sábado, 11 de junho de 2016

RapaduraCast 471
Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos

Fique a vontade para participar do nosso debate, porque aqui você sabe: "Assistir é apenas o começo"!

Aperte o Play para começar o RapaduraCast Aperte o para começar o RapaduraCast

1x 1.5x 2x
0:00:00

Após 20 anos, chegou a vez da franquia Warcraft dar seus primeiros passos no cinema. Criado pela consagrada Blizzard Entertainment, a série de jogos carrega mais 100 milhões de jogadores ao redor do mundo. Ter uma base de fãs grande é suficiente para fazer um filme ser sucesso? Apostar nos fãs foi uma boa saída?

Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Affonso Solano e Carlos Voltor conversaram sobre a grandiosa história por trás dos jogos e filme. Foi uma boa adaptação? Foi uma boa experiência para quem não é conhece os jogos? Duncan Jones conseguiu colocar seu lado fã na telona? Por que o filme está causando uma grande rejeição na crítica especializada? Qual a possibilidade de serem lançados novos filmes?

Ouça o nosso papo e deixe seu comentário.

|| CRÉDITOS
[SEM SPOILERS] até 1h
[COM SPOILERS] a partir de 1h

|| CRÉDITOS
Gravação e Edição: Jurandir Filho
Artes: Ricardo Rente

|| ASSINE O RAPADURACAST
iTunes: Tem iPhone/iPad/Mac? Adiciona aí!
Android/WindowsPhone: Esse link é o do feed/rss do sucesso!

|| NOSSOS CONTATOS
Youtube: RapaduraTV
Instagram
: @cinemacomrapadura
Twitter: @rapadura
Facebook: /cinemacomrapadura
E-mail: rapaduracast@cinemacomrapadura.com.br

Compartilhe

Participantes

Affonso Solano
Affonso Solano
@affonsosolano
Jurandir Filho
Jurandir Filho
@jurandirfilho
Thiago Siqueira
Thiago Siqueira
@ThiagoSiQueiraF

Ouça Também


  • Wilson Moura

    “O senhor dos aneis do SBT” será que vou ouvir isso no cast??? vamos baixar.

    • Jaum Frits

      Engraçado isso né, até pq é o SBT que tem direito de exibição do Senhor dos Aneis

      • Wilson Moura

        Exibição, mas não fez a produção.

  • Silvio Domingues

    me juntando a aliança!!!

    to aguardando o download, mas esperei bastante por esse episódio.

    Minha nota no dia da estréia foi 8, e ainda mantenho, essa nota.

    Espero que de resultado no cinema internacional, para que as continuações sejam garantidas.

  • silas.

    Introdutório em excesso. Faltou um bocado no filme para ser Bom, especialmente no desenrolar do enredo e independentemente do planejamento de continuações, apesar dos interessantes quesitos visuais. Ação e drama mais ou menos; 3D dispensável.

    2,5/5.

  • Miura Mestre do hiato

    3/10

  • aurliodantas

    A respeito da escala do conflito ser algo “apocalíptico”, o filme mostra o contrário, retratando uma disputa local, porque além de duas outras raças (Anões e Altos Elfos) são mostrados outros dois reinos humanos fora Vento Bravo, que são os magos de Dalaran e também o embaixador humano que aparece na conferência, então mesmo dentro do filme você percebe que Vento Bravo é um de vários reinos de humanos e que Llane é só mais um monarca, para quem é fã é mais claro ainda, porque sabe que Aliança de Lordaeron é formada por SETE reinos humanos e durante o jogo é mostrado a dificuldades deles cooptarem o auxílio de outras raças como o Altos Elfos de Quel’Thalas e os Anões do clã Wildhammer.

    Uma observação menor também, é que até hoje os Altos Elfos fazem parte da Aliança atual porém, em números bem reduzidos e por isso não são uma raça jogável em World of Warcraft.

  • Findman

    Parece que qualquer bosta que aparecesse na tela o Jurandir tava aceitando.

    • Guigo 15

      E quando não é assim? O Juras não é crítico, pra ser crítico, tu tem que ter um olhar crítico. O Juras esquece o olhar crítico e se deixa levar sempre pela emoção e empolgação.

  • Edgard Carrijo

    Nota 8/10 facilmente, o filme não é perfeito mas é muito bom, vale a pena assistir sem pensar duas vezes, se você gosta de fantasia, vai gostar muito do filme.

  • Tássio Bentivi

    Estou com o Caquinho – 10 como fã e 6 como cinéfilo.

