Críticas

Ben-Hur (2016): Nova versão é menos épica e mais voltada para a ação

Embora tente passar uma mensagem de compaixão e perdão, a mão pesada do filme acerta mais nas cenas de ação do que na alma de sua história.

  quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Águas Rasas (2016): um filme raso, mas eficiente na sua proposta

Mesmo sendo um tanto superficial e, bom, raso, o longa é um bom entretenimento fast-food, graças ao bom desempenho de sua protagonista e uma direção segura.

  quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Quando as Luzes se Apagam (2016): mais do mesmo no gênero terror

Como produto voltado ao público-alvo que gosta do terror de moldes tradicionais, manjado e clichê, o filme chega a ser satisfatório. Entretanto, o roteiro é repleto de falhas e contradições.

  segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Francofonia – Louvre Sob Ocupação (2015): Sokurov e sua autenticidade revolucionária

O filme repete o que a filmografia do cineasta russo contém: é subversivo, devoto à arte e à história, erudito e com impressionante domínio de linguagem cinematográfica. Portanto, extraordinário – e diferente do que o público está acostumado.

  segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Um Espião e Meio (2016): não agrega, mas também não ofende

Sem inovar em absolutamente nada, trata-se de um "family movie" disfarçado de comédia de ação. Longe do hilário, o humor é de dose pediátrica. Não obstante, diverte um pouco.

  sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Negócio das Arábias (2016): se encontrando em um deserto de contradições

Dentro das filmografias de seu diretor e astro, "Negócio das Arábias" possivelmente será tido como uma obra menor, mas este filme pequeno e simpático trata de maneira leve de temas bem profundos.

  sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Amor & Amizade (2016): uma insossa ‘dramédia’ de época

Memorável atuação de Kate Beckinsale não é o suficiente para levantar um filme apenas mediano.

  sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Rebecca, a Mulher Inesquecível (1940): obra-prima do mestre do suspense

São incontáveis os fatores que tornam a película um clássico da sétima arte. Trata-se de um dos melhores da extraordinária filmografia de Alfred Hitchcock: simplesmente imperdível.

  sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Os Caça-Noivas (2016): uma boa comédia a moda antiga

Zac Efron e Adam Devine brilham em comédia despretensiosa.

  terça-feira, 09 de agosto de 2016

Mãe Só Há Uma (2016): um conto urbano

Novamente apontando sua lupa ao microcosmo da classe média brasileira, a premiada diretora agora debate percepções de gênero e fragmentação identitária.

  terça-feira, 09 de agosto de 2016

Esquadrão Suicida (2016): um filme morto por seu estúdio

Jamais fazendo jus à sua estrondosa campanha publicitária, este terceiro filme do Universo Expandido DC fracassa em quase todos os sentidos.

  segunda-feira, 08 de agosto de 2016

O Bom Gigante Amigo (2016): fábula agradável, apesar de alguns exageros

Como narrativa, o filme tem altos e baixos. Contudo, é visualmente encantador e constitui uma fábula agradável, apesar de exagerar na trilha sonora, na duração e na doçura.

  segunda-feira, 01 de agosto de 2016

Jason Bourne (2016): quinto filme da franquia traz a ideologia contra o indivíduo

Paul Greengrass e Matt Damon trazem Jason Bourne de volta da aposentadoria em uma produção que reconhece que o tempo passou para seus personagens e que o mundo pós-Snowden é um lugar bem diferente para o mundo da espionagem - é bem mais perigoso para as liberdades individuais.

  segunda-feira, 01 de agosto de 2016

A Lenda de Tarzan (2016): o medíocre retrato de um herói clássico

O que se tem aqui é um longa sem alma ou personalidade do Rei das Selvas, que somente se destaca perante as inúmeras versões do herói-titulo por conta de seu visual.

  terça-feira, 26 de julho de 2016

Batman – A Piada Mortal (2016): como desperdiçar uma grande história

Longe de fazer jus à obra original, a adaptação animada do clássico de Alan Moore tenta ser literal, mas desaponta em vários aspectos.

  terça-feira, 26 de julho de 2016

Dois Caras Legais (2016): a magia está de volta

O criador de "Máquina Mortífera" e "Beijos e Tiros" está de volta com um surtado bromance de ação à moda antiga, recheado de estrelas e clássicos musicais, que promete levar o espectador direto para a Los Angeles de 1970.

  sexta-feira, 22 de julho de 2016

Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina (2016): uma boa opção para as crianças

Continuação leve e divertida que deve agradar aos fãs mirins sem aborrecer os adultos.

  sexta-feira, 22 de julho de 2016

A Última Premonição (2015): terror que não aterroriza

De um lado, acerta no roteiro: mesmo longe da inteligência desejável, foi elaborado sem preguiça e com a preocupação de ser coerente. De outro, a direção é lastimável: não assusta ninguém (a não ser a protagonista).

  sexta-feira, 22 de julho de 2016

Chocolate (2016): penso, logo existo

Tecnicamente preciso, é no roteiro que o filme se mostra brilhante. A direção burocrática afeta o produto final, que, ainda assim, é esplendoroso. Trata-se de um filme admirável, encantador e essencial para qualquer cinéfilo.

  sexta-feira, 22 de julho de 2016

Julieta (2016): um deleite cinematográfico

O roteiro é camuflado como duas narrativas (aparentemente) singelas, porém, apresenta reflexões e críticas incisivas, embasadas no existencialismo de Nietzsche (teoria do eterno retorno). Tal inteligência é corroborada pela direção autoral elegante de Almodóvar. O resultado é sensacional.

  sexta-feira, 22 de julho de 2016

Caça-Fantasmas (2016): atendendo ao chamado, com ou sem polêmica!

Colocando de lado a controvérsia envolvendo o grupo feminino, o fato é que esse reboot do clássico oitentista é sim digno do original!

  terça-feira, 19 de julho de 2016

Florence – Quem é essa Mulher? (2016): divertido, mas o francês é melhor

A direção é competente e as atuações são muito boas – em especial a espetacular Meryl Streep como protagonista. No entanto, com praticamente o mesmo enredo, o francês “Marguerite” é muito melhor.

  quarta-feira, 13 de julho de 2016

Crítica | Porta dos Fundos – Contrato Vitalício (2016): o resultado é melhor na internet

Repetindo várias vezes a mesma piada e com um roteiro muito mal acabado, "Contrato Vitalício" não vai bem na estreia do Porta dos Fundos no cinema.

  terça-feira, 05 de julho de 2016

Mais Forte que o Mundo – A História de José Aldo (2016): as facetas de um campeão da vida

Prejudicado pela mão pesada de seu diretor, longa se sobressai por sobriedade com que aborda a história admirável de um campeão controverso.

  terça-feira, 05 de julho de 2016

Procurando Dory (2016): o verdadeiro poder da frase “continue a nadar”

Mesmo treze anos depois, o público não esqueceu da adorável peixinha Dory.

  terça-feira, 05 de julho de 2016

Marguerite (2015): grandiosidade e beleza

Um pouco monótono, o filme é dotado de uma precisão técnica exemplar. Destaca-se a protagonista, com atuação exuberante em um papel tragicômico digno de Dom Quixote. Não bastasse isso, o longa possui simbologias fascinantes, próprias de um roteiro inteligente conduzido por uma direção impecável.

  terça-feira, 05 de julho de 2016

Como Eu Era Antes de Você (2016): um romance comovente e previsível

Apesar de abusar dos clichês e estereótipos, adaptação de Jojo Moyes deve agradar tanto aos fãs quanto o público geral.

  quinta-feira, 23 de junho de 2016

Tini – Depois de Violetta (2016): em tempos de Elsa e Merida, a protagonista está ultrapassada

Narratologicamente frágil e espantosamente anacrônico, agradará a quem se enquadra na condição de fã, mas não a um espectador com mais de 13 anos de idade.

  quinta-feira, 23 de junho de 2016

Página 5 de 107« Primeira456102030Última »