Notícias   domingo, 21 de maio de 2017

Alien: Covenant | Ridley Scott revela porque optou por fazer os xenomorfos em CGI

"Digitalmente, eu pensei que poderia fazer muito mais".

Alien: Covenant | Ridley Scott revela porque optou por fazer os xenomorfos em CGI

Desde o lançamento de “Alien: Covenant” público e crítica tem estado dividido entre quem gostou e os que dizem ser o pior filme da franquia. Dentre tantos motivos, o uso de CGI, principalmente para criar os xenomorfos, foi um dos pontos levantados pelos que não gostaram. O diretor, Ridley Scott (“Perdido em Marte”) explicou o motivo pelo qual decidiu retratar a criatura desta forma numa entrevista ao Yahoo! Movie.

“Digitalmente, eu pensei que poderia fazer muito mais do que apenas ter um cara correndo com uma roupa de borracha que é tudo que eu tinha antigamente, o que funcionou muito bem na verdade. Durante toda a filmagem [de Covenant], o cara ficou andando com a cabeça e ele se torna o padrão da performance, a performance digital, então sempre temos um ator lá dentro fazendo a sua parte.”

A caminho de um planeta remoto no local mais longínquo da galáxia, a tripulação da nave colonial Covenant descobre aquilo que eles achavam ser um paraíso inexplorado. Na verdade, trata-se de um mundo sombrio e perigoso que tem como seu único hospedeiro o androide David (Michael Fassbender), sobrevivente da amaldiçoada expedição Prometheus.

“Alien: Covenant”, sequência direta de “Prometheus”, estreou no dia 11 de maio nos cinemas brasileiros.

Robinson Samulak Alves
@rsamulakalves

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas


  • Luís Eduardo

    Não importa como é feito. Se não há um bom roteiro ou história, qualquer forma de efeito especial serve…

  • Fabio Martins

    Sinceramente, que decepção… o filme em si é bom para quem, como eu, queria ver a continuidade da discussão iniciada em Prometheus. O andróide David é simplesmente o astro dessa nova franquia e vários mistérios foram revelados, e tantos outros permaneceram. Bacana! Nesse aspecto, adorei Alien Covenant, porque de resto… o xenomorpho virou um monstro qualquer, e arrisco a dizer que, em pleno ano de 2017, com tudo o que CGI pode proporcionar, o resultado é FRACO mesmo nesse sentido. Aliás, a presença do(s) monstro(s) em si não gera o horror esperado, pois os atores parecem estar se deparando com um animal selvagem terrestre qualquer. Como que se chega num planeta desconhecido (nem vou falar da ausência de roupas de proteção…) se deparando com monstros horríveis como aqueles sem o devido espanto, horror mesmo??? E o pior: vindo do diretor do filme original, o mesmo que praticamente inaugurou o “horror espacial”. Tirando os aspectos filosóficos com os quais tenho muita simpatia, essa nova franquia está pálida como o monstro gerado em CGI.

    • Tiago Pinto

      Eu gostei muito do filme. O filme é ótimo. 9 estrelas. Há pessoas com péssimos gostos, só devem gostar de Guardiões da Galáxia Volume 2.

  • Tiago Pinto

    Há pessoas com péssimos gostos. É um péssimo gosto não gostar de Alien: Covenant.

    Já vi o filme. Alien: Covenant é bombástico e muito espetacular! É uma obra de arte muito bonita! É ótimo. Eu dou 9 em 10 estrelas ao filme. Não me interessam as opiniões das outras pessoas. Em 2012, eu dei 8 estrelas ao Prometheus. Prometheus é épico e espetacular.

    Agora, os meus filmes preferidos são: Alien 1, Alien 2, Alien: Covenant, Prometheus e Alien 3.

    As notas que eu dou aos filmes da saga Alien feitos até agora:

    Alien 1 (1979) e Alien 2 (1986): 10 estrelas (obras-primas). Os filmes são bombas de terror que destroiem tudo!

    Alien: Covenant (2017): 9 estrelas (ótimo). É bombástico e muito espetacular, uma obra de arte muito bonita!

    Prometheus (2012): 8 estrelas (muito bom). É épico e espetacular.

    Alien 3 (1992): 7 estrelas (bom). É uma peça de teatro bonita, a tenente Ripley teve um final épico.

    Alien 4 (1997): 6 estrelas (razoável). Não gosto, mas tenho de ser justo.

    • André De Campos Graziano

      Concordo plenamente com você

  • Renan Omnia vincit

    eu adorei o filme!!! poderia ter explorado muito mais concordo!! ficou meio superficial!! mais ficou um otimo superficial!! adorei!!!