Notícias   sábado, 07 de janeiro de 2012

Sam Worthington fala sobre a continuação de Fúria de Titãs

Para ele, continuação deve corrigir os erros do primeiro filme

Devido às duras críticas de seu predecessor, o longa “Fúria de Titãs 2” está cercado por uma aura de desconfiança. O ator  Sam Worthington (“Avatar”), protagonista da trama, já admitiu que o primeiro filme não ficou da forma como ele esperava. Entretanto, em entrevista ao site Collider, Worthington comentou que vê na continuação uma boa oportunidade para reparar os erros cometidos anteriormente.

“Eu vi o filme, e é fantástico. Eu adoro isso. É o mesmo mundo [do filme anterior], com aqueles monstros gigantescos, um verdadeiro blockbuster. Tudo que eu senti que tinha ficado ruim no primeiro filme, eu tive chance de corrigir”, disse ele.

O ator também comentou um pouco do enredo do longa, que dessa vez vai valorizar ainda mais a relação pai e filho, entre Perseu e Zeus (Liam Neeson, de “Busca Implacável”).

“Antes de qualquer coisa, trata-se da relação entre pais e filhos. Ele pode acontecer em um mundo cercado de monstros e ambientado em um cenário de mitologia grega, mas é essencialmente sobre um pai e um filho”, declarou.

A trama começará dez anos depois do primeiro filme. Após derrotar o monstro Kraken, Perseu (Sam Worthington), o semideus filho de Zeus (Liam Neeson), tenta levar uma vida calma de pescador e criar sozinho o seu filho de dez anos, Helius. Enquanto isso, uma luta por supremacia opõe os deuses, enfraquecidos pela falta de crença dos homens, e os titãs, liderados por Cronos. Perseu não pode mais ignorar a sua participação nessa luta, quando Hades (Ralph Fiennes, de “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Pare 2″) e Ares (Édgar Ramírez, de “O Ultimato Bourne”) fazem um trato com Cronos para capturar Zeus. O poder dos titãs aumenta à medida em que Zeus perde os seus, e o inferno do Tártaro, onde os titãs eram mantidos presos, periga se alastrar pela Terra. Resta a Perseu – ao lado de Andromeda (Rosamund Pike, de “Orgulho e Preconceito”), o semideus Agenor (Toby Kebbell, de “Cavalo de Guerra”) e o deus caído Hefesto (Bill Nighy, de “Operação Valquíria”) – invadir o submundo, resgatar Zeus e salvar o mundo.

O longa é dirigido por Jonathan Liebesman (“Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles”) e roteirizado Greg Berlanti (“Lanterna Verde“). A estréia acontece no próximo 30 de março.

Artur Lopes
@thelopesid

Compartilhe

Saiba mais sobre


Notícias Relacionadas


  • Felipe Thom

    Falem o que quiser, mas eu gostei do primeiro. É um filme de aventura despretenciosa e que me diverte todas as vezes que assisto. Comprei em Blu-ray e não arrependo.

    • MVG

      Digo o mesmo!

  • carlos eduardo

    Acho q nunca vou entender essa crítica maldosa sobre o primeiro filme, pra mim foi um filme muito bom, cheia de aventura e ação. E oura coisa tem filmes piores que ele e não são toda hora lembrados de decepção.

  • Hyla Fabiana

    POis é.. vou assistir o filme de novo para ver se tenho outra impressão…

  • Eduardo Xenofonte

    Concordo com o Felipe Thom. Gostei do primeiro filme e tenho 2 edições em Blu-ray, O combo 2d e o combo 3D, ambas edições americanas com lindas luvas.O filme foi um sucesso com 500 milhões de dólares só de bilheteria. Ele é uma blockbuster como outro qualquer, não sei por que tanta crítica negativa.Possui muitos defeitos, mas qual blockbuster não tem?