Notícias   sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018

Fahrenheit 451 | Telefilme com Michael B. Jordan e Michael Shannon ganha teaser e novas imagens

A previsão é de que o filme seja exibido ainda esse ano na HBO. 

Fahrenheit 451 | Telefilme com Michael B. Jordan e Michael Shannon ganha teaser e novas imagens

A HBO divulgou nessa semana o primeiro teaser trailer de “Fahrenheit 451”, telefilme que irá adaptar o cultuado romance de mesmo nome, escrito por Ray Bradbury:

O vídeo mostra diversos clássicos da literatura, como “Crime e Castigo” de Dostoiévski, “O Apanhador No Campo de Centeio” de J. D. Salinger e “Lolita” de Vladimir Nabokov, sendo queimados por uma pessoa em um uniforme escrito “451”.

A trama, precursora do gênero distopia/ficção especulativa, apresenta um futuro onde todos os livros são proibidos, opiniões próprias são consideradas antissociais e o pensamento crítico é suprimido. O personagem central, Guy Montag (Michael B. Jordan, “Creed”), trabalha como bombeiro, que na história original significa o profissional que queima os livros. O número 451, em graus Fahrenheit, representa a temperatura do fogo para a incineração dos livros.

Também foram divulgadas novas imagens do longa, mostrando as caracterizações dos personagens de Michael Shannon (“Animais Noturnos”), que interpretará o Capitão Beatty, chefe de Montag e do corpo de bombeiros, de Michael B. Jordan e de Sofia Boutella (“A Múmia”) que interpretará Clarisse, nova vizinha de Montag de espírito livre e questionador. Veja abaixo:

Dirigido por Ramin Bahrani (“99 Casas”), o elenco conta ainda com Lilly Singh (do canal do YouTube “IISuperwomanII”), como Raven, um vlogueira de tabloides que trabalha com o departamento de bombeiros, e Laura Harrier (“Homem-Aranha: De Volta ao Lar”) como Mildred Montag (Millie), esposa do protagonista Guy Montag.

A previsão é de que o filme seja exibido ainda esse ano na HBO.

Lívia Saenz
@rapadura

Compartilhe


Notícias Relacionadas


  • Sauro

    Gostei do trailer, li o livro na adolescência, me marcou por um tempo. Mas hoje eu vejo que é um clássico menor das distopias perto de 1984, Admirável Mundo Novo, Laranja Mecânica, O Homem no Castelo Alto, Neuromancer…

    E se eu fosse filmar algo desse livro, seria um telefilme mesmo, acho que é do tamanho certo p essa obra.