Notícias   terça-feira, 05 de dezembro de 2017

Bohemian Rhapsody | Bryan Singer comenta sobre sua demissão do projeto

Diretor foi demitido pela produção do longa na última segunda-feira.

Bohemian Rhapsody | Bryan Singer comenta sobre sua demissão do projeto

Horas após o anúncio de sua demissão do cargo de direção de “Bohemian Rhapsody“, o diretor Bryan Singer (“X-Men: Apocalipse“) comentou sobre sua saída do projeto. Em uma declaração publicada na manhã desta terça-feira (via EW), Singer afirmou que a Fox não acatou seu pedido de dar um tempo para que ele pudesse cuidar de um parente doente:

‘Bohemian Rhapsody’ é um projeto de paixão meu. Faltando menos de três semanas para o fim das gravações, eu solicitei a Fox um tempo para que eu pudesse voltar aos Estados Unidos e lidar com questões de saúde envolvendo um de meus pais. Foi uma experiência cansativa e que acabou prejudicando a minha própria saúde. Infelizmente, o estúdio não estava disposto a acomodar meu pedido e decidiu encerrar com os meus serviços. Não foi uma decisão minha e estava além do meu controle.”

O estúdio havia soltado uma nota no dia 1º de dezembro, informando que as gravações do filme haviam sido temporariamente interrompidas “devido a uma inesperada indisposição” de Singer. Segundo reportado pelo The Hollywood Reporter, o motivo que levaria à demissão do diretor teriam sido as constantes brigas entre ele e o ator Rami Malek (da série “Mr. Robot”), responsável por interpretar o vocalista da banda Queen, Freddie Mercury, na produção. Ainda de acordo com o site, durante uma das discussões entre os dois, o diretor chegou a arremessar um objeto no ator.

Em seu comunicado, Singer desmentiu essa versão. Ele admitiu que, por vezes, teve “diferenças criativas” com Malek, mas todas elas haviam sido resolvidas até o momento de sua saída:

“Rumores de que a minha inesperada saída do filme foram em decorrência de disputas que tive com Rami Malek não são verdadeiros. Às vezes, nós tivemos diferenças criativas no set, mas eu e ele conseguimos colocar, com êxito, essas diferenças para trás e trabalharmos juntos no filme até antes do feriado de Ação de Graças. Eu queria apenas poder finalizar esse projeto e ajudar a honrar o legado de Freddie Mercury e do Queen, mas a Fox não me permitiu isso porque precisei colocar a minha saúde, e daqueles que eu amo, em primeiro lugar.”

Nenhum nome substituto para o cargo de direção foi confirmado até o momento. O elenco ainda conta com Ben Hardy (“X-Men: Apocalipse”), Joe Mazzello (“A Rede Social”) e Gwilym Lee (“O Turista”). Eles interpretam o baixista John Deacon, o baterista Roger Taylor e o guitarrista Brian May, respectivamente.

“Bohemian Rhapsody” ainda tem estreia prevista para 25 de dezembro de 2018 nos cinemas americanos.

Luís Gustavo
@louisgustavo_

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas