Críticas

Crítica | Um Cadáver Para Sobreviver (2016): o humano como ferramenta

Estreando no país diretamente na Netflix, o filme é uma realização surpreendente de dois diretores iniciantes, numa trama que mistura profundas reflexões sobre a humanidade com a mais inventiva estética indie e comédia nonsense.

  segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Crítica | La La Land – Cantando Estações (2016): magnífico é pouco

Tecnicamente impecável, o enredo singelo é esquecido diante de tantos atributos executados com maestria: direção de arte, atuações, trilha sonora, fotografia, design de produção, figurino, iluminação, montagem e, claro, a direção maravilhosa de Damien Chazelle.

  sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Crítica | Eu Fico Loko (2017): história repetitiva e roteiro retalhado

O filme tem na mão alguns elementos que funcionam, como o relacionamento com a avó e a quebra da quarta parede pelo próprio Christian Figueiredo, mas o que sobressai é o roteiro falho e a direção pouco corajosa.

  sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Crítica | Assassin’s Creed (2016): um tombo sem feno para aparar

Havia em "Assassin's Creed" o potencial para ser o "Homem de Ferro" das adaptações de jogos para o cinema. Mas, assim como os melhores gráficos do mundo não podem salvar um game de péssima jogabilidade, nem o melhor dos visuais resgata um filme de ação entediante.

  quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Crítica | É Apenas o Fim do Mundo (2016): alegoria da despedida

Uma história minimalista, realizada com maestria por um jovem diretor francês com forte sensibilidade estética, mergulha o espectador num turbilhão emocional diante da morte.

  terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Crítica | Eu, Daniel Blake (2016): um retrato do nosso tempo

Em uma narrativa seca e quase documental, o protagonista-título luta contra um sistema brutal para manter sua dignidade.

  domingo, 08 de janeiro de 2017

Crítica | Dominação (2016): boas ideias desperdiçadas em péssima execução

Uma obra cuja proposta se mostra muito acima de sua realização, desde as primeiras concepções de sua ideia como história a ser contada, até sua versão final em tela

  sábado, 07 de janeiro de 2017

Crítica | Sete Minutos Depois da Meia-Noite (2016): drama sem melodrama, tragédia sem comédia

Como filme, não há inovação, mas a experiência do drama fantástico é valiosa em sua mensagem. Apesar de previsível, o plot tem contundência no trágico discurso.

  sábado, 07 de janeiro de 2017

Crítica | Moana – Um Mar de Aventuras (2016): uma princesa extraordinária em um filme comum

Dirigido e idealizado por dois dos cineastas mais importantes da história recente da Disney, "Moana - Um Mar de Aventuras" é uma aventura musical extremamente tradicional, que se destaca mais por conta da sua protagonista-título e das canções que embalam o longa do que por sua trama.

  quinta-feira, 05 de janeiro de 2017

Invasão Zumbi (2016): claustrofobia, velocidade e mortos-vivos

Um dos mais eletrizantes longas de terror a ser lançado nos últimos anos, esta produção sul-coreana bebe muito do ritmo acelerado das animações orientais.

  quinta-feira, 05 de janeiro de 2017

Capitão Fantástico (2016) [2]: vocação para filme cult

Diferentemente da maioria, o filme não traz dogmas ou respostas prontas, fazendo o espectador refletir e questionar sobre o modo de vida tradicional e sobre a criação de filhos.

  terça-feira, 03 de janeiro de 2017

Elle (2016): estoicismo à francesa

Escapando ao convencionalismo da temática que aborda, o diretor e sua protagonista constroem uma trama dinâmica, que nos impede de tirar os olhos da tela.

  sábado, 31 de dezembro de 2016

Neruda (2016): seria bom se não fosse chato

Apesar de um prólogo sensacional, o roteiro abandona as próprias premissas em prol de um texto excessivamente poético e com uma narrativa rocambolesca e nada envolvente. Assumindo tantos riscos, o produto final é entediante.

  sábado, 31 de dezembro de 2016

O Nascimento de uma Nação (2016): melhor ator, não mais que isso

Ignorando as polêmicas de bastidores, Nate Parker é fenomenal como ator, mas apenas razoável como roteirista e burocrático como diretor. Pelo tema tratado, porém, o filme é de importância acachapante.

  terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Capitão Fantástico (2016): em busca pelo tutano da vida

Surpreendente pela delicadeza, um filme dirigido por um conhecido ator secundário de Hollywood pode ser o azarão nessa temporada de premiações.

  segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Crítica | Passageiros (2016): perguntas certas, respostas preguiçosas

Enquanto focado na solidão de seus personagens, o filme funciona bem. O problema é quando resolve ignorar as questões inicialmente propostas e investe em uma convencional corrida pela sobrevivência.

  quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Animais Noturnos (2016): um filmaço para você observar e analisar com calma

Cinema é também a conjunção de técnicas para valorizar uma história e "Animais Noturnos" tem uma muito valiosa, pronta para ser observada e discutida.

  quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

A Última Ressaca do Ano (2016): traz o Engov! Comédia protocolar desperdiça potencial

Proposta em ser um filme surtado e maluco se prova mais divertida na teoria do que na prática, na medida em que a obra parece ter certo receio em se assumir 100% como tal

  quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Rogue One – Uma História Star Wars (2016): uma verdadeira GUERRA nas estrelas

Por fugir dos aspectos mais fantasiosos e mitológicos da franquia “Star Wars”, “Rogue One” pode ser considerado um filme “menor” (entre muitas aspas), mas é justamente isso que o torna mais humano e impactante dentro da saga.

  domingo, 18 de dezembro de 2016

Michelle e Obama (2016): o primeiro encontro de um casal bem conhecido

Direção, fotografia, trilha sonora e atuação são destaques do longa análogo à trilogia do “Antes”, de Richard Linklater. No entanto, o viés marqueteiro do terceiro ato despe o filme do conteúdo despretensioso que o torna agradável na maior parte da sua duração.

  domingo, 18 de dezembro de 2016

Sully: O Herói do Rio Hudson (2016) [2]: obsessão patriótica

Nem o desempenho impecável de Tom Hanks salva o tom publicitário de um filme feito em todos os frames para louvar o patriotismo americano

  domingo, 18 de dezembro de 2016

Sully – O Herói do Rio Hudson (2016): um ser humano de verdade e um herói real

Em janeiro de 2009, um avião fez uma aterrisagem de emergência no Rio Hudson. Ninguém se feriu gravemente. Em sua primeira colaboração, o diretor Clint Eastwood e o ator Tom Hanks mostram o lado humano desse verdadeiro milagre.

  domingo, 18 de dezembro de 2016

Fallen (2016) [2]: o inferno na forma de romance juvenil

Um desastre tão grande que fará o público ter saudades dos bons tempos de "Crepúsculo".

  domingo, 18 de dezembro de 2016

Fallen (2016): um lindo jardim e nada mais

De maneira rara, o filme consegue ser ruim em praticamente tudo: roteiro, direção, efeitos visuais, atuações, montagem, figurino e penteado. Certamente, é um dos piores de 2016.

  quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Anjos da Noite – Guerras de Sangue (2016): Uma bala de prata no peito da franquia

Um desastre do ponto de vista técnico, o longa consegue ao mesmo tempo desrespeitar a mitologia da franquia e enterrar o seu futuro.

  quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Elis (2016): uma cinebiografia engolida por suas pretensões

Com roteiro desorganizado e apressado, filme peca justamente por não dar chance para que sua personagem-título ganhe força por conta própria.

  terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Jack Reacher: Sem Retorno (2016): uma saga que sofre uma involução

Apropriando-se do argumento do primeiro filme, com uma execução imensamente inferior, o abismo resultante da comparação expõe o quanto a sequência é falha.

  quarta-feira, 07 de dezembro de 2016

Pequeno Segredo (2016): uma grande joia nacional

Polêmicas de lado, o filme é uma poderosa realização de seu diretor, que mergulha na própria história familiar para trazer um drama comovente, que vale a pena ser assistido.

  quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Página 2 de 106123102030Última »