sábado, 08 de agosto de 2015

RapaduraCast 433
Existe um excesso de filmes dublados e em 3D?

Por que os filmes dublados estão dominando os cinemas?

Aperte o Play para começar o RapaduraCast Aperte o para começar o RapaduraCast

1x 1.5x 2x
0:00:00

Uma das reclamações mais recorrentes dos ouvintes e dos próprios participantes do RapaduraCast é sobre o excesso de filmes dublados e em 3D nos cinemas. O que está acontecendo? Será que quem prefere assistir um filme legendado é minoria? Quem são os responsáveis pela mudança de hábito dos cinéfilos? Nessa edição estreamos o RapaduraZap, onde colocamos mensagens de voz dos ouvintes para que a quantidade de opiniões seja extremamente variada e representativa. Ouça e opine!

|| PARTICIPANTES

Jurandir Filho, Raphael SantosThiago Siqueira e Wilker Medeiros

|| LINKS RELACIONADOS AO PROGRAMA
[IMAGEM] Pesquisa de 2012 sobre preferência entre dublado e legendado
[IMAGEM] Pesquisa de 2012 sobre a frequência de idas ao cinema

|| RAPADURAZAP | WHATSAPP DO RAPADURACAST
Adicione agora: (85) 999 335 662

|| QUER SABER AS MÚSICAS TOCADAS?
Siga a playlist do RapaduraCast no Spotify

|| ASSINE O RAPADURACAST
iTunes: Tem iPhone/iPad/Mac? Adiciona aí!
Android/WindowsPhone: Esse link é o do feed/rss do sucesso!

|| NOSSOS CONTATOS
Youtube: RapaduraTV
Instagram
: @cinemacomrapadura
Twitter: @rapadura
Facebook: /cinemacomrapadura
E-mail: rapaduracast@cinemacomrapadura.com.br

Compartilhe

Participantes

Jurandir Filho
Jurandir Filho
@jurandirfilho
Raphael Santos
Raphael Santos
@phsantos
Thiago Siqueira
Thiago Siqueira
@ThiagoSiQueiraF
Wilker Medeiros
Wilker Medeiros
@willtage

Ouça Também


  • Filipe Dos Santos

    Sim existe, porem no caso do 3D é uma maneira artificial do cinema nos forçar a ver um filme pagando mais caro, e no caso de filmes dublado é porque esse é o habito do Brasileiro, se o Cinema enche suas salas de filmes dublado e uma ou outra legendada, é porque sabem que é a melhor maneira de faturar com o publico que ela tem…

    Não foi o cinema que mudou o habito do publico, o cinema só se adequou ao que o povo mais queria

  • Filipe Camêlo

    Existe um excesso sim. Como citou o Filipe dos Santos, “o 3D é uma maneira artificial do cinema nos forçar a ver um filme pagando mais caro”. Já com relação a dublagem, o brasileiro está acostumado a mordomia da TV, de ter tudo dublado ali, além do fato da preguiça de ler.

    Aqui onde moro 99,5% dos filmes exibidos, nas 8 salas disponíveis, são dublados, às vezes colocam apenas uma sessão de um determinado filme legendado, e ainda colocam essa sessão começando às 22h, 22h30, ou seja, em um horário que não vai ter quase ninguém para assistir.

    A dublagem brasileira não é de todo ruim, mas há coisas que me incomodam muito nela, e nem me refiro ao fato de usarem globais nas dublagens (fato que estraga muito um filme), me refiro mesmo é a falta de tempo para se fazer uma boa dublagem, pois são muitos filmes chegando ao mesmo tempo, e poucos dubladores para dar conta do recado, então em muitos casos o dublador não tem um tempo suficiente para se preparar para dublar.

    Já deixei de conferir muitos filmes nos cinemas da minha cidade pelo simples fato de ser dublado, preferindo ir para outra cidade ver legendado, ou esperar o lançamento em home vídeo.

  • Diogo Gosch

    Jurandir gostou do Alvaro de Lages hein? Duas vezes o audio dele hahaha

    • Corrigi o arquivo já! Foi um pequeno erro de uma edição concluída na madrugada sonolenta. Hahahah!

      • Agora eu tenho um arquivo raro do Rapaduracast então? Vou guardar, hahahahaha.

  • Diego

    A minha principal critica é o lance do 3D, todos os filmes estão em 3D ate dragon ball z eles me forcaram a ver em 3D

    • Viny Machado

      Isso aí é só pra arrecadar mais dinheiro…. Também passei por isso…

    • Foda pra quem já usa óculos, dai tem que colocar um oculos em cima do outro, é uma tremenda merda.

  • PsicoHélder Soúlima

    Olha a treta vindo!!Se mexer demais vai feder.

  • henrique assuncao

    não assisti o homem formiga aqui em fortaleza por causa disso

    • O mesmo aqui, e eu quase deixei de ver Mad Max Fury Road.

    • Tatiane De Oliveira Hirose

      Aqui nós pressionamos o cinema local, pedindo por cópia legendada do Homem-Formiga em 2D nas redes sociais, e eles fizeram uma sessão! A galera adorou!

      • henrique assuncao

        Pelo menos o M.I 5 chegou legendado 2D /

  • Kainã Raimundo

    Eu comecei uma campanha na minha cidade para todos mandarem e-mail para o cinema e pedirem Homem-Formiga legendado. E não deu outra, colocaram. Mas acho isso meio descaso, ninguém ta pedindo para eliminar os filmes dublados, só dar a opção de ver legendado. No minimo!

    • Viny Machado

      Na minha cidade, não consegui assistir o filme pois só tem dublado 🙁

    • Colocaram, mas e aí? A galera foi assistir ou não? Não quero ser rude, embora vá parecer bem grosso o que vou dizer, mas só você e seus amigos próximos não farão muita diferença.

      • Kainã Raimundo

        Eu tenho uma página sobre cinema com uma boa quantidade de pessoas, e eu movi todas elas para isso. A sala legendada lotou, então acho que funcionou. E melhoraram a qualidade tbm.

  • Marcelo Abdul

    Depois da popularização do 3D com o filme Avatar todo filme blockbuster ou animação aqui no Brasil vem com a obrigação de ter em sua maioria filmes que nos obrigam a usar esses malditos óculos. Já estou me recusando a ver um filme ao saber só existem salas sem ser 3D para determinada película. Se existem, estão taticamente longe das regiões centrais e mais populares aqui em São Paulo. Deveria existir um equilibrio maior entre as salas porque passada a “novidade” esses óculos já estão dando no saco. Na verdade um estelionato já que a grande maioria dos filmes não usam o efeito 3D só ocorrendo a conversão. Quanto aos filmes dublados eu sempre preferi o som original. A dublagem corta isso e estraga a experiência do filme. Porém entendo que o mercado se adequa ao público. Porém deveria existir um maior equilíbrio. Não a desigualdade gritante que vemos hoje.

  • Tarcisio Silva

    Impossivel fazer o download do cast no primeiro dia

  • Jorge Torres

    Moro em Porto Alegre, oque eu noto por aqui é que em zonas mais nobres existem mais filmes legendados, porémos filmes em 3d são quase que empurrados guela a baixo. Já na região metropolitana, não se tem tantos filmes 3d mas só se encontra filmes dublados. Então me obrigo a assistir vários filmes em 3D, muitas vezes nao vejo mais que 2 ou 3 tomadas em 3d, oque me deixa frustrado, afinal de contas estou pagando caro pra ficar com um óculos desconfortável e não receber nada em troca… Que os donos de cinema deem mais respeito aos seus clientes.
    Olha meus parabéns pelo trabalho de vocês aqui do cinemacomrapadura, abraço.

  • Olha sinceramente estou achando alguns ouvintes do Cinema com Rapadura babacas falando a respeito de filmes dublado, “Quem gosta de cinema de verdade querem ver filmes legendados.”, por favor! Eu prefiro mil vezes assistir um filme dublado, para ter toda a experiência do cinema e não ter que prestar filme com legendas minusculas ainda por cima, só porque eu assisto filmes dublados quer dizer que entendo menos de cinema?

    Até o momento que estou ouvindo o podcast (45min), não teve quase nenhuma mensagem á respeito de estar ao lado da dublagem, claro que a falta de opção é algo que é interessante, agora “menosprezar” quem assiste filme dublado é complicado, não sei se menosprezar foi a palavra correta. Continuem com o ótimo trabalho, muitos ouvintes foram infelizes com algumas declarações nesse cast.

    Teve momentos que dava raiva de ouvir, porém, tanto o Juras quanto o restante dos participantes protegia a dublagem e eram a favor da opção de escolha.

    • feija

      concordo com vc meu rapaz

      • Não sei se foi sarcasmo (sou meio o Sheldon, não consigo identificar sarcasmo. kkk), mas obrigado, achei que faltou áudios que falassem dos dois lados.

    • Kainã Raimundo

      Mas o dublado está dominando tudo, as pessoas que assistem não estão sendo menosprezadas e sim que prefere o legendado. Eu não digo que quem vê dublado não entende de cinema, as pessoas são diferentes, cada um escolhe o melhor para si. Mas o fato é que é necessário que as pessoas possam escolher a qual estilo querem ver.

      • Eu acho que precisa sim ter a opção só achei algumas citações de ouvintes no cast um tanto quanto infelizes, por exemplo, eu não vejo filmes legendados no cinema e dificilmente vejo legendado na televisão quando passa em algum canal, quando tem filmes que não quero ver filme no cinema, eu tenho que ver legendado pelo fato de não ter as duas opções no torrent. XD

        • Paulo Roberto Galliac

          Preguiça de ler e falta do hábito de leitura. Eu tenho certeza!

    • Jerry Bolado

      As vezes a dublagem até melhora a atuação medíocre de alguns atores. Eu não consigo ver filmes asiáticos legendados por exemplo. Por isso eu sou pior que os outros ? Claro que não, apenas gostos diferentes. Até prefiro assistir no áudio original, mas gosto de boas dublagens.

    • Impossível obter toda experiencia do cinema com filmes dublados.

      A dublagem capa o áudio do filme. Desnivelam o som do filme. Geralmente deixam o áudio dos dubladores num volume maior do que seria da fala original dos atores e diminuem o volume dos outros canais de áudio, dos efeitos, trilhas, ambientes, etc,

      Acho que dá para captar tudo que se passa na tela, mesmo lendo legenda. mas é um questão de hábito e pratica. Quem vai muito esporadicamente ao cinema realmente demora um pouco para ter imersão num filme legendado. Assim como, quem não tem prática de leitura, vai ter dificuldade de ler em qualquer mídia escrita.

      Mas em todo caso mesmo você tendo razão quanto a legenda, não se pode afirmar que com dublagem está garantida uma experiencia plena de cinema.

      • Paulo Sérgio

        Serjo, respeito a sua opinião mas tem muita diferença para viver toda experiência.. Vou dar um exemplo.. o ator que interpretou o Coringa do último Batman, cada nuance do personagem, cada trejeito foi exaustivamente estudado, o ator levou meses para levar na tela aquele personagem para que um dublador consiga fazer isto em semanas… tem diferença…. Mas o ideal é que haja oportunidades para todos e hoje está predominando a dublagem em relação a legendagem..

        • Vagner

          Sabe qual o real problema disso? Nivelar por baixo. Você falou das nuances, dos trejeitos, mas se esqueceu de um detalhe importantíssimo: a voz. Por mais q os dubladores tentem, eles não vão ter a mesma capacidade de interpretação. Além disso, cada língua tem suas próprias particularidades: tente traduzir “serendipity” para o português. Não há tradução que caiba na dublagem. Para você ter experiência completa, você precisa sim ser capaz de ouvir e compreender as falas na língua em que foram produzidas. Embora faça parte do currículo obrigatório, os alunos saem da escola sem noções básicas de inglês. E se uma pessoa não consegue compreender inglês, ou pior, ler a legenda e acompanhar a cena ao mesmo tempo, dificilmente ela terá capacidade intelectual de entender todas as nuances e trejeitos de um personagem… Mas o mundo agora é assim: não é você que se adapta, tudo deve ser adaptado de acordo com as incapacidades e falhas, caso contrário se cai no “politicamente incorreto”.

    • Erich Bragança

      No inicio é assim, agora eu vejo tanta coisa legendada que eu nem percebo que estou lendo. E com o tempo vc vai acostumando tanto que muitas falas não precisam nem ser lidas 🙂

    • Quem quer ver sessão dublada, tem todo o seu direito, e isso não diminui a pessoa, acho errado menosprezar. Mas eu fico bolado é com os cinemas que simplesmente cagam pra quem prefere ver uma sessão legendada.

      • Cancerígeno Shumy

        mas é simples, quando há a sessão de um vingadores 2, por exemplo, dublado a sala enche. e quando anunciam que não tem mais sessão para a versão dublada, restando a legendada….a maioria vai ver outro filme ou desiste para ver outro dia.

    • Wilker Medeiros

      Luiz Felipe, acho que a gente fez questão de frisar o quanto somos fãs da dublagem nacional, e os motivos pelos quais optamos em querer conferir o troço no áudio original. É como falamos: pode ter até a maior porcentagem dublada, mas reserve pelo menos um espaço para algumas sessões legendadas. Acho que não é pedir muito. Abraçaço, dude!

    • Keyser Söze

      Cara, eu te entendo, mas vou ser bem sincero, se você realmente é apaixonado pela sétima arte, estude inglês e não dependa da legenda.
      De tanto assistir séries e filmes legendados hoje estou quase fluente, as vezes fico até com preguiça de baixar legenda em inglês que normalmente uso e vejo sem legenda.

      Essa é a opinião de um cara que quando não manjava de inglês realmente odiava a ficar olhando pra baixo.
      Você perde piada, referencias, gírias, sotaques regionais e o mais importante que é a voz original do ator e da sua atuação.
      Se você realmente ama o cinema estude inglês e use a legenda apenas pra ler uma palavra perdida se não você vai perder muita mas muita coisa.

      • William Blake

        Assino em baixo, Soze. Eu, hoje falo fluentemente inglês muito por conta desse fator, e com isso sempre dei sugestão pra muita gente, veja filme,series,etc. em ingles se possível,você só tem a ganhar, e melhora seu inglês. Mas ninguem quer…”é que eu gosto de prestar atenção no filme”. Alguns que dizem isso, nem prestam atenção vendo dublado…estão fazendo outra coisa…

        Justo ver gente querendo dublado, é de direito. Mas aprendi tanto vendo no original, e tambem melhorei meu portugues lendo as legendas. É uma experiencia rica, de 4 anos pra cá, sei bastante de ingles. Só melhorei a minha lingua e meu conhecimento cultural.

    • Ricardo Oliveira

      Não vi menosprezo, mas vou falar por mim, eu prefiro muito mais os filmes como áudio original, até porque já fui ator durante alguns anos, eu quero poder escutar as nuances das falas de cada ator, até porque já domino até que bem a língua inglesa, o que me faz nem prestar atenção nas legendas, no máximo para entender algum termo ou gíria. Essa parte que eu gosto se perde muito, não que a dublagem seja ruim, mas eu prefiro ouvir o ator original. Outra coisa é que eu não gosto de ir no cinema sozinho, então para organizar de ir com os amigos ou minha mãe (que é uma cinéfila de nível absurdo, parece uma enciclopédia sobre filmes) acaba muito difícil caçar os poucos horários legendados dos 4 cinemas que existem aqui perto. Fora que acabei já desistindo de ir no cinema com 2 amigos meus que são surdos por esse motivo.

      Quanto ao 3D eu infelizmente tenho que entender que esse é o caminho que muitos filmes estão indo, pesa no meu bolso (e no de muita gente), por mim não adiciona NADA ao filme, perde-se qualidade de imagem (não sei o motivo, mas parece que fica meio embaçado)e é incomodo para as pessoas que usam óculos (minha mãe por exemplo). Eu dou preferência para não ir 3D, mas não sei se dará para resistir a essa tendência por muito tempo.

  • Lucas

    Quando essa coisa de 3D começou e era novidade eu pagava mais pra ver os filmes em 3D.
    Hoje eu pagaria mais pra não assistir um filme em 3D. Exceto os que são realmente feitos para 3D, que são minoria.

  • Zéca Moura

    É por isso que não sinto remorso em baixar no Kickass

  • Vilguemberg Ravnos

    Só ando indo pro cinema do Dragão e pro Cine São Luiz por causa de 3D. Eu não aguento ver filme em 3D. Meus olhos doem, o óculos incomoda e o filme fica mais escuro.
    E quanto a ver o filme dublado ou legendado, isso vai depender muito do clima que eu estou para ir ver o filme. Mas nos cinemas que eu estou indo, todos os filmes de fora são legendados.

  • Jussara Clarindo

    Eu gosto da experiência do cinema, prefiro legendado e sem 3D que é ruim na maioria dos casos, o filme fica escuro e cansa os olhos. Moro em zona leste/SP tem uma rede de cinema famosa que acaba com “K” o cinema é caro os atendes são mau treinados em algumas salas são fedidos. Não quero sair andando pela cidade (Radial Leste entre 18hs as 20h) procurando filme e acabo assistindo dublado e 3D ruim. Mão tenho escolo

  • Bunitinho mas Ordinário

    Com certeza a maioria das pessoas preferem assistir filmes dublados no cinema, tem alguns filmes que eu prefiro dublado também. Agora essa para de por todos os filmes em cartaz em 3D é muita sacanagem , a pessoa paga a mais pra assistir o filme com um oculos desconfortável ,ver o filme desfocado e na maioria das vezes sem praticamente nenhum efeito 3D. Fui assistir o último Harry Potter e depois de 2:30 de filme aparece o único efeito 3D de toda sessão na morte de Voldemort . em resumo esses filmes em 3D estão exagerados demais ,acho que já deu pra pagar o gasto com as salas chega.

  • Essa coisa do 3D, podem colocar na conta do infeliz do James Cameron, só isso.

  • Bunitinho mas Ordinário

    O problema do 3D não é a pratica nos filmes , o problema é o exagero de sessões , muitos filmes que nem tem 3D lá nos EUA ,chegam aqui quase que exclusivamente em 3D , o excesso e a má utilização que está matando a mídia.

  • Diogo Maia

    Podcast sensacional. Vamos por partes:

    Filmes dublados: não tenho nada contra. Acho que o ideal seria 50 a 50. 50% de filmes dublados e 50% de filmes legendados. Eu só assisto a filmes com legenda, pois penso que a dublagem arregaça com a interpretação do ator e até mesmo do personagem animado. Quando uma animação é criada eles pensam em quem vai fazer as vozes. O Mufasa é tão marcante por causa do James Earl Jones, por exemplo. Sempre que vou ao cinema em BH procuro por legendados, mas a imensa maioria das salas só disponibilizam os horários mais ingratos para esse tipo de filme, aí fica complicado. No cinema de rua até que os legendados estão mais presentes, mas a proporção é de 7 dublados pra 1 legendado nos shoppings, sem dúvida.

    3D: A única experiência realmente marcante que eu tive com 3D no cinema foi assistindo ao Gravidade. Esse sim, valeu a pena gastar um pouco mais, mas a verdade que este é apenas um recurso para aumentar o valor do ingresso. Não sinto nenhum desconforto usando os óculos, inclusive a TV do meu quarto tem a função em 3D, mas não vejo razão para tantos filmes neste formato que não seja encarecer os bilhetes.

  • Gleyson Cardoso

    NÃO GOSTO DO 3D MAS ADORO FILMES DUBLADOS, INCLUSIVE TENHO UMA RECLAMAÇÃO A FAZER, EU ODEIO QUANDO VOCÊS COLOCAM NO CAST TRECHOS DE FILMES COM O ÁUDIO EM INGLÊS, EU NÃO SEI INGLÊS E TENHO CERTEZA QUE A MAIORIA DOS OUVINTES TAMBÉM NÃO SABEM.

    • Eduardo M.

      Nunca é tarde para aprender…

    • Paulo Sérgio

      Até é uma oportunidade de aprender uma segunda língua… Afinal gastamos uma grana com escola de línguas…

  • Alex Oliveira

    Não gosto nem de filmes dublados ( com exceção de algumas animações que ficam perfeitas), nem de 3D. Aliás essa tecnologia, com raras exceções, é um PORRE: cansa, não acrescenta nada, e ainda é mais caro. Por incrível que pareça uns dos melhores 3D que vi, mas um filme medíocre, foi um desses da série Resident Evil. Avatar, até hoje é a referência, apesar se ter um tempinho já. Ainda estou a espera daquele filme que nos faça mudar de opinião.

    • Resident Evil, o 4 e o 5, perdem completamente a graça quando não vistos em 3D. Exemplo de filmes divertidões. Mas… é aquela exceção, pq a maioria dos filmes pseudo 3D não valem o ingresso.

  • Diogo Maia

    Aproveitem e façam um podcast sobre etiqueta no cinema ou sobre problemas que encontramos nas salas. Tem um cinema aqui em BH que eu estou louco para soltar os cachorros.

  • Gleyson Cardoso

    EU SÓ ASSISTO FILMES DUBLADOS, NÃO É PORQUE EU NÃO SAIBA LER E SIM PORQUE A LEGENDA ATRAPALHA O TODO, VOCÊ FOCA NA LEGENDA E TODO O RESTO DA TELA FICA NA VISÃO PERIFÉRICA, AS PESSOAS QUE PREFEREM LEGENDADO NÃO ADMITEM MAS A LEGENDA ATRAPALHA SIM, MESMO QUE O FILME ESTEJA DUBLADO SE VOCÊ COLOCA A LEGENDA AUTOMATICAMENTE A SUA VISÃO FOCA NELA, NÃO DÁ PRA IGNORAR A LEGENDA.

  • Viny Machado

    Infelizmente ta passando dos limites…. A grande maioria dos fimes só vem em 3D apenas para tomar mais dinheiro do publico pois efeito que eh bom nada… Os caram gravam o filme todo em 2D e fazem uma conversão meia boca e enfia no povo pra arrecadar mais.

    A falta da opção de filmes legendado está se tornando outro problema. Se o fime legendado é melhor ou não aí vai do gosto de cada um… Eu, particularmente, não assisto filme dublado! Infelizmente com essa falta de opção acabei não podendo ver Homem-Formiga nos cinemas 🙁

  • Está cada vez mais difícil encontrar uma sessão de um blockbuster legendada e sem ser em 3d.

    Principalmente em cinemas que oferecem descontos para uma gama maior de clientes de outros serviços, como operadoras de telefonias, bancos, bandeiras de cartões, etc.

    Ou seja, esses cinemas já tarifam os ingressos dando preço de inteira para os ingressos de meia entrada e ainda tentam coagir o consumidor a pagar mais caro pelo 3D.

    Até Mad Max: Fury Road que tinha uma classificação indicativa de 14 anos, o que presume um público mais velho estava difícil achar legendado, e quanto mais sem 3D.

    • Se a oferta de filmes dublados nos cinemas é proporcional a demanda,
      E se a maioria das pessoas que baixam filmes assistem legendados,

      Então os cinemas não podem dizer que perdem potencial de público por causa de torrents.

    • Rodrigo

      na minha cidade não vendem mais pipoca doce, sou obrigado a assistir o filme comendo pipoca salgada
      isso é uma vergonha, um absurdo e os meus direitos?

      • Eduardo M.

        Vergonha e absurdo é um homem comer pipoca doce…

        • Rodrigo

          se vc não come nada doce…e só assiste filme legendado problema seu!!!

      • Julio Cesar Soares

        Muito justo, pipoca doce é muito paia…rs

    • Júlio César Soares

      vi MAD MAX dublado também, que raiva.

      • pfnino

        eu tambem, infelizmente

  • LUNATIC

    Não vejo problema ver filme dublado, mas o 3D hoje em dia é uma merda, pior quem tem sobrinhos/filhos/irmãos pequenos pois querem ver um lixo da Marvel no cinema de qualquer forma e as vezes só tem 3D safado.

  • Philippe Barbosa

    vou mudar pra São Paulo para o rapaduracast publicar meu áudio… tsc tsc tsc
    kkkkkk

  • Antonio Amaral

    Achei esse cast muito mais muito interessante, pois no dia de ontem eu tive uma boa conversa com uma amiga minha sobre esse assunto, pois nos frequentamos as salas de uma rede de cinema próxima das nossas casas a uns 10 anos, tanto pela praticidade quanto também por em geral as salas terem uma melhor qualidade de som e projeção do que a dos outros cinemas da cidade, no entanto nos ficamos extremamente chateados com a fato de que nesse fim de semana, pela primeira vez nesses quase 10 anos não encontramos uma unica sessão de um filme que não fosse dublada do filme que nos gostaríamos de ver, eu não tenho nada contra a dublagem e acho ela extremamente válida (Principalmente em animação aonde os ganhos da aproximação da linguagem costumam ser mais interessante do que as perdas de atuação vocal), porem acho complicado quando as opções cinematográficas são restringidas por conta de uma pseudo aproximação de um publico (Sendo que esse cinema fica em uma área nobre e já é tradicional na cidade).

    Parabéns pelo cast e espero continuar tendo essas surpresas boas nos assuntos abortados, como esse e o Cast 415 sobre cinema nacional.

  • André Luís

    Comédias e animações , não tem como não ser dublado.

    • Jonas Alfeu

      Animações eu até concordo, mas comédias tem como assistir legendada sim, eu lembro que a última que eu assisti foi o Vovô Sem Vergonha com Johnny Knoxville que foi muito engraçado, eu só não consigo assistir muito legendado quando o filme é de ação.

  • Excesso? Só tem isso agora praticamente, tanto que eu larguei de mão de ir no cinema, não da mais, daqui a pouco só vai ter sessão legendada de madrugada.

  • Eu apoio a opção para todos. Que, na medida do possível, as salas ofereçam quantidade iguais de sessões de filmes dublados e legendados. Se for para optar entre um e outro, que seja o que está dando maior retorno financeiro, não o que teve mais custos para ser trazido.

  • Dick

    É o fim mesmo. Parece que os cinemas estão colaborando para a imbecilidade do público em geral. O brasileiro já não gosta de estudar e uma das ferramentas de entretenimento que mais colabora para o aprendizado ”confortável” e ”estimulante” de outros idiomas faz é retroceder. Estou assustado com o aumento de sessões dubladas. É fato que se perde muito da experiência do filme com a dublagem porca nacional. Eu tenho é sorte de ter Cinemark aqui na minha cidade pois os outros cinemas só tem dublados agora. Mas mesmo o Cinemark está entrando nessa onda. Daqui a pouco surge um projeto de lei, de um dos deputados religiosos que quer manter o público cadas vez mais idiota e alienado, proibindo sessões legendadas.

  • Agora lembrei de Guardiões da Galáxia, jesus, a dublagem do Yondu, colocaram a voz do supershock VELHO!

    • Vitor Urubatan

      O super choque quando era criança?

  • Chico Limpurra

    Eu não tenho problema nenhum em ver filmes dublados, mas esse 3D… já chega neh?

  • Que tem a ver citar o Bolsa Família mesmo na discussão?

    • ddddderr

      esse Jurandir Filho foi muito babaca essa parte

      • Rodrigo

        Jurandir foi babaca? imagina…!!

        • victor

          palavras de Jurandir Filho.

          citou Bolsa Família? Um coitado que recebe bolsa tá lá se preocupando em ver cinema?

    • Paulo Roberto Galliac

      Desenhando para quem não compreendeu: Com mais acesso a renda as pessoas de baixa condição vão consumir MAIS. Isso se aplica sim ao cinema. Meus pais faziam isso quando éramos mais pobres. Várias vezes quando sobrava alguma renda íamos ao cinema. Quando sobra algum dinheiro isso é normal em muitas pessoas do meu meio social. E isso gera circulação de capital e isso é bom para a economia INTERNA inclusive.

      • ddddderr

        citou Bolsa Família? Um coitado q recebe bolsa tá lá se preocupando em ver cinema?

      • ddddderr

        citou Bolsa Família? Um coitado q recebe bolsa tá lá se preocupando em ver cinema?
        palavras Jurandir Filho

      • Victor

        palavras de Jurandir Filho.

        citou Bolsa Família? Um coitado que recebe bolsa tá lá se preocupando em ver cinema?

      • Cesar Adr

        Imagina se alguém que depende de bolsa família pra come vai pensar em cinema?
        Conheço pessoas com uma boa renda que nem pensam em cinema. Uma família de 3 pessoas vai gastar no minimo 100 reais numa sessão .

    • A turma que recebe Bolsa Família é extremamente consumidora. A grana serve não só pra alimentação, mas pra compras de lazer também. Não é difícil encontrar matérias sobre o consumo das classes C, D e E utilizando o Bolsa Família. Mas enfim, cada um usa seu benefício como quiser e eu só citei porque eu conheço uma pessoa que recebe o Bolsa e vai ao cinema.

      • Juras, posso estar equivocado, mas a sua fala, como eu entendi me pareceu um tanto quanto preconceituosa, pois você associou o boom das dublagens no cinema nacional com a ascensão de uma classe social, que teoricamente não está afeita a leitura, mas no proprio cast, o PH trouxe a informação de que é a classe B e C que prefere a dublagem em detrimento dos filmes legendados, o brasileiro lê pouco, e isso é em qualquer classe social, o que mais se vê hoje em dia são robozinhos que só leem a apostila do ENEM e não costumam desenvolver o senso crítico, eu acho ótimo que a ida ao cinema esteja democratizada, e como chegaram na conclusão do programa, o problema não é a dublagem, é a falta de opção

        Abs.

  • Lililson Sant

    Que babaquice essa idealização do inglês, só por saber conjugar o “verbo To be” sai se achando e menosprezando quem assiste filmes Dublados, despreza a língua portuguesa. Na Europa, em países de primeiro mundo como Alemanha, não se assistem filmes legendados, se os cinemas de lá colocar algum filme legendado ninguém assiste, pois o povo gosta da sua língua e da sua pátria, não são um aspirante a bajulador do inglês norte-americano, eles só assistem filmes dublados. O Brasil tem os melhores dubladores do mundo e pra quem não sabe a dublagem brasileira é elogiada até por Hollywood, muitos atores como Arnold Schwarzenegger gostam muito da sua versão dublada pela voz do dublador parecer com a sua e também a forma mecânica de falar que é uma das características de Schwarzenegger que por isso foi escolhido para vivenciar o Exterminador do Futuro. essa discurso é totalmente sem necessidade, a maioria das pessoas não pensam que o publico do cinema tem uma variedade muito grande de pessoas, e muitas delas não compreendem o inglês, além do mais, pessoas de baixa visão e até deficientes visuais tem o mesmo direito de ir ao cinema ouvir o filme em português, além das crianças que não sabem o inglês e nem tem uma rapidez de leitura das legendas …Ou seja retirar do cinema a dublagem é selecionar grupos e segregar as oportunidades de entretenimento ao publico em geral, vivemos na era da inclusão social, pessoas egoístas que só pensam no seu prazer não tem o que contribuir para isso. E quem disse que a dublagem modifica a mixagem de som está inteiramente enganado, pois os canais de som são separados e cada linha de som é remontada na dublagem, só retirando a voz do ator do filme, o restante é totalmente feito separado e não perde em nada sua originalidade.

  • Vinicius

    Galera é a demanda, a exibidora, distribuidora e produtora precisa seguir o mercado. O que aconteceu é que com o advento do DVD as pessoas começaram a procurar filmes dublados no cinema, incrível que pareça até os anos 2000 o público achava que filme dublado era apenas na TV, VHS era praticamente legendado, com exceção a desenhos e filmes infantis, que as pessoas sequer sabiam que tinha legendado. Infelizmente essa é uma tendência que vai ficar por muito tempo, pelo menos até o público brasileiro tomar gosto por leitura e pelas vendas de livro é melhor esperar deitado. Não adianta ir contra ao público, todos precisam se manter.

  • Keyser Söze

    3D – É meio que estabelecido que é uma porcaria, deixa o filme mais escuro, incomoda os olhos e quem usa óculos muito mais, só Avatar funcionou e não vejo 3D nem se me pagarem e todo mundo que converso não gosta de 3D.

    Dublado – Acho fundamental ter dublado, quando era criança odiava ter que perder meu tempo olhando para baixo, só que a partir do momento que comecei a entender melhor inglês não assisto mais dublado.

    Você que não entende inglês, você vai perder muita coisa não conhecendo a língua, seja uma piada, uma gíria que não tem tradução, um sotaque local sem contar na perda do som do ambiente e a voz do ator que você gosta e se você ama cinema é fundamental você estudar inglês. Anime é um exemplo de como ler legenda é um saco, me sinto muito incomodado mas assisto em japonês ainda, mas muitas vezes caçado escuto em inglês. Até animação assisto em inglês para sempre estar melhorando a língua.

    Acho um absurdo acabarem com legenda, mas um absurdo maior é querer forçar o cinema a ter cota de legendado ou filmes Brasileiros, o cinema é uma empresa e você vai lar por opção, ninguém ti força a ir lá e eles não devem ser financeiramente prejudicados de maneira alguma.

    Dito isso, eu acredito muito no poder do consumidor, um consumidor mais consciente é mais eficaz que qualquer canetada de governo. EU não assisto filme 3D ou dublado, nem se me pagarem, sério mesmo, só assisto filmes legendado e 2D, na minha cidade existe 3 cinemas cada um com 8 salas, 2 raramente passam legendado, um é o mais perto de casa o outro é literalmente do lado da minha faculdade, já faz 2 anos que não assisto mais filme lá, faço questão de ir no mais longe, mas no dia em que acabar o legendado nesse cinema não vou mais no cinema, assisto pirata em casa na minha TV foda que tenho em casa com meu fone de ouvido foda que tenho que tem mais qualidade de som que todos esses cinemas da minha cidade, cujo não se importam com a qualidade do som e ligam só o som da frente.

  • betotruco

    Infelizmente as questões são bem simples… Os estúdios impõe o 3D para cobrar ingressos mais caro e os brasileiros amam, adoram filmes dublados…
    Moro em Sp-Capital, vou ao Cinema toda 6@ feira e mesmo aqui na região onde moro, entre zonas Norte, Sul e Oeste só há 5 (pasmem!!) complexos de cinema, q exibem filmes legendados: “Itaus” Bourbon,Augusta e Frei Caneca e Cinemarks Pátio Higienópolis e Santa Cruz e mesmo assim, nem todos os filmes nestes complexos são legendados. Ou seja, há salas com versão dublada.
    O resto, tirando cineclubes claro são todos dublados !
    O q particularmente acho horrível…

  • Guilherme Ferreira

    Sessões 3D são mais caras, logo os donos de cinema vão sempre empurrá-las para o público. Resultado : estou cada vez indo menos ao cinema.

  • PósGraduando Confuso

    Um ponto importante que não foi citado no episódio e está relacionado ao tema, é com relação aos deficientes auditivos. Uma pessoa que não ouve e gosta de cinema, atualmente está fadada a ir no cinema para ver imagens, algo do tipo comprar um livro para ver as figuras. Para essas pessoas o filme legendado é indispensável para o total entendimento do filme, e só por essa razão já deveria haver uma lei que obrigasse os cinemas a ter pelo menos uma sessão de cada filme legendada.

    • Barbarian

      Perfeita colocação.

    • adriano willians

      verdade, concordo.

    • Sarah Oliveira

      Concordo plenamente. Lei para mudar nome de rua que já tem nome, eles criam. Agora, leis que realmente fazem a diferença para a população em si, não. Parabéns.

  • Exumador de Bigode

    Caralho, sério q o Jurandir citou Bolsa Família? Um coitado q recebe bolsa tá lá se preocupando em ver cinema?

