Notícias   quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Continuação de Assassin’s Creed pode se passar durante a Guerra Fria

A sequência ainda não foi confirmada.

Continuação de Assassin’s Creed pode se passar durante a Guerra Fria

Justin Kurzel (“Macbeth: Ambição e Guerra“), diretor de “Assassin’s Creed“, comentou que já tem planos para uma possível continuação do filme. De acordo com uma entrevista à revista francesa Premiere, o diretor comentou sobre trazer a franquia para um período histórico mais recente:

“Eu tenho pensado em talvez não voltar tão no passado. Talvez para a década de 1950 na América, você sabe. Eu acho que poderia ser realmente interessante no período da Guerra Fria. Você definitivamente poderia ter um filme noir de ‘Assassin’s Creed'”.

“Assassin’s Creed” apresenta Callum Lynch, um homem que descende de Aguilar, membro de uma sociedade secreta, os Assassinos, e que durante o século 15, durante a inquisição espanhola, tentou derrubar a ordem dos Templários. Através de um experimento, Lynch é capaz de desbloquear suas memórias genéticas, para “testemunhar” a vida na pela de Aguilar.

A direção do filme é de Justin Kurzel e o filme tem no elenco Michael Fassbender (“X-Men: Apocalipse“), Marion Cotillard (“É Apenas o Fim do Mundo”), Jeremy Irons (“Batman vs Superman: A Origem da Justiça“) e Brendan Gleeson (“No Coração do Mar”).

O filme estreia no dia 12 de janeiro de 2017.

Robinson Samulak Alves
@rsamulakalves

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas