Notícias   terça-feira, 09 de Janeiro de 2018

Stan Lee é acusado de abusar sexualmente de enfermeiras

Criador da Marvel é acusado por empresa de abusar de suas enfermeiras, enquanto estava sob cuidado intensivo. Advogados do artista negam acusações.

Stan Lee é acusado de abusar sexualmente de enfermeiras

Stan Lee, fundador da Marvel Comics, é acusado por empresa de cuidadoras médicas, de ter abusado sexualmente de suas enfermeiras dentro de sua própria residência. As informações são do jornal inglês Daily Mail (via Bleeding Cool).

A empresa alega que Lee pedia para as enfermeiras que tivessem relações sexuais enquanto ele tomava banho e que, frequentemente, andava sem roupas na presença delas. A empresa ainda clama que Lee abusou de cada uma enfermeira que foi mandada até a casa, e que todas ficharam reclamações. Informações sobre as funcionárias e a empresa ainda não se tornaram públicas. Até o momento, nenhum processo foi movido contra Lee oficialmente.

Os advogados de Stan Lee negam as acusações, afirmando que as denúncias são “falsas e desprezíveis” e que estão processando a empresa. Segundo eles,  o criador do “Homem-Aranha“, “Quarteto Fantástico” e “X-Men“, entre outros heróis, “não será extorquido nem chantageado, e não pagará dinheiro a ninguém, porque ele não fez absolutamente nada de errado“.

Fabio Silverio
@ofabiosilverio

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas


  • Fernando Marinho Sousa

    ÉOQ