Acesse o Portal Cinema com Rapadura

Piratas do Caribe - No Fim do Mundo
(Por Diego Benevides)

O sucesso da franquia “Piratas do Caribe” finalmente se fecha “No Fim do Mundo”. Ou pelo menos é isso que está programado desde o início do projeto desenvolvido pela Disney. Após dois filmes que repercutiram mais do que o esperado, Jack Sparrow e seus companheiros conquistaram uma legião de fãs que estão fazendo do terceiro longa um dos mais esperados do ano. Tendo sido filmado juntamente com “O Baú da Morte”, “No Fim do Mundo” começa exatamente onde o filme anterior terminou. Após o atrapalhado capitão Jack Sparrow saldar sua dívida com Davy Jones e ter se livrado de uma maldição, o pirata ainda terá muitas aventuras pela frente.

Os produtores da franquia não quiseram perder tempo durante as gravações do terceiro filme. Além de ter sido filmado de uma vez com o segundo para economizar custos e aproveitar o pique, a data de lançamento do segundo para o terceiro durou pouco mais de um ano. Além de ser bom para os fãs, que não terão que esperar muito tempo, isto é considerado relevante, visto que o segundo filme só foi sair três anos após o sucesso do primeiro. A segurança de ter conseguido construir um nome forte no mundo cinematográfico fez com que Piratas do Caribe ganhasse um investimento de cerca de US$ 200 milhões para encher os olhos do público e não se decepcionar. Sempre marcante por seu visual e direção de arte impecável, o trailer de “No Fim do Mundo” antecipa que, além de muita aventura, um show de efeitos especiais deve transportar os espectadores a uma incrível jornada ao lado dos famosos personagens.

A história final deve mostrar o esforço de Elizabeth Swann, Will Turner e o Capitão Barbossa na tentativa de deter o Lorde Cuttler Beckett, da Companhia das Índias Orientais, dono do navio Holandês Voador, que está nas mãos do Almirante James Norrington. Eles planejam viajar os sete mundos para matar todos os piratas que encontrarem. Para isso, os mocinhos precisam reunir os Nove Lordes da Corte da Irmandade, mas a missão não será nada fácil porque falta, adivinhem quem, Jack Sparrow! Eles partem para Cingapura para conseguir um mapa que conduzirá ao fim do mundo, onde Sparrow poderá ser resgatado. Como nada é fácil no mundo dos piratas, muito sangue será derramado na conquista do mapa, principalmente enfrentando o Capitão Sao Feng. Além do elenco convencional, uma das maiores novidades de “No Fim do Mundo” será a participação de Keith Richards, guitarrista dos Rolling Stones que, segundo declarações de Johnny Depp, foi em quem se inspirou para compor seu personagem na franquia. Coincidência ou não, Richards será o pai de Sparrow e este papel foi desenvolvido especialmente para o astro. A participação de Richards deveria ter entrado na história no segundo longa, porém não foi possível. Desta vez, os fãs do Rolling Stones terão mais um bom motivo para conferir a película.







Com todo a repercussão, era mais do que óbvio esperar que o trabalho do marketing envolvido no terceiro filme fosse intenso e eficaz. Sempre mantendo uma regularidade na divulgação de notícias e imagens, a Disney causou euforia ao levar aos cinemas trailers arrepiantes que eletrizassem o público. Alguns cinemas nacionais até começaram a vender os bilhetes do dia de estréia do filme semanas antes para garantir sala lotada. O que a Disney não esperava para a divulgação do filme era a paródia pornô feita em quadrinhos com os personagens da franquia. Isso gerou um leve desentendimento entre os criadores das imagens e a equipe técnica do filme, fazendo com que a Disney demonstrasse interesse particular em processar o site responsável por tal brincadeira, que costuma fazer tais paródias com outros filmes também.


Para ver os quadrinhos pornô, clique aqui

Por mais que a trilogia já tenha anunciado seu fim, ainda existem especulações de que Jack Sparrow continuará levando os fãs à loucura. O próprio Johnny Depp já anunciou que seu interesse pelo personagem é ímpar e concorda que o Capitão merece muitas outras aventuras. A Disney ainda não confirmou outros possíveis filmes, apesar de não ter motivos para não realizá-los. O sucesso de Piratas do Caribe certamente poderá manter uma franquia estável, se analisadas a arrecadação e a disposição da equipe técnica em cumprir com um interesse particular do espectador em ver uma boa história em cena. Porém, Keira Knightley, por exemplo, já havia anunciado que este seria o último filme no qual daria vida à Elizabeth Swann. Mesmo assim, os boatos agendaram o possível “Piratas do Caribe 4” para meados de 2009, desta vez sem a presença do diretor Gore Verbinski, outro que não quer mais trabalhar com o tema de piratas. Resta aos fãs conferir “No Fim do Mundo” como se fosse o último. Abaixo o trailer do filme: