Depois da passagem do furacão Katrina por Nova Orleans, nos Estados Unidos, a cidade começou a receber ajuda de algumas pessoas.

O ator Sean Penn tenta de qualquer forma ajudar as vítimas do furacão. Na última segunda-feira, ficou cerca de nove horas ajudando no resgate. Ele acusou o presidente George W. Bush de negligência criminal. Segundo o ator, o governo Bush "não parece estar inclinado a ajudar". E ainda comentou: "Passamos por lá tirando corpos da água, foi o pior que tive de viver como ser humano. (…) Há pessoas ali que estão morrendo, bebês, idosos, gente de todas as idades".

Sobre a falta de ajuda por parte do governo, Sean penn falou: "O governo dos Estados Unidos não é capaz de destinar botes de ajuda. (…) Isto é negligência criminal e ninguém previa esta negligência por parte da administração de Bush".