  • Paulo Sérgio

    Aqui em Santos também tem muitas cópias dubladas e as legendadas em menor número e horários ruins.. Nós somos obrigados a recorrer a pirataria por falta de opção. Nada contra dublados mas a interpretação do ator que foi estudada, pensada, por melhor que seja a dublagem, é impossível de ficar igual.. sempre se perde algo. Como tem pessoas que também tem dificuldades de acompanhar a leitura, acho que deve ser aumentada a quantidade de cópias legendadas…

  • Paulo Sérgio

    uma sugestão para o pessoal do Rapadura é convidar o pessoal que tem cinema, distribuidores para participar desta discussão…

  • Paulo Sérgio

    O último filme que acabei de assistir dublado foi o exterminador do futuro….Para quem cansou de ouvir a voz do Arnold, não tem nada haver a dublagem…;

  • Caras, vou contar uma experiencia recente para vocês:

    Quando estreou Mad Max, eu pensei em assistir com os broders. Comprei meu ingresso na sala Max do Cinépolis, uma sala nova, e que não estava exibindo o filme em 3D apenas na última sessão. Então foi nessa sessão mesma que eu fui.

    Só que meus amigos furaram. Eu teria que ver o filme sozinho. Mas minha namorada disse que iria ver o filme comigo. Só que minha namorada é uma pessoa extremamente diurna. Pensei logo: “vish, filme de ação legendado e na última sessão, ela vai cair no sono logo”.

    Enfim fomos assistir o filme, e devo dizer: que delícia de sala, cara! uma poltrona excelente, super confortável e espaçosa, público educado, imagem e som excelentes.

    A experiência foi tão boa que minha namorada acompanhou o filme do começo ao fim, sem cochilar.

    Gostei tanto que decidir só assistir filmes nessa sala, mesmo ela sendo mais cara (apesar de pagar meia devido à uma promoção do meu cartão de crédito). Quando estreiou Jurassic World, eu fui lá comprar meu ingresso, e só tinha sessão em 3D na sala Max.

    Morguei na hora. Desisti de ver o filme. E desde de Mad Max, deixei de ir no cinema. Queria ter ido em Jurassic World, Divertida mente, Ant-man. Mas só tinha ou versões dubladas e/ou em 3D.

    Veja só vocês, eu tava disposto a pagar mais pelo conforto, mas não estou disposto pagar pelo 3D ou pelo dublado. Fica a lição aí para os cinemas e distribuidoras.

  • Augusto

    Taí um episódio para eu dar a minha opinião depois. hehe

  • JamianGold

    Gosto de dublagens e sofro preconceito por isso.

  • Renan M. Sampaio Motta

    Mandei áudio para esse episódio. Não sei se foi ao ar, mas só o fato de participar e receber o agradecimento por parte dos rapadurianos já me deixa feliz. Claro, se eu acabar me escutando vou sair pulando

  • Velho Velhaco

    Acho que o pessoal está sendo bem ponderado. A questão não é acabar com as cópias dubladas e que no cinema tem que ser tudo legendado. A questão é, a pessoa poder escolher se quer assistir dublado ou legendado. O problema que tenho visto é o de que as cópias legendadas estão desaparecendo e nós perdemos o poder de escolha. Isso é triste.

  • Paulo Roberto Galliac

    Eu estou abandonando o cinema por causa disso e outras razões.

    Meu desgosto com o cinema temos ai filmes só dublados, uso desnecessário de 3D, medíocres e ruins. Só filmes Super Heróis e refilmagens e remakes. Enfim o cinema Hollywoodiano está em crise como nos anos 60.

    Teremos em Hollywood um Martin Scorsese, Steven Spielberg, Francis Ford Coppola e George Lucas para salvar Hollywood como nos anos 70?

    Todavia o Cinema Europeu principalmente e produções independentes de diversos países continuam. Claro sem a hegemonia de Hollywood e seus filmes pipocas.

    Eu deixei de ver o novo Jurassic Park por causa disso e outras razões. Só tinha sessão dublada. E isso incentiva a Pirataria também. OU vou ver agora Pirata sem o menor remorso e por vingança, se a porra dos cinemas fica com essa ação idiota de só ter sessão dublada.

    Observação: Não sou purista eu vejo algumas vezes filmes dublados no cinema ou em casa em dublagens até clássicas em DVD. Em animação principalmente no cinema. Mas não é por isso que vou só ver filme dublado. Deve se respeitar ambos os públicos ou se perde público e DINHEIRO.

  • Não acho tenha excesso, só existe mais opções porque as pessoas preferem assim, geralmente só a “internet” que reclama de dublagem, como mostra essa pesquisa.
    http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/08/1666126-pequisa-revela-que-6-em-10-brasileiros-preferem-filmes-dublados.shtml

    • Carlos Arremedinho

      Galerinha da internet é altamente “americanizada”, fiquei de cara com o PH querendo falar um termo mas “travou” no termo em inglês como se não tivesse tradução. Vc é brasileiro se comunique em seu idioma, pare de querer fazer estrangeirismos sendo q qk coisa q vc queira falar existe um termo equivalente em português.

      • phsantos

        Não.

  • Paulo Roberto Galliac

    E outra essas pessoas que só assistem cópias dubladas normalmente não compram DVD’s Bluray e outras coisas ligadas ao cinema direto ou indiretamente mais que os cinéfilos.

    • Senhor X

      isso é mentira, conheço pessoas que não compram determinadas series e filmes por não ter o dublado, só o legendado.

  • Bunitinho mas Ordinário
    • Bunitinho mas Ordinário

      Vamos fazer pressão pra esse filme chegar ao Brasil , de preferência dublado pela turma da Alamo.

      • Velho Velhaco

        Sonho, que esse filme chege por aqui!!! Mas vamos acabar tendo que ver online mesmo!!

      • Luiz Claudio

        Prometeram samurai X mas cansei de esperar.

    • Carlos Arremedinho

      Sharknado de gigantes?

  • Daniel Diggory

    Não estou conseguindo ouvir o cast, o player não funciona e o download muito lento quase parando, e o problema não é minha internet porque outras coisas estão baixando normal.

  • Roger Wolf

    A verdade é que o povo brasileiro é preguiçoso para ler….essa é uma das principais questões….

  • Roger Wolf

    Filmes estrangeiros têm que ser legendados…!

  • Roger Wolf

    O brasileiro na sua maior parte têm problemas com leitura….essa geração então nem se fala….cedo ou tarde isso iria refletir nas telonas…

  • Sandro

    Eu assisto filmes dublados. Porém não gosto do 3D.

  • Carlos Arremedinho

    Contanto q tenhamos bons filmes e boas histórias… O cinema q se exploda… Não me importo se é ou não dublado. Papo de experiência cinematográfica é querer gourmetizar demais o cinema. E ainda vem querer se incluir em minorias ou se comparar com oprimidos… Me economizem… O negócio é termos boas histórias q é oq realmente importa. Atuação e som é perfumaria.

  • Zaca

    Ouvindo este Podcast resolvi fazer um pequeno exercício.
    Moro em Santo André, cidade da região metropolitana de SP.
    Temos dois shoppings na cidade que somados possuem 17 salas de cinema. Fiz um levantamento de quantas sessões legendadas são exibidas por dia em comparação com o total de exibições (excluindo filmes nacionais e animações). De 46 sessões APENAS TRÊS SÃO LEGENDADAS. Todas as três do filme Quarteto Fantástico e no período noturno, ou seja, se você mora em Santo André e quer ver um filme legendado você tem que ver Quarteto Fantástico em um horário horrível ou então ir para outra cidade. UM ABSURDO!!!

    • Mayara

      Aqui em São Bernardo não está mto diferente, acabo fugindo pro Itaú Cinemas em SP.

  • André Curvêlo

    Se o Mercado só me dá a opção de filme dublado e 3D, o resultado é não ir ao cinema e esperar o filme surgir na internet. Daí o Mercado reclama da pirataria, reclama do Popcorn Time.

    Vem o Netflix e me dá a opção de ver o filme da forma que eu quiser. Daí o Mercado reclama de disputa desleal.

    Ridículo HAHAHAHA 🙂 -rs

    • O nome disso não é “Mercado” é corporativismo! rsrsrs

      • André Curvêlo

        Também conhecido como “filhadaputagem” hahaha

    • Mayara

      Exatamente!

    • é o que estou fazendo. Não ir ao cinema. Tem que afetar no bolso das empresas. Vi uns 4, 5 filmes por ano no cinema. Nunca gostei de assistir filmes em casa. Contudo, há cerca de 2 anos não piso numa sala de cinema mainstream por vários motivos citados no cast. Os principais: o preço abusivo, e as sessões legendadas em horário proibitivo para quem trabalha no dia seguinte

  • tuan

    Oxe! Sempre foi do mesmo jeito.

  • Julio Cesar Soares

    Esse tal de Wilker é o novo Solano…pqp.

  • Aqui tem shoppings que só tem filme dublado, mas por sorte tem um que tem sessões em 3D e normal, ambas legendadas (e no período da tarde e noite).
    Só tenho medo disso acabar 🙁

  • Lucas Dias

    Se nao tivesse publico eles mudariam.. tao ganhando dinheiro entao so quem ta achando ruim é a grande minoria (eu por exemplo) entao nem adianta ficar se queixando… eu só assisto se acho legendado sem 3d se nao espero sair na “locadora” web

  • Resumo dos áudios enviados e do papo: fora 3D e dublagem só para crianças e analfabetos… 😛

  • Alexandre de Paula

    A Netflix poderia dar uma ajuda nessa pesquisa sobre preferência entre dublado e legendado. Afinal, como no site tem a opção de escolha, qual tem sido o preferido pelos assinantes?

    Eu prefiro legendado sempre, mas sou mais maleável quanto ao dublado e acabo assistindo quando não tenho opção no cinema ou quando vejo com meus amigos e eles querem ver o dublado.

    O único filme que pra mim é INACEITÁVEL ver dublado é Batman Dark Knight. Não dá pra ver o Coringa ser dublado daquele jeito…ficou horrível e perde totalmente a atuação do Ledger.

    Mas tenho uma grande resistência quanto ao 3D. Também tenho um problema visual onde é impossível enxergar em 3D. Ou seja, as vezes sou obrigado a pagar mais caro pra ter um incomodo a mais no rosto (já uso óculos de grau) e não ver nada em 3D. Mas fica claro que essa tecnologia tem sido explorada assim unicamente pra fins financeiros.

    • Eu achei o trabalho de dublagem do Márcio Simões extremamente competente. Claro que não é tão bom quanto o origina do Heath Ledger, mas dizer que ficou “inaceitável” acho um exagero, pois o trabalho ficou muito bom.

      • Competente sim, mas entre um e outro, Ledger é infinitamente superior.

        • Aí não discuto. Mas dizer que ficou “horrível” é forçar a barra, na minha opinião 😛

          • Bunitinho mas Ordinário

            E o pior é que o Simões dublou o Morgam Freeman em Batman Begins , a escalação do ator foi uma falta de bom senso , principalmente a Delart sendo um estudio com tantos Dubladores de qualidade.

          • Não confunda Márcio Simões (Patolino, Duck Dodgers, Jack Bauer pós-3ª temporada) com Marcio Seixas (a voz clássica do Batman da série animada e da Liga da Justiça)

          • Bunitinho mas Ordinário

            Não Marcio Neves , Marcio Seixas Dublou no primeiro filme o Alfred (Michael Caine) , Estou falando que Marcio Simões dublou o Morgam Freeman em Batman Begins. Marcio Seixas está afastado da dublagem por problemas com as agencias de dublagem , que infelizmente não respeitam os grandes serviços prestados por esses dubladores clássicos.

        • Bunitinho mas Ordinário

          Quem deveria ter dublado o Heath Ledger é o Alexandre Moreno , uma voz que combina muito com a do Ledger e que o Moreno teria que fazer um trabalho de voz quase tão intenso quanto o ator do Coringa fez. O Marcio Simões é bom , mas foi escalado só porque tem uma voz anasalada , No fim ficou parecendo o Ralph Fiennes . Minha nota para a Dublagem de Batman Cavaleiro das trevas é 0

      • Alexandre de Paula

        Cara, nem questiono a qualidade do profissional, pois realmente reconheço a voz dele de forma excelente em outros trabalhos. Mas pra fazer o Coringa não deu. Se fizer o comparativo direto, colocando as cenas uma após a outra (legendada e depois dublada), a diferença é muito grande, gritante sabe. Enquanto o Ledger passou uma interpretação na sua voz de um cara mais sinistro e psicótico, na dublagem soou como um canastrão.

        O dublador é muito bom, a voz dele é muito dahora… mas pra mim, esse trabalho específico não ficou legal.

  • Eu gosto de assistir em legendado legendado para ter a melhor naturalidade do filme, depois gosto de ver dublado para ver melhor as cenas!

  • Igor Vieira de Melo

    Wilker, o maior Shopping daqui é o Rio Mar, que é ainda pior para se pegar ônibus. =/

    • Wilker Medeiros

      Imaginei que o Recife tinha mais salas, pela questão da adição do IMAX. Mas, tem razão, dude, ali ainda é pior! Esqueci de citar o Boa Vista, o que só tem sessão dublada. /O

      • Igor Vieira de Melo

        Graças a Deus cê não citou o Boa Vista, pois aquele ali é a coisa mais tenebrosa.
        O Cinema da Fundação, aquele sim é um cinema que vale a pena ser citado. =)

  • Vitor Urubatan

    Acho engraçado os títulos que colocam em cast como esse rsss.

  • KoiSTB

    Moro em Paulinia (interior de SP, próximo a Campinas). Aqui a proporção de dublados para legendados é praticamente 95% para 5%. Chegou ao ponto de, no maior cinema das redondezas (Kinoplex Shopping D. Pedro), a proporção ser 100% para 0%. NENHUM FILME LEGENDADO.
    Recentemente foi construída a sala Platinum (com poltronas melhores e custando o dobro do ingresso normal). Agora, na esmagadora maioria das vezes, o filme só é exibido legendado nessa sala ou em 3D (que também custa o dobro).

  • Barbarian

    Minha observação principal é que existe um país que odeia filme legendado mais que o Brasil: EUA. Filme estrangeiro, legendado, lá é ainda mais nicho do que é aqui.

    • Não é só EUA, não. Dependendo do país ou o filme é dublado ou exibido no original… original MESMO, sem legenda nem nada. VocÊ que se vire em saber o idioma original para entendê-lo assim

    • Cesar Adr

      Justamente isso que me deixa cabrero, dizer que brasileiro é preguiçoso porque prefere dublado, sendo que americanos e alguns europeus também tem essa preferência.

    • Kaio H. Basso

      Só que praticamente 100% dos blockbusters são filmes americanos, ou são feitos em inglês.

      • Barbarian

        É, mas isso não invalida o fato de que o consumo de material legendado é nicho.

        É exatamente como a TV no Brasil. Grande parte da programação é em português, no idioma nativo, mas isso não quer dizer que não devemos consumir material legendado.

  • Alessandro S. Sanches

    Jurandir, o barulho do celular vibrando não interferiu no andamento do programa, ao contrário, até combinou muito com o Rapadurafone.

  • Cara li o livro de Cidades de Papel e fiquei curioso para saber como seria a adaptação dele no cinema, quando eu vi o trailer dublado me desanimou total de ver o filme e só achava dublado para assistir, a dublagem desse filme, principalmente da Margot, ficou horrível.

  • Carlos Arremedinho

    Minoria não manda em mercado algum… Querer chamar isso de inclusão é muita hipocrisia de quem vive criticando cotas ou ações a favor de minorias sociais…

    Se não dá lucro suficiente para manter mais salas com legendados está claro q nunca farão. O programa me pareceu muito tendencioso e sempre defendendo a gourmetização do cinema…

  • Eu assisto filmes em 3D na minha televisão, mas acho que sou exceção.

    • Gustavobrtt

      Eu também assisto, gosto muito e uso óculos.
      Não entendo esta aversao ao 3D.
      Meus sobrinhos também assistem 3D aqui em casa e gostam muito.

      • Minha namorada usa óculos, quando ela vai assistir filmes em 3D ela coloca lente de contato! Quando assisto filmes em 3D na TV procuro filmes realmente em 3D seja no bluray ou via arquivo mkv, por exemplo assisti dread e guardiões da galáxia e gostei.

        • phsantos

          “quando ela vai assistir filmes em 3D ela coloca lente de contato”

          Essa frase define o problema. 🙂

          • PH, não discordo que isso seja um problema, só quis colocar na situação um exemplo de uma pessoa que gosta de 3D, mesmo tendo limitações físicas que prejudicam a experiência dela. Inclusive ele busca mais o 3D do que eu, quem tenho olhos de águia! hahaha

  • Eu me enquadraria talvez como classe B ou C, muitas vezes eu tenho “preguiça” de ler e prefiro o dublado, quando não estou com “preguiça” vou pro legendado. Queria deixar claro para todos que isso não é demérito, ao contrário do que o @jurandirfilho:disqus fez parecer em determinado ponto do cast. Isso não faz de ninguém uma “porta” ou algo que o valha, pois o dublado em muitas vezes lhe ajuda a ter a experiência completa do audiovisual que pode ser prejudicado no caso das legendas.

  • Aêê. Meu áudio entrou no programa. Muito legal essa iniciativa.
    Grande abraço.

    Jefther Barbosa, de Sorocaba – SP

  • Jadson Buarque

    O único problema que eu vejo com filmes dublado é que em certos filmes não se consegue ouvir os diálogos por causa dos gritos da plateia. Tirando esse fato eu até prefiro ver o filme dublado. E não tenho nenhuma dificuldade de leitura como estão dizendo nos comentários. Eu simplesmente acho mais cômodo ouvir a minha língua pátria que uma estrangeira.
    Quanto ao 3D, só assisti a uns três com essa tecnologia. Meus olhos ficam lacrimejando o tempo todo e todo efeito que percebo é uma figura recortada da tela, lembrando aqueles livros infantis onde as gravuras pulam das páginas.

  • Luiz Claudio

    Aqui em Manaus os cinemas estão colocando uma sala em 3D e outra em 2d, isso nas primeiras semanas de lançamento, depois fica tudo em 2D.
    No caso da dublagem eu noto que ela predomina nos cinemas mesmo, e só nos cinemas que ficam nos bairros mais elitizados e com mais salas, é que as sessões legendadas são intercaladas com as dublados, ou até mesmo temos salas só com legendados. Já nos outros cinemas os legendados ainda aparecem num bom horário, entre 18 e 20HS, mas isso só nas primeiras semanas, depois só uma sessão a partir das 21.
    Tive que assistir ao filme do Homem-Formiga dublado pois meu filho de 5 anos também foi, e nessa versão não tem a referência ao Homem-Aranha.
    Não nego que a dublagem é importante, inclusive credito à ela o maior numero de pessoas indo ao cinema hoje em dia, conheço pessoas que deixaram de comprar DVD pirata e passaram a ir ao cinema pelo fato dos filmes saírem dublados. Nos tivemos um aumento absurdo de salas nos últimos anos aqui em Manaus, ao todo são 5 redes nacionais e 1 regional.

  • Quanto ao que o @phsantos:disqus falou a respeito das grades, chamando os cinemas de incompetentes, eu acho que não é questão de incompetência, acho que é questão de comodidade, é comodo, para eles, trabalhar conforme o que as distribuidoras pedem. Esses cinema querem o bônus sem o ônus, eles simplesmente não querem ter trabalho com isso, pois eles acabam tendo que se preocupar mais em como manter um cinema rentável financeiramente, ou seja, não quebrar, do que criar novas formas de ganhar dinheiro.

    • Pois é, cara! É muito bonito enxergar as coisas pela ótica da preferência, mas o que muita gente esquece é que o cinema, enquanto arte ou não, é uma industria, um negócio.

      Eu sou completamente a favor da opção para ambos, mas é óbvio que as distribuidoras e as salas vão dar preferência para a maioria. Eu vi gente falando de mandar e-mail, de reclamar, mas será que resolve o caso de quem quer ver um filme legendado as 19h00 no meio da semana? Será que a galera vai mesmo assistir ao filme? Eu já presenciei sessões nesse horário com uma diferença gritante de público sendo exibido o mesmo filme dublado e legendado.

      Dá pra fazer o teste na própria bilheteria eletrônica dos cinemas com auto-atendimento e lugares marcados. Creio que, quando se fala de lucro, a empresa vai dar a razão pra quem está votando com a carteira ao invés de mandar e-mails.

      • Exumador de Bigode

        Reclamar sobre isso com os cinemas tem o mesmo efeito de se bater panelas, ou desligar luzes da casa ou mimimi no Face ou Twitter. Exatamente o mesmo efeito.

        • phsantos

          Sério? Belo instinto de consumidor. Continue assim.

      • Até porque o mais lógico a se fazer dentro de uma empresa é focar em maximizar os lucros. Essa pesquisa mostra uma foto do período em que ela foi feita, aquela pesquisa era real em 2012, hoje o contexto é outro tanto em relação a indústria cinematográfica como em relação a economia. Hoje o Netflix é uma alternativa mais viável economicamente do que ir ao cinema, deixei de ser público alvo principalmente pelos preços praticados, isso por si só já muda substancialmente os dados encontrados nessa pesquisa. Um bom exemplo dessa retração na procura dos cinemas, ocorreu comigo, eu fui ver os preços dos ingressos para assistir o Quarteto na quinta-feira passada, à noite por volta das 19 horas, e me deparei com o cinema vazio, nem fila para comprar ingresso tinha, um dos motivos, o preço do ingresso R$ 27,00 inteira, levando em consideração que sempre assisto filmes acompanhado da minha namorada, resultando em R$ 54,00 só com ingressos de cinema. Isso mudou meu comportamento quanto às idas ao cinema, hoje só assisto filmes que eu tenho garantia de que o retorno será positivo para mim, por exemplo, esse ano só vi Vingadores 2, Homem-Formiga e Jurassic World, filmes esses que são majoritariamente em 3D e dublados para aumentar o alcance do público, e essa postura minha perdurará por mais algum tempo.

      • phsantos

        Edu. Sim, falei de cinema várias fazes falando “a empresa” “a instituição”. Só ouvi que sempre o defini assim. Baseado nisso, minha reclamação é como cliente. E, como cliente, posso sim reclamar. O cliente, nesse caro, fica parecendo que são as distribuidoras. E até são, mas não os únicos, pois, quem faz a grana girar somos nós. Sendo assim, podemos sim mandar e-mail, caixa de sugestões e etc.

  • Carlos Souza

    A ANCINE tomar uma atitude em relação aos filmes dublados ou legendados ? Essa foi a piada. No Brasil se discute em uma alternativa pra tentar prejudicar empresas como a netflix e não se discute em melhorar a programação quem não viu veja essa matéria http://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/netflix-ja-fatura-mais-de-r-500-mi-e-vira-o-uber-da-tv-por-assinatura-8842. Creio que a dublagem deve ser discutida quando a qualidade da dublagem (digo falas) está ruim.Não sou um defensor da dublagem, porém, assista o Guia do Mochileiro das Galaxias com áudio Original é chato demais a versão dublada é muito melhor. Batman TDK já é o contrario. A questão creio que é exercer o direito de reclamar e de preferência antes da estréia já que muitos cinemas colocam a grade a disposição antes da estréia. Sobre o 3D é piada comentar é só mais um meio de arracar dinheiro, em filmes como o ultimo Anjos da Noite era mais fácil ter me roubado o dinheiro na pipoca, dá vontade de pedir o dinheiro de volta pq vc paga pra ver um 3D e recebe um 2D. Alias seria uma boa ideia pra cobrar ingresso do filme como 3D o filme tem q ter X % em 3D

    • Carlos Souza

      Agora que é grande sacanagem o que fizeram com A Era de Ultron pelo menos nos cinemas perto da onde eu moro foi de doer. Só sessão 3D e dublado.

    • Exumador de Bigode

      Mais um q não entende o incentivo ao cinema nacional q a Ancine está fazendo. Certo é a França.

      • Carlos Souza

        Eu não sei o que vc quis dizer. O que eu disse foi sobre o que comentaram no áudio. A ANCINE não tem poder nenhum sobre a questão no que diz respeito do cinema passar filme dublado ou legendado. Pelo menos até o momento.

  • Matheus Santos

    Nome da musica q toca em 1h e 22min de fundo no cast?

  • silas. silas bezerra

    SIM.

  • Paulo Henrique

    nunca vi

  • gandralf

    O Cinema é um dispositivo mágico de imersão. Retirar o componente da língua local pode representar uma agressão à obra.

    A língua me ajuda nesta viagem.

    Não quero ouvir o francês, o gaúcho, o indiano e o inglês falando com o sotaque pasteurizado do Jornal Nacional.

    Quero viajar.

    • Exumador de Bigode

      Q viajar vá até a CVC… Gourmetizar o cinema, isso sim é crime

  • Daniel Azevedo de Sousa

    A abertura com Red Hot Chili Peppers foi show demais. Essa é das antigas…

  • Cesar Adr

    O problema do dublado começou na tv a cabo. Nem toda operadora da a opção da troca do audio. Tem canal que o cara troca o audio mas a legenda não sai e isso atrapalha assistir dublado com legenda.

    O brasileiro a partir dos anos 2000 começou a consumir mais e tv a cabo e o shopping com o cinema entrou no programa de fim de semana. Esse público vem de uma programação de tv aberta… esse pessoal não conhece Seinfeld ou Friends justamente porque quando foram exibidos, tv a cabo era pra poucos… é dai que vem o problema do excesso de filme dublado.

    O pessoal do rapadura acho que estão sendo ingenuos, se o dublado da mais público , na ótica dos cinemas, que se fod** quem gosta de legenda.
    O empresariado brasileiro, principalmente no ramo de entretenimento, tão se lixando para o “cinefilo” … esse pessoal só que fatura… não são capaz de colocar o som ambiente no hall de entrada… não são capaz de colocar uma trilha sonora antes da sessão … o som é uma merda, as vezes não exibem trailer e entre 3D e 2D, eles estão adorando o 3D, quanto mais 3D, melhor para os cinemas.

    Uma diferença entre o empresariado brasileiro e o estrangeiro na questão entretenimento é o que a rede Telecine faz quando termina um filme e como o Netflix e a HBO fazem. O empresariado brasileiro não sabe tratar seu cliente, basta ver que Goonies tem blu-ray sem a dublagem clássica, mas no Netflix esta dublado.

  • Eu sou completamente a favor da opção, como foi dito em diversas partes do programa, mas obviamente levando em conta os critérios de consumo tão discutidos, independente de classe social. Creio que 70/30% ou até 80/20% me parecem bem aceitáveis para a distribuição dublagem/legenda.

    Ouvi os argumentos sobre mandar e-mails, sugestões, ou coisa que o valha, mas, será que são realmente eficazes? Pegando um multiplex simples com, vá lá, 7 salas, o cara colocando o mesmo filme dublado e legendado no mesmo horário não é uma aposta arriscada? As distribuidoras/cinemas vão dar preferência para quem está votando com a carteira ou pra quem está mandando e-mail?

    Quanto à velha conversa de “estragar a atuação”, o Jurandir citou um contraponto que muita gente não leva em consideração, mas ao ler legendas você também está perdendo partes da obra. Mesmo que você seja fluente no idioma do filme, os seus olhos acabam saltando em alguns momentos para a legenda. Eu mesmo fui ver Mad Max duas vezes – a segunda dublado – pois queria acompanhar tudo o que estava na tela. E eu sou um cara que tem um entendimento em inglês suficiente para assistir a um filme sem legendas. Se por um lado você perde algo em atuação, por outro perde algo em direção, edição, montagem e direção de arte. Acho completamente injusto tachar (não estou dizendo que foi feito isso no programa) a pessoa de ignorante, burro, preguiçoso, ou, pior ainda, “menos cinéfilo”, por preferir ver um filme dublado.

    Normalmente, quando pintam essas discussões, pessoas já vêm com aquele “zap e sete copas”: ah Heath Ledger, ah Poderoso Chefão, etc. São argumentos justos e válidos, mas há de se considerar outros fatores. Por exemplo, o Sicas citou sobre uma pessoa de outro país assistir O Auto da Compadecida legendado. Eu sou capaz de apostar que a grande maioria não vai pegar todos os regionalismos. Assim como muita gente que prefere ver um filme legendado por aqui. É uma outra bagagem cultural.

    Não vamos comparar com minorias sociais, étnicas, de gênero ou com mobilidade, que é outra discussão à parte, mas a galera que prefere ver filmes legendados na tela grande tem se mostrado uma minoria. Isso me incomoda, pessoalmente, mas, quando falamos de cinema, independente de arte ou não, estamos falando de indústria e negócios, em que a preferência vai para a comodidade de onde a grana está entrando. Não vejo problema, analisando do ponto de vista da empresa, que os horários para filmes legendados sejam deixados para as últimas sessões. O que eu gostaria é de ver essas sessões sempre cheias para que, aí sim, as opções sejam revistas.

    • Concordo, eu, por exemplo, gosto de ver filmes legendados mesmo não tendo tanta facilidade com o inglês, pois em alguns momentos existem expressões ou referências próprias da cultura inglesa que não cabem na nossa cultura. Eu trabalho com material em inglês técnico o dia todo, ver filmes dublados me ajudam a aliviar esse stress mental de leitura em outra lingua.

  • Quanto ao 3D, nem tem muito o que falar. Até entendo o ponto do Wilker de usar a tecnologia em prol da narrativa, mas o negócio virou zona. Pior que aqueles gimicks dos anos 50 de literalmente jogar tranqueiras em cima do público. Por mim já deu, e é realmente complicado os cinemas te empurrarem o 3D como única opção. Aí é sacanagem. Que seja também distribuído numa proporção que favoreça a maioria, mas que não deixe de ter opção.

  • Cesar Adr

    Na minha cidade Balneàrio Camboriú, tem dois shoppings, um só exibe filmes dublados e no outro ainda existe a opção de filmes legendados em horários decentes. Mas em 2011 tive que ir a Floripa assistir Thor legendado …

    O que acho estranho é que os frequentadores das salas de cinema não parecem nem um pouco pessoas “humildes”… as vezes até parece que entrei no lugar no errado e fui parar numa dessas baladas de faculdade ….

  • Mayara

    Sim, existe um domínio de filmes dublados e 3d no cinema. Percebo isso qdo compro ingressos pelo groupon – entrada para o cinema está extremamente cara e não pago meia – e o ingresso está perto de expirar e não consegui achar um filme sequer para assistir, pois ou o filme é 3d, ou o filme é dublado, qdo não é os dois ao mesmo tempo. Não acho a qualidade da dublagem brasileira ruim, mas se perde mto de um filme no processo. Deveria sempre haver as duas opções e infelizmente isso ocorre cada vez menos, seja no cinema, seja na tv a cabo. Parem de falar em “gourmetização”, o q tem de gourmet em ler legendas? Agora elite é qm sabe ler? Pelo amor. Preguiça de ler? É só criar o hábito q vc nem lembra q está lendo legendas. Já em relação ao 3D: acho um absurdo enfiarem isso goela abaixo do público. Os óculos dão dor de cabeça, o ingresso é mais caro e a intenção única da maioria dos filmes é elevar a arrecadação, poucos deles realmente tem algo a acrescentar por meio do 3d. E tenho outa reclamação, o povo q vai ao cinema ta cada vez mais porco e mal educado, entendo pq os serviços on demand estão bombando: tem q ter mta paciência pra conviver com gente q não tem noção de civilidade e paga ingresso caro de cinema pra ficar conversando alto e atrapalhando a experiência dos outros. Meu passeio preferido tem se tornado um tormento por esses motivos.

  • Guilherme M Drumond

    Aqui vão meus dois centavos: entendo a inclusão que a dublagem proporciona e concordo que em determinadas situações não há alternativas. Contudo, o dublador também é ator. E atores podem ser bons ou ruins. Há ocasiões onde a dublagem salva performances ruins mas dublar um Al Pacino, um Marlon Brando e vários outros medalhões é quase criminoso. Esses caras são exceções e certamente, vai se perder alguma coisa na dublagem.

  • Alexandre Souza

    eu moro numa cidade do interior do paraná e “sofro” com isso. Realmente eu gostaria que tivesse a escolha de ver dublado e legendado. Sei que isso não é possível porque é mercado. Colocar um filme de classificação livre legendado é tiro no pé, não vai ter o mesmo publico. Eu sofro aqui com ótimos filmes que nem chegam aqui, mais o meu critério é o seguinte: Quero ver muito o filme? Assisto na forma que o cinema me entrega (geralmente 3d e dublado), pois priorizo a experiencia de ir no cinema assistir o filme e não em casa ou no computador. Eu fui assistir kingsman dublado numa sala que tinha umas 9 pessoas contando comigo e o filme deixou de ser pior por causa da dublagem? Ao meu ver não. Vi quarteto fantastico e Terminator: Genesis legendado e melhorou o filme? Não também. A questão disso é a falta opção que é complicado. Entendo que a maioria das pessoas prefere dublado, mais queria saber quanto das pessoas preferem 3d, porque essa coisa de filme 3d pra eu parece caça-níquel das distribuidoras. Eu sou uma pessoa que usa óculos e me encomoda muito aqueles óculos 3d e outra não gosto de ter que sentar em lugares especificos da sala para não perder o efeito 3d do filme, que por muitas vezes se mostra tão alheio ao filme que não compensa os 3 a 6 reais que você gasta a mais pra isso.

  • Lililson Sant

    Que babaquice essa idealização do inglês, só por saber conjugar o “verbo
    To be” sai se achando e menosprezando quem assiste filmes Dublados,
    despreza a língua portuguesa. Na Europa, em países de primeiro mundo
    como Alemanha, não se assistem filmes legendados, se os cinemas de lá
    colocar algum filme legendado ninguém assiste, pois o povo gosta da sua
    língua e da sua pátria, não são um aspirante a bajulador do inglês
    norte-americano, eles só assistem filmes dublados. O Brasil tem os
    melhores dubladores do mundo e pra quem não sabe a dublagem brasileira é
    elogiada até por Hollywood, muitos atores como Arnold Schwarzenegger
    gostam muito da sua versão dublada pela voz do dublador parecer com a
    sua e também a forma mecânica de falar que é uma das características de
    Schwarzenegger que por isso foi escolhido para vivenciar o Exterminador
    do Futuro. essa discurso é totalmente sem necessidade, a maioria das
    pessoas não pensam que o publico do cinema tem uma variedade muito
    grande de pessoas, e muitas delas não compreendem o inglês, além do
    mais, pessoas de baixa visão e até deficientes visuais tem o mesmo
    direito de ir ao cinema ouvir o filme em português, além das crianças
    que não sabem o inglês e nem tem uma rapidez de leitura das legendas
    …Ou seja retirar do cinema a dublagem é selecionar grupos e segregar
    as oportunidades de entretenimento ao publico em geral, vivemos na era
    da inclusão social, pessoas egoístas que só pensam no seu prazer não tem
    o que contribuir para isso. E quem disse que a dublagem modifica a
    mixagem de som está inteiramente enganado, pois os canais de som são
    separados e cada linha de som é remontada na dublagem, só retirando a
    voz do ator do filme, o restante é totalmente feito separado e não perde
    em nada sua originalidade.

  • Cesar Adr

    Acho que posso me considerar um felizardo, porque o principal cinema da minha cidade distribui bem os filmes, pelo menos hoje.

    QUARTETO FANTÁSTICO
    SALA 1 – 2D
    Dublado – 13:30 15:30 19:30

    QUARTETO FANTÁSTICO
    SALA 1 – 2D
    Legendado – 17:30 21:30

    MEU PASSADO ME CONDENA 2
    SALA 2 – 2D
    Nacional – 14:20 18:50

    REAL BELEZA
    SALA 2 – 2D
    Nacional – 16:40 21:00

    MINIONS
    SALA Vip – 3D
    Dublado – 14:00

    PIXELS
    SALA Vip – 3D
    Legendado – 16:00

    QUARTETO FANTÁSTICO
    SALA Vip – 2D
    Legendado – 18:30 21:10

    SALA 4 – 3D
    Legendado – 21:40

    MINIONS
    SALA 4 – 2D
    Dublado – 13:40

    PIXELS
    SALA 5 – 3D
    Legendado – 16:30 21:20

    CIDADES DE PAPEL
    SALA 6 – 2D
    Dublado – 20:00

    DIVERTIDA MENTE
    SALA 6 – 2D
    Dublado – 13:50 15:50 18:00

    SOBRENATURAL: A ORIGEM
    SALA 6 – 2D
    Legendado – 22:10

    CARROSSEL – O FILME
    SALA 7 – 2D
    Nacional – 13:10 15:00 16:50 18:40

    HOMEM-FORMIGA
    SALA 7 – 2D
    Dublado – 20:30

    MAGIC MIKE XXL
    SALA 8 – 2D
    Dublado – 17:00

    MAGIC MIKE XXL
    SALA 8 – 2D
    Legendado – 19:20 21:50

    SOBRENATURAL: A ORIGEM
    SALA 8 – 2D
    Legendado – 14:30

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Eu acho louvável a iniciativa de permitir a participação dos ouvintes, mas ficou bem exagerada nesse cast. Quando a conversa estava fluindo legal vinha alguma interrupção.
    A ideia é boa, mas acho que é melhor diminuir um pouco a quantidade de áudios dos ouvintes.

    • Acho que o que causou a estranheza foi na edição, em como essas participações foram colocadas, quebrou um pouco o ritmo da conversa.

      • Rodrigo Deway Bacelar

        O tema também faz com que mais pontos de vista sejam colocados.
        Era preciso um volume maior de opiniões. Creio que nos próximos a quantidade de audios deve diminuir.

  • rapt3

    Sem eu conferir o podcast, eu digo que SIM, existe. Vamos conferir o podcast agora e ver se minha opinião se aplica.

  • adriano willians

    cinema acima de tudo hoje , é uma negocio, então vão oferecer um produto com o qual os seus consumidores procurem mais, com isso mais pessoas procuram filmes dublados que legendados, muito pela agilidade e facilidade de assimilação do produto do que com a qualidade.
    minha principal queixa não é com a quantidade de filmes dublados, e sim com a quantidade de filmes em 3D, com uma qualidade duvidosa/péssima (no geral são copias convertidas para 3D), sendo muitas fezes as únicas copias de filme que estão em cartaz onde vc é obrigado a velo, por que não tem outra opção sem 3D, e a pagar mais caro por um produto com qualidade bem baixa.

    • Minha ressalva maior, também, é em relação ao 3D.

  • Leo Godinho

    Sou Leonardo Godinho, moro em Macaé – RJ

    Vou falar o que acho sobre dublados e 3D.

    Filmes dublados
    Confesso que tenho dado preferência a alguns filmes dublado, pois ia ver com minha filha e acabei acostumando. No cinema em minha cidade não vejo problemas com falta de filmes legendados. O que acontece é: No filme Vingadores 2, de cinco salas, duas eram legendadas (1 sala 2d e 1 sala 3d) e três dublados (1 sala 3d e 2 salas 2d). Esse é um tipo de filme que normalmente vão crianças e por isso a prioridade do dublado.
    Exterminador que saiu agora foram 3 salas (1 sala 3d legendado, 1 sala 2d dublado e 1 sala 3d dublado).
    Alguns filmes “mais adultos”, como suspense, geralmente são legendados ou uma sala dublada e outra legendada.
    Ah, filmes como Cavaleiros do Zodíacos TEM de ser dublado, pela nostalgia (pena ter sido ruim o filme).

    Filmes 3D
    Em relação aos filmes 3D, eu gosto. Podem tacar pedra… rs.
    Não são todos, mas confesso que tem filmes que são indispensáveis em 3D, como As Aventuras de PI e Gravidade. Vi ambos em 3D e em 2D e tem diferença. Infelizmente em minha cidade não tem o iMax e preciso ir a Capital pra ver (e faço isso às vezes). Mas esses 2 filmes citados eu queria muito ter visto no iMax 3D.
    Ah, os vi legendado e dublado e não perdi em nada por ter visto dublado.
    O filme quando é realmente filmado em 3D é outra coisa. Claro que essas conversões ficam uma bosta em sua grande maioria. Até dou preferência a animação em 3D do que filmes com atores reais.

    É isso.

  • Lucas Dias

    se no cinema tem mais filmes dublados e em 3d, e a pesquisa for feita nesse cinema… acho que é obvio que a maioria que vai ser questionada vai preferir dublados… quem gosta de ver legendado nao vai ta no cinema… acho meio obvio isso.. a nao ser que a pesquisa seja feita pela internet hehehehe

  • Felipe Maciel 

    Permitam levantar um questionamento. No final do cast, quando estavam falando de dublagens duvidosas, vocês deixam claro que, caso alguém vos pague, fariam um trabalho que talvez não agradasse a muitos. Não seria isso que os cinemas estão fazendo? Se tem alguém pra pagar, não importa o que poucos pensem. Let’s make money! Abraços.

    • phsantos

      O problema é quem contrata, não quem foi contratado. Só isso que quis dizer. Pessoal culpa a Pitty, o Luciano Huck, etc. Não, a culpa não é deles.

  • Conde Ferreira

    estou a espera do cast sobre o novo Quarteto Fantástico…
    Eu não gostei do filme, por alguns motivo….principalmente o final… para mim 5/10 … esperado vcs ..

  • Thiago de Melo Costa

    Particularmente odeio filmes dublados, não apenas pelo trabalho das dublagens mas pq a perda em termos de som é absurdo, além de todo o trabalho de atuação que vai pelo ralo.

    Já deixei de ver muitos filmes por só estarem sendo exibidos dublados na minha cidade, isso quando a sessão legendada não é apenas nas famigeradas salas VIPS com ingressos abusivos.

    O 3D eu não gosto, mas até tolero, já filme dublado não assisto.

  • Conde Ferreira

    Pessoal,aqui ni CineMark – Tamboré – SP é assim, há uma sala fixa para filmes Leg… a Prime(a de luxo e mais cara) … aonde passa apenas o grande filme da semana,porém em varias sessões…

    veja:

    Quarteto Fantástico – leg

    13h00 – 15h30 – 18h00 – 20h30

    a tmb os filmes clássicos em uma sessão cult em outra sala normal:

    Top Gun: Ases indomáveis
    20h20

    O que vcs acham?…

    • Cesar Adr

      Que show meu, assistir Top Gun no cinema deve ser melhor que o Quarteto.

  • Rach

    O Villaça está certo, se você vê filme dublado está assistindo a algo que se distancia da obra original e do intuito primário do diretor. E se vê legendado e não sabe inglês (como assim, né?), volte pro dublado porque está perdendo grande parte do filme enquanto lê.E que buracos são esses que vocês frequentam que não exibem filmes legendados, heim? Eu vou a um cinema de shopping, operado por uma grande rede, e eles exibem filmes legendados e dublados, a sessão de clássicos, filmes em 2D e 3D, e até aquelas sessões com operas. E tudo isso em Goiânia, que é basicamente uma cidade do interior grande.

    Ps.: Juras, lembra quando o Nerdcast resolveu implementar mensagens de voz na leitura de emails? Lembra que era uma merda? Então…

  • andre

    Jurandir meu filho admiro muito o trabalho de voçês parabéns, moro em United States of Sobral desde 2011 aqui vivemos uma ditadura o único cinema da cidade(que coincidentemente fica em um supermercado que eu tbm sou funcionário e por não assistir dublado acabo levando spoilers de todos os lados dos clientes que assistem) absolutamente só traz copias dubladas é um inferno…. todos os filmes tops de 2012 pra cá tive que “sugar” da rede pra poder me alimentar rsrsrs agora fica o desanimo prox ano com tantos filmes fodas saindo ter que esperar 1 a 2 meses pra poder assistir com qualidade de som e áudio.

  • Rodrigo Garcia

    “Missão: Impossível 5” no cinema perto de casa, em Belém do Pará, vai ter 8 sessões (em 2 salas). 7 dubladas e 1 legendada às 21:45h.

    Eu não tenho condições de pegar essa sessão.

  • Dennis Do Ó

    Em animações é ate compreensível uma predominância de cópias dubladas. Em películas realmente está desequilibrado. Por essa razão e pela falta de educação do público tenho ido cada vez menos aos cinemas. Quando compareço é em uma segunda ou terça-feira em horários de baixo público. Gostaria de ver comentários dos representantes dos cinemas a respeito.

  • Roob Cullen

    Eu só queria saber o nome da música que tocou no final… =(

  • Schmidt

    É tudo questão de maximizar os lucros. Se as salas com filmes dublados vendem mais e tem maior procura coloco mais filmes dublados e colaca o 3D e lucra ainda mais. Cinema pode ser arte, entretenimento e tudo mais, mas acima de tudo é uma negócio e empresas vivem de lucro e não da felicidade da galera. O que devemos fazer e não pagar por algo que não está agradando ai quando o lucro cair eles terão de mudar.

  • Acho engraçado como alguém diz … “Acredito que as pessoas preferem dublado devido a falta de leitura, de educação e bla bla bla”. Ué nos EUA que é o país que todo mundo paga pau, cerca de 90% de tudo que é de fora passa lá dublado (ou eles fazem suas próprias versões), também é falta de educação?

    Pra mim depende muito do filme, se é for uma drama ou um filme mais sério, prefiro ver legendado, se for um filme “bobo”, filme de herói, comédia, etc tanto faz se é dublado ou legendado, animações prefiro ver dublado.

    Já animações e filmes asiáticos, prefiro ver legendado porque gosta do idioma, enfim, devia ter opções para todos os públicos, mas como é negócio eles optam sempre para o que o público em geral prefere.

    http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/08/1666126-pequisa-revela-que-6-em-10-brasileiros-preferem-filmes-dublados.shtml

  • Franklin Frank Nck Nuckless

    Sinal dos tempos, o povo tem preguiça de ler….

  • Tatiane De Oliveira Hirose

    E tem as pessoas que não enxergam em 3D como eu (por um problema na visão)! É muuuuito duro, atualmente, eu encontrar um cinema que passe uma sessão legendada em 2D!

  • João Victor Fiorot

    Excelente episódio. Diversas ponderações muito válidas. Fiz um post na minha timle do facebook indicando que a administração dos dois cinemas da minha cidadela ouçam esse episódio ressaltando o fato de que o cinema corre risco 1) de perder seu público mais fiel por excesso de inviabilização para utilização de um serviço (caro) e 2) adquirir um novo público, não se importa com o produto que consome. Não vai contribuir com o marketing da instituição e por fim, sempre abandonará o cinema por qualquer outra forma de entretenimento.

  • Magno Lima

    Moro no Rio de Janeiro, em Bangu (na zona oeste), e TODOS os cinemas aqui perto de casa exibem a maioria dos filmes dublados, mesmo os filmes “adultos”. É uma bosta, pois tenho que me locomover até um cinema distante (Barra da Tijuca) se quero assistir a um filme legendado.

    Com relação a filmes em 3D, concordo com a opinião de que isso só funciona se o filme for “pensado em 3D” (em oposição aos que são posteriormente convertidos), e é realmente um incômodo ter que colocar os óculos 3D por cima dos óculos que eu já uso. Claro, eu acostumo depois de uns 15 minutos.

  • pppaulodias

    Ontem tive que assistir um filme em 3D em Santos por falta de opção… De 3D somente tinha as letras..

  • pppaulodias

    Gente e pessoal do Rapadura… acho que um canal adequado para reclamar seria o Proteste.org…. Acabei de deixar uma mensagem no Facebook sobre o excesso de filmes dublados e filmes em 3D… Dêem uma força e postem também para termos força em mobilização…

  • Enderson Araújo

    Sei que estou atrasado na discussão pois, esse cast já foi ao ar faz dias, mas não posso deixar de expressar minha opinião, já que praticamente tenho NOJO de sessões dubladas pela proporção de idiotas que tem nessas sessões. Sabe aquele tipo de pessoa que não tem idade mental ou possui alguma difunção de bom senso? Sabe… aquele tipo imbecil de pessoa que tem pouquissima cultura e que com isso tem preguiça de ler uma legenda ou não cala a boca durante o filme? Acessa o celular, grita piadas sem graça e etc.. Pois é, eu evito sessões dubladas porque geralmente estão cheias de idiotas. Abração Rapadurianos!

    • Senhor X

      “NOJO” Nossa…..

  • Luis Fernando Mendes

    Otimo cast. Malz ter demorado pra comentar proque esse trabalho novo ta me sugando.

