Notícias   sábado, 19 de novembro de 2016

Ghost in the Shell | Diretor comenta detalhes sobre o vilão do filme

Diretor cita algumas mudanças no personagem e sua visão sobre a atuação de Michael Pitt.

Ghost in the Shell | Diretor comenta detalhes sobre o vilão do filme

Ainda não existe uma noção clara de como será a atuação de Michael Pitt (“Os Sonhadores”) no filme “Vigilantes do Amanhã: Ghost in the Shell“, de Rupert Sanders (“Branca de Neve e o Caçador”). Tendo em vista que a adaptação da Paramount Pictures não busca simplesmente reproduzir as imagens do anime de 1995, cena por cena, a equipe criativa por trás do elenco com Scarlett Johansson (“Lucy”) possui algumas liberdades com os personagens para inovar.

A trama empresta elementos dos vários filmes e séries da franquia. O vilão é uma junção dos melhores vilões e o pior que eles podem oferecer. Sanders, durante um evento do filme no Japão, confirmou que Pitt seria o antagonista, um indivíduo ciberneticamente melhorado com o nome de Kuze. Esse nome e o personagem é familiar aos fãs de “Ghost in the Shell”, mas Sanders prometeu uma versão inteiramente nova. A história de Kuze, como a conhecemos, provavelmente desempenhará um papel importante nessa interação.

O diretor explicou sem entregar totalmente a trama da história:

“Para ser honesto, Kuze tomará algumas direções diferentes do personagem da série. Ele não é apenas Kuze e ele não é apenas o ‘Mestre de Marionetes’. Ele é um tipo de fusão, então a maneira como ele se move na rede entre outras coisas, é baseado em diversos elementos. Ele é uma espécie de criação própria, e Michael Pitt estava incrivelmente imerso nesse mundo. Ele estava ali por completo, estava vivendo em um trailer ao lado do set para que pudesse fumar e socar sacos de areia simultaneamente. Ele ficava pulando corda constantemente, estava incrível. Ele e Scarlett [Johansson] juntos eram como essas incríveis espécimes, mas ele estava sempre rabiscando e desenhando e realmente imergiu na violência do homem e eu acho que é uma performance incrível.”

Escrita por Jonathan Herman (“Straight Outta Compton”), a versão com atores está sendo baseada no mangá que acompanha a Major Motoko Kusanagi interpretada por Scarlet Johansson, uma ciborgue das forças especiais que comanda uma força-tarefa de elite chamada Seção 9 para a Hanka Robotics, dedicada a parar criminosos e extremistas perigosos.

Em uma de suas missões, a Seção 9 irá enfrentar um grupo extremamente perigoso de terroristas que tem como líder “O Homem que Ri”, interpretado por Michael Pitt (“Mente Criminosa”), um poderoso hacker meio humano e meio máquina, cujo único objetivo é acabar com os avanços da tecnologia cibernética da Hanka. Beat Takeshi Kitano(“Battle Royale”), Pilou Asbæk (“Lucy”), Sam Riley (“Malévola”) e Rila Fukushima (“Wolverine – Imortal”) completam o elenco.

A estreia de “Ghost in the Shell” está marcada para março de 2017.

Glauber Alpis
@rapadura

Compartilhe


Notícias Relacionadas


  • Janses

    vai ser demais !