    Agora eu venho aqui fazer um questionamento a vocês: Qual o problema desse filme querer agradar aos fãs do jogo e não ao público em geral? Sério, por que eu e muitos outros amigos que somos fãs de Warcraft tivemos a mesma sensação de deslumbre e satisfação ao vermos esse material, ainda não encontrei o primeiro que me dissesse o contrário, e muitos de nós não tivemos essa experiência com nenhum outro filme na vida, e eu acredito que a arte como essência é a experiência que ela traz pra quem a aprecia. Fiquei besta quando reconheci o Grom no ali meio dos Orcs empunhando a Gorehowl absolutamente idêntica a do jogo, fora muitos outros elementos e personagens que o roteiro não faz questão de especificar quem são mas que funcionam para mim como fã e não atrapalham o andar da história. Sabemos que algumas atuações foram realmente ruins, sabemos também que o roteiro tem diversos problemas, sabemos também que a direção precisa melhorar e nós conseguimos enxergar esses problemas no filme e queremos que eles melhorem, mas eu discordo de que o fato de ele querer privilegiar o fã em primeiro lugar seja um problema em si, se isso for possível e se for economicamente viável eu pergunto: Por que não?

    E eu fico triste quando toda hora as pessoas comparam o filme com a obra do Peter Jackson. Eu já tenho o Senhor dos Anéis, dá pra ter Warcraft agora sem ter que ficar colocando LOTR como parâmetro de avaliação? Seria realmente chato se todo filme de fantasia feito a partir de então fosse um Senhor dos Anéis genérico, não precisa ser igual ao Senhor dos Anéis pra ser uma boa experiência. E eu não me incomodo ao ver as pessoas que não tem o background de cinema fazendo a comparação natural, agora ver alguns de vocês querendo fazer comparações técnicas o tempo todo me incomodou bastante, não é algo honesto com nenhuma das obras, talvez seja por isso que muito filme de fantasia não saia do papel, por que sempre tem quem entende do assunto querendo comparar com LOTR.

    Quanto a uma continuação eu realmente queria uma sequência com a mesma pegada desse filme mas com os ajustes em direção, atuação e roteiro. Não acho que ele deva querer se preocupar tanto assim com quem não é fã, acho que vai ficar um material mediano pros dois e ninguém vai ficar realmente satisfeito, mas a gente sabe como é que funciona a indústria do cinema, vamos ver o que vai acontecer.

    • AzBats

      Quanto a crítica de agradar os fãs (excluindo do entendimento não fãs ou iniciados na obra) é uma das maiores críticas (dentre outras) que foram feitas a “Batman vs Superman” e mais recentemente a “X-Men: Apocalypse” e contra partida elogiam o universo cinemático da Marvel por permitir que o público leigo, não fã, casual possa acompanhar os filmes sem maiores problemas.

      • Raz

        Não sei bem se isso é uma verdade verdadeira, pq se a pessoa nunca viu nada de mcu fica bem perdida em guerra civil por exemplo.
        E os roteiros dos filmes mcu, bom, são rasos né, vilões fraquíssimos, recheado de piadas, referências e só… ai fica moleza.
        É como a critica encara esse universo filmes bestas que divertem, qualquer coisa que tente fugir desse estereótipo, salvo alguns casos, toma pedrada.

    • Leonardo Carlim

      Isso que eu sempre disse, “que ruim, foi feito só pra quem é fã” cara, quantas franquias aí são voltadas para fãs? Pegue praticamente todos os filmes teens dos ultimos 15 anos baseados em livros, eu nunca gostei de Harry Potter, mas sempre respeitei a empolgação e paixão com quem cresceu lendo os livros tem. Deve ser porque Warcraft não venha de uma obra original literária e sim um jogo, que mesmo tendo uma indústria atualmente muito maior que a do cinema, ainda é visto como uma forma de arte “menor”.

  • Sergio Araujo

    Eu nunca joguei Warcraft, mas joguei um monte de RPG, mesmo assim fiquei boiando em um monte de cenas. Todavia, o filme não me desagradou, não achei o filme ruim, achei ele até bem acima da média levando em consideração os outros filmes baseados em games que temos por aí. Em fim, valeu o ingresso (pra sessão da quarta feira que é mais barata(!)).

  • Gabriel Rodrigues

    Como fã louco do universo do Warcraft 10/10, vendo pelo ponto de alguém que não conhecia o universo deixo uns 6.8 – 7.0/10, não é um mega filme, mas faz o que devia ser feito que é apresentar o universo do Warcraft, e acho que eles estão apostando em poder construir melhor o universo no segundo e terceiro filme. Fiquei maluco como filme e quero muito mesmo continuação, e concordo com as criticas apesar de achar que alguns pontos o Solano foi muito extremo, mas concordo que pessoas que não conhecem o universo ficam bem perdidas. Espero muito continuação e uma explicação melhor do universo.

  • Bruno Sousa

    Essa de ser só pra fã é muito relativo. Eu conheço pouquíssimo, acho que só das animaçõezinhas que tem, nunca joguei, minha namorada nem conhecia warcraft, meu primo levou minha tia e a esposa dele e nenhuma delas conheciam, e todos nós adoramos, aliás minha namorada tá louca pra jogar com um mago agora rs. É sempre relativo.

    • Eduardo Floriano

      Já eu que acompanho a sério desde 1997, nos livros, jogos etc… Achei o filme BEM ruinzinho. Acho que tentaram abraçar muita coisa.

      Na minha opinião, deveria lançar esse filme apenas do lado dos Humanos (tratando os orcs como os vilões), mas explicando a história, o que é stormwind, o que é dalaran e kirin tor, o que é aliança (que foi citada 1x no final do filme rs).

      E depois lançar um filme para tratar o lado dos orcs, como eles foram infectados pelo fel, o que aconteceu com o mundo deles, apresentassem os warchiefs… o warsong clan, etc…

      Ai depois sim juntar os dois mundos. Seria uma ótima triologia.

      • Leonardo Carlim

        Rapaz, com o fanbase que warcraft tem, se eles tratam os orcs como maus no filme…tem noção da treta que ia dar? hahahaha
        Sem falar que o filme não foi lançado com uma continuação em andamento, um filme tratando apenas um lado sem ter a certeza de algum aprofundamento futuro deixaria muita coisa importante no universo de fora.

    • Jaime – o agente bom de corte

      Nunca joguei, nunca assisti nenhuma animação e também curti o filme.

    • Gustavo Calastro

      Engraçado, eu jogo muita coisa, mas nunca joguei Warcraft, minha namorada não se interessa por games e nós adoramos o filmes, me fez querer jogar os games pra conhecer mais desse universo, estou lendo um livro do warcraft e tudo por causa do universo cativante que o filme tem.

  • Pedro d’El Rey

    Por mais que o filme tenha seus erros ele cumpriu com o objetivo da Blizzard. Ter uma boa bilheteria. O importante pra um estreante no cinema é fazer valer o investimento.Eu não acho que a blizzard fez um filme procurando prêmios.Acho que ela quis mostrar que é capaz de brigar em um ringue desconhecido. Vender o filme é muito mais importante que fazer um filme 10/10. Não adianta fazer um filme de oscar que não da receita e não ter a continuação que o universo Warcraft precisa. Esse foi só o primeiro de muitos.

  • A nota do Jurandir foi mais ou menos assim: eu sei que o filme e uma merda, mas como sou fã do jogo, vou dar um 8 de 10, e foda-se você que espera que eu dê uma nota do filme pelo filme. O podcast é meu, eu dou a nota que eu quiser.

    • Não, não é porque o podcast é meu. É porque a nota é minha. Eu não dou nota representando TODOS OS PARTICIPANTES. Eu dou nota representando a MINHA opinião.

      • Calma, Juras! Eu estava brincando! Não se ofenda, por favor! Gostei do podcast, incrivelmente, vocês não puxaram tanta sardinha quanto eu esperava, o que foi bom. Até mesmo as notas, foram dadas com muita ênfase na diferença entre o filme fã/não fã. Só fiquei com vontade de ouvir um não jogador sobre o assunto. Por exemplo, colocar o Mau neste podcast teria sido fantástico. Enquanto o Carlos Voltor e o Sicas estavam em cima do muro, o Afonso não gostou e você adorou, colocar o Mau, que provavelmente nunca ouviu falar da franquia, ia dar um bom contraponto. Não se irrite comigo, sou muito fã do Rapadura! Abraços e ótimo trabalho!

        • Alan Bourscheidt

          Se você quer ver um podcast que hateia o filme tem o MRG, com o Beto estrada.

          Obs: nem sou fã do rapadura.

  • José

    Eu gosto do Afonso, mas tem hora que ele é chato pra caralho, parece que ele quer avacalhar com o filme a qualquer custo, filme é no minimo um 7/10.

    • RfxJunior

      Esse Affonso é um tremendo babaca. Eu parei de ouvir o MRG por que ele vem ficando cada vez mais tosco.

    • Paulo Stéffano

      Afonso é um cara muito antipático, nem carisma pra sustentar isso ele tem, é um cara forçado.

    • Hoxton Hoxworth

      Discordo, o filme é 5/10 na melhor das situações. Parece que o cara se torna antipático ou sem carisma só por falar o que tem que ser dito sobre uma obra medíocre.

  • Cleber Gio

    Um filme desse ter uma continuação é um grande desserviço ao cinema. O filme pode ser pagar e vai ser ótimo para os fãs do jogo terem seus DVDs em casa e ficarem rindo sozinhos dos “easter eggs” perdidos, mas se assim como com Need For Speed os asiáticos garantirem uma continuação disso, será inexplicável.
    Fora tudo que se falou no podcast (e me admira um filme onde se acha tantos defeitos eles ainda conseguirem das notas tão altas), exceto pelos Osrcs especificamente, o filme tem efeitos visuais ruins, existem cenas de interação com fundo verde no nível de 10 Mandamentos da Record de tão artificiais, e a edição é péssima, toda a vez que uma cena engrena é cortada bruscamente ou pior, às vezes deixa a impressão de já ter terminado e não ter sido cortada… Aí que entra o ponto principal, muito tem se falado sobre o carinho do Duncan Jones pelo projeto, fã para fã, fez tudo que a galera queria e etc… muito legal… mas olhando friamente, como diretor mesmo, ele faz um trabalho muito ruim nesse filme...
    Gostaria muito de entrar na torcida pelo Warcraft, ele não chega a ser um Dragon Ball Evolution (até porque é fiel e respeitoso com os fãs), mas se é pra funcionar só pra eles, boa sorte com a vaquinha para financiar o segundo (o que seria uma iniciativa bem válida, inclusive).

  • Daniel Spacof

    Adorei o cast, este filme realmente foi feito 100% feito para fãs, por isso há essa diferença tão grande das opiniões deste filme. Concordo com as criticas, e espero muito que este filme dê o dinheiro suficiente para que tenha uma continuação, pois tem muita história boa para ser contata.
    Tudo o que acho sobre este filme eu falei neste review que postei em meu canal:
    https://youtu.be/rsXcQHd2DN8
    Vamos torcer para que as continuação, se houverem, sejam melhores para quem não é fã.

  • Enderson Araújo

    Cara… As vezes o Solano se esforça ao máximo para se confirmar como um dos caras mais chatos da Podosfera. Eu pessoalmente gosto de suas participações mas, tem hora que ele força a barra pra depreciar as coisas gratuitamente. Adorei o filme. Acho qua as críticas, de modo geral, estão muito
    antiquadas e presas na comparação com O Senhor dos Anéis. Como adaptação
    de Game, achei Warcraft um dos melhores produtos em décadas nesse
    quesito. Sim, existem algumas falhas, mas nada que desfaça a incrível
    experiência de ver essa, tão rica história, contada de forma competente e
    emocionante nos cinemas. Efeitos visuais, design e figurinos impecáveis. Para mim é 8/10.

  • Deivi Pazos

    Carlos Voltor , excelente aquisição , espero que se torne um componente fixo da equipe Rapaduriana!

  • Jackson Eduardo Homma

    Como fã de Warcraft adorei o filme, reconheço erros e defeitos no filme, mas não acho que comprometam a diversão proporcionada, e é isso que o filme se propôs a fazer, divertir, expor o mundo de Warcraft para outra mídia além do computador.

    O Affonso me pareceu ter visto o filme com uma expectativa negativa, como que querendo que ele fosse ruim, sua implicância chegou a me incomodar enquanto ouvia o cast.
    Não há como comparar o Senhor dos Anéis com Warcraft, são mundos diferentes, com cores diferentes, a Terra-Média sendo muito mais séria e Azeroth galhofa, só compartilham o tema de fantasia.

    Não vejo como poderiam introduzir todos os temas em um único filme de duração razoável, seria como adaptar o Silmarillion para o cinema, é impossível explicar tudo em apenas um filme.

    Dizer que os primeiros jogos não tinham história é errado, realmente a história ingame era breve (principalmente no primeiro), mas como era comum nos jogos de pc da época os Manuais sempre traziam mais conteúdo.

    Voltando ao filme, realmente os humanos deixam a desejar e o romance é desnecessário, e que bizarra a maquiagem da Garona, coitada da Paula Patton não conseguia nem falar direito. Achei os orcs muito melhor desenvolvidos e que cuidado visual que eles tiveram! Gostei muito dos efeitos especiais e nas cenas de batalha eu me senti dentro dos jogos, fantástico ver como transpuseram as cinemáticas dos jogos para o cinema.

    Mas como o Jurandir falou no cast me senti como quando um fã de quadrinhos vê seu herói favorito transportado para as telas, ver um filme de Warcraft sempre foi um sonho e isso foi realizado de forma competente. (Tinha medo que viesse algo do gênero Dungeons and Dragons/Uwe Boll da vida)

    Como fã dou 10, como filme para divertir uns 7 ou 8..

  • NapoliThanos

    A edição desse filme é bem estranha, parece que em vários momentos eles cortaram bem na hora que alguém ia falar. E o filme foi dando muita informação daquele universo que aposto que deixou muita gente confusa (como foi o meu caso). Nem o Borgo gostou de tanto fã service que tinha nesse filme huahua

  • Renato Santos

    Cara, nunca joguei warcraft e fui ver o filme hoje, faz 1 hora q acabou, o que posso dizer? O filme é muito bom, eu ouvi criticos no youtube, até pessoas q considero muito a opinião, só que não teve jeito, o filme me surpreendeu, ele vale demais ser visto, é bem feito , é bem acabado, dá margem pra continuação mas ele termina nele mesmo, fizeram isso bem.
    pontos dos críticos :
    O filme é apressado demais e não desenvolve os personagens—- Não achei, não fui buscando comparações nem parâmetros como o jogo ou outros filmes de fantasia, ele se deu no tempo certo, acho q seria muito ruim se ele fosse lento demais , contando mais sobre os personagens e deixasse outras coisas pra continuação, mas E SE não tivesse? e se o filme não desse grana e deixasse a galera na mão? pra mim ele acertou no ritmo sim. nao é perfeito , mas acertou.

    Comparações com Senhor dos anéis — NÃO, DEFITIVAMENTE não senti em momento nenhum ele querer ser, imitar ou algo assim, eu entrei no universo do proprio filme , não fiquei buscando referencias do SdA, não fiquei comparando anões, elfos, orcs, será q é pedir demais q os criticos vejam algo por si só? pra que ficar buscando comparações?

    Aragorn genérico — NÃO, o cara la´não é um aragorn generico, desde quando aragorn virou ícone para comparações? só pq o cara tem barba? pq ele luta? uma pá de cara lá tem barba e luta, eles não se parecem, nem na historia, nem no jeito de agir, o protagonista de warcraft é mais briguento, cabeça quente, tem uma história mais pesada, acontecem coisas com ele pesadas no filme, aragorn era velho (muito velho) tinha outra cabeça, outra atitude, atitude de rei mesmo , o q o de warcraft não demonstra e nem quer ser.

    VÃO VER O FILME , de preferencia no Imax, vejam a grandiosidade e pq ele tem feito sucesso de publico, esqueçam comparaçoes e criticas, é um filme nota 8,5 tranquilo..

  • Renato Santos

    CARACA aos 0:27 o jurandir falou o mesmo q eu disse abaixo sobre a escolha de fazer um filme sem saber se ia ter sequencia. Realmente o solano tá foda nesse cast. nível mauricio.

  • Thiago Higashi

    Achei Foda. Não sou fã e nunca serei, quando vi o trailer misturando cg absurdo com live action achei péssimo, fui ver sem esperança alguma e me surpreendi muito, me deu mais gosto de ver do que as sequências de Hobbit. Me surpreendeu com os mundos e as relações do vilão e dos orca entre si. Valeu 100% o ingresso.

  • Kojiro Ruega

    Affonso chato pra c@ralho!

  • Cavalo Festeiro

    Sinceramente, ultimamente tenho detestado as participações do Affonso Solano na maioria dos cast que ele participa… Tudo pra ele é ruim, é péssimo. Tem sempre que desgostar de tudo. Nada pra ele é bom… Tá chato! Eu e minha namorada, nunca jogamos o jogo e achamos o filme muito foda, saímos da sessão debatendo como poderia se desenrolar os proximos filmes e as pontas soltas… Quando um filme é bom, causa isso e na sessão que eu fui, todo mundo saiu empolgado e discutindo sobre esse novo universo pra grande maioria…

    • Marlos PS

      Concordo plenamente. Eu não conhecia nada do Lore e curti e entendi o filme. Sou contra essa coisa de tudo tem que ser explicado. Gosto de descobrindo aos poucos.

    • RfxJunior

      Eu desisti dele. Não vou ouvir cast com o Solano mais. Ele ta muito otário ultimamente. Está atrapalhando mais que acrescentando.

  • Tiago Cardozo Costa

    Era necessário o Afonso Solano nesse cast? Rapadura perdendo credibilidades.

  • Filipe Bortoletto

    Argumento do Afonso é inútil não justifica falar que o filme é ruim apenas porque ele não apresenta os personagens e o universo de forma mastigada para quem não conhece o jogo, quem disse que o objetivo do filme era cativar “civis” isso foi algo que realmente não da pra engolir, é birrinha, querer achar pelo em ovo.

  • Filipe Bortoletto

    Depois de BvS deixei de ouvir muito podcast por ai… inclusive o MRG, o ódiozinho contra o filme foi ridículo.

    • Raz

      O mrg eu deixei de ouvir desde de star wars o despertar da força.

  • Lucas Magalhães

    Gostei bastante do filme. Me surpreendi em vários aspectos e confesso que decidi voltar a jogar para conhecer melhor a história.
    Mesmo odiando o romance da Garona com o Lothar e a atuação do Ragnar – pra mim ele é o Ragnar e pronto – acho que da pra relevar.
    8/10

  • Johnny_Gomes

    Não sei vocês, mas fui assistir no cinema e dou suporte ao filme, só porque quero ver Diablo na telona…esse seria INSANO!

  • Paulo Silva

    Nunca joguei e achei o filme péssimo, pior que BvS.

    • Renato Santos

      deve ser horrivel ser vc.

      • Paulo Silva

        Pior que BvS

  • Tiago Cardozo Costa

    Tinha necessidade do Afonso nesse cast?

  • Adoro o Affonso mas ele anda cada vez mais chato e a opinião dele com esse filme foi o extremo.
    É um filme feito para fãs sim mas que agrada e desagrada os dois tipos de público em iguais medidas:
    Os fãs ele desagrada nas mudanças que fez na lore do jogo e nas coisas que abriu mão de contar ou deixou de fora no corte e os não fãs ele desagrada porque a pessoa assiste e deixa de entender muita coisa porque eles partem do principio que a pessoa entende ou sabe ou conhece o que está acontecendo e não desenvolve o personagem ou apresenta o background dele apropriadamente e isso foi feito com todo mundo.
    É um filme legal, não é excelente, e se não conseguir ter uma sequência vai fazer sentido.
    E por último, sobre vocês dizerem que esperam a Blizzard ter um envolvimento maior numa possivel sequência para “fazer direito e/ou melhor”: o ROTEIRISTA foi o Chris Metzen, só o cara que criou todo o lore de praticamente todos os jogos da Blizzard. Mais envolvimento que isso só se eles produzirem 100% o filme, sem envolvimento de um estúdio por que, se existe alguma reclamação em relação especificamente ao roteiro, é “culpa” de quem inventou a parada…

    • Leonardo Carlim

      Amigo, é dificil…a internet ta cheia de especialistas que não sabem do que tão falando.

  • Já ia fazer textão, mas felizmente o público falou por mim, eu gosto, conheço um pouco o mundo de warcraft, me considero fã, mas dizer que é filme de sessão da tarde é de forçar a barra.
    O filme tem problemas com interpretação, com certeza, mas não apaga todas as coisas boas que o filme proporciona, adorei o filme é vou assistir de novo.
    E o Affonso, gosto dele e tal, e concordo com muitos pontos, mas senti q ele não quis dar o braço a torcer, e acha defeito onde não tem.

  • Fernando Gustavo Abinader Dutr

    O foda do Affonso é que ele tem certeza que entende de construção de história, porém isso não é verdade. Não consegui, na obra dele(espadachim de carvão) me encantar com o Adapak, por isso não consegui terminar. Não me cativou.

    Todas as observações dele foram contestadas com bons argumentos pelos outros participantes, mas não deu o braço a torcer. Me pareceu uma opinião altamente subjetiva. Aí ele vem me falar que é fã? fala sério!!!Isso no mínimo é desonestidade. Sempre acompanhei o MRG e ele nunca falou nada sobre ser fã enquanto o Didi e Roberto sempre falaram que eram fãs e jogavam os jogos.

    Meu problema com filme é que ele tentou ser épico logo de cara. Ele poderia ter começado com um escopo menor e gradualmente aumentando o escopo da história. A cada filme aumentaria epicidade da trilogia.

    Ainda sim, a construção dos personagens, a meu ver, foi boa, deu peso ao rei na importância para seu povo e ele, em retribuição, se expõe para salvar a sua população.

    Durotan, Orgrim, Khadghar, Gul’dan foram bem construídos, mostraram carga dramatica muito boa.

    Já o Lothar, Garona e Blackhand tiveram uma construção medíocre no real sentido da palavra.

    Para mim, o filme é um 8.5 de 10. Não é uma obra de arte, porém está longe de ser um filme fraco. Para um primeiro filme do universo, acho que foi de bom tamanho. Torço agora para que a Blizzard e Universal insistam em fazer o segundo filme.

    • Renato Santos

      vc falou q o filme deveria crescer a cada filme , só que não dá pra planejar sequencias sem saber se o filme vai dar lucro, por isso o filme acertou em ser feito do jeito q foi, o q matou foi o corte de 40 minutos q por mim, caberia sim na tela.

  • thiagoborba

    kkkk
    o Solano se esquece, que o filme tem um limite de orçamento, tb queria humanos estilizados no filme, mas pegar essa besteira e sempre repetir chega a ser irritante.
    Mas a historia do filme,deveria ser mais básica, parece, no fim, um filme já com o universo já exposto e explicado e fiquei triste, pq do meio pro fim, o filme se acelera de uma forma estranha

  • Erudito

    Gostei muito do filme.

    O que todo mundo faz de melhor é ignorar essa critica toda e ir assistir o filme tranquilo, realmente eles pensaram nos fãs. As mudanças com relação a historia achei bem justificadas (desnecessário dizer que eram mudanças bem previsíveis de acontecer, se tratando de uma adaptação). Um outro ponto forte são as referências, são tantas que só assistindo mais de uma vez para assimilar.

    Os efeitos são um detalhe a parte, as magias são muito bem detalhadas e criveis, as paisagens são de encher os olhos (até as espécies das árvores estão fieis ao jogo) e os orcs, ah os orcs !! Que trabalho de captura de expressões faciais incrível.

    Apenas uma palavra me incomodou de fato A tal da tradução de Fel para ~Vileza~

    Por fim, Solano … melhore, ta ficando feio já.

  • Olha, eu gostei de terem tantos participantes que são fãs ávidos de Warcraft. Ficou bem nítido a paizão que vocês tem pela série e que conhecem bem o lore.