    Sobre o cast – Acho que poderia ter disponibilidade para todos o cinema. Eu gosto da dublagem, mas tem alguns que são sofriveis de assistir, principalmente os filmes de comédia que cortam todas as referências e melhores tiradas. E para piorar sempre na ÚLTIMA SESSÃO, que praticamente obriga o telespectador a pegar essa mesma sessão. Poderia sim haver uma divisão disso. Quanto ao 3D esse sim está se tornando um terrivel problema. Nem eu to aguentando mais ter sempre que assistir so filme 3D, as vezes é muito difícil ter grana ou horario disponível. Acho que ta mais do que na hora ACABAR COM ISSO e manter esse recurso so em filmes que realmente mostram o 3D, porque a maioria lançado é como o Siqueir adisse, so as legendas.

    grande cast, senti um leve arrepio no final, mas não engo que um dia possa se tornar uma infeliz realidade.

  • Arthur Henrique

    Eu moro em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, e tenho um cinema a 5 minutos de casa, o problema é que esse cinema somente tem cópias dubladas, o único filme esse ano que chegou legendado foi Birdman, para piorar os filmes grandes só chegam em 3D. Já tive que fazer mini viagens para ver filmes legendados em Curitiba, ou somente para ver algum filme, tipo “A Teoria de Tudo”, que nem é tão bom assim, mas tive que me deslocar muito para ter acesso

  • Cleber Gio

    O porquê nós já sabemos, eu mesmo já cansei de ouvir pessoas dizendo que ou veem o filme ou leem a legenda. O 3D não é por preferência do público, é simplesmente uma questão de faturamento, é jogado goela abaixo . Acho que isso não tem mais volta, vai ser uma maioria esmagadora sempre, o que precisa é ter o mínimo de bom senso de aumentar a oferta de salas legendadas, pelo menos uma sala com horários alternados para quem prefere desse jeito (e não são poucas pessoas).

  • Rodrigo Barreto

    Através do ingresso.com eu notei que aqui no Rio de Janeiro você consegue perceber que em lugares assim “baixa renda” tem muito mais dublados ou nenhum legendado, e na zona sul tem muitas salas, o povão pede o cinema dá!

  • Melhor 3D pra mim: O Hobbit: Uma Jornada Inesperada em 3D IMax HFR. Nenhuma experiência se comparou até agora.

  • pfnino

    moro em são josé dos campos, e aqui tem 2 cinemarks e um kinoplex, depois de ouvir o cast até pensei em elogiar os cinemas daqui porque consegui ver meu primeiro filme legendado em 2d do ano antes das 6 da tarde numa sala grande, foi no kinoplex, mas ontem veio uma grande decepção, o filme Entourage não estreiou em NENHUMA SALA da minha cidade, ridiculo isso!!!

  • Tarça

    Em Juazeiro do Norte, com sorte, as últimas sessões (depois das 21h, geralmente) é que são as legendadas. Quando termina a exibição, não tem mais ônibus, que param 23h, 23h30min. O cara tem que querer muito ver o filme legendado, viu! E esse cara sou eu! Outra crítica é que, depois da implementação da tecnologia digital, a fonte usada para as legendas são minúsculas e sempre brancas – igual acontece nas cópias em Blu-Ray. O pessoal que formata as cópias não deve ir ao cinema! No Blu-Ray, com toda a capacidade do aparelho, já deveria existir opção pra aumentar o tamanho da legenda. Enfim… quem curte o som original, sofre!

  • Marx Barroso de Mattos

    Eu acho que uma idéia interessante seria disponibilizar o horário no site e se desse demanda o horário fosse despolitizado, se não desse público fosse exibido dublado

  • Doutor Gori

    Tá um saco esses audios dos ouvintes. É um porre toda hora ter que ficar avançando, fora que quebra demais o ritmo do podcast. Voto pela extinção desse Rapadurazap!

  • ThiagoDMG

    Cara, eu acho mt furada essa relação “se os cinemas colocam mais filmes dublados, é pq está vendendo…”. Pensando nessa linha podemos dizer que os filmes em 3D são um sucesso e estão agradando, já que as maiores bilheteria são justamente neste formato. Mas é só conversar com qualquer frequentador das salas pra perceber a falácia. Fazem sucesso pq são a única opção. Acredito que o mesmo aconteça com os filmes dublados. A grande maioria das pessoas economicamente ativas escolhe a secão (e muitas vezes o filme) de acordo com o horário, e acaba refém das opções dubladas/3D. Como a maioria, sou a favor de termos as duas opções de maneira mais equilibrada.

  • ThiagoDMG

    Não entendo pq essas pesquisas precisam ser tão demoradas e complexas. Td bem vc ter pesquisas mais elaboradas a cada 2 ou 4 anos, mas informações como “você prefere filme dublado ou legendado?”, são perguntas que deveriam ser feitas de forma mais corriqueira nas próprias salas de cinema. Cara, dá pra perguntar isso na hora da compra, seja on-line ou no guichê.

  • ThiagoDMG

    Desconfio muito desse argumento que “a nova classe média, não teve muitas oportunidades, não consegue ler rápido, cansa de ler”. É uma opinião muito arrogante. Acho inclusive um baita preconceito. Essas dificuldades vem na maioria (claro que não somente) de pessoas mais velhas, e que convenhamos não são o público alvo dos cinemas. A “nova classe média” somos nós. É só andar de metrô e vc vai perceber que a maioria dos jovens balançando pra lá e pra cá, estão se equilibrando com um iPhone nas mãos. Chega desse papo de “a nova classe média” ignorante, sob a desculpa de ser “acessível”. É o mesmo círculo vicioso usado pela grande mídia: “somos superficiais pra sermos acessíveis” (vs) “nunca evoluímos pq td é superficial”.

    • ThiagoDMG

      Além disso, a lógica industrial de gerar o maior lucro possível, e criar fidelidade comercial, se baseia essencialmente em satisfazer as expectativas do consumidor. O que culmina na reprodução exaustiva dos gêneros, formatos e narrativas já “aprovadas” pelos testes de audiência. Gerando uma espécie de círculo-vicioso, no qual o espectador é apresentado diariamente aos mesmos produtos, – afim de não gerar estranhamentos que poderiam significar quedas na audiência e consequente fuga dos patrocinadores – ficando cada vez mais acostumados com essa homogeneidade e mais incomodados com o que aparenta ser diferente e, muitas vezes inovador. Assim, essa excessiva preocupação mercadológica aliada ao engessamento criativo consequente da burocracia e de todas as demais implicações impostas pela indústria cultural, resultaria em produtos cada vez mais pasteurizados, banais e despersonalizados,

    • Antonio Amaral

      Bem isso é realmente arrogância, de acordo com o gerente de um cinema que conheço que recentemente voltou a ter sessões legendadas o público que eles mais perderam com a adoção somente de filmes dublados 3 messes atrás (E que foi revista semana passada) foi dessa nova classe média e não da classe mais alta como era de se esperar por esse argumento.

  • Bob Nerd

    Não caberia nessa discussão a situação de outros países com relação a dublagem? Eu sei que a base do post foi a pesquisa do Datafolha, mas será que esse efeito da dublagem daqui não pode ser relacionado a valorização da dublagem em outros países?

    Digo que isso porque até onde eu sei, a Alemanha é o país com a melhor dublagem do mundo e com o maior público consumidor de filmes dublados do mundo. Já ouvi relatos de colegas que moram lá que é muito difícil encontrar filmes legendados em cinemas alemães. Nos USA é a mesma coisa, já vi pesquisas e relatos que o americano não gosta de ler enquanto assiste o filme então não se incomoda (os filmes estrangeiros dublados). A situação se repete na Europa, como um todo.

    Então, será que essa não é uma tendência normal? Não estou dizendo que é certo ou errado, só que acho que essa é a tendência como outros países devem ter passado por isso.

    Na realidade acho que somos minorias mesmo. Eu gosto de filmes legendados e odeio ser obrigado a assistir filmes dublados no cinema, mas acho que não tem como escapar disso.

  • leoleonardo85

    Só ouvi hoje o cast, ficou otimo, no final chegaram ao que eu penso sobre filmes dublados e em 3D.

    E pra mim 3D ainda tem um agravante, por um desvio no olho direito e não vejo o efeito 3D, então em uma sessão 3D eu tenho que assistir o filme com um dos olhos fechados, senão fico vendo duas imagens na minha frente.

  • leoleonardo85

    E não sei se o Juras percebeu, mas no cast foi 2x o mesmo audio do Whatsapp hehehe

  • Thadeu Antonio Ferreira Melo

    Mesmo filmes grandes estão tendo dublagens ridículas.

    Aqui no interior que ainda recebe cópias em película nem nos horários da noite eles podem disponibilizar filmes legendados.

    A dublagem do Jurassic World foi medonha, mesmo com algumas vozes de bons profissionais, parece que fizeram às pressas.

  • Senhor X

    ENTÃO ESPEREM LANÇAR O DVD DO FILME E COLOQUEM NA OPÇÃO LEGENDADA, PRONTO!!!!

  • Senhor X

    Critica filmes dublados, mais ama o aplicativo Dubsmash.

  • André Lucas Paes

    Só eu que fico extremamente agoniado quando entra esse som de celular vibrando? É tipo ouvir a música do despertador, dá um ruim.

  • Saulo Benigno

    No meu aplicativo de podcast existem duas versões do episódio 433 com uma diferença de 1 minuto.

    Alguém sabe o que aconteceu? Qual a versão correta?

  • marcus

    Está cheio de posers por aqui, a maioria esmagadora das pessoas prefere assistir um filme dublado com a justificativa esdruxula que o som é melhor (como se não fosse o mesmo, se fosse falar em relação a voz dos atores ai sim seria justificavel), não tem porque ficar o tempo todo olhando para baixo lendo legendas e perdendo detalhes das imagens, entendo muito bem que deve ter opção de legenda para pessoas surdas, mas devido a pouca representatividade dessas pessoas tenho uma solução que pode agradar a vocês também: filmes dublados com legendas, assim vocês podem ler e quem é surdo também, vamos fazer uma campanha para que isso se torne realidade

  • Erony Vilas Boas

    Parei de ir ao cinema há muito tempo, comprei um projetor 3d full hd,um blu ray 3d home theater com 100wts, montei uma sala em minha propia sala de cinema em casa, acora vejo o que eu quero na hora q quero e no indioma que quero.

  • Marcel

    Sim, existe um excesso. Deveria haver mais opção e como um dos rapaduracasters mencionou: de acordo com a proposta. Faz sentido exibir filmes infantis / animações dublados em 90 ou 100% das salas de cinema. Aliás, não lembro de uma única vez ver uma animação com áudio que não seja em português.
    Por outro lado, dizer que quem gosta de filme dublado não gosta de ler, é pura bobagem.

  • Antonio Amaral

    Fico feliz em saber que a questão da opção ainda é importante e quem mada é o público.
    Um cinema que conheço a mais ou menos 4 messes atrás resolveu fazer a escolha de mudar a sua programação para somente filmes dublados e semana passada essa decisão foi revista devido a uma perda significativa do público, tanto que as sessões legendadas voltaram e não só isso, começaram também a ser distribuídas de maneira melhor durante o dia.

  • Augusto Cezar Lima Queiroz

    Saudações e parabéns por esse episódio. Visitem o blog “Crítica Podcast” (www.criticapodcast.blogspot.com.br) e leiam a análise e avaliação que postei sobre esse podcast. Há outros também publicados por lá. Obrigado.

  • Mikhaelson Shankley

    Mas nos episódios de dublagem o Jurandir baba o ovo de todos os dubladores. Só faltava dizer que nem devia existir legendado.

  • Rogger Augusto

    Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força (Dublado) – 3D – 21h30
    21/01/2016

    =(

  • Rogger Augusto

    Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força (Dublado) – 3D – 21h30
    única sessão 21/01/2016

    =(

  • Fabio

    Acho que sou exceção, gosto da dublagem brasileira, sou fã dos dubladores, curto 3D, minhas TVs todas são, leio muito, não tenho preguiça de ler, mas acho que assistindo legendado perco um pouco de tempo de tela de cada paisagem e cena.
    Achei o Podcast meio preconceituoso com classe social mais baixa…