Notícias   segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Bright | David Ayer relaciona mau desempenho com críticas à Esquadrão Suicida

"Foi como voltar para um ringue depois de ter sido nocauteado".

Bright | David Ayer relaciona mau desempenho com críticas à Esquadrão Suicida

Em entrevista à Entertainment Tonight, o diretor David Ayer (“Corações de Ferro”) comentou sobre como a recepção negativa de “Esquadrão Suicida” afetou “Bright“, seu novo trabalho pela Netflix:

“Foi uma me**a. Cortaram minha garganta. Foi um filme muito polarizador. Agora, em ‘Bright’, foi como voltar para um ringue de boxe depois de ter sido nocauteado. E isso é difícil, porque dirigir um filme é um jogo de confiança: você faz todos da equipe acreditarem em algo que só existe na sua cabeça”.

O filme vem sendo reprovado pela imprensa ao redor do mundo, sendo descrito por críticos como “muito vergonhoso” e “um desastre do gênero”.

A trama escrita por Max Landis (“Victor Frankenstein”) conta a história do primeiro Orc a entrar na Polícia de Los Angeles (Joel Edgerton, de “Ao Cair da Noite”) e como seu novo parceiro (Will Smith, “Beleza Oculta”) lida com o preconceito e as diferenças dessa nova parceria. Além disso, os dois acabam descobrindo uma força maligna que tem como plano dominar o mundo.

O elenco do longa ainda conta com Edgar Ramírez (“A Garota no Trem”), Noomi Rapace (“Crimes Ocultos”) e Jay Hernandez (“Esquadrão Suicida”). Recentemente, Will Smith esteve no Brasil para participar da Comic Con Experience e divulgar o filme, em uma passagem em que esbanjou simpatia.

“Bright” já está disponível na Netflix.

Gustavo Scholl Ventura
@gscventura

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas


  • Dii Nascimento

    Eu gostei

  • Carlinho Santos

    Filme muito bom, efeitos de qualidade, personagens cativantes e prende o telespectador até o fim! Parabéns Netflix

  • mov

    É um filme típico de uma matinée . Não é mau de todo se estivermos relaxados em casa, esticados na nossa poltrona com uma bebida e um saco de pipocas. Se fosse um filme em que tivéssemos sair de casa e ainda pagar um bilhete de cinema, aí sim seria um fiasco completo.

    É o Will Smith fazendo o mesmo de sempre e os outros estão lá para contracenar com o Will Smith num filme típico do Will Smith. O Joel Edgerton podia ter sido o ponto forte deste filme, uma vez que supostamente era a personagem mais interessante e complexa do filme, mas ficou restringido ao papel de companheiro de Smith.

    O Will Smith disse na brincadeira que ele é o Fred Astaire e o Joel é a sua Ginger Rogers, mas ele a brincar vai dizendo a verdade. Os outros só lá estão para fazer destacar a Super Estrela de Hollywood

  • “Além disso, os dois acabam descobrindo uma força maligna que tem como plano dominar o mundo.”.

    Sessão da tarde.

  • Albarus Andreos

    Não estou entendendo, juro! Li a crítica do Chico Barney no UOL e o que disse lá, digo aqui agora. Parece que assistiram um filme diferente de mim. Achei o filme muito bom embora não goste de misturas de ficção científica com fantasia medieval. Esse negócio de tentar fazer orc bonzinho é coisa de World of Warcraft, mas é gosto meu e ninguém tem nada a ver com isso. Agora, que o filme é bom isso é inegável (e digo BOM, nem ótimo e muito longe de ser apenas regular). SITUAÇÕES MUITO BEM ARRANJADAS, ELENCO ACIMA DA MÉDIA, ROTEIRO PROMISSOR COM VÁRIOS LANCES DEIXADOS PARA SEREM RESPONDIDOS EM FUTURAS PRODUÇÕES. Se virar série (o que parece o caminho, já que muita coisa mostra que haverá mais filmes) vou assistir o próximo sem pensar duas vezes.

    • Marcus Vinicius

      Só acrescentando…Achei a relação que foi estabelecida pelo Orc e o Will parecida com maquina mortífera do Donner. O filme não é ruim, é bom de ver, eu consegui sorrir bastante em certas cenas. Desastroso acho um pouco de exagero né…A personagem da Noomi Rapace foi uma vilã bem fraca, bosta até…Ela é linda, casaria com ela e aceitaria ser corno !!! kkkkkk…Enfim, o que os elfos do mal fizeram com o bebezinho? Muitas coisas aconteceram de forma gratuita. O Dragão???????? Sei que nenhum filme é perfeito, mas esse exagerou. Espero continuação que com certeza será mais interessante.

      • Jarbas

        Os elfos do mal mataram o bebê, cortaram a cena pq nao iria ser algo muito agradável de se ver imagino eu…

    • Jair Barbosa

      Um outro filme não vai consertar, porque não tem como, as coisas foram estabelecidas nesse filme de forma errada, sem medir consequências em muitos aspectos. Foi um baita descuido de quem escreveu o roteiro.

  • Leonardo

    Mas sera que alguém esperava algo diferente disso? Aquele filme dos tanques, acho que em português é Coração de Ferro, é o filme mais legal dele, mas também não passa de uma nota 7. O problema de hoje em dia é que tudo tem que ser 1 ou 10, tem muito coisas boa a ser explorada entre 2 e 9.