Rapadura

Rapaduracast

Clock sexta-feira, 22 de julho, 2016 - às 03h00

RapaduraCast 475 – Caça-Fantasmas 1, 2 e o Reboot

Fique a vontade para participar do nosso debate, porque aqui você sabe: "Assistir é apenas o começo"!

por RapaduraCast Team
22/07/2016 - 03:00

ESSE PROGRAMA NÃO TEM SPOILERS

A franquia Os Caça-Fantasmas faz parte do imaginário da cultura pop e possui uma série de ícones que estão eternizados mundialmente. Assistindo hoje em dia, os filmes ainda funcionam? Ou é tudo nostalgia mesmo? Por que um terceiro filme com o time original não aconteceu? Quais as maiores barreiras que o reboot teve que superar? Quais as polêmicas?

Jurandir Filho, Raphael SantosThiago Siqueira e Bruno Costa comentaram os 3 filmes da franquia, além dos desenhos animados e os jogos de videogame. O novo longa “destruiu a infância dos fãs“, como alguns previam? As quatro protagonistas são melhores que os quatro originais? É possível gostar do clássico e do novo? A pergunta que não quer calar é: a música é mais famosa que os filmes?


|| LINKS RELACIONADOS AO PROGRAMA
[VÍDEO] Nus e pelados, Leslie Jones e Peter Dinklage
[VÍDEO] Chris Hemsworth no Jimmy Fallon
[VÍDEO] Leslie Jones falando sobre representatividade
[IMAGEM] Kate McKinnon fazendo cosplay de Dana Scully
[IMAGEM] Kristen Wiig e uma jovem Caça-Fantasma


|| CRÉDITOS
Gravação e Edição: Jurandir Filho
Artes: Ricardo Rente


|| RAPADURA NO TELEGRAM
[LINK] Acesse agora! Telegram.me/cinemacomrapadura


|| ASSINE O RAPADURACAST
iTunes: Tem iPhone/iPad/Mac? Adiciona aí!
Android/WindowsPhone: Esse link é o do feed/rss do sucesso!


|| NOSSOS CONTATOS
Youtube: RapaduraTV
Instagram
@cinemacomrapadura
Twitter: @rapadura
Facebook/cinemacomrapadura
E-mailrapaduracast@cinemacomrapadura.com.br

Saiba mais sobre: , , , ,

  • Hatred

    Bora escutar!!!

    Buuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

  • Dion Cassio

    vcs tao de parabéns sempre fazendo um ótimo podcast

  • San Ramon

    O novo filme é bom, do seu próprio modo, mas são humores diferentes. O SNL da época vivia a sua era de ouro num humor agressivo e debochado que hoje não se aceita muito bem, sejam por motivos daqui ou dali. Como filme o novo é com certeza melhor, mas não me parece tão transgressor quanto o primeiro – apesar de algum frescor com a ideia do “assistente homem” e tal. É um filme asséptico e tímido no seu geral, muito parecido com todos os outros filmes de humor hollywoodiano atuais.

  • Jusier de Melo

    O roteiro original dos caça fantasmas seria um plágio desse desenho, onde eles viajariam no tempo para caçar os fantasmas. https://www.youtube.com/watch?v=5DuseyorgTY

    • Thiago Barros

      Não, esse desenho é de 1986, chamado Filmation’s Ghostbusters.
      E o primeiro filme dos Caça Fantasmas é de 1984.
      Pode se dizer que esse desenho que você menciona é que imitou os Caça Fantasmas.

  • Findman

    As Caça Fantasmas fez marketing em cima de justiçaria social e está tomando no cu,Deadpool fez o caminho contrário e é um sucesso absoluto.

    Ou seja.

    O povo encheu o saco disso.

    Danilo Gentili que falou isso e eu achei o comentário interessante.

    • Gean

      Você podia ter colocado o nome do Danilo Gentili no começo da frase, ai a eu não teria perdido tempo.

    • Catena Hernandez. Nada demodê.

      Sim, verdade. Danilo Gentili é sempre inteligente em seus comentários. Cara foda. #SQN

      • Findman

        Pode ser,mas esse comentário em especifico,eu achei interessante.

        • Catena Hernandez. Nada demodê.

          Ele sempre usa o senso comun qdo tenta cagar regra. Esse é o problema

  • Lumpemproletariado Latino

    E aí, eles analisaram o filme como filme mesmo, ou analisaram com a justiça social em baixo do braço? Se for a segunda opção…skip..skip..skip…

  • Fernando Santos

    Ninguém, NINGUÉM de qualquer blog ou portal tem coragem de fazer uma
    crítica séria sobre o filme. Mano, parecia um comédia do Adam Sandler
    que tentaram levar a sério. É muito ruim., não tenho
    memória afetiva de porra nenhuma, não me considero machista ou qualquer
    coisa do tipo. Eu fui ver em sala lotada, cheia de adolescente, adultos,
    idosos, na estreia, ninguém ria das piadinhas forçadas. É vergonhoso.
    Roteiro sem pé nem cabeça, não funciona como comédia. Quer fazer algo
    para empoderar as mulheres? Não força, faz bem feito. Mad Max, Alien,
    Terminator, todos com personagens femininas fortes e protagonistas que
    não precisaram fazer um roteiro em cima de premissas fracas e emburrecer
    os homens para fazer um crítica que, como foi feita, foi vazia. Não
    serve nem pra gerar discussão sobre o assunto. É só ruim mesmo, admitam
    que dói menos.

    Tem uma coisa sobre críticas. Existe um lado subjetivo e um lado
    objetivo. Você pode odiar Shakespeare, mas jamais vai falar que é ruim.
    Dar notas por premissas não concretizadas e usar apenas quesitos
    subjetivos para julgar qualquer coisa é uma grande idiotice.

    • Catena Hernandez. Nada demodê.

      Critica séria é falar aquilo que você quer ouvir? Vc sabe q falar sobre arte é algo subjetivo, certo?

      • Fábio Castro

        Pois é, já que ele ensinou como fazer críticas em apenas 1 parágrafo, queria saber se também em 1 parágrafo ele consegue definir como avaliar críticas de blogs ou portais e saber se seus autores foram corajosos e sérios. É cada uma…

        Fernando, sobre emburrecer homens de forma crítica e irônica: relaxa cara, é um filme de comédia, não espere profundidade, assim como no ghostbusters original. São apenas mulheres tirando sarro de nós!

        • Fernando Santos

          Fico feliz quando leio uma crítica construída de forma tão ímpar; se
          alguém não gosta de algo pode ser taxado – de machista, miógeno,
          intolerante – mas parte do mesmo princípio da intolerância; na grande
          maioria das críticas ao filme que li dificilmente alguém definiu que o
          filme foi rumi por as personagens serem mulheres, mas sim devido a
          vários problemas de construção do roteiro.

          Por favor, mostre uma
          crítica conceituada com se essa essa crítica não espelha meu ódio cego e
          machista vou falar que é coisa de “esquerdopata””.

          Além disso o
          termômetro da sua sala de cinema consegue ser o mais contestável de
          todos – assisti o Regresso em um sala que pessoas riam, assim como Pi; e
          em muito o público geral queria gostar do filme, o que facilita essa
          piada fácil. E isso foi um caso particular na minha sala, na minha o
          público teve receptividade morna.

          E volto a mencionar – antes que
          seja taxado de hater – que basta o filme ser construído de forma coesa
          que o público sera praticamente unânime (VIDE MAD MAX).

      • Albert Camus de Aquário

        Volta a comentar lá no canal do Nando Moura ô Catena. Cara chato.

    • Veja o vídeo da Carol Moreira, pra mim foi uma excelente crítica.

  • bfurtads

    Eu chego até a me sentir um pouco mal pelo fato de eu ser mulher e ter achado esse filme bem, bem medíocre 😛

    Acho que essa versão tentou fazer a mesma coisa que o Caça-Fantasmas 2: refazer a história do primeiro filme com alguns elementos novos pra não ser uma completa refilmagem. Ambos tem seus elementos divertidos e que se destacam, mas, para mim, não se sustentam depois de serem assistidos mais de uma vez.

  • Iago Luiz de Morais

    Estou no time das pessoas que achou o filme sofrível.

    Não se levar a sério foi um acerto, assim como o 3D, mas de resto nada me envolveu. Ri somente com as duas piadas de metalinguagem sobre a reação tosca do público com o trailer.

    Na minha opinião foi um filme fraco, sem alma e que ganha só pelo óculos da nostalgia. Não verei novamente!

    PS: Vi dublado, pode ter sido isso que acabou com minha experiência.

  • karloskarlinhosable .

    Fui ver o filme animadão depois dos reviews positivos no Rotten Tomatoes e nos sites brasileiros… Que decepção!
    Por que é tão difícil admitir que é um filme medíocre que não vale o ingresso? Eu realmente não consigo acreditar que vocês acharam o filme bom.
    Não senhores, a indústria não vai parar de colocar mulheres nos filmes se vocês derem um review honesto.

  • laysguerrero

    Muito bom podcast. Realmente, o filme antigo é uma galhofa completa cheio de piadas tensas pros dias de hoje. Eu gosto de Ghostbusters, mas não tem como levar a sério dessa maneira que muita gente está levando!
    Sobre o novo, está difícil fazer comentários sem virar um tremendo stress. Como disse acima, um filme blockbuster de comédia falando de fantasmas, não dá pra chegar a esse nível de discussão. Eu fui ao cinema e me diverti muito, saí do cinema satisfeita.
    E representatividade é importante sim. Tem aí o novo Star Wars, com Rey e Finn, e essas Caças-Fantasmas, dando a chance de meninas e meninos se espelharem em personagens que não são adaptados do masculino e de outras etnias.

  • Catena Hernandez. Nada demodê.

    Ahhhhh… Acabei de ouvir o cast sobre As Caça-fantasmas.

    PH, me beija. Como amo esse homem.

    Todos vcs deram uma puta lição em pessoas que estavam criticando o filme pelo prima errado, atacando a qualidade do filme justamente por ter sido feito por mulheres em seus principais papeis.

    Parabéns e um abraço e beijo no coração de todos vcs.

    • phsantos

      ;*

  • Katia

    Uauuu o melhor de muito longe de todos que ouvi sobre os filmes. Rapazes, lacraram.
    Ph falando sobre o cinema provocar ruptura foi incrível.
    Vocês são mesmo the best.
    Obrigada.
    Além de ser mais que delicioso ouvir o sotaque de vocês já que sou de SP. Muito alto astral, divertido sem deixar de ser inteligente. <3

    • Albert Camus de Aquário

      Rapazes, lacraram? Ixi, feminista detected.

      • Katia

        Ixiiii machista detected

        • Bunitinho mas Ordinário

          Detesto Feministas .. Detesto machistas .

        • Albert Camus de Aquário

          Sim, machista. Obrigado, de nada.

  • ricardo

    Assisti o filme ontem à noite. nota 3. E eu estou sendo MUITO generoso.
    As piadas são fora de hora, extremamente forçadas, roteiro meia boca,
    efeitos especiais bem regulares. Não sou crítico profissional, mas essa é
    minha sincera e singela opinião. Para o pessoal que gostou do filme,
    que bom. Fico feliz por vcs. É bom sair do cinema numa boa, não é ? Mas,
    pessoalmente, considero o filme um verdadeiro fiasco………..

  • Raz

    Fiquei com inveja branca pq fui no cinema querendo gostar demais e no final sai possesso por gastar dinheiro pra ver uma bomba.

    As piadas não funcionam, explicar toda hora com pseudo ciência as armas foi cansativo e o chris hemsworth não foi emburrecido, vc pega o personagem mais idiota do ridiculos six o filme do adan sandler e multiplica por 1000 ai vc tem o chris.
    Os efeitos dos fantasmas na time square foi bacana, mas sem sentido nenhum uma vez que elas usam as armas e os fantasmas meio que “morrem”, então o lance de capturar f….-se essa altura do campeonato.
    O vilão nem comento, os alienigenas de pixels aquela outra bomba é melhor que esse.
    [Edit] Como o colega dos comentários lembrou as piadas tirando os haters da internet foram muito boas.

    Espetadinha básica, achei curioso o bruno falar que gente que critica sem ao menos ter visto, oras, tem precedente no canal 42 não? Teve série que foi criticada sem ao menos terem terminado 1 temporada sequer. Tipo, não é a mesma coisa não?
    hauehuaheua calma Brunão, é no amor é no amor…

    Antes que venham insinuar algo, eu não tenho problema com caça fantasmas serem mulheres, o tocha humano ser negro, com 2 filhos de martha, com capitão américa ficar molhado quando escuta buck, com futuro mestre jedi ser mulher, com furiosa roubando o filme do max…
    E tenho problema é com filme ruim e caça fantasmas pra ficar ruim tem que melhorar muito.

    E pra finalizar uma das melhores estórias dos caça fantasmas já feita é a do jogo pra ps3 ghostbusters the video game, o jogo irado aquele.
    https://www.youtube.com/watch?v=XLGqiI2OU6M

    • Bunitinho mas Ordinário

      A Kristen Wiig mata um fantasma com um canivete .

  • Bunitinho mas Ordinário

    Sinceramente . Essa onda de boa vontade com esse filme Caça Fantasmas , tá parecendo mais uma pegada pro politicamente correto , tipo se vc critica o filme vc é machista . Eu vi o filme e é bem fraco , mas a maior parte da crítica especializada está elogiando essa bomba.

    • Não pode gostar do filme?

      • Bunitinho mas Ordinário

        Claro que pode , muitas pessoas que conheço acharam o filme divertido .

        • Tulio Couceiro

          Assim como os críticos. Deal with it! 😀

          • Bunitinho mas Ordinário

            Tá bom !

  • Bunitinho mas Ordinário

    Afinal a critica é ao filme ou a quem julga o filme antes de ser lançado ? Só porque teve muito hater sobre o filme antes do lançamento , significa que ele vai ser obrigatoriamente bom quando lançado? Eu achava que o filme ia ser ruim pelo visual e por toda campanha e trailers . Quando o filme saiu não me decepcionou , foi tão ruim quanto eu imaginava. Mas não sou machista por ter coragem de dizer que o filme é ruim .. espero que não.

    • Não, até porque a maioria dos filmes têm haters antes do lançamento. Hahah

  • Allucard

    A única merda desse filme é a porra do Paul Feig. As atrizes são boas.
    Nas mãos de um diretor menos preguiçoso, seria um filme bem melhor.

  • Thiago Vilela

    Caguei pra esse filme (de uma realidade alternativa, na minha opinião).
    Uma coisa que achei tosca é o Chris Hemsworth (que até acho um ator bacana) ser um secretário nesse filme.
    Um
    cara do tipo galã, com porte de modelo com um emprego de bosta desses,
    huehue… Deveriam era ter colocado no lugar o bucha do Rob Schneider. É
    a cara dele um papel desses.
    Aposto que se fosse uma versão protagonizada por atores masculinos, no mínimo teríamos a Megan Fox como a secretária.

    • Catena Hernandez. Nada demodê.

      ???

    • Podegoso Shumy

      vejo que nunca viu os caça fantasmas antigos, o “Thor” está fazendo papel da secretária do filme antigos, Janine. (que não era Jeitosa nos filmes e era bonita no desenho animado)

      • Bunitinho mas Ordinário

        Oxe , Janine não era burra , era só uma figura estranha , quase que um estereótipo das secretarias americanas dos anos 80 .

    • Fico pensando se seu comentário foi sarcástico ou se realmente foi sério.

  • Bunitinho mas Ordinário

    Esse filme deveria se chamar As Mata Fantasmas !

  • Excelente RapaduraCast e o filme é realmente foda !

  • Diogo Maia

    O filme não é tão ruim como eu imaginava. Na verdade eu até curti o novo Caça-Fantasmas. O longa tem seus problemas, mas as qualidades são o suficiente para recomendá-lo para quem ainda não foi ver. Nota 5.

    O que eu curti:

    1º – A ideia do Reboot foi muito bem bolada. Assistindo o trailer eu achei muito confuso como eles iriam tratar os eventos dos dois primeiros Ghostbusters, mas felizmente eles fizeram a coisa de forma correta. Homenagearam o clássico dos anos 80 por meio dos elementos mais famosos, como o carro, as armas, a música, o quartel dos bombeiros, etc, etc mas recomeçam tudo do zero. Nada que havia se passado existe neste novo universo, é uma nova equipe se formando sem a influência do time anterior. Acertaram mesmo.
    2º – A atuação das atrizes principais e as personalidades das novas heroínas, completamente originais, não sendo apenas versões dos heróis do filme de 1984.
    3º – O timing cômico das piadas, principalmente as que envolvem o Chris Hemsworth, que rouba a cena toda hora que aparece.
    4º – As cenas de ação, melhores que as do original.

    O que eu não curti:

    1º – O roteiro é fraco demais, principalmente tudo que envolve o vilão. Além disso o drama que existe entre as duas protagonistas é mal trabalhado. Porém, praticamente tudo que é relacionado com a personagem da Patty, a funcionária do metrô, é muito, mas muito ruim mesmo. Colocaram uma pessoa que não tem experiência com reatores nucleares para operar aquelas máquinas? Deixaram o conhecimento dela sobre NYC de lado do meio pra frente, ela só abre a boca pra fazer piadas que perdem a graça depois de alguns minutos, etc, etc.
    2º – Os fantasmas, coloridos demais. Não chegam perto daquela bibliotecária do filme de 1984.
    3º – A homenagens e as referências pop, todas muito antigas e que não funcionam para uma plateia nova. Tubarão, Exorcista, etc, etc. Os jovens de hoje conhecem esses filmes direito? Eu acredito que não. Sobre os cameos eu achei desnecessários. O do Bill Murray me deu até um aperto no coração. Péssimo. Podiam ter deixado de fora. Só não foi pior que a cena do subway quando aparece o símbolo do No Ghost pela primeira vez, aquilo ali ficou realmente ruim.
    4º – A edição. Como o PH disse está ruim demais. Cenas foram jogas para o pós-créditos, a ação é cortada para outra coisa que está acontecendo e não tem nada a ver com o que estava se passando e depois volta para a ação anterior…enfim, ponto fraco também.

  • Danilo Araujo

    cara o filme e horrivel, ficar insinuando que quem não gostou e machista chega a ser desonesto, por que não rolou machismo;;; no star wars e nem no mad max, personagens fracas, filme fraco,

    • Não rolou machismo em Star Wars e Mad Max? Tu só pode estar de sacanagem comigo. Rolou boicote e até petição.

      E em nenhum momento foi falado que quem não gostou do filme é machista. Ouça novamente.

      • gandralf

        Não consegue, né, Moisés?

      • Danilo Araujo

        todo mundo adorou o filme, tem boneco da ray e tudo, nos estamos falando depois do filme, o filme e uma merda e ela e uma atriz meia boca, e agora como ela foi criticada, vamos fingir que e machismo, conversa fiada

        • Catena Hernandez. Nada demodê.

          Heim?

      • celo

        Concordo contigo juras mas não sei q filmes “vcs” viram o q eu vi foi muito fraco isso que sou fã da Melissa Mcarthy. Sigourney Weaver então, sem comentários…

  • Marcelo Maia

    Pfff…Não querem dar o braço a torcer que esse filme é o maior fiasco desse ano..

  • Luiz Claudio

    Cara eu sinto muita pena de quem não conseguiu se divertir com esse filme, sou muito fã da franquia original, consumi tudo na minha infância, e hoje vejo meus filhos com a mesma empolgação que eu tinha quando criança, minha filha de 14 anos assistiu ao primeiro filme no netflix no início do ano sem que eu precisasse falar pra ela sobre ele, ela adorou tanto o primeiro quanto o segundo e o reboot, meu filho de 6 anos quando viu o trailer do novo filme ficou maluco, e não sossegou quando assistiu pois ele também quis ver o dos “meninos”, como ele fala, e inclusive está aqui ao meu lado cantando a música do filme direto e já quer um boneco do geléia, então aos que estão atacando o filme sigam o exemplo das crianças, assistam ao filme como a diversão que ele, e não como um crítico procurando defeitos, parabéns pessoal ótimo cast.

  • Cris Tuxê

    O filme é mais ou menos. E agora, algo mais importante:
    O machismo, racismo e homofobia não é pró-Dilma nem anti-Dilma. Não está ligado a partidos políticos: partidos políticos que tentam cooptar desesperadamente os machistas, racistas e homofóbicos para suas causas, visando alcançar seus próprios interesses. Como machistas, racistas e homofóbicos são notórios imbecis, acabam sendo facilmente enganados pelo primeiro político-marionete que represente – por mais estúpido que pareça – os seus preconceitos. Em resumo: nem os próprios políticos acreditam nas asneiras que falam. Fazem isso so pra pegar o voto dos limitadíssimos preconceituosos. Fim do mais importante.
    O filme, novamente, é mais ou menos.

  • James Solano

    Fizeram uma parada totalmente forçada, com atrizes sem carisma e os caralhos e ainda flertando com o feminismo, tão merda que nem os progressistas de merda foram ver . O filme foi um Fracasso nos EUA e no Brasil : http://www.ilisp.org/noticias/caca-fantasmas-feminista-fracassa-nos-eua-e-no-brasil/

    • celo

      Discordo, Melissa MCarthy tem muito carisma! porém o filme é tão fraco que até ela ficou sem graça.

  • Romário Pinheiro

    Jurandir essa questão de representatividade acho que fica meio complicado nesse novo Caça-Fantasmas e vou dizer o motivo, eu tive a impressão de que o filme tinha como alvo o público infantil e por isso eu acho que eles erraram a mão ou confundiram as ideias pois eles não levantaram a bandeira da representatividade e sim a do feminismo, não que seja errado ou proibido levantar a bandeira do feminismo no cinema, mas tendo um público infantil tão grande acho que isso pode fazer mais mal do que bem, vejo esse exemplo, levei meus sobrinhos pra ver o filmes duas crianças, um menino e uma menina, os dois adoraram o filme mas quando saímos do cinema a minha sobrinha já saiu correndo gritando que era uma caça-fantasmas e meu sobrinho obviamente também, mas ai ela virou pra ele e disse ”você não pode porque você é homem e só tem mulher no caça-fantasma”, eu disse que ele podia sim e que também tem caça-fantasmas meninos vou mostrar pra ele os filmes antigos e tal mas é claro que não vai ser a mesma coisa, ai vem a questão, porque não por 2 homens e 2 mulheres?

  • John L. F. Silver

    Achei o filme ruim,n ão é pra mim, não é pra minha geração, não é para meu gênero. Obviamente é um filme que faz do feminismo uma inversão com o machismo, o que é errado, a cena onde o alvo é o saco é a prova disso, somada ao TODOS, ABSOLUTAMENTE TODOS, os homens do filme serem completamente babacas e idiotas.

  • Ernesto Araujo

    Pare tudo!!! O filme é uma grande porcaria e tem todo o objetivo de ser uma grande cartilha feminista. A impressão que tenho com o programa é que pagaram muito bem vocês para tentar forçar goela abaixo dos ouvintes que o filme é bom e engraçado.

    • celo

      Bem nessas o site tá muito famoso, já devem tá ganhando um por fora das distribuidoras.

  • Pedro

    O hate é tanto que, se você gostar do novo Caça-Fantasmas, você é “politicamente correto” “feminista”. E se você é crítico, você foi comprado pra falar bem do filme.

    • Junior Silva

      Mas tem a segunda mão aí, quem não gostou é machista preconceituoso.

      Vale pros dois lados isso aí.

      • Pedro

        Olha, até agora não vi nenhum fã desse Caça-Fantasmas dizendo que “quem não gostou do filme é machista opressor blá blá blá”. Acho que isso é papo de hater, hein.

        • Junior Silva

          Não digo o fã de caça-fantasma, mas os social justice warriors de plantão que tem na internet. Só porque o filme causou esse reboliço, por mudar o gênero dos personagens. Se a pessoa não gosto do filme, logo, é taxada de machista. O próprio diretor do filme usou esse artifício nojento para a culpa do porque o filme foi um fracasso de bilheteria nos EUA.

          • Pedro

            Não acho que esses SJW sejam tão numerosos assim.

            E eles também não incomodam tanto quantos os haters. Além de serem mais numerosos, haters não respeitam quem gostou do filme, se unem em band pra floodar a internet toda, e ainda tem mania de perseguição: qualquer pessoa que critique o ódio desnecessário deles é tachada de “politicamente correta”, “feminazi”, “de esquerda” e outros rótulos infantis.

  • Cap. Ninja

    Ouvindo esse podcast agora me dei conta de uma coisa horrivel: Sou hater.
    Não gostei do visual, não gostei da troca de personagens, não gostei da necessidade de ficar martelando filosofia e odiei a nova versão da música-tema. E olha que só vi o trailer…
    Vim comentar pq fiquei com um pouco de vergonha da minha atitude, mas queria lembrar algo muito importante em resposta a uma coisa que foi dita no cast. Produtor prometer continuação não quer dizer nada, ou já esqueceram do “espetacular Homem-Aranha” e seus maravilhosos filmes? Tão bom que em 2017 sai o reboot.

    • Cap. Ninja

      Outra coisa, pq o James Bond tem que ser mulher? Mata Hari era espiã e era mulher, pq não usar ela ao invés de mudar o sexo ou a etnia do cara? E olha que só dei primeiro exemplo que me veio na cabeça…

      • celo

        Velho vcs não tão se dando conta de uma coisa: é tudo jogada política. É tempo de eleições
        – Quem é a principal “candidata” para a presidência esse ano?
        – Qual a etnia do atual Presidente americano.
        Eles cada vez mais usam hollywood pra fazer suas campanhas e endossando minha critica anterior a “Robocop” – ficou horrivel por causa disso. E já não é de agora vamos tomar como exemplos os super-hérois, ou vcs acham que o super-homen é vermelho e azul só pq combina!?

        • celo

          Feminismo, anti-racismo um @#$@%! Eles só querem pagar de “bonzinhos” pra consiguem o apoios dessas minorias na próxima eleição. Vai ver se depois que passar isso se vamos ter “muitos” filmes com protagonistas femininas, negras, LGBT’ s nem se fala.

  • Filipe Dos Santos

    Todo santo ano saem reboots de filmes, e sempre quando o reboot é encima de uma franquia querida há reclamações, existem essas declarações de “vão estragar minha infância”, e todo mundo aceita isso de boa, mas quando somado a isso tem a mudança de genero, raça, ou qualquer outra coisa, os que discordam tentam vincular essa reação ao preconceito…

    Não sou fã dos filmes antigos, não me importaria com reboot algum, mas não me interessei por esse filme, não pela mudança de genero, e sim pelos envolvidos, acho os filmes do Paul Feig extremamente sem graça, e me empolga tanto ver um filme com a turma dele que se fosse feita com a turma do Adam Sandler

    Dito isso, acho que se o filme não fosse um reboot, as reclamações seriam bem menores, mas enfim, eles preferiram assim, e eles que vão ter que arcar com essa bilheteria baixa mesmo, então ta tudo certo

  • Marcus Lopes

    Não curti o filme e não sou machista!!! Obg!

  • Marcelo Aguiar Duarte Filho

    Sobe o som, Juras!!!

  • Vitor Urubatan

    Rsss o filme não é perfeito.
    Certamente pessoa que criticam o filme como uma narrativa tem razões para isso. Até entendo, pois eu mesmo observei que o filme em si tem partes que poderiam ter sido melhor conduzidas.

    Não é um filme tipo FURIOSA mad max que eu simplesmente achei fantástico.
    Mas cara, é um filme engraçado e divertido. Um filme sem compromissos que me fez rir bastante.

    E o fato de uma história onde pessoas caçam fantasma não esperava eu um roteiro formidável.
    Mas mesmo assim, eu adorei as personagens. Eu entendo que algumas pessoas não gostaram, mas eu simplesmente adorei a interação entre elas. Personalidade, design, diversidade… Enfim.

    Não vejo problema das pessoas não gostarem por não ser um filme 100% o que elas esperavam. Mas isso não tiro o mérito do que o filme tem de bom.
    Claro que não estou incluindo aqueles que usam críticas sem sentido.

  • Manndy Hyuuga

    Gente vcs erraram feio (Brinks)
    Não era sessão da tarde(Globo), era cinema em casa(SBT), até pq o Silvio Santos não tinha (e ainda não tem) vergonha de admitir q se algo tá dando audiência vamos repetir, quantas vezes o filme passava 2 ou 3 vezes na msm semana? kkk
    Ótimo programa como sempre ^^

  • Bunitinho mas Ordinário

    O filme é muito divertido , a personagem da Kristen Wiig MATA um FANTASMA com um canivete suiço , kkkkkkkkkkk que engraçado , que filme divertido .. SKN !

  • Bunitinho mas Ordinário

    O Remake de Robocop , aquela bomba de bosta fumegante . O Affonso Solano criticou e um maluco queimou o Espadachin de Carvão,kkkkkkkkkkk!
    Esses Remakes são muito ruins .. Vingador do Futuro , Caçadores de Emoção .. Todos horríveis , e apesar das péssimas bilheterias endossando a ruindade ,essas desgraças tem muitos defensores . Acho que o único Remake que valeu a pena nos últimos anos foi o de Star Trek , que deu uma aula de como modernizar respeitando a franquia original!

  • Queria fazer uma crítica (espero) construtiva. Acompanho vocês há anos e sou fã. Ouço o 99vidas, 42, sigo as recomendações e vocês mudaram a minha vida com dicas como Clube dos Cinco.
    Agora, a crítica (hehehe). Compartilho da visão que vocês têm sobre a representatividade e mudanças positivas que a sociedade vive. Entretanto, sei que muita gente não vai conseguir separar a visão ideológica da crítica cinematográfica. Poderiam abrir espaço para reclamarem como: “o Rapadura fala de representatividade e não tem mulher no cast” (o que acho uma besteira mas enfim, há quem pense).
    Ao buscar o Rapadura eu vou pela crítica cinematográfica. Uma expectativa que crio, claro, mas que também acredito ser de outros. Quando nos defrontamos com questões ideológicas caímos num outro campo de discussão. E acho que boa parte da audiência não vai preparada para isso. Simplesmente por ir pelo entretenimento e não pela política ou sociologia.
    Logo, creio que o ideal seria tratar menos de ideologia. E, obviamente, é um filme com 4 mulheres, não precisamos mais do que um ou dois lembretes ao longo do cast da importância disso (foram gastos bons minutos com senso comum). Sim, existem muitos intolerantes. Mas é possível ser politicamente correto sem ser ideologicamente insistente. Como referência cito o cast sobre Star wars do Jovem Nerd que falou do filme e deixou questões ideológicas em segundo plano.
    Enfim, apenas uma opinião. Não quero estar certo. Só o que penso. Grande fã! Abraços, queridos!

    • Albert Camus de Aquário

      Gostei muito do seu comentário cara. Eu por outro lado não compartilho da visão que eles tem sobre representatividade e desisti do cast quando percebi que o assunto estava se alongando muito. E que estava no senso comum. Pior que isso dá munição para os outros me categorizarem de todo tipo de ofensa que eles quiserem, mas eu simplesmente não concordo e ponto. São assuntos que se eu tivesse interesse eu ouviria um cast feminista. Só queria saber se foi um bom filme ou não. Sinto falta de meios de comunicação sobre cultura pop um pouco mais neutros.

    • Bunitinho mas Ordinário

      Eu acho que vc está certo. Na verdade quando o filme é bom , a tolerância pros discursos ideológicos até que é maior.

    • Cris Tuxê

      Questões ideológicas são importantes. Falar delas no cinema é importante. Ícones da popsfera brazuca expressar suas opiniões é muito importante. É exatamente o posicionamento de caras como o Juras e o Beto Estrada que mais me chama a atenção.

      Não gosto de quem se esconde com medo de perder popularidade com seu público ou de não conseguir o patrocínio mês que vem. Ora, é digno o posicionamento, ainda mais levando em consideração a audiência media do pessoal que trabalha com cultura pop. A opinião de um Jurandir, de um Beto Estrada, vale muito mais para um garoto de 16 anos do que uma coluna do Leandro Karnal ou o editorial do O Globo. Talvez até mais que o professor ou dos pais. é exatamente para aqueles que “não estão preparados” que é mais importante.

      Me preocupa, por outro lado, o silêncio, o “não é comigo”, o lavar as mãos, o “vou produzir aqui meu conteúdo pop e que se foda, todo o resto não é problema meu”. Porque é. É problema nosso. É problema do Beto Estrada e do Juras, é meu e seu, do Omelete Group e do Jovem Nerd, da Kefera e do Aruan Felix.

      Eu prefiro não ter vacas sagradas: que o Beto Estrada comemore o impeachment e que o Juras se preocupe com o ataque à democracia. E por aí vai. Em todo o caso, que seja dito. É importante que a mulecada – e muitos adultos – percebam que nosso mundo é um mundo de diferentes. Que a popsfera não se odeia por isso. E que ninguém deve ter medo de dizer o que pensa, porque a Ditadura acabou.

      E não vai voltar.

      • Sim, sua visão é super coerente cara. Meu ponto é que nem toda audiência vai preparada para esse tipo de discussão. Exemplo. Eu não conseguiria fazer essa crítica se o cast tivesse o nome ‘Caça-fantasmas e o novo papel da mulher no cinema'(algo do tipo), com uma convidada mulher (ou mais de uma).
        Mas, reitero, gostei do cast – só acho que numa próxima pode ser ainda melhor ehhe

        • Lumpemproletariado Latino

          Não é questão de preparo, preparo seria concordar com vocês? Tem gente que simplesmente discorda e é isso. Nem toda audiência tem interesse nesse tipo de discussão. E se for para fazê-lo, diferentes abordagens devem ser ouvidas, já que até então o CCR me parecia ser um site um pouco mais neutro. Se eu tiver interesse em ver a visão feminista do filme, vou ler a crítica dos Collant sem decote da vida. Vou direto na fonte. Como eu não tenho, simplesmente ignoro. E é fácil só balançar a cabeça e concordar que “falta representatividade feminina na cultura pop”, quando o fato é que elas simplesmente não eram o público alvo. Hoje o mercado viu nisso uma oportunidade de lucro e está correndo atrás. É o meu ponto de vista. E com o flop do filme, a tendência vai ser diminuir de novo. Todo mundo levantando bandeira pra ter representatividade e quando tem, cadê essa galera pra ir assistir e “pagar o filme”?

      • Lumpemproletariado Latino

        Esse posicionamento aí é o seu. E ninguém é obrigado a pensar da mesma forma. Tem quem concorde e bata palma, tem quem discorde e questione, ou até mesmo ignore. Pra você pode ser importante ou não falar no assunto pode ser “se esconder”, mas pra quem discorda (como eu) é só insistência ideológica chata. Aí você vai dizer: “não gosta não ouve”, “procura outro podcast”… que bela democracia essa que você defende então. Quer falar e levantar assuntos sérios? Apresente todos os lados, ou não apresente ninguém. Idiota é quem fica só balançando a cabeça pra tudo o que ouvir. Coloca no cast alguém falando que representatividade importa e alguém falando que é só problematização insistente. Pronto. E me desculpe, mas se opinião de podcaster valesse alguma coisa, aliás, se opinião de internet valesse alguma coisa, todo esse “machismo”, “racismo” e “homofobia” que vocês “combatem” já teriam acabado.

  • JM-TRAD

    Não falo sobre o filme e nem pretendo ver no cinema. Compartilho a mesma opinião do James Rolfe. Não me deu vontade de sair de casa pra ver. Quando sair por streamming eu vejo.
    https://m.youtube.com/watch?v=hz8X2A7wHyQ

    • Tales

      Curto muito o trampo do James Rolfe mas acho essa posição de se recusar a ver bem idiota. (no seu caso, de boa só querer assistir por streaming)

      • Lumpemproletariado Latino

        Se recusar a assistir um filme é uma posição idiota? Hahaha. Que mundo vivemos…

        • Tales

          baseado nas premissas que ele apresenta, eu acho idiota.. sendo que o diretor e todas as atrizes são muito bons, tendo como base filmes anteriores, mas ele tem todo o direito de ter essa posição, e eu de achar um desperdício (idiota) se privar assim.. enfim..

          • Lumpemproletariado Latino

            Baseado nas premissas que ele apresenta, ele como um mega fã de ghost busters (fez até vídeo em Nova York apresentando todas as locações onde o primeiro filme foi filmado), tem todo o direito de não ter interesse no filme ou de fazer crítica. Assim como eu não tenho interesse em ver 50 tons de cinza e você provavelmente não tem interesse em ver novelas haitianas sobre bambu. Idiota é você categoriza-lo apenas por não ser/pensar como você. As atrizes podem ser boas pra você, ter como “base” os filmes anteriores pode ser pra você também, mas…Seu comentário além de idiota, é bem babaca. E sim, você tem todo o direito de ser babaca, mas uma gota de bom senso é sempre bom.

    • Lumpemproletariado Latino

      Pra quem reclamar que só podia ser homem branco cis hétero facista e opressor: https://www.youtube.com/watch?v=XJ0_Ke1-mYA

  • Teikerize

    Muito bom!
    Parabéns a todos os Rapadurianos pelo excelente podcast, pela excelente crítica e por entrar no mérito da representatividade.
    E os mimizentos que se recusam a ver o filme: Melhorem!

  • Teikerize

    Parabéns aos Rapadurianos pelo excelente cast.
    Uma excelente crítica, principalmente no que tange a importância da representatividade.
    E aos mimizentos do “não vi e não gostei”, melhorem!

  • Cris Tuxê

    Alguém está tendo problemas pra baixar os RapaduraCast’s antigos?

  • Raphael

    Não faz sentido colocar um filme tão fraco e pejorativo nesse patamar. Discordo veementemente que este reboot seja minimamente comparável ao original. O rapadura tem a tendência de defender os filmes que criticam, bacana, mas já há alguns casts vinham sinalizando uma defesa deste longa pelo simples fato de ser sexista. Sim. O filme é sexista, pois inverte o conceito tão criticado no passado, mas as avessas. Colocar a figura masculina em inferioridade é repetir o erro do passado “para compensar”. Perde-se a oportunidade de criar algo novo, uma terceira via, onde os gêneros se respeitam e caminham juntos. Uma pena que o cast preferiu seguir a modinha politicamente correta….

  • Fernando Cabrobó

    Me fez rir, achei bacana, meu ponto negativo é só ali no terceiro ato que poderia ser melhor pensado. Teve remakes/Reboots na minha opniao piores, tipo Robocop, Vingador do futuro que nao gerou tanto ódio assim.

    • celo

      Não diria ódio mas, foi um “crime” o q fizeram com a franquia Robocop um dos melhores filmes de sci-fi, crítica social e política de sua geração porém atual e ainda por cima temos nossa parte de culpa direta ou indiretamente – valeu, Padilha!

  • Jeferson S. De Paula

    Acho que este discurso de “representatividade” está batido e não se sustenta, o povo adora filmes com protagonistas mulheres contanto que ele seja bom, BOM. Acho estranho também falar de racismo pois tirando uma minoria de nicho muito específico, aplaudimos o Pantera, o Nick Fury e até mesmo um deus negro (Morgan Freeman).

    Como ouvinte, acredito que o programa deva falar de assuntos em alta como de fato a “representatividade” e sim, deve conter as opiniões dos autores, mas precisam lembrar sempre que o programa é de Cinema, e não deve fugir do assunto cinema. Não está tendo este cuidado, nos últimos programas tenho visto o pessoal preder muito tempo explicando politicagens e movimentos sociais de filmes que possuem estes temas de forma enfadonha e rasa, assim levantando mais argumentos do que o próprio filme se propôs. Eu sigo podcasts de política e quando quero saber sobre política eu ou ouvi-los, quando quero saber uma critica de um filme, eu vou a um podcast de filmes.

    Mas, bem, o podcast é de vocês, e o Rapadura é uma “instituição privada” e não uma democracia. Quem quer consumir, consome, quem não quer, não consome. Ao contrário do que esses movimentos sociais pregam, eu não vou exigir que se calem só por não concordar com vocês.

    Só os filmes que lembrei que são de ação/fantasia/terror ou possuem Protagonistas Feministas FORTES e empoderadas.

    Alien
    Nikita, criada para matar
    Kill Bill
    Underworld, Anjos da noite.
    Salt
    A Toda Prova
    Jogos Vorazes
    Orgulho & Preconceito
    Bastardos Inglórios, Shosanna tem uma história própria dentro do filme.
    Millenium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres
    A Hora Mais Escura
    Mad Max, a estrada da fúria
    O Procurado
    Arquivo X
    Kick Ass
    Matrix
    O Tigre e o Dragão
    Exterminador do Futuro
    Star Wars
    Scott Pilgrim Contra o Mundo
    Titanic
    Capitão America
    Agente Carter
    Velozes e Furiosos
    Harry Potter
    Star Trek
    Guardiões da Galáxia
    Batman, o cavaleiro das trevas resurge.
    Divergente
    Crepúsculo
    Lara Croft: Tomb Raider
    Valente
    Frozen
    Mulan
    Gravidade
    Alice no mundo das maravilhas
    O Hobbit
    Ultravioleta
    Lucy
    As Panteras
    Residente Evil
    Aeon Flux
    Sr. e Sra. Smith
    Joana d’Arc
    Terror na Antártida
    X-Man
    O Quinto elemento
    Sucker Punch – Mundo Surreal
    O Silêncio dos Inocentes
    300
    300: A Ascensão do Império
    Batman: o retorno
    A Dama de Ferro
    A Duquesa
    Até o limite da Honra
    Menina de ouro
    Alexandria
    Olga
    A Rainha
    Mulher gato

    “Precisamos de Representatividade”

    • Bunitinho mas Ordinário

      Eu acho que em termos de representatividade os negros estão bem atrás das mulheres ( Se bem que tem mulheres negras). Basta observar o último Oscar e até os papeis para os negros , mesmo Star Wars o Finn é um coadjuvante e agora que a poeira abaixou tenho de reconhecer que ele foi um alívio cômico .

      • Lumpemproletariado Latino

        E eu acho que quem se preocupa com representatividade é muito inseguro. Precisa se auto afirmar através do trabalho/exposição de outros. Uma pessoa “normal”deveria achar representatividade em qualquer outra pessoa, afinal, somos todos seres humanos acima de tudo. Se um anão, sem um braço, careca, manco, espanhol agir e pensar como eu pensaria, ou me inspirar a ser quem eu gostaria, posso me identificar com ele sem problema nenhum. Não precisa ter a minha imagem e semelhança. Chega a ser egoísta. A grande maioria dos caras que gostam do Batman não são ricos, não lutam ninjutsu e são mais fracos que um frango.

    • Lumpemproletariado Latino

      Teve representatividade, mas não foram assistir ao filme. Fracasso de bilheteria, o que adianta?

      • Murilo Magalhães

        Nesse Cast eles se atrapalharam k k k k k

    • Murilo Magalhães

      C O N C O R D O !

    • Francesca A

      Rapaz….e tu coloca aí nessa lista o GAME OF THRONES, um monte de mulher com personagens fortes.
      E o mais popular de todos nas últimas duas semanas, Stranger Things aonde no grupo de crianças quem comanda é uma menina linda e cheia de expressão, e no grupo dos adultos é a já consagrada Winona Rider que está bem pra caraiiii

    • Momonaru Jairo

      normal cara todos podcasts falando do filme com analises com o intuito de ficar bem na fita,angariar publico e n gerar antipatia. O filme foi fraquinho se não fossem mulheres nos papeis n estariam elogiando, foi menos divertido q o primeiro que também já n era essa maravilha e era sustentado pelos atores, mas criticar qualquer coisa que envolva a pauta feminista pega mal,https://www.youtube.com/watch?v=Os-qLakjAVQ

  • MArcio Am?

    Muito Blá, blá, blá no final. Todo mundo se repetindo nas opiniões, chato.

    • Murilo Magalhães

      Concordo com vc Marcio, esse cast ficou nesse blá blá blá de representatividade e deixou a acescência do filme de fora. Sobre o filme achei que elas exageram nas piadas e exageraram na burrice do Chris Hemsworth.

  • Fábio Lopes

    Siqueira é o pior mesmo… Pra que colocar o BvS?! Ridiculo!

  • André Luís

    Pq fizeram isso com os caças,pq?

  • Bruno Costa

    Senti falta de eles falarem que no próprio filme eles dão a entender que isso tudo já aconteceu.. Lembram que o prefeito fala algo parecido com: “…o coelho já saiu da cartola e voltou e ninguém se lembra. Então porque não pode voltar de novo agora.”. Gostei muito do filme, a muito tempo não me divirto tanto no cinema.

  • Nikolas Eduardo Ruduit

    SUGESTÃO DE TEMA : TROPAS ESTELARES

  • Lumpemproletariado Latino
    • Jorge Lopes

      É só mais um homi cis hétero branco… não…pera… Ela até se parece com uma das personagens do filme!

    • Belo Borgo#homemdoAlípio

      Tbm achei,bem sincera.

  • Belo Borgo#homemdoAlípio

    Faltou o Solano que é super fã de caça fantasmas.

  • Fabiano Novaes Ferreira

    Não fui ver o filme. não porque tem 4 mulheres, não porque odeio reboots/remakes (não sou tão fã assim). Não fui ver porque não consigo achar Melissa McCarthy algo minimamente interessante. não vejo graça nessa mulher e Mike & Molly foi uma das piores séries que tive o desprazer de ver na vida.

    Ao ouvir o cast e ver que as outras garotas são do SNL tirou qualquer vontade que pudesse sobrar pra ver esse filme.

    não vejo graça nessa galera, não gosto de filmes com as piadas que eles costumam fazer.

    não vi, não opino. simples assim.

    • akht rukanta

      Machista, racista e opressor! Não passarão! Seje menas! #empoderedasghostbusters.

      • Fabiano Novaes Ferreira

        Não fale sobre o que não sabe e não coloque palavras em minha boca. Não tenho problemas com as protagonistas serem mulheres; Não tenho problemas com mulheres no comando ou em lugares de destaque. apóio.

        ,eu problema é com humoristas atuais e esse humor físico idiota que depende de piadas o tempo todo, em boa parte sobre peido, fezes, bunda e pinto. não acho graça, não gosto, não vejo;

        você me entende mal. meu problema não é com as mulheres que saem do SNL. é com TODOS. não gosto de nenhum desses humoristas que viram “atores”. problema meu.

        não venha me chamar de machista se não entende o que eu posto.

        PS. tem piada de peido no filme né?

        • akht rukanta

          Fabiano, rapaz. Menino baum, menino inteligente, mas eu estava sendo irônico.

          • Fabiano Novaes Ferreira

            que susto

  • Filipe Bortoletto

    A fobia não é a mulher ter destaque é o medinho de ter a figura do machinho diminuída, é a tão falada heterossexualidade FRÁGIL.

  • King Buddy Holly

    Programa com temática de representatividade e com participação exclusivamente masculina!

    Mas mesmo assim, o filme é um reboot fraquíssimo e não traz um ponto sequer para a representatividade. Isso é obtido em filmes como MadMax, KillBill e PlanetaTerror (e isso mencionando apenas os Blockbusters).

    KING!

  • Ectoplasma, foi criado pelo C. Richet, Nobel de Fisiologia ou Medicina
    em 1913. E os espíritas dizem que existe sim, que é o material que
    materializa os espíritos e é o responsável pelo espírito interagir com
    nosso mundo. Tocando na gente, derrubado objetos, fazer objetos
    queimarem e etc…

  • Raultiaunem Nunes

    Assisti o reboot, não apresentou boas piadas, o elenco não é fraco e paupérrimo, no geral, merece ter todas as cópias queimadas.

  • DS9/BSG

    O estilo de filme de Caça Fantasma/1984 é exatamente o que o Marvel Studios faz hoje, ação com humor, piadas no meio da pancadaria e inclusive Vingadores/2012 tem o mesmo espirito, a união de um grupo de heróis que combate um força invasora que chega a Terra por um portal e no final temos os heróis salvando a cidade de NY num clima totalmente recompensador e divertido.

    Acho interessante a discussão do que é um “filme grande”, mas essa tentativa de ficar analisando uma obra de 1984 pelo olhar de 2016, depois que varias obras tiveram sucesso muito graças a esse filme, é complicado.

    Quantas pessoas hoje em dia saem todas as noites pra “pegar mulher” e vice versa? Hoje em dia as mulheres lutam pra ter o direito de ser livres, de ser independente, de sair a noite e fazer o que quiser com com quiser e agora vem criticar o personagem do Bill Murray no filme de 84 porque ele é “tarado” por mulher? cacilda. Conheço camaradas hoje que são idênticos ao Murray no filme… criticar o Venkman por ficar tarando uma jovem na faculdade… caraca, uma mulher de 18 20 anos sendo “atacada por um predador” .. he cada uma…

    Tony Stark no cinema do século 21 ficou famoso por ser inclusive o cara que transa com as 13 modelos da playboy e no outro dia não lembra nem do nome… que manda a assistente retirar o “problema”….