sexta-feira, 11 de abril de 2008

RapaduraCast 72
Cinema Influencia ou Não?

Fique a vontade para participar do nosso debate, porque aqui você sabe: "Assistir é apenas o começo"!

Aperte o Play para começar o RapaduraCast Aperte o para começar o RapaduraCast

1x 1.5x 2x
0:00:00

Qual a influência do cinema em nossas vidas? Você já tomou alguma atitude semelhante à que viu em um filme? Quem nunca se identificou com algumas cenas mostradas nas telonas? Quem são os mais influenciáveis? Jovens? Homens? Mulheres? Todas essas perguntas foram discutidas pelos participantes do programa nesse bate-papo pra lá de exaltado.

Jurandir Filho (o Juras), Raphael Santos (o Ph), Maurício Saldanha (o Mau) e Maíra Suspiro (Suspiro) deixam de lado a piadinhas e discutem fatos e relatos de uma sociedade bastante conturbada como a nossa. O cinema é capaz de fazer com que uma pessoa saia de sua casa portando armas e entre numa sala de um shopping metralhando o público? Será que a culpa é dos filmes?

Pesquisadores entrevistaram 3.000 adolescentes de 12 a 15 anos que nunca haviam experimentado o cigarro. Todos foram perguntados sobre quais eram os seus astros de cinema favoritos. Um terço mencionou atores e atrizes que fumaram em filmes de grande sucesso nas bilheterias. De acordo com o estudo, 80% das meninas que afirmaram adorar atrizes que aparecem fumando nos filmes, mostraram-se mais vulneráveis ao cigarro. O que isso quer dizer? Escute, reflita e comente!

Duração: 70 min

NOVO ENDEREÇO
Acesse agora por www.rapaduracast.com.br

SUGESTÕES, CRÍTICAS, DÚVIDAS E CHUTES NO SACO
Envie e-mails para: rapaduracast@cinemacomrapadura.com.br

RSS e iTunes
Adicione o feed do RapaduraCast no seu iTunes ou no seu agregador.

INFORMAÇÕES
Aperte o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como) o arquivo no formato MP3 na MELHOR QUALIDADE para o seu PC. Desfrute! 😉

Compartilhe

Participantes

Jurandir Filho
Jurandir Filho
@jurandirfilho
Raphael Santos
Raphael Santos
@phsantos

Ouça Também


  • Brunno Lopes

    Maal comeceii a ouviii e já gameii! 👿
    Adoreii parabeens (!)

  • Caio Leonardo Lira

    Na hora certa

  • Brunno Lopes

    Priiimeiiro coment (666)

  • Brunno Lopes

    ➡ aamei,já baiixei !

  • Eduardo

    De Curitiba para o CCR….
    Valeu…

  • Artur Andrade

    Diabo é isso homi?!

    gostei desse tema
    vou baixar e escutar de noite 😆

    e a promoção?

  • Brunno Lopes-12 Anos

    Oiie x)
    Sou do riiio de janeiiiro e siimpliismente a-d-o-r-o o Cast 😯
    Comeceiii só leendo as reportagens no Portal Ciiinema com Rapadura,maas resoulvii ouvir o Cast sobre Tim Burton e amei,até porque sou um graande fã do mestree vi Sweeney Todd 5 vezes,em 2 seemanas.Tenho uma grande quantidade de filmes do diretor e a cada um ele se supera ! 🙄

    Meu podcast favoriito até agora foi o Lições de Vida com a Suspiiiro.
    Abraço a todos :mrgreen:
    Brunno Lopes 😉

  • Carneiros, AL – 19 Anos

    Olá rapaduras, parabéns e obrigado pelo o Cast.

    Ver um filme e não se deixar influenciar por ele, mesmo que seja somente durante a exibição, é perfeitamente normal, creio eu. Porém, deve haver um limite, entre o quanto isso fará bem ou mal, não somente a si, como aos outros, e isso deverá partir de nós mesmos.
    Quantos filmes nos deixam com vontade de sair de casa, de viver uma aventura, outros tantos pensativos, chorões, apaixonados, esperançosos, e quem sabe as vezes, até mesmo querer lutar por uma causa.
    Mas, mesmo usando uma ‘causa’ como pretexto, é normal ficar com raiva? usar violência? Acho que um filme passa longe de nos levar a fazer uso da violência, ao contrário, muitas vezes, nos mostra como sair da situação sem fazer uso dela.

    Abraços

  • Poxa ta demorando pra atualizar o RSS aqui soh apareceu agora com 2h de atraso 🙄

    Ouvindo pra conferir a participação da Maira xD

  • Rudinei Bueno Júnior

    Ainda não ouvi todo o podcast, mas tive que dar uma parada pra comentar. Nos EUA quando um filme mostra a bandeira do pais balançando alguns impostos são cortados, por isso que alguns filmes mostram. =D Pra num gastar dinheiro.

  • Até q queria ouvir, + to saindo do trabalho agora, amanha escuto.
    Nem ouvi ainda, + CONCERTEZA, o cinema influencia a vida da pessoas.
    A minha por exemplo, depois q assistir TOP GUN Assas Indomaveis, decidir q queria entrar pra Aeronautica e pilotar avião de caça! Mais infelizmente não conseguir. 😀

    Abraço galera…

    E a presença da Maíra Suspiro é sempre bem vinda!
    Acho a voz dela muito sexy! Um ESPETACULOOOOOO!!!

