Notícias   terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Comcast desiste da Fox e anúncio de venda para Disney deve ser feito na quinta

A empresa do Mickey está perto de fechar a compra.

Comcast desiste da Fox e anúncio de venda para Disney deve ser feito na quinta

Segundo informações da Variety, a Disney vai mesmo comprar partes da 21st Century Fox e o anúncio deve acontecer nesta quinta-feira (14). A Comcast (Universal) já anunciou que deixou as negociações, o que liberou o caminho para o acordo entre Disney/Fox acontecer.

Quando um ativo como a 21st Century Fox se torna disponível, é nossa responsabilidade avaliar se há uma entrada estratégica capaz de beneficiar nossa empresa e acionistas. Foi o que tentamos fazer, mas não estamos mais engajados na avaliação de tais recursos. Nunca atingimos o nível de interesse necessário para fazer uma oferta definitiva. Temos uma empresa maravilhosa com um forte portfólio de negócios e vamos continuar focando em seu crescimento“, diz parte do comunicado divulgado pela Comcast.

A Disney compraria divisões de entretenimento e esportes, deixando a Fox com a Fox News, Fox Broadcast Network e Fox Sports 1. Isso quer dizer toda a divisão de cinema e TV seria da Disney, por isso os diretos de personagens como Deadpool e os X-Mens retornariam para a Marvel Studios, exceto por Quarteto Fantástico.

Nos anos 80, o produtor Bernd Eichinger comprou os direitos de produção dos personagens da Marvel, e após uma tentativa fracassada de fundar sua própria adaptação (o infame filme do Quarteto de 1994, que nunca de fato viu a luz do dia), fez um trato com a Fox para distribuir futuras produções. Foi desse trato que nasceram os dois filmes do Quarteto Fantástico lançados em 2005 e 2007.

>> Hugh Jackman comenta negociações entre Disney e Fox e integração com o Universo Marvel

Segundo o site ScreenRant, a compra da Fox pela Disney não significa, necessariamente, que o Quarteto Fantástico poderá se juntar ao universo cinematográfico Marvel. Ao invés disso, o estúdio do Mickey terá que fazer um novo acordo com a companhia fundada por Eichinger, a Constantin Films, a fim de poder usar os personagens no cinema.

A aceleração nas negociações entre Disney e Fox se deve ao fato da empresa querer lançar seu serviço de streaming em 2019.

A única barreira para o acordo acontecer pode ser o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, que recentemente entrou com ação para impedir a fusão de US$ 85 bilhões entre AT&T e Time Warner. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) deu sinal verde para o negócio no Brasil, diretamente afetado pelo fato da AT&T ser controladora da Sky, e está tudo aprovado também em outros países, restando apenas a resolução da disputa antitruste nos EUA.

Arthur Yoffe
@rapadura

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas