Críticas   sábado, 21 de novembro de 2009

Lua Nova

Para a análise, entendimento e apreciação de um filme são necessários muito mais que olhos. É primordial considerar a identificação, a interação e a representação do imaginário de valores que cada um tem, que representa exatamente o motivo do sucesso de "Crepúsculo". Apesar de sofrer absurdamente por falta de equilíbrio de elementos, a saga mas reproduz precisamente os valores de uma geração.

newmoon_07-405x600

É moda falar mal do que está na moda. Hoje em dia, “Crepúsculo” é o pior filme do mundo, é vergonhoso falar que se chora com “Titanic” e Stephenie Meyer não sabe escrever nem seu próprio nome. Além de, é claro, criar vampiros que brilham no sol, o que é um absurdo (!) – jogando fora  todo o conceito de licença poética que se tem. Muitas vezes as pessoas nem lêem os livros nem assistem aos filmes, mas limitam-se a criticá-los unicamente porque o bom senso (comum) os obrigam.

A franquia literária e agora cinematográfica tem de cara um grande obstáculo: fazer um blockbuster romântico. E é justamente esse seu problema ou qualidade. O equilíbrio entre a carga romântica e a carga “hormonal” é uma tarefa árdua de se realizar. Blockbusters que tendiam para o drama e romance como “Superman Returns” e “Hulk” não caíram nas graças do público. Erroneamente, já que só a coragem de tornar secundário o que agrada ao público em um filme desses – ação, efeitos – é motivo de admiração. E talvez aí resida minha simpatia pelo primeiro filme da série.

“Crepúsculo” é, acima de tudo, um trabalho sincero. Tinha inúmeras deficiências, era um tanto mal feito, amador, mas foi concebido com carinho. Tinham efeitos especiais ruins e parte técnica carecendo de mais cuidado, mas é completamente evidente que sua intenção não era essa hora alguma. Seu propósito não era agradar a todos ou mostrar uma revisitação fiel ao mundo fantástico dos vampiros, mas sim retratar uma história de amor, com metáforas – rasas – e com pieguismo masoquista.

“Lua Nova” mostra-se melhor que o anterior, o que era claro desde o início das filmagens, e consegue aprimorar todos os aspectos do filme primogênito não só tecnicamente. Ainda que tenha mais cuidado, o filme sofre com frases de declarações inócuas, longa duração e menos “casualidade” como no outro longa. Mas é gritante que ele está muito mais encorpado como cinema e que pelo que se apresentou, a série tem constante tendência à evolução.

Na trama, acompanha-se a história de Bella Swan (Kristen Stewart), que sofre por conflitos mais maduros acerca de seu romance com Edward Cullen (Robert Pattinson), que acaba culminando no rompimento do relacionamento. Após Edward deixar Bella, ela cai em completa depressão e encontra a paz somente em seu velho amigo Jacob (Taylor Launter). Jacob acaba passando por mudanças de personalidade, o que confunde ainda mais Bella, que agora se tornou viciada em adrenalina, alegando ser a única maneira de encontrar-se com seu amado novamente.

É a partir desse contexto que Melissa Rosenberg assina o segundo roteiro da franquia. E é agradável ver o quanto ela se esforçou para entregar uma história mais amarrada e competente. Como toda adaptação, ela retira e acrescenta detalhes, tendo seus acertos, bem como seus erros, tomando mais cara de cinema. Ela conseguiu desvincular-se rapidamente do livro e concedeu identidade ao longa. Melissa peca por não conseguir organizar suas ideias de maneira que tornem-se consistentes – como Meyer fez no livro -, mas transcreve maturidade à película, como na frase final do filme, que mostra imensa disparidade entre os propósitos de ambos os filmes da franquia.

Evidenciando essa transição, foi escolhido o diretor Chris Weitz para comandar o filme. E qual a impressão? Weitz tem mais pinta de cineasta e traduz isso no filme, mas não tem a intimidade com a história como demonstrava Catherine Hardwicke. Por isso o ar de racionalismo, mesmo que estejam explícitas na tela as falas de teor romântico, sobrepõe o lado emocional do longa; além das representações de Edward e Jacob serem bem mais enjoativas que as filmadas por Catherine (como ele conseguiu?), com direito a superexposição desnecessária e irritante da imagem máscula dos protagonistas.

Weitz foi claramente escolhido devido a sua antiga experiência ao dirigir ursos, cachorros, lobos ou o que quer que sejam. Bacana é que Weitz não limita seu talento somente às cenas de ação. Ele opta por câmeras próximas aos rostos para demonstrar intimidade; não tão feliz quanto Hardwicke nas cenas mais íntimas entre Bella e Edward, por exemplo, mas o constante uso desses planos exala essa identificação por si só. Em outr ponto, sua filmagem dos Volturi foi bastante eficaz e a união entre bons atores e a competência do diretor fizeram dessa sequência tão boa quanto no livro, uma vez que o ápice da história foi transferido para cá.

O elenco, em toda sua abrangência, mostra-se mais competente. Kristen Stewart tem porte de protagonista e leva o filme nas costas. Uns podem considerá-la uma atriz inexpressiva, mas ela incorporou a personagem Bella e traduz para a tela algo bastante natural e com fluidez. Robert Pattinson – esse sim inexpressivo – é muito menos exigido aqui, mas não compromete nada. Taylor Launter teve seu papel com vertiginoso aumento de importância e esteve a altura para representar um personagem de extrema importância para que a história consiga sair do âmbito depressivo que ela se lança. Temos um bom elenco de apoio também, composto por Dakota Fanning – belíssima e imponente – e Michael Sheen, que certamente serão bem mais exigidos futuramente.

E adentrando para os aspectos técnicos, quesito massacrado no filme anterior, temos um avanço. Os lobos digitalizados são realistas, as batalhas são bem feitas, a maquiagem consegue com que os vampiros sejam mais fieis à descrição que Stephenie Meyer faz no livro, o movimento dos vampiros é mais crível. Tudo aqui está melhor. E se antes tínhamos uma edição de som ruim, com um subaproveitamento da trilha sonora, dessa vez o acerto na escolha das faixas, sendo elas mais maduras, mais descritivas e mais sutis, dão um tom especial às cenas. A trilha percorre Muse, Tom Yorke, Anya Marina, e é claro, o mestre Alexander Desplat, da trilha de “O Curioso Caso de Benjamin Button”, que traduzi em partituras os sentimentos do filme.

Mas depois de todas as observações feitas, todos os erros e os acertos, teorizo – e serei odiado por isso – que parte do “insucesso” de “Lua Nova” cabe aos fãs. Sei que é até desconfortável falar isso, mas a inquietação do público feminino conseguia romper qualquer linha narrativa mais profunda, e um filme que prezou por ser silencioso e denso, acaba sendo, em partes, ridicularizado pela reação do público. Weitz sabe o que agrada ao público do filme e insiste em reapresentá-los constantemente, o que torna a fórmula cansativa. Ele abusa de Pattinson em câmera lenta, de Taylor sem camisa e de coisas que podem até agradar às fãs mais devotas, mas certamente desagrada a uma outra grande parcela de espectadores.

“Lua Nova”, assim como “Crepúsculo”, merecem ser ao menos conferidos. Tratam-se de verdadeiros eventos que tomam todos os veículos midiáticos que lhes cabem e fazem com que pessoas, ainda que por fanatismo, acreditem na magia do cinema.

Amenar Neto
@

Compartilhe

Saiba mais sobre

()

-

Roteiro:

Elenco:

Compartilhe


  • Luiz Alves

    Concordo com tudo o que foi dito acima. Achei o filme perfeito, mas adorei a crítica.

  • Marcos Machado

    Amenar Neto
    boa tarde!

    Estou há muito tempo presente no neste site, e confeço que esta é a primeira critica que leio na integra. O que eu tenho a dizer, vc foi sutilmente maravilhoso, e concordo se não em 100% de suas opiniões, 99% delas traduz os meus pensamentos, principalmente “É moda falar mal do que está na moda” e “um filme que prezou por ser silencioso e denso, acaba sendo, em partes, ridicularizado pela reação do público”.

    parabens.
    vc ganhou um leitor fiel as suas criticas.

    abraços

  • gaby

    nossa….quem escreveu essa porcaria nao sabe nada de crepusculo ta por fora do que e “moda” crepusculo e otimo sim e todos oslivros de Stephenie Meyer

  • Isso é um absurdo se vcs não gostam da série crepúsculo tem gente que gosta como eu que sou louca por eles vcs não tem vergonha do que ficam falando pela internet não
    CARA DE PAU TODOS VCS QUE TEM ESSA OPINIAO ABSURDA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • ana carolina

    Eu não acho que crepusculo não é o pior filme do mundo,eu acho que ele é o melhor filme do mundo MELHOR MELHOR E MELHOR !
    E quem fica criticando o filme pela minha sugestão está errado(a) (PELA MINHA SUGESTÃO)
    e EU QUERIA MANDAR UM IPER ABRAÇO PARA TODOS OS ATORES DO CREPUSCULO!

    beijo da Carol*************** ♥♥♥

  • crepusculo sou sua fan di carterinha

    ti amooooo♥♥crepusculo

    ti amo luiza

  • JaUm

    Eu sinceramente adorei o filme.. pra mim o Chris conseguiu concretizar na tela do cinema tudo que era de mais importante na história… os efeitos especiais estão loucosss e a atuação dos personagens estão perfeitas…. Vi muitas críticas falando da falta de expressão do Robert… no livro é assim que a autora descreve o personagem…
    Lua Nova da de mil a zero em Crepúsculo, e arrisco a dizer que é o melhor filme do ano!!!
    =D

  • crepusculo e o melhor filme vais mais sem tidos q outros filmes que ele quebrou a rotina de dentes a fiados de caichoes ele vivem numa cidade escura sober uma cons tate nuvem de chuva que deicha sem precisa se esconde toda hora das pessoas e do sol e melhor q darcula e esistem + de uma familia nao como em outros filmes q o vampiro surge do nada na nossa era eles sao do pasado e vivem ate ague matalos e existem tribos rivais dos lobos quenentodos os outros filmes q o lobo tem poder de matar o vampiro nao um humano farco com estaca e curs e o filme mais legal dos tempos que eu ja vi e olha q eu sou visiado em filmes qual quer o genero do filme ate o antigos de 1980 por exemplo deseijo de matra 1,2,3,4 eo melhor o crepusculo o diretro eum genio dos filmes e quero q a saga de crepusculo nunca acabe porq e muito bom e quem nao acha q ele e bom nao asista e tam bem nao critiquem .

  • Gessyca

    Amenar, apesar de sua análise ser muito mais muito boa, eu simplesmente não consigo gostar dessa série de livros,tenho total antipatia pelos personagens e pela autora…

  • Priscila

    a melhor crítica de New Moon que eu li. e não foi pelo 8, mais você conseguiu expressar o que eu sinto, isso de preconceito quanto a Twilight pertencer ao que a “massa” gosta. o filme tem seus erros, claro que tem, tanto Twilight quanto New Moon. mais existe algo por trás disso que encanta, a história que a Stephenie Meyer criou representa e desperta algo nessa legião de pessoas que a lê. essa generalização de que só garotas histéricas gostaram, de que só garotas de 12 anos vão se emocionar, isso é tão besta,sabe?! pessoas de 35,40 anos podem gostar dos filmes, dos livros. independente de coisas técnicas e sim, pelo romance que existe lá, por trazer um romance épico aos dias atuais novamente. e quanto a romance, Meyer faz seu trabalho direito,pode ter certeza.

    obrigada pela crítica sensata.

  • Thawara

    Amenar, concordo plenamente com você e acho que muitos falam mal não só de Lua Nova como da Saga Crepúsculo pelo mesmo motivo que você acabou de citar: “É moda falar mal do que está na moda”. Concordo plenamente com você. Parabéns, sua crítica foi muito sincera e, na minha opinião, corretíssima.

  • Gente, antes de comentar, repensem o que foi ironia e o que não foi, por favor. Bom senso, meu povo!

  • Priscila

    perai, falar que New Moon é o melhor filme do ano é exagero, por acaso, estava passando Watchmen na sua cidade?! AHHAAHAHAHA

    desculpa,tinha que comentar isso.

  • Stephenie Meyer é formada em Literatura Inglesa então OBVIAMENTE ela sabe escrever seu próprio nome. E vampiros não existem então ela pode fantasiá-los da forma que quiser. E se Stephenie Meyer nao fosse uma boa escritora nao teria vendido 85 MILHÕES de exemplares por TODO O MUNDO. As aparições de Taylor sem camisa é necesária porque ele e um lobisomem, e ele nao sente frio e sim, calor. Robert Pattinson, além de lindo, expressivo e talentoso é o PROTAGONISTA e tem que ser mostrado.

  • Jaine e Geovana

    Seus olhos densos e escuros observavam cada detalhe em mim, de um certo modo me sentia protegida não sei por qual motivo, mesmo as vezes não sentindo sua presença me envaidecia em saber que estavas ali pra me proteger. Depois de descobrir o seu eu de verdade ainda assim acabei me apaixonando, algo proibido no ar me fez despertar a vontade de te amar, talvez a curiosidade mas era um sentimento absurdo que me dominava me fazendo sentir a felicidade. Ao seu lado eu me pegava te observando pelo seu diferente tipo de ser e tinha que ser arrastada pelos meus pés porque o seu jeito me fazia enloquecer e eu tinha um verdadeiro medo de te perder sem realmente te ter.

    Me envolvi com seu ar misterioso que ja não imaginava eu longe de voce, de um certo modo eu tinha a sensação que voce só estava ali pra me proteger. Sua atenção era totalmente voltada pra mim e as vezes eu não entendia o propósito disso, coisas estranhas aconteciam ao meu redor mas pela segurança que eu tinha em voce o medo não fazia parte daqueles momentos, nunca pensei muito em como morreria embora nos últimos tempos tivesse absurdos motivos pra isso acontecer, voce me provocou uma inquietação desconcertante, e agora és o vampiro da minha vida para toda a eternidade.

    BJSSSSSSSSSSS

  • miriane

    crepúsculo é o melhor filme de todos os tempos nãom tem filme melhor do que esse.lua nova nem se fala o filme é muito mega lindo os atores nem se falam são lindos para dedel!!!!!!!vale apena ver o filme

  • Não é Johnny

    Concordo com a parte em que o diretor abusa nas cenas que as fãs preferem, mais não acredito que isso estrague nem um pouco o que o filme é em si, pois mesmo no livro, essas cenas de fato existem. Na minha opinião (e na de muitos outros fãs), tanto Rob, quanto qualquer outro ator(a) fizeram papéis extraordinários. O filme sem dúvida teve efeitos visuais melhores que o primeiro, e maior competência cinematográfica, porém a trama de ambos são perfeitas (ao meu ver). Não me simpatizei muito com a trilha sonora, pois paramore não estava presente, e eles fazem muita falta. Resumindo, sou um grande fã da série, li todos os livros lançados e estive presente em ambas as pré-estréias, e digo com sinceridade que a série não tem nada a ver com cenas de ação ou efeitos visuais (logicamente que melhoram a historia) e sim de metáforas ocultas atrás de cada fala. Dizer que é um absurdo criar vampiros que brilham a luz do dia é ridículo, pois é uma visão subjetiva da autora, assim como toda a trama, que encanta milhares de pessoas no mundo inteiro.

  • CRISTAL

    Olha eu assisti o crepusculo e lua nova e amei(tbm li os livros) mas não é pq sou fã que vou deixar de concordar com a sua crítica que é a mais sensata na minha opinião, por “n” motivos, pois o filme como quase todo filme teve seus erros(o q geralmente os criticos adoram ressaltar), mas tbm teve seus acertos(o q geralmente os criticos simplesmente nem sequer citam), por isso eu concordo com praticamente tudo q vc escreveu…

  • rodrigo

    adorei o livro.. adorei o filme..
    e adorei a critica..
    eu tava com vontade de tacar minha lata d refrigerante na cabeça de uma menina q tava na minha frente chorando!! aff

  • João

    Acho q nem vale ir ver o filme agora. Odeio essas teens surtadas.

  • Ana Marta

    Gente eu quero saber ugente se o filme lua nova e livre para todos os publicos!

    Não, só a partir de 12 ANOS.

  • Pablo

    Crepúsculo e Lua Nova são os melhores filmes do mundo, né? Apesar de ter atores ”fantásticos e dignos de um Oscar”, uma equipe técnica ”invejável” e dialógos ”fortes e carregados de emoção e sinceridade”, são os que melhor correspondem áqueles que amam a magia do cinema… Simplesmente the best, né? E quem não gosta, é preconteitouso, é tudo mau, malvado, não sabem de nada, como os críticos Pablo Vilaça, o do Omelete… eles não entendem nada de cinema, tá bom??

    É isso aí, no ano passado, Crepúsculo bateu recordes de bilheteria, mas veio aquela ”besteira” de Cavaleiro das Trevas pra faturar 1 bilhão. Só por causa do Heath Ledger, né? Pattinson é mil vezes melhor que Ledger, né? Mas Crepusculo bateu aquela ”bobagem de Batman” no MTV Movie Awards… Simplesmente the best, né?

    Eu sempre achei ”Batman & Robin” o ”melhor filme” do Batman. Não aquela ”bobagem” do Chris Nolan…

    Enfim, Crepúsculo é mais clássico que Um dia de Cão ou Poderoso Chefão; Meyer é mil vezes melhor do que Stephen King, é muito mais importante do que qualquer outra coisa no mundooooo!!! Simplesmente the best!

    Beijuuuuuuusssss!!!!!!

  • Andressa

    Gostei da sua crítica, expressivamente melhor que a do crítico Thiago, que precisou classificar alguns filmes como medíocres.

    Parabéns.

    P.s.: Concordo com sua crítica no que se trata de falhas técnicas e efeitos especiais.
    Mas o importante, ao meu ver, e que não se deve ser esquecido de maneira alguma, é a essência da história, que todos os atores conseguiram passar para o público de maneira convincente e fiel à obra de Stephenie Meyer.

  • Beatriz_Liz

    Parabéns pela crítica sensata.
    É muito feio depreciar um filme que é um fenômeno em bilheteria.

    Li todos os livros de Meyer e adorei!!! Você se prende a história de Bella do início ao fim. Concordo que livros com mais de 300 paginas ficam difíceis de serem transportados para as telas, principalmente um romance tão profundo quanto o de Bella e Eduard. Talvez o maior culpado seja o Roteiro que deixa muitas lacunas. Respeito as opiniões dos que não gostam dos livros…

    Agora, sinceramente, existem livros e FILMES muito piores por ai!!! E no entanto… os críticos os aclamam.

  • QUESSIA

    O filme Crepúsculo,Lua Nova(Newmoon) e toda a saga de Stephenie Meyer é uma literatura,algo a ser lido e visto em cenas emocionantes nos filmes reproduzidos em todas as salas de cinema mundialmente!Há claro quem não goste desse tipo de roteiro,da história,do enredo!Como acontece com os filmes de Harry Potter, de J. K. Rowling, onde tem pessoas que amam, e algumas outras que detestam!Assisti o filme Lua Nova hoje,gostei da história, do acontecimento dos fatos, das cenas e dos efeitos!Pra quem é fã, leitor assíduo da saga de Meyer, com certeza vão comentar por um bom tempo este filme e esperar anciosamente Eclipse, para ver o casamento de Bella Swan e Edward Cullen e a lua de mel aqui no Rio de Janeiro!
    Quem gosta,gosta!
    Quem não gosta… fazer o que?Cada um tem seu gosto!

    Critica construtiva sempre é bem-vinda!

  • Pedro Augusto

    Vamos falar abertamente, fãs de cinema são aqueles que sabem diferenciar um filme bem feito, de um filme feito apenas para exploração de seu sucesso. E a maioria dos comentários que li aqui, não são de nem de fãs mas de fanáticos por essa saga, a gente deve pensar com a mente mais aberta. Eu sei que quem gosta, detesta ouvir falar mal. Mas, a questão é que é um filme mal feito, e apenas pra explorar o sucesso que foi o primeiro filme, que é pior ainda que esse. Eu até simpatizo com esse tipo de história: meio sobrenatural, com ação, com romance. Mas é fato que os realizadores do filme não souberam aproveitar toda a essência da coleção de livros.

  • Maria Vitoria

    acho que quem escreveu isso sinceramente não tem moral para falar que a Stephenie Meyer não sabe escrever seu proprio nome e nem para falar da serie crepusculo, não importa se para você ela não sabe escrever porque ela vendeu milhares de copias em varias liguas e você esta falando mal dela, ja que esta na internet e nem metade das pessoas que leram o livro dela vão ler isso porque simplismente não se importam com a sua opinião. antes de falar mal dos outros ve o que você prprio faz honey.

  • Maria Vitoria

    Pior filme? Como assim amigo você por um acaso ja assistiu outros filmes? A cara sua moral é pessima seus conhecimentos são pessimos e aposto que você não leu nenhum dos livro.

  • Sofia Depp

    A série Crepúsculo é apaixonante, como podem dizer que é o pior filme do mundo? Não há uma coisa que vcs não coloquem defeito, até mesmo para o melhor ator do mundo e o melhor filme do mundo vcs só sabem criticar!
    Concordo ->-> Lua Nova é melhor!
    ah e Stephanie Meyer é D+++++

    Sofia DEPP

  • Débora

    Bom, primeiramente vaoms deixar claro que a crítica deve ser LIDA e, como todo texto, INTERPRETADA! Não entendi a revolta de certas pessoas, mas oook!

    Concordo em grande parte com o que foi dito, e foi a melhor crítica que çi até então! Antes de ir assistir ao filme fiquei mt preocupada que fosse me decepcionar, pois li as críticas internacionais e elas ACABAVAM com o filme!
    Achei o filme mt bom, os atores foram fiéis à descrição das persogens da autora, e, realmente, as meninas gritando (e juro que ouvi alguns meninos também) tiraram TODO o clímax de algumas cenas.

    Obviamente há erros! Mas as pessoas exageram! Gostie mt da sua crítica! =D

    Débora =)

  • Alexandre Torres

    Neto, mandou MUITISSIMO bem na critica! Ainda naum vi o filme, mas depois de ler o q vc escreveu fiquei muito curioso! Continue sempre resenhando dessa forma inteligente, o site fika muito mais interessante! Abracos

  • Flavius Júnio

    Filme ridículo… não vale a meia do cinema!

  • Julia

    li todos os livros e vi os dois filmes nao gostei muito nem dos livros nem dos filmes mas respeito quem gostou, acho que quando assistimos um filme desse tipo e lemos um livro desse tipo a gente tem que colocar em perspectiva porque o livro era basicamente pra pré adolescentes, o primeiro filme deixou a desejar na parte técnica sim mas em geral foi fiel ao livro, a pessoa não pode chega num filme como esse e achar que vai ver um drama profundo com personagens incriveis e merecedor do oscar, como um filme adolescente é bem legal.

  • Tania Alves

    Olá Amenar,tudo bom?
    Cara à vc só tenho elogios ao seu modo de escrever uma crítica,dificilmente eu discordo com vc em uma.Vc tem uma grande educação em escrevê-las e até nos momentos que vc não se agrada em algo no filme,vc sabe como passar sua crítica sem ofender.E em relação a crítica de Lua Nova,eu concordo com vc e concordo mais ainda quando vc cita:”parte do “insucesso” de “Lua Nova” cabe aos fãs. Sei que é até desconfortável falar isso, mas a inquietação do público feminino conseguia romper qualquer linha narrativa mais profunda, e um filme que prezou por ser silencioso e denso, acaba sendo, em partes, ridicularizado pela reação do público.”Isso é msm irritante.Eu sou uma grande fã dos livros e gostei muito de Crepúsculo,mas não vou deixar de ver os defeitos dos filmes,mas como uma grande fã,sempre fechamos os olhos pra esses detalhes(rsrs).Obrigada por sua crítica inteligente…Bjs!

  • NATANAEL

    Calma ai, falar que New Moon é o melhor filme do ano é exagero????, por acaso NAO estava passando “2012” na sua cidade? RSRSRSRSRS nao colei!! rsrsr

  • Alexandre

    O filme crepúsculo e lua nova da impressionante Stephenie Meyer,devo admitir que ela é bastente inteligente.Porém ela distorce toda concepção que temos sobre “vampiros” desde da historia de “Kain”…

    Esse tipo de filme é feito pra quem quer apreciar galans de cinema..Por isso esse filme vai ser bastante visto em todo o mundo devido ao numero de fãns”mulheres”que fica impressionada com “Edward,Bela e jacob”…Acredito eu que Stephenie Meyer e toda a direção de filmes que nunca ouvimos falar,não irão parar apenas no crepúsculo e lua nova…Mas ela deve entender que esse tipo de “história” deve ficar apenas nos livros e não colocar nos cinemas…Para criar uma enorme idiotice nas cabeças das meninas!

  • Leonardo

    Efeitos especiais realistas? só se for comparado a um Playstation 2.

  • Gee

    Amoooor a INVEJA TE MATOOU !!
    Tee manca meew ¬¬’

  • Tiago Monteiro

    Essa geração Emo vai matar a cultura mundial…
    Filme pobre e critico tentando fazer mea-culpa.

    P.S: Para vocês fãs…
    Vão se informar mais sobre literatura e cinema. Vão assistir Deixa Ela Entrar que é muito maior que essa besteira que vocês curtem, vão crescer e desenvolver suas mentes.

  • thiago

    Aff, não fale mal do play 2 XD

    Eu poderia listar diversos meios de entreterimento que tem efeitos melhores e + conteúdo que essa saga, mas daí e ser redundante de mais XD

  • thiago

    Foi-se o tempo em que existia fanatismo com um filme que contenha “conteúdo”.

    Prefiro 1000 vezes fãns de harry potter ou senhor dos anéis do que dessa geração,

  • Entendo seu ponto de vista, mas 8 pra Lua Nova é complicado de engolir. Opinião pessoal, é claro. Mas a referência era o que? Crepúsculo? E não dá pra esquecer que ‘falar mal das coisas que estão na moda’ pode ter uma razão: essas coisas são ruins. E se você leu os livros sabe que a ‘saga’ foi criada para entreter garotas de 10 a 17 anos.

  • Winchester

    “Priscila disse:
    perai, falar que New Moon é o melhor filme do ano é exagero, por acaso, estava passando Watchmen na sua cidade?! AHHAAHAHAHA Desculpa, tinha que comentar isso.”

    Assino embaixo!

  • thiago

    “Priscila disse:
    perai, falar que New Moon é o melhor filme do ano é exagero, por acaso, estava passando Watchmen na sua cidade?! AHHAAHAHAHA Desculpa, tinha que comentar isso.”

    Não, acho que o único filme que passou lá foi lua nova, só pode . -_-

    Se não, muita infelicidade xd

  • Lissa

    A defesa – sem argumentação alguma – dessas menininhas é hilária! Alguém podia escrever um texto explicando aos leitores a necessidade de separar a idolatração de uma analise critica real. Tudo bem que tenham paixonites pelos atores, faz parte da idade, mas daí ofendê-los (autores das críticas) e elogiar cegamente algo tão lamentavél quanto essas adpatações.. não percebem que elas mesmo fazem papel de boba!

    Enfim, parabéns pela crítica e espero que não se ofenda por esse tipo de comentário.

  • Vinicius

    Não sei nem dos filmes nem dos livros (ainda não os li ou assisti), mas sinceramente não parece ser meu estilo. Estava lendo apenas por curiosidade os comentários, que por sinal achei muito engraçados!!!! Agora pelo amor de deus!! Alguém conseguiu entender o que Marcus falou?!?!

  • Pablo

    Gee

    Outra emopaty que só sabe falar inveja… Afffff

  • Obrigado a todos pelos elogios.

    E só um comentário geral: É extremamente difícil falar de filmes assim. Existem críticas positivas e negativas, e em ambas sofreremos comentários dos grupos que as apoiam/discordam.

    Acho errado falar: “Vão assistir “Deixa Ela Entrar”, ou “O filme é para pessoas “mentalmente imaturas”, ou até mesmo julgar a capacidade intelectual das mesmas. Concordo que “Deixe Ela Entrar” é o melhor filme de vampiros dos últimos tempos, e que “Lua Nova” poderia ser bem melhor, mas acredito que o respeito para com a opinião alheia é primordial. Talvez com o tempo, os espectadores sintam necessidade de procurar outro tipo de cinema, mas isso cabe a cada um.

    E eu reescrevo a frase inicial da crítica aqui: “Para a análise, entendimento e apreciação de um filme são necessários muito mais que olhos. É primordial considerar a identificação, a interação e a representação do imaginário de valores que cada um tem.”

    Pensem nisso.

    Abraços.

  • Pablo

    Amenar

    Você cumpriu seu papael de crítico. E apesar de tantas críticas negativas (merecidamente), acho que você foi quem mais ponderou sobre essa coisa toda. E você não deve satisfação nenhuma, ainda mais a fãs dessa ”saga”. Você mesmo sabe que elas se mobilizam ao lançamento de um novo exemplar entrando em sites especializados como esse simplesmente pra mandar calar a boca de melhores entendedores de cinema como você, achando que não têm o direito de falar o que pensa… Duvido que já viram alguma outra crítica de algum outro filme e deixaram seus comentários. Tem até criança de 9 anos postando comentário nesse site, Meu Deus. Portanto continue escrevendo e não dê a miníma pra esses fãs. Como eles mesmos dizem, não gostou (da crítica), cai fora (do site). Bando de gente que não têm o que fazer.

  • Pablo

    Maria Vitória

    Eu não li o livro e nem vou ler. Nem que a Kristen Stewart dê pra mim. Acho Debi & Loide – Dois idiotas em apuros uma obra prima perto desses seus filmes. Sacou, ”Honey”?

  • Tiago Monteiro

    Amenar Neto,

    Volto a afirmar…
    Dá Nota 8 num filme desse é julgar a mentalidade do ser humano.

    São ponderações sobre essas coisas que fazem a verdadeira setima arte ter filme como Crepusculo e Lua Nova.

    São ponderações assim que fazem a nova (e nossa) geração ser tolerante com o talento de quem deve ser realmente premiado e exaltado.
    É por isso que o filme Deixa Ela Entrar (Oldboy, entre outros) viram remake nas mãos de Hollywood. Por que nós ponderamos o que eles querem e não criticamos de forma acida e contudente.

    Você fala em “trabalho sincero” de quem e por que?
    Onde a sinceridade do filme… Não chega a 1% da sinceridade e amor que Zack Snyder em Watchmen.

    Não sou contra você Amenar, mas… SINCERAMENTE essa Saga não representa em nada minha geração.

    Desculpa por minhas palavras.

  • AlxSeth

    Se esse é o filme que representa a nova geração. Percebe-se que a nova geração vai acabar de afundar o planeta. Ler os comentários aqui é penoso, percebe-se que as fãs não leram a critica e não sabem nada de português.

    Crepúsculo juntou exatamente tudo o que de ruim um filme pode ter. Direção péssima, som péssimo, atores terriveis, história nojenta, efeitos dignos de filmes b. Crepúsculo ser um sucesso de bilheteria só prova que o público está ficando menos exigente e assim as grandes empresas vão gastar menos dinheiro pra fazer filmes e lucrar mais. O público tem emburrecido com o passar dos anos e se contentam com qualquer porcaria que seja passada em um cinema, volto a dizer que o sucesso da Saga Crepúsculo prova isso e também X-Men Origin: Wolverine, entre outros filmes que são vendidos pela massa. Quando achavamos que o cinema para a massa não poderia piorar, Crepúsculo aparece e mostra que sempre há merda maior por vir.

  • Crys

    É evidente (como já citaram anteriormente) o fanatismo descontrolado dos fãs da Saga Crepusculo…está saindo do controle. Eles (na sua maioria elas) parecem não ter senso crítico, o que pra mim, representa a nossa geração onde muitos são alienados e analfabetos (isso não significa não saber ler, mas não saber interpretar o que lê, ouvi etc).
    Por favor, sejam mais conscientes do que dizem/escrevem, tanta agressividade não vai fazer que o mundo passe a amar o filme ou livros. Até porque eles não são a 7ª maravilha do mundo (digo isso porque li e vi os filmes)…Primeiro pensem antes de criticar alguém ou algo, sejam inteligentes e não impulsivos…
    E antes de qualquer coisa, QUANTIDADE NÃO É QUALIDADE…

  • krisnamurth sampaio

    muito pior do que falar mal de algo que esta na moda é a mania de querer empurrar goela abaixo nos outros a ideia de que algo é bom só porque está na moda
    a saga crepusculo não passa disto :uma modinha descartavel e desnecessaria

  • Tiago…

    Bom, como explicar?

    Existem oitos e oitos.

    Temos um oito aqui pela proposta do filme. Pela Kristen Stewart, pela trilha sonora, e pela representatividade que o mesmo tem. A nota seria um sete, mas como já dei sete pra “Crepúsculo”, achei justo pontuar essa evolução.

    Quanto ao sete de “Crepúsculo”? Dá uma olhada na crítica que fiz aqui no site. Tentei argumentar o por que. E sim, eu achei um trabalho sincero. A sinceridade de Zack Snyder não desmerece a de Catherine Hardwick. Quando eu digo sincero, observo que ela não fez um trabalho aos padrões Hollywoodianos; algo mais pessoal, ou como dizem, AMADOR. O trunfo de “Crepúsculo” não são seus efeitos, sua ação ou sua história que agrada a todos os públicos; o filme se firma numa história de romance, o que já é uma demonstração de coragem no mercado atual.

