Rapadura

Rapaduracast

Clock domingo, 30 de agosto, 2009 - às 02h12

RapaduraCast 145 – Grandes Momentos

Fique a vontade para participar do nosso debate, porque aqui você sabe: "Assistir é apenas o começo"!

por RapaduraCast Team
30/08/2009 - 02:12

Grandes Momentos!

Uma frase, um diálogo, um momento. As vezes acontece um olhar diferente e você grava aquela cena para sempre. Esta edição do RapaduraCast se propõe a selecionar alguns diálogos que marcaram para os participantes do programa. Para você, qual o momento mais marcante? Como essas palavras conseguem entrar em nosso imaginário e nunca mais saem de lá?

Jurandir Filho (Juras), Maurício Saldanha (Mau) e Fábio Barreto (Barreto) desconstruíram filmes que são populares, outros nem tanto. Filmes que são muito lembrados, outros nem tanto. Você já se emocionou com algum diálogo marcante? Conta pra gente aqui nos comentários o seu momento preferido nos filmes. Venha se aventurar nesse mundo espetacular do cinema.

Selecionamos apenas alguns filmes para compor essa edição. Podemos, muito em breve, produzir outras sequências desse especial Grandes Momentos. Portanto, sugira o que poderia estar em próximos programas. Combinado?

LINKS ÚTEIS
Ilustração do topo feita por Gustavo KitagawaBlog do Gús
No Twitter, escreva #rapaduracast

ALGUNS DOS FILMES COMENTADOS
Esqueceram De Mim
Rocky Balboa
Cruzada
Jerry Maguire – A Grande Virada
O Planeta dos Macacos
Um Ato de Coragem
Star Wars V: O Império Contra Ataca
Em Busca da Terra do Nunca

Duração: 76 min

ENDEREÇO DIRETO DO PODCAST
Acesse aqui: www.rapaduracast.com.br

RAPADURA FONE
Mande o seu número de telefone para o nosso E-MAIL e torça para ligarmos para você. Se isso acontecer, você poderá participar do RapaduraCast e opinar sobre o tema. Mande o seu telefone (+ o DDD) e o melhor horário para fazermos a ligação.

SUGESTÕES, CRÍTICAS, DÚVIDAS E CHUTES NO SACO
Envie e-mails para: rapaduracast@cinemacomrapadura.com.br

RSS e iTunes
Adicione o feed do RapaduraCast no seu iTunes ou no seu agregador.

INFORMAÇÕES
Aperte o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como) o arquivo no formato MP3 na MELHOR QUALIDADE para o seu PC. Desfrute! 😉

Saiba mais sobre: ,

  • Isso são horas de publicar esse cast, rapaz?!? hahaha

  • Finalmente! Já estava em abstinência!

  • MarceloNeves, 26, Brasilia

    ahahaha. Otimo tema =D 😀

  • Bruno Juliani

    Vou ouvir!

  • Aqui vou eu baixar mais um rapacast.
    Jura, acho tua voz mó sexy.

    Valeu meninos.

  • Rafael Marini

    Já estava preocupado! vlw rapadurianos! baixando!… tem potencial esse!

  • Tom

    Baixando!

    Depois retorno para comentar 😉

  • Tarda, mas não falha! 😉

  • Valeu Juras! Agora durmo mais tranquilo!

    Esse Rapaduracast com certeza é um dos mais emocionantes de todos os tempos!!

  • Aaah, a espera valeu a pena! Eu adoro esse assunto, já passei horas discutindo frases e cenas marcantes com amigos.

    Enquanto eu esperava o rapaduracast fui ver Moulin Rouge (meu romance preferido de todos os tempos…) e vou dizer um momento marcante desse filme pra mim, que eu nunca mais esqueci por causa da energia e do sentimento que a Nicole Kidman usa na entonação dela nessa cena: Ela vai fugir, e começa a falar pro Harold “Toda a minha vida você me fez crer que eu só valia o que pagavam por mim! Mas Christian me ama. Ele me AMA (entonação linda que ela coloca no “loves” nessa cena, fiquei arrepiada quando vi da primeira vez). E isso é o que vale. Nós vamos para longe de você, do duque, e do Moulin Rouge!”. Na verdade é toda essa cena que me marca, só tirei esse trecho porque é o melhor pra mim.
    E em Silêncio dos Inocentes, a parte que a Clarisse fala sobre os cordeiros “They were screaming”, a expressão dela é demais… e em Seven, o clássico “What’s in the box?!”, que eu tenho mania de imitar. Enfim, todo mundo que vê muito filme tem vários momentos marcantes pra comentar. Vou ler os comentários desse cast aqui assiduamente. 🙂

  • Opa! acabei de ver o Minota no UFC 102 e agora vou baixar o rapaduracast para meu mp3 e ouvir antes de desmaiar de sono…

    Valeu rapaduras! by the way… ótimo tema!! 😀

  • Evandro de Freitas

    caraca, tema muito bom. Ouvirei amanhã com certeza. ai venho comentar melhor! 😀

  • Nem acredito que leram meu e-mail(pelo menos o pedaço dele que importava, já que era gigante xD)!

    Tô feliz pra caramba! o/

  • Daniel Oliveira

    Nossa, pouca coincidência ou não?
    Estava assistindo Psicose!!! muito marcante a cena do banheiro, do assassinato!

    e agora esse CAST!!!!!!!!
    abaixando!
    =)

  • Ricardo Borgers

    Agora é fato! O BARRETO É DO RAPADURACAST! Já está com perfil lá dentro do site, com desenho de arqueiro e tudo:

    http://www.cinemacomrapadura.com.br/rapaduracast/?page_id=3138

    TIMAÇO O RAPADURACAST!
    TIMAÇO! SÓ TEM GENTE FODA NA EQUIPE!

    Saudades só das meninas…
    Elas deveriam voltar!

  • Nossa quase morri de tanto esperar.

    Sorte q o cast foi d um assunto sensacional e o programa ao mesmo nível!

    Eu SEIIIII, q não é pra citar outros momentos, mas pra mim, um momento q faltou ai(vcs falaram praticamente todos q me veem a mente), foi o Momento em q o William Wallace(coração valente) faz o discurso pros Escoceses antes da guerra, akilo é sensacional

  • Cicero

    Uma frase que marcou minha vida foi em Cidade dos Anjos, quando o anjo pergunta ao Nicolas Cage “Se soubesse que isso iria acontecer teria feito mesmo assim?” e ele responde “Eu preferiria, uma vez sentir o cheiro dos cabelos dela, dar um beijo em sua boca, tocar uma vez sua mão, a passar uma eternidade sem faze-lo”

    As vezes encontramos alguém que muda nossa vida, que marca de uma forma, e por uma ironia do destino as vezes não podemos ficar com essa pessoa.

    Mas mesmo assim guardamos essa pessoa especial pelo resto de nossa vida. Mesmo que tenha sido apenas uma vez.

    • Cidades dos Anjos é um filmaço! Sou maluco por ele. Ele quase entra na minha lista, mas como escolhi filmes que tinham temáticas um pouco parecidas, deixei para próxima.

      O filme é cheio de diálogos marcantes.

      • Apesar de ser um fã “cego” de Nicolas Cage, ainda achei Asas do Desejo melhor que o proprio Cidade dos Anjos, também adoro esse filme, tanto é que tenho original!
        Acho o Asas mais rico em conteudo e referências. Já cidade dos anjos emociona muito mais…

        • GBessa

          tbm prefiro mais Asas do Desejo

          assiti depois de ter visto Cidade dos Anjos, e gostei tanto, q depois de “Asas” cidade dos anjos perdeu o brilho para mim

      • Guija Matías

        Boring to death. .boring

        Nessa linha prefiro as lembranças da personagem do Guy Pearce em “Amnésia”, que são retradas de forma bastante bonita e depressiva ao mesmo tempo.

    • Graciene Vitória de Santo Antão-PE

      FALOU BONITO 🙂

  • Uhuuuuuuuuuu… Isso aew mo vei, kekekeke… Adoro podcast com assuntos a ser epxpandido, é baixar pra escutalo e opinar.
    O cara ai em cima, ja citou meu idolo Nick Cage. Outro ja falou de Coração Valente, e por ai vai…
    Tem que ter o velho momento de Tom Cruise em Jerry Maguire:
    SHOW ME THE MONEEEEEEEEEEEEY!

  • O Ba de Han Solo, feito pelo Gus, ficou do caralho! Jurandir nem se fala velho, kkkkkkkkkkkkkkkkkkk…
    E o Mau, ficou ele mesmo?kkkkkkkkkkkkk…
    Serio, ele ja aparecu em altos cabines celulares desse jeito, kekekekeke…
    Gús se superando na criatividade a cada dia!

  • Alex – 27 anos – Belo Horizonte

    Salve Seres Rapadurianos

    Aff,fui dormi 02:00 hs e o cast ainda não tinha saido.

    Baixando!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Mais de ante mão ja falo para min o grande momento que me marcou no cinema, foi uma cena que infelismente,não foi filmada, minha primeira ida ao cinema as 12anos, foi magico.

    Mais Tarde eu volto pra comentar mais

    Abraços

    GOIGOGOGOGO escutar e comentar todos os cast.

  • Natalia

    Como sempre vcs fizeram valer a pena cada hora no aguardo do cast!
    Belo tema!
    E baixando!

  • Natalia

    Haa
    Barreto
    Sou sua fã!

  • Salve seres Rapadurianos, baixando mais um Rapaduracast.
    Uma cena fantástica? Aquela do Tango, em que Al Pacino dá um show em Perfuma de Mulher.
    Frases: O que fazemos na vida, ecoa por toda a eternidade! (Gladiador)
    Não deixem que lhe façam pensar que você não é capaz de fazer algo porque essa pessoa não consegue fazer. Se você deseja alguma coisa, se quer realmente, lute por isso e ponto final. (A Procura da Felicidade)

    Obrigado por tudo. Sucesso para p CCR, para o CC e para o SOSH

    • Cicero

      Nem me fale! Sou maluco pra aprender a dançar tango depois que vi esse filme! Um dia vou aprender e dançar, com rosa e tudo! 😀

  • Tema interessante mesmo. 😉

    Sei que vcs não vão falar aí, mas um momento que marcou pra mim, foi uma cena de Sintonia de Amor, com Tom Hanks e Meg Ryan.
    No início do filme ele diz que, qd conheceu a esposa dele, ele soube de cara que era o grande amor da vida dele qd ele apenas tocou na sua mão pra descer do táxi. Aí no final do filme, no topo do Empire State, ele toca na mão da Meg Ryan e sobe aquela música liiiiinda `As time gos bye` de Casablanca.
    Toda vez que se fala em cena marcante no cinema, eu lembro dessa. Lembro não… eu visualizo. Ela tá marcada.

    Bom, vamos lá ouvir o cast. 🙂

  • “A felicidade só é verdadeira se é compartilhada” – Na Natureza Selvagem

    “Não é o quão forte você pode bater, mas o quanto aguenta apanhar e continuar lutadando” – Rocky VI

    “LIBEEERDADEEEEEEEE” – Coração Valente

    “22 foram o numero de pessoas que eu perdi, e esse é o numero que eu nunca vou esquecer” – Anjos da Vida

    Essas são algumas que eu lembrei agora e levo comigo na minha vida, aplaudo de Pé esse grande trabalho que o rapadura vem fazendo atualmente.

  • realmente, é incrivel mesmo como vcs fazem valer a pena a espera pelo cast!
    adoro vcs!
    baixando…

  • -Whose motorcycle is this?

    -It’s a chopper, baby.

    -Whose chopper is this?

    -Zed’s.

    -Who’s Zed?

    -Zed’s dead, baby, Zed’s dead.

    • Revi ontem o Pulp Fiction. Preciso falar mais nada 😉

  • ferxnomath

    Depois coloco outras, mas a melhor é:

    “Um homem que não pode escolher, deixa de ser um homem”

    Laranja Mecânica

  • YAY. Novo cast 🙂
    To baixando aqui.

    Concordo com a Renata A. Aquela cena de Moulin Rouge é uma das minhas favoritas. Aliás, o filme inteiro é divinamente precioso.

    Mas a minha cena preferida da Nicole é a da estação em ‘As Horas’. Quando Virginia diz ‘I am dying in this town’, me arrepio por completo.

  • Lilly

    Esse Barreto chatíssimo vai ficar aí pra sempre?

    • Tomara que sim… 😉

    • Tomara que sim… [2]

    • MarceloNeves, 26, Brasilia

      Tomara que sim… [3]

    • Tomara que sim… [4] .lol

    • Molungo

      Tomara que sim… [5]

    • Tomara que sim… [6]

    • Picard

      Tomara que sim… [7]

      • Luiza Helena, SP

        Tomara que sim… [8]
        e chatíssima é quem fala…

    • Paulo Linhares 17 anos – Recife/PE

      Tomara que sim… [9]

      mulher respeita o profissional…

      • Natalia

        Tomara que sim… [10]

        • eduardo henrique-PE

          Tomara que sim…[10]

    • Daniel

      Concordo que acho ele meio chato mesmo, mas fica no neutro, Juras, Mau e etc levam nas costas.

    • fha

      tomara que sim !!!

    • Tomara que sim… [13] 🙂

    • Valéria RJ

      Tomara que sim. 😀

    • Cicero

      Er…gente, usem a ferramenta de resposta com sabedoria. Lilly, respeito sua opinião, mas se depender da maioria, Goku fica sim! Além de ser um cara carismático, enriquece muito os casts trazendo informações lá de fora.

      • Meu amigo, quem é que esta criticando Baretão ai…
        Fala serio, O cara fala todo dia com os caras que vocês vangfloriam, esta apar das opiniões e vidas pessoais dos caras.
        Sempre tem um pra reclamar, eu ein.¬¬
        Ja vi gente reclamando ate do Mauricio, puuuuuuuuuutz…

    • dino

      se todos os chatos ao menos tivessem o conteúdo mostrado como o do cast, prefiro esse “chato”, do que uma pessoa “legal” com críticas infundadas…
      RESPONDENDO:
      TOMARA QUE SIM!!!

  • Como sempre excelente RapaduraCast, conteudo de montão, grandes emoções e muitos classicos.

    Acho que essa RapaduraCast foi pra um “Grande Momento”, nunca vou esquecelo, está entre um dos maiores ja feito e sem duvidas algumas uma perola.

    Parabéns, equipe!!!

  • Baixandooo

  • Ainda tah baixando… mas uma cena que eu não esqueco… é o dialógo entre Virginia e o marido na estação de trem… em AS HORAS.

  • Ahhhh… Libera a vinheta q passa logo após “Bem vindos ao mundo espetácular do cinema”… EH MUITO FODAAA.

  • Fizemos duas correções no audio. Uma delas no áudio do Jerry Maguire, que foi ao ar incompleto. Agora está ok! 😉

    Quem quiser, pode baixar de novo.

  • Luis Otavio

    Tema show! Emocionante…

    O diálogo do filme Cruzada é otimo. A escolha deste e de Um ato de coragem foi excelente.

    Parabéns pelo Cast!!

  • Karla°19 anos°Vitória ES

    aê!
    Naum tava aguentando mais esperar, mas acho q valeu a pena, u tema é ótimo!!! .style

  • saiu atrasado
    mas pelo tema eu tenho certeza que vale a pena

  • Marlon

    esse demorou d+ ja tava preocupado, mais vlw o tema, baixando e depois volto pra comentar.

  • Leonardo

    ROCKY BALBOAAAAAAAAAAAAAAAAA

    meu filme predileto ao lado do poderoso chefão(que podia ta ai tambem)

    esse tem que ter segunda parte

  • Leonardo

    muitos dos filmes eu nao vi,quem sabe que tem no youtube a cena podia passa né XD
    quando estiver ouvindo apos um filme comentado vou procurar e se achar irei postar

  • salcorrea

    “O povo não deve temer o governo,
    o governo é que deve temer o povo.”

    “Mas com gente suficiente, explodir
    um prédio pode mudar o mundo.”

    V de Vingança.

    • Paulo Linhares 17 anos – Recife/PE

      caralho muito boa essa frase estupenda,xD.

      pode falar palavrão aqui?

    • Alan David

      Essa é boa mais eu prefiro muito mais a cena final qnd o V está no esgoto com os soldados e o Mr. Creedy, o diálogo inteiro é muito bem escrito…

      Creedy:-Vc não tem medo de morrer…vc é como eu…
      V:-A Única coisa que temos em comum é que ambos estamos prestes a morrer.
      Creedy:-Como imagina que vá acontecer?
      V:-Com minhas mãos no seu pescoço
      Creedy:-Conversa!O que vai fazer?Rastreamos o lugar vc não tem nada, só suas malditas facas e golpes idiotas de karate.Nós temos armas.
      V:-Não o que vocês tem são balas e a esperança de que qnd elas se esvaziarem eu não esteja mais de pé, pq se eu estiver…vão estar mortos antes de recarregar.

  • Puxa, mais um programa fabuloso!!!
    E a participação do Barretão é sempre um barato!! Show!
    Posso deixar meu pitaco? Acho que sim.

    Do meu “Top3”, da minha lista de “Grandes Momentos”, estão duas das três cenas que citaram.
    – “Em Busca Da Terra Do Nunca”, filme em que choro TODAS as vezes que assisto. 100%!
    – “Rocky Balboa”, quando ele dá um show no diálogo com o filho. Cheguei a postar este trecho no meu site a alguns meses, quando assisti a cena.

    E a terceira, mas esta passou batida no programa, cena que certamente é uma das que mais marcaram minha vida. Esta no filme “ANTES QUE TERMINE O DIA”. Uma declaração de amor romântico que emociona até o mais rígido e racional ser humano. Simplesmente fabulosa.
    Segue o link:
    http://www.youtube.com/watch?v=w5ux1JNEsq4

    Au revoir, seres rapadurianos!
    Patux

    • Em Busca da Terra do Nunca é um filme que me deixa pensativa todas as vezes que eu vejo, mas embora isso, ele não tem pra mim um momento marcante, porque o que me marca nele são as imagens. Fico louca com a beleza de todas as cenas que em que Barry, personagem do Depp, se imagina brincando em um navio, ou dançando com um urso. Como diria o Mau, é de uma beleza que é difícil tentar descrever.

  • Alex Caieiro

    É interessante a gente notar como os filmes antes do ano 2000 tinham uma temática mais formadora de carater que os filmes pipocão do novo século. Acho que últimamente é complicado falar Mundo do Cinema, e sim, Indústria de cinema “give me money no metter how”. O mundo está seguindo um rumo impessoal, muito internet, o ato de ligar para alguém em conversar perdeu sentido com isso perdemos os Grandes momentos da Vida.

    • Guija Matías

      Peloamor, Alex. .boring

      Alain Resnais tá trabalhando, Domingos de Oliveira tá trabalhando, Godard tá trabalhando, A. Wadja tá trabalhando… pra ficar só nos das antigas que me recordo agora, de imediato.

      i.e., meu caro, cinema não se resume nem um pouco às salas multiplex, ora.

      • Alex Caieiro

        pensando bem, vc tem razão, mas nada é como era antigamente

  • Noss… toh ouvindo aqui e toh arrepiado.

    Esqueceram de mim .point Marcou minha infancia mesmo e até hj eu vejo.

    Rocky Balboa .point É um filme que eu nunca quis ver. Mas depois dessa cena… tá na lista.

    Jerry Maguire – A Grande Virada .point É um filme que sempre me foi indicado, mas, que eu nunca vi. “Show me the heart” Quero ver!

    Um Ato de Coragem .point É um filme muito marcante. E esta fala em especial é emocionante. Lembro de ver esse filme no ônibus e de nessa hora está com os olhos cheios de lágrimas. “Sua palavra é um juramento…”

    O Planeta dos Macacos .point Sou um desses que está 40 anos atrasado. E a frase em si não me tocou tanto, mas, tá na lista.

    Em Busca da Terra do Nunca .point Esse filme é um dos melhores que já vi. Lembro de chorar muito a partir da morte da personagem da Kate Winslet. E essa passagem que vocês escolheram é simplesmente PERFEITA.

    Star Wars V: O Império Contra Ataca .point Eu não sou fã da série, nem nunca assisti esse. “Não acredito. -É, e por isso fracassa.” Show

    “Eu te amo. – Eu sei” kkkkkkkkkkk

    B.E.d.u.M.S.L .point Esse filme foi um dos que eu mais esperei para ver. Esperava mais, mas isso não vem ao caso. Uma coisa é fato: O filme é lindo. Tem cenas e falas muito emocionantes.

    Em sintese, o cast foi D+. Me mostrou falas de filmes que eu vi e nunca tinha prestado atenção. Sem falar que me indicou uma série de filmes que eu nunca quis ver por puro preconceito, como Rocky Balboa.

    Pessoal, o cast foi d+.

    Muito Obrigado.

    Vlw pela espera.

  • sobre o livro do peter pan ser baseado em garotos reais eu sabia por assistir “em busca da terra do nunca.”
    já o de alice, eu só sabia das acusações sobre o lewis. tenho alice 1 e 2
    pague 12R$ +/- em cada um, com as ilustrações originais.
    irei ler novamente antes de ir assistir o alice do tim no cinemas. [que eu espero juntar R$ pra ir ver em IMAX3D ;]

  • inominavel

    O tema promete !! voltou depois para comentar sobre qual cena que me marcou muito!

  • Ótimo tema para o cast. E um dia pode ter até uma sequência.

    Um dos meus diálogos preferidos do cinema:

    “Melhor É Impossível”

    Melvin: Meu elogio é que quando você veio à minha casa naquele dia e me disse que nunca deveria ter ido…bem, você estava lá, você sabe…na manhã seguinte eu comecei a tomar estas pílulas.

    Carol: Eu ainda não entendi porque isto é um elogio para mim…

    Melvin: Você me faz querer ser um homem melhor.

    Carol: Talvez este seja o maior elogio da minha vida.

    Melvin: Devo ter exagerado. Eu só queria que você não fosse embora.

    Então Carol ri.

    D+…esse filme é cheio de bons diálogos.

  • Eric Sandes

    Tenho três cenas preferidas empatadas do meu filme preferido: APOCALYPSE NOW!
    1ª: o monologo inicial de Cap. Willard.
    2ª: a frase:”Adoro cheiro de Napalm pela manhã…”
    3ª: a ultima cena: “The Horror…The Horror…”

    Perfeito esse filme

    FLW

  • Ótimo cast, muito boa as escolhas do pessoal…

    Um dos meus diálogos favoritos é o do filme “Audition” do diretor japonês Takashi Miike.

    “Asami Yamazaki: Words create lies. Pain can be trusted.

    Asami Yamazaki: Kiri kiri kiri kiri kiri kiri!

    Yasuhisa Yoshikawa: Happy people cannot act !

    Asami Yamazaki: This wire can cut through meat and bone easily.

    Asami Yamazaki: [while pushing needles into the space under Shigeharu’s eyelids] Deeper. Deeper.”

    Agora vocês poderiam fazer um cast sobre as “melhores cenas” já que esse foi sobre os “melhores diálogos”.

    Abraços.

    • Guija Matías

      Caceta, acabei de mencionar “Audition” nos comentários do programa anterior! .assustado

  • Oi pessoal do Rapadura! Grande tema escolhido!

    Nos comentários falaram que falta em Hollywood filmes que entendam ou mostram a alma feminina.
    Em Hollywood falta, mas no Japão, há Hayao Miyazaki que sabe retratar como ninguém alguns detalhes da psicologia e espírito feminino como ninguém.

    Ele faz animações, mas seus longas são mais que desenhos, são filmes mesmo! E cheio de Grandes e emocionantes Momentos também!

    Sou muito fã dele e fizemos o Monacast desta semana sobre Hayao Miyazaki. Acho que o público do Rapaduracast conhece este grande diretor e vai querer conferir:
    http://monalisadepijamas.virgula.uol.com.br/podcasts/monacast-74-hayao-miyasaki-o-maior-diretor-vivo-de-animacao

    Bjs e continuem este ótimo trabalho!
    Mafalda

    • Miyazaki é um gênio! irei conferir esse monacast! .style

    • Gabriel Vargas

      Monacast de Miyazaki?! UUUUUUUUUppppppaa! 😀 Quando teremos um Rapaduracast dele?…E do Kurosawa? .eokiko

    • Nossa, que sorte, essa é a primeira vez que eu vejo os comentários e não sabia do Monacast! Muita sorte ter visto exatamente um comentário sobre um dos meus grandes ídolos, Miyazaki Hayao! Certamente irei ouvir!

  • Tom

    Adorei esse RapaduraCast e com certeza merece muitas continuações! Pena que achei ele curto, deveria ter umas duas horas de duração.

    Entendo a demora da publicação, deve ter sido duro editar por causa da quantidade de citações de filmes. O cast terminou com chave de ouro citando o fabuloso “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”.

    Por favor! Não demore muito para fazer a continuação. E não acho que necessáriamente os momentos precisam ser emotivos, só precisam ficar na cabeça.

    Se realmente houver uma continuação espero ver momentos do perfeito filme de PTA: “Sangue Negro”.

    E só pra terminar meu comentário, eu já respondi um “Eu te Amo” com um “Obrigado”, não vou mais fazer isso, agora vou responder com um “Eu sei”.

    Até a próxima o/

  • MarceloNeves, 26, Brasilia

    Homer Simpson, grintando “SEUS MISERAVEIS” diante a destruição do bar do Moe, foi hilário.
    Referencia ao clássico Planet of the apes (1968)

  • Daniel Komarchevski Filho

    Ouvindo! :p

  • Phelipe

    ADOREI! baixando…

  • Picard

    Grande programa,Juras, Maurício e Barreto.
    Ótimos dialogos. Acho que esse programa precisa virar uma série.
    Minha contribuição tmb será com V de VINGANÇA, mais precisamente na cena onde Evey acaba de sair do pseudo-cativeiro, quando ela descobre que tudo não passou de uma farsa e Hugo Weaving profere aquelas palavras lindas e a faz entender que o que se passou dentro dela foi MUITO REAL e que a partir daquele momento ela estaria livre de todo o medo e angústia imposto desde sua infância.

    Esse dialogo foi marcado a ferro e fogo na minha memória e me emociona toda a vez em que o assisto.

    Abraços a todos e parabéns pelo programa.

  • JPPaes

    Adivinha que filme é:

    “Obi-Wan me disse o suficiente… que foi você quem o matou.”

    “Não. EU sou o seu pai.”

    The Empire Strikes Back

  • O que vocês falaram é muito bonito e relevante na primeira parte que trata dos filmes dos anos 80. Além de serem muito mais bonitos e relevantes do que hoje em dia, tinha esse sentimento de “cresça”, não é de “preciso de ajuda”, como é por exemplo, a série Eu, a patroa e as criança, onde os adolescentes são uns baita de uns imbecis. E veja, como vcs escolheram bem a sequencia de falar dos filmes, falando de filmes do John Hugues e na sequencia, falando de Rock Balboa. Aquele dialogo dele com o filho, muitas vezes me pergunto, onde eu errei, pq sou alvo de zoação, mas aquele diálogo, é para seguir em frente com coragem. A gente acaba esmorecendo mesmo em certo ponto, mas a coisas passam e a gente fica. Quanto ao Jerry Maguire só digo uma coisa: O cara é o Tom Cruise. Ponto. Nenhuma mulher diria aquilo para outro cara.

    Frases ou diálogos:

    Tem um diálogo do Namorada de Aluguel, que o jogador de futebol com medo que o ruivinho cdf virasse um novo espertão do colégio, começa a entortar o braço do cara, aí o Patrick Dempsey, puxa um taco de baseball, não sei da onde, e começa dar uma lição de moral no Jogador de Futebol, lembrando do tempo que ele se machucou e foi ajudado pelo ruivinho, e o Patrick conclui dizendo que é uma bobeira essas de grupos, Populares, Nerds ou o que seja, e o Big John começa a puxar uma salva de palmas, que foi muito bem satirizada em Não é mais um besteirol americano.

    Contemporanea, nosso caro Heath Ledger com o Coringa: “Lets put a smile in that face”. Pois, no trailer dá a impressão que ele diz isso quando o Batman cai da moto, de puro deboche. Mas, no filme, o cara, está contando um trauma de infância, e sempre que eu via no cinema, nas 6 vezes que fui ver TDK, o cara conseguia me botar medo.

    Lembrando de uma romantica, fica aqui a de Richard Gere com Julia Roberts no final de Uma linda mulher, em que ele aparece na limosine, gritando: “Princesa Vivian!!”, é uma bobeira, mas a maneira que é executada é muito legal, e quem não faria isso pela Julia Roberts?

    Valeu seres rapadurianos, muito bom o programa, discordo e uma ou outra escolha, mas gostei mesmo.

    • Guija Matías

      “Mas, no filme, o cara, está contando um trauma de infância…”

      Hm. Algo me diz que você não “pegou o espírito da coisa”, meu caro QUEIROZ. .eokiko

  • saru

    aeeee vo baixar to adorando muito os ultimos rapaduracast´s!

  • Paulo Linhares 17 anos – Recife/PE

    vou deixar meu dialogo preferido do meu filme preferido, mesmo sabendo que para a maior parte provavelmente 99% das pessoas não vou entender porque só da pra entender assistindo o filme, e esse filme não é muito fácil de se encontrar e se eu não me engano não passou no cinema.

    o contesto que ele fala a frase é esse:
    ele chega em casa e o padrasto dele ta com raiva porque ele tirou nota baixa em comportamento e porque ele namorava a cozinheira. O padrasto dele costumava bater nele.

    dialogo:

    – Vamos esclarecer isso. (padrasto)
    – Pare! (erik)
    -O que está havendo aqui? Que insolência é essa?
    -Agora, preste atenção:
    Acabou!
    -Vá embora dessa casa. Entendeu?
    -Senão, daqui a meia hora,
    estará no hospital…
    -sem poder enxergar,
    com o nariz arrebentado…
    -e os braços, quebrados.
    -E não vai contar pra ninguém
    o que aconteceu.
    -Vai dizer que caiu da escada.
    -Se contar à polícia,
    eles vão ficar sabendo…
    -o que andou fazendo
    todos esses anos.
    -Vai saber o que é sofrer.
    -Vai gritar até desmaiar.
    -Juro que te arrebento.
    -Pessoas como você
    precisam ser destruídas.
    -É a última vez que farei isso.
    Depois, nunca mais. (erik falando com a mãe)

    não consigo ver esse filme sem me emocionar e vibrar com ele, já assisti ele incontáveis vezes mais não adianta só de eu ta escrevendo o dialogo aqui eu me lembro da cena e me emociono.

    • Paulo Linhares 17 anos – Recife/PE

      caralho eu lendo aqui ví que eu esqueci de dizer o nome do filme.

      o nome é:

      Evil: Raízes do Mal (Ondskan)
      é um filme sueco dirigido por
      Mikael Håfström
      e é um drama

    • Paulo Linhares 17 anos – Recife/PE

      outra coisa que eu vi que ficou mal feita, eu copiei essa fala de um arquivo de legenda, só pra esclarecer, todas as falas são de Erik exceto a Pare.

      tou flodando aqui porque falta o botão editar, e eu não percebi na primeira vez que postei estes detalhes.

  • EXCELENTES ESCOLHAS DE DIÁLOGO!!

    Juras, Mau e Barreto adorei esse cast!!
    Vocês três estão de parabéns!!!

    NerdMaster
    Blog do Jotacê

  • Guilherme0212

    Excelente rapaduracast !

    Meus momentos/cenas marcantes são inúmeras , mas as mais recorrentes são :

    1ºStar Wars – Luke I’m your father
    2ºO Iluminado – Heeere’s Jhonny !
    3ºCinema Paradiso – O filme todo , mas principalmente o fim com o Toto ja adulto voltando a cidade e relembrando a infancia e os bons momentos

    Esse cast merece com ctz continuação

    Parabens

    Abraço a todos

  • Laysa

    nossaaa quantos comentarios!
    baixando…
    depois comentarios…

  • Priscila Serpa, 16 anos, Salvador/Ba

    Adorei o tema do cast, valeu a pena esperar tanto tempo. As frases que vocês escolheram são maravilhosas, mesmo não tento assistido alguns dos filmes, eu gostei. O de Rocky Balboa é fabuloso, muito bom mesmo. Eu amo Em Busca da Terra do Nunca, esse filme é todo muito bonito.

    Meus diálogos [maioria é frase]:

    – As pessoas esperam que eu faça tudo por elas, mas não percebem que elas têm o poder. Você quer um milagre? Seja um milagre. (O Todo Poderoso)
    – A coisa mais importante que se pode aprender na vida é amar. E em troca, amado ser (Moulin Rouge)
    – No amor, sempre existe um que ama mais. Quem me dera não fosse eu. (Antes que termine o dia)
    – Até uma boa decisão, se for tomada por motivos errados, pode ser uma má decisão. (Piratas do Caribe)
    – Benjamin! Estamos destinados a perder as pessoas que amamos. Qual a outra forma de sabermos o quanto importantes são para nós? (O curioso caso de Benjamin Button)
    – Por que nós caímos? Para aprendermos a levantar. (Batman Begins).
    – Haverá tempos em que precisaremos escolher entre o que é certo e o que é fácil. (HP e o Cálice de Fogo).
    – Ducard: Mate-o. Os criminosos não partilharão da sua compaixão.
    Bruce: Por isso ela é tão importante, é o que nos diferencia deles. (Batman Begins).
    – Meu amor é como o vento, não posso vê-lo, mas posso senti-lo.( Um Amor Para Recordar)
    – O cachorro não vê utilidade em carros elegantes, nem em casarões, nem em roupas grife, um graveto para ele serve. Um cão não se importa se você é rico ou pobre, talentoso ou sem graça, inteligente ou burro. Dê a ele o seu coração e terá o dele. De quantas pessoas você pode dizer isso? Quantas pessoas fazem você se sentir único, puro e especial? Quantas pessoas o fazem sentir-se extraordinário? (Marley e Eu).

    Obrigada por mais esse cast.
    Beijos.

  • Átila dos Santos, 16 anos – São José dos Campos, SP

    Mestre Barreto foi ótimo. Adorei o cast, tema muito interessante e simples. Gostei mais ainda por citarem Star Wars. 😉

  • João Antonio

    Cenas que me marcaram
    6º sentido cena final do carro quando Cole conta pra mãe sobre a avó.

    Eu robo quando o Sony pergunta se vai doer/ quando o sony fala que agente obedece as pessoas que amamos

    A menina e o porquinho quando o médico fala pra mãe da Dakota F ( no filme ) que já é um milagre a aranha tercer sua teia sem ninguem ensiná-la.

    O homem Bicentenário quando ele morre sem ver que tinha se tornado humano oficialmente

  • leoni correia

    otimo cast,como sempre.

    tomara que o barreto fique fixo do programa.
    gosto muito dele.

  • Gabriel Vargas

    “Voltamos a perder, os ganhadores são os camponeses, não nos.” (Kambei Shimada, Os Sete Samurais)
    Ai aparece as espadas dos samurais caidos…Frase muito marcante para mim. Pobre Kikuchiyo .cry

  • neto cardoso sc criciuma

    Querem me dar um susto!
    Esperava na sexta ansioso!

  • Humberto Pereira

    Obrigado RapaduraCast por existir, fazer eu me emocionar como não me emocionava a muito tempo. Muito obrigado!

  • vanuccinerd

    realmente esse podcast será um grande momento do rapaduracast. 😀

  • Estou escutando ainda, e vou citar uma cena que é muito marcante pra mim:
    Sociedade dos Poetas Mortos, quando o Robbin Willians volta à sala para buscar suas coisas depois que é demitido e todos os alunos sobem nas carteiras e começam a declamar: “Oh, capitain, my capitain”. Sempre choro quando vejo esse filme!

  • demorou mais saiu!

    estou louco para chegar em casa e ouvir!

  • lu lima

    um dos meus filmes preferidos dentre muitos,é ALEXANDRE O GRANDE,e uma das cenas que me marcou foi quando hefestion(jared leto) morre e alexandre entra em desespero e vai até a sua esposa e a acusa de ter matado hefestion e ele diz á ela que ela matou tudo que ele mais amava!! a cena é emocionante e ver alexandre desesperado daquele jeito pela morte de hefestion,é tocante!! grande filme e com grande elenco tambem!!!!

  • Esse programa falou da razão porque eu gosto de cinema e sempre vou gostar: o fato de que histórias podem me descrever, me marcar, me ajudar e me fazer refletir sobre aspectos da minha vida. E como essas histórias acabam interferindo na minha própria história. Entrou para um dos meus favoritos, com certeza.

    Podem me zoar, achar bobo, mas eu a-do-ro De Repente 30. É um filme que fala que a gente não pode perder a nossa essência, o que realmente somos, depois que a gente cresce. A gente envelhece, muda, mas não podemos nos distanciar de nós mesmos.
    E ainda tem a parte do amor que sobrevive aos anos. Isso acaba comigo, de verdade. Aquela parte final, onde a Jenna coloca as fotos na lareira ao som de Crazy for You da Madona, é matadora. Todo filme de amor que sobrevive ao tempo me comove.
    Tem outra parte que eu acho lindinha nesse filme: a Jenna tá contando pras amiguinhas que ela arranjou em 2004 como foi o beijo dela com o Matt, e começa a falar que apesar de terem se beijado, ela não sabe se eles ficarão juntos. Aí vem uma menininha e fala: “Ah, pelo menos você tem com quem sonhar.” MORRO nessa parte, me derreto. E aí a gente começa a pensar se tem com quem sonhar, pelo menos.

    Quanto à fala do Han Solo pra Princesa Lea, adoro também, minha superpreferida cena de “eu te amo”. Mas sou suspeita, Han Solo é meu cafajeste preferido.

    Mais um excelente programa, meninos. E digam que essa semana terá chat. Vai ser muito legal conversar sobre isso com vocês e com os outros ouvintes. E é sempre bem divertido.

  • pedro

    com certeza a cene do exterminador falando:i by back

  • Eve

    Galera do RapaduraCast,

    Eu simplesmente amei esse postcast. Adorei muito os trechos escolhidos e pirei ao relembrar dessa parte de Brilho Eterno de uma mente sem lembranças…nossa lindo demais!!!!!!!

    Qual o nome da musica que toca no final hein???/

    Alguns momentos especiais do cinema pra mim, alguns que me lembro no momento:

    Filme: Casablanca
    Diálogo final quando ele diz: “Nós sempre teremos Paris.”

    Filme: Homem – Aranha
    “Grandes poderes trazem grandes responsabilidades.”

    Filme: Moulin Rouge
    “A coisa mais importante que você irá aprender é amar e ser amado em troca.”

    Filme: Um Lugar chamado Notting Hill
    No final: “Não se esqueça. Eu sou apenas uma garota, parada em frente a um garoto… pedindo-o para amá-la” –

    Filme: As 10 coisas que eu odeio em você
    Na parte final, o texto que ela lê na sala.

    São alguns que lembrei…

    E concordo quando foi dito que Jim Carrey é sim, um ótimo ator de drama!!!
    Tirando aquela porcaria do numero 23.

    Parabens!!!!Ótimo PodCast!!!!!

      • Eve

        Jurandir Filho,

        Muito Obrigada por postar o link.

        Nossa eu amei essa musica.

    • Eve Silva

      Escutando mais uma vez!!!!!!!!!!!!!
      Adoro esse cast…sensacional.

      Lindos momentos do cinema. E esse comentário do Barreto sobre a infância dos anos 80 é demais!!! Era muito bom!

      Eu finalmente assisti Rocky Balboa. Me emocionei com filme e com esse diálogo!!É lindo demais!!!!

      Ótima seleção de momentos!
      Mas o de Rocky Balboa, Um Ato de Coragem e O Brilho Eterno…sensacional!!!!!!!!!!!

      Valeu 🙂

  • Matheus Filipe

    Pessoal, cada vez mais vocês se superam, exelente o cast, parabéns 😉

  • + um ótimo cast… esse entra pelo menos no meu top 6 dos melhores

  • Renato F.

    Porra, ouvi o cast esperando o Mau falar dos filmes do P.T.A. e nada 🙁

    Pra não deixar em branco, as minhas linhas favoritas de Punch-Drunk Love e Magnólia:

    – Barry [Punch-Drunk Love]
    “I didn’t do anything. I’m a nice man. I mind my own business. So you tell me ‘that’s that’ before I beat the hell from you. I have so much strength in me you have no idea. I have a love in my life. It makes me stronger than anything you can imagine. I would say ‘that’s that’, Mattress Man.”

    – Barry, para o marido dentista de uma de suas irmãs:

    “I don’t know if there is anything wrong because I don’t know how other people are.”

    E em Magnólia, a cena do Frank (Tom Cruise) encarando a morte do pai é genial, um dos melhores trabalhos do Tom Cruise;

    ” Don’t go away, you fucking asshole, don’t go away. Don’t go away, you fucking asshole, don’t go away! Don’t go away you fucking asshole!”

    Isso sem falar de toda a sequência do elenco cantando Wise Up, da Aimee Mann juntos. Perfeito.

    Achei até estranho o Mau não mencionar nada sobre esses filmes. Fica pro próximo então.

  • Graciene Vitória de Santo Antão-PE

    cara sao tantos momentos: O filme “A espera de um milagre” NA CENA EM QUE ELE TOCA NO GUARDA E ELE VE TODA VERDADE MENINO AQUELA CENA Ñ SAI DE MINHA CABEÇA, VICHE CHOREI DEMAIS, E É MUITO MARCANTE PRA MIM 😀

  • Renato F.

    Aliás, quando vocês começaram a falar da decadência da geração atual, foi o gancho perfeito para citar Tyler Durden, mas como não fizeram, fica aqui o monólogo:

    “Man, I see in fight club the strongest and smartest men who’ve ever lived. I see all this potential, and I see squandering. God damn it, an entire generation pumping gas, waiting tables; slaves with white collars. Advertising has us chasing cars and clothes, working jobs we hate so we can buy shit we don’t need. We’re the middle children of history, man. No purpose or place. We have no Great War. No Great Depression. Our Great War’s a spiritual war… our Great Depression is our lives. We’ve all been raised on television to believe that one day we’d all be millionaires, and movie gods, and rock stars. But we won’t. And we’re slowly learning that fact. And we’re very, very pissed off.”

    Aliás, ainda do Chuck Palahniuk & Tyler Durden, tem outras citações excelentes também, as minhas favoritas são:

    “You’re not your job. You’re not how much money you have in the bank. You’re not the car you drive. You’re not the contents of your wallet. You’re not your fucking khakis. You’re the all-singing, all-dancing crap of the world.”

    “It’s only after we’ve lost everything that we’re free to do anything”

  • Graciene Vitória de Santo Antão-PE

    SIM TBEM NO FILME “10 COISAS QUE ODEIO EM VOCÊ” QUANDO ELA LE O TEXTO NA SALA, HA TBEM NO FILME “SEXTO SENTIDO”:
    -EU VEJO GENTE MORTA
    -COM QUE FREQUENCIA?
    -TODO TEMPO.

  • Rabbony Santos 25 anos – Natal/RN

    Baixando…

  • mateus

    Otimo cast !! Esta muito bom, variado, divertido e emocionante !

    Obrigado Mau, Juras e Fabio barreto

  • Parabéns galera, mais um podcast espetacular!!! O Universo é o limite.

  • mateus

    O discurso do Rocky para seu filho legendado no You tube:
    http://www.youtube.com/watch?v=pdFbfP_iYl0

  • Foi bacana, ótimas cenas. Legal falar de religião em “A Cruzada” sem que necessidade de denegrir a imagem de Deus. A crítica estava concentrada na situação e não em Deus.

    Em relação as gerações de hoje e de ontem, quando foi falado na questão das gerações americanas terem construindo a américa, acho que é uma questão de ponto de vista. Hoje estamos construindo a “América” virtual, construindo todo um universo cybernetico, acumulando bilhões de conhecimento que antes não eram acessíveis, isso no futuro será lembrado como o inicio da construção de outro mundo.

  • João Vicente

    Adorei o podcast, adorei as frases, e infelizmente estou sem tempo para selecionar as minhas ou discutir, mas boa sorte para todos q forem fazer isso, abraços!

  • Cara, me emocionei! espetacular!!!!

    Boa notícia a do Barreto! Agora é do time, cara!!! Parabéns! Seja bem vindo ao RC! Mandas benzaço!

    Só nos resta, ouvintes, a curtir. E comentar!!!!

  • Tema muito bom, só achei “ruim” ter sido relativamente curto… poderia render horas a mais. 🙂

    Um dialogo que me marcou muito é, em Gladiador, quando Maximus tem que se revelar para o imperador na arena.
    Analisando o filme como um todo a cena não é tão marcante, pois depois de tudo que aconteceu com ele, já era de se esperar que algo assim acontecesse. Era inevitavel e o filme te preparava pra isso.

    O ponto alto é que essa cena acontece do nada pois várias vezes ambos tiveram a chance de reconhecerem um ao outro mas passou em branco, e a entonação de indignado e de rancor do general é de fazer tremer.

    Pra quem não lembra, quando indagado sobre quem era tal bravo gladiador e pressionado a revelar-se, Maximus solta a pérola:

    Meu nome é Maximus Decimus Meridius, comandante dos exercitos do norte, general das legiões do felix, servo leal do verdadeiro imperador Marcos Aurélio, pai de um filho assassinado, marido de uma esposa assassinada e terei minha vingança nessa vida ou na proxima!

  • Vagno Fernandes
    • Graciene Vitória de Santo Antão-PE

      viche legal demais vlw

  • fha

    Seria impossível fazer um cast com todas as frases memoráveis do cinema. Mas se eu estivesse participando citaria a última frase do replicante Roy Batty em Blade Runner:

    “I’ve seen things you people wouldn’t believe. Attack ships on fire off the shoulder of Orion. I’ve watched c-beams glitter in the dark near the Tannhäuser Gate. All those … moments will be lost in time, like tears…in rain. Time to die.”

    OU:

    “Vi coisas que vocês homens nem imaginam. Naves de guerra em chamas na constelação de Orion. Vi raios-C resplandecentes no escuro perto do Portal de Tannhaüser. Todos esses momentos se perderão no tempo, como lágrimas na chuva. Hora de morrer”

  • Marco Tulio

    Ainda vou ouvir…mas com certeza deve estar ótimo o cast, tava esperando um cast nesse estilo.

    xD

    Mas, já acho que ficou faltando o PH ai.

  • Rafael Santos

    Prefeito!

    Mal vejo a hora de baixar esse aqui. Sei que não ando comentando muito, mas fiquem certos de que continuo ouvindo (e recomendando) assiduamente programa a programa.

    Não sei que filmes vocês citaram, mas fica aqui a dica do meu filme favorito: “Sangue Negro”, que, apesar de impecável em todos os momentos, tem duas cenas que realmente não me saem da cabeça.

    Uma é a cena final, na pista de boliche, que creio ser a mais célebre do filme.

    E outra, a minha favorita, por sinal, é a conversa com o suposto irmão Henry, onde ele revela não só sua natureza como todo o brilhantismo que o filme de fato possui.

    Sobre as sequências dessa edição em especial, creio serem muito bem-vindas, já que o tema é extremamente abrangente e é assunto recorrente na vida de todo cinéfilo.

    p.s. Legal o detalhe de fundo da ilustração do programa, onde tem frass célebres do cinema que, por acaso, são as usadas no tema de abertura do mesmo.
    Por falar nisso, sempre tenho a impressão que no começo do “Bem-vindos ao mundo espetacular do cinema!” dá pra ouvir a voz do PH falando “Oh, my god!”. É impressão minha ou de fato tem isso no audio?

  • Edson Tindou

    SURPREENDER..esta é palavra

    …E no filme gênio indomável, quando Matt tira a banca do Mauricinho fazendo citações de livros é muito bom. E um filme q esqueci o nome onde Sean é um escritor com câncer e se simpatiza com a personagem Jamal um jovem negro, e este da uma aula a outro playboy, sobre seu carro…e muitas outras, q ainda vou escrever…abraços

    • Edson Tindou

      ENCONTRANDO FORREST…este é o nome do filme

  • Marco Tulio

    Eu gosto de grandes momentos romanticos e tals…mas pra mim a maioria de grandes momentos são aquelas cenas que vc fica louco na cadeira do cinema, com vontade de mandar um PQP! bem alto…
    aehuaehuaehuahe

    Não vou citar um grande momento agora, pois me veio tantos na cabeça…acho que Batman-TDK, Wall-E, Na Natureza Selvagem…tem grandes momentos sensacionais.

  • Tem tantos diálogos que marcaram!
    Eu gosto de um dialogo que tem no filme Frida, sobre fidelidade e lealdade.
    Tem os diálogos do filmes do Tarantino (Cães de Aluguel – clássico)! V de vingança e todos aqueles “Vs”. Tem muitos Filmes com ótimos diálogos, Old Boy, Closer, Brilho eterno de uma mente sem lembranças, Volver …

    Queria ter participado deste cast!

    Sou nova aqui nos comentários, mas estou viciada no rapadura cast! Ótimo podcast, Parabéns!
    Abraços!
    =D

  • Guija Matías

    Não escutei o programa ainda, tampouco li nenhum comentário sequer, mas só tenho uma coisa para perguntar:

    “Você se lembra daquela música da Rita Pavone? Como era mesmo, aquela mais famosa?”

    😀

  • ótimo cast, vou pensar em alguns dialogos e mais tarde posto 😀

  • Que podcast excelente…
    O Rapaduracast tem essa magia de nos fazer rir, depois chorar, depois rir novamente.
    Um ótimo filme que vi e gostei muito foi “Antes do Amanhecer” entre os vários diálogos excelentes que o filme tem, me lembro desse:

    – Estive pensando ultimamente. Você conhece alguém que seja feliz num relacionamento?
    – Sim, claro. Conheço casais felizes. Mas acho que eles mentem um para o outro.
    – É.
    – As pessoas podem moldar suas vida em mentiras. Minha avó foi casada com um homem, e sempre pensei que ela tivese uma vida amorosa tranqüila. Mas ela me confessou que passou a vida inteira sonhando com um outro homem que sempre amou. Ela apenas aceitou seu próprio destino. É muito triste. Ao mesmo tempo… amo a idéia de que ela teve todos esses sentimentos que eu jamais imaginei.
    – Garanto a você, esse foi o melhor caminho. Se ela nunca o conheceu, pode ter certeza de que ele a desapontaria.
    – Como sabe? Você não os conhece.
    – É, eu sei. As pessoas colocam idéias românticas em tudo. Mas não há relação com a realidade.

    Nesse diálogo vi algo que muitas vezes existe de verdade. Nos lembramos daquele grande amor que vivemos, e pensaríamos que se tivéssemos conrtinuntão por muito tempo esse sentimento ficou comigo. E ao ver esse filme me lembrei desse momento. Muitas vezes aquela pessoa que ficou marcada na nossa mente como um grande amor, de tivessemos continuado com ela poderia vir os problemas, as brigas e aquele amor ia se esfriar.

    • É mesmo! Como eu pude me esquecer desse filme! Lindo, impossível escolher uma cena só. Dá uma invejinha danada e tal.
      Aí, outro filme que acaba sendo de amor que resiste ao tempo, na sua continuação, que é muito legal também.

      • A continuação também é excelente, “Antes que o dia termine” com muitos bons diálogos também. Quando eles perguntam se foram ao local combinado e ela diz que não pode ir e ele diz que não foi também… fantástico.

        • A continuação de Antes do Amanhecer é Antes do Pôr-do-Sol, e é nesse filme que acontece esse diálogo quando eles se perguntam se foram ao local indicado e tal. Você trocou os nomes aí, hehe. 🙂

        • Canelada minha, Renata… .vergonha
          É verdade, troquei os nomes na hora de digitar… 😀
          Antes que o dia termine é com a Jennifer Love Hewitt… Obrigado!!! 😉

  • Estou me levantando agora e aplaudindo voces… esse ficou show!!
    PARABENS PORRA!!!

  • matheus

    O diálogo quase no final de Blade Runner entre Deckard e o replicante.

    Batty: I’ve seen things you people wouldn’t believe. Attack ships on fire off the shoulder of Orion. I watched C-beams glitter in the dark near the Tannhauser gate. All those moments will be lost in time… like tears in rain… Time to die.

    Lendo assim não é a mesma coisa que ouvir. O nerdcast tem um episódio sobre Blase Runner em que é possível ouvir este trecho filosófico memorável.

  • Vivian Rosa

    Eu queria falar mais ou participar da conversa dos diálogos, mas como tô no serviço, vou resumir, mesmo correndo o risco de ser brega.

    Imaginem o seguinte, estou de pé, deixei minhas coisas no chão. E estou aplaudindo vocês. Aplaudindo vocês não somente por este cast maravilhoso, mas por todos os outros.

    Cada vez eu fico mais maravilhada pela forma que vocês tratam o cinema. Pelo paralelo que vocês sempre fazem.

    Estou verdadeiramente emocionada.
    Eu admiro o trabalho de cada um, as diferenças, o comportamento.
    Nossa… podcast fantástico… que mistura em mim agora uma vontade de ver muitos filmes (como os citados) com uma vontade imensa de viver tanta coisa.
    Talvez não correr atrás de alguém na chuva, mas de sair cantando pelas ruas. E dane-se as picuinhas que nos separam e viva as diferenças.

    E antes que eu continue viajando.
    Valeu, pessoal. Valeu mesmo 😉

    Obs.: Ok, eu sei que isso não foi nada resumido… =Þ

  • Evelyn

    Ouvindo o cast, posso afirmar com toda a certeza que das frases que foram citadas a mais fantastica é: – Eu te amo. – Eu sei dhsaudhsaiudhsaiudhsaiudhsaiudhsaiudhsaudhsa…
    adooorei meeeesmo, o cast ta muito bom.
    Os frases citadas foram muito bem escolhidas, parabéns pelo trabalho de voces. amo!

    :*

  • Carlos

    Esse momento Rocky Balboa é mesmo uma liçãi inesquecível, e que nos põe pra cima, nos mostra que nos dias modernos muitas vezes nos preocupamos demais com o que as pessoas pensam sobre nós do que o que realmente importa, que é como nos sentimos conosco.

    Fantástico rapaduracast, um dos melhores, parabéns a todos!

  • Q PUT&$^*@RIA ERH ESSA?!?!?
    6 tão querendo oq? quase perdi o emprego!!! fui chorar no banheiro!!!
    huahuauhahuahua

    o TEARDROP aqui foi sem parar porra!!!
    como q eu vou trampar chorando igual uma menininha hein?!?!

    6 tão loco?!?!

    uahuahuahuauhahua
    SENSACIONAL O PROGRAMA DE HJ!

  • “-Run, Forrest, run!”

    Vale série também?

    “We have to go back! We have to go back!”^^ 🙂

  • Cicero

    Outra cena que lembrei foi quando a garotinha lê o poema que fez para o amigo que morto em “Meu primeiro amor”

    Lembro que vi esse filme a primeira vez na escola, e me segurei, afinal uma criança chorar vendo um filme na escola ia ser zoada até a alma. Depois aluguei o filme e até anotei o poema, que ficou na minha cabeça por muito tempo.

    É engraçado como as memórias voltam depois de tanto tempo. Tem coisas que achamos que esquecemos mas elas estão lá, guardadas em um canto, esperando para virem a tona.

  • Guija Matías

    OK, agora eu escutei. Lá vamos nós:

    1) (na seção de e-mails) Eu escutei “mulheres PAU A PAU com os homens” de novo??? hahaha! :p

    2) (ainda na seção de e-mails) esqueci de comentar no programa passado, mas lembrei sobre esse assunto de uma frase de Cacá Diegues (não entremos aqui no mérito da filmografia dele): “Tem que ter filme da Xuxa mesmo! É com essa bilheteria que dá para fazer filme relevante no Brasil, oras.” 😉

    3) A “minha” frase que poderia estar em filme acho que seria “sou o ateu mais cristão que você já conheceu”, sem contar que após anos falando isso leio uma entrevista com o Millôr Fernandes e vejo que ele fala o mesmo dele! 🙂

    4) Os meus prediletos, de que me lembro agora, seriam, não necessariamente nesta ordem:

    a) Os dois primeiros diálogo de “Cães de Aluguel”, o primeiro sobre “Like a Virgin” e o segundo sobre “a ética da gorgeta” são inesquecíveis e arquitetados genialmente.

    b) Bom, o de “Nove Rainhas” já citei acima, antes de escutar o programa. 😀

    c) Como esquecer da única fala de Silent Bob (Kevin Smith) em “O Balconista”? A cantoria do russo nesse filme também é para levar para a vida. “BERSERKER!” :p

    d) (já que estão falando sobre superproteção) O diálogo das tartarugas explicando a Corrente Australiana é muito bom!

    e) O diálogo clímax entre as personagens de P. Seymor Hoffman e Meryl Streep no recente “Dúvida” é muitíssimo bem feito também. Tem bem a cara da montagem teatral, provavelmente.

    f) “Clube da Luta” não vale. São muitas frases célebres. .capetarindo

    g) Todas as piadas improvisadas de Joe Pesci em “Os Bons Companheiros”. Dá vontade de ver, rever, rerever, rererever… .exclamation

    h) A parada na chuva+mulheres mencionada me lembra a cena do interfone de “O Filho da Noiva”. É linda, não acham?

    i) O diálogo de Alex e o padre na prisão em “Laranja Mecânica”. Inclusive, o roteiro está aqui (http://www.dailyscript.com/scripts/A+Clockwork+Orange.pdf) e esse trecho começa na página 29.

    j) A performance de Meg Ryan em “Harry e Sally” é algo que os nossos pais não nos ensinam, é preciso ver para crer. .lol

    k) Pô, falar em M. Gondry, eu adorei quando a personagem do Mos Def fala, junto com outros amigos do bairro, com a personagem do Danny Glover (que está na janela) e o convence a fazer o tal do filme sobre o Fats Waller. Achei muito emocionante e uma verdadeira aula sobre o espírito do cinema.

    Esses foram os que fui lembrando enquanto escutava o programa.

    Caro Barreto, só uma observação construtiva:

    de encontro a
    1 em direção contrária; em trajetória de colisão com
    Ex.: um trem vinha de e. a outro
    2 em desacordo com, em oposição a
    Ex.: suas ideias vão de e. às minhas

    Fonte: Dicionário Houaiss, versão 3.0, junho de 2009.

    Grande abraço a todos!

    • falei errado é? valeu pela correção. depois escuto de novo pra ver onde foi. tks!

      • Guija Matías

        Barreto, foi antes de você começar a falar sobre os ensinamentos do Yoda. Pelo que entendi, você quis dizer que aquilo estava relacionado ao que havia sido falado pelos outros participantes, daí o engano.

        • Ouvi novamente e era no sentido de concordar. Realmente, titio Houaiss puxou minha orelha.
          =D

  • Gabriel Valente

    Muito bom o programa.

    Em primeiro lugar, como sempre, ótima participação do Fábio Barreto. Imagino que ele seja bem ocupado com o trabalho dele lá nos EUA, o SOS Holywood,etc; mas espero que ele sempre possa estar participando dos RC. O legal desse programa é que a gente sempre vê o Barreto falando da indústria, 3D, home video, etc, já nesse programa ele falou essencialmente sobre os filmes, muito bom saber que ele é mais um grande fã de Star Wars.

    Quando vi o tema do programa, imaginei que fossem cenas marcantes, e não apenas diálogos,existirão no futuro programas falando sobre grandes cenas,não necessariamente com diálogos?

    Emocionante mesmo os trechos escolhidos sobre Em Busca da Terra do Nunca e Rocky Balboa, assim como Yoda dizendo que as pessoas são criaturas luminosas, e não essa matéria a base de carbono. Isso vai bem perto do que eu acredito, realmente Star Wars é foda. Mesmo quando fazem coisas ruins com a franquia, seja no cinema,tv ou games, é como o Mauricio disse: é impressionante como esse Universo do George Lucas tem a capacidade de prender a atenção e sempre conseguir novos fãs.

    Outra coisa que concordo com o Barreto: Cruzada é um filmão, totalmente subestimado por público e critica. Adoro o tema, tenho o dvd aqui em casa, e apesar de algumas “licenças poéticas” na hora de mudar fatos históricos de alguns personagens (mas longe de ser como Gladiador), considero um grande filme justamente por não tomar parte de ninguém na hora de escolher lados, de dizer quem é vilão e quem não é na História. O filme mostrou os dois lados com respeito, e como o Barreto bem disse, ainda mostra uma critica do uso da religião como pretexto para esses conflitos insanos, que acontecem até hoje no “Reino dos Céus”. Parabéns Ridley Scott.

    Já em relação ao Jim Carey, ele conseguiu provar faz tempo que é um grande ator dramático, mas ainda me incomoda nele os papéis de comédia em que ele força muito as caretas e vozes, isso me irrita muito. Talvez por isso eu goste tanto de Todo Poderoso, que é um filme onde ele está mais contido. Mas de qualquer jeito gosto muito da maioria de seus filmes, e adoro Cable Guy,rsrsrsrs

    Agora, com a permissão do Jurandir, coloco abaixo 2 links do YouTube com cenas que eu considero marcantes no Cinema:

    – A antológica cena do batizado em Poderoso Chefão.

    http://www.youtube.com/watch?v=O789amyaMvw

    – O climax de Ultimo dos Moicanos. Mesmo sem um diálogo sequer, a trilha sonora se encarrega de toda a carga dramática. Espetacular, me da arrepios até hoje rever essa cena.

    http://www.youtube.com/watch?v=DV1VOIaukrQ

    Abs

  • Primeiramente parabéns pelo cast, entre 9 e 10, está com certeza 10!
    bom…voltando ao comentário, eu acredito que a maioria das pessoas que ouviram esse cast vai concordar com o fato que hoje em dia está tudo mais fácil por n motivos, por um lado tem o fator de que nos anos 80, nossos pais (pelo menos os meus)eram adolescentes, crianças e era tudo mais liberal com tantas novidades, o rock, o hippie, os filmes, em geral a influencia da midia, fizeram com que hoje em dia muitos pais esqueçam de seus filhos achando que vão se virar sozinhos e pronto, num é bem por aí, por mais que chegue um ponto na vida da pessoa que ela precisa crescer e aquelas coisas todas, não é tambem pra esquecer que tem um filhos que tu colocou no mundo, agora cuida, e pelo outro lado a facilidade das coisas hoje, ai junta com o “liberalismo” e com a falta de autoridade dos pais, ai as crianças e os adolescente, não estou dizendo todos, mas a maioria, fica insatisfeita, frustrada por não ter um limite…
    sai muito do assunto ne!?
    voltando… uma cena de um filme que eu simplesmente AMOOOO, é a parte de quando Kat, a tipica garota rebelde, recita o poema na sala de aula de todas as coisas que ela odeia em Patrick verona, e ela começa a chorar, tipo… caraca que raiva dele, mas ao mesmo tempo, bem feito pra ele…viu achou que era o durão e acabou se apaixonando!
    outro filme que eu acho que é bem legal, tvz não tão dramatico, nem tão surpreendende, mas é pela essencia, pela historia, como vcs falaram de pai e filho, é o filme tudo acontece em elizabethtown, na parte quando o Drew Baylor (Orlando Bloom) cai a ficha que o pai dele tinha msm morrido e ele num aproveitou nada com o tão querido pai dele, que todos tinham historias e boas lembranças e ele como filho não tinha nenhuma, então ele chora, chora, chora e chora mais e ai que entra o “mapa” feito com trilha sonora e tudo que tem direito pela Claire Colburn (Kirsten Dunst) ” a substituta”… e é incrivel tudo.

    Agora vem a uma cena que eu tenho certeza ia ser super legal se acontecesse em um filme, ou se aconteceu e eu num sei…
    uma vez eu queria entrar pro grêmio da escola,, mas não pra ficar fomosinha ou coisa parecida, achava legal a responsabilidade que tinha que ter pra poder melhorar a escola, ai eu tinha um colega que tbm era da mesma chapa que a minha e o escola ia eleger, aquela coisa de costume de eleição… mas ai eu achei que era muita responsabilidade pra mim, ai eu pensei em sair, ai ele veio conversar comigo e ele é muito dramatico, ai ele ficou serio e falou assim pra mim ” Esta vendo o predio da escola? Eu não estou te pedindo pra que você pule do primeiro andar, não ainda, mas eu tenho certeza que se fosse preciso você pularia do terceiro.” kct pro resto da minha vida eu vou lembrar disso, tipo… pow vc num desiste do que vc acredita… fiquei pensando muito naquilo, a chapa venceu e tudo melhorou, pena que eu estava no ultimo ano do colegio.
    O contexto é bem legal…

    Vcs do site com certeza pulariam, por que eu realmente acho que vcs acreditam no cinema, como eu tbm acredito, que tem a força de mudar pensamentos e atitudes, e ser um grande influenciador nas nossas vidas.

    Vlw por vcs se empenharem tanto no site, nas criticas, nas promoções e em tudo voltado ao site…

    Ate a proxima!

