheres feministas querem dominar os homens. Pergunta: conheceu todas? Já leu sobre o movimento, suas autoras, suas pautas, o que fazem as profissionais que trabalham com desigualdade de gênero? A generalização foi proposital, se te doeu, aprenda: ninguém merece ser generalizado, inclusive as feministas. E se teu argumento não fosse machista, tu não reclama da participação de duas mulheres (uma delas, ao contrário de você, até admitiu que já fez coisa machista na profissão dela) para debater um filme com uma protagonista mulher. E machista são as moças que tão debatendo aqui… – Ironia de novo, viu?

          • Mikhail Kuczuk

            Exatamente onde você me viu dizendo tudo isso ? Ou você está sendo desonesta na sua argumentação ou então está me confundindo com outra pessoa, é cada figura que se acha nessa internet…

          • Marcia

            Realmente, figuras machistas até no post da mulher maravilha tem, e o mimimi é sempre o mesmo: feminista nenhuma concorda comigo, como elas são ruins…tsc, tcs…

          • Mikhail Kuczuk

            E você inventando coisas que eu nunca disse para “ganhar” uma discussão só influencia negativamente na imagem das feministas.

          • Marcia

            O feminismo nunca precisou de aprovação de machistas como você, tudo que temos em matéria de direitos foi conseguido após muito confronto e debate de ideias. E, claro: a história sempre arrastou caras como você para avançar, não faço a menor questão de ter o seu ‘apoio’. Quem tem caráter, reconhece justiça, não precisa ser ‘convencido’ dela.

          • Mikhail Kuczuk

            Você se diz feminista, contra preconceitos né ? Engraçado porque você é a pessoa mais preconceituosa que já tive o desprazer de conversar.

            Deve-se primeiro respeitar para depois ser respeitado, e você obviamente nunca teve essa educação, é apenas uma maluca extremista que quer impor um ponto de vista forçado para se sentir algo na vida.

    • Ítalo Dos A. Santos

      Pois é.. ia ser que nem a hq Y- O ultimo homem.. uma merda

  • Kleyton FACUNDO

    Fiquei meia hora ouvindo mimimi mimimi mimimi e nada de falar do filme. Puta que pariu RAPADURACAST & canal 42 quando pega não tema feminismo, Homossexualismo qualquer ismo tem mania de esquecer a pauta da semana para ficar falando esses assuntos. Não sei se a maioria é como eu que gosta de passar aqui antes de ver o filme, ou lá no 42 para ver uma série nova, e quando tudo o que eles não falam é da série ou do filme.Até agora não chegou na parte do filme e eu já tô com 80% de certeza que eu não vou ver esse filme tão nojo que eu tô tomando podcast da mulher maravilha

    • Maiara Lizandra

      homosexualidade*

      Se for para ser um idiota, pelo menos aprender a escrever :*

      • Klauber Vieira

        “homossexualismo” do idiota ali, é uma forma desinformada e preconceituosa de se falar e, infelizmente, não é erro de digitação. O ‘ismo’ remete a doença.

        Não quero defender o idiota. Foi só em caráter de informação (de algo q talvez vc já saiba) mesmo =].
        Agora não sei se os dicionários já atualizaram isso.

        • Kleyton FACUNDO

          so nao curot essa bosta de politicamente correto mesmo deveria ter colocado viadagem no lugar o erro foi meu

      • Camelo Rodoviário

        Ele não foi idiota, só queria ouvir o cast sobre o FILME da mulher maravilha, só isso.
        Imagino se no próximo restaurante que eu for comer feijoada eu ter que assistir uma palestra de 3 horas sobre a cultura negra de centenas de anos atras …

      • Kleyton FACUNDO

        oh retardado essa palavra homossexualismo existe , vc nem merece um comentário

    • Presidente Exumador

      que escroto preconceituoso…

    • Eu entendi o que você quis dizer, mas acho que se expressou jogando muito ódio no seu comentário e acabou falando bobagem. Li bastante comentários aqui sobre, realmente o episódio demora demais pra falar do filme e se foca demais em assuntos que aparentemente nem faziam parte da pauta e pra piorar eles aprofundam um monte, enquanto o filme fica em segundo plano.

