Notícias   sexta-feira, 17 de Março de 2017

Mads Mikkelsen diz porque negou papel em reboot de Quarteto Fantástico

Em entrevista, ator conta porque abandonou o projeto antes mesmo de começar.

Mads Mikkelsen diz porque negou papel em reboot de Quarteto Fantástico

Em uma descontraída entrevista para o site ShortList, o ator Mads Mikkelsen (“Rogue One: Uma História Star Wars”) revelou que foi chamado para fazer um teste – possivelmente para o papel de Doutor Destino – no malfadado reboot de “Quarteto Fantástico”, capitaneado pelo diretor Josh Trank em 2015, e que negou a oferta assim que teve acesso às suas falas.

“Eu acho que eu pulei fora de “Quarteto Fantástico” antes mesmo da audição. Eu meio que disse, ‘Caras, eu não posso fazer isso. Não é nada contra vocês, mas desculpe, isso não está certo’. Pra falar a verdade, eu já participei de várias dessas (audições). Quase todo mundo já participou. A gente chega lá e é um pequeno escritório com uma mesa e alguns livros.  Aí eles querem que você faça uma cena onde você tem duas linhas – as vezes nem mesmo duas linhas – talvez apenas ‘Bleurgh!’ ou um ‘Volte!’, e você tem que fingir estar escondido atrás de uma palmeira que não está lá. Você pensa: ‘Caras, vocês não poderiam ter escolhido um tipo diferente de cena para fazer isso?’ Isso é loucura. Você se sente um idiota”, disse ele à ShortList .

Embora ele tenha explicado como o processo de audição é absurdo para estes grandes filmes de franquia, Mikkelsen acabou aceitando os papéis de Kaecilius, o vilão de “Doutor Estranho” e como pai de Jyn Erso em “Rogue One: Uma História Star Wars”, ambos de 2016.

Rogério Montanare
@rmontanare

Compartilhe


Notícias Relacionadas


  • Alan Bitencourt

    Ainda bem que ele não aceitou a fazer essa bomba relógio.