A Walt Disney Pictures tem um plano estratégico definido para a franquia “Piratas do Caribe”, iniciada em 2003 pelo diretor Gore Verbinsky (“Rango”), e mesmo antes da lançamento do quarto episódio nas telonas – “Piratas do Caribe 4: Navegando em Águas Misteriosas” – o roteiro de um quinto longa já era trabalhado pelo estúdio. Mesmo sendo mal-recebido pela crítica, o quarto filme conseguiu arrecadar mais de US$ 1 bilhão nas bilheterias, dando uma amostra do seu poder no mercado do entretenimento atual.

A última novidade fica por conta de uma entrevista concedida por Rob Marshall, diretor de “Navegando em Águas Misteriosas”, ao site The Hollywood Reporter, onde confirmou seu retorno para a próxima continuação. Marshall também revelou que o produtor Jerry Bruckheimer não gostou dos primeiros rascunhos do roteiro de “Piratas do Caribe 5“, o que deve motivar algumas revisões por parte do escritor Terry Rossio (roteirista dos quatro filmes da série).

“Terry está escrevendo agora e tem trabalhado muito duro. Ele fez um rascunho, mas foi mudado e já começou a trabalhar na idéia de novo. Você precisa ter certeza de que irá apresentar uma aventura excitante se pede que o público retorne aos cinemas, ou não tem razão de ser. Eu sei que Johnny [Depp, intérprete do protagonista Jack Sparrow] pensa da mesma maneira: ele precisa ver o roteiro. Se for o certo, ele ficará feliz em colocar de volta seu chapéu e empunhar novamente sua espada”, completou.

Ainda não há informações sobre elenco ou previsão de estreia para o próximo longa.