    E sobre os valores que ele representa, eis aqui a frase final que escrevi pra essa crítica (que acabou sendo cortada na edição): “Portanto “Lua Nova”, assim como “Crepúsculo”, merecem ser ao menos conferidos… Não pela sua força como cinema, e muito menos por sua qualidade, mas por representar de maneira tão condensada, os valores de toda uma geração feminina; cabe a cada um julgar se são valores pífios ou não.”

    Pronto. Tá tudo aí.

  • Jessica Iatarelli Santos Neto

    Metro Sexual que Passa gliter e brilha quando sai no sol pra mim não é vampiro, nunca foi e nunca vai ser.

  • nessan

    Meu Deus, eu fico MUITO irritada com os comentários dessas garotas na crítica. Tenho 16 anos e confesso que sou fã da série, mas não é por causa disso que vou sair falando por aí que nem uma retardada que “Crepucsulo e o melhor filme do mundo, eu amo o Taylor e vosses saum idiotass!!11” Poxa, isso é uma crítica de cinema (a qual eu concordo plenamente, o filme foi bom, mas não a melhor coisa do mundo) e eu duvido que essas meninas tenham consciência que elas não entendem NADA de cinema e ainda tem coragem para xingar as pessoas que trabalham com isso. Por isso eu tenho vergonha de admitir que gosto da série.

    Gostei muito da sua crítica, parabéns ;D!

  • Paula

    Levando em consideração o uso que as pessoas fazem da palavra crítica e a posição dos críticos, seja de que área for, percebo que Amenar pelo menos procurou conhecer os livros e os filmes e escreveu sobre sua visão em relação a saga de uma maneira honesta e sincera. De todas as críticas que eu li essa é a primeira despida de preconceito em relação a saga que caiu no gosto do público , sobretudo feminino,sem o bajulismo a Robert Pattison , que irrita, pois o filme não faz esse sucesso todo somente por um único ator e, que finalmente reconheceu de maneira inteligente que Kristen Stewar é uma grande atriz e, que leva para as telas uma Bella Swan exatamente como está nos livros. Devo concordar em totalidade quando diz que o que estraga o filme é a reação histérica do público. Aliás esse era o meu temor quando pensei em ir ao cinema, estar numa sala onde as pessoas só fizessem gritar e ter ataques a cada hora que o tal Robert aparecesse ou, ainda um dos lobsomens sobretudo Taylor, mesmo sabendo que ,talvez fosse necessário eles aparecerem hora ou outra sem camisa, devo concordar que o recurso foi usado em excesso. Graças a Deus na sala em que assisti ao filme , lotada e com pessoas de todas as idades e sexos, todos estavam ali para apreciar o filme e, ninguém gritou, apenas curtiu e sorriu, já que a aprte cômica do filme também era ótima, aliás um recurso que merece destaque, o fato de que além de termos o drama de Bella tivemos também uma dose de humor que deu um tempero legal ao filme. Gostei da nota e do comentário de Amenar , embora eu desse nota 9.

  • Eu nunca tinha feito comentários sobre filmes. E por causa da saga Crepúsculo já fiz até mais do que pensava em fazer. Bem, de qualquer forma o que tenho para dizer é que realmente Lua Nova não me agradou como esperava, aliás o livro é bem melhor (mas isso não é novidade). Mas não foi o que esperava mais por minha culpa, porque fui na onda da louca ansiedade, expectativa sobre essa sequência. Além do mais é ridículo mesmo os gritos da galera toda vez que o Rob ou o Taylor aparece. Gosto dos personagens, gosto da atuação do Taylor e da atuação mediana do Rob (ele está em outro filme, quem sabe em outro projeto ele não se mostra realmente como ator).
    Essa crítica feita ao filme foi muito boa, muito centrada e acho que sem preconceito. Gostei mesmo! E mesmo assim gosto do filme, mas não sou burra nem cega. As críticas cabem, tem espaço para elas. Mas não vamos dar tanta importância a isso, porque passa, tudo nessa vida passa. Vamos curtir os filmes, ainda faltam outros… Podem ser melhores, quem sabe!

  • Crepúsculo é o melhor filme da minha vida, mas aceito criticas, pois cada um tem um gosto diferente.

  • Vi o filme na estreia… Crepúsculo é só uma modinha adolescente que daqui a uns 3 anos todos vão falar mal por tanto expressem o que vocês acham agora!!!! .Daqui a alguns anos todos vao falar que não gostavam e achavam uma porcaria ,e vai cair no esquecimento TEEN voces (agora vou tocar na ferida). Vocês lembram de RBD? Todos adoravam amavam choravam achavam lindo blablala e agora? Apenas 1% dos 100% que gostavam gostam agora da ex rebelde Anhai …..E os outros 99% nem sabiam que ela estava viva ou algo do tipo. Eos outros o lindo Afonso Herrera nem se quer vocês sabem onde ele esta o mesmo aguarda a febre TEEN
    ”Crepúsculo” e elenco mas chega de sermão vamos a critica

    Lua nova, devo confessar, é bem melhor que Crepúsculo tem menos vampiros brilhantes (que veiam me desculpar faz uma verdadeira aberração a lenda. Em Dracula,Van Helsen e etc. NUNCA VI UM VAMPIRO BRILHAR e as fans acham que e preconceito por uma coisa apenas o Edward e ”Bonitinho ” …PS:Em minha opiniao e um cara palido mendigo na rua . Embram do Afonso?)voltando a Lua Nova as fans eterias no cinema (muito chatas) não deixavam uma cena se quer passar sem gritar AAAAAAA LINDOOO a melhor parte do filme foi os melhores atores OS LOBOS .
    Me decepsionei com Kristian Stwart uma interpretação com uma face apenas uma exprecao uma fala decepsionalmente errada parece um ZINA da vida ja o querido Rob dito pelas fans nao me empresionei NADA o cara nem deveria ser ator . e grande ASPECTO GAY que lhe tem e o meu maior riso durante o filme e vou dar risada agora tambem HAHA nao me empresiona que se saiu tao bem beijando um homem . em um filme (que ja critiquei)

    Enfim, ele não salvou a Bella em momento algum, cai entre nos o Jacob foi mais corajoso e valente do que ele.

    Bjs Bella ( eu nao gosto do meu nome por este filme)

  • Danielle

    nossa, as fãs estão histéricas mesmo! Não posso criticá-las, afinal, quando eu tinha 12 anos lebro que gritava assitindo titanic também. Bom, confesso que demorei um tempo para assistir por puro preconceito mesmo..mas depois que vi posso dizer que é menos ruim do que eu imaginava, no entanto, está longe de passar da mediocridade. Lua Nova é melhor que crepúsculo( o que não é lá grande coisa), mas têm falhas e muitas. Os efeitos especiais são fraquíssimos! Aqueles lobos são infinitamente menos realistas que os dinossauros de Jurrasic Park. Não li nenhum dos livros, mas o filme tem que suprir a necessidade disso, então os fãs não devem ficar irritados por uma pessoa criticar os furos do roteiro, se vocês têm um conhecimento “superior” da história paciência!Uma adaptação não pode ser feita, apenas, para quem leu o livro. Os atores são completamente inexpressivos! Taylor Latner é, sem dúvidas, quem salva o elenco. E não é porque é gatinho(eu cuidaria bem de um ninfeto desse!), ele é melhorzinho que os outros mesmo. Achei que você foi muuuito bonzinho por dar nota 8. 6 estaria bom demais.

  • Cahrol F

    Concordo com tudo oq vc disse…mas Jacob vive sem camisa no livro, ñ eh pq o Tay é uma carinha bonita!!!

  • Saamy’

    Essa foi a crítica de New Moon mais sensata que vi nesse site. É realmente irritante a mania das pessoas de criticar o que está na moda, por simples medo de parecer normais demais, quando aclamam filmes horríveis só pelo fato de serem alternativos.
    Parabéns Amenar!!

  • Beatriiz

    o melhor filme do mundoo .

    As pessoas que fala mal do filme é que ta morendo de inveja !

  • Karoline Christine

    amo os livros da Stephenie Meyer … acho que prende o leitor e apaixona..
    adoro o jeito como ela escreve e como conduz a história…

    os filmes são bons… o primeiro nem tanto (efeitos ruins, muito curto, sem ritimo e que muda besteiras em relação o livro, alem de não passar a emoção que o livro passa) mas o segundo foi até bom, teve algumas falhas identicas ao primeiro mas foi bom…

    para mim um dos maiores defeitos de lua nova foi a apelação… eu sei que jacob black no livro não usa camisa por ser muito quente, mas eles apelam demais pro fisico de taylor, algo bem desnecessário e irritante pra quem assiste o filme pela história… quando fui assistir fiquei com muita raiva, toda cena as meninas todas gritavam… não podia aperecer nenhum homem que elas gritavam

    tenho 16 anos de idade e não tive uma reação dessas… eles são lindos sim, não vou dizer que não babei, mas pra que tudo isso?

    gostei do filme, mas prefiro o livro…
    não vou deixar de gostar desse maravilhosa história que foi criada pela Stephenie Meyer, não mesmo…

  • MaRcos

    já estava preparado para xingar e falar mal do autor da resenha visto a nota alta para esse filmeco ( achei ruim mesmo) POREM, o cara escreveu só verdades, não tenho como questiona-lo e verdade seja dita o segundo filme é bem melhor que o primeiro, o que para mim significa apenas um blockbuster aceitavel, nada mais…

  • Isabela Sanches

    Adoro crepúsculo, só que tenho consiencia de que não irá ser e nem é o melhor filme do mundo .. Porque como há milhares de pessoas que gostam como eu, há muito mais que não gostam, e admito isso!
    Eu fui na pré-estreia do Lua Nova e apesar dos gritos gostei mt do filme .. como disseram ai, tinha gente chorando no final do filme e tal, não vejo nessecidade, sinceramente .. Chorar num filme tipo Marley e Eu e tal ai sim, mais no Lua Nova, sei lá né! Voltando .. Essas meninas aí que ficam falando merda que quem não gosta tem inveja .. Acho que se gostam tanto do filme e sabem que vão falar mal, porque entrar aqui, mt criticos acabam literamelte com os filmes que eu gosto, só que não fico entrando pra falar mal deles, é a opnião de cada um ué! bj bj, Bela.

  • m

    O diretor fez até um filme digno, o problema é a mitologia de crepusculo/lua nova é muito ruim e grande parte dela vem de “vampire diaries” que é anterior.

    Os novos elementos criados são ridiculos como vampiros que ficam porpurinados a luz do sol e etc.

    Agora pra mim a pior coisa é a pregação fundamentalista e machista no filme, isto é o pior da saga crespusculo: bela não tem sonhos nem objetivos , ela só quer ser esposa do machão vampiro ou do machão lobisomen, sendo que o feminismo e a mulher independente são jogados na latrina porque bela só existe para ser esposa de alguem e esta disposta a largar tudo pelos caras, essa é a verdade, só isto ja teria de fazer qualquer um ser pensamente em não acompanhar mais nada desta saga.

    Também tem a pregação fundamentalista religiosa que é ordem no decadente capitalismo: o objetivo é transformar os jovens em celibatarios, o retorno a idade média ,a era das trevas a proibição de conhecimentos.Tanto em crepusculo/lua nova quanto em todos os filmes de adolescente dos anos 2000 aparecem as tais pregações, elas se acentuam em crepuculo, ja que o vampiro cullen teme beijar Bella e sentir desejo sexual por ela , então nem beijo tem , é o extremo do puritanismo branco ocidental , eu ja vi este filme: hitler, bush , mussolini sairam de culturas como estas.