    Mas sinto que faltou alguém que não manja nada de Warcraft para dar suas considerações ao filme. Porque vocês ficaram martelando tanto que o filme é algo exclusivo para fã, quando eu, que não conheço Warcraft aprofundadamente, saí do cinema muito satisfeito. Me diverti e entendi bem qual era problemática em questão. Inclusive, assimilei com muita facilidade os nomes dos locais e personagens do que a gigantesca Terra Média de Tolkien quando vi A Sociedade do Anel.

    E eu curti a resolução do filme. Ele fecha alguns pontos e deixa em aberto para darem continuidade.

    Foi um filme muito bom e torço que eles consigam bancar a trilogia que almejam.

    • Marlos PS

      perfeito !!! faltou alguem que não manje nada pra fazer o contra ponto. Oque ficou sem explicação so fez falta pra quem conhece…

  • Bruno Moreira

    a trilha sonora desse filme e do caralho.

  • Felipe Borba

    Nunca joguei Warcraft, não sou um profundo conhecedor do universo e tal. No filme, me perdi um pouco no começo mas no final acabei me divertindo e tendo uma experiencia positiva. Daria uma nota 8/10 e to querendo ver mais uma vez

  • Patrick Ribeiro

    Cara, esse podcast foi um dos melhores que eu ouvi, exatamente por vocês não terem feito igual a 90% da internet e malhado o filme de cabo a rabo, Concordo totalmente com o Jurandir em ser um pouquinho egoísta. Acredito vão ter continuações sim. Eu dei 9/10 pro filme, pois sou fã, obviamente.

    • Renato Santos

      o filme vai ter continuação sim, tem bilheteria a rodo já.

  • Lucas Dias

    Um filme que faz bem a “mesclagem” de idiomas é o “13º guerreiro”

  • Raz

    Primeiro acho injusto comparar com avatar e senhor dos anéis, filmes que tem 3 horas de duração e tempo suficiente pra desenvolver estória.

    Acho o filme corrido e a pior falha dele ao meu ver foi terem cortado 40 minutos de filme, nem vou entrar no mérito de quem foi a culpa se foi diretor ou produtor pq não sei como funciona esses acordos.

    A nota foi 7 e digo mais, o filme melhora demais na segunda vez que assiste! Muito mais divertido.

    Agora um ponto que não dá pra deixar de falar.
    Eu até ia reclamar do Affonso, mas na boa fiquei com pena, mas muita pena mesmo. Deve ser horrível não se divertir com nada e ficar preso no seu mundo imaginário como referência.
    Affonsinho tem que saber diferenciar ser critico com amargura, pq reclamar de 1 ponto ou outro ok, mas ficar reclamando de quase tudo e ficar procurando pelo em ovo é coisa de fãboy.
    Sério tem coisas que ele reclamou do filme que não faz muito sentido, o interesse da garona em lothar só surgiu depois que ela o viu em combate, ela fala que admira ele como guerreiro pq ele é um lider forte pro medivh.
    A atuação pode não ter sido boa, mas a construção no roteiro estava lá.
    E olha que esse é só um dos pontos de que reclamou, mas que estava lá.
    É o tipico caso de quem foi no cinema, estava de saco cheio com o que estava vendo e ficou de má vontade só fixando nos defeito ao invés de se divertir.
    É muito triste mesmo ver um grande cara como ele ficar tão amargurado, que pena.

    • Gustavo Teller

      Didi Braguinha já disse em algum MRG q ficava triste pelo Beto e pelo Affonso porque achava que ele ia ao cinema e se divertia 10x mais que os dois, que só procuravam defeitos nos filmes. Se me lembro bem foi no MRG do Batman vs Superman.

    • Renato Santos

      Fico pensando na reação dele ao ver algum dia seu livro espadachim de carvão adaptado e a galera metendo pau, será q ele vai fazer um filme épico, se metendo na produção ou vai ficar só olhando pq não é assim q funciona?

  • Marlos PS

    As partes que não foram explicadas so fizeram falta pra quem conhece. Faltou alguem no cast que não conhecesse nada da historia pra fazer o contra ponto. Eu sou gamer e nunca joguei WoW. E entendi a historia e sou contra essa coisa de ter de explicar tudo… Melhor é ir descobrindo aos poucos. Gosto muito do Affonso mas esse lance de paladino da boa escrita as vezes enche o saco. Nem eu que sou “Catedratico” faço isso… rsrsrs

  • RfxJunior

    Está decidido. Episódios com o Affonso Solano eu irei pular. Chato pra caralho, ta loco.

  • @ogovernador

    Nota 6/10 (não joguei nenhum título da franquia).

    Computação incrível, cenários, orcs, armaduras, batalhas. Atuações ok na maioria. História atropelada, clichê em alguns pontos e coisas sem nenhuma explicação. Humanos genéricos e pessimamente desenvolvidos, os orcs pareciam mais críveis que eles. Mesmo com tudo isso acho que vale uma sequência ainda mais que o filme não teve conclusão. Me deixou com vontade de jogar Warcraft.

    Fico imaginando como vai ser o filme do Witcher… Se vão focar só no cenário e esquecer de explicar a história para o público geral.

  • Marcelo Luiz

    Ainda não ouvi o programa porque não ver o filme, mas fiquei indignado que aqui em São Paulo tem poucos sessões com o filme, agora nessa semana só tem sessões com horário na faixa das 13h e 14h o que dificulta para quem trabalha ver

  • Estranho pessoal criticando o Solano só por discordar do fato dele ter odiado o filme(tem que ver a opinião do beto estrada), pow, não da pra falar que realmente, tiveram muitos furos, e coisas jogadas ali, talvez por falta de tempo ou desleixo, não sei. Embora eu tenha gostado do filme, e dei 7/10, pq o mundo esteticamente ficou muito bom(fora aquele capacete do Rei Preacher(pqp q tosco), e outros atributos dentro da própria historia. Mas não matem alguém que não gostar, ainda mais esse sendo fã e tendo sua experiencia no background original.

    • Raz

      Beto e M**** caindo na latrina é a mesma coisa.
      Nem importa o que esse escroto acha de nada, mas o Affonso é diferente o cara é muito gente boa que ultimamente só sabe reclamar de tudo, é bvs, star wars 7, preacher, warcraft e arrisco a dizer que só não assumiu ter odiado cw pq a modinha é defender a disney.
      Por isso que da dó, ele é um cara querido pela galera.

  • Ricardo Saraiva

    O Affonso criticou esse filme mas gosta de Battleship. I rest my case.

  • Alexandre Werther

    Eu curti bastante o filme, achei um 8/10 , tem seus problemas mas achei que no geral foi bem bacana, acho que nesse programa o Affonso não foi muito feliz… Enfim… Senti falta da participação do PH que antes do filme demonstrava querer apoiar o projeto. Abs pra todos! 🙂

  • Gustavo Calastro

    Melhor que Batman Vs Superman, (polêmica plantada, vlw, flw)

  • Affonso e Carlos Voltor. O Filme já passou de 379 milhões no mundo.
    http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=warcraft.htm

    Já dobrou o budget gasto…

    Que venha o próximo.

  • Heider Mesquita

    04/10

    Faltou o Beto ai nesse cast pra botar ordem UHAUHAUH

  • Maicon

    caralho afonso, tira um pouco desse monóculo… que asco…

  • Nikolas Eduardo Ruduit

    Pessoal do Rapaduracast, gostei muito desse podcast, gostaria de fazer uma sugestão para um rapaduracast de franquia, gostaria que fizessem um episódio sobre “TROPAS ESTELARES “, sei que são filmes “velhos”, e talvez grande parte do público jovem não faça menor ideia do que isso seja, porém são filmes legais com uma temática interessante, gostaria muito de um rapaduracast sobre isso…

  • Marcelo Nunes Costa

    Esperava mais

  • Breno Castro

    Gosto muito do Affonso Solano, mas ele exagerou em ser chato nesse episódio.

  • Rodrigo Petarli Brandão

    Jurandir parece que não joga tanto assim WoW como diz. Não sabe nem que o level máximo não é mais 90 e sim 100. Também disse que se um cara de level 40 levar um amigo de level 5 pra uma quest alta, que o cara de level 5 uparia rápido, mas isso não acontece. Também não lembrava o nome de Goldshire entre outras coisas.

  • Foi falado um monte de besteira, NUNCA joguei os jogos, nem sei como é. Mas eu adorei o filme e espero ver a continuação da história. ENTENDI como funciona esse universo e não é fraco, como diz o Solano. Mas a opinião e o entendimento depende de cada pessoa.

  • Depois de uns goles de café, nego percebe que o filme não é tão ruizinho. . . .

  • Adriano

    Nunca joguei Warcraft, mas adorei o filme.
    Já estou com vontade de assistir novamente.

  • Bruno Ribeiro-76ers

    Nunca joguei Warcraft, WOW ou Dota, e nunca vou jogar por não ser fã desse gênero, mas tinha muita expectativa para ver esse filme, e digo que não foi correspondida totalmente… É um bom filme para se assistir quando não estiver com muitas opções na TV ou netflix mas nada que te faça parar pra ver, quando estiver com outras opções… Gostei muito dos personagens Lothar e do orc Durotan, mas não gostei do seu desfecho e achei muito rápido a luta entre Lothar e Blackhand. A história, achei um pouco rasa. Pra mim um filme nota 7,0 e espero que tenha algumas continuações, é sempre bom ter filmes adaptação de games.

  • Francesca A

    tentei escutar e entendi nada. não sou jogadora do game e nem assisti ao filme. vou ter que fazer um dos dois pra entender o cast. Ricardei o RapaduraCast 471