      • Kleyton FACUNDO

        sim , infelizmente nisso da raiva vc tem razão , mas não creio que tenha falado bobagem só nao coloquei filtro nas minhas palavras, o negócio é que realmente estava com raiva na hora

    • Cara, como que a gente vai falar sobre o PRIMEIRO FILME DA MULHER-MARAVILHA e o primeiro filme (de verdade) de uma heroina, sem falar da importância disso? O podcast tem duas especialistas exatamente para reforçarem essa importância e falta que fazia um filme assim. Eu sei que é difícil pra você esperar 52min para começarmos a falar do filme em si, mas as meninas tiveram que esperar 75 ANOS para terem um filme baseado na maior heroína da história.

      • Kleyton FACUNDO

        primeiro se essas meninas tiveram que esperar 75 anos para isso , elas são idosas e não meninas

        o filme nao foi feito para defender causa alguma foi simplesmente para ganhar dinheiro ,DC

        • Presidente Exumador

          Porra… Vc é analfabeto funcional ou só tá caçando assunto?

          • Kleyton FACUNDO

            olha argumento que esse idiota que nem se identifica traz para o assunto e ainda vem me chamar de analfabeto …

            falta um pouco de consenso em suas palavras aqui amigão

            e outra estou respondendo ao comentário do Jurandir , só ele pode responder já que foi direcionado à ele

          • Presidente Exumador

            Não sou seu amigo. Se contenha…

    • San Ramon

      caraca, o nerd atual se divide entre sad puppies e SJW mesmo. O outro comentário ali diz que o Siqueira foi “individualista” (?) por criticar Injustice, você aí nessa… cês são chatão.

      • Kleyton FACUNDO

        #joinha

  • Luan Lopes

    Concordo com tudo que foi falado, exceto que Injustice é ruim. A história é muito boa, sim.
    A intenção não é ser cânone, mas sim mostrar o que aconteceria se….
    Gosto muito da HQ e do jogo também.

  • Don Ramon

    Sobre o cast, lanço abaixo algumas observações construtivas por apreciar o trabalho de vocês:
    Realmente esse episódio ficou bastante longo, chegou num momento que eu passei um fast forward direto na primeira parte (eu ouvi quase direto até uns 52 minutos) antes de começar a falar sobre o filme, lá pra 1:03 da gravação. Podia ter dividido o cast em duas partes, como já foi feito em outras ocasiões.
    Assim tem se a introdução para aqueles que não conheciam a personagem e outro sobre o filme, com os devidos spoilers.
    Apesar da primeira parte introdutória da personagem, achei que pouco se falou do histórico da criação da personagem em si. Da criação, do criador ou de sua bagagem. Poderia ter explorado mais por ter uma desenhista e uma colecionadora, além do Sicas.
    Sobre os 75 anos da MM: Não foi só a MM que ficou em segundo plano. Houveram reclamações também porque era aniversário do Flash e a DC só lembrou bem tardiamente, lançando apenas um vídeo curto e ruim. Antes só umas capas variantes. É a DC que só lembra do Morcegão, infelizmente.

    Pra finalizar a Eaglemoss lançou Mulher-Maravilha: Deuses e Mortais de George Perez.
    http://lojaeaglemossbrasil.com.br/eaglemoss/produto/Colecao-DC-Comics-Graphic-Novels-Edicao-38-MulherMaravilha-Deuses-e-Mortais.aspx

  • San Ramon

    Um programa excelente. Muita informação, crítica, rapaduracast raiz.

  • Cara eu tive muita vergonha alheia do Siqueira com essa voz fina falando mau de Injustice sem pé nem cabeça. Eu particularmente não gosto da maioria das histórias de Superman e Batman, nenhuma me cativa e não é a toa que não leio comics americanos, tirando os clássicos consagrados, porque pra mim são todas feitas pra um publico mais infantil. E Injustice foi uma das raras e poucas hqs que pra mim, atinge um publico mais velho. História super bacana.

    Você fala de um trabalho que a grande maioria curtiu, não é por acaso que esta saindo esses bitolões capa dura pela Panini. Seu conselho de não ler é totalmente individualista, porque argumento pra não ler você não apresentou.

    Seu comportamento me lembrou muito de John, O Selvagem no livro Admirável Mundo Novo, um rapaz extremamente bem educado e inteligente, porém quando inserido num novo ambiente, diferente, o que vemos é uma pessoa resmungona, que não entende estar num local diferente, numa cultura diferente, com um povo diferente. Tenta impor a força e a todo custo o que acha ser certo, e passa a se comportar como um garoto ignorante e birrento.

