Críticas   sábado, 04 de junho de 2011

X-Men – Primeira Classe (2011): filme devolve o charme e a inteligência à saga mutante

Comandando um filme empolgante e repleto de personagens complexos, o diretor Matthew Vaughn arrebata o público e coloca os X-Men de volta aos eixos com esta fabulosa aventura sessentista.

Mutação é a chave para a evolução. O problema é que nem todas as mutações são exatamente benignas. Quando a franquia “X-Men” migrou para os cinemas, o cineasta Bryan Singer entregou aos fãs e ao público em geral não só duas boas adaptações dos quadrinhos criados por Stan Lee e Jack Kirby, mas dois ótimos filmes. O terceiro capítulo foi capitaneado por Brett Ratner e não foi um longa ruim, mas focou demais em entregar coisas que apenas os fãs desejavam ver. Daí veio “X-Men Origens – Wolverine” e o clima sério que permeava as películas anteriores ficou em segundo plano e o resultado foi aquém do esperado.

Chega agora às telas este “X-Men – Primeira Classe”, com Singer assumindo a posição de produtor e com o talentoso Matthew Vaughn (“Kick-Ass – Quebrando Tudo”) na cadeira de diretor e co-roteirista. Respeitando (ao menos parcialmente) o que foi mostrado na trilogia original e basicamente jogando no limbo a fita-solo do Wolverine, esta nova produção recoloca, de modo surpreendente, os mutantes na linha.

Misturando ficção e fatos históricos, a trama nos conta como, em meio à crise dos mísseis em Cuba em 1962, Charles Xavier (James McAvoy) e Erik Lensherr (Michael Fassbender) vieram a se tornar os rivais Professor X e Magneto. Enquanto o jovem Lensherr não conheceu nada em sua infância além de horrores nas mãos dos nazistas, crescendo com nada além de vingança contra seus algozes em sua mente, Xavier foi criado em um ambiente abastado, podendo explorar seus dons e, a despeito de compreender o preconceito, abraça uma doutrina pacifista.

As jornadas dos dois acabam se cruzando de maneira explosiva enquanto caçam, por motivos distintos, um aristocrata chamado Sebastian Shaw (Kevin Bacon), que deseja começar a Terceira Guerra Mundial com a ajuda de seu Clube do Inferno. Contando com um auxílio instável vindo da CIA, Charles e Erik começam a reunir outros mutantes ao redor do mundo com o objetivo de deter Shaw. No entanto, o modo de pensar dos dois amigos poderá colocá-los em uma rota de colisão.

James McAvoy faz um trabalho excepcional em afastar Xavier da aura de santo que o personagem tinha quando vivido por Patrick Stewart, mostrando-o como um jovem excepcionalmente inteligente e compassivo, mas também muito humano, gostando de se divertir e paquerar, em uma nova e interessante visão do Professor X.

No entanto, o filme é realmente de Michael Fassbender, que transforma o seu Erik na figura mais fascinante da franquia, respeitando o trabalho de Ian McKellen, mas acrescentando um rancor e uma ira que comovem a plateia, nos compadecendo com o sofrimento que este experimenta e tornando compreensível o ódio no coração do futuro Magneto. Impossível não notar o paralelo entre as ações de Erik no começo do filme com as dos Bastardos Inglórios de Quentin Tarantino, principalmente em uma cena em um bar na Argentina.

Mesmo com o destaque dado aos dois principais jogadores da saga, os demais personagens não estão em cena como mero enfeite, cada um exercendo seu papel dentro da narrativa. A indicada ao Oscar Jennifer Lawrence hipnotiza o público com sua Raven, com seu desejo de aceitação sendo algo palpável para o público e sua vontade de se relacionar com alguém que a compreenda sendo fundamental para a mensagem do filme.

O arco de Raven bate de frente com o do jovem Hank McCoy, vivido com intensidade por Nicholas Hoult. Hank nos é apresentado como um jovem brilhante, mas que não se vê como um indivíduo realizado justamente por conta de sua mutação, que lhe passa uma imagem animalesca. O fruto do desejo de normalidade do rapaz não deixa de ser tragicamente irônico.

Outro destaque no elenco é a bela Rose Byrne, como uma intrépida e visionária agente da CIA que age como contato de Charles e Erik com a agência. O ótimo Oliver Platt também participa do longa como um dos aliados de Charles, sendo uma pena que apareça tão pouco.

Do outro lado da cerca, os destaques são obviamente o Sebastian Shaw de Kevin Bacon e sua Rainha Branca, Emma Frost (January Jones). Bacon vive Shaw como um perfeito vilão de James Bond, megalomaníaco, audaz e com uma presença forte. O ator nos dá uma interpretação energética como Shaw, nos mostrando exatamente o sadismo do vilão. Por sua vez, January Jones carrega um pouco demais no tom blasé com sua Emma, acabando por ser o ponto fraco do elenco.

Não foi por acidente que citei o tom meio James Bond mais acima. Filmando o longa nos estúdios da Pinewood, onde os filmes do 007 são gravados, a influência dos filmes da era Connery de Bond é perceptível na nova aventura dos mutantes, principalmente em seu design de produção. A cinematografia de John Mathieson, com exceção da cena inicial, prima por cores mais quentes, combinando com o ambiente proposto pela clima do longa.

No entanto, apesar de não ser um filme desprovido de senso de humor, em nenhum momento a fita tende para o kitsch, sempre levando a si e aos seus personagens a sério, com seu diretor sabendo criar um clima de tensão constante e mostrar na tela o drama daquelas pessoas especiais, sem esquecer de entregar cenas de ação fantásticas, com destaque para a invasão de Erik a uma casamata Soviética e o ataque do Clube do Inferno a uma instalação do governo americano.

Inteligente, divertido e empolgante, “X-Men – Primeira Classe” é um recomeço arrebatador para a franquia, com essa mutação se mostrando uma bela evolução para a série. Recomendado.

P.S.:  não temos uma cenas pós-créditos, mas vários easter-eggs farão a festa dos fãs da saga, incluindo duas ótimas pontas de personagens conhecidos.

Thiago Siqueira
@thiagosiqueiraf

Compartilhe

X-Men – Primeira Classe (2011)

-

Roteiro:

Elenco:

Compartilhe


  • X-Men First Class é sem dúvida o melhor filme a Marvel até agora, talvez empatando com X2. Mas sobre respeitar a trilogia X-Men, não concordo. Primeira Classe se passa, pelo menos, 30 anos antes da cena de abertura de X-Men: O Confronto Final. Há a possibilidade de Ciclope ter um irmão tão mais velho assim, ou o Destrutor seria pai do Scott? E se pegarmos o filme do Wolverine, a coisa complica mais ainda.

    To rezando para que a Fox decida que X-Men First Class é um reboot e não um prequel. Será a decisão mais sábia já tomada pelo estúdio.

    Adorei a participação de Wolverine, que fui muito mais Wolverine ali do que no seu próprio filme. O mais incrível é que First Class piora, em alguns aspectos, graças à humanização do Magneto, os dois primeiros X-Men e melhora o terceiro.

  • Caio

    O filme é bom, com certeza o melhor X-Men. Mas não merece mais que 7/10. Um contexto bom,a história foi bem situada. Os mutantes foram bem explorados, apesar de terem falhas estéticas. O Fera parecia um bicho de pelúcia e o Maré parecia o John Travolta quando novo. Os efeitos apresentaram muitas falhas, precisavam ter um físico na equipe, talvez, porque em vários momentos tudo parecia muito artificial, as coisas não reagiam como deviam. Fora alguns erros históricos, nada mais grave. Achei ridícula (mas aí parte da minha opinião) a forma como XXXXXX. Alías, eu ri do Magneto no fim. O capacete não era fosco? Não ficou muito ameaçador, mesmo que, ao meu ver, Erik tenha sido realmente o destaque. Michael Fassbender foi excelente, e seus ideais, no decorrer do filme, mostravam-se mais sólidos que os de Xavier, que pareceu muito mais fraco neste longa. Mais humano, sim, só que em excesso. Foi incoerente demais, o que nos faz “torcer” por Erik. As mudanças frequentes de foco chegam a irritar, parecia um trabalho de câmera amador. Um filme bom. Mas levando em conta a riqueza da história, que abria diversas possibilidades, poderia ter sido melhor.

    [Thiago Siqueira: Caio, tive de editar uma parte de seu comentário por conta de spoilers].

    • Firoy

      Oi Caio,

      Traquilo cara?
      Bem, você diz que o filme não merece mais que 7/10. Você deveria deixar claro que isso é apenas a sua opinião.
      Pois eu como fã dos quadrinhos dos X-Men e fã dos filmes dos X-Men esse para mim merece 10 e acho o melhor filme dos X-Men e melhor filme dos personagens da Marvel.

      • Caio

        De fato, o melhor X-Men, e talvez o melhor baseado nas HQs da Marvel. Mas é exagero dar 10 para um filme com tantos furos. Aliás, se você conhece os quadrinhos, o Blackbird não é baseado no avião da SHIELD? Claro que houveram mudanças, estas são essenciais, mas acho que não podiam comprometer o Universo Marvel com certas falhas. O 7/10 não foi partindo apenas da minha opinião. Houveram várias falhas técnicas. Como eu mesmo disse, os efeitos não foram bem elaborados. Observem as cenas no mar, na praia. O roteiro tem falhas, sim. Pesquisem mais sobre a crise dos mísseis. Falhas históricas, que não comprometem o filme, mas, se fosse para cometer tantas falhas, deveriam ao menos tentar mostrar mais fidelidade a HQ. Fui com seis pessoas assistir o filme, e elas pensaram do mesmo modo e viram as mesmas falhas. Quanto a impressão que o longa passa de ser obra de cineasta amador, em alguns momentos, também compartilhamos. Em certas partes, parecia que eu estava lá, gravando com minha CX560. O filme não passa de um enlatado. Além de tudo, cometeu o erro de bagunçar a timeline da Marvel. Mas, isso provavelmente não importa, já que a função deste filme é ganhar dinheiro e passar a falsa ideia de que presta. Assisti de novo o filme, hoje. E mudei minha nota. Não passa de 6/10.

        • Firoy

          Caio,

          O Blackbird que eles usam no filme já é baseado em um avião de mesmo nome, nos quadrinhos acontece o mesmo, com o passar do tempo ele foi modificado pela tecnologia Shi’ar.
          Sobre as mudanças que você diz que comprometeram o Universo Marvel, como assim? O filme faz parte das HQs? Dos filmes do Marvel Studios? Como filme dos X-Men feito pela Fox, ele atrapalha apenas a cronologia criada pela Fox, não atrapalha em nada o Universo Marvel.
          Sobre os efeitos da praia, são bem notáveis mesmo, mas não atrapalham em nada a trama, pelo menos para mim eu não fiquei me remoendo todo só por causa disso, já que não atrapalhou nem um pouco o resultado final.
          A Crise dos Mísseis, é claro que são falhas históricas, se fossem iguais, então porque colocar os X-Men ou mutantes envolvidos?
          Agora o elmo do Magneto queria o que? A coisa era aquilo mesmo, anos 60, é o exagerado, colorido, não vejo porque deveria ser diferente.

          Mais uma vez você fala do timeline da Marvel, não vejo como isso prejudicou o timeline da Marvel, os quadrinhos vão mudar a cronologia por causa disso? Os editores terão que mudar o início dos X-Men por causa disso? Terão que mudar os personagens por causa disso? Como o filme é da Fox e não do Marvel Studios, o Homem-de-Ferro e o Thor vão poder aparecer? Claro que não.
          Os X-Men são os unicos naquele Universo criado pela Fox.
          Então se a Marvel que é a dona dos X-Men nos quadrinhos e pode fazer o Universo Ultimate que é totalmente diferente do Universo convencional e é fez a Era do Apocalipse que é totalmente diferente do Universo convencional, então a Fox que é dona dos X-Men no cinema tem direito de mudar o quanto quiser os X-Men, desde que a história contada por eles seja boa, e isso eles fizeram muito bem nesse filme.

          Continuo com a minha nota 10.

          • Caio

            Falhas técnicas podem não comprometer o entendimento, mas do ponto de vista crítico devem ser mencionadas. Ao menos você é um fã com argumentos, diferente dos posers de Crepúsculo. Em relação a Fox/Marvel Studios, é um ponto de vista, já que cronologias diferentes e universos paralelos também não parecem interessantes nos quadrinhos, sendo vistos por muitos críticos americanos como “forma de reciclagem” ou “ampliação de comércio”. As falhas históricas mudam sim, porque notamos que o filme se preocupa em ser fiel as datas e acontecimentos, e cria essa expectativa, até falhar em alguns pontos. Minha nota não foi baixa, apenas acho que pouquíssimos filmes são dignos de 10 ou 9. E nenhum filme de super heróis lançado até agora alcança essa marca, sendo “The Dark Knight” o que chegou mais perto. Críticos estrangeiros renomados sempre poupam notas altas, assim como juízes europeus não usam cartão com frequência. Filmes como Pulp Fiction recebem 4/5 por lá. X-Men Primeira Classe é um filme recomendado sim, mas nem por isso perfeito, o que o “10” sugere. Continuo não gostando do elmo. Nos filmes do Singer ele não era fosco? Não sei, assim como O Fera, pecou no visual. Anos 60, tudo bem. Mas o filme peca em parecer trash, em certos momentos.

    • Rafael

      Eu tb não gostei do fera e de alguns efeitos especiais, isso sem falar da ausência de sangue, mas isso já esbarra em outras coisas. Pelo trailer eu esperava mais do filme. Não foi ruim, mas concordo com a sua nota entre 6 e 7.
      Talvez tenha faltado mais um empenho pro filme ficar melhor mesmo, um pouco mais de trabalho e estudo em todos os aspectos q pecaram.
      Não vou falar sobre os quadrinhos pq não entendo muito, rs. Mas quanto ao capacete do Magneto eu não vi problema algum. Não gostei foi da roupa q parecia um pijama.

      • hugopdr

        Concordo em alguns pontos com sua visão do filme.
        Mais nao chegaria a dar 7 pois em comparaçao com outros filmes marvel esse e um colirio para os olhos!!
        O que me deixou confuso foi algumas mudanças,como o irmao do ciclope nos hqs ser mais novo e no filme ele ja ter quase uns 25 anos sendo que a historia x-men original se passar 60 anos depois.
        Falhas na cronologia e estetica atrapalha o filme,mais o roteiro e atuaçoes que na minha opiniao e que salvam um filme se sobressaem.
        NOta 9.

    • carolina

      Respeito a opinião do Caio mas pra mim é nota 10 com louvor.

  • Rodrigonizer

    10?? Com O Havoc nada a ver, se ele é irmão do Scott e tah ai???
    Com um Fera tosco e gay???
    Aff….

  • Ninguem

    Eu sei lá… é muito estranho um filme que só estava sendo detonado na sua fase de divkgação, sair com toda essa glória. Eu, como um leigo no que diz respeito aos quadrinhos, conhecendo os mutantes de forma mais leiga, nas séries animadas, filmes, enfim, sites de internet… vou tirar as minhas conclusões. Mas creio que grande parte dos entusiastas são fãs dos quadrinhos. Vejamos outros dados comparativos em relação ao público geral e a recepção desse público que não compara detalhes de quadrinhos, como eu, e que passe alguns dias para vermos as bilheterias.

    Abraços.

  • Assisti ao filme hoje e… WOW!! Que belíssima surpresa.
    Estou até agora extasiada com a qualidade do filme. Uma produção tão delicada, feita com tanto esmero… Uma película dirigida com tanta firmeza e identidade…. Esse é uma das melhores (senão a melhor) adaptações de HQ pro cinema a que já pude assistir.
    Michael Fassbender e James McAvoy estão perfeitos em seus papéis. O roteiro é muito bem escrito e o resultado final é uma produção digna, com humor, drama e ação na medida certa e com atuações maravilhosas. Cara, que filme FODA! \o/

  • Eduardo Rodrigues

    filmaço, foda mesmo

  • tiago

    valeu siqueira sensacional o filme foi exelente iqual ao 2.

  • Flávia Santos

    Ah Siqueira… eu não vou ao cinema sem ver a tua opinião antes…
    Cara…Tô MUITO empolgada!! Não tava dando nada pelos trailers e tinham uns quantos fãs metendo o pau já de vespera na coisa toda. Depois dessa tua, mas é na terça-feira (promoção numa rede aqui perto de casa, custa 5,00 pila a entrada) que eu vou ver os X-Men voltarem com um baita filme!

    Abração pra ti! E faz o Juras fazer um cast sobre eles logo, viu?! Antes de terça, de preferencia, pra que eu vá no pique!!

    Abração imenso, mestre!

    PS: por indicação de meu professor de Matematica Financeira, comecei a ler Guerra Civil. TO ADORANDO! E “Reino do Amanhã” da DC já está na lista n.n

    • Flávia, procure ler O REINO DO AMANHÃ o quanto antes! Essa história é fantástica. A arte então enm se fala. Ilustrada por Alex Ross.

  • Firoy

    Agora meu comentário vai para o colega Siqueira.
    Para começar, devo logo dizer que achei sua crítica muito boa, como a maioria dos sites que falam sobre o filme.
    Mas agora vai um chute no saco, o filme não é um reboot, é um prequel que vai levar em conta a trilogia.
    Entrevista do Matthew Vaugn(diretor do filme)falando sobre isso:
    http://www.comicbookmovie.com/fansites/Poniverse/news/?a=21023

    É claro que o filme tem seus furos para com os outros filmes já estabelecidos, mas isso é para criar uma trama melhor.
    Sem contar que a primeira cena do First Class é a mesma do primeiro filme feito pelo Singer.

    [SPOILER]

    outro ponto é o Hugh Jackman, se fosse um reboot, não precisavam do Jackman para fazer uma ponta de Wolverine, mais uma ponta muito legal é da Rebecca Romijn como Mística.

    [/SPOILER]

    Então é isso cara, espero que você leve meu comentário em consideração.

    • Firoy, eu considero o filme uma prequel para X-Men 1 e 2, mas um rebbot em relação a X-Men – O Confronto Final e Wolverine. É um semi-reboot, por assim dizer! Abraços!

      • Firoy

        Pois é Siqueira, parece que até a Fox está considerando, heheehehehe
        Algumas notícias mostram que a Fox não está considerando o filme do Wolverine para nenhum outro da franquia X, tanto o dos X-Men que começou com o First Class, quanto um do Deadpool que ainda está por vir.
        Já no X-Men 3, fica mesmo muito difícil como eles podem chegar a tal ponto já que o Bryan Singer tinha uma visão muito diferente para o X3.
        Será que o objetivo deles é considerar apenas o que foi feito pelo Singer, já que agora ele é um dos produtores?
        Vai saber, hehehehe

        Valeu pela atenção, uma boa noite.

    • Já existem boatos que a Fox vai transformar em um reboot. E eu não dúvido muito que ela vá fazer isso.

  • Raphael com ph

    Um filme de hq nçao precisa ser 100% fiel nos persoagens e cenas. E sim levar 100% da filosofia dos quadrinhos pra tela. E esse filme faz isso. Nota 10!

  • JP

    Olha, não tem o que discutir, esse filme é sensacional e pronto. Tudo o que eu desejava (mas não esperava) encontrar em um filme dos X-Men, os heróis mais complexos e exploráveis do Universo Marvel. Elevou as adaptações de HQ’s a um outro nível, onde mantém-se acompanhado por algumas poucas excessões que não caem no lugar comum.

  • Fabio

    BRILHANTE.

  • PQP!!! Quem diria, o filme que ja estava sendo cotado como a bomba do ano, (eu inclusive não tava nem aí pra First Class), tá vindo com tudo e só arrancando elogios de quem assiste. É muito bom isso, fico super contente, e verei no proximo fds!
    Abraços Siqueira.

  • Douglas

    O filme é ótimo,espetacular, só não foi melhor porque a projeção do Cinemark estava horrorosa!

  • Fernando

    Com certeza o melhor dos filmes do X-men, ficando em segundo lugar o do Wolverine. Apenas acho que o filme deveria ter sido um pouco mais no futuro (década de 80 pelo menos). Recordem que no Primeiro X-Men já se fala que a história se passa num “futuro não muito distante”. Sendo assim se os personagens de Magneto, Professor X e Mistica tivessem as idades que tem em 1962, no filme X Men seriam todos uns Matusalens… Nota 8/10

  • W

    Muito bom o filme, eu adorei, tirando alguns efeitos que ficaram fracos, o resto foi bem agradavel de se ver, gostei muito, não é fiel aos quadrinhos, pois o Grupo Original é: Cyclops, Fera, Jean Grey, Homem de Gelo e o Anjo, junto com o Charles. Fora isso, eu acho que sim é um reboot, porque não lembro, em nenhum momento, dos outros filmes a Mistica ter uma relação com o Professor X, dando a entender assim um reboot. Isso ao meu ver é ótimo. Espero ansiosamente por mais.

  • W

    A unica coisa que acho um exagero se falar, é que esse filme é o MELHOR, filme sobre os quadrinhos da Marvel, sendo que AO MEU VER, não chega a esse ponto, e tem inimigo de peso como o Spider Man 2 e o Iron Man.

  • W

    Só uma pergunta de uma coisa que me lembrei agora, o Stan Lee não aparece no filme né? Em nenhuma cena né?

  • Hyla Fabiana

    Eu gostei do filme, o que mais me bateu na cara, no entanto, foi o que fora comentado apenas pelo W, essa ligação da mística com o professor Xavier não tem nada a ver, não há nada nos filmes de X man que permitam isso. Mas enfim, isso não chegou a me incomodar mortalmente, assim como a longevidade do ciclope e outros furos mencionados.
    Gostei do filme sim. Mas apenas gostei, não cheguei a adorar, a na MINHA humilde opinião, nota dez é um exagero SIM, sem sombra de dúvidas. Daria um 8, justamente pela falta daquele Tchan, que me fizesse ficar impressionada.

    P.S melhor cena do filme, com certeza, teve apenas esse “diálogo”: “Fuck yourselves” hahahaha muito boa, arrancou risadas da platéia.

  • Firoy

    Caio,

    Não consigo mais responder no seu comentário.
    Cara, não estou tentando desmerecer sua nota, cada um tem uma opinião, a sua é diferente da minha e a respeito mesmo assim.
    Concordo com pontos levantados por você, mas isso não me incomoda tanto para fazer eu “gostar menos” da trama, avalio o filme por um todo, acho que ele mereceu um 10.
    Você cita por exemplo o Pulp Fiction, que apesar de achar ele um filme expetacular, dou nota 8 para ele, hehehehe
    Não gosto muito de ficar comparando certos filmes, para avaliar como filme, eu vejo cada um separadamente.
    Sobre o elmo do Magneto, nesse filme eu achei bem legal, já no primeiro X-Men é realmente um negócio bem esquisito, mas no X2 e X3 eu gostei bastante, acho até mais legal dos que os do filme do Thor, minha opinião.

    Se você acha que o filme merece nota 6, tudo bem, pelos motivos que você apontou principalmente, não tiro a razão de você.
    Mas no meu ponto de vista, acho que o filme merece 10.

    • Caio

      Justamente, também acho que Pulp Fiction mereça 8, no máximo 9. Só tenho ideias diferentes, mas também gostei bastante deste X-Men. Realmente, filme nota 10 pra mim, no mínimo um Taxi Driver, ou The Godfather. O filme do Thor ficou bom, mas não sei… Algumas coisas, como a ideia de misturar armaduras de diferentes gerações não me agradou. Este X-Men com certeza foi superior, cara. Um filme bom, mas o que aconteceu é que ninguém tinha muitas expectativas pra ele. Eu, ao contrário, tinha. Gostei da ideia desde que foi anunciado, e no fim, não me agradei totalmente com o resultado. Mas é difícil achar um filme recente que seja perfeito em todos os quesitos. Último filme que eu vi e achei realmente bom foi o Bravura Indômita, mas aí parte da minha opinião, sou fã de western 🙂

      • Firoy

        Pois é Caio, desde o início quando o projeto ainda era ser uma espécie de X4, usando o Bobby, a Vamipra eu estava empolgado, quando anunciaram o diretor e os atores eu fiquei bastante confiante quanto ao filme. Quando saí do cinema que fiquei muito tranquilo porque o filme supriu minhas expectativas, para mim ele foi mais do que poderia ser, tiveram pequenos detalhes que não me agradaram, mais por causa da Emma Frost, mas ainda assim achei o filme muito bom e por isso dou aquela nota.

      • Ivy

        É tão engraçado ver leigos criticando sobre o que não conheçe…

        “a impressão que o longa passa de ser obra de cineasta amador”

        “…certas partes, parecia que eu estava lá, gravando com minha CX560.”

        Eu estudo audio-visual e sei que nem de longe você com sua CX560, vai filmar parecido com aquilo. A movimentação da camera, os efeitos… tudo isso é estudado meu rapaz, e muito bem estudado, além do storyboard é feito uma decupagem de camera para saber em que posição a camera deve estar, o movimento que vai fazer. E tudo isso tem um porque, depende da reação da emoção, do foco, da idéia que se quer passar para o público. Um simples movimentar de camera pode mudar todo o contexto da cena. Se o cara fez assim é porque teve algum motivo!

        Quanto ao roteiro, não li todos os quadrinhos da Marvel, então não posso lhe dar uma opinião solidificada, mas sei que essa é a missão mais difícil de qlqr roteirista, transformar algo já escrito em estória audiovisual. Principalmente HQ, q são inúmeras edições. O cara tem que resumir, expremer, compactar e muitas coisas tem q ser modificadas mesmo, pq o q é interessante no papel, pode não ficar tão interessante no cinema, é uma mídia diferente que existe resposta rápida e não tem o respaudo da imaginação de quem a consume, e caso você não saiba no cinema o público alvo não é só os leitores do HQ.

        A timeline p mim n atrapalhou, td mundo percebeu q aquilo foi uma explicação do começo, de algo bem anterior, e pelo que sei todo mundo entendeu que aquilo foi uma “volta” no passado. Há livros que tem a time line bagunçada e dá para entender, pq um filme, sendo filmes diferentes n pode ser assim?

        O fera parecia de pelúcia, até concordo, mais nem sempre se dispõe de tempo e recursos suficientes para conseguir aquele resultado esperado! Fora que tudo depende também de quem vê, como já disse Firoy, aí em cima, essa é a “sua opinião”.

        Nós precisamos aprender que os filmes nunca cumprirão completamente as expectativas de quem leu o livro, ou o HQ… porque como já disse e repito são plataformas diferentes e quando você lê é permitido imaginar da maneira que quiser e poder, já no filme não. E mesmo que os cineastas consiguissem entrar na cabeça de cada um não seria possível, afinal de contas são muitas mentes imaginando coisas diferentes.

        Você já pensou no trabalho que dá sintetizar tudo este conteúdo e fazer os efeitos especias, e o figurino… e mais uma porção de coisas q vc nem imagina? É fácil o Fera ter uma pele diferente no HQ, no desenho se pode tudo. Agora fazer isto se tornar real é outra coisa…

        Quando você diz “trabalho de um cineasta amador” vc n fala de um não, pq n é um cineasta. É uma equipe inteira! As pessoas tem mania de falar de direitor como se só ele fosse responsável pelo filme! Vc está falando do trabalho de muita gente que dedicou meses da sua vida só para isso. Gente que madrugou escrevendo roteiro, lendo os HQ’s, pesquisa de material para tentar fazer o figurino mais real possível, pesquisa de verosimilhança… etc.

        Tiveram falhas, sim, tiveram. Mais um filme desse tamanho jamais é um trabalho simples e mereçe os parabéns que dentro do possível foi bem executado.

        Quando for criticar algo, tome cuidado, escolha as palavras. Principalmente sobre o que não conheçe!

        P.S.: Na minha opinião a maior falha nesta saga de X-men no cinema, é q a tempestade me parece apagadinha. Seu expirito de liderança, poder incrível, personalidade forte, até mesmo a beleza física não estão sendo abordadas como deveria. P mim ela é uma Deusa, mesmo sem morar em Asgard!

  • Edu

    Gostei muito da versão de x-man primeira classe, até por que nunca houve realmente uma origem dos x-men nos hqs,as historias que me lembro da época que colecionava eram meio que desencontradas, como se tivessem sido inseridas na cronologia, ou seja, como se comessasem a ser contadas pelo meio e depois foi acrescentado o inicio.
    Só fiquei um pouco decepcionado pelo fato de não seguirem coisas básicas como a fidelidade dos grupos, pois, já que se vai contar uma historio que conta da maneira mais correta possível. os x-men originais são por um único motivo eles foram os primeiros (Ciclope, Fera, Homen de gelo, anjo e Garota Marvel a Jean Gray) ai botaram na equipe Darwin( http://www.armadamutuna.com/site/fichas/ler_ficha/Darwin/Terra-616 ) e Fada ( http://www.armadamutuna.com/site/fichas/ler_ficha/Fada/Terra-616 ) que são personagens recentes do x-men e o clube do inferno que era composto Sebastian Shaw ( http://www.armadamutuna.com/site/fichas/ler_ficha/SebastianShaw/Terra-616 ), Selena ( http://www.armadamutuna.com/site/fichas/ler_ficha/Selene/Terra-616 ) Emma frost( thttp://www.armadamutuna.com/site/fichas/ler_ficha/EmmaFrost/Terra-616 ) e Donald Pierce
    ( http://www.armadamutuna.com/site/fichas/ler_ficha/Donald%20Pierce/Terra-616 ) to be continued…

  • Hugo Saraiva

    Olá,

    O filme é bom mesmo. Sinceramente, depois de Thor, quase não fui ver esse filme. Ainda bem que eu fui. Roteiro inteligente e personagens bem construídos. Sem dúvida vale o ingresso.

    Vale 10? Não sei, mas leva no mínimo 8! Melhor filme dos X-Men sem sombra de dúvidas.

    PS: Vocês, como muitos, devem ter reparado: Não só o ator, mas o personagem magneto foi tirado diretamente de Bastardos Inglórios. Quando a fonte a boa, vale a pena beber!

    Abraços!

  • Denise Cardoso

    Ainda não acredito que estejam falando tão bem desse filme, ele fedia a bomba e já estava na lista que filmes que eu passaria longe.
    Quem sabe com esse 10 do Siqueira eu me anime e veja o filme?

  • Israel

    Marvel se superando cada vez mais..
    Esse filme é Muito, muito show…..
    Vale cada centavo….

    Recomendado 11/10…

  • Thiago

    Realmente um filmaço…vale muito a pena ir ao cinema assistir.
    Mas melhor filme da Marvel?Nota 10?Melhor que X-Man 2?
    Nem em sonho!!!!!!!!!
    Com aqueles efeitos,aquele Fera zarolho e alguns personagens que falaram tanto
    quanto o Rodrigo Santoro no filme as Panteras Detonando…
    Nota 7,5/10
    Abraços…

  • Cris Torres

    Que bom que não foi só eu quem reparou no Fera zarolho!!
    Não gostei da aparência do Fera,achei artificial demais,o Fera do X-men 3 estava muito melhor pra mim,vc acreditava,esse não ficou legal.Gostei do Hank,mas o Fera não me convenceu.
    Outra coisa que me incomodou um pouco foi a trilha incidental,parecia que tirarm do Kick-ass,e aquela Sininho do mal tbm me incomodou,o efeito das asas dela não ficou crivel pra mim.Como o Jurandir sempre fala,quando o efeito especial é bom,vc não sente que é um efeito especial,vc vê aquilo como verdade.
    Mas de um modo geral,o filme é muito bom,vc fica preso na cadeira o tempo todo,mas o que eu mais gostei mesmo foi do Xavier e do Magneto,como os atores estavam bem.
    Sou suspeita pra falar pq amo os X-men desde criança,mas o filme está bom demais,só não supera o 2,pelo menos pra mim.

  • Jonatas

    pensei q so tinha sido eu q ficou com akela sensaçao q poderia ser melhor.creio q o ponto mais alto desse X-men de Matthew Vaughn e os de Bryan Singer e so uma qestao de historia e de fatos q precisavamos ser exposto na setima arte a qestao da rivalidade de Charles e Erick.Creio q a historia poderia ser mais explorada de uma forma mais dramatica entre os personagens, ja q qem levava a historia era o Magneto.Axei mto razo os acontecimentos do filme, q esperei ate o final para me impactar assim cmo o diretor Matthew Vaughn me impactou com Kick Ass e n axei nda demais no filme.Apenas dei palmas para as atuaçoes, mas os efeitos foram simples ou seja nda dakilo q nossa era n conheça.creio q Thor ainda esta sendo o melhor filme da Marvel

    ps; a parte q adorei foi qndo Wolverine apareceu, mto show ele dando um fora em charles e Eric ehehe.
    nota 8,5
    vlw

  • Jhonny

    Gostei do filme, achei muito bem produzido, porem tem algumas coisas que me chamaram a atenção…X-men – o confronto final, o Professor X vai com Erick buscar Jean Gray logo no inicio do filme, imagino q nakela época eles tavam indo atraz de multantes, mas quando juntei essa cena à cena do Primeira Classe, não consegui unir, Jean não estava na Mansão, e o Professor x já tava careca…Fora a historia verdadeira da Mistica, q veio da Russia, é mãe do Noturno e da Vampira(de criação) e não ligam na história…hehe

    Abraço!

  • alisson

    gostei muito ainda mais a parte q mostra o wolverine e a tempestade no filme, isso mostra q o proximo tera os dois, oq é um alivio, pois ele são os melhores, muito mais a tempestade q tm poderes interessantes. O filme primeira classe é bom, só peca na parte da ação e utilização dos poderes, a mistica serve pra nada, o fera é um bosta, o único q salva é o magneto msm.

  • Ash

    Nossa, num dá pra acreditar nem nas opiniões sobre esse filme… mas ainda vou ver. Primeira coisa q ninguém tem comentado e parece estra ainda no mesmo estilo dos filmes anteriores: DESSA VEZ CICLOPE É UM LÍDER DE VERDADE?? Pelo menos tem importancia na historia ao contrario dos outros filmes? Anjo é legal? Tem participação relevante?
    Por que pra mim é isso que importa, Ciclope é a base dos X-Men quando se trata de ação e presença. Se não respeitam esse personagem, já nem quero graça com esses filmes.
    E pessoal, falar que o filmé é 10 e depois falar que é tão bom ou melhor q Thor é um tiro no pé… Thor é fraquíssimo na minha opinião, tem uma fotografica e efeitos legais em certos momentos, mas as batalhas são péssimas e o ator é novo demais pra interpretar um Thor realmente bacana e carismático como o das HQ´s.

    • Cris Torres

      Cara, o Ciclope não apareçe nesse filme,mas essa sua reclamação é a mesma de todos os fãs dos X-Men,em todos os filmes o Ciclope é praticamente um loser.Acredito que nessa nova sequência,vão respeitar mais o personagem do Ciclope,que como vc disse,é fundamentla no universo X-men,e não aquele banana que apareçe nos primeiros filmes.Não que eu não goste dos outros filme,gosto até do 3º que todo mundo critica tanto,mas acho que o Ciclope não foi devidamente respeitado até agora.

  • O melhor filme da saga! Nota 9!

  • carolina

    Gostei tanto que assiste duas vezes, é raro eu fazer isso, duas vezes no cinema, mas então o trio principal está divino, o erick, a mistica, e o Xavier, bons atores faz toda a diferença, fora a história que ficou excelente e a quimica de amizade entre o Magneto e o Xavier, muitas cenas emocionates/tocantes entre os dois.
    Depois daquela porcaria do filme solo do wolverine, esse devolve a grandeza dos x men.
    Vão ser medo de errar.

  • carolina

    Eu acho que pode até ter falhas históricas, etc, porém eles fizeram o certo o importante é o humano(atores) não os efeitos especiais, ou chatisse muitas vezes histórica, quantos filmes eles não carregam nos efeitos, mas colocam só atores “bonecos de olinda”, que vc nem se emociona com eles? muitas vezes e isso é um dos pontos positivos desse filme

  • Thiago Rocha

    Pensei que ele fosse falar mal do filme, ele sempre fala mal dos filmes.
    Esse cara eh um brincalhao

  • Bruno Carril

    O Filme é bom. Mas, sinceramente, ninguem que conheça os quadrinhos pode dizer que achou o filme fiel. Até pq não é nem um pouco. First Class e ignoram o Homem de Gelo. Transformam o Anjo em Anja e colocam como traidor? O Fera vira um Nerd Mongol??? E o Scott??? Quer dizer então que o Destruidor é 20 anos mais velho que o Ciclops. Queria entender isso já que são irmãos…

  • daniel

    não vejo como um reboot.Mas algo necessário para complementar a história dos x-men.o que não é o caso do desnecessário rebbot do homem-aranha.

  • maycon

    bom eu sou apenas um humilde apreciador de filmes, e nao posso falar profissionalmente de
    um filme como vcs….mas acho q sendo um bom apreciador tenho o direito de dizer.Nao é por algumas pessoas falando mal ou bem do filme ou fazendo criticas sobre o filme o roteiro,elenco… etc q eu vou deixar de ve-lo.Pois meu seguinte pensamento é o seguinte
    ”eu a primeira vez q vou ver um filme eu fico ate o final, mesmo q as pessoas digam q seja ruim,eu vou msm para me divertir com meus amigos.”Acho q por um profissional ir no cinema soh para analiza-lo,se ele tem erros ou defeitos de filmagem ou ate se o diretor ou o roteirista erram…esquecem de como era bom ir no cinema sem compromisso nenhum soh para assistir a filme qual quer.
    abraços e desculpe minha sinceridade

  • CÍCERO CIRO

    QUE BOM QUE AINDA TEMOS PESSOAS QUE VÃO AO CINEMA EM BUSCA DE ENTRETENIMENTO E NÃO EM BUSCA DE ERROS,FALHAS OU COISAS DO TIPO PRA DAR UM DE¨DONO DA RAZÃO¨.O FILME TEM FALHAS,MAS TAMBÉM TEM VIRTUDES.

  • jorge

    Matthew Vaughn,conseguiu elevar o cinema HQ a um outro nivel o de primeira classe com essa grandiosa adaptação.Maior merito de Vaughn não está somente no roteiro e na cordenaçao do otimo elenco, e sim capacidade do filme tem de tocar no nosso interior afinal somos frutos de mutação e ainda não apredemos lidar com essas diferenças e nem lidar com nossos medos.melhor ainda o filme faz o espectador fazer uma bela viagem no tempo de volta a temida Guerra Fria de forma brilhante sem Ferir os fatos Historicos. Muito mais que uma aventura,drama é filme que borda assuntos complexos de forma seria e coerente isso por muitas as vezes deixará os espectador mais distraído confuso,mas ainda o filme evolui de forma magistral os personagem com cenas de açoes e humor na medida certa.
    NOTA 10/10

  • giussom

    eu assisti no cinema…e sinceramente…é de mais, a forma como acompanhamos a história do magneto nos faz simpatizar mais ainda com o vilao, assim como no filme: megamente

  • Alan

    Bom, dou o braço a torcer… sempre espero o pior de cada nova adaptação dos quadrinhos, pelo menos o First Class tirou a lição dos erros passados. E pra considerar uma boa história, tem que fechar os olhos para toda a história oficial dos quadrinhos – que aliás já virou uma bagunça. Gostei da recontagem da história e da realocação dos personagens, e mais ainda no foco dos conflitos internos de cada um – e não simplesmente um exibicionismo de poderes. Que sirva de lição para as próximas adaptações.

  • eu amooooooooooooooo o filme x- men

  • Lara

    Sinceramente!!! Que tal se vcs se desligassem um pouco dos detalhes entre as diferentes formas de arte e se divertissem sem maiores pretensões com cada uma delas? Nem tudo precisa ser perfeitamente ajustado pra ser divertido… O filme pde ter mil diferenças em relação a história original, pode ter um zilhao de diferenças em relação a história da humanidade… E DAÍ?!? O filme ta ótimo! Quem relaxa consegue se divertir!!! É por conta de controle ridículo de detalhes que eu evito ler esses comentários… Parece que todos estão armados e prontos pra briga… Vou ficar na minha ignorancia aparente e continuar me divertindo onde – pelo visto – algumas pessoas só se preocupam em reclamar e categorizar!!! E um viva a loucura, queba de paradigmas e temporalidade e aos elmos brilhantes!!!

  • clayson

    aff o critico de cinema só sabe fala mal de filme bom e bem de filme ruim transformes 3 é muito loko,foi um dos melhores filmes que eu já assisti agora essa bosta de X-men primeira classe Jesus q lixo q bosta

  • André Luiz

    “Pois eu como fã dos quadrinhos dos X-Men e fã dos filmes dos X-Men esse para mim merece 10 e acho o melhor filme dos X-Men e melhor filme dos personagens da Marvel.”

    Você e o filme juto, com as suas toneladas de contradições.Se é que é mesm0o fã de aceitar esses erros, caro Firoy.

  • Carlos

    “aff o critico de cinema só sabe fala mal de filme bom e bem de filme ruim transformes 3 é muito loko,foi um dos melhores filmes que eu já assisti agora essa bosta de X-men primeira classe Jesus q lixo q bosta”

    Falou tudo. Fã mesmo sabe o que é bom, e não erros. Não aprecio erros, mas há muita gente por aí que apreciam. Fazer o que.

  • Charles

    Sabe aquele filme que você só consegue assistir uma vez? é esse!
    os momentos épicos do filme:
    a Mística açartando a cozinha do Professor X.
    o negão que só entrou no filme para por a fuça dentro do aquário e morrer.

    a Emma Frost no filme “X-Men Origins: Wolverine” tinha sido salva pelo Wolverine e resgatada pelo Professor X.

    Resumindo: O filme é meio sem lógica!

    Nota 7

    • Hilquias Neemias

      o filme não e sem lógica e porque você não entendeu. X-Men primeiro classe e o melhor x-men que ja foi feito. Pare de se preucupar com a ação e comece a ver a historia e a abordagem que o filme trás. se realmente você não consegue ver isso, então eu acho que filme para você e apenas para passar tempo…