  • Cena mais foda, esta no meu filme numero 1, da minha lista infinita…
    Beleza Americana
    [SPOILER]
    Quando Kevin Spacey esta morto, com um tiro na cebeça,deitado sobre a mesa e o personagem de Wes Bentley, chega e olha dentro dos olhos do morto. E tenta imaginar o que ele estava sentido naquele momento, qual era a sensação.
    Do caraaaaaaaaaaaaaalho!
    Sam Mendes foi “o cara”, ali na quela cena, espetácular!

  • Sem falar de tantas outras como, a cena final de Rambo desabafanod e dizendo que nada acabou, ou o “Bunda com Bunda” de Jenifer Conelie em Requiem para um sonhos. A dança de Alex Dlarge em laranja mecanica, O embarque de Leo Dicaprio no Titanic, O reencontro de Sarah Connor com o T-101, O menino mandando o projetista e tomar no c** em cinema paradiso…
    Eu ficaria aqui o dia inteiro comentando sobre essas “tatuagens”.
    Vou fazer que nem Mauricio, cade filme uma tatuagem, kekekkekeke….

  • Natalia

    Uma cena que eu gosto muito, que chorei muito, que soube finalizar um filme como ninguem,que não tem falas mas diz tudo é a cena do final do filme Chaplin de (1992) quando Chaplin volta para America depois de ser deportado para receber o oscar de homenagem e passatrechos de seus filmes, todos dão risadas e ele se emociona.
    Muito linda!
    Me marcou muito!

  • Ai, chorei com esse cast… Chorei que nem bebê. O diálogo do Rocky Balboa e do Brilho Eterno(um dos meus preferidos) sempre me emocionam.

    Sobre diálogos que marcaram, pra mim a sequência do restaurante sobre Madonna e as gorjetas é épica.

    A citação do Ezekiel 25:17 em Pulp Fiction, pelo Samuel L. Jackson também acho muito boa.

    Do Clube da Luta, o aviso inicial é o que marca, além do resto do filme. “Aviso: Se você está lendo isso, então isto é para você. Cada segundo perdido lendo este texto inútil é outro segundo a menos da sua vida. Você não tem outras coisas para fazer? A sua vida é tão vazia que você honestamente não consegue pensar numa maneira melhor de vive-la? Ou você fica tão impressionado com a autoridade daqueles que a exercem sobre você? Você lê tudo o que deveria ler? Você pensa tudo o que deveria pensar? Compra tudo o que lhe dizem pra comprar? Saia do seu apartamento. Encontre alguem do sexo oposto. Pare de comprar tanto e se masturbar tanto. Peça demissão. Comece a brigar. Prove que está vivo. Se você não fizer valer pelo seu lado humano você se tornará apenas mais um numero. Você foi avisado.”

    Parabéns por mais um cast espetacular!

  • Tem a frase da Marla que também é muito boa: “A camisinha é o sapatinho de cristal da nossa geração. Você calça quando conhece um estranho. Dança a noite toda e depois joga fora. A camisinha,não o estranho.”

    E “Esta é sua vida e ela está acabando a cada minuto.”‘

    E ainda “I’m Jack’s wasted life!”

  • Anenar Neto

    Simplesmente fantástico! Eu acho que só botaria em minha lista o momento do Brilho Eterno. Só! Mas vocês são tão felizes no que fazem, e explicitamente gostam tanto de cinema, que eu me tornei um pouco fã de cada um desses filmes que vocês citaram. Até tu, Barretão, me fez virar fã de Star Wars por 5 min. (Saga que só gosto do ep. V e III).

    Vocês falaram aí, que pessoas do outro lado do mundo, em uma realidade completamente diferente, escrevem coisas que tem completa relação com nós todos. Já eu falo o mesmo de vocês. Nunca conheci nenhum desses, mas vocês conseguem constantemente me emocionar e falar o que eu penso (ou que não).

    PARABÉNS!

    ESSE CAST SIM, MERECE UMA CONTINUAÇÃO!

    ps: Traz o Siquera e o PH de volta!

  • Felipe ericles

    :p irado

  • Jeferson

    Parabéns pelo cast, foi ótimo!
    Um dos diálogos, ou melhor, monólogos que mais gosto infelizmente não foi comentado…a sequencia de “overacting”do Al Pacino no Advogado do Diabo “Let me tell you who is God!!”
    Abraço!!

  • O Juras falou tanto na relação pai e filho, então resolvi colocar um marcante pra mim, o filme é À Procura da Felicidade, na cena quando ele e o filho estão jogando basquete e ele começa a desencorajar o filho, que fica desmotivado e joga a bola pro lado, então ele fala:

    “Hey… Don´t ever let somebody tell you, you can´t do something. Not even me… Alright? You got a dream, you gotta protect it. People can’t do something themselves, they wanna tell you that you can’t do it. You want something, Go get it. Period.”

    “Ei… Nunca deixe que ninguém lhe diga que não pode fazer algo. Nem mesmo eu. Falou? Se tem um sonho, deve protegê-lo. Quando alguém não pode fazer algo, diz que você não pode. Se quiser algo, vá atrás. Ponto final.”

    A cena no youtube!
    http://www.youtube.com/watch?v=M5yvUKC8gKA

    • Menino, esse filme tem uma cena que eu morro quando eu vejo, que é aquela hora que o Will Smith corre pra pegar o ônibus e o filho dele na correria deixa cair o boneco do capitão América. Ele não consegue voltar pra pegar porque assim eles perderiam o ônibus, e aí ele fica chorando e vendo o capitão América no chão. Gente, morri vendo aquilo. Se imagine criança com seu brinquedo preferido. Agora imgaine você perdendo ele daquele jeito traumático. Aperto no coração total.

  • Muito bom…
    tenho q lembrar alguns diálogos pra comentar… hehe
    Lembrando aqui… só o de CÃes de Aluguel sobre Like a Virgin… hahaha
    E tbm Snatch – Porcos e Diamantes:
    -Bóris Desvia Balas.

    -Por que o chamam assim?
    -Por que ele desvia balas…

    Abraço… Valeu…

  • Lembrando…
    Adoro o diálogo de Brilho Eterno…
    Sou apaixonado pelo filme…
    O diálogo comentado é lindo… Mas o que eu mais gosto é…

    “- Daqui a pouco vai acabar…
    – Eu sei.
    – E o que faremos?
    – Aproveitamos!”

    =]

  • Ruan de Freitas

    Seres rapadurianos 😀 mais uma vez estou aqui para participar dos comentários e dizer que uma das frases mais lembradas dos filmes de época é:
    ” Hasta la Vista Baby ” quem que nunca vai se lembrar desta obra prima, um abraço .exclamation
    OBS: Continuo mandando como assunto de podcast mais um sobre dublagem (com Wendel Bezerra dublador do Goku)

  • Vagno Fernandes

    No filme Aliens O Resgate( que inclusive semana passada foi eleito pela Empire como A MELHOR SEQUENCIA DE DE TODOS OS TEMPOS) o soldado Hudson(Bill Paxton) pergunta pra soldado Vasquez ( interpretada pela Janete Goldstein, que faz a mãe adotiva do Connor em Exterminador do Futuro 2) – Vasquez, alguma vez já te confundiram com um homem? E ela responde: Não, e você, já confundiram?

  • Eversmann

    São tantas as frases e momentos marcantes do cinema, mas dois universos me são muito prazerosos, Conan, O Barbaro e Jornada nas Estrelas. E como disse o vizinho em Beleza Americana: ” As vezes a tanto beleza no mundo, que parece que meu coração vai desmoronar”.

    “Aquilo que não me mata, me fortalece”
    Nietzsche
    (Conan, O Bárbaro).

    “Deus algum pode nos separar. Se eu estivesse morta e você ainda lutasse por sua vida… eu voltaria para você. Voltaria do inferno pra lutar ao seu lado.”
    Valéria (Conan, O Bárbaro)

    (E ela cumpriu sua promessa, como uma Valquiria, veio ao campo de batalha e salvou Conan da morte certa.)

    _________________

    Momentos mágicos, onde o homem encontra seus valores pessoais, a amizade, coragem e esperança no futuro, numa comunhão com a ciência, Jornada nas Estrelas:

    “Espaço, a fronteira final.”

    “Em algum dia, muito breve, a humanidade será capaz de controlar incríveis energias, mesmo o próprio átomo. Conhecimentos que nos levarão a outros mundos em algum tipo de nave espacial. Estes viajantes serão capazes de encontrar os meios para erradicar a fome e curar todas as doenças… e estes, senhoras e senhores, serão os tempos que valerão a pena serem vividos.”

    “A necessidade de muitos sobrepõe-se a necessidade de poucos … ou de um só.”

    “Agora eu faço uma coisa melhor do que jamais fiz e vou para um descanso melhor do que todos aqueles que jamais conheci.”

    “Jovem. Eu me sinto jovem.”

    “Segunda estrela a direita, e direto até o amanhecer.”

    “Galáxias se desintegram, estrelas explodem, mas uma MULHER é sempre uma Mulher”.

    “Foi o melhor dos tempos, foi o pior dos tempos.”

    “Eu sempre fui e sempre serei … seu amigo.”

    • Guija Matías

      “Eu sempre fui e sempre serei … seu amigo.”

      Essa é de “Free Willy”, não é?

      .lol

      • Eversmann

        Não…Spock para Kirk, em A Iran de Khan.

  • Se ouver chat essa semana será bem comentado viu… varias coisas a a descutir, adoro esses podcasts amplos.

    Aproveitando e falando em chat, blog e tal, to começando a escrever em um blog que fiz, pra dar minhas opiniões em determinadas coisas, nada de ganho proprio nem buscando dinheiro ou algo do tipo, so quero ver a opinião da galera~.
    então pedindo a autorização aew dos meninos e ja agradecendo, entrem la e digam o que vcs acham.
    Abs!

    http://willtage-cineview.tumblr.com/ .lol

  • Lembrar que o blog é relacionado a assuntos de cinema é claro!

  • Guija Matías

    Reli a apresentação do programa e vi que, na verdade, não se trata somente de diálogos, como eu havia entendido inicialmente (também devido aos exemplos dados pelos participantes durante o programa). Bom, se me perguntassem qual é o momento mais inesquecível para mim no cinema eu provavelmente diria que é a cena final de “Depois Daquele Beijo” (“Blow-up”, 1966).

    Não dá para descrever aquilo, vocês sabem. É uma verdadeira aula magna do de cinema concedida pelo mestre Antonioni, de teoria imagética e tese sobre o que é realmente o cinema.

    O filme todo é um dos meus favoritos de todos os tempos, mas essa última cena, na quadra de tênis, é simplesmente inesquecível e levarei comigo para toda a vida; ironicamente, não tem nenhum diálogo (assim como a famosa sequência no meio do filme com a revelação do processo do título no original em inglês) e é tudo irretocável, de uma perfeição plena.

  • Guija Matías

    E documentários? Documentários não têm cenas marcantes?

    Claro que sim! 🙂

    Creio que a mais marcante para mim é o plano final de “Peões” (Eduardo Coutinho, 2004), que resume toda a abordagem de “eu falo deles para vocês” (segundo Bill Nichols) usada no dispositivo explícito adotado por Coutinho desde o debute em longa-metragem com Cabra Marcado Para Morrer”; e a cena é genial exatamente por isso: como resumir toda uma ótica de documentário, um modus operandi arquitetado minuciosamente, em UMA pergunta e UMA resposta?

    [Entrevistado] “E você, já foi peão?”

    [E. Coutinho] “Não.”

    [Créditos finais]

    GÊNIO. E do Brasil-il-il [vinhetinha global tal qual reproduzida em “Bem-vindos seres rapadurianos de todo o Brasil!]. 😉

  • Vivian Rosa

    Oskar Schindler: Eu poderia ter conseguido mais. Eu poderia ter conseguido mais. Eu não sei. Se eu ao menos… Eu poderia ter conseguido mais.
    Itzhak Stern: Oskar, há mais de mil e cem pessoas aqui que estão vivas por causa de você. Olhe pra elas.
    Oskar Schindler: Se eu tivesse feito mais dinheiro… Eu gastei tanto dinheiro. Você não tem idéia. Se eu ao menos…
    Itzhak Stern: Haverão gerações graças ao que você fez.
    Oskar Schindler: Eu não fiz o bastante!
    Itzhak Stern: Você fez muito.
    [Schindler olha para o seu carro]
    Oskar Schindler: Este carro. Goeth teria comprado este carro. Por quê eu fiquei com ele? Dez pessoas logo ali. Dez pessoas. Dez pessoas a mais.
    [remove seu distintivo nazista de ouro da lapela]
    Oskar Schindler: Este distintivo. Duas pessoas. Duas pessoas a mais. Ele teria me dado duas por isso, no mínimo. Uma pessoa. Uma pessoa, Stern. Por isto.
    Oskar Schindler: Eu poderia ter conseguido mais uma pessoa… e eu não fiz isso! E eu… não fiz isso!

  • Lindo, me deu vontade de chorar na parte do “Em Busca da Terra do Nunca”. Hook é minha paixão, e acho que hoje em dia é muito triste as pessoas que acham que coisas infantis e de crianças devem ser esquecidas, acho que essas coisas nos mantêm sãos, e fazem nossas vidas mais felizes e divertidas.

    *a frase do Yoda é a mais linda de toda a “logia” de Star Wars, acho linda e mostra o jeito que muita gente leva a vida.

    * tb tenho sindrome do panico, mas nunca me pensei sendo um sabre de luz…..será que ajuda?

    *a resposta do Han Solo já foi citada até em NerdCast. E eu adorooo! combinou totalmente com ele! E Briggs, agente te ama, porque ficou boa a dublagem!

    *ótima barreto! (“você quer que o simba diga isso”)

    PARABENS pelo rapaduracast dessa semana!

  • RapaduraCast é magnífico, novamente um programa que me emocionou em vários momentos. Infelizmente são consigo me tornar fã de StarWars, vi, revi, mas a magia não me afeta.
    Quando ao dialogo preferido, o meu é do filme “A PROCURA DA FELICIDADE”… Quando Cris, com seu filho na estação de metro e sem local para dormir decide que aquilo poderia ser diferente, pelo menos para seu filho e na breve conversa sobre dinossauros, mostra toda ingenuidade de uma criança em não perceber o mundo em sua volta, lagrimas e mais lagrimas na poltrona do cinema quando vi essa cena.
    .
    Juras, Mau e Barreto… vocês são demais!!!
    Abração .lol

  • Googla

    TUCO em “The good the bad and the ugly”:

    “When you have to shoot, shoot, don’t talk.”

    A frase é perfeita nessa parte do filme.

  • Realmente muito boas as falas, mais uma das quais mais sobrei foi em Kill Bill vol. 2, onde o Bill na sequência final fala do Batman e do Superman, eu e meus amigos já discutimos muito sobre o que foi dito, mais uma coisa genial do Tarantino, o cara é mestre!!!
    O Han Solo respondeu “Eu sei” o personagem é assim mesmo, ficou perfeito pela caracterização e do significado da existência do personagem para a saga. Valeu!!! ^^v

  • Neyzap

    Maravilhoso! Vcs se superaram neste, me emocionou várias vezes! Adorei o tema pais e filhos, me identifiquei como filho e pai! Não tenho dúvidas: vcs são os melhores! Obrigado!

  • Átila dos Santos, 16 anos – São José dos Campos, SP

    Me emocionei pra caramba com esse novo Rocky do Sly, o cara deu a volta por cima, ninguém levava fé no filme, nem eu, mas quando eu vi, uma lição de moral do próprio Sly. Quem não viu Rocky, veja, porque é um filme excelente!

    • leonardo

      chorei pacas

  • Guija Matías

    “‘R you talkin’ to me?”

    (“Taxi Driver”, 1976)

    .capetarindo

    Vale lembrar que essa mais do que clássica cena com R. De Niro foi claramente reproduzida no recente nacional “Os 12 Trabalhos”, após uma personagem chamar o protagonista entregador de “boy”. A sacada de “motoboy vs. boy” foi demais. .exclamation

  • willian

    MUITO BOM ESSE POD CAST ^^ :]

  • Guija Matías

    Sério que ninguém ainda citou “Tropa de Elite” .question Se algo que essa fita tem é frase célebre, hein.

  • Tropa de elite, kkkkkkkkkkkkkkkkk…
    Uhuuuuuuuuu… o pessoal ta liberando os sentimentos, kekekekekekkekeke.

  • Shwarzenneger em Predador:

    No fim do filme, quando o predador retira a máscara, e diz:

    Puxa, você é feio ein!

  • Leo DiCpario em Titanic:

    Vai para proa e grita junto ao seu companheiro e amigo, e grita:

    Eu sou o rei do mundooooooooo, uhuhuuuuuuuuuu…

  • E.T.

    Quando as criança estão fujindo, com a criaturinha na cestinha da bicicleta, e de reprente a uma barreira policial, e de todos os lados a perseguições. E derepente o que acontece:

    As bicicletas magicamente começam a voar, e a trilha fatástica sobe junto a emoção.

  • Vagno Fernandes

    Põe na conta do Papa!!

  • Karla°19 anos°Vitória ES

    O sexto sentido: “eu vejo gente morta” “todo tempo” .assustado que medoooo

    O exterminador do futuro 2: “hasta la vista baby” 🙂 🙂
    Ainda não ouvi o casttttt aahrrr… .capetamau

  • Karla°19 anos°Vitória ES

    frases célebres…jamais esquecidas .exclamation

  • Falar “eu sei” pe escroto sim, nem vem com esse papinho de ser o Han Solo. hauhauahuahua
    NUNCA DIGAM “EU SEI” OU “OBRIGADO”

  • Juras que diálogo de Rock Balboa, espetacular, nunca tinha reparado, ouvindo agora no podcast, me tocou de verdade, ”QUE PORRADA”!!! Fantástico, obrigado, vamos pro próximo.

  • Gosto muito da que eu acho ser a última frase de Blade Runner, ela resume o filme e os dilemas vividos pelos replicantes. O inspetor para e olha para trás na chuva, e diz:

    “É uma pena que ela não vá viver, mas afinal, quem vive?”

    É incrível como revivemos a experiencia só ouvindo o audio no Cast, as imagens se formam na nossa cabeça, principalmente as de Star Wars, é como se estivessemos vendo a cena novamente.

  • Boring! Boring! Boring! Boring! Boring! Boring! Boring! Boring! Boring! Boring!

    Caras, desculpa a sinceridade mas esses dois ultimos casts estavam muito chatos.

    E eu adoro o Rapaduracast.

    Abraços

    • dino

      DE QUE TIPO VOCÊ GOSTOU? AGORA FIQUEI CURIOSO COM ESTA… ABÇS!

      • Fala Dino, gosto muito das séries de Biografia, Jukebox, Duelo… etc. Agora, não sei bem direito, esses dois ultimos, descambaram pra uma coisa rasa, melosa, desanimada… como nunca foi.

        De qualquer forma essa é minha opinião, e não é por isso que vou deixar de ouvir.

        Grande abraço.

        • Parando pra pensar, realmente, os últimos casts estão mais emotivos. Mas como eu tenho andado numa fase bem emotiva, tou amando!

          Gente, são quase 200 programas. Feitos por pessoas que nem a gente. Nao tem horas que a gente tá mais sentimental, e não tem horas que a gente tá mais doido, e não tem horas que a gente só quer saber de rir e ser feliz? Então, eles também. E isso se reflete no jeito que a pessoa pensa, escreve e cria.

          Óbvio que você tem direito de dar sua opinião (felizmente, né). Mas não dá pra ter 200 programas com o mesmo tom. Ninguém é tão robótico assim.

        • dino hofer

          ah, rapaz…
          de vez em quando aparecem casts deste tipo…
          é até bom, pois a gente não fica na mesmice…
          mas já houveram casts parecidos, como um que se chama chorei pra car*… é só procurar na listagem que tu encontra…

          E assim a gente também pára pra “filosofar” um pouco, refletir sobre o que a gente às vezes não percebe… até o começo da fase adulta se tivessem me falado sobre isso, eu falaria… “que saco!!”
          mas com o tempo a gente vai mudando o modo de pensar…
          abração!!

  • Excelente Cast ;DD
    😀

  • Jackson

    Outra idéia ótima pra tema, um programa mais lento porém ótimo. Podia se chamar “Grandes Momentos Pais e Filhos”, hehehe. Participação do Mestre Barretão (sem desmerecer Juras e Mau) de novo, virou elenco fixo? Tomara! hahaha

    Enquanto ouvia, pensei que seria difícil pra mim comentar nesse. Gosto dos filmes como um todo, por mais que pensasse não conseguia lembrar de algum diálogo foderoso, maior que o filme em si. Então decidi pegar meus filmes favoritos e escolher diálogos de destaque dentro deles. Ah, só pra constar: parabéns por terem citado o do Rocky (muitas pessoas não entendem a humanidade dessa franquia) e o clássico do Han Solo.

    Bem, meu filme preferido é O Senhor dos Anéis, em especial o 3, mas considero a trilogia como a maior realização da História do cinema. No 1o filme, destaco a conversa entre Aragorn e Boromir, enquanto este agonizava. Toda a rivalidade entre eles se apaga, com o herdeiro do Regente reconhecendo a majestade daquele que pertence à verdadeira linhagem real. Boromir chama Aragorn de “meu Rei” e pede a ele que “não deixe a Cidade Branca Cair”.

    No 2o filme, uma cena mais simples, mas que mostra aquela camaradagem emocionante entre companheiros de batalhas, naquele grupo tão eterogêneo que é a Sociedade do Anel. Gimli, o anão, todo orgulhoso, tem uma rivalidade com o elfo Legolas (rivalidade comum entre as raças) No 1o filme, numa cena que em que eles estão fugindo de uma ponte desabando, os pequenos hobitts são arremessados e quando tentam fazer o mesmo com Gimli, ele protesta “Ninguém arremessa um anão!” Pois bem, voltando ao 2o filme, Argorn (de novo!) e Gimli estão na batalha do Abismo de Helm. Saem por uma porta lateral e precisam pular pra chegar na ponte principal e detonar os orcs que estão tentando arrombar o portão. Gimli, impaciente: “Vamos! O que está esperando?” Aragorn, com um sorriso irônico: “É uma longa distãncia, amigo”. O anão dá uma olhada, faz AQUELA cara, dá umas resmungadas caraterísticas e fala, muito a contragosto “Me arremesse”. Aragorn: “Hein?” Gimli: “Não vou conseguir saltar! Vamos, me arremesse!” E com uma cara de sofrimento hilária: “Não conte ao elfo”. Aragorn, com o mesmo sorriso:”Nem uma palavra”. Então ele arremessa o anão, pula atrás, os dois começam a espalhar orcs pela ponte, a música sobe e é soda pra carvalho.

    E no 3o filme, Aragorn (sempre ele), naquele discurso do final, que vcs já reproduziram na cast sobre Personagens. “Chegará o dia… em que a coragem dos homens falhará, e abandonaremos nossos amigos (…) mas esse dia não é hoje! HOJE NÓS LUTAREMOS!” Taí um cara que merece ser chamado de REI.

  • Jackson

    Comentário gigante e só falei de SdA… outro filme que é Top 5 pra mim é V de Vingança. O V faz vários discursos fodas, a transmissão na Tv é um exemplo. Mas o que eu nunca esqueço são duas frases do final, ditas para o Creedy. O vilão afirma “Agora nós o pegamos. Você só tem facas e seus estúpidos golpes de caratê. Nós temos ARMAS”. V retruca “Não, vocês só tem balas, e a esperança de que eu caia antes que elas acabem, senão… vocês morrerão antes que possam recarregar”. Depois, com todos os capangas detonados, Creedy descarrega seu revólver em V, que avança implacável. “Morra, morra, por que você não morre?!”. A resposta sensacional: “Porque debaixo desta roupa há mais do que carne. Há uma idéia. E idéias são à prova de balas.” Arrepiante toda vez que revejo, e já foram muitas.

    Mais uma pra encerrar, e recente. Watchmen, filme que adorei e me senti plenamente satisfeito com a adaptação. No final, Rorschach diz ao Dr Manhattan que se ele se importasse de fato com a humanidade, nada daquilo teria acontecido. O Dr, com uma expressão de profunda melancolia/tristeza (difícil de perceber, afinal o cara é inexpressivo, hehehe), responde “Eu posso fazer qualquer coisa… mas não posso mudar a natureza humana”.

    Acho que chega, né. Abraços e obrigado pelo cast!

  • Eversmann

    Frase e momento clássico de Apocalipse Now, (não sei se está certo):

    “Nada como o cheiro de napalm pela manhã!”

    Toda a sequencia do bombardeio a vila vietnamita é clássica (triste é claro), mas clássica… e tocando a Cavalgada das Valquirias, perfeito! O cara detonou uma vila inteira pra poder surfar.

    Sobre Blade Runner, o amigo me lembrou de outro momento épico do cinema, quando o grande Roy Batty diz:

    “Eu vi coisas que vocês nunca acreditariam. Naves de ataques em chamas perto da borda de Orion. Vi a luz do farol cintilar no escuro, na Comporta Tannhauser. Todos esses momentos se perderão no tempo como lágrimas na chuva.”

  • Comecei a ouvir o Rapadura Cast cerca de 1 mes atras. Esse episodio e o do MJ sao os melhores que ouvi. Parabens.

  • Acabei de sair do chat dos rapaduras, eu estava cheio de lags, por isso peço mil desculpas a todos que estavam presentes e foram prejudicados com isso.

    Forte abraço a todos seres rapadurianos!

    • Ninguém foi prejudicado não. Aliás, só tu. Hehehehe. Pq o que tu falava no chat aparecia quando a gente já havia mudado de assunto, saca? Daí não tinha como a gente te responder…

  • Vinicius

    Deixaram E.T de fora, isso foi uma grande sacanagem. E nem vou dizer sobre “E o Vento Levou” com a mulher dizendo que não iria voltar a ser pobre. Achei o cast feito meio nas cochas, lembraram de uns filmes sem graça e esqueceram vários clássicos e nem citaram Odisséia Espacial e Laranja Mecânica. E nem vem com desculpa de serem antigos, pq até Jurassic Park foi esquecido:

    Também em Jurassic Park, tem um pequeno diálogo entre Hammond e Malcolm, mais ou menos assim:

    – É so um contratempo. Todos os grandes parques temáticos têm contratempos. Quando abriram a Disneylândia em 1955, nada funcionou.

    – É, mas se os Piratas do Caribe quebram, ele não devoram as pessoas!

    • Não queríamos colocar frases que já foram eternizadas e que todo mundo conhece. Selecionamos filmes que gostamos, que tínhamos o áudio dublado e que representasse o objetivo do programa.

      Tanto que já falamos que teremos sequencias para esse programa, afinal, foram 9 filmes apenas.

      • Guija Matías

        Certamente. Dá para fazer um programa só com frases de “O Balconista”, outro só com frases de filmes do Tarantino, outro só com frases de filmes do M. Scorcese, outro só com frases de filmes do A. Kurosawa, outros só com frases… 😀

  • Olá amigos do Rapadura Cast, continuo ouvindo todos os casts sempre. Fiquei um tempo sem ouvir, mas hoje me atualizei ouvindo as últimas três edições. E quero deixar aqui uma frase que me emocionou, talvez pelo momento e a situação em que foi dita… É do filme “August Rush” (O Som do Coração), adorei esse filme e me emocionei de verdade. A frase é dita no final do filme, “A música está ao nosso redor, a gente só precisa… ouvir”. Acho que a frase define o que o filme quer passar, e naquele momento emocionante ela se torna ainda mais própria.
    Abraço a todos !!! Até a próxima…

    • No começo, cada participante do cast escolheu 4 frases, e uma das minhas era d’O Som do Coração. Mas tive que eliminar, quando decidimos por só 3 filmes para cada um.

      Fica para próxima…

  • Adorei o cast!

    E, para contribuir com a paixão do Juras por Peter Pan, vou indicar um livro. O nome do escritor é Rodrigo Fresán. Ele é argentino e autor de um livro chamado Os Jardins de Kensington que você precisa ler. É sobre a história da criação do Peter Pan, sobre a personalidade de JM Barrie. Um dos melhores livros que eu já li na minha vida e eu acho que sou bem nerd.

    Vale a pena, Juras, prometo.

    Beijos para todos!

  • Cicero

    Mais um chat perdido 🙁

    Qualquer dia vou faltar na aula 😀

  • Olha. Impressionante, nunca tinha reparado no diálogo do rock balboa com o filho. Que coisa linda. É uma lição de vida realmente… de mais colocar o foco em diálogos importantes, que as vezes, por darmos mais atenção a ação ou qualquer outra coisa deixamos de lado dizeres que fazer toda a diferença… Valew e parabéns! .style

    • Guija Matías

      Poxa, preferia quando ele batia um lero com alguém realmente legal, como o Paulie, por exemplo.

  • Não sei se entra como um grande momento do cinema, já que é mais um grande diálogo.
    Na verdade, nem diálogo é, já que se trata de apenas uma frase.
    Mas o ambiente em que ela aconteceu, todo o clima do filme, a personalidade dos personagens e a ocasião em que ocorre, me faz arrepiar até hoje:
    Filme O Silêncio dos Inocentes. Hannibal preso numa cela provisória, cercado por policiais.
    Clarice vai se aproximando da cela, fita alguns policiais e continua sua marcha à cela.
    E então, já perto o suficiente, Hannibal, de costas, sem nem ter olhado para ela, dispara, num tom frio e assustadoramente calmo:
    “Good evening, Clarice.”

    É de arrepiar até o último fio de cabelo.

  • luis fernando

    Uau que cast.

    fica dificil falar quais são as melhores cenas prá min.

    uma delas com certeza é o filme que marcou minha infancia.

    De volta para o futuro.Quando o doutor Ermet Bronw testa o delorean pela primeira vez,gritando com tanto entusiasmo “88 Milhas Por Hora”,alias é de De Volta Para Futuro que tou falando,então todas as cenas são marcantes prá min.

    Delorean voando na cena final então….
    “Prá onde vamos,não precisamos de …ruas”

    2.Começa uma música sinistra,passasse cenas de várias cores,e somos apresentados direto á ALEX DELARGE.

    cara que cena fenomênal.

    você conhecer o protagonista do filme logo cara cara.

    e ainda por cima aquela camêra que vai se afastando…afastando.

    puts grila que cena.

    palmas prá kunbrink.

    um dialogo que de começo o deixa bem assustado.
    alias todos os dialogos são muito interessantes.
    en todos ele sempre é direto a você,sempre o tratando como um único amigo.

    3.Um ato de coragem,exelente escolha,quem não se emocionou com os dialogos de Jonh Q com seu filho.
    quen não chorar pode realmente tirar sua carteirinha de ser humano.

    4.gladiador.
    sim senhores,Galdiator me marcou sim.
    “What we do in life, echoes in eternity!

    5.em busca da terra do numca.toda vez que vejo esse filme choro,fica o mesmo recado que dei no um ato de coragem.

    they may take our lives, but they can never take our freedom.FREDOOOOOOOOOOOOONNNNNNN
    marcante.
    ÓTIMA CENA.

    rock balboa.exelente cena.duka ela.com toda certeza.
    direi isso a meu filho quando eu tiver um.
    huhahahahaha….

    FICA AQUI OUTROS DIALOGOS MARCANTES.

    Abençoados os que esquecem, pois aproveitam o melhor dos seus equívocos.”
    (BRILHO ETERNO DE UMA MENTE SEM LEMBRANÇAS)
    “Ria, e o mundo rirá com você. Chore, e chorará sozinho” – Oldboy

    “Luke,eu sou seu pai”- Star Wars v

    -Temos quatro balas.
    -Mas somos cinco.
    -Vou pensar em algo
    (O Nevoeiro)

    Sociedade dos poetas mortos.Oh Captain, My Captain.Oh capitão! Meu capitão! nossa viagem
    [medonha terminou;
    O barco venceu todas as tormentas,
    [o prêmio que perseguimos foi ganho;
    O porto está próximo, ouço
    [os sinos, o povo todo exulta,
    Enquanto seguem com o olhar a quilha firme,
    [o barco raivoso e audaz:

    Mas oh coração! coração! coração!
    Oh gotas sangrentas de vermelho,
    No tombadilho onde jaz meu capitão,
    Caído, frio, morto.

    Oh capitão! Meu capitão! erga-se
    [e ouça os sinos;
    Levante-se – por você a bandeira dança – por
    [você tocam os clarins;
    Por você buquês e fitas em grinaldas –
    [por você a multidão na praia;
    Por você eles clamam, a reverente multidão
    [de faces ansiosas:

    Aqui capitão! pai querido!
    Este braço sob sua cabeça;
    É algum sonho que no tombadilho
    Você esteja caído, frio e morto.

    Meu capitão não responde, seus lábios
    [estão pálidos e silenciosos
    Meu pai não sente meu braço, ele não
    [tem pulsação ou vontade;
    O barco está ancorado com segurança
    [e inteiro, sua viagem finda, acabada;
    De uma horrível travessia o vitorioso barco
    [retorna com o almejado prêmio:

    Exulta, oh praia, e toquem, oh sinos!
    Mas eu com passos desolados,
    Ando pelo tombadilho onde jaz meu capitão,
    caído, frio, morto.

    que cenaaaaaaaa.

    O povo não deve temer o governo,
    o governo é que deve temer o povo.”

    “Mas com gente suficiente, explodir
    um prédio pode mudar o mundo.”

    V de vingança.

    OTIMO CAST,COMO SEMPRE UM MELHOR QUE O OUTRO.

    esse merece e muito uma segunda parte.

    • dino

      APROVEITANDO QUE ESTÁ FALANDO DO FILME DE VOLTA PARA O FUTURO, ESTOU MANDANDO UM FINAL ALTERNATIVO CONSTATANDO O FATO DE QUE NÃO PRECISAM DE RUAS, DE PNEUS, DE VOLANTE, ENFIM:
      ELES NÃO PRECISAM DE MAIS NADA… RSRSR

      http://www.youtube.com/watch?v=IwyrNmrO-NE

    • Gabriel Vargas

      “palmas prá kunbrink.” Kill yourself!

      • Guija Matías

        Realmente, também senti um [MIGUXÊS DETECTED], mas beleza, pelo menos o cara curte “Laranja Mecânica”.

        • Guija Matías

          E Denzel Washington por Denzel Washington eu fico mais com aquele diálogo de abertura de “Dia de Treinamento”. 😀

          “I’m sorry, sir. I’ll get some food.”

          “No, you won’t. You fucked that up. I’m reading. Shut up.”

          E depois disso, quando ele tem que contar uma história a ele, aí fica ainda melhor, oh my. .capetarindo

  • João Antonio

    Sinceramente faltou muitooo vcs comentarem a cena do A menina e o porquinho, onde a mãe conversa com o médico e ele fala do milagre que é a aranha ja saber tercer sem nunca terem ensinado ela.

  • João Antonio

    Juras e ai tu leu o e-mail do evento Wall-e lá ? Já mandei com umas fotos anexadas ^^

    • Opa, vi sim, só não tive como responder ainda. Muito legal o projeto. Muito bom mesmo! Parabéns pra galera lá!

  • Olá,

    Acho que Jurandir quis dizer PAIS morrendo antes de seus filhos mas acabou dizendo ao contrário….

    Quero parabenizar vocês por fazerem um dos melhores podcasts da atualidade, o qual eu sempre comento na minha coluna acima.

    Abração.

  • João Antonio

    ^^ Legal.O projeto é bacana mesmo.

  • Gabriel Valente

    Pra mim Sociedade do Anel é o melhor filme da Trilogia, tanto como cinema quanto adaptação, perfeito do começo ao fim, nem precisava de versão extendida.

    Toda a sequência do “You shall not pass!” é memorável.

    E também gosto muito do Retorno do Rei, durante a batalha na Cidade Branca, com Gandalf explicando a vida após a morte pro Pipin. Muito bonita essa cena.

    • Gabriel Vargas

      O terceiro filme é o mais emotivo, só por ter o titulo “O Retorno do Rei” já da aquele ar de grandioso. Tem razão, o primeiro é o melhor. Deveria ter ganho os oscars do terceiro, que foram muitos O.o

    • Alan David

      CONCORDO PLENAMENTE!!!!
      O Valente trem razão Gandalf vs Balrog é demais…eu adoro essa cena, pra mim é a melhor da “Sociedade”, mas no contexto geral prefiro “As Duas Torres”…Recentemente estou terminando de baixar as versões estendidas, simplesmente demais, recomendo…

      Gandalf: YOU CANNOT PASS!!!!
      Sou um servo do Fogo Secreto, controlador da chama de Anor, o Fogo Negro não é bom para você…CHAMA DE UDUN!!!!
      VOCÊ..NÃO VAI…PASSAR!!!

      ^^

  • Quando comentei não havia ouvido o cast, então agora eu comento decentemente:

    Cast muito bom, muito bom mesmo. É legal ver vocês falarem desses assuntos porque acontece a nossa identificação com vocês, o que torna o ato de ouvir o cast mais agradável ainda… ver que vocês sentem assim como nós também. Não que alguma vez eu os tenha achado insensíveis, haha, enfim, vocês entenderam. Confesso que vi poucos filmes dessa lista, mas é legal que assim agora eu os conheço, todos os que eu não vi já estão na minha lista.
    Assim como quase todas as pessoas torço por uma continuação desse programa.

    Espero um “Grandes Momentos pt. 2” com o Ph e mais tempinho de duração, hehe.

    Abraços rapaduras!

  • Caralho, escutando esse podcast mais uma vez, entendi mais ainda a proposta e emoção que esses caras sentiram. Esse é o principal motivo que escuto programas como esse em especial, essa galera ama, vive, pensa, enlouquece,tem varias emoções verdadeiras pelo cinema. Um amor que posso entender, pois sinto o mesmo ou ate mais, aprendi muitas coisas com a sétima arte, e o que esse programa ensina em termos de emoção, paixão, carinho é uma coisa muito impressionante.
    Ja esta no meu Top 5 dos mais fodas…

    Abs!

  • Obrigado Rapaducast, por nos proporcionar gratuitamente momentos como esses, falando de uma coisa que amamos tanto.
    Como diz um slogan de um site ai…
    Assistir é só o começo!

  • felipe ericles

    😀 muito bom

  • Vagno Fernandes

    Ahahaha, parece que voces tavam adivinhando… o publicitário Renzo Mora está lançando o livro Cinema Falado, justamente sobre o tema do Podcast. Vale a pena conferir algumas no UOL. – http://cinema.uol.com.br/album/ap_frases_marcantes_do_cinema_album.jhtm

  • Danny Maia, São J. Campos/SP

    Um cast para recordar, muito bom, mas me pareceu rápido demais, não sei!
    Que bom ter o Barreto oficialmente como integrante do cast, com direito a perfil e tudo. Agora ele é um rapadura com pedigree.
    Vou citar alguns diálogos/frases marcantes para mim, não são celebres para o cinema, mas são queridos porque pertencem a filmes muito queridos.

    Em “Forrest Gump”, quando ele está correndo, jornalistas começam o questioná-lo: “Porque está correndo?
    – Pela paz mundial, pelos desabrigados, pelos direitos das mulheres, pelo meio ambiente, pelo animais?
    Ele diz: “Só estava com vontade de correr!”

    Em Dan in Real Life”, Steve Carrel dá um lindo conselho sobre fazer planos no fim do filme:
    “As vezes o melhor conselho que se pode dar aos filhos é: Planeje ser pego de surpresa!”

    Em “Pequena Miss Sunshine”, quando Oliver está com medo de fracassar no concurso, porque sabe que seu pai odeia perdedores e conta isso ao seu avô, ele diz:
    – “Você não é uma perdedora. Perdedores são aqueles que tem tanto medo de perder, que nem chegam a tentar. E você está aqui tentanto, não está?!”

    E em “PS. I Love You”, o lindo Gerard Butler deixa em sua última carta para sua esposa vivida por Hilary Swank, uma declaração de amor e de libertação:
    “Você foi a minha vida, Holly, mas eu sou apenas um capítulo da sua. Haverá mais. Eu prometo. E agora segue o meu maior conselho para você: não tenha medo de se apaixonar novamente!”

    Bem, foram o que eu me lembrei de imediato, mas existem tantos outros. Enfim, um belo cast senhores, grandes momentos, grandes emoções, grandes diálogos que pulam da tela para dentro de nós e nos acompanham para sempre.

    PS: A minissérie com a Malu Mader que o Mau comentou nos e-mails era “A Justiceira”, ela fazia uma policial linha dura, em “Labirinto”, ela era uma prostituta.

    • Guija Matías

      Qué isso, Danny… aquela cena na van em que o avô filosofa sobre a vida sexualmente ativa que já teve é a cena realmente memorável desse filme, talvez por eu chorar de tanto ri toda vez que a vejo, sem exceção.

      “Escute o que estou te falando, filho. Coma muitas mulheres, filho. Não algumas. Muitas mulheres, filho, muitas. Coma todas as mulheres que puder, filho.”

      Algo assim. 😀

      • Danny Maia – S. J. Campos – SP

        Guija, esta cena é realmente muito boa. Eu também dou boas gargalhadas com ela, principalmente pela ótima interpretação de Alan Arkin.
        Mas escolhi aquele diálogo porque foi ali, que para mim, Abigail Breslin mostrou o grande potencial que tem como atriz.
        Agora, se for falar das cenas memoráveis deste filme, não podemos deixar de fora a cena da apresentação final da Olive, quando todos acabam subiando no palco. É deliciosa!

  • João Antonio

    Ta no hora de fazer um cast sobre a pixar parte 2 ^^

  • O podcast do site Monalisa de pijamas, ACABOU!
    Isso mesmo galera, pra quem acompanhava a Mafalda com sua trupe, vai ficar muito triste, ela não disso o motivo espesificamente, é realmente uma pena.
    Tomara que seja como foi no cabine celular, só um momento de tristesa…
    Abs!

    • Parece que é verdade mesmo. Uma pena mesmo… Menos vida inteligente entre nós… 🙁

  • Não parece que é verdade… É VERDADE!
    Eu não brincaria com esse tipo de coisa, realmente a Mafalda no fim do programa, dá uma nota, dizendo que aquele seria o ultimo monacast. Tantaram ver se conseguiam prolongar mas não deu mesmo, segundo ela.

  • Olá pessoal… quase que não consogo comentar antes do lançamento…

    Embora o de sabadão ja deve estar gravado…

    Seguinte uma cena marcante pra mim é no filme Gladiador… Quando o Imperador Joaquim J. Cash Phoenix, quer saber quem é aquele gladiador, e invade a arena…

    Nesse momento Russel Crowe que estava de costas vira-se e após a apresentação:
    Eu Sou (maximus décimus quintus oitavus… e uns tres minutos depois, passa a jogar na cara do imperador as injustiças que este fizera para ele. E nesse momento o Imperador saca que vai morrer no fim do filme! Sempre que posso vejo o filme pra ver essa cena!

    Abraços!

  • GBessa

    Porra puta cast, fazia tempo q eu não me emocionava como me emocionei hoje, em especial no fim do cast, ow, onde eu posso encontrar akela música? vcs podia disponibilizar a trilha sonora do cast naum?

    bom, dos filmes comentados eu vi todos, entendo a escolha de vcs (uma crítica, ultimamente tenho axado vcs muido saudozistas em relação à decada de 80 início de 90, dêem uma olhada nos ultimos cast, vc invariavelmente fazem alusão a essa época, axo isso não tão legal pois exclui possibilidades de outros períodos) mas não manteria todos.

    escolho tres momentos: dois deles são no filme Closer, o primeiro é quando a Julia Roberts está se separando do marido Clive Owen. do início ao fim essa cena é maravilhosa, desde ele dizendo “estou de vestido pq axo q vc vai me deixar e não quero estar de roupão quando vc fizer isso” até a descrição minunciosa de como ela o traína na propria casa. A outra cena é quando o Clive Owen está com a Natalie Portmen na boate de stripper onde ela trabalha e lá eles tem um diálogo genial com o direito à seguinte parte: ele dá um dinheiro para ela e diz “vc vira de costas para mim tira a calcinha e toca a ponta dos pes com os dedos indicadores” ela faz isso e ele faz uma cara q eu não consigo descrever. È lógico q no filme tem MUITO mais diálogos e cenas marcantes, mas eu vi esse filme a muito tempo e essas duas cenas ficaram marcadas para mim (em especial a do roupão).

    a terceira (três pq vcs escolheram tres) é do filme Em busca da terra do nunca, a cena é: o teatro está sendo representado para na sala da casa e bem na parte que a Sininho está morrendo, o peter fala para quem acreditar em fadas bater palmas, nessa hora, a velha carrancuda, chata e mal comida aplaude com fé, com beleza, com força, com doçura! Todas as vezes q eu vejo essa cena eu choro pra caralho!

    tem ainda milhares de filmes, mas haverão muitos cast “grandes momentos” para eu comentar.

    parabens pela idéia e bom trabalho

  • A frase mais antológica do cinema é:
    “Fique com o troco, seu animal!”

  • Escritores da liberdade
    Final do primeiro 1/3 do filme

    A professora encontra um desenho preconceituso que muitos alunos estavam rindo. A seguir um debate MEMORAVEL! que termina com exibição do desenho novamente.
    E em seguida algumas perguntas para a classe que nos da uma boa ideia do que esta se passando ali…

    D+!!!!!!!

  • Rudian Arkyram

    Eu gosto muito da monólogo final de Rutger Hauer em Blade Runner:

    “Eu vi coisas que vocês nunca acreditariam.
    Naves de ataques em chamas perto da borda de Orion.
    Vi a luz do farol cintilar no escuro, na Comporta Tannhauser.
    Todos esses momentos se perderão no tempo como lágrimas na chuva…
    Hora… de morrer”

    Inesquecível !!!

  • dino hofer

    Mel Gibson gritando “LIBERDADEEEE!”,
    seguido de uma lâmina afiada quase que não deixando-o terminar seus dizeres…

    Pessoas olhando aquilo, imóveis…

    Foi o momento que me veio à tona assim que eu li o título deste cast… .eokiko

  • Edson Tindou

    MAD MAX

    ..” ele não era um pobre coitado, ele era knight rider!!! knight rider!!”…

  • Gabriel Poltronieri

    “A morte é apenas um caminho, no qual todos temos de escolher.” Gandalf dizendo ao Pipin sobre a morte no Retorno do Rei.

    • Guija Matías

      Não se você a convidar para jogar xadrez contigo.

      • Gabriel Vargas

        Bergman fan 😉

  • Edson Tindou

    O Fabuloso Destino de Amelie

    ..uma cena…qdo ela coloca a mão dentro dentro arroz…muito bom….

    Poltergeist

    …o palhaço aparece em cima da cama da Caroline…me borrei…

  • Edson Tindou

    STAR WARS

    “O Imperador não é tão complacente quanto eu sou.” — Darth Vader

  • Rudian Arkyram

    Esse monologo final em Blade Runner
    realmente é FODA!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Éeee pessoal, ate Juras mesmo, queria saber a musica que vocês tocam no começo do cast, logo após os email, qual seria?
    Eu sei que ela já foi trilha de Peixe Grande, mas tenho certeza que já vi a mesma em outro filme também.
    Se der coloca ai o nome da musica e o cantor…

  • A frase foda do começo de um filme…

    “Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você.”
    Friedrich Nietzsche
    Do filme O SEGREDO DO ABISMo(J. Cameron)!

  • Mairton

    Juras, Mau e Barreto, e também o PH eu amo vcs.
    Não que eu seja gay nem nada, mas quem mais usa seu tempo e seu conhecimento, para fazer podcasts tão esclarecedores e que nos eleva a um nível de conhecimno da setima arte tão alto como vcs?
    Por essas e por outras que eu amo o rapaduracast e amo o que vcs fazem. força.

  • (Primeira vez comentando aqui no rapaduracast *-*)

    Nossa, cheguei a chorar relembrando algumas cenas… *frouxa!*
    Ficou lindo esse rapaduracast 😀

    valeu!
    bgs

  • fabio miklos

    excelente cast…
    é estes momentos marcantes que nos fazem viver a experiencia do cinema.

  • Essse foi meu primeiro rapadura cast, e gostei bastante.Sempre ouvia fala e ficava com preguiça d ebaixar.Baxei e valeu a pena, abraços.

  • Buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…
    Eu vou viajar e podcast não sai!
    Vamo Jurandir, posta isso aew.
    kekekekekekekekekeke…

  • Vinicius

    Com a chegada de District 9, bem que poderia ter um cast sobre ficção científica, como começou e onde vai parar.

    • Ótima idéia, eu apóio.
      Tô louca pra ver esse filme, falo dele quase todo dia no twitter.