    • Ítalo Dos A. Santos

      kk eu sempre rio da voz do siqueira.. quando ele fica irritado kkkkk

  • Victor Teruya

    Qual a musiquinha do final? :vv

  • josé
  • Arthur Peres

    Sou só eu que acho uma merda essa mania de querer politizar entretenimento?

    dane-se feminismo, dane-se o momento politico atual, dane-se o racismo. É um filme de heroi que eu simplesmente quero assistir e me divertir, se eu quisesse debater momento atual cinema seria o ultimo lugar para fazer isso.
    avalie o filme pelo que ele é. Roteiro, ritmo, arco e desenvolvimento de personagens, coesão da trama e etc.

    essa mania de querer retratar uma época antiga com pseudo valores atuais ja deu no saco. ouvi um podcast de mais de 2h e menos de 40 minutos foram gastos falando sobre o filme.

    • Denis GARCON

      Cara concordo com vc, nossa essa moda de feminismo, representatividade é muita forçação de barra hoje em dia.

      • Marcia

        Se incomoda mais, que tá pouco.

    • Presidente Exumador

      Arte é uma forma de manifestação política. Por mais escapista q seja.

  • Mulher Gavião Pistola

    O filme é bom, mas o final é muito cagado e o CGI tava MUITO perceptível em certos momentos

  • Mr White (Luis Mendes)

    Excelente cast. pena que tenha gente nos comentários que ainda não entendeu a proposta do Rapaduracast.

    Realmente o filme tem erros mas não dá pra tirar a importância que o filme tem para essa geração. Eu vi pela primeira vez uma sala cheia de meninas em um filme de super-herói. Quantas vezes antes você assistia isso num cinema? Quase nunca, e isso é perfeito, principalmente para os dias de hoje, quando está crescendo demais filmes com protagonistas femininas. Até minha namorada que curtiu muito o filme, ela mesmo disse “finalmente um filme com uma mulher super heroína e o centro do filme todo” isso é mais uma prova da importância de Mulher Maravilha e em como ele pode acabar de vez com o preconceito que ainda gera muita polêmica no meio do entretenimento.

    Sou contra o femininismo mas acho importante esse valor que a cultura pop vem dado para a mulher.

    Enfim minha nota pro filme é nota 9,0/10 e espero ansiosamente para o resultado que este filme pode por em mais adaptações de heroínas femininas.

    ps. Injustice ruim Siqueira????

  • Mr White (Luis Mendes)
  • Cris Caporrino

    Eu gostei muito do filme, fiz igual o Jurandir e o filme me ganhou rápido e eu aceitei algumas falhas… Mas eu também fiquei pensando como o meu eu criança ia se sentir vendo aquele filme, vendo aquela ilha de amazonas porradeiras… Amei o programa também, estão de parabéns…

  • Kyle

    Consegui ver finalmente no fim de semana passado. É muito bom mesmo, é
    leve sem ser ingênuo, tem humor na hora certa, sem esculhambação, a
    Mulher-Maravilha não é uma humorista barata como seria se fosse de outra
    editora/estúdio, o vilão foi bem trabalhado (o segundo melhor da DC
    nessa nova fase, perdendo apenas pro Zod), a batalha final foi na medida
    certa, não deixou a desejar e também não foi exagerada, a ambientação e
    o clima de uma guerra, com destaque pras consequências sobre as vítimas
    inocentes e outros elementos correlatos também foram bem trabalhados, e
    as cenas de luta ficaram espetaculares, muito empolgantes. Enfim, foi
    muito bom mesmo, pra um primeiro filme solo de super-herói, que mostra a
    origem, que começa a trajetória da Mulher-Maravilha, foi excelente,
    pode-se afirmar que foi o melhor primeiro filme de super-herói já feito,
    por conta da história que foi muito bem trabalhada, diferente de outros
    cujas histórias geralmente deixam muito a desejar por ser só o 1º
    filme.
    Contudo, só discordo com a afirmação que alguns críticos e
    algumas pessoas fizeram de que este filme foi o melhor de super-herói do
    ano. Como eu disse, foi excelente como primeiro filme, mas como filme
    foi muito bom (bem acima da média, como diria Steve Trevor), mas não tem
    cara de ser o melhor do ano. Não sei dizer se foi o melhor até aqui
    porque este foi o único filme de super-herói que eu consegui ver no
    cinema este ano, mas pra este filme ser o melhor do ano, seria
    necessário que os outros filmes, cujas histórias estão bem mais
    adiantadas, bem além de um 1º filme solo de Super-herói, fossem
    decepcionantes, abaixo da média esperada.
    De qualquer forma vale muito a pena conferir este filme, gostaria de ver de novo, mas tá difícil..

    https://goo.gl/wx2F3H

  • Erikson Andrade

    O Rapaduracast é um excelente meio de se entender o cinema, ampliar os horizontes, conhecer essa arte com mais profundidade. Tem filmes que eu assisto só porque tem um podcast do Rapadura, como foi o caso do Piratas do Caribe. Entretanto eu fico muito puto quando tenho que gastar meu tempo ouvindo duas “suvaco-cabeludo” destilando seu feminismo tosco em mais de uma hora de programa. Na boa, Gal Gadot é gostosa, linda, tesuda, e a macharada vai sim viajar naquela mulher que WONDER total.

    Dica para o Rapadura: velhos, a 7.a arte é para nos tirar dessa dimensão, se vocês forem cricrizar em todos os filmes, este programa vai perder o sentido. Num “Moonlight” até é aceitável, e necessário, pois o filme foi feito para aquela discussão mais aprofundada. Agora, em um filme da DC, Mulher Maravilha, vocês quererem vir com “feminismo”, “politicamente correto”, “bom mocismo”… me poupem, né! O criador da WW tinha duas mulheres, cacete, era o maior escroto…kkkkkkkkkkk

    No mais, parabéns ao Cinema com Rapadura (menos ao PH que leva à sério demais essa arte tão maravilhosa…kkkkkkk)

    • Marcia

      ah tá… O seu ‘suvaco’ depilado te faz melhor em alguma coisa? Rapadura, continuem chamando as feministas do suvaco peludo, que o ‘destilamento’ de feminismo tá é pouco.

    • Luciano Moratori

      Você é aquilo que chamamos de escroto

  • Jeremias Jonas

    Olha, está difícil ouvir esse podcast hoje em dia. O que antes era uma discussão sobre cinema com humor, técnica, opinião e coração, hoje virou uma militância política insuportável. Meia hora ouvindo esse negócio e esperando discussões sobre o filme, mas não, é só aquele blá blá blá politicamente correto pra querer parecer descoladão com a molecada.

    Uma dica: 2017 tá aí e a grande maioria já está de saco cheio dessa masturbação mental forçada.

  • Ezekiel Moura

    Pessoal,o filme é ruim,mau feito. É tosco.Qual sentido em ficar forçando a barra pra defender uma obra ruim só pra defender a representatividade que nem é desenvolvida de maneira eficaz. O filme tem tantas cenas de vergonha alheia quanto esquadrão suicida.Que decepção com o programa.

  • Marcia

    O rapaduracast foi ótimo! Realmente, faz muito sentido fazer um debate mais aprofundado da personagem que é parte clássica da trindade, mas tem bem menos espaço de tela que os amigos famosos. Agora, é de cair o cu da bunda que existam pessoas que se incomodem com o feminismo da personagem. A MM foi criada para ser um ícone do direito das mulheres, é parte chave do debate para representação desde, pelo menos, a década de 1970. Gaddot e a diretora fizeram questão de dizer com todas as letras: A MULHER MARAVILHA É FEMINISTA. Aceita que dói menos.
    Mas vamos ao filme: fecho com as meninas do cast: o filme é excelente nos primeiros 2/3, aquele ato final é fail. Ai ai que luta final tosca… Sei da dificuldade que é retratar o embate entre deuses ou entidades mega poderosas, e as soluções apresentadas pelo cinema de super heróis até o momento, todas as que vi, sem exceção, são de gosto duvidoso para dizer o mínimo, mas não consegui aceitar aqueles efeitos especiais exagerados. Bom, pelo menos não teve raio azul vindo do céu, então vamos olhar pelo lado positivo. Claro, para mim, que cresci vendo mulher gato e electra como ‘referência’ de filme de super heroína, MM é um excelente filme de apresentação. Que melhore ainda mais nas sequências futuras. Vai MM!!!

    • Mikhail Kuczuk

      Quem dera as feministas do mundo real tivessem a honra, ética, civilidade, compaixão e amor pelo próximo que a Mulher Maravilha demonstra no filme. Se você gostou tanto do exemplo, siga-o.