  • pÂM 18 ANOS ANGRA DOS REIS

    OIE
    AMO RAPADURACAST!!
    Q ÉNA Q MINHA NET É DISCADA ¬¬ MUQUIFO DE CIDADE
    NUM VEJO A HORA DE VER
    BAIXANDU
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSS PRA TODOS
    *AMEI A PARTICIPAÇÃO DA MAIRA SUSPIRO NO RAPADURACAST LIÇÕES PARA VIDA
    VCS SÃO UM SUCESSO
    BJKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKS

  • Pedro Augusto

    Caramba otimo cast
    Pra mim Clube de Luta é mais uma ficção
    A Procura da Felicidade é uma historia real muito bonita que conta a historia de Chris Gardner muito bom.
    Como ouvi em cast anteriores: vivemos em uma sociedade capitalista onde poucos tem muito e muitos tem pouco.

  • Caio Gondim

    Excelente tema!

    Vale-se salientar que a mente humana é como uma enorme XEROX. Desde crianças, imitamos aquilo que gostamos ou que vai favorecer-nos de alguma maneira. Não é de adimirar que, após as duas eleições do presidente Lula, inúmeros políticos adicionaram o termo “companheiro” aos seus discursos demagógicos. 😐

    Ora, se vemos um filme e identificamo-nos com um certo personagem que fala de certo modo, quase que instintivamente passamos a expressar-nos como o ator interpretava. 😉

    Assim sendo, olhando por esse ângulo, nossa vida e comportamento não passam de uma junção de atitudes as quais identificamo-nos. Temos, então, que torcer para que bons filmes sejam lançados, que gostemos desses filmes, e que passemos a copiar os atos do mocinho(ou não). 🙂

    Sinto como se tivesse sido muito prolixo nesse comentário… 😳

  • Kaike Souza (14 Anos, São Paulo)

    Adorei o cast dessa semana.
    Pra mim um dos melhores já feitos. *–*

    E valeu por falar do premio IBEST por que eu não tinha percebido, vou votar agora nas duas categorias. *-*

    Continuem assim. :mrgreen:

  • Anderson

    mas já? 🙂

    vim pra comentar o 71 e nem vou mais 😀

  • Joaquim Henrique

    Parabéns pelos temas escolhidos!!! Nestas últimas edições!!!

  • Gustavo Ferreira(Bauru SP)

    coisas que faço enquanto ouço o chamado rapaduracast:

    mecho no pc,
    estudo,
    trabalho,
    dirijo,

    viajo,
    pulo de para quedas,
    mergulho em alto mar,
    ando de skate,
    pulo de bunj jumping,
    assisto filme(no cinema),
    concerto meu aparelho de mp3 que esta quebrado,
    faço sexo,
    atropelo uma velhinha no meio da rua,
    jogo betis,
    deixo um comentario,
    ouço mais outro rapaduracast,
    baixo outro,
    concerto minha net que esta quebrada a meses,
    assisto um video do mauricio no youtube,
    tento procurar um do juras,
    fico pensanso como o juras pode ter uma foto no site diferente da foto do orkut,
    mijo,
    acesso as noticias do ccr,
    compro uma coxinha na lanchonete da esquina,

    dentre outras coisas ….

  • Samuel Varela – 29 – Crato-CE

    Não lembro assim de um filme que tenha me influienciado de algum modo, houve algum, porque sempre há, mas eu não lembro. Tem aquele coisa de você ver um filme romantico e querer falar para uma garota algo romantico e etc…
    Mas muitas vezes acontece de uma situação da vida influenciar a pessoa a assistir um tipo de filme… tipo você está passando por um romance… vai querer ver uns filmes desse tipo; está com raiva do mundo… vai querer ver um filme de guerra ou de terror, etc…
    Um abraço a todos e até o proximo…

  • Rui Gomes

    Éééééééééééééé ………..

  • Bruno Robson – 17anos – Garanhuns – PE

    O cast foi muito bom…

    Deu pra perceber algumas faiscas por ai.

    Gostei muito da fala da Maira, realmente ver a mensagem do filme é lindo, mas praticar é outra coisa.

    Essa visão individualista é cultural, e pra mudar isso é muito difícil.

    Agora saibam de uma coisa: Vivemos em sociedade e somos construídos na relação, sua felicidade depende dos outros SIM, assim como a infelicidade.

    E À Procura da Felicidade é uma droga.

    Que as pessoas introjetam ações do filme é fato, mas nem sempre são as melhores e não acontece com todo mundo!

    Esse cast foi: FODASTICO

  • GUILHERME LORIUS MOYA

    MAURICIO SALDANHA PARA PRESIDENTE ❗ ❗ ❗

  • André Luiz =D

    sem querer ser chato, mas ja sendo xD

    quando comecei a ouvir o cast, e ouvi a parte sobre o rapaduracast no google, pensei logo no google fight, comparando o rapaduracast com o nerdcast

    primeiro tentei “rapadura cast” X “nerd cast”

    a derrota de rapaduracast foi esmagadora xD, mas isso era obvio, pq ‘nerd’ é uma palavra muuuuuito mais utilizada que ‘rapadura’ xDD, mas isso nao prova nada, então tentei tudo junto: rapaduracast X nerdcast

    e minha surpresa! a diferença dos dois é de apenas 300 links!!!! a vitoria é do nerdcast, mas se pensarmos na quantia de episodios, e o tempo des de que os dois estão no ar, a curva de crescimento do rapadura cast é muito mais elevada, então, apesar de ter perdido, o rapaduracast ta de parabens o.o’

    obrigado ^^

    quem sabe mais tarde eu poste sobre o cast mesmo shasuahsuah xDDDD

  • André, peço para você fazer outro teste. Com os nomes verdadeiros, já que não existe “rapadura cast” (o nosso chama-se RapaduraCast) e acho que não existe também “nerd cast” (eles nunca colocaram escrito assim, portanto, não existe).

    Teste os nomes verdadeiros: rapaduracast ou nerdcast.

    E nem colocamos isso para criar intriga ou algo tipo, afinal, quem mandou isso pra gente foi um leitor via e-mail. Só reproduzimos o teste que ele fez com vários podcasts, como o do Juca, Guileite, Tostão, NerdCast e outros. Isso sim foi esmagador.

  • Cara, tenho Orgulho de conhecer esse site. Tenho Orgulho de fazer parte dele.

    O CCR é maior psicicólogo do mundo! Meus pensamentos são literalmente expostos aqui. Cada matéria fala por mim.

    Cast maravilhoso! Mostra ao mundo que ele precisa do cinema. E, é claro, como ele é influenciado por tal.
    Super descontraído e abordou situações muito pertinentes. As pessoas ainda não estão prontas para o que o cinema oferece. Não o interpretam ou ultilizam-no da forma que deveriam.

    Somos influenciados pelo cinema. Todos nós.

    Falta de personalidade?
    – Não!
    – Sobra dela!

    Tenho orgulho de não somente ver o cinema, mas vivê-lo.

    Propaganda: Propaga+anda!

    Genial! A conclusão do século.

    Falow povo do CCR.

  • Olha gente, eu sempre estou por aqui, me considero um pouco cinéfila, gosto de ir ao cinema e tudo o mais, mas eu concordo que muitas vezes as coisas ruins acontecem tanto em nossa vida que chega um momento que a necessidade biológica de rir fala mais alto sim.

    O ser humano necessita dessa coisa, mesmo sendo filmes idiotas das “novas” comédias românticas, seja com filmes idiotas mesmo… OU filmes simples. É coisa da humanidade querer ter algo que faça ele fugir da realidade…

    Eu sinceramente acho que precisa ser MUITO louco (doente mesmo) para se deixar influenciar por uma ficção, sério mesmo. Eu vejo discussões sobre isso e aquilo que acontece na ficção que eu acho besteira. Cinema é uma ótima máquina que nos faz chorar, pensar, ter raiva, sonhar, NOS DIVERTIR. Achar que isso ou aquilo vai se tornar real é uma loucura demais.

    E o mundo de hoje, no capitalismo, não existe alguem como o Willian Wallace.

    E na minha opinião um filme que influencia as crianças? Harry Potter!

    O filme que me influenciou foi ET que foi o primeiro filme que eu vi no cinema. Guerra nas Estrelas foi somente uma confirmação. E hoje eu sou apaixonada por história graças ao Indy Jones. E tembém adoro filmes “bobos” assim como o Juras.

    Beijos

  • Ah e a parte de cinema no meu orkut tem títulos variados… De tudo um pouco, rs…

  • Cristian

    Aeeeeee….

    Mais rapaduracast para nos informar mais sobre cinema!!!!!

    valeu rapaduras…..

    Até o próximo!!

  • A Clube da Luta é um ponto de vista, e na porrada te convence. A procura da felicidade é o perfil limite de qualquer um. Vc arranja um emprego ruim, vc tem filho prá criar, vc tem quer ser o exemplo prá ele, as coisas não dão certo para vc, a sua mulher não dá a mínima para os seus problemas, vc tem que estudar prá concurso, fazer a prova e passar, fazer entrevista e ser aceito… Isso não é egoísta, é uma coisa que abate qualquer um. No caso quando eu vi “A procura…”, pensei nos caras que vendem coisas e a gente não dá a mínima, como livros, doces, cartões. Aquilo representa o mundo do cara. Pobres na maioria. Esse filme influencia, em ter garra, ser persistencia, vc vai conseguir um dia. Gosto do filme pq fala dos heróis do dia a dia, e vai além de um ponto de vista, como foi o caso do Crash, que tb é bom. Eu considero Tropa de Elite, altamente influenciável, em linguagem, hostilidade, intolerancia, tratamento. Será que Juno é um filme influenciável? Será que menores grávidas, após ver o filme vão pensar em dar o filho para adoção. Complicado. Quanto a violência, eu lembro de um certo efeito “laranja mecânica” em mim, após ver Sin City. Tanta violência freiou após ver o filme os meus impulsos de raiva, senti isso, claro que passou. Vcs falaram do Homem Aranha, teve o garotinho que vestido dele entrou numa casa pegando fogo, para salvar uma garotinha. É um papo muito extenso para um só podcast.

    Valeu galera pelo programa e convidem sempre a Maíra

  • Ah, e filme que influenciou na minha vida. The Wall do Allan Parker. Influência no gosto musical e razão pq sou muito fã do Roger Waters.

  • Leonardo de Paiva Fernandes

    Leonardo Paiva
    18 anos… Campo Grande/MS

    concordo plenamente na influência dos filmes em nossas vidas, mas em alguns casos como foi citado do rapaz que matou no cinema, ou dos garotos viciados em rpg, é muito fácil a sociedade dizer que ele foi influenciado por tal filme ou game, mas é óbvio que há problemas pscicológicos com essas pessoas, sendo que os pais nunca são culpados nesses momentos, é muito comôdo dizer que a ficção o influenciou nessas atitudes, não seria a educação imposta pelos pais e pela sociedade?

    acho essa influência é relativa, pois imagina se todos se baseassem em filmes pornos, o que seria desse mundo, tudo é ficção, ninguém muda completamente sua vida após a influência de um filme, apenas nos influenciamos em situações corriqueiras, como dos adoslecentes que fumam após verem seus idolos!!!

    o que aconteceu com o mauricio depois da discussão, não disse mais uma palavra, sera que ele ficou fulo da vida que não quis mais falar!!!

  • 20 anos, Pacajus-Ce

    Bem amigos rapadurianos…
    Primeiramente, seria muito bom, seria bom demais que o “quadrado mágico” fosse mantido no cast.
    Comecei no memorável cast Nº50, mas já ouvi todos os casts possíveis…e este, meus queridos, foi surpreendentemente(quantas sílabas!) muito, MUUUUUUITO bom!
    …já sobre o programa da vez…
    Mas é claro que os filmes influenciam! Mas também é ÓBVIO que existem um filtro em nós, pessoas, e que em alguns, este filtro é maior e mais seletivo. Cada um abstrai o que lhe convém. Ou não! Há os que nem, ao menos, lembram da película vista no dia anterior.

  • Só tenho um pedido para fazer!!!

    FAÇAM UM PODCAST SOBRE KUBRICK

    diretor de laranja mecanica, odisseia no espaço, nascido para matar, O iluminado
    entre outros
    eu sou super fã do cara

  • “FAÇAM UM PODCAST SOBRE KUBRICK”.2

    Isso aí Doug, nova campanha nos comments.

  • Babi

    Oi gente!!
    Mais uma vez a-do-rei o cast.

    Cinema é uma das melhores maneiras de fugir do dia a dia.
    Nunca se vendeu tanto ingresso como no crash de 29 nos EU. Vejam o filme do Woody Allen: A rosa púrpura do Cairo. Lin-dís-si-mo. E logo após o 11 de setembro, o povo ia ao cinema pra ver Glitter (porcaria com a Mariah Carey).É a vida…

    É claro que o cinema influencia principalmente a moda mostrada nele e em termos de estética visual.
    A maioria das pessoas SÓ gosta de filme com a estética americana, se esquecendo que há filmes ótimos de outras nacionalidades.

    Vários filmes me influenciaram e muito (para o bem e para o mal), mas o que me marcou primeiro foi Branca de Neve do Walt Disney (cadê o Léo??). Quando eu comecei a achar que príncipes realmente existiam vem a Lady Di e casa com o príncipe e o final da história vocês conhecem… E eu só pensando: se não deu certo com ela que casou com o príncipe… Isso me poupou tempo e dinheiro de análise!!

    Tchauzinho.

  • Babi

    ➡ PS: Rio de Janeiro!!!!!!

  • Doug e QUEIROZ, boa sugestão. 😉

  • São Paulo – SP
    18 anos.

    Que o cinema influencia: É FATO.
    Vocês deviam ter seguido a primeira regra do Clube da luta…(ignorem isso). Os caras de terno se espancando no fundo de um bar, aqui onde eu moro são caras usando drogas pesadas e transando com putas. A luta no filme não é a LUTA.
    Chuck Palahniuk (o autor do livro “Clube da Luta”), teve uma vida foda, ele já foi Rapper, lutador amador e mecânico. Teve o pai assassinado com a namorada pelo ex-marido dela. Quando era adolescente, seu avô cometeu suicídio após matar a mulher. Já a história de “A procura da felicidade” é baseada na história real escrita por Chris Gardner (agora milionário) no livro de mesmo nome do filme.
    Pois bem, o que quero dizer é que Clube da Luta está ali pra quem QUER SER ATINGIDO, e A procura da felicidade diz (pra mim): Seja feliz, ganhe dinheiro, fique milionário para cumprir a obrigação de educar bem seu filho pra que ele cresça e tenha muito dinheiro.
    Sei lá, talvez eu esteja sendo muito Mauriciano…
    Um abraço a todos e muito obrigado pelo comprometimento.

  • Lucio (27 anos – São Lourenço – MG)

    Parabéns e obrigado pelo ótimo Cast…
    Maíra tem que ser presença constante…
    Voto no Ibest: ok (Votem !!!)
    Abraço a todos…

  • Os vencedores da promoção lançada no cast passado:

    André Luís Toledo
    Bruno Juncklaus
    Luiz Henrique M. Milan
    Marcos Fernando
    Jésion Batista
    Mariana da Silva Gomes
    Rafael Moreira
    Tiago Andre Silveira
    Bruno Alves
    Rodrigo dPaula

    Parabéns! 😉

  • Marcelo Coldfer

    É certo que cinema influencia a quem se deixa influenciar, podemos dizer ” os miolo -moles “.
    Não é possível que o camarada saia de uma sessão de Clube da Luta por exemplo achando que deve responder ao mundo da forma que ele viu no cinema.

    Então, video game influencia, aqueles livros de auto ajuda O segredo 1,2,3,4 .. a música do Rammstein influencia.
    E isso não só de forma negativa..vcs não acham que tem gente fazendo boas açoes com estranhos como foi mostrado no filme ” A corrente do Bem “?

    Tem gente que se infuência até assistindo ” Sinais “…. Fazer o que ?

  • Ronald Luis – Fortaleza/CE – 23 anos

    Filtramos os filmes à nossa maneira, e cada filme visto tem uma influência en nossa vida.

    O Senhor dos Anéis me fez amar ainda mais a sétima arte.

    21 Gramas foi um filme que mexeu muito comigo…

    Gosto também dos chamados filmes bobos… entre eles Uma Carta de Amor, O Diário de Uma Paixão, Um Amor para Recordar e tantos outros no mesmo estilo…

    Um forte abraço.

  • As grandes influências na minha infância foram os gonies, curtindo a vida a doidado, um tira da pesada, maquina mortifera, meu primeiro amor e outros filmes da decada de 80.

    Muitas facetas da minha personalidade vem diretamente de influencias desses filmes, com certeza, mesmo assim não repito na realidade coisas malucas que vi nos filmes, a pessoa tem que ser muito pinel pra entra em uma escola metralhando todo mundo como no caso columbine, o filme pode ter dado mais inspiração, mas a pessoa tem que ser préviamente insana para pensar num negócio desses.

  • Olá, Rapadurenses! Sou de Brasília, DF caso essa informação seja necessária.

    Este Podcast foi o primeiro que ouvi de vocês graças a indicação de um amigo de faculdade. Achei genial!
    Sobre o fato de pessoas que assistem filmes de romance e amor (o famoso filme ‘de mulherzinha’), eu tenho um causo para contar. Eu trabalho em uma locadora de domingo a domingo e tenho que lidar com pessoas que não sabem a diferença entre real e cinematográfico. Um dia uma cliente veio até mim e me pediu para indicar um filme legal. Como eu sabia que ela era cliente assídua, já deveria ter assistido vários, indiquei um mais “desconhecido” entre várias aspas. Filhos da Esperança – apesar da crítica ter detestado o filme, eu achei uma idéia válida e bastante interessante!
    Dois dias depois ela veio devolver e disse que odiou o filme com todas as forças. Eu perguntei porquê. “Porque só tem morte, guerra, sangue e destruição – é irreal!”, para o que eu respondi “ora, pode até ser um filme ruim, mas irreal ele não é” e ela “não reflete a MINHA vida”. Diante dessa resposta, perguntei qual filme refletia a vida dela da melhor forma possível. “Minha Mãe Quer Que eu Case, Como se Fosse a Primeira Vez, sabe, filmes com amor e compaixão”.

    Fiquei pensando e resolvi deixá-la em paz na sessão de Romance. Aparentemente ela acha que as pessoas não morrem se não morrerem em filmes com Meg Ryan, Amanda Bynes e Mandy Moore – somos imortais se o Shane West não morrem no final de Um Amor pra Recordar.

    Continuem com o Podcast e com as discussões divertidas! 🙂

  • Bruno Juncklaus

    mysterious skin (misterios da carne) esse foi meu filme ;D

  • Solange (26 anos – São Paulo/SP)

    pq qdo vcs estão lendo os emails fica rolando de fundo a música intro do zelda e mario? 😯

  • Solange, deve ser porque a pessoa que edita o cast é fã desses jogos. 😀

  • Gustavo Ferreira(Bauru SP)

    ja estamos no cast 72,
    em breve ja estaremos no cast 100!!!!

    o q será q acontecerá??????????????????

  • Priscilla Paiva Moreira (24 anos – Rio de Janeiro)

    Galera do Rapadura, vcs podiam fazer um Cast de adaptação de Livros no cinema…. que tal?
    É só uma sugestão
    beijinhos 🙂

  • Jadson Buarque

    È inocência esperar que um filme mude o mundo, ou pensamento. Também é inocência acreditar que um filme seja feito com a intenção de querer ensinar algo para o público. O desejo de todo cineasta é que seu filme dê lucro, que as pessoas o assistam, o que é natural, senão ele teria que procurar outra profissão.
    Todo ensinamento que se tira de um filme vem da interpretação de quem o assiste. Assim sendo, o filme pode ser Titanic, Rei Leão, ou o preferido de vocês : Clube da luta, só vai influenciar alguém se esse alguém quiser se influenciar ou se inspirar na obra exibida.

  • Marcelo Coldfer

    Minha grande influência é Don Juan Demarco. 😀

  • 36465789

    Maria Suspiro de novo ?
    aff…

  • Marcio

    Muito bom esse cast, ótimo assunto… Apesar da seriedade do tema ainda teve espaço para as engraçadas discussões filosóficas do Maurício e eu ri demais com o “Foda-se” que o PH mandou por Jurandir… Para mim o cinema só influencia as pessoas de cabeça fraca… Está cada vez melhor o rapaduracast, virei ouvinte assíduo desde o cast sobre o Oscar. Parabéns e continuem assim! Valeu!

  • Bruno Juncklaus

    poxa perdi a promoção.. mas tudo bemm… eaiuaehau

    esse cast num tem nem oq falar.. foi muito bom nossa *.*

    mas eu tenho uma sugestão a vocês, pode ser meio xato e tal.. mas vcs poderiam fazer um cast sobre os filmes do Stephen King, falando sobre eles.. pq sinceramente.. sou um amante por livros de Stephen, mas os filmes realmente.. eles SUCKS!! a lot²
    mesmo sendo uma boa estória o filme sempre sai mal.. a não ser o à espera de um milagre e o apanhador de sonhos…
    falar tbm… o “por que” deles num terem sucesso (os filmes) o POR QUE da demora da confirmação do filme A Torre Negra.. ehauhae

    enfim… tá aí a sugestão 🙂 ótimo cast e ótimo tema =D continuem com casts legais assim ^^

  • Gabriel

    Gabriel – 17 anos
    Cruzeiro -SP

    Cast simplesmente sensacional, assim como todos os outros.

    Maíra, você fez um comentário realmente realista quando disse que muitas pessoas assistem um determinado gênero de filme porque gosta de se projetar naquela história. Conheço muitas pessoas que fazem isto e na verdade, até eu mesmo, pois é uma forma de fugir de várias situações que se está vivenciando e imaginar que também existe pra vc um final feliz como aquele do filme.

    Jurandir, sábio comentário o seu ao dizer que nós devemos sempre ser felizes por nós msm. Não se deve jamais entregar sua felicidade nas mãos de outra pessoa, todos os seres humanos são capazes de ser felizes sem depender de outros pra isso, e isso não quer dizer que sejamos egoístas, individualistas, ou algo parecido, estamos apenas nos colocando em primeiro lugar. Até pq não existe maneira de se fazer outra pessoa feliz se vc não estiver feliz.

    Parabéns pelo excelente trabalho de todos vocês. Espero que a Maíra participe mais vezes, pois ela sempre faz comentários interessantíssimos.

    abraço a todos

  • Mauricio tome maracujina antes de gravars os casts!

  • Rubens ” neo_Rhama”

    Rubens ” neo_Rhama”
    29 Anos – São Paulo – SP
    corrigindo:
    Mauricio tome maracujina antes de gravar os casts!

  • Lucio ( 27 anos – São Lourenço – MG )

    Porque mudaram o “apelido” da Maíra ? Ela não gostou ? (até ontem estava “a suspiro” e agora está “colunista do Portal Cinema com Rapadura”)

  • Joaquim Henrique

    Ótimo Cast!!!
    Quebra pau e informações excelente!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Joaquim Henrique

    Maurício:
    Devemos melhorar o mundo, preocupar e lutar… mas isso deve começar conosco e não podemos enfrentar as pessoas com idéias diferentes cara a cara e sim com sutileza, ou seja, ir mostrando pontos e dando tocks para a pessoa.
    A MAIOR MUDANÇA É A DE SI MESMO.

  • Erick Santos | RJ | 28 anos

    Absurdo, absurdo, absurdo!!!!
    Muito bom!! Mandei por e-mail pq para comentário ficaria muito extenso.
    Concordo com o Joaquim. Uma pessoa não pode mudar o mundo, mas pode começar mudando a si mesmo.

  • 17 anos, São Paulo – SP

    Como sempre, ótimo cast…

    A discussão foi muito sugestiva. Que o cinema influencia não é novidade, mas temos que ver até que ponto ele atinge em nossas vidas, desde uma criança que pula de um prédio achando que é super-herói, até às mulheres que salvam os seus casamentos. O ser humano é um ser muito influenciável.

    Sobre o problema da “felicidade dependente”, se o bater das asas de uma borboleta pode causar um tufão do outro lado do mundo, imagina o que um bando pode fazer. (Metáfora)

    Enfim, dos ouvintes assíduos do rapaduracast, quem que nunca disse “exatamente” igual ao Juras, ou então “é um absurdo” igual ao PH? Isso tudo porque somos influenciáveis não importando a mídia de divulgação…
    O cinema só é a maior dela e sofremos, com isso, influência de outras culturas, na maior parte, americana.

    Bem é isso. Campanha para a participação definitiva da Maíra no cast, hehe

    Abraços…

  • Petista/Comunista detectado:

    “Advogado não devia defender bandido”

  • Legal, acho que sei lá meu!!

  • André Luiz =D

    Jurandir boss xD, eu sei que vocês nao queriam fazer nada de intrigas, me lembro claramente de suas palavras no podcast sobre games no cinema, e concordo com elas, não existe concorrencia entre os podcasts, pq nao existe horario de exibição nem limite de podcasts que alguem pode ouvir!

    só fiz o teste e postei pq achei que ia ser legal, alem disso, você não leu todo meu post, nele eu digo que tentei os nomes juntos ^^, checa la =D, tem até uma explicação :D.

    mas só pra tirar a pulga da orelha eu… fiz outro teste xDD e, meu deus! ou eu tava cego naquele dia, ou muita coisa mudou nesses ultimos dias, pq o resultado inverteu, foram 300 sites de diferença novamente, mas o rapaduracast ganhou
    heuheuehueu, vai entender o Google soberando do universo xD.

    ===

    anyway, adorei o cast, gostei muito das discuçoes desordenadas xD, acho que é bem isso que um podcast tem que ser, uma converça e não um programa, e converças são sempre assim xDD, prbns pelo cast :D!!!

    só uma confissão:

    Clube da luta mudou minha visão do mundo, eu assisto esse filme uma vez por mes, e é a melhor remedio pra quando estou me sentindo mal =, meu papel de parede do computador tem 10 citaçoes do filme grandes e eu leio elas sempre xDD, eu nao vou conseguir atingir o nivel de um tylor durden, esse anarquismo que ele sonha, mas alguns dos pensamentos dele ajudaram à melhorar meu estilo de vida… e outra, por causa desse filme, e de VCS! que eu vou toda à semana ( sabado e domingo ) no cinema, e que eu decidi fazer facul de cinema! nem que tenha que trabalhar no McDonalds pra pagar minhas contas >.<!!!!

  • Fortaleza – CEARÁ
    22 anos.

    Cinema influencia sim.. se não influenciasse vocês não estariam discutindo isso.. aliás, tudo influencia em alguma coisa, até o RapaturaCast, ou vocês não perceberam que já fizeram muitas pessoas ficaram falando “exatameeente” e “isseumabsurdo”. =D

    E eu tambem acho o Clube da Luta muito mais FODA do que o A Procura da Felicidade!

    Abraços!

  • Façam um podcast sobre Kubrick! [3]

  • NerdSutil

    Caros seres rapadurianos,

    Estou sentindo muito a falta dos seus comentários
    voltados para os diversos filmes que têm entrado
    em cartaz.

    Talvez possam fazer mais um pouco disso, comentários
    com resenhas. Toques sobre o diretor e tudo o mais.

    Imagino que tenham tido mais retorno com esses episódios
    em que ficam conversando assuntos “existenciais”, mas
    sinto falta das tecnicidades dos filmes, novos trailers,
    o negócio em holywood, etc…

    Comento por saber que sempre levam em consideração os seus
    ouvintes.

    Gosto muito dos seus programas…Um abraço a todos …

    NerdSutil, Santos-SP, 34 anos.

  • silvandro pereira

    CARPINA-PE
    Mais um Cast sensacional!!!!
    A participação da Suspiro é sempre arrasadora e deixa o programa ainda mais especial.
    Achei muito interessante ver vocês discutindo sobre um assunto polêmico. Mais o q mais eu gostei foi ver o Saldanha com os pensamentos “we are the world” dele contra os pensamentos realista do restante do grupo. Muito legal pensar da forma que o MAu falou mas, vamos andar com os pés no chão, a realidade é totalmente outra e ninguém nunca conseguirá mudar o Mundo Inteiro.
    No mais foi excelente, continuem assim expressando suas opiniões.
    ABRAÇO!

  • NerdSutil, pode relaxar. Está começando agora a temporada de blockbusters, consequentemente, casts blockbusters. Já começaremos com um nível médio nessa sexta. 😉 Recomendo escutar os programas de Transformers, Simpsons, Harry Potter, Jogos Mortais, Resident Evil, A Trilogia Bourne e etc. Se prepara, que vem muito mais por aí…

  • Alan Cosme

    Quando eu era criança (e até hoje em dia) assistia tudo que é filme de ação (os de kung fu, rambo, exterminador do futuro, Matrix, jurassic park), comecei a ouvir alguns rocks (até Marilyn Manson e Sepultura), adorava desenho animado (Simpsons, Cavaleiro do Zoodiaco e Rei Leão estavam entre eles). Na adolescencia me interessei por histórias mais “darks” e comecei a ler contos de vampiro, Neil Gaiman, Stephen King, Harry Potter e a ouvir bandas de metal (Blind Guardian, Nightwish…) enfim, tudo o que tem um pé no sobrenatural. Praticamente tudo o que eu gosto já ouvi alguem dizer que é do diabo/influência negativa. Bem, não sou santo, mas não gosto de beber, minha última “briga” foi na oitava série (briga tão séria que fiquei discutindo com o adversário quem ganhou no final 🙂 ) e me considero católico. Ouvi dizer que quem assistiu determinado filme/desenho violento quando criança se tornara um adulto violento, bem… tenho 20 anos e até agora espero essa “violência” aflorar em mim. Bom, pra não dizer que sou “super neutro” quando eu tinha 8 anos era terminar de assistir Power Ranger que eu ia direto brincar de lutinha com os amigos…o máximo que acontecia era a espada de plástico acertar o dedo do “adversário” e ele ficar com cara de “mal” fora isso…
    Ps: Não posso ter certeza disso, mas tenho uma forte impressão que traficantes e assassinos não treinam suas ações criminosas jogando Counter Stryke ou GTA.

  • Filipe Figueiredo “O MacLeod”

    aeeeww !!!
    sensacional …
    esse cast tava demais … o engraçado é que eu tinha um problema dentario .. dente encavalado .. e pareciam duas presas de vampiro .. eu n podia ver um filme desses que saia me achando o Lestat do bairro … pra mim … somos moldados por aquilo que vemos … não só de filmes … mas de novelas … séries … enfim .. somos um produto do meio …
    adorei o tema … deu uma otima reflexão ..
    agora ..pelamordedeus … eu adoro a Suspiro … mas nesse ela estava insuportável .. não deixava ninguem falar …
    caraca … tava ficando chato … mas mesmo assim … eu adoro os comentários dela !!!
    valeu !
    Obrigado !!!!

  • Alexandre – 23anos – FSA – BA

    Ótimo cast, adoro esses programas que dão uma margem maior a discussão. Maira é sempre bem vinda, ela dá um animo novo ao programa, parece que as “cinéfilas” tem uma forma diferente de ver as coisas. Eu me influencio muito pelos filmes que eu assisto. Gosto de todos os tipos de filmes, embora tenha uma queda mais pelos gêneros terror e ação (aquele filme bem espetáculo, que vc sabe que custou 150 milhões no mínimo). Ao ver “jogos mortais”, não saí com vontade de virar um serial killer, mas sim com vontade dedar mais valor a vida. Viu como pessoas diferentes podem perceber um mesmo filme de forma diferente?

  • Ótimo cast.
    O único problema é o Mauricio com seu jeitinho nervosinho de não concordar primeiro e entender depois.
    O espírito do Maurício de discordar é interessante, pois é importante a discussão, mas ao invés de acrescentar profundidade o Mau começa a falar rápido, alto, fica nervosinho, vai levando o tema a discussões que nada tem a ver com o assunto pra no final desistir e deixar vocês seguirem com o programa. É claro que isso não é sempre, em algumas vezes ele adiciona alguma coisa, mas normalmente só desperdiça o tempo. Opinião minha! Abraços a todos!

  • fabio

    vc sao foda porra!

  • Como disse nosso amigo em cima, vocês e esse cast é foda! Escuto ele direto e nunca me canso, tem bons argumentos e sempre me faz refletir sobre várias coisas.

  • Rabbony Santos – 25 anos – Natal/RN

    Masi um cast de briga…Tres contra o Mau…

    Cada um tem o seu modo de se influenciar… Eu gosto de assistir filmes de terror/suspense (Exorcista, Albergue, REC, jogos mortais,…) mas não assisto pra reprimir/satisfazer o meu lado sanguinario…Ou não… 😈 …Influencia vai de cada um…

  • Edilson

    Meio atrasado meu comentário (quase um ano depois desse cast)… mas fazer o que? Começei a pouco tempo escutar o RapaduraCast e realmente vcs são viciantes. Parabéns pelo trabalho de vocês. E esse cast realmente foi incrível. Muitas opiniões, discussões, faíscas pra todo lado. Realmente é um tema bastante complexo para se debater. E, na minha opinião, sim, com certeza o cinema influencia nossas vidas. Eu procuro sempre absorver o lado positivo que cada filme passa, ou tenta passar para as pessoas que os assistem. Claro que há filmes que realmente te dão um tapa na cara, filmes pesados, que te fazem parar pra pensar, chorar, aqueles que te deixam com um nó na garganta (Crash No Limite é um desses) mas o cinema é isso.
    Cada um absorve o que quer quando vê um filme. Gosto de filmes de ação, de lutas (super fã dos filmes do Bruce Lee), filmes de ficção e nem por isso saio por aí gritando “pujhaaaaa” e dando porrada na galera (e olha que têm uns que dá vontade). Somos humanos, influenciáveis desde quando nascemos. E acho que essa é a principal influência (diga-se educação) que temos. Isso que nos torna seres decentes, pessoas que querem o melhor, tanto para sí quanto para os outros.
    Os filmes estão aí pra nos mostrar algo, seja bom ou ruim, e, fazem parte de nossas vidas mas não ditam o modo como a vivemos. Simplesmente viver iremos!
    Que a força esteja com vocês … Seres Rapurianos!

  • Poxa, tenho certeza que filmes cheio de mortes, lutas, só influênciam pessoas a cometerem crimes, quando elas já tinham problemas na vida ou algum disturbio mental. Assisto muitos filmes de ação e não saio matando ninguém. Isso porque sou uma pessoa estável, até onde eu sei.
    Bem que eu queria que tivesse influência positiva, mas parece que isso não ocorre. Valeu!!! ^^v

  • Victor Hugo – 24 anos – São Paulo

    É claro que cinema influencia..uns mais outros menos. Quando era criança e assistia um filme “cabeça” o muito pesado pra minha idad eupassava uma boa parte do resto da semana pensando nele e isso guiava um pouco até as minhas ações. O que dizer dessa geração que cresceu om ela, então.

    E uma discussão brilhante a do podcast, me fez levara conclusão que o Maurício estava certo…se pensássemos em como nossas ações e atitudes vão influenciar ou alterar a vida de outras pessoas antes do que saciar a nossa vontade, no sentido ruim eu digo, então não haveriam tantos assassinatos, separações, drogados, etc. Isso é certíssimo Maurício.
    No começo acho que não concordei, mas refletindo depois, tive que me deparar com essa grande e triste verdade: que em pouquíssmas ocasiões pensamos nos outros e somos egoístas por natureza. Eu nem lembro como chegaram a essa discussão no cast mas apesar de bem forte, foi muito feliz!

    Abraços para os seres rapadurianos sucesso!

  • MarceloNeves, 26, Brasilia

    saudade desse tipo de cast 😀 😀 😀 😀

  • Tamires Nakamura

    Vocês são a resposta dessa pergunta!! O cinema definiu o estilo de vida de quem vive desse site, a profissão e o modo de pensar.
    Eu diria até impossível achar alguém que diga que não saiu do cinema imitando um personagem dum filme ou simplesmente lembrando dele em alguns momentos dejà vu, ou se inspirando nas morais do fim da história.
    Ótimo cast, temas no formato de perguntas são sempre convidativos a ouví-lo…

  • Eve Silva

    Olá Rapaduras,

    Acredito que influencia sim. Depois de ver alguns filmes, temos a vontade de comprar certo objeto que vimos; também consumir algum alimento; ou agir de certa forma.
    Mas de acordo com a moral e ética sempre devemos analisar se podemos ou não fazer o que vimos.
    É isso aí!

    Valeu 🙂

  • Pedro Coutinho

    caraca, Maíra perdeu o fôlego umas 3 vezes nesse cast. Como fala rs.

  • Pulp Fiction me influenciou a comer Hamburguer.

  • Galera parabéns pelo ótimo trabalho!!!

  • Mauricio

    Acho que cinema influência sim, na maioria positivamente. Eu acho que qualquer pessoa normal sabe ver o que não se deve seguir na vida real!!! Essa história de que o filme é culpado pela atitude errada de uma pessoa, é coisa de desequilibrado, igual a história recente da mulher que sofreu influência dos jogos mortais!!!

  • Pedro

    o Mauricio ainda precisa aprender a expor as próprias ideias como aponião, e pelo menos tentar acreditar que as outras pessoas o entendem..

  • JuniorOnline

    Influencia sim, já me vestir como um certo personagem de um filme famoso