      Barretão já deve ter visto, não?
      Se viu, o que achou? Não li muitas críticas por falta de paciência pra traduzir, haha

      • Já vi e gostei. E digo: maioria das críticas está exagerada. D9 virou o filme “que deve ser idolatrado, mesmo sem total compreensão ou razão”. Fica até feio não ficar maralhidado pelo filme. É bom, mas a imprensa exagerou. Acho.

        Gostei muuuuuuito, mesmo. Soa estranho quando um filme de gênero consegue tanto “renome” entre os críticos chatos.

        Abs,
        Fabio
        http://www.soshollywood.com.br

        • Obrigada por responder Barreto. 😉
          Espero muito por esse filme!

        • “mesmo sem total compreensão ou razão”

          O que tem ali que não dá para entender de primeira, Barreto? Achei a proposta inicial interessantíssima, bem trabalhada como falso documentário e tudo mais, mas depois vira um teen movie (tem até o transformer!). Também achei bom —não tem nem o que falar quanto à realização em si, muitíssimo bem feita—, mas também achei que foi uma idéia excelente jogada fora. Não sei, acho que essa coisa de CG excessivo também me atrapalha um pouco, apesar de reconhecer o quanto deve ser difícil alcançar um resultado desses com a tanta coisa gerada em computador. No mais, a minha impressão é de que o conceito, i.e., o racismo/gueto/levante é muito interessante mesmo, mas, sei lá, acho que preferiria que dessem os mesmos milhões para os Dardenne para ver no que dava (algo mais profundo, com toda certeza, portanto, menos passageiro).

          Também acho que a imprensa exagerou, Barreto. Não acho que seja o caso de considerar “Distrito 9” ‘um novo ícone a ser seguido na ficção científica’, pois creio que essa fusão de ficção e abordagem de aspectos de crítica social moderna tenha sido muito mais bem explorada em “Filhos da Esperança” do Cuarón, por exemplo.

          Grande abraço.

        • Guija,

          O “sem compreensão” tem a ver com o que vc falou. Enxergar coisas demais num filme provoca “não compreensão”, já está se atribuindo fatores e méricos não presentes na obra. Discordo do aspecto ‘boa idéia jogada fora’, pois gostei do jeito como foi realizado e do roteiro [explico melhor no meu artigo sobre na SFN outubro].
          Não é um filme cabeça e cheio de significado, tem sim muita força social, mas já ouvi jornalista internacional de renome dizendo que nunca viu algo tão impactante e inesquecível quanto ele. Humm, será? Acho que não.

          Abs,
          Fábio

  • As frases que eu me lembro…

    SENHOR DOS ANÉIS – GANDALF

    Gandalf motivando o frodo, a terceira fala desse video
    http://www.youtube.com/watch?v=30XKXzOt1Y8
    Gandalf dá um lição de moral, Gandalf é mto maneiro =)

    CORAÇÃO VALENTE – FREEDOM!

    http://www.youtube.com/watch?v=-HmHvZkoJgI
    É só³ uma unica palavra, mas é mto foda! É emocionante.
    E tem tambem a dele motivando o exercito, cara muito maneiro, melhor inicio de batalha ever de filme.
    http://www.youtube.com/watch?v=8XiLiycgrzY

    UM HOMEM DE FAMI­LIA

    http://www.youtube.com/watch?v=FRhABU0BiOU&feature=related

    Outra cena mto emocionante.. Mto maneiro ele convencendo ela. Uma outra cena mto bonita desse filme, que nao exatamente um dialogo, mas como o barretao falou ele dialoga com si mesmo é essa
    http://www.youtube.com/watch?v=Ry03vdJCe60&feature=related Onde ele ve ele cantando. Muito maneiro. Emocionante Eu choro nessa cena.

    SHOW DE TRUMAN – FINAL
    http://www.youtube.com/watch?v=3o5APFI6kH0
    Muuuito irado. AVISO: Contem Spoilers furiosos XD e a ultima frase do Truman é mto foda!

    Ah deve ter mais é q agora nao me lembro. XDD

  • Eu adoro grandes momentos de filmes. Cenas antológicas e inesquecíveis. Achei um grande tema e que pode ser muito bem explorado. Pessoas com personalidades tão diferentes sai assim uma mistura que é grata de ser ver (ouvir, no caso).

    Olha, sempre acreditei que cada filme nos traz uma emoção que é só nossa. Estou dizendo isso porque eu não colocaria a maioria dos filmes que vcs listaram aqui. Por isso, acredito que “Grandes Momentos” pode ter várias sequências.

    – esqueceram de mim – fiquei pensando no que vcs falaram sobre uma década em que os filmes tentavam mostra a questão da liberdade das crianças. Da independências das crianças sobre a falta de atenção da família. Eu, particularmente, acredito perfeitamente q a independência das crianças chega mais cedo quando os pais não ficam ali superprotegendo. Acredito que crianças superprotegidas se tornarão adultos dependentes de opiniões dos outros. Que a tomada de suas decisões serão amplamente influenciada pela dos outros, pois elas não serão corajosas o bastante para seguir sozinha. Enfim!!!

    – rock IV – coragem de peitar a vida e tomar as decisões. putz!!! esse diálogo do rock foi muito bem escolhido. Acredito nisso também. Acho que as pessoas se preocupam demais com o que os outros vão pensar.

    – cruzadas – não assisti

    – jerry – carreira e vida de jerry….Quando temos o coração livre, sem pensar em ninguém, é incrível como as coisas fluem. Quando temos alguém e vc é correspondido, tudo fica mais perfeito. Mas, vai ter uma crise na vida amorosa!!!! O fato de não gostar de ninguém é sim o caminho mais seguro, principalmente para aqueles detestam que sua felicidade seja condicionada a relação com outra pessoa (me encaixo aqui). Aí faço uma pergunta que barbra streisand faz em “As duas faces do espelho”, é mais ou menos assim: “por que mesmo sabendo que amar poderemos sofrer demais no final? porque, caralho, é muito bom amar”. Quando se ama, vc quer compartilhar os altos e baixos de nossa vida. Deixamos de ser dois e passamos a ser uma pessoa só (vi isso em algum lugar esse fim de semana mas esqueci).

    – ato de coragem – vcs não comentaram sobre o momento. pularam essa parte. Ah!!! se todos os filhos escutassem os pais e ao que eles nos ensinam. Se todos os filhos percebessem o que os pais deixaram pra trás para os receber e cuidar deles com todo amor e proteção.

    – planeta dos macacos – não assisti

    – busca da terra do nunca – não assisti – tenho q assistir. ADoro Hook – A volta do capitão gancho.

    – star wars iv – eu diminui muito o meu medo de espíritos quando eu acreditei que eu não posso vê-los. MEsmo sendo espírita e acreditar em espíritos ehehhehe. Mas, canalizei o medo sabendo que não posso vê-los. O fato de acreditar que poderá dar certo, diminui o nosso medo de fracassar. E o tentar, buscar e explorar as coisas nos leva a situações muitas vezes inimagináveis e com sensações nunca sentidas. Por que a maioria chora quando chega a vitória? O caminho árduo, de dedicação e abdicação são as fundações sólidas da vitória.

    – star wars v – concordo com o juras de como responder a um “eu te amo” – eu já tive vontade de dizer “eu sei”, mas se alguém dissesse isso pra mim, eu ia ficar muito puta.

    – brilho eterno de uma mente sem lembranças – eu não assisti também

    Excelente cat. Depois de muito tempo, eu volto a comentar aqui. Não porque não quis. Mas, por falta de tempo mesmo para pdoer comentar com um pouquinho de propriedade.

    Parabéns, galera.

  • Frase marcante também em Rambo, programado para matar.

    Coronel Trautman em um diálogo com o Sheriff Will Teasle.

    “…Não vim aqui pra salvar o Rambo de vocês. Vim aqui salvar vocês do Rambo… Um homem que foi treinado para ignorar a dor. Ignorar o tempo, viver da terra, comer coisas que fariam uma cabra vomitar… Rambo era o melhor!”

  • mateus

    Uma frase que me marcou foi a do filme Matrix, quando Neo vai visitar a Oráculo e numa ante sala encontra um menininho entortando uma colher na mão.
    Neo fica impressionado com o dom do garoto que lhe explica como consegue fazer isso:
    ” Não há colher, o que você deve entortar é a si mesmo…”
    É incrível como um simples e novo ponto de vista pode mudar toda nossa visão de mundo. É necessário cada um de nós nos “entortamos” para que o mundo a nossa volta se endireite. Como diria Gandhi:
    “Seja a mudança que você que ver no mundo”

    Obrigado, Juras, Mau e Barretão

    • Guija Matías

      menininho entortando uma colher na mão = “Stalker”, de Andrei Tarkovsky (1979).

  • E ai seres rapadurianos, esse foi um ótimo tema. Pra mim o dialogo mostrado com o rocky é realmente inesquecivel, mas outro que também tem seu valor é aquela cena no posto de gasolina com o Buzz e o Wood.

    Vale a pena relembrar.

    Abraços.

  • Vi Procurando Nemo quando minha primeira filha nasceu..e nunca vou me esquecer como esse filme mudou minha noção de paternidade, a partir do diálogo entre Dory e Marlin na boca da Baleia, quando AMrlin acha que tudo está perdido e que ele falhou, porque ele prometeu ao filho que não deixaria nunca, nada acontecer a ele. A Dory(uma das minhas personagens preferidas da Pixar) rebate na maior profundidade e na maior inocência, batendo na nossa cara com a mais obvia verdade. ela diz: ” ué! que coisa estranha de se prometer..se você não deixar nada acontecer a ele…então NADA vai acontecer a ele.” simples e direto!

  • Bruno Mendes

    chorei

  • Edson Tindou

    “drdrdrdrdrdrdrduuuuurrrrrdddddddd… Raaaa or Raaawww or Roooar.” – Chewbacca

  • Mirella Nunes

    Haa são tantas cenas e diálogos marcantes que fica muito dificil escolher um ou outro…
    Mas sempre lembro de Os suspeitos no final do filme quando Kevin Space diz ” O maior truque do diabo é fazer vc acreditar que ele não existe…. Nossa o final desse filme é muito foda.. Tb vem em mente Advogado do Diabo com Al Pacino ” Vaidade com certeza meu pecado predileto…

    Vxiii poss fazer uma lista aqui..Otimo tema!!

  • Leu

    Jurandir, quem ama não quer nada em troca, ama incondicionalmente. Se você fala “eu te amo” só pra ouvir “eu te amo” de volta, isso não é amor, é carência.

    A resposta do Han Solo é tudo que a Léia espera naquele momento. Ela diz que ama pra que ele SAIBA DISSO. Podem estar se vendo pela última vez, então ela quer que ele SAIBA. Só isso. DANE-SE se ele amava ela ou não, ela amou DE VERDADE e caso ele morra, quer que ele leve essa certeza.
    A resposta do Han Solo a princípio pode soar cafajeste, mas é a resposta perfeita pro momento deles. EU SEI. SEMPRE SOUBE. E VOU LEVAR ISSO COMIGO.

    Perfeito. Amor de verdade é isso aí senhores.
    Jurandir, vai assistir novela das 8.

    • Essa é uma lenda urbana. Quem ama, quer SIM algo em troca. Ninguém ama por amar. Ninguém ama para não ser amado. Estou falando no quesito RELACIONAMENTO. Ele se só funciona se o sentimento for mútuo.

      Mas eu tenho uma teoria para a resposta dele e falarei num possível podcast do Star Wars.

      • Leu

        Querer algo em troca não quer dizer necessariamente que seja ouvir “eu te amo” de volta. E não vamos esquecer, obviamente, que estamos falando de uma obra de ficção né, um amor IDEALIZADO.

        Se eu responder EU SEI pra minha namorada ela me dá um soco na cara, mas eu não sou o Han Solo e isso aqui não é Star Wars. Dentro da fábula, do conto de fadas, a gente pode sonhar com o amor incondicional. Vamos exigir realidade de Star Wars agora?

  • Leu

    Ah, e ótimo o podcast viu. Parabéns.

  • Parabéns pelo ótimo cast!
    Foi muito emocionante!

    Mas quando vcs falaram sobre Esqueceram de mim, eu lembrei de uma frase que eu e meus amigos usamos até hoje, que é uma frase de um filme de gangster que o Culkin ve, e usa depois de espantar o entregador de pizza. A frase é “Fique com o troco, seu animal!”

  • Inspirador.

  • Allan Dirac

    “Together we will live forever” – Fonte da Vida

    Valeu!

  • Maestroets

    Relmente nunca vi tanta coisa no Esqueceram de mim para ter uma cena marcante,deve ser questão de estado de espirito quando se assiste um filme.
    Porem a cena final de Vanilla sky continua tatuada na minha mente.
    (O DOCE NUNCA VAI SER TÃO DOCE SEM O AMARGO)

  • Ursula Passos

    DO CARALHO! O melhor cast de todos os tempos. Mto fofo vcs falando que choram!
    Um super beijo para vocês

  • Fabiano

    realmente a fala de jerry maguire é sensacional.

    mas a dublagem destrói o texto … deus do céu …

  • rodrigot

    Foda demais esse episódio. Obrigado!

  • Victor F.K.S.

    A escolha dos filmes dos quais os trechos vocês comentaram foi bem variada,parabéns.O programa me deu certo estímulo de ver rever alguns filmes,e assistir outros.E o final citando Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças foi demais.

  • “Em breve, nos cinemas”

    do narrador de Trailers!!!

    kkkk

    p.s. : Não é de um filme, mas tem a ver com filme.

  • WOW! SENSACIONAL! PERFEITO!
    Caraca, o cast foi muito, mas muito bom mesmo! Mas o dialogo que o Juras escolheu, do Rocky, me emocionou muito mesmo! Eu estava precisando ouvir aquilo. Eu não tenho uma relação boa, pra falar a verdade nem tenho relação, com meu pai. E como eu sinto falta disso. Como eu queria que ele, um dia, me desse um conselho, alguma coisa desse tipo. Meu Deus, eu iria ficar muito emocionado, como eu fiquei ouvindo esse cast! PARABÉNS! Muito obrigado pela oportunidade de ouvir isso! Valeu Rapaduras! =P

    P.S. Esse é meu primeiro comentário! Eu ouço há pouco tempo! Sou fã de vocês agora!

  • Sami

    Parabéns, fantástico o cast !

    Ótimos momentos, deu pra relembrar uns filmes que não via há tempos. O Han Solo dizendo “eu sei” é demais !

    Uma dúvida, a penúltima música do Cast, uma que parece ser tocada no piano, enquanto estavam falando do Brilho Eterno de Mente Sem Lembranças (não é a última, em que tem gente cantando, é a anterior), gostei muito da música e queria saber qual é.

    Para ser mais exato ela começa com 1:06:00 do Cast, logo após as “palmas”.

    Obrigado.

  • Juliano Pereira Severino

    Eu estou ouvindo aos poucos os rapaduracast antigos, e acabei de ouvir esse, nem sei se alguém vai ver isso porque já em um cast antigo, mas pela primeira vez eu sinto que tenho que dar a minha contribuição em algo. Pra mim uma cena inesquecível é a de um filme praticamente desconhecido de artes marciais, best of the best. E o que me marcou foi o que Dea Han (até então o vilão do filme) diz para seu adversario depois da conclusão da luta final. Deixo aqui o link http://www.youtube.com/watch?v=kdgK5d7Y5LQ&feature=related a imagem é de um filme antigo mesmo, mas quem clicar e ver, tem grandes chances de gostar.

  • Ouvindo um pouco atrasado, mas passando aqui pra dizer que este programa foi muito interessante.

  • Rafael oliveira

    muito bom esse cast……cenas classicas….pena q na parte 2 não revelaram os filmes citados!!!

  • Nossa que Cast legal, realmente existem momentos marcantes demais… Dos selecionados por vocês tenho que dizer que o do Rocky Balboa é um dos meus preferidos… O legal desses momentos é que eles ficam na nossa memória pra sempre e nos deixa um aprendizado que talvez nunca teriamos chance de ter!!! Os momentos marcantes são uma dadiva que o cinema nos proporciona… Vou citar um dos meus momentos marcantes é o dialogo entre Brad Pitt e Peter O´toole no filme Tróia, acho fantásticos as falas e a expressão de Peter O´toole nessa cena, acho demais!!! Abração

  • Galera parabéns pelo ótimo trabalho!!!

  • acabei de ouvir esse episódio.

    tive que mandar um email

    só isso.

    peace!