Críticas   quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Liga da Justiça (2017): A esperança que a DC precisava para o cinema

Sem correr riscos, a Warner entrega um filme com uma clara mudança de tom, mas sem perder a identidade. O que se percebe é que o estúdio procura dialogar com um público maior, abrindo mão da seriedade e investindo em elementos mais leves e, por vezes, cômicos.

É possível que estejamos cada vez mais próximos do esgotamento dos filmes de super-heróis. O que, vale lembrar, não quer dizer que estejamos próximos da extinção dessa temática. O que realmente pode acontecer é uma necessidade maior de alternar a forma como tais filmes são concebidos e produzidos. A 20th Century Fox parece já ter percebido isso enquanto a Marvel tem maior relutância em se permitir criar variações. A Warner Bros. ainda precisa se consolidar, mas deu um ótimo passo nessa direção com “Liga da Justiça”.

Na trama do filme, Diana Prince (Gal Gadot) e Bruce Wayne (Ben Affleck), ao perceberem que um um perigo sem precedentes ameaça destruir a humanidade, precisam recrutar outros super-heróis para dar fim aos planos do Lobo da Estepe (Ciarán Hinds). Sem o Superman (Henry Cavill) para ajudar, eles irão contar com o apoio de Flash (Ezra Miller), Aquaman (Jason Momoa) e Ciborgue (Ray Fisher), para tentar salvar o planeta.

A cena de abertura do filme mostra uma gravação com o Superman feita por celular, antes dos eventos de “Batman vs Superman”. Filmada por duas crianças, o diálogo deixa bem claro qual o caminho que o filme irá seguir. Esse filme trata, essencialmente, de esperança. Ou a busca por uma esperança perdida. Nesse sentido, o longa se aproxima muito de “Mulher-Maravilha”, o que já indica uma sintonia entre os filmes da DC (ao menos na abordagem).

A ideia de introduzir três novos heróis (Flash, Aquaman e Ciborgue) sobrecarrega um pouco o filme. É necessário criar um vínculo com o público, definir suas personalidades e construir uma história própria para cada um deles. Tudo isso acontece de forma natural, mas toma tempo de outras construções, como é o caso do vilão.

O Lobo da Estepe simplesmente cai do céu e começa a pôr em prática seu plano. A explicação de sua motivação é contada posteriormente, mas sem permitir um desenvolvimento. Em resumo, ele é mal e quer as caixas maternas para conseguir destruir a humanidade. Um velho clichê de histórias de super-heróis que não chega a incomodar, mas como tudo é muito repentino, perde-se a noção de perigo que ele deveria passar.

Há também uma pressa com a apresentação e explicação das caixas maternas. Elas existem, são poderosas e podem ser usadas para o bem ou o mal. Mas como elas funcionam ou de onde vieram, são informações que passam batidas. Aos que desconhecem o conceito, cabe apenas aceitar a explicação simplificada, uma vez que o filme depende delas para seguir em frente. Porém a forma repentina como o perigo de tamanha magnitude passa a ameaçar a Terra parece mais uma solução preguiçosa de roteiro.

Dos novos heróis, Flash é quem se destaca. O jeito “meio sem jeito” de Barry Allen funciona em quase todas as cenas, inclusive durante algumas lutas. Ezra Miller consegue ser cômico nos momentos certos, demonstra bem a ansiedade por estar enfrentando algo novo e realmente perigoso e tem um bom momento dramático com seu pai. Já o Aquaman soa sempre deslocado, mas de forma intencional e positiva. Ele não quer pertencer a este mundo, mas se vê obrigado a fazer parte da Liga. Sua entrada no grupo é um pouco forçada, entretanto dessa vez os roteiristas conseguiram deixar quase tudo com uma boa justificativa.

Por fim temos o estreante Ray Fisher como um perturbado Ciborgue. Sua criação já havia sido apresentada em “Batman vs Superman”, o que possibilita ao filme focar nas consequências dela. É de longe o personagem mais tenso e com o maior drama pessoal. Por compreender as caixas maternas melhor que os demais (afinal é uma criação delas), é o que parece ter maior compreensão da magnitude da situação.

Aos demais, velhos conhecidos do público, quem mais mudou foi Bruce Wayne. Ele continua com uma atmosfera mais pesada, todavia houve uma tentativa de criar um alívio cômico com ele que funciona em alguns momentos mesmo que soe forçado quando ele se utiliza de alguma frase de efeito. Mulher-Maravilha segue como um símbolo de esperança, principalmente após a morte do Superman. Ela também é quem consegue manter a unidade dentro do grupo. Quanto ao Superman, sua volta é bem justificada e Henry Cavill consegue criar o tom mais leve que o personagem pedia.

O filme consegue ter uma identidade e isso cabe ao diretor Zack Snyder (“Batman vs Superman”), que consegue definir bem o seu estilo, mesmo não entregando algo tão sério e pesado como os anteriores. As tradicionais cenas em câmera lenta são visualmente agradáveis, possibilitando melhor compreensão nas cenas de luta. Elas são essencialmente utilizadas com o Flash para dar noção do seu poder. Quanto ao Joss Whedon (“Vingadores: Era de Ultron”), que foi o responsável pelas refilmagens e finalização do longa, é possível perceber as cenas com seu estilo de direção, mas não há grandes alterações, além, principalmente, de uma mudança na fotografia do filme.

“Liga da Justiça” entrega ainda boas cenas de ação. Três maiores e algumas mais discretas que cumprem sua função. O que incomoda em todas elas (e que de longe é o principal problema do filme) é o uso excessivo de CGI; além de fraco chama mais atenção do que o filme em si. Isso se destaca no terceiro ato, durante a batalha final. Com a intenção de tirar o conflito de uma região com muitas pessoas, a cena acontece numa pequena cidade do leste europeu. Mas tudo soa estranhamente falso, algo que se intensifica com o filtro avermelhado usado para filmar as cenas. Além do mais, a conclusão é fraca, e a forma como o vilão é derrotada é um pouco forçada, sendo sua saída do filme tão repentina quanto a sua chegada.

Ainda há um longo caminho de consolidação para a DC nos cinemas, caso o objetivo seja construir um universo integrado. “Liga da Justiça” pode ser claramente o caminho para isso. O filme deixa aberta condições para o recrutamento de novos heróis, além de indicar o caminho que alguns dos protagonistas possam seguir. O tom mais leve não significa um rompimento com o estilo mais sério – ainda estamos vendo um filme da DC – porém as consequências se tornaram menos sérias.

Robinson Samulak Alves
@rsamulakalves

Compartilhe

Liga da Justiça (2017)

Justice League - Zack Snyder

Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman, Bruce Wayne convoca sua nova aliada Diana Prince para o combate contra um inimigo ainda maior, recém-despertado. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha buscam e recrutam um time de meta-humanos, mas mesmo com a formação da liga de heróis sem precedentes — Batman, Mulher-Maraviha, Aquaman, Cyborg e Flash —, poderá ser tarde demais para salvar o planeta de um catastrófico ataque.

Roteiro: Chris Terrio

Elenco: Ben Affleck, Henry Cavill, Amy Adams, Gal Gadot, Ezra Miller, Jason Momoa, Ray Fisher, Jeremy Irons, Diane Lane, Connie Nielsen, J.K. Simmons, Ciarán Hinds, Joe Morton, David Thewlis, Amber Heard, Billy Crudup, Julian Lewis Jones, Michael McElhatton, Marc McClure, Joe Manganiello

Compartilhe


  • Prime

    Chega dar pena ver um filme desse receber 7

    • Vinicius Pacheco

      pelas criticas la fora até que ta bem alta

      • Deivid

        Vai ver eles reconhecem que o filme é ruim, mas não querem admitir.

        • TBemac

          O filme não é ruim, é bom. Agora não é excelente.

          • Deivid

            Os únicos filmes da DC que eu gosto são Watchmen e Constantine, quanto ao resto, tudo lixo.

          • Jonatas Moreira

            Vc tem um mal gosto do cacete então. Superman The Movie 78, Superman II 80, Batman 89, Man of steel 2013, Wonder Woman 2017 e a trilogia completa de Nolan são melhores que Constantine, por ex. Se esses filmes todos que citei são lixo, imagina a sua opinião rsrs

          • Deivid

            A sua opinião não acrescenta nem diminui em nada a minha vida, Eu gosto de filmes que muitas pessoas também apreciam, vide Psicose, Matrix, Trilogia Senhor dos Anéis, duvido vc dizer que esses filmes que eu citei são lixos.

          • Jonatas Moreira

            O seu gosto é que não acrescenta nada aqui e em lugar nenhum (graças a Deus). Zé mané! Quer vir aqui comentar dando juízo de valor: “gosto disso e daquilo e o que eu nao gosto é lixo”. Parece criança mimada que acha que só q papai e mamãe dá de presente é bom. “só a minha mochila q é bonita, a sua feia…” kkkk vai namorar rapaz, vai.

          • Deivid

            Se eu tivesse dado uma opinião elogiando o filme todos estariam me endeusando, seria colocado em um pedestal por esses Fanboys. Mas como meu pensamento não convém com o de vocês fanáticos, sou taxado de ”Mané” e ”Juiz”. Nunca fui mimado por ninguém, e apenas disse que aqueles filmes eram lixo na MINHA OPINIÃO, to pouco me lixando se a sua é compatível com a minha ou não, é por causa de gente como você que esse país não vai pra frente nunca, não pode ouvir uma opinião contrária a sua, que já se dói igual criança que perde o pirulito, criticar um filme não é meter pau em quem gosta, é só NO FILME. Vou namorar e perguntar se ela tem uma amiga pra você também, assim tu larga essa vida de Fanboy kkk.

          • Jonatas Moreira

            Falou, falou e falou bosta. Mimizento. Falow criancinha, volta lá pro recreio. E não pergunte a sua “namorada” se tem amiga pra mim não, pois já sou casado e vc tem um gosto péssimo. kkkk

          • TBemac

            Precisa assistir mais filmes então.

          • Deivid

            Eu não tenho culpa de não gostar desses filmes, não pode me ensinar a gostar deles.

    • Kylson Pires

      Deram um nota alta – acho que pelo que deferia ser a LIGA o ele teria que ficar na média : 6 ^^

  • Deivid

    Poderia ser algo épico vide 300, Matrix 1, Watchmen, Psicose, Laranja Mecânica, entre outros clássicos, material para ser desenvolvido nos cinemas é o que não falta no Universo DC, e muitos fãs estão esperando esse filme há anos, então creio que a Warner errou em não entregar um projeto grandioso e que se consolida-se como clássico, o filme pode até gerar bilheteria, mas isso não significa muita coisa para os telespectadores comuns, e se bilheteria fosse sinônimo de qualidade, então Homem de Ferro 3 é uma obra prima.

  • GotToGetBack, back to the past

    Sinto que a galera não gostou tanto do filme e estão dando uma amenizada pra não azedar o rolê. Não to dizendo que deveriam meter o pau no filme mas quem sabe só dizer o óbvio? De que esse plot do vilão surgir e ser uma ameaça em comum para os heróis já foi contada em outro filme (e de forma melhor e cuidadosa)… Inovar ninguém quer.

    • Deivid

      Da a entender que os críticos estão ”fingindo” que os erros do filme não interferem em seu resultado final, tentando criar uma atmosfera positiva onde não há, Achei essa nota meio forçada, creio que ele queria dar 6,0 ou até mesmo 5,0 e não deu só por uma vontade de defender o filme.

    • Maike

      BvS eles tentaram “inovar” e até hoje tem essa discussão sobre o filme ,e o filme foi bem nas bilheterias mas abaixo do esperado pela Warner, por isso essa “marvelizada” que fizeram com a Liga, ficou legal mas prefiro o tom de BvS.

    • Não contada em outros filmes, contada em outras HQs. É difícil você encontrar uma fundação de equipe que não seja assim. Até no desenho da Liga foi assim.

      Não tem muito como escapar disso. Não tem motivo pra reunir um grupo de herois poderosos se não for pra enfrentar uma ameaça maior, né.

      • GotToGetBack, back to the past

        Talvez não tenha ou tenha. Mas usar a mesma fórmula que a Marvel usou?! É preferível que cada franquia tenha seu próprio tom.

        • É impossível você reinventar a roda, amigo. A Marvel usou essa fórmula porque quadrinhos fazem isso desde a década de 40-50. Não é a “fórmula que a Marvel usou”. Grandes herois se unem para vencer um mal maior. Senhor dos Aneis segue a mesma lógica com a Sociedade do Anel, e nem por isso a Marvel usou a “Fórmula do Condado”.

          Isso é básico de contação de história e, no meio das HQs, é o básico dos quadrinhos também. Mais importante do que como foi eles se juntarem é o quão satisfatória e bem feita foi essa união.

          • GotToGetBack, back to the past

            To falando de cinema e não quadrinhos.

          • Brand-El

            Mas são personagens de quadrinhos… e se estes quadrinhos não existissem não teriamos estes filmes…..

          • Você sabe que esses filmes são baseados nos quadrinhos, né? Todos eles.

          • GotToGetBack, back to the past

            Cara, eu não sei se você tem problema em aceitar a opinião dos outros ou se você se acha a última bolacha do pacote ao ponto de sugerir que você é o único que entende de quadrinhos em toda internet. Eu realmente não sei qual é a sua e por esse motivo eu nem vou te responder mais.

          • Brand-El

            E meu caro só para contextualizar a Marvel copiou esta forma da DC porque a Marvel (apesar te sido criada na decada de 40 tb) só começou a realmente fazer sucesso na decada de 60 e a DC começou em 1938, sendo a sociedade da justiça um dos seus primeiros grupos. Mas foi com o sucesso da liga na decada de 60 que a Marvel resolveu invesitir forte nos hérois e criou o quarteto, o aranha, os x-men entre tantos outros e reunião os menos conhecidos e de segundo escalão no gibi dos Vingadores. Desde então é um copiando o outro, na verdade a unica coisa que não foi copia é a criação do Superman, a partir dai tudo se copiou… nas duas editoras….

          • Excelente contextualização.

          • GotToGetBack, back to the past

            Adoro pessoas que pegam o bonde andando, nem tentam interpretar o comentário dos outros e se acham os donos da razão. E não precisa vir com “a história dos quadrinhos” porque eu não nasci ontem. Em nenhum momento eu falei de cópia. Só não acho atrativo duas franquias com o mesmo tom no cinema. Ninguém quer isso.

    • Brand-El

      Quando tentaram inovar a bazingada meteu o pau né?

      • GotToGetBack, back to the past

        Não sei, não vivo na internet me preocupando com o que as pessoas estão falando.

  • Kylson Pires

    Eu vi o filme ontem – fiquei até cabreiro de publicar minha crítica devido a quantidade de fanáticos que existem – sou fã de HQ (não só Marvel ou DC) e achei o filme ‘BOM’, mas um filme da Liga da Justiça, orçado em U$ 300 milhões com ais U$ 200 de publicidade, levando os maiores heróis DC as telenos não deferia ser apenas bom – o filme deveria ser no mínimo ótimo… O filme tem muitos problemas técnicos, o roteiro é mais simples, e fechado, mas tem sim muitas falhas – o vilão é péssimo (tanto dentro do contexto como sua concepção em CGI), não sei como um filme tão caro pode ter os piores CGIs em um filme do estilo Heróis e também Aventura/Ação dos últimos anos – tem muito efeito primário, fotografia com desfoque, cenas noturnas de luta (cada mais lutas ao dia), um final abrupto e meio insosso – Conheço Críticos amigos meus, fanáticos pela DC que estão dizendo “Melhor Filme de Heróis de Todos os Tempos”, eu sou mais realista e não fanboy, prefiro analisar os aspectos de forma ampla e tentando ser mais frio e imparcial – A LIGA não é nem de longe o melhor filme de heróis de todos os tempos (nem do ano) – Acho que os personagens deste filme mereciam um Épico – mas o que temos é um filme bom, que vale a pena ver no cinema sem grandes pretensões.

    • Luizcooler

      Cara, interessante a tua crítica, bateu com a minha visão do filme, bem isso mesmo….. eu também achei um filme BOM, mas um filme de reunião de heróis como esse deveria ser muito mais, e não é….

    • Deivid

      O Problema é que a DC não soube apresentar um filme da Liga como ele realmente deveria ser, esse só vai se tornar mais um filme de heróis, vide Batman VS Superman, que poderia ter dado certo, mas também falhou como projeto de qualidade, virando apenas um filme sem sal, que não sabe de onde vem e nem para onde vai. A Marvel acertou em Os Vingadores por saber entregar algo que os fãs queriam, Diferente da DC, que neste caso, falhou miseravelmente.

      • Hyoga

        A Marvel pode ter acertado com Vingadores, mas, em compensação, a Era de Ultron foi desastroso. Um rebosteio.

        • Deivid

          Seguindo essa lógica a DC acertou em Man of Steel, e errou em Superman O Retorno, que foi péssimo.

          • Hyoga

            Errado. Superman O Retorno foi um filme isolado. Não fazia parte de um universo estendido. O universo estendido começou a partir de Man of Steel.

          • Deivid

            Não importa, foi feito pela DC pra ter várias continuações. Que foram canceladas justamente pelo fato do filme ser ruim, Aquele Superman foi planejado para vários filmes, Se a DC de hoje fizer um filme muito ruim dele, cancelam e fazem um reboot, ou seja, eles erraram antes e podem errar de novo.

          • Deivid

            A DC não fez aquele filme com o intuito dele ser isolado, pesquise, o universo de filmes começaria por ele.

      • Maike

        “apresentar um filme da Liga como ele realmente deveria ser” ou seja da FORMA QUE TU ACHA que deveria ser, o filme não é perfeito, é bom 8/10 pro meu gosto.

        • Deivid

          Você acabou de dizer: ”é bom 8/10 pro MEU GOSTO” em outras palavras, o filme é bom por corresponder a sua vontade, caso contrário seria ruim, então considera agradável por ser da FORMA QUE TU ACHA, E depois eu é que quero impor minha vontade?!, conta outra fanboy.

          • Maike

            Fanboy? Cara tenho 41 anos, estou fora dessa briguinha (fla-flu, grenal) de pirralhedo fan de Marvel ou DC, entre os filmes dessa nova “era” do cinema meu preferido é o Soldado Invernal. Frisei o PRO MEU GOSTO justamente pra não parecer o dono da verdade ao contrário de ti que proferiu sentenças como se fossem verdades absolutas, é tão difícil assim interpretar as coisas?

          • Deivid

            Você achou o filme bom por ele corresponder a suas expectativas, ou seja, A SUA VONTADE, Quem é que está impondo verdades agora?, está me acusando de fazer o que tu mesmo faz em seu comentário, Hipocrisia nível hard.

          • Maike

            Volta para a escola cara.

          • Deivid

            Voltar significa que eu já estive lá antes, mas no seu caso a palavra certa não é voltar e sim se matricular em uma.

          • Gilvan Varcacio

            Soldado Invernal realmente foi um dos melhores ou se não o melhor do gênero até agora.

      • GOSPEL MYXX

        Kkkkkkkk. Tanta bosta no teclado

        • Deivid

          Melhor ter bosta no teclado do que merda na cabeça.

      • Deivid

        Em todas as suas respostas eu fui xingado, e quando revido, eu é que sou mal-educado?!, bando de hipócritas.

    • GOSPEL MYXX

      A opinião em ser bom é sua. Nao são 300 milhões que vão fazer você mudar de ideia. Cada um aqui que fala besteira

      • Deivid

        Tu adorou Esquadrão Suicida né, normal, a DC só faz lixo.

  • Thais Mendonça

    Eu gostei do filme. Nunca acompanhei os quadrinhos e sempre tive em mente que os filmes de heróis, apesar de sempre homenagearem os fãs, também precisavam funcionar como filme para os leigos. O meu caso.
    Acompanhei a série animada da Warner e foi impossível não comparar ou esperar por um filme com algumas cenas ou personagens importantes. Ainda acredito que eles aparecerão em algum momento.
    O filme funcionou para mim.
    Gostei bastante da cena de ação que aconteceu em Temiscira. Mesmo não me surpreendendo com o vilão (como aconteceu em Esquadrão Suicida), ele deu mais “trabalho” a quem guardava as Caixas Maternas.
    Cada membro da Liga tem sua personalidade e carrega culpa de forma particular, sem deixar de criar empatia com o público.
    O tom cômico não atrapalha e mesmo lendo as críticas de outras pessoas sobre Batman, ainda consigo enxergar uma pessoa sem o menor jeito para liderar um grupo, cujo trabalho é feito perfeitamente por Diana. Bruce está menos ranzinza, mas ainda é o mesmo cara que resolve tudo à base do dinheiro (o cara comprou um banco). Quem não lembra num dos episódios da série animada, quando Clark faz aniversário e ele leva um cheque de presente?
    Bruce sendo Bruce.
    O retorno do Superman foi lindo. Que emoção ao vê-lo enfrentar Mulher Maravilha. Poderia ter durado um pouco mais.
    Os efeitos da última batalha ficaram um pouco tosco mesmo, mas acredito que a emoção de ver a LIGA lutando em harmonia, deu tanta emoção, que os erros nem incomodaram.
    Gostaria de ter visto uma palhinha do Darkside para justificar um pouco mais as atitudes do Lobo, mas não foi dessa vez.
    Não senti o tempo passar, quando dei por mim, o filme já estava acabando. Muito em breve veremos a famosa Sala da Justiça.
    Tenho lido muito blá, blá. e o que tenho a dizer a você que quer curtir um filme com os heróis que marcaram a vida de muita gente, vá, se divirta, porque o filme é muito bom e vale a pena ser apreciado.
    Diversas vezes.
    E que venha a Liga da Injustiça.
    Nota 9/10

    • Deivid

      Nem os fãs mais assíduos da Liga da Justiça dariam 9,0 pra esse filme, e com um vilão desse aí que não ganha mesmo, por ser um primeiro filme, um inimigo clássico como o Brainiac faria muito mais sentido, A DC tem pressa pelo Darkseid, parece que quer competir com o Thanos a força.
      Bem desnecessária a presença de Para-Demônios logo no primeiro filme, é como se os vilões importantes nem existissem nos filmes. A DC quer por que quer Darkseid logo.

      • Ivson Tavares

        Quantos fãs assíduos da Liga você conhece? ou o que você conhece é essa “mulekada” que bota camisa com o simbolo de Heroi e se diz fã? Sinceramente parceiro fale por você, mas concordo com você quando diz que nem os fãs mais assíduos dariam 9,0, pois a nota é 10,

        1 – Um Inimigo Clássico feito Brainiac? Lobo da Estepe é tão Clássico quanto, porem acho que a unica coisa que você fez foi assistir umas animações não foi? provavelmente você nunca havia falado nesse inimigo.

        2 – a DC quer competir com Thanos a Força? Cara a DC tem vilões nada mais logico que usá-los e Darkside, se encaixa perfeitamente nisso.

        3 – Bem desnecessária a presença dos para-demônios? Cara eles são inimigos tão clássicos quanto qualquer outro, afinal eles são os exércitos de Apokolipse, e sempre estão com Lobo da Estepe, Vovó Bondade, Darkside, dentre outros, então já li idiotices, mas realmente tenho que lhe dar os parabens depois dessa.

        4 – A DC tem que por Darkside logo. essa eu concordo, afinal a Marvel já ta ai com Thanos faz 300 anos somente em cenas pós créditos e agora que vai aparecer não é? com certeza você deve estar revoltado com isso também não é?

        5 – A dica que dou a você é não comentar as coisas sem ter conhecimento, ou querer impor sua opinião diminuindo as dos outros, a moça fez um comentário excelente e deu a nota que achou indicada, mas você em toda onipetencia do seu conhecimento já vem dizendo que nem o fã mais assíduo teria dado essa nota, sendo que duvido que você conheça algum fão de verdade da DC, em parte so em ver seu perfil (ou auxenia dele) e ver você em vários comentários você tentando desmerecer o filme já mostra sua idade e que é só um haterzinho de m…

        • Deivid

          Você não passa de mais um Fanboy militante da DC, finge que não percebe os erros do filme e age como se ele fosse perfeito.

          1- Lobo da Estepe foi muito mal utilizado, o cara vem do nada como se fosse só mais um inimigo qualquer, isso poderia ser bem construído, mas não foi, um cara mal querendo um objeto de poder e lá estão os heróis para impedir, só isso?! nem desfecho decente ele teve, só não foi pior do que a morte do Bane em TDKR. Não é questão de CONHECER o vilão, e sim saber fazê-lo de forma bem feita, e esse passou longe.

          2- Quem raios quer Darkseid, o MAIOR vilão da Liga logo nos primeiros filmes?!, eles deveriam enfrentar ameaças mais comuns, porém não menos poderosos, incluir Brainiac seria interessante pelo fato dele nunca ter dado as caras no cinema, e os próprios fãs estariam mais ”familiarizados” com ele, e tenha certeza, muitos ODIARAM o Lobo da Estepe. Darkseid no SEGUNDO filme é tiro no pé e bala de prata no coração da DC.

          3- Parece a franquia Espetacular Homem-Aranha( 2012-2014) tudo ligado a Oscorp, nesse caso, tudo ligado a Darkseid, mate-o e os cidadãos poderão viver em paz para sempre, pois não existem mais ameaças. Quando Thanos morrer ainda haverá inimigos lá fora, mas como a DC mescla tanto Darkseid, quando ele morrer vai acabar o mal do mundo, pois o ”Lúcifer da DC” não vai mais existir.

          4- A Marvel se preocupou em inserir Thanos dentro de um CONTEXTO, não é apenas pegar o cara e descer o pau em todo mundo, ele vem sendo trabalhado há anos, a Marvel vem preparando o território de forma coerente, diferente da DC que quer pegar o MAIOR inimigo de seu próprio universo e usá-lo como se fosse só mais um vilão qualquer, isso não agrada nenhum fã.

          5- Não estou ”impondo” vontade nenhuma, conheço gente que está esperando esse filme desde 2007, colecionadores de HQ, bonecos e tudo, e acredite eles não gostaram do filme, não chamaram de lixo, mas disseram que esperavam MUITO mais para um filme aguardado há tanto tempo e por tantas gerações( faço parte disso também) e não sou hater, adorei Constantine, Watchmen, e TDK, pelo menos eu estou ”desmerecendo” o filme com ARGUMENTOS, e quem é hater quer desmerecer com linguagem chula, e eu definitivamente não estou fazendo isso. Cara vai namorar que você ganha mais, e para de pagar pau pra filme meia-boca.

          • GOSPEL MYXX

            Ah, a Marvel pôs Ultron. E Thanos, vc acha que é o maior vilão? Kkkkkk.

          • Deivid

            Ultron sempre foi vilão secundário pro MCU, Thanos é totalmente diferente seu babaca.

          • Brand-El

            Cala boca bazingueiro… ninguém pediu sua opinião vai dar para o Thanos então… otário… hahaha…

        • GOSPEL MYXX

          Cara, falou tudo. Esse babaca aí é fã de Homem Aranha e Thor com humor. Não conhece a Liga de Giffen.

          • Deivid

            Vai encher o rabo do seu pastor de dinheiro que você ganha mais, ou menos kkkk

        • Brand-El

          Cara os bazingas fãs dos filmes imbecis da Marvel são assim, eles acham que a Marvel surgiu primeiro que a DC só porque lançou mais filmes primeiro. Pergunta quantos leram pelo menos um gibi de cada membro dos Vingadores. Thanos uma copia de quinta do Darkseid, Thanos que era vilão de uma copia do Shazam (capitão marvel), só depois das saga do infinito ele virou Vilão de primeira. Quando isto ocorreu, oDarkseid já tinha infernizado a legião dos Super-Herois, tentado dominar a terra destruindo as suas lendas e ainda tentou engana-los depois para tentar dominar a equação anti-vida. E quem é leitor de quadrinhos e da DC vai saber direitinho de quais historias estou falando. O problema hoje que tem uma turma que forma opinião que decidiu que se for Marvel é perfeito, se for DC, só se for um classico ou filme acima da Média. A liga é uma filme ok e só isso uma tentativa de corrigir as cagadas de BVS e esquadrão suicida e se alinhar a WW. Tenho certeza que na continuação quando Darkseid vier ou a Legião do Mal ( tipo a série Justiça) ai as coisas vão ser outras.

          • Gabriel Valente

            quando a cópia entrega filmes muito melhores, mais bem amarrados, em um Universo construído com calma e não nas coxas, com personagens carismáticos mesmo 10 anos depois do primeiro filme…..é pra vc ver como que esse DCU é bem fraquinho. E seguem mais perdidos que cego em tiroteio.

            Já desperdiçaram Apocalipse, A Morte e o Retorno do Superman em 2 filmes meia boca, só faltam agora desperdiçarem o Darkseid em mais um filme que não vai passar de razoável. Melhor assistir o desenho da Liga mesmo, pois nas animações pelo menos a DC não erra desse jeito.

      • GOSPEL MYXX

        Kkkkkkk. Otario. Thanos é copia de Darkseid. Só sua mente ombecil pra afirmar que os fas da Liga não dariam 9. Dariam 100. Nunca leu nada da Dc, cala a boca.

        • Deivid

          Dá o cu viado.

          • Brand-El

            O Thanos é copia do Darkseid sim e dai que eles querem usa-lo, ele é o principal vilão da DC. Os filmes da Marvel são todos iguais ao que vi na Liga, mas são uma maravilha para bazingada, agora se a DC faz filme mais dark, tá errado, faz mais leve tá errado. E só uma coisa, o CGI tá ruim, Mas o Vingadores tem um héroi que é CGI e é uma bosta em todos os filmes que apareceu, uma BOSTA!!! Mas como os bazingas idiotas adoram estes filmes imbecis de sessão da tarde ai ta tudo bem….

  • Alan Bitencourt

    Pelo que eu vejo dessa crítica é um filme bom e mais nada, vou assistir semana que vem para vê se vale realmente a pena, porque até o momento pelo visto ele é mais um filme comum de Super Herói e a dona DC tem que fazer o que faz, mas eu verei se vale ou não a pena, só segunda-feira ou terça-feira.

    • Brand-El

      E todos os filmes da Marvel são o que? Todos sem exceção são apenas filmes comuns de super-herois com pirotequenia para mais ou para menos. Talvez Capitão America, Soldado Invernal seja o que mais de o que pensar. O outros esqueci horas depois de sair do cinema, apenas diversão pipoca….

  • Eduardo Junior

    O FILME EH PERFEITO. O MELHOR DO ANO !!!

  • A Mãe dos Leitores

    Estou triste, meus raviolis. Assisti o filme ontem e tipo, não é ruim, mas é apenas “bom”. Um filme da Liga, tão esperado, tão pedido, ser apenas bom, é muita tristeza. Antes de xingarem dizendo “Marvete, gostou de Ragnarok, né? Vai sentar no colo do Donald”, eu não bato curirica para editora alguma (como alguns fanboys que não conseguem separar a idolatria do bom senso). Sou fã de boas histórias (seja lá qual editora, Marvel, DC, Image, Dark Horse ou Estúdios Maurício de Sousa) e o filme para mim foi bem aquém do esperado.

    2017 a grande vencedora dos filmes de supers foi a Fox que deu show com Logan. Conseguiram o que BvS tentou e falhou: fazer um filme sério (“dark” como gostam de dizer), que entretem e que você dá uma foda para os personagens.

    E agora só nos resta desejar mais sorte para o filme do AquaMomoa.

    • Deivid

      A DC deu uma escorregada nesse filme, tinha potencial para se consolidar como um clássico e deu errado, um vilão meia boca querendo um objeto de poder e lá estão os heróis para impedi-lo, nada que não tenhamos visto antes, Até um episódio de Liga da Justiça Sem Limites, poderia superar esse filme no quesito de agradar os fãs raiz.

      • GOSPEL MYXX

        Uai, vai lá então dirigir o filme

        • Deivid

          Falou o Fanboy.

    • LdJ é tudo menos um filme sério. Inclusive ele é inflado de piadas a um ponto que chega a incomodar.

      • A Mãe dos Leitores

        Não disse que era, meu bombom. Disse que BvS era.

        • Reginaldo Junior

          kkk

  • Hugo Carlos

    Gostei do filme, a tela escura do 3d e o CG me incomodaram. O vilão tinha sua dublagem (original) meio deslocada do movimento dos lábios e durante essas falas me pareciam que o som estava muito limpo, como se não estivesse acontecendo ao mesmo tempo dos outros sons da cena. Tudo muito limpo e chapado. Mas o filme é bom.

  • Fernando Marinho Sousa

    O filme é ótimo! Merecia um 8 cravado! LIGA DA JUSTIÇA!

    • João Marcos

      Eu acho 7 uma nota bem justa. Um crítico mais rigoroso que não fosse fã dos personagens poderia dar 6,5 sem forçar a barra, mas se formos comparar com outros filmes de super-heróis penso que a nota foi razoável.

  • A S M

    É incrível, lendo os comentários abaixo, na expectativa de saber se o filme é bom, mediano ou ruim, na visão do público em geral e só não se basear na crítica do Cinema com Rapadura, o quanto as pessoas estão mais preocupadas em discutir, querendo cada um ser o dono da verdade do que propriamente comentar alguma coisa que preste. Ainda não deu para ver o filme, mas como a Kinoplex liberou cópias em 2D para o dia 19 e 20/11, valeu a espera já que 3D ultimamente além de caro é sofrível, então não quero arriscar. Acho que vale mais a pena se basear mesmo na crítica do CCR, porque o pessoal ai embaixo estão com ânimos muitos exaltados, é Fanboy em todo lugar, ninguém merece.

    • Marcos de Assis Pereira Santos

      Concordo, muito mi mi mi… kkkk sofro do mesmo problema que vc (em não ter assistido ainda) e a critica do CCR é a mais plausível possível. Nesse mundinho de “nada é bom o suficiente”, fica cada vez mais difícil ler criticas de filmes.

  • Manolo Carvalho

    Acho que o principal problema foi apressar o filme para sair antes do terceiro vingadores. Três dos personagens nem tem filmes próprios ainda, então a entrada deles ficou forçada. Dos filmes anteriores somente mulher maravilha é homem de aço foram razoáveis. Pra mim o filme deveria ter ignorado os filmes que na teoria faziam parte desse universo dc de filmes e funcionar como se já existisse a liga de fato. E claro,o diretor tinha de ter sido trocado,se queriam algo diferente de Batman vs Superman. Talvez até o orçamento deveria ter sido menor.

  • David willians

    Acho que o problema foi ter tirado um monte de cenas (principalmente as que estavam no trailer) a mudança de tom no filme, o efeito pra esconder o bigode do henry cavil, a vinda do superman pra batalha devia ser uma baita cena e foi bem esquecivel. Achei um filme bem esquecivel..

    • Anilton Cândido

      Tenho a mesma opinião que a sua. Um filme completamente desprezível, sem relevância!!!

      • Deivid

        O filme tem muito mais relevância que o seu comentário, Reconheço que eu também comentei merda nos meus comentários antes de se quer assistir ao filme, e depois que eu o vi, mudei totalmente de opinião sobre ele.

    • Deivid

      Homem-Formiga, Thor 2, e Homem de Ferro 2 e 3 são completamente esquecíveis, Agora Liga da Justiça definitivamente não é.

  • Deivid

    Eu achei o filme muito bom, com uma história que prende quem o está assistindo, os personagens foram bem trabalhados e todos tem motivações bem convincentes, as lutas com o vilão também ficaram boas, assim como seu visual intimidador. E as piadas não interferem em nenhum momento na qualidade do filme, Nota 8,0.

    Eu achei épico quando o Lobo da Estepe disse para os para-demônios: ”Achem a terceira caixa, pela mãe do terror, por Apokolipsi, e por DARKSEID.”
    Retiro tudo o que eu disse sobre o filme nos meus comentários abaixo, eu estava cego de ódio irracional, Assistam o filme, pois ele REALMENTE vale a pena.

  • helcio

    Melhor filme do ano,sem duvidas.

  • Anilton Cândido

    O pior filme do ano. Totalmente decepcionante. Com a saída de Zack Snyder o filme se transformou numa comédia forçada da Marvel. RIDÍCULO!!! Onde estão as cenas dos trailers??? Nota 7 foi muito generoso, na verdade um 4 seria justo!

    • Deivid

      Para com esse mimimi, as piadas do filme não interferem em nada na qualidade dele, está bem longe de ser uma comédia forçada, e as cenas dos trailers não fizeram a menor diferença também.

    • Reginaldo Junior

      As cenas dos trailers eu tbm senti falta.. e poderia ter tido menos piadas. Mas eh um bom filme. Gostaria de ver uma versão do Snyder.

  • Reginaldo Junior

    Menos piadas. Mais equipe… Batman do Affleck eh bom, Superman começou a ser o que realmente eh.. A chegada do superman pra ajudar a equipe, acredito que tenha sido cortada.. Eu vejo que onde era pra ser memorável (cenas memoráveis), não foi. No fim, gostei, mas com sentimento de que tem muito a melhorar. Espero que tenha uma boa arrecadação.

  • Ricardo Salviano

    Foi um filme bom, mas fiquei muito decepcionado, no momento que o Superman retorna sem o uniforme preto e também que a música clássica de John Williams, foi só um pequeno relance de uns 5 segundos, muito pouco perceptível, deveria ter sido algo grandioso, com uns 20 a 30 segundos e num tom alto e bem sonoro, como se fosse um messias voltando,trazendo de volta a esperança para a humanidade!!!

    • Lucas Santos

      Esse era o problema do saco snyder querer fazer tudo parecer grandioso
      Câmera lenta
      Câmera girando em torno do diálogo
      Música de fundo épica
      Jhos muito mais intimista e focado. Puta filme

  • Bruno Lima

    Vergonha!!!

  • Idelton Nakagawa

    Ficou um hiato, no momento em que o vilão se refere ao Ciborgue, dizendo que ele é parte d’quela força maligna, só ele não tinha percebido ainda… pensei em uma possível reviravolta, onde o Ciborgue se tornaria parte do plano maligno… ou carregaria consigo o estigma, e se tornando maligno futuramente. Não sou diretor de nada, não dirijo nem a minha vida, mas achei o roteiro simplório, faltou um Q a mais.

  • Bruno Xavier

    O filme é bom, o grande problema é que era pra ser memorável, aliás icônico é a palavra correta. No entanto pareceu mais um filme regular de super heróis, isso é o que é decepcionante. O que frusta é que o filme em sua abertura traz os impactos de BvS sobre as pessoas em uma cena que claramente é puro Snyder, mas no decorrer do filme esse impacto inicial não é desenvolvido, os personagens que precisavam ter um desenvolvimento tem uma introdução resumida, ainda se explora um pouco da carga dramática do Flash mais acaba se oscilando sobre a perspectiva dele ser o alívio cômico, falta algo, e pelo que se sabe inicialmente o filme teria 2h50, mas optou-se por repetir o feito em Esquadrão Suicida e mexer na produção o que acarretou nessa produção sem identidade.

    Só resta a Warner novamente recorrer sob uma versão estendida para concertar seus erros de intromissão.

  • Marcos Duque

    A “Mulher-Maravilha” foi elogiado pelo tratamento dado à figura da mulher, mas se esqueceram da mensagem que o filme realmente passa: enquanto, de um lado, homens se consomem em navios, tanques, aviões, pólvora e toda sorte de evolução, o mundo dado ao governo feminino ainda é medieval! Ou seja: uma paz duradoura entre espadas e escudos sem direito a uma simples lâmpada!!!

    Agora, décadas após a Primeira Guerra o que vemos? A mulher sem evoluir!! Nada!! E lindas como deusas que são. Ou seja: tanto em “Liga” como em “Mulher-Maravilha” há empoderamento da mulher ou do homem?

    • Nathalia Cardoso

      É porque não se trata propriamente da mulher, mas do feminino. A energia masculina é que é responsável pela tecnologia, pela energia de erguer uma obra. Masculino é ação, feminino intuição. Entendo assim. Ou seja, a mulher tá sempre mediando. Se deixar, os homens se matam, podem ser os mais gênios da modernidade, destroem tudo que construíram. Penso que esse caráter “medieval” da ilha das amazonas representa apenas a sabedoria antiga.

      • Marcos Cavalcanti

        Na verdade, a criação da WM nas HQ’s deve remontar a uma época em que as mulheres eram mais aprisionadas do que a atual. Acredito que os realizadores do filme não pensaram nessa questão de civilização atrasada.

      • Si Type-R

        Medieval?
        Isso vem da antiguidade, da época em que as lições eram passadas por mitos.
        Na idade média, tudo isso era heresia.