Críticas

Crítica | Carros 3 (2017): um erro não compensa o outro

Tentando se esquivar da má recepção ao segundo exemplar da franquia, o longa tenta voltar às origens, mas tropeça no sentimentalismo em excesso.

  quarta-feira, 12 de julho de 2017

Crítica | Divinas Divas (2016): As travestis da família brasileira

Mais conhecida por seu trabalho como atriz, Leandra Leal estréia na direção com este documentário extremamente pessoal sobre um grupo de artistas que foram suas "tias" durante sua infância no Teatro Rival, explorando não só o tema da sexualidade, mas também o da terceira idade.

  quarta-feira, 12 de julho de 2017

Crítica | O Jardim das Aflições (2017): quem não está comigo, está contra mim

Contentando-se em ser mero apêndice do conteúdo ideológico que o filósofo já apresenta em seu popular canal do YouTube, o filme é um desperdício de oportunidade e dinheiro coletivo.

  quarta-feira, 12 de julho de 2017

Crítica | Poesia Sem Fim (2016): o eterno retorno de Jodoroswky

O segundo dos cinco filmes-memória do realizador chileno é visualmente impactante e desvairado em seu roteiro autobiográfico em que muito parece mentira

  quarta-feira, 12 de julho de 2017

Crítica | Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017): o verdadeiro amigão da vizinhança

Com um filme extremamente competente e divertido, a parceria da Sony com a Marvel aponta para o futuro das adaptações dos heróis "perdidos" da Casa das Ideias!

  sábado, 01 de julho de 2017

Crítica | Máquina de Guerra (War Machine, 2017): entre o clássico e o superficial

Quando a proposta é falar sobre guerra, não tem como suavizar. Seja para fazer o público rir ou se sentir incomodado, é preciso saber como abordar o tema sem ser muito superficial. “War Machine” chega muito perto, mas peca pela falta de identidade.

  sexta-feira, 30 de junho de 2017

Crítica | Grave (Raw, 2016): grotesco sem ser gore

Ao usar do canibalismo para mostrar o quão agressiva são as mudanças que as pessoas passam durante a juventude, a diretora consegue evitar clichês tanto em narrativa dramática quanto de terror

  sexta-feira, 30 de junho de 2017

Crítica | Okja (2017): uma fábula sobre uma verdade indigesta

O maior problema do filme é estrutural, no sentido de que é previsível na sua narrativa, com um segundo ato arrastado. No mais, o filme é excelente em quase tudo.

  sexta-feira, 30 de junho de 2017

Crítica | Meu Malvado Favorito 3 (2017): a falta que a vilania faz

Com a correria vertiginosa de sempre, o terceiro longa deve divertir as crianças, mas relega os adultos quando aposta em tramas rasas aos seus queridos personagens.

  quinta-feira, 29 de junho de 2017

Crítica | O Círculo (2017): Seria melhor se isso fosse muito “Black Mirror”

Filme lida com temas relevantes do nosso mundo de modo covarde e incoerente, desperdiçando questionamentos importantes e um ótimo elenco.

  quinta-feira, 22 de junho de 2017

Crítica | Paris Pode Esperar (2017): Mais do que um delicioso road movie

Aos 81 anos, Eleanor Coppola estreia na direção com uma história simples, mas que tem muito mais a dizer do que pode aparentar à primeira vista

  quinta-feira, 22 de junho de 2017

Crítica | Colossal (2016): o monstro é maior do que parece

Com um tema sério, abordado de forma criativa e heterogênea, o longa é uma bela analogia sobre o livre arbítrio feminino e ao bestial sentimento de culpa atribuída a ele.

  quarta-feira, 21 de junho de 2017

Crítica | Eu Não Sou Seu Negro (2016): ontem, hoje e sempre

Documentário que mistura as linhas inspiradas da narrativa de seu protagonista com um panorama histórico do racismo americano, o filme revive, junto a outros do Oscar 2017, o debate sobre o preconceito racial.

  sexta-feira, 16 de junho de 2017

Crítica | Baywatch (2017): poderia ser bom (mas não é)

Uma comédia de ação com humor descerebrado (às vezes legitimamente engraçado), o filme é ótimo na trilha sonora e serve como entretenimento efêmero e inócuo. Artisticamente, contudo, não tem valor algum, e infelizmente não rompe com o paradigma machista da série original dos anos 1990.

  quinta-feira, 15 de junho de 2017

Crítica | Tudo e Todas as Coisas (2017): um filme para românticos incuráveis

Bastante romântico, eventualmente criativo e exageradamente leve, o longa é um romance juvenil sem abalos dramáticos e sem tensão.

  terça-feira, 13 de junho de 2017

Crítica | Neve Negra (2017): thriller desinteressante evidencia força internacional de Ricardo Darín

Astro argentino sustenta basicamente sozinho um drama/suspense que não trabalha por suas soluções, e que jamais teria metade do alcance obtido mundo afora se não fosse por seu nome nos créditos.

  terça-feira, 13 de junho de 2017

Crítica | A Múmia (2017): o pífio início do Universo Sombrio

Apresentado como o longa que inicia a nova franquia de monstros da Universal, o filme não cumpre com eficiência nada a que se propõe, colocando até mesmo o astro Tom Cruise em maus lençóis.

  quinta-feira, 08 de junho de 2017

Crítica | Castelo de Areia (2017): quando a limitação de orçamento interfere

As guerras traçadas pelos Estados Unidos no oriente médio (tanto Iraque quanto Afeganistão) têm revelado histórias poderosas para filmes. Entretanto, muitas destas passam a ser só mais uma história.

  quarta-feira, 07 de junho de 2017

Crítica | Z – A Cidade Perdida (2016): a eterna busca pela glória

A história real de um homem obstinado, que não abriu mão de suas convicções mesmo diante das maiores adversidades, é um belo exercício de cinema de um realizador austero e competente ao extremo.

  quarta-feira, 07 de junho de 2017

Crítica | Mulher-Maravilha (2017): sorrisos e otimismo marcam filme-solo da maior heroína das HQs

Uma apaixonante Gal Gadot arrebata o público na estreia-solo da Princesa Amazona na telona, com a diretora Patty Jenkins entregando ao público uma aventura carismática, charmosa e deveras inspiradora.

  quinta-feira, 01 de junho de 2017

Crítica | Um Homem de Família (2016): quase nada de bom

Em razão do péssimo roteiro, repleto de clichês, piegas e machista, Gerard Butler inclui mais um filme ruim no currículo.

  quarta-feira, 31 de maio de 2017

Crítica | Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar (2017): o pirata cansou!

Em mais um show pirotécnico sem emoção, a franquia demonstra cansaço extremo e falta de originalidade.

  quarta-feira, 24 de maio de 2017

Crítica | Rei Arthur – A Lenda da Espada (2017): um blockbuster bem melhor que a maioria

Sonora e visualmente, o filme é muito bom, com destaque para as montagens elípticas e para a ótima direção de Guy Ritchie. Entretanto, a falha reside onde os filmes de ação costumam errar: no roteiro.

  quinta-feira, 18 de maio de 2017

Crítica | O Rastro (2017): o terror vence o preconceito

Com uma atmosfera claustrofóbica e qualidades técnicas impecáveis, este longa de horror inteiramente nacional mostra que pode-se fazer cinema de gênero com muita competência no nosso país.

  quinta-feira, 18 de maio de 2017

Crítica | Paterson (2016): um toque de gênio

O melhor filme do ano até o momento apresenta uma historia limpa e honesta, com um resultado soberbo.

  quinta-feira, 18 de maio de 2017

Crítica | Guardiões da Galáxia Vol. 2 (2017): continuação superior ao original

Quando James Gunn veio ao Brasil e foi ovacionado pelos fãs, eu temia que talvez ele não entregasse um filme que valesse toda aquela admiração do público. Felizmente, tais receios se provaram infundados e o retorno do diretor aos Guardiões da Galáxia se mostrou um filme realmente digno de aplausos!

  quinta-feira, 18 de maio de 2017

Crítica | Alien: Covenant (2017): a grande traição de Ridley Scott

O sexto filme da franquia Alien é um show de erros conceituais, que ignoram completamente a mitologia e a ambientação da série.

  segunda-feira, 08 de maio de 2017

Crítica | Corra! (2017): thriller de alta qualidade

Mais difícil que combater o racismo é desmascarar o racismo velado. Com base nessa premissa, Jordan Peele se mostra promissor em seu primeiro trabalho como diretor.

  segunda-feira, 08 de maio de 2017

Página 2 de